Da Não Identidade à Nova Identidade

TOBIAS E O CONSELHO CARMESIM

Círculo Carmesim, 1 de Junho de 2002 


Série da Ascensão

Lição 10: DA NÃO IDENTIDADE À NOVA IDENTIDADE




TOBIAS: E assim é, queridos amigos, queridos Shaumbra, que nos reunimos de novo em nosso círculo. A energia de todos os que estão, em corpo ou espírito, é de amor e é forte e duradoura. O caminho da ascensão pelo qual estão caminhando não é como vocês imaginavam. Não tem sido fácil. Mas vocês continuam. Continuam a sua viagem,  continuam com as lições que manifestamos para vocês, pelo amor e compromisso que têm com o seu ser.

Aqueles de nós que estamos deste lado do véu podemos sentir o seu compromisso.  É forte. Seu amor e a sua energia são fortes. Seu desejo de seguir é forte. Chega-se em um ponto em que se faz necessário fazer uma pausa. Este é o momento para vocês sentarem, relaxarem e aquietarem-se. Podem liberar as lutas, os desafios e as dores físicas e emocionais. É simplesmente hora de receber o amor daqueles que são a sua família.

Durante o próximo breve período de tempo, que vamos estar junto com vocês aqui, pedimos que se abram ao nosso amor. Pedimos que deixem de lado os desafios de sua vida humana. Pedimos que destinem um momento para refrescar-se e sentar-se sob a árvore que está em seu caminho, assim como Buda sentou-se sob a árvore, para desfrutar da sombra. Utilizem estes momentos para recarregar sua energia.

Trabalharemos aqui por este período de tempo, enquanto estamos juntos no círculo. Movimentaremos a energia. Traremos a vocês o amor que  tanto merecem em suas vidas. Queridos amigos, sabemos que durante parte de sua viagem  trataram de abandonar o amor. Trataram de abandonar aqueles que o cercaram no passado, nesta vida ou em outras vidas.  Vocês abandonaram a proximidade das relações humanas para poder enfocar-se em seu espírito e ser interno.

Talvez se tratasse de sua família biológica. Talvez seu cônjuge ou, em alguns casos, muitos cônjuges.  Talvez tenha sido sua própria infância ou amigos que eram próximos e queridos. Eles não foram arrancados do seu lado. Em vez disso, vocês os liberaram. Vocês os liberaram para poder continuar em sua caminhada e manifestar a sua própria divindade.

Mas, sabemos que foi difícil estar sem este amor direto, o amor intenso de outros humanos. Sabemos disso. Por isso, viemos agora como família, para presenteá-los com apoio, motivá-los e amá-los tanto, a quem tão bem conhecemos. Viemos para dizer-lhes: “Simplesmente relaxem”. Estão entre amigos. Estão com Shaumbra e anjos que vêm de todo o tipo de dimensão para unirem-se a vocês neste círculo.

Quanto os amamos pelo trabalho que realizam! Quanto os admiramos pelo trabalho que realizam! Não há muito mais que necessitamos dizer-lhes. É a energia que passamos, é amor que trazemos.

E sim, para ele que acaba de perguntar, sim, isto também mudará. Os amores e as relações de sua vida em verdade mudarão, mas serão diferentes do que conheceram no passado. Alguns de vocês se alegram. Será diferente. Será um novo tipo de amor. Falamos isso na Lição Oito.

Será um amor completo em si mesmo porque VOCÊS estão completos em si mesmos. Será um amor sem agendas. O amor não será a outra cara da dualidade como era na velha energia. Será um amor completo, pleno e verdadeiro em si mesmo. Os comprometerá apenas para propósitos do amor. Imaginem isso – uma relação com outro humano que os compromete SÓ por amor. Não se tratará de uma agenda ou de alguém buscando entrar no seu bolso de trás. Só por amor!

Amados, adoramos estes momentos em que estamos juntos. Temos tanto que discutir hoje! Estes momentos são preciosos e tão poucos. Sabemos que muitos de vocês, Shaumbra, estão muito ocupados atualmente em suas vidas. Sabemos que muitos de vocês, Shaumbra, também estão perdidos em suas vidas. Falaremos disso hoje. Sabemos que sentem a aceleração da dualidade ao seu redor neste momento,  motivo pelo qual possuem tempo apenas para sentar-se assim com o Espírito, com o Ser, com Shaumbra.

Existem energias que crescem e se intensificam. Por meio de seus sentidos divinos podem sentir os visitantes que entram pelas portas do outro lado. Muitos visitantes vêm sentar-se dentro do Segundo Círculo para estar com vocês, para observar, para amar e para dar-lhes seu apoio. Entretanto, há dois, em particular, que entram hoje para unir-se a este círculo, que trazem energias interessantes.

De fato, para aqueles que podem sentir como cresce esta energia, já estão conscientes daquele que conhecem tão bem, aquele que os está guiando, que caminha a seu lado na viagem até a Nova Energia. Aquele chamado Metatron está de novo aqui hoje. A energia de Metatron está diferente de quando veio aqui pela primeira vez há alguns meses. A energia de Metatron está muito diferente!

