Perguntas & Respostas: A Sombra do Eu e os Potenciais, Parte II

O MATERIAL DE TOBIAS
Série da Clareza: "SHOUD 6" 
Apresentando Tobias
Canalizado por Geoffrey Hoppe

Perguntas e Respostas
Apresentado ao Círculo Carmesim
7 de Janeiro de 2006



E assim é, caros Shaumbra, que continuamos a nos reunir aqui no Centro de Serviços Shaumbra. Um lugar onde vocês podem ficar com segurança. Um lugar onde podem fazer perguntas sobre si próprios, colocá-las para fora, deixá-las ir. E as respostas voltam. Às vezes as respostas vêm desse lugar que chamamos de reino cristalino. Às vezes, da sincronicidade que está ao seu redor. Às vezes, vêm através do coração ou da mente. Às vezes, as respostas são dadas por outras pessoas ou circunstâncias da vida. 

Obter respostas não é tão difícil como vocês achavam. Alguns de vocês criaram labirintos complexos, mensagens complexas para tentar trazer respostas à sua vida, e depois se sentiram completamente frustrados e aborrecidos com ela e começaram a buscar respostas em outras pessoas... como guiar minha vida ... e elas não podem fazer isso.

Assim, Shaumbra, algumas coisas a recordar do Shoud de hoje, para permitir que as energias sejam absorvidas é compreender que uma das suas maiores frustrações é esse elemento tempo. Compreendam que vocês podem expandir e contrair o tempo. Vocês podem literalmente – literalmente criar múltiplas dimensões de tempo na sua realidade. Vocês não só expandir o tempo, como podem literalmente criar uma série de potenciais de tempo existindo todos no seu Agora. Vocês têm uma dimensão de tempo condensada. Se estiverem tentando terminar um projeto rapidamente, podem fazer de tal modo que o tempo pareça correr mais rápido e quando precisarem de mais tempo para outro projeto em que estejam trabalhando, podem expandi-lo simultaneamente. O tempo tampouco tem que ser singular.

Ainda recordando o Shoud de hoje quanto a esses aspectos do Eu – do que é feito o Eu na sua base de realidade da Terra – vocês têm a luz e a sombra e a maneira como uma eclipsa a outra. Elas estão voltando juntas e fornecendo, de certo modo, uma sombra inversa delas mesmas e uma sombra inversa dos potenciais. Novamente, isso é adequado porque as sombras não têm que ficar atrás da fonte de luz, ou de onde a base de realidade está concentrada. Também pode ser um tipo de sombra que fica na frente. Quero que expandam o pensamento e que se expandam de todas as formas possíveis. Não considerem o valor nominal de nada.

Estamos reunidos... St. Germain, por falar nisso, já foi e isso talvez seja um alívio para os que vão fazer perguntas hoje (risos da audiência). Ele queria participar do Shoud, mas tinha um compromisso para um jantar essa noite. Ele literalmente… Cauldre disse que não acredita em nós… mas é verdade. Ele realmente vai jantar com o Presidente Bush essa noite (muitos risos). Não vai se manifestar como St. Germain, mas vai se manifestar em outro ser que estará sentado à mesa. Não temos permissão para dizer quem é. Mas ele vai – digamos – tentar que aquela orelha grande ouça, troque informações a respeito de – digamos – uma natureza mais compassiva sobre o mundo. É para onde ele está indo. Foi se vestir para a ocasião (risadas). Portanto, eu, Tobias, responderei as perguntas que surgirem.

Mas eu quero compartilhar com todos o que St. Germain anunciou há pouco sobre um retiro especial que fará com um pequeno grupo de Shaumbra que ele, e apenas ele, selecionou por várias razões. Esse retiro tratará de uma nova energia de hipnose. O que são camadas, como a hipnose funciona agora na velha energia, como usá-la, como trabalhar com ela, um novo tipo de hipnose – uma nova energia de hipnose que é muito compassiva. Não é absolutamente para manipulação. Trata-se simplesmente de permitir. A nova hipnose tem a ver com sincronicidade de eventos, mais ou menos, ser o criador da sincronicidade em vez de considerar a sincronicidade como algo que acontece se tivermos sorte. Mas, ser o criador de eventos sincrônicos na nossa vida.