Não é que Metatron tenha mudado, queridos amigos. É que vocês mudaram. A energia de Metatron não os impacta da forma que fazia antes. Já não os desequilibra. Já não entra detonando. Agora, ela é sentida de uma forma muito mais cômoda, mais gentil, mas ainda muito intensa. Essa intensidade dentro da energia de Metatron representa a intensidade da própria viagem de vocês. Mas, Metatron entra nesta lição onde conversaremos sobre vocês... e sobre quem já não são.

A energia de Metatron está crescendo nesta sala, cresce com cada um de vocês. Mas, vocês estão muito mais familiarizados com ela agora, queridos amigos. Metatron tem estado tão perto de vocês... Metatron É vocês! Metatron é a sua voz em espírito.

Metatron manteve em equilíbrio a energia do outro lado do véu. Metatron a manteve em equilíbrio em um templo muito sagrado, dentro da Ordem do Arco; um templo que estava seguro, seguro e muito sagrado. Muito poucos eram permitidos neste templo. Lá é onde esta parte de vocês, que é tão divina e tão pura – a pureza do amor – esteve esperando, vigiada por sua voz em Espírito, Metatron, até que o momento fosse adequado. Metatron caminhou conosco ao longo de toda a Série da Ascensão.

Metatron agora pode trazer a sua energia diretamente ao nível da Terra. Isto não era possível antes. Não era possível. Metatron agora pode reunir-se conosco, trazer sua energia a este espaço, a este círculo. E, de fato,  sua energia está aqui hoje.

Sintam a energia de Metatron hoje, não como um ser exterior, não como uma entidade angelical masculina. Sintam sua energia como sua própria divindade, sob o nome de Metatron, sob a energia coletiva de Metatron. Permitam-se sentir-se Metatron. E permitam que Metatron sinta-se vocês. Permitam que ocorra a fusão.

Metatron, símbolo da divindade de vocês e de sua voz em espírito, reúne-se conosco agora. Metatron é sua divindade, a que lhes permite descansar na viagem, ao invés de desafiá-los nestes momentos que compartilhamos juntos. Metatron lhes permite recostar-se nas mãos de sua própria divindade, reunir sua energia para um momento de descanso e para rejuvenescer seu corpo, suas emoções e tudo o que são.

Oh, queridos amigos, na verdade estão permitindo que entre essa energia. Podemos vê-la desde todos os pontos do salão, desde todos os pontos do círculo em que estamos sentados juntos. Vocês, na verdade, são como uma flor que se abre e que permite que sua própria divindade entre neste momento.

Há outro ser que se reúne conosco para esta lição. Está se fazendo presente. Trata-se de uma energia que conhecem muito bem; a energia de – como dizê-lo? – o que vocês chamavam “chefe”. É uma energia muito familiar. Às vezes ficaram muito frustrados com ele. Saberão de quem falamos em alguns instantes. De certa forma, ele é uma espécie de líder de grupo ou guia que vem de uma família a qual vocês estão muito acostumados. Vem agora porque este é um momento crucial para vocês, um ponto a mais na transição.

Deem as boas-vindas à energia do Arcanjo Miguel. Sua presença não tinha sido muito notada nesta “aula da Nova Energia”. Não havia sido um dos convidados principais até agora. Mas, vem para esta lição. Entra com essa espada que tantos maldisseram.  A Espada da Verdade que o Arcanjo Miguel porta está presa em chamas e está iluminada. É o momento adequado para que venha reunir-se conosco. Não havia sido adequado até agora.

Falaremos um pouco sobre o Arcanjo Miguel. Ele lhes pede que, simplesmente, abram-se a sua vibração enquanto falamos. De alguma forma, Miguel carrega uma responsabilidade por cada um de vocês. Miguel é um daqueles com quem vocês trabalham, muito próximos, em diversos níveis. Quando a Ordem do Arco foi formada para manifestar a Nova Energia, foi Miguel quem trabalhou com vocês, ajudando a treiná-los, ajudando a prepará-los para a sua viagem à Terra que começou há tanto tempo.

Como sabem, Miguel nunca tomou forma humana. É um arquiteto que, junto com vocês, ajudou a criar os formatos da biologia humana e da Terra e a consciência humana. Pode-se dizer que Miguel era o seu sargento de treinamento antes de deixarem a Ordem do Arco para vir para a Terra. Miguel deu a cada um de vocês a Espada da Verdade, símbolo de sua própria jornada. A espada é parte da sua própria consciência e de sua própria biologia, dada a você por Miguel antes de você embarcar em sua viagem para encontrar sua própria verdade. A espada lhes foi entregue antes de virem para a Terra. É parte do que são desde então.

Aqueles que ensinam a sua Bíblia e as escrituras contam a história de Miguel e como lutou com Satanás ou Lúcifer em uma batalha gigante no céu. Miguel expulsou Satanás do céu. Queridos amigos, a história está um pouco enredada  porque, na verdade, Satanás é realmente vocês! (risos da audiência e risinho furtivo de Tobias). Mas, era melhor apresentá-los como demônio.

Foram vocês que deixaram a  Ordem do Arco ou o que chamariam “céu”. Foi Miguel quem os treinou. Foi Miguel quem lhes deu a espada e os despediu. Não os atirou de nenhum lugar. Vocês escolheram deixar esse “céu” e vir para a Terra. Vocês concordaram em fazê-lo antecipadamente.

A verdadeira história diz que, quando Miguel lhes entregou a Espada da Verdade, que é um símbolo da consciência da sua busca, houve lágrimas em seus olhos. Miguel sabia que seria uma longa e difícil viagem para vocês. Miguel sabia que haveria momentos nos quais não o reconheceriam quando viesse em sonhos e em seus estados alterados. Isso lhe causou tristeza.

A verdadeira história não é sobre uma grande batalha onde Satanás foi expulso do céu. É sobre a saída de vocês da Ordem do Arco para vir à Terra. Tratava-se de sua viagem para encontrar a verdade, queridos amigos. A verdade de vocês é a sua divindade. Deviam encontrá-la por sua conta. Tinham que encontrá-la com os elementos da dualidade e, ainda mais, com o elemento do véu – duas forças muito grandes que os escondiam de seu passado, os escondiam de vocês mesmos e os escondiam de nós por tanto tempo. Tiveram que partir nesta viagem à Terra de forma...– como dizê-lo?-  a um ambiente muito neutro para descobrir  a sua divindade. A Espada da Verdade representa a sua própria viagem.

Com razão Miguel vem agora para estar conosco. Vem a este lugar como aquele que foi seu treinador, como aquele com quem estiveram intimamente ligados durante longos períodos de tempo. Miguel vem a esta lição, porque também é uma espécie de cerimônia de graduação. Está aqui para liberá-los, para que possam chegar a esses momentos energéticos finais de encontro com a sua verdade interior.

As energias de Metatron e Miguel estão presentes para nutrir vocês, para que possam descansar deste ocupado processo de ascensão pelo qual estão atravessando.

Queridos amigos, cobrimos um terreno amplo em nossas lições. Passamos por duas séries completas (Nova Terra e Os Criadores). Agora, estamos chegando ao final da Série da Ascensão. Pedimos-lhes que olhem atrás para a essência do que discutimos.

Na verdade, lhes oferecemos a história de como saíram do Lar. Vocês eram o jovem Príncipe ou a jovem Princesa, que buscavam sair para uma grande aventura, que buscavam conseguir uma identidade para vocês mesmos fora do Primeiro Círculo. Vocês queriam descobrir quem eram, antes de herdar o trono.

Conversamos muito nestes últimos três anos. Falamos sobre parar atrás da mureta e colocar os problemas dentro do Forno da Graça. Falamos sobre o fato de que já não se trata de vocês ou sobre quem pensavam que eram. Já não se trata de vocês. Há algo muito maior.

Não se trata de curar o carma do seu passado. Nem sequer trata-se de curar o carma da época anterior a sua chegada na terra. Já não se trata de vocês. Vocês transcenderam isto em sua ascensão. Falamos com vocês sobre a liberação de tantas coisas, de colocá-las no Forno da Graça; falamos de não possuir agenda, de liberar, porque a agenda... oh! está tão fundamentada na dualidade da Velha Energia!

Falamos com vocês em nossa reunião do mês passado sobre o Vazio, sobre entrar no Vazio, uma lição interessante, um conceito interessante. E, em verdade, realmente escolhemos a palavra “Vazio” com muito cuidado. Na verdade, esta palavra lhes trouxe recordações de sua saída do Lar. Sim HÁ uma correlação com o passado. Quando vocês deixaram o Reino, passaram para o Vazio.

Por acaso é de se estranhar que, nos últimos 30 dias, mais ou menos, certos sentimentos antigos tenham se manifestado de novo... que sentiram temor... que talvez até tenham tido recordações ou sentido certa inquietude... que sentiram preocupação sobre o que estão fazendo? Muitos de vocês pensaram nos dias seguintes a nossa última lição: “Isto é algum tipo de truque? Estou liberando tudo o que sou? Estou liberando a mim mesmo? Estão pedindo que eu vá a um lugar onde eu possa ser tomado por outros e influenciado pelo lado escuro?”.

E como sabem, lhes dizemos: “Certamente, se é isso o  que desejam fazer...Certamente.” Mas, sabemos que isso não é o que desejam. E sabemos que vocês estão prontos para liberar este velho jogo de luz e sombra. Estão prontos para liberar essa energia, o temor de que, se não se agarrarem fortemente à dualidade serão consumidos por alguma força maléfica.

Isso é velho, queridos amigos. Já não se aplica. Não existe nenhuma entidade lá fora que possa possuí-los... a não ser, sim, para essa pessoa que acaba de perguntar... um cônjuge faz isso de vez em quando (risos da audiência). Mas, as entidades do nosso lado não podem fazer isso. Mesmo Metatron ou Miguel, se quisessem tomá-los neste instante, consumi-los e influenciá-los, não poderiam. Ninguém pode. Vocês possuem e são donos de sua própria divindade!

Temos passado por muitas, muitas conversas com vocês. A essência delas têm sido sobre a liberação, a liberação do passado, a liberação de quem eram, a liberação de hábitos, de fato, a liberação. Tem sido, de acordo com os seus termos e definições, uma viagem lenta. Ocupamos os últimos três anos  para ensiná-los a liberar. De acordo com a nossa definição de tempo, foi um tempo muito curto!