Todas as informações sobre esse workshop, que ocorrerá na próxima semana em uma ilha, em uma ilha remota com um pequeno grupo de Shaumbra. Todas as informações, segundo St. Germain, estarão disponíveis e serão compartilhadas com todos os Shaumbra. E vocês não precisarão receber aulas para obter essas informações, mas a fim de ancorar a energia para isso, esse pequeno grupo está se reunindo. E vamos pedir a todos os Shaumbra para ajudar a mover essa energia, compartilhar suas energias, uma vez que esse retiro se realizará com base nesta zona de tempo, na terça, quarta ou quinta-feira da próxima semana. E depois as informações estarão disponíveis. Trata-se de informações importantes em termos de compreender realmente como as camadas e a hipnose funcionam e como é possível participar dela quando desejamos e não participar quando não desejamos. E literalmente através deste retiro será trazido o que chamamos de novo tipo de energia da hipnose.

A hipnose não é um palavrão. Alguns de vocês têm determinados sentimentos sobre ela, que é usada para alterar ou manipular a mente. Pode ser. Mas a hipnose ou sistema de crença – digamos – conexão com a terra, é isso o que ela realmente é, a conexão com a terra de um sistema de crença, será um instrumento muito útil para todos os Shaumbra. Isso surgirá em breve.

Assim, Shaumbra, também falamos – fizemos a analogia com o carro. Fizemos isso simplesmente para ajudá-los a compreender de maneira a se desligarem da cabeça por um momento. Como as diferentes camadas de realidade se acumulam umas sobre as outras. Um carro, sem cérebro, é simplesmente um veículo. Simplesmente um veículo para ajudá-los a se locomover, para ajudá-los a estar na realidade. Uma vez que se acrescenta um cérebro a um veículo, ele muda a natureza de forma multidimensional.

Depois, acrescentam-se sentimentos, conhecimento e finalmente Espírito. Em certo sentido, vocês são um carro. Vocês são essa analogia. Mas foram construídos como Espíritos primeiro, e depois trouxeram suas energias para essas outras camadas. Vocês já são multidimensionais. Queríamos que vocês sentissem o que é ser apenas o corpo – ser mente e corpo – e depois corpo, mente e sentimento – para compreender que a maioria dos humanos funciona a partir desses três níveis básicos sem realmente incorporar o Espírito.

Em algum lugar desse veículo está esse conector de energia cristalina. Sempre esteve aí – a Semente Crística dentro de vocês. Vocês sabem disso. Sentem a semente, mas não conseguem tocá-la. Em algum momento, como dissemos, vocês a trancaram. Fecharam-na. Desligaram-na. Não é literal, porque ela sempre esteve ativa, mas em certo sentido vocês a ignoraram. Vocês se hipnotizaram para acreditar que ela não estava ativa, que nem sequer estava aí.

Assim, estamos lhes passando uma lição de casa, e realmente pedimos, Shaumbra, que trabalhem juntos nisso. Trabalhem sozinhos, mas, por favor, façam isso. Procure as razões pelas quais vocês a trancaram e quando fizeram isso. E confiem em vocês quando a sua imaginação, quando surgir a resposta. Acreditem em si próprios. Depois, quando a primeira camada de resposta surgir, respirem fundo e deixem que surja a próxima camada, e a próxima. Vocês vão descobrir que isso, na verdade, tem múltiplas camadas. Existem muitas razões e foram muitas às vezes em que fecharam isso.

Depois se confrontarão com uma pergunta – “Estão prontos para abri-la novamente?” Estão prontos para se religar aos níveis cristalinos não-mentais, com o Tudo Que É? Vocês ainda manterão todos os seus atributos físicos. Ainda manterão tudo o que os torna humanos na Terra. Mas agora se abrem a um nível totalmente novo. Imaginem que vocês sejam esse veículo com Alma, os sentimentos, o cérebro e o corpo e um lugar em que fecharam ou esconderam essa ligação com reinos que são indescritíveis. Imaginem agora o que isso agrega à mistura, à camada multidimensional do Eu se isso for trazido para a realidade.

É uma lição de casa difícil de certa forma, em que será preciso olhar para dentro. E será preciso talvez passar por algumas lembranças difíceis. Dissemos antes disso que seria preciso passar por alguns juramentos, votos e promessas que fizeram a si próprios, que abrigaram, que cravaram em cima dessas ligações que fizeram. Vocês esconderam até mesmo esses cravos fingindo que não estavam lá. Só vocês podem voltar a abri-los, Shaumbra. Se os esconderam, podem encontrá-los novamente. Nós não podemos. Nós literalmente, e quero dizer literalmente mesmo porque foram vocês que os esconderam, não conseguimos enxergá-los. Se vocês nos disserem, “Mas onde escondi isso? Onde me fiz de bobo?” Não sabemos, porque vocês se enganaram tão bem, que podem nos enganar também. É assim que funciona a hipnose.