Vocês estão liberando experiências que remontam de muitos mil... milhões e milhões de anos. São padrões que foram estabelecidos há muito, muito tempo. É o que vocês estão liberando. As lições dos últimos três anos estiveram focadas na liberação. Como vêm observando, não podem levar a sua velha bagagem para a Nova Energia.

E esse é o desafio pelo qual estão atravessando agora. Existe um desejo, um forte desejo de levar consigo certas coisas, levar – como dizer – a consciência da sua identidade, partes da sua identidade do passado. Isso se deve, principalmente, ao fato de não confiarem muito em vocês mesmos.

Somente a menção de ir ao “Vazio” lhes produz temor. Faz com que surjam todas essas perguntas de “o que acontece se...?”. “O que acontece se me libero de tudo? Me restará algum tipo de identidade? Serei consumido por outra identidade? Serei influenciado por um demônio ou pelo lado escuro?” Aparecem todas estas dúvidas. E são apropriadas agora. Não tratem de negar estes sentimentos, pensamentos e preocupações. Liberar e passar ao “Vazio”, neste momento, é parte do processo da Nova Energia. Mas, queridos amigos, não se trata de negar quem foram. Não se trata de cortar partes de si mesmos.

O Vazio da Ascensão é um lugar silencioso onde não lutam com a dualidade dentro de si mesmos. Nesse Vazio, pedem a todas as suas partes para que façam uma pausa por um momento, para estar em um lugar de silêncio por um instante. É onde você pede àqueles mármores – o branco, o preto e o cinza – para que se mantenham silenciosos, para que sintam o nascimento da energia da sua divindade. Esse é o lugar onde não buscam verificar como são as coisas dentro das limitações de sua mente humana.

No Vazio da Ascensão, a permissão é dada à mente do divino para manifestar-se. É a sua própria mente. Estão escutando a si mesmos. Simplesmente estão colocando a dualidade na prateleira por um momento. Sentirão um pouco o sabor da SUA Nova Energia, de SUA divindade. Muitos de vocês já experimentaram este sentimento. E este é só o começo.

Ponham de lado suas preocupações do “devo/ não devo?”, essas dúvidas que os assombram. Coloquem-nas de lado por um momento. Estejam no Vazio. Então a divindade que é sua, e só sua, pode manifestar-se. Esse é o Vazio de que estamos falando. Vocês estão limpando o caminho para permitir que a sua divindade chegue completamente.

Continuarão trabalhando com isto. Sintam o que acontece quando realmente colocam um assunto em pausa, quando realmente colocam uma de suas preocupações em pausa. Então a sua divindade pode falar-lhes. Serão capazes de escutar porque não estarão tão ocupados com os detalhes da dualidade.

Agora, falemos da dualidade. É a energia do “dois” que existe desde que conhecem a identidade fora do Primeiro Círculo. Isto está mudando agora, como estamos lhes dizendo com tanta freqüência. Estamos passando da energia do “dois” para a energia do “quatro”. Verão em tudo ao seu redor.

Temos falado com tanta freqüência sobre a matemática do “quatro”. Temos conversado sobre os novos pensamentos e as novas descobertas que ajudarão a levar a consciência humana da dualidade para a Nova Energia. Temos dito que, no momento correto, a informação começará a manifestar-se. À medida que a sua consciência modifica, a informação científica aparecerá para validá-la. Existem investigadores e cientistas que estão trabalhando nisto.

Inclusive, um cientista/matemático escreveu um livro sobre isto, que foi publicado desde a nossa última reunião (“Um Novo Tipo de Ciência”, de Stephan Wolfram , Wolfram Media). Provocou algum interesse, algum debate. Mas, a essência da investigação contida neste livro, publicado pelo próprio autor, agora aparece dentro das principais correntes. Mostra que, se existem três elementos, cada um com um tipo diferente de energia, e se agrega uma quarta energia, será criado um tipo de Nova Energia. A investigação mostra como se criam os padrões da natureza e como podem ser criados dentro da Nova Energia. Fala sobre a seqüência de energia e como funciona. Mas, sempre é uma energia do quatro. Sempre é um dos elementos dos quatro que influencia os outros três.

Agora isto está disponível, por escrito. Podem ler sobre isto. É só o começo da compreensão da matemática do quatro, sobre a qual conversamos. É o primeiro passo. Outros investigadores buscarão compreendê-lo ou desaprová-lo. Isto iniciará uma validação ainda mais científica e matemática.

Estão vendo isto nesta vida, queridos amigos. Não é algo que está fora, no éter, e que não os afeta. Estão vendo isto nesta vida. Estão vendo a validação de sua viagem.

Entretanto, a dualidade quer se manter instalada. Quer continuar. Podem verificar isto em seus jornais, em suas manchetes. A dualidade quer se manter instalada, desesperadamente. Não quer ir embora.  Não quer ir, ser aniquilada, ser esquecida. Procura manter a sua própria identidade.

Sim, de fato, a dualidade tem a sua própria identidade. Tem a sua própria vibração. De certa forma, é como uma entidade, se parece bastante com vocês. Mas, como sabem por sua própria experiência,  a dualidade também está cansada. A dualidade sabe que é hora de transformar-se em Nova Energia. Até a dualidade está em conflito consigo mesma; parte dela quer permanecer, parte dela deseja liberar-se. Que bela orquestra! Em verdade é bela! Tudo isto cria elevações mais elevadas e depressões mais profundas, assim como ciclos mais rápidos, todos eles indicando que estão ocorrendo mudanças importantes e que continuarão existindo.