Depois disso, teremos prazer em responder suas perguntas.


LINDA: Puxa! A camada de tempo diz que você gastou todo o seu tempo. (Risadas).

TOBIAS: Alterei o tempo para ajustá-lo às minhas necessidades.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 1 (da Internet, lida por Linda): Olá, Tobias. Sou Hildego da Hungria. Gostaria de deixar de fumar, mas fracassei. Ajude-me. O que posso fazer? Muito obrigado.

TOBIAS: Sim, e isso toca Cauldre diretamente, portanto vamos pedir-lhe que retroceda um pouco. Primeiramente, temos que dizer que há uma enorme camada a respeito de fumar. Agora, tenho que dizer que fumar talvez não seja a melhor coisa que você pode fazer para o seu corpo, mas seu corpo sabe como assimilar toda essa fumaça e qualquer outra coisa que você ingerir.

Mas o que está acontecendo por causa das camadas – realmente, as camadas em conflito e a hipnose deixam os fumantes que estão tentando deixar de fumar, em um dilema. Além disso, acrescente o fato de que a nicotina, em si, é um dos ingredientes que mais influenciam pessoas na Terra. A nicotina pode levar as pessoas a acreditar em qualquer coisa – pode reforçar os sistemas de crença com muita facilidade. Pode ser usada para reforçar o sistema de crença de que fumar faz mal ou causa dependência. Portanto, quando isso é alimentado em você através da mídia ou de outras pessoas, até mesmo através da citação ou não-citação de “estudos científicos” de que fumar causa dependência e faz mal, a nicotina responde a isso, porque se trata de um sistema de crença que você, pelo menos em parte, adotou. Portanto, agora você está profundamente enroscado nessa coisa de fumar.

A melhor coisa, na verdade, quando se está tentando deixar de fumar, é começar a fumar e parar de tentar deixar de fumar. É preciso perguntar-se por que se está querendo parar.… porque alguém disse que faz mal … porque não se sente energizado. Seja qual for a razão, deve-se mergulhar fundo nisso. Vocês não devem tentar parar de fumar quando estão tentando parar de fumar. Primeiro devem compreender as razões pelas quais estão tentando parar de fumar. Venham ao Centro de Serviços Shaumbra e permitam que trabalhemos com você nos reinos cristalinos. Permitam-nos trabalhar com vocês e observar o ato de fumar. Vocês vão compreender quando começou, como começou. Vão descobrir o pequeno gatilho que se transformou nesse enorme problema de fumar. Vão descobrir que podem soltar essas camadas e que, quando chegarem ao nível central, se realmente quiserem parar, serão capazes de fazer isso. Serão capazes de literalmente de sair dessa. Vemos muitos de vocês lutando com isso e se torturando, e realmente não vale a pena. O dano que vocês se fazem por meio desse reforço negativo de crença é maior do que o próprio dano de fumar – se é que há dano.

Assim … há uma energia muito interessante aqui, porque de um lado há fontes que dizem que fumar faz mal, e alguns de vocês acreditam mesmo que fumar é algo terrível. Não é pior do que qualquer outra coisa que se coloque no corpo. Por outro lado, existe a indústria do tabaco que glamuriza o ato de fumar, fazendo parecer que fumar é muito, muito glamuroso mesmo, que é relaxante. Trata-se de uma camada sobre outra. Quero que vocês olhem para trás. Não faz muito tempo, talvez nos últimos 100 ou 150 anos que as pessoas fumavam e não eram dependentes do fumo. Elas podiam fumar … as primeiras nações, os índios americanos e outros indígenas, têm usado o tabaco durante muito tempo, e não criava dependência. Então, quando ele começou a dependência? Quando foi que as camadas se fortaleceram tanto? Quando foi que todos vocês caíram nessa armadilha? E como conseguirão se livrar dela de modo a fazer uma escolha clara e livre, em vez de fazer uma escolha com base no medo e nas camadas? Obrigado.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 2 (uma mulher ao microfone): Tobias, você poderia falar sobre BEAM, o trabalho da Dra. Joan Beattie de Toronto, e se se trata de algo apropriado com que deva me envolver desta vez?

TOBIAS: Certamente … há muitos, muitos tipos de trabalho com energia, trabalho de facilitação, acontecendo agora. Não existe nenhum correto ou incorreto. Olhe para ele como algo que está ajudando você a expandir sua própria percepção. Não queremos fazer nenhum comentário específico aqui (a) sobre esse tipo de trabalho em particular ou (b) sobre se você deve tomar a decisão. Você tem de sentir isso dentro de você.