Como disse Metatron, à medida que a dualidade estabelece a sua última resistência, verão muitos eventos perturbadores ao seu redor, com as pessoas, com as tribos, com as nações e com os governos. Temos pedido a vocês para não rezarem, para não meditarem e não fazerem visualizações até que, realmente, compreendam a dinâmica do que está acontecendo no mundo  ao seu redor. Parem atrás da mureta e observem a transição da dualidade para a Nova Energia. Então compreenderão o que vocês devem fazer.

Todos os eventos que estão testemunhando são apropriados. A dualidade está indo de trás para diante, entre querer ser livre ou procurar manter-se. Isto está acontecendo não só em seu mundo mas, também, dentro de vocês. Está acontecendo enquanto caminham com os sapatos da Ascensão.

Vocês passaram de uma vida para outra, ainda dentro do corpo físico. A maioria de vocês até permanece com o mesmo nome, ainda que tenham passado de uma vida para outra. Mantiveram grande parte  de sua velha identidade. Uma parte de vocês não quer liberar e, uma outra, que está desesperada por liberar. Estão vendo o conflito em suas próprias vidas, os desafios de suas próprias vidas. Existe tanto desejo de permanecer ligado aos antigos padrões, mas também querem mudar – um interessante drama de energia!

Observem as coisas ao seu redor. Olhem a cara da dualidade. Olhem as pessoas tentando manter-se apegados a quem pensavam que eram. Entretanto, essa velha identidade se afasta deles, por si só. Sorrimos ao ver a popularidade das tatuagens em sua sociedade. É uma forma de dizer “quero tanto manter a minha identidade que a imprimi em meu corpo, assim posso lembrar quem eu era. Não quero abandonar a minha identidade. Quero que fique gravada, profundamente, em meu ser físico e emocional.”

Sorrimos ao ver os humano buscando manter a sua identidade com as marcas de suas roupas, a personalização de seu guarda-roupa, a personalização colocando seus nomes nas camisas. Achamos isto engraçado. Não sabem realmente quem são? (risos da audiência)

Mas sim, continuarão vendo as pessoas buscando manter a sua identidade, buscando manter-se seguros mas, entretanto, há uma outra parte deles que deseja, desesperadamente, uma mudança. Esta dicotomia é parte do processo de passar para a Nova Energia.

Esta mudança de identidade produz muita tristeza aos Shaumbra.  Sentimos a tristeza pela qual tantos de vocês estão passando neste momento. Há muito pouco que possamos fazer além de assegurar-lhes que isto é parte do processo. Há muito pouco que possamos fazer além de vir, em momentos como este, para sentarmos e compartilharmos com vocês a razão da sua viagem. Há muito pouco que possamos fazer além de vir e compartilhar o fato de que não estão sós. Este espaço está cheio com duas grandes entidades: Miguel e Metatron e muitos, muitos, muitos outros que vêm lhes dar amor, neste espaço de descanso em seu caminho.

Possuem essa tristeza dentro de vocês porque estão perdendo algo. Estão perdendo aqueles que pensavam que eram. Estão perdendo relações, empregos e, para alguns, até a saúde. Estão perdendo tudo o que pensavam que eram. Sabemos que a tristeza os afeta profundamente e que é forte. Estamos aqui para dizer-lhes que é, simplesmente, parte do processo, queridos amigos. SAIBAM QUE NÃO ESTÃO SÓS.

Esta tristeza pode ser substituída, mas não com a energia que acreditam. Não acordarão em uma manhã cheios da velha alegria que possuíam na dualidade.  Terão uma sensação de plenitude. Será uma emoção diferente. Nem sequer vão querer usar palavras para descrever esse novo sentimento, porque uma palavra é muito limitante. Entretanto, compreendam que sabemos o que estão atravessando.

Quando se sentam com outros humanos, como seus professores, sentirão a empatia e a compreensão do que estão passando. Terão experimentado as mudanças em primeira mão. Serão capazes de segurar as suas mãos e dizer-lhes que compreendem a sua tristeza, a tristeza que aparece quando tudo o que pensavam eram e tudo o que pensavam que seriam, é diferente.

Queridos amigos, é hora de confiar em vocês mesmos. Miguel vem hoje para compartilhar isto com vocês. Atravessaram tantas experiências, levando a Espada da Verdade com vocês! É hora de confiar em si mesmos e em tudo o que está acontecendo em suas vidas, ainda, ainda quando seu cônjuge vai embora. Culpam-se a si mesmos. Da boca para fora culpam seus cônjuges mas, por dentro, sabemos que culpam a si mesmos.

Muitas coisas estão acontecendo em suas vidas. Perguntam-se quem são, que estão fazendo neste momento, por que estão aqui. Oh! Estão cheios de tantas dúvidas! Miguel vem pedir-lhes que confiem em sua divindade, que comecem a compreender que todas as coisas são adequadas. Ainda se sentem como se as paredes de seu interior tenham sido derrubadas. Ainda se sentem como se o tecido de que estão compostos  se desmanchasse.

Na verdade, é hora de confiar em si mesmos. Vocês estão carregando a energia da divindade. Na verdade, estão carregando sua própria Espada da Verdade. É hora de confiar em vocês mesmos. Avancem, mesmo que pareça difícil quando estão atravessando os desafios de suas vidas, como disse Metatron. Comecem a ensinar, comecem o seu trabalho.

Oh! Nós sabemos. Os escutamos dizer: “Mas, Tobias, não sei nada do que se supõe que devo fazer. Estou esperando pelo sinal.” Queridos amigos, NÃO VAI HAVER NENHUM SINAL! Não haverá. Estão esperando por algo que já está aí! Já está na sua porta principal. Já mudou-se para o seu novo lar. Já está aí. Ou não vêem porque não querem, porque implica em responsabilidade... ou vêem e se assustam.

Shaumbra, vocês são os que fizeram o acordo de serem instrutores. É hora de começar a ensinar. Se não sabem o que quer dizer isto, ou a que se parece, vão ao Vazio da Ascensão sobre o qual lhes falamos na última lição. Mantenham-se quietos. Ponham de lado a dualidade. Escutarão, sentirão e saberão. A resposta está dentro de vocês.

Miguel vem hoje falar com vocês. Alguma vez foram seus alunos. Vem desafiá-los para que sejam os professores. Deixem de ir à escola. Comecem a trabalhar. Não há nada que possam aprender a estas alturas que os faça melhores professores da Nova Energia.

Aprenderão mais à medida que ensinam mas, nestas alturas, já não há mais escolas. Já não há mais livros. Os leram todos. Já não há mais aulas. Foram a todas. Agora, comecem a ensinar. Agora, comecem a ensinar.  Aprenderão à medida que avançam. Saberão o que fazer.

Miguel, quem lhes deu a Espada da Verdade antes de deixarem a Ordem do Arco, agora os desafia para que sejam os professores. Miguel os desafia para que confiem em si mesmos ou em outra pessoa. A última coisa que os humanos desejam fazer é confiar em si mesmos.  É demasiada responsabilidade.

Miguel, seu mestre e treinador, diz que é hora de dar-lhes a sua liberdade. Ele tem estado trabalhando com vocês, ao seu lado, desde que deixaram a Ordem do Arco para vir à Terra. Ele tem sido uma parte importante da sua energia. Agora os libera. Ele os está graduando. Agora ele se afasta do velho papel que tinha com vocês. Diz que sempre será um amigo e admirador de vocês. Mas, chegou a hora de afastar-se de seu campo de energia, para que possam aceitar a energia de SUA voz no Espírito, representada por Metatron.

Miguel vem hoje desafiar, cada um de vocês, para que confiem em si mesmos o suficiente, para começarem a ensinar.  O momento é o correto e o mundo, na verdade, está necessitando disto. Não esperem mais. Não sejam humildes. Não se refreiem. Trabalhem uns com os outros. Por isso se reuniram, como a família de Shaumbra  em todo o mundo.

Miguel diz: “Mas, agora, o que estão esperando? Quando vão começar a praticar? Quando vão ser os professores? Quando vão aceitar a responsabilidade dentro de vocês? Os eventos, as energias, as pessoas, as oportunidades... não estarão claras dentro de sua visão espiritual até que aceitem a responsabilidade, a responsabilidade de serem os professores de outros”.

Sabemos que muitos de vocês estão pensando: “Oh! Mas quem vou ensinar? E o que vou ensinar? E como vou ensinar?” Essas perguntas serão respondidas, em um momento, tão logo aceitarem a responsabilidade. Mas, primeiro, devem aceitar a responsabilidade. Então, as respostas chegarão.

Miguel está aqui hoje para oferecer-lhes um desafio, à medida que se movem da posição de estudantes para a de professores. Pede-lhes que confiem em si mesmos, que confiem  em sua própria divindade para que possam estar aí para os outros. Miguel diz que outros humanos, que estão começando a sua viagem de ascensão, necessitarão de vocês.

A dualidade é um delicado ponto de equilíbrio. O mundo necessita de vocês. Confiem em si mesmos o suficiente para avançar, meus amados. Confiem em si mesmos. É difícil fazer isto quando estão cheios de tristeza, quando têm desafios em suas vidas e quando as coisas estão indo embora de suas vidas. É difícil de fazer. Querem esperar. Querem esperar até que tudo se acomode, até que sintam que tudo está perfeito.

Parte da tristeza que sentem vem do divino que os está chamando. Existe um chamado e vocês ainda não responderam. Essa porta que tocam e não abrem. Essa é parte da tristeza que estão sentindo. Existem laços na Velha Energia que devem ser cortados agora. Existem coisas que devem ser liberadas. Apenas façam-no. Confiem em si mesmos. Funcionará para vocês. Sabem profundamente, dentro de seu ser, que é hora de confiar em vocês mesmos e, realmente, alcançar isto que vieram fazer dentro desta Nova Energia.

Agora, queridos amigos, quando deixaram o Reino, há tanto tempo, desenvolveram uma identidade e uma consciência do ser. Antes disto, sabiam que existia a Unidade. Quando atravessaram a Muralha de Fogo, pela primeira vez tiveram uma consciência verdadeira de sua identidade. Já não eram apenas partes do Reino. Já não eram apenas partes do que chamaríamos, nesta metáfora, da família real. Vocês desenvolveram sua própria identidade. Vocês estiveram desenvolvendo sua identidade ao longo de muitas vidas a ao longo de muitas experiências antes de vir à Terra.