A única coisa que questionaríamos com qualquer Shaumbra é o sentimento de que qualquer escola de trabalho é a única que existe, inclusive o Círculo Carmesim e o Shaumbra. O Círculo Carmesim é um local de encontro. Não se trata de um trabalho em si. É onde nos reunimos. Aprendemos e crescemos. Trazemos informações de fora. Assim… freqüentemente vemos, entretanto, que os Shaumbra mergulham em um estudo e acham que não existe mais nada além dele. Muitos que estão ouvindo hoje participaram do Curso em Milagres. Houve um momento em que alguns de vocês sentiram que era a única resposta. Vocês aprenderam agora que ele era parte de uma grande resposta. Era parte de um despertar.

Portanto, nós os estimulamos a seguir seus próprios sentimentos e a se alimentar deles, receber deles o que é apropriado a cada um e a continuar com o que acham adequado.

SHAUMBRA 2: Obrigada.

TOBIAS: Obrigado.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 3 (da Internet, lida por Linda): Tobias, não consigo sentir meu caminho através disto. Sempre me saí muito mal no relacionamento com a minha família biológica. Quando faço tentativas de interagir, vai bem, até o ponto em que pergunto sobre eles e eu os elogio, quando pergunto sobre seus filhos e os elogio. Ninguém nunca pergunta sobre minha vida ou com o que me importo. Há uma grave disfunção e o facilitar é erroneamente entendido como amor incondicional. Se eu não tomar cuidado, sou absorvida e começo a atuar em um terrível drama na dualidade. Há um irmão, entre os outros, com o qual tenho o pior relacionamento. Tentativas de resolver a situação terminaram em um fracasso desanimador. Para a maioria das pessoas, isso só me incomoda por causa de algum tipo de conseqüência posterior. Peço um esclarecimento para mim e para outros relativo a esses problemas de reconciliação com minha família biológica.

TOBIAS: Certamente ... e Cauldre você não deveria fazer suas perguntas aqui! (Muitas risadas.) Essa é uma situação muito comum para muitos Shaumbra. É por isso que isso parece muito familiar para todos vocês.

Famílias biológicas – digamos – poderíamos falar eternamente sobre isso… mas muitos de vocês escolheram – digamos – um conserto rápido para voltar à Terra. Vocês escolheram uma família biológica que talvez não fosse a mais adequada. Alguns escolheram famílias biológicas com que tiveram pouca ou nenhuma ligação em vidas passadas, por isso parecem a ovelha negra da família. Alguns escolheram o que sabiam que era um inferno cármico, mas escolheram do mesmo jeito, porque queriam uma família para nascer.

Vocês queriam aquele corpo físico e também achavam que saberiam lidar muito bem com o velho carma. Portanto, às vezes, não escolhiam – como dizer – determinada família pelas melhores razões. Acima de tudo isso, porque sua energia tende a ser de nível diferente da deles, às vezes vocês são invisíveis para eles. Assim como muitos de vocês são invisíveis no trabalho, invisíveis na mercearia e querem saber por que as pessoas não os percebem, não os vêem nem prestam atenção às suas necessidades. Porque eles praticamente não os enxergam, não os sentem. Vocês são, em certo sentido, como um fantasma para eles. Eles sabem que vocês estão lá, mas em certo sentido, vocês não combinam e não estão realmente lá. Eles tendem a esquecer de convidá-los para o Natal. Tendem a esquecer de convidá-los para o jantar.... porque de certa forma se esquecem. Mas eu vi as conseqüências da pressa de tentar mergulhar de volta.

Uma das coisas mais difíceis é soltar a família biológica. Isso, por si só, forma uma camada pesada ou uma hipnose pesada. Que vocês têm de obter a aceitação da família biológica antes de obter a aceitação de si próprios. É difícil, mas às vezes é preciso – digamos – divorciar da família biológica.

Vocês estão – digamos – em um ponto em que falamos de armadilhas e garras dentro de vocês. E em certo sentido eles têm a deles em vocês e vocês têm as suas neles. Às vezes, por mais difícil que seja, vocês têm que deixá-los ir. Não de maneira zangada e dramática, mas simplesmente porque aquela família biológica já cumpriu o propósito com vocês. Simplesmente serviram de veículo para trazê-los para a Terra. E quando eles os expulsaram aos 17 anos, vocês já deviam saber...(risos).