Mas, agora, estranhamente, é hora de liberar essa identidade. É hora de liberá-la. No passado vocês construíram sua identidade, o que chamariam sua identidade ao nível de alma, de uma vida a outra. Somaram a ela uma experiência atrás da outra, de forma bem linear. Fizeram isto desde que saíram do Lar.

À medida que passam para a Nova Energia, também entram em uma nova identidade. Em lugar de dar um passo de cada vez na construção de sua identidade, agora dão saltos. Dão um salto de identidade. Pulam de quem acreditam que eram a um espaço de não-identidade e, logo, para uma nova identidade. O Vazio da Ascensão, do qual falamos na Lição Nove, ocorre quando a energia da sua velha identidade desaparece temporariamente.

Passam por um período de não-identidade. Sem identidade. Olham no espelho e não existe o reflexo. Esta é a zona em que muitos de vocês estão agora. Isto é uma parte do motivo porque sentem tristeza. É parte do motivo porque sentem uma profunda e extrema dúvida interna. Sua identidade está se desvanecendo. Entretanto, não possuem uma identidade antes de desenvolver a nova.

Amados amigos, a Lição Dez da Série da Ascensão – Da Não-Identidade à Nova Identidade. Antes de passar para a sua nova identidade, têm a experiência da não-identidade. É o espelho sem reflexo.

Olhem o espelho. Verão a sua própria imagem física. Mas, se continuarem observando, nem sequer sentirão a imagem refletida como sendo vocês. Não ressoará como sendo vocês. Não sentirá direito. Para alguns de vocês, a imagem pode simplesmente desaparecer; e não verão nada a não ser um espelho vazio!

Por que, ultimamente, parece que os outros os ignoram? (risos da audiência) Porque as identidades de quem pensavam que eram – e sublinhamos essa palavra – quem PENSAVAM que eram,  estão indo embora. Com elas, vão embora as energias e os símbolos antigos de vocês. Coisas como esses carros que se destroçam, ou coisas como sua casa. Sabemos que isto é difícil para alguns de vocês... suas roupas...seus amigos... todas estas coisas.

Durante este período de não-identidade, serão removidas aquelas coisas que mais segurou. Nós não removeremos, nem Miguel e, evidentemente, nem Metatron. Vocês mesmos as removerão. Estão entrando no período de não-identidade, antes de passar para a sua nova identidade. É o Vazio de que falamos em nossa última reunião. É parte do processo de ascensão. O que estão vivendo é muito difícil e desafiante.

Olhem no espelho. Apenas reconhecerão o reflexo humano, se é que ainda vêem um.  Ah! Sabemos que muitos de vocês se aperceberam disto ultimamente. Olham o espelho e dizem: “Este não pode ser eu. O que vejo no espelho já não se parece com o que sou.” Sabem do que estamos falando? Quem pensavam que eram está indo embora.

Agora, realmente não estão desaparecendo. Não estão se evaporando. Simplesmente estão passando por uma mudança, assim como a larva passa por uma mudança antes de transformar-se em uma borboleta. Que bela analogia! Que belo exemplo colocaram na natureza para mostrar a vocês mesmos a metamorfose da ascensão, pela qual atravessariam.

Imaginem o que a larva se pergunta, enquanto está no casulo: “Que inferno – sim, maldizemos neste lado (risos da audiência) – o que está acontecendo?” Isso é, exatamente, o que está pensando a larva. “O que está acontecendo? Eu pensava que seria uma larva ascendida!” (risos da audiência) “Com mais patas... que seria mais verde... e, talvez, teria alguns olhinhos adicionais...e, ainda, mais bela que antes... um pouco mais inteligente. O que está acontecendo comigo, amado Deus? Devo ter tomado o caminho errado na senda da ascensão!” (mais risos) “Estou neste grande casulo,  feito  nada, perguntando-me o que está acontecendo, perguntando-me por que não estou fazendo o que pensava que estaria fazendo.”

A pobre larva está pensando tudo isto apenas um momento antes de romper o casulo, com asas cheias de cor. Asas! A larva nunca soube nada de asas! E as cores? A larva só conhecia o verde! Mas, eis aqui, agora, um espetáculo para todos!

Amados amigos, sabiam que os anjos, realmente, não têm asas? Realmente não as têm. Alguns artistas, muito intuitivos, compreenderam que os humanos iam querer, em algum momento, atravessar uma metamorfose. Sabiam que os humanos atravessariam uma mudança. Escolheram a energia da metáfora da borboleta e desenharam asas nos anjos que pintavam. Isto tinha o propósito de simbolizar que, um dia, o ser humano passaria também por isso.

A pobre larva olha no espelho, enquanto está no casulo, perguntando-se o que está acontecendo. Nem sequer se reconhece. Já se vê, não mais como uma larva, mas como uma criatura feia e mutante. A larva não sabe o que está acontecendo. Fica se perguntando por que se sente presa e se pergunta por que tudo o que pensava que era... já não é. A larva tem estes pensamentos justamente antes de romper o casulo e aparecer a magnífica borboleta.

Isto é o que está acontecendo a vocês. Vão desde o ponto da “não-identidade”  para chegar a nova identidade. Mas, têm que passar por essa zona, esse vazio, esse momento de “não-identidade”, para que todos os processos possam começar, para que, realmente, possam emergir com a sua nova identidade. 

Sua nova identidade não se parecerá em nada com a velha. Vocês se fixaram em sua velha identidade e em quem eram e no que viam no espelho. Dentro da Nova Energia, já não será assim. Não terão uma identidade fechada. Será muito flexível, muito fluida. Com a sua nova identidade, estarão conscientes de seu ser, mas também estarão muito mais conscientes de tudo o que está ao seu redor. Esta consciência virá através dos sentidos divinos, por meio da Linguagem do Ah.

Dentro da sua nova identidade, não estarão amarrados a velhos contratos. Não estarão presos em um molde. Não será linear. Será multidimensional. Não terão que desenvolver e proteger sua identidade. Irão sentir-se seguros de si mesmos, completos dentro de si mesmos. Sua nova identidade vai querer expressar-se. Vai querer expandir-se. Vai querer voar, amados amigos.

Miguel vem hoje para dizer-lhes: “Confiem em si mesmos durante este período de não-identidade. . Confiem em si mesmos. Deem um passo a frente. Deem um passo para fora do casulo. Assumam a responsabilidade de serem professores. Assumam a responsabilidade , à medida que sua nova identidade está emergindo a sua volta.”

Lição Dez Da Não-Identidade à Nova Identidade. Falaremos mais sobre esta nova identidade no futuro, sobre quem são dentro da Nova Energia. Mas, compreendam, amados amigos, compreendam porque estão atravessando, precisamente, o que estão atravessando. É parte do processo, a viagem dos Shaumbra, a viagem de todos os que os seguirão.

A tarefa desta lição é bem simples. Trata-se de algo que vocês fazem todos os dias. Olhar-se no espelho. Vejam no espelho quem pensavam que eram. Olhem além do rosto refletido no espelho. Observem dentro da energia uma lembrança do passado. Olhem as mudanças que estão ocorrendo, mudanças similares às que ocorrem com a larva antes de converter-se em borboleta. Saibam que estão atravessando um processo completo.

Antes de irmos embora, lançaremos mais um pensamento que, realmente, os confundirá! Será tema de muitas das nossas futuras discussões. A Nova Energia não é só uma Velha Energia melhorada. É realmente diferente. À medida que passam para a Nova Energia, à medida que assumem a responsabilidade pelo seu novo “status” de Ascensão, também liberam as identidades de quem foram no passado. Liberam suas vidas passadas.

De certa forma, pode-se dizer que as identidades de suas vidas passadas afastam-se da família, de sua própria energia, de sua própria alma. Sempre farão parte de vocês mas, de alguma maneira, vocês liberaram suas vidas passadas. Estes aspectos de vocês, então, saem e criam identidades próprias, novas. Isto não ocorre, inicialmente, no reino da Terra. Estes aspectos de vocês sairão para outros lugares no Universo, para criar identidades únicas.

Recordam o Universo? Falamos que, neste momento, não há muito lá fora. Vocês criaram esse grande salão que chamaram Universo para as novas formas dentro da Nova Energia. Quando assumirem sua nova identidade, as identidades de quem eram no passado serão liberadas, em vidas individuais (e é ainda mais complexo do que isto). Vocês as liberam. Elas saem de forma não-física para outros lugares do Universo para assumir a sua própria identidade.

Amados amigos, Acabam de dar à luz a Nova Energia! Vocês são seus próprios pais! Pensem nisto. Pensem nisto. Talvez agora compreendam um pouco mais quando dizemos que “já não se trata de vocês”. Vocês são pais de muitos filhos de si mesmos, e estão entregando-lhes a identidade de uma vida por onde vocês caminharam plenamente para, então, liberá-los, para que possam sair também e converter-se em criadores como vocês. Mas, vocês são os únicos... vocês são os únicos que terão este tipo de paternidade ou capacidade de criar identidade. Os aspectos de si que enviam para fora, que liberam para que possam criar a sua própria identidade, não terão a mesma habilidade criadora no sentido de liberar aspectos de si mesmos.

Tudo isto é uma parte de um grande filme e vocês são os verdadeiros criadores que estão no meio dele. Vocês estão liberando a identidade de quem pensavam que eram, passando a um período de não-identidade; assim, vocês poderão expandir a realidade do que são. Essa é a sua divindade. Neste processo liberam o seu passado. Dão luz ao seu passado, para que ele possa sair e criar a sua própria identidade. Coisas muito interessantes estão ocorrendo! E vocês pensavam que viviam em um pequeno mundo!

Queridos amigos, foi uma grande honra estar com vocês. Foi um prazer para vocês a liberação que fizeram enquanto estivemos juntos, permitindo-nos amá-los e nutri-los. Sentimo-nos felizes por terem escolhido este lugar para descanso, para sentar-se sob a árvore e estar com seus amigos. Necessitavam disto. Têm estado muito cansados ultimamente. Têm estado cheios de tristeza e desilusões. Isto é porque