Agora o que tende a acontecer com freqüência quando vocês liberam algumas dessas ligações e encontram um novo equilíbrio, muitas vezes vocês descobrem que eles voltam para vocês, mas não podem fazer esse desligamento com essa expectativa. Vocês precisam realmente querer soltá-los para que sigam sua própria trajetória. No caso específico de você que está fazendo a pergunta, há um tipo de ligação cármica de vida passada e, em certo sentido, há um ressentimento por você estar seguindo um caminho diferente. Por você estar buscando novos tipos de resposta. O carma familiar, o carma ancestral é o de que eles têm a resposta pra tudo.

Você está indagando e estudando. Está procurando em novas áreas … de certa forma, isso os ofende. De certa forma, isso os enfurece e, acima de tudo, eles sabem que se você mudar, muda todo o potencial da linhagem do carma ancestral. Alguns estão vivos, muitos estão mortos e não querem mudar o carma ancestral, o equilíbrio ancestral da família. Em certo sentido, você teve sorte de chegar aonde chegou. (Risos) Obrigado.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 4 (uma mulher ao microfone): Alô, meu anjo favorito. Eu quero vir aqui Tobias e quero falar para Adamus também, mas ele se foi, porque eu simplesmente quero expressar meu amor incondicional por você, Adamus, Kuthumi e todos os outros anjos que trabalham conosco e para Edith Procter, que está deixando sua pequena contribuição. Bem, enfim, quero saber por que nos desligamos dos nossos cristais e como podemos nos ligar a eles novamente. E quero saber onde está meu cachorrinho que morreu – se ele está bem.

TOBIAS: Certamente. O cachorro está bem. Os cães – os gatos e os seus animaizinhos de estimação têm a forma mais fácil de transição e eles não passam pelos traumas que todos os humanos passam. Não ficam presos na 4a dimensão a não ser que fiquem esperando por vocês. E quando ficam esperando por vocês, o tempo não tem quase nenhuma conseqüência, sendo que a energia deles está sempre por perto. Falaremos mais sobre isso no próximo mês. Mas aqui você está fazendo a pergunta que pedimos para fazerem a si próprios. Sobre essa conexão cristalina. Agora, vamos lhes dar algumas pistas. Não é físico. Não está localizado no corpo. Está sempre aí. Sempre esteve. Também faz parte... Vamos dar uma grande pista agora para todos – grande pista. Posso fazer isso porque St. Germain não está aqui (risos). Ele os faria lutar e sofrer por isso.

A ligação cristalina é também outra forma de descrever a energia da Semente Crística. Quando foi a última vez que vocês tabelaram com a energia da Semente Crística? Quando foi que vocês ajudaram a trazê-la para a Terra? Que era começou quando ela foi trazida para a Terra?…

SHAUMBRA 4: 2.000 anos atrás?

TOBIAS:… e com que vocês vieram? Certamente. Agora, não posso lhes dar as respostas (risos). Têm que procurar sozinhos.

SHAUMBRA 4: Temos que voltar há 2.000 anos? (Risos)… OK… OK, obrigada Tobias.

TOBIAS: Querida, não sei mais como poderia ajudá-la em… sim, certamente.

SHAUMBRA 4: Posso perguntar-lhe mais uma coisa? Estou atravessando uma grande m... Neste momento. Tem alguma sugestão?

TOBIAS: Atravesse-a. Não pare agora (muitas risadas). Não pare agora.

SHAUMBRA 4: Como se eu pudesse parar! Não, seria uma porcaria malcheirosa… não, não posso parar agora. Quer dizer, não posso parar.

TOBIAS: Não, simplesmente, verdadeiramente, permita-se atravessar isso. E um dos problemas é… é parte de um pacto energético que você fez consigo mesma. Você está passando por coisas na sua vida agora. E, novamente, se não fosse de forma tão lenta e tão entediante, você não ligaria nem um pouco se fosse de forma rápida. Mas, não pare, porque você teria que voltar para isso. Não pare no meio da porcaria, altere o tempo para atravessar muito, muito rapidamente.

SHAUMBRA 4: Ok, parece impossível parar agora, de qualquer forma.

TOBIAS: E é.

SHAUMBRA 4: Sim, é o que parece! Ok, muito bem, alterarei o tempo. Obrigada.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 5 (da Internet, lida por Linda): Querido Tobias, com a doença de Sharon parece que Israel chegou em um ponto de mudança novamente. Você poderia falar algo sobre isso?

TOBIAS: Certamente … Certamente, aconteceram muitas coisas interessantes em Israel. Falaremos sobre isso com detalhes quando eu voltar a minha terra natal em breve, e eu estou ansioso para voltar. Estou ansioso por ser direto e honesto o máximo que eu puder com os Hapiru de lá.

Houve – e novamente aqui falamos de potenciais. Potenciais são situações de cenário que apresentam a probabilidade de se manifestar na realidade. Houve um potencial nos últimos dois anos para um evento muito catastrófico em Israel. Um evento que chamaria a atenção do mundo todo. Ele faria o 11 de setembro, que todos conhecem, parecer pequeno. Os planos estavam em andamento. As pessoas, os jogadores, estavam todos a postos, e isso dizia respeito especificamente a armas nucleares. Seria catastrófico para muçulmanos, cristãos e todos os envolvidos. Simplesmente, varreria a memória e os monumentos da face da Terra.

Esse era o potencial maior na época – há vários anos. Esse potencial se desvaneceu por uma série de razões, mas nós temos que agradecer muito aos Shaumbra que se envolveram ativamente no movimento de energia diretamente em Israel para ajudar. E graças aos Shaumbra do mundo todo.

Temos que agradecer as energias de Lee Carroll e de Kryon por visitarem o local e ajudarem a dissolver, e a Steve Rother e o Grupo e a outros professores da nova energia que foram ousados, que foram lá e ajudaram literalmente a trazer um potencial diferente. Para trazer isso e evitar que tivéssemos esse evento catastrófico.

O evento atrairia a atenção e finalmente a compaixão do mundo. Vocês viram a compaixão surgir com o 11 de setembro. Esse evento – evento potencial – teria tido o mesmo efeito, mas não havia nenhuma necessidade de passar por esse trauma e perder tantas vidas humanas para que isso ocorresse. O potencial ainda existe, mas agora é visto muito mais ao fundo.

Quando Yasser Arafat optou por ir embora, ele liberou a energia de uma batalha, uma energia de terrorismo. Ele não tinha que partir devido – digamos – por causa de problemas com sua biologia. Ele optou por partir sabendo que para que houvesse solução e paz, ele teria de partir. Para que os que viessem a substituí-lo – digamos – tivessem maior comunicação ou ligação com os Hapiru. Agora que vocês vêem Ariel Sharon pronto para partir, assistem a uma nova transição de poder. Essa não é tão fácil de entender. Haverá uma batalha – batalha política – entre os que têm ponto de vista da velha energia e os que têm ponto de vista da nova energia. E essa batalha, como vemos agora, o potencial agora é de que não haverá solução rápida e fácil. Vai fazer com que todas as energias mudem e se desloquem para Israel e os Hapiru. Esse será o momento de irmos até lá.

Esse será o momento de todos os Shaumbra ajudarem a mover energia. Não para mudar sua agenda ou desejos ou qualquer coisa, mas para dizer que chegamos para mover a energia de mudança e deslocamento caso os Hapiru ou os judeus decidam fazê-lo.

Será um grande momento. Um grande momento. Será também um tempo de equilíbrio delicado. Equilíbrio delicado entre avançar ou retroceder. E novamente, é por isso que estaremos lá dentro de poucos meses.

Obrigado por essa pergunta maravilhosa, e nós estamos ansiosos para essa visita e para trazer a energia de unidade para todos os Shaumbra de Israel.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 6 (uma mulher ao microfone): Namastê, Geoffrey, Tobias e Linda. Gostaria que você, por favor, definisse “Alma” para mim e para outras pessoas.

TOBIAS: Trata-se de uma questão semântica e, depois, de uma questão de interpretação, porque o termo “Alma”, “Espírito” e coisas desse tipo são usados de diferentes maneiras pelos humanos. É um pouco difícil responder. Da minha perspectiva pessoal, a alma é a sua impressão digital. É a sua única identidade espiritual. É a parte, o presente do Tudo Que É, do Espírito, do Uno Eterno, a vocês ao dizer, Eu os faço livres. Você são como Eu Sou. Vocês são Deus também, mas são únicos em si mesmos. Vocês têm todos os direitos e toda a capacidade de um criador completo e pleno. Vocês fazem parte do todo, mas cada um é único em si mesmo. E se vocês optarem por exercer essa individualidade e ignorar que fazem parte do todo, é um direito que têm e são abençoados por isso também, compreendem? Essa é a Alma. É a sua parte essencial, e é também a parte que finalmente recolhe as experiências de cada vida, cada desafio, cada sorriso, cada respiração que tiveram. A Alma é o centro unificado do Eu.

Agora, estamos nos tornando um pouco apaixonados aqui e é aí que todos nós nos metemos em problemas. Então queremos saber cada vez mais sobre a Alma – onde ela reside, o que ela faz, qual o seu nome – todas essas perguntas. Portanto, vamos parar por aqui e dizer que demos uma resposta básica. O restante é descoberta. Para descobri-la, vocês não podem procurar respostas sobre a Alma nos reinos próximos ou nas realidades não-físicas ligadas à Terra. Vocês têm que ir aonde a mente não funciona mais. A maioria dos humanos não quer ir lá, porque a mente funciona para eles como proteção, defesa e desculpa.

Assim, para entender verdadeiramente a Alma é preciso ir além das dimensões às quais vocês estão ligados ou das que estão ligadas à Terra. É preciso ir aos reinos cristalinos e lá a resposta espera por vocês pessoalmente. Obrigado.

SHAUMBRA 6: Obrigada.

LINDA: Última pergunta … se você permitir …

PERGUNTA DO SHAUMBRA 7 (um homem ao microfone): Alô, Tobias. Eu senti você abordando minha pergunta durante meu Shoud, mas estou aqui perguntando do mesmo jeito. Querido Tobias, recentemente eu acordei da hipnose de um relacionamento de 18 anos e me descobri com vários talentos que sempre considerei muito pessoal, mas que quero compartilhar com o mundo. De repente, sinto um vazio e uma oportunidade de ser tudo o que eu sou. Você tem alguma sabedoria para transmitir a um ser humano da nova energia um tanto perdido na dualidade?

TOBIAS: Certamente! Sim, temos. E isso é diretamente para você, mas achamos que todos os Shaumbra se beneficiarão também se ouviram as palavras anteriores, mas ouse entrar nos novos potenciais. Ouse sair da sua lama. Você está nessa encrenca por uma razão. Não foi imposta a você pelo Espírito ou por qualquer outra pessoa. Eu mesmo tive que usar a história exagerada de St. Germain … Cavei meu próprio buraco. E clamei por Deus, orei a Deus para me tirar de lá. E mal sabia eu que seria muito fácil, muito fácil sair, mas eu estava tão preso aos meus dilemas. Eu deveria ter ousado tomar uma outra direção, entende? Continuei cavando – essa era uma direção – mas continuei olhando para cima como forma de escapar. Eu deveria ter tomado caminhos laterais. Deveria ter mudado meu modo de pensar, deveria ter ousado ser diferente. É o que acontece com todos vocês. 

Ousar, às vezes, significa soltar o passado em que estiveram desde o passado. Soltar as expectativas, soltar a maneira como vêm se identificando consigo mesmos até agora. É uma coisa assustadora para um humano passar. Deixe ir a maneira como vocês se identificam consigo mesmos. Entendem, às vezes, vocês se sentem como se estivessem à beira de um abismo se soltassem aquele aspecto específico do Eu.

Alguns não soltarão isso até que tenham um aspecto novo e diferente esperando. Mas, novamente, esse é um pensamento de curtíssima visão. Ouse, exatamente agora, sair completamente da caixa. Tomar uma direção totalmente diferente. E você começará a descobrir que consegue entrar e sair de realidades.

Vou lhes oferecer algo, a todos os Shaumbra, e vou incluir isso na lição de casa, sim. St. Germain falou uma vez sobre atuar em vários papéis, e falou que para compreenderem verdadeiramente quem são, devem começar a atuar. Comecem a desenvolver novos papéis para vocês. Arranjem um novo nome, se quiserem, legalmente ou não. Finjam que são várias coisas – representem. 

Agora, poucos de vocês fizeram isso. Poucos se sentiram à vontade com isso, e o que mais nós ouvimos foi que não estariam sendo vocês mesmos se estivessem representando, se estivessem desempenhando um papel, se estivessem fingindo ou imaginando que são artistas. Que direito eu tenho? Ou, eu sou contador. Muitos sentiram que seria uma desonestidade para consigo mesmos. Mas não é. È mais honesto consigo mesmo ser multidimensional do que ficar preso no papel de contador.

Portanto, arrisquem-se. Representem. Imaginem … e deixem que as coisas aconteçam. É surpreendente. É divertido. E novamente, às vezes, Shaumbra, vocês sentem vergonha de representar, de atuar um pouco diferente. Vocês têm medo de – digamos – transformar-se em uma dessas pessoas com distúrbio disfuncional multidimensional. Novamente, brinquem com isso. Representem ser multidimensionais. Representem uma pessoa com distúrbio múltiplo por algum tempo. Vejam como se sentem e observem como a sua própria resistência espiritual os traz de volta. Brinquem com os diferentes aspectos e personagens e façam isso nos próximos 30 dias. Representem – vejam como se sentem.

Não têm que fazer isso com mais ninguém. Podem fazer isso consigo mesmos. Acordem uma manhã e imaginem que são brilhantes … oh, vocês já são … (risos). Imaginem que são o que desejam ser e, então, deixem que essa probabilidade e esse potencial entrem na sua vida. Ficarão surpresos, primeiramente, com o grande criador que são. E estou falando de todos vocês. Ficarão surpresos com o grande criador em imaginação que são.

Ficarão surpresos com a facilidade com que podem criar camadas hipnóticas para si próprios que até vocês mesmos acabarão acreditando em vocês. E ficarão surpresos como podem sempre retornar ao – que vocês chamariam – de Alma ou Centro. É surpreendente, e agradecemos por essa pergunta. 

SHAUMBRA 7: Obrigado.

LINDA: Alguma outra pergunta?

TOBIAS: Cauldre está de acordo, portanto responderemos.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 8 (uma mulher ao microfone): Obrigada. Estou nervosa.

TOBIAS: Nós também! (risadas) Estamos sempre nervosos com os humanos. Nunca se sabe quando eles vão nos expulsar da cidade! (Mais risos.) 

SHAUMBRA 7: Sim!

TOBIAS: E Jesus teve uma experiência diferente, por falar nisso. Temos o direito de ficar nervosos. (Risadas)

SHAUMBRA 7: Sim… minha pergunta é provavelmente uma pergunta de muitas eras, e eu sinto que as relações são uma das formas mais surpreendentes de aprender sobre nós mesmos, de crescer e evoluir. Elas são espelhos, mas uma das coisas que eu acho mais difíceis é saber quando uma relação deve continuar, porque sempre se aprende, dentro ou fora do relacionamento. Portanto, manter a relação – porque não importa com quem se esteja, sempre se terá de lidar com os próprios problemas, é apenas um corpo diferente e um rosto diferente. Eu compreendo isso, mas… 

TOBIAS: Certamente. Vou pedir-lhe para fazer algumas coisas. Primeiramente, o espelho do relacionamento de agora em diante deve ser com você mesma. Você se torna o seu próprio espelho. Você se torna seu próprio relacionamento e você se vê dentro de você mesma. Pare de procurar agora... Foi bom até agora, mas agora pare de procurar por um relacionamento com esse objetivo.

Portanto, agora, o que você quer num relacionamento? O que é… imagine por um momento. Imagine o potencial, a relação mais grandiosa. Como essa relação serviria e alimentaria você? Como você gostaria de criar essa relação?

SHAUMBRA 7: Humm…

TOBIAS:… você não tem que responder isso agora. Mas essa é a verdadeira pergunta. Queremos que vocês saiam do velho potencial de que o relacionamento serve para fazê-los crescer. Não é. Não tem que ser assim.

O relacionamento pode ser de uma forma grandiosa de amor sem que tenham que repartir nada, entende? Em que vocês não tenham sequer que repartir experiências nem lições – em que ele simplesmente é. Imaginem isso...

SHAUMBRA 7: Sim …

TOBIAS: Assim …

SHAUMBRA 7: Obrigada.

TOBIAS: Tradicionalmente, os relacionamentos da velha energia são exatamente o que você disse. São dualistas. Preenchem espaços vazios um do outro. São maneiras de cutucar e empurrar um ao outro para o crescimento. São maneiras de evitar a solidão, mesmo no nível mais íntimo, e alguns relacionamentos são estritamente financeiros em que um sustenta o outro.

Mas, vá além disso. E vamos pedir-lhe – adoraríamos ouvir de você em um mês ou dois, qual a sua visão de relacionamento da nova energia.

SHAUMBRA 7: Ok.

TOBIAS: Obrigado e obrigado por deixar ir seu nervosismo.


Com isso, Shaumbra, foi um longo dia. Todos nós movemos grandes quantidades de informações. São informações para vocês. É sobre vocês e foi criada por vocês. Enfim disponíveis para todos os humanos que trilham esse caminho, que trilham o caminho que vocês trilham. Imaginem como será mais fácil para eles graças ao que vocês se permitiram passar.

Nós os amamos ternamente.

E assim é!



Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, com o pseudônimo de "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com. O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.

O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.

Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.

As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.

O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.

Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.

Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com todo este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado. Veja a pagina de contatos no website http://www.crimsoncircle.com/

© Copyright 2006 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados. 

Traduzido por: Sônia Bidutte bidutte@terra.com.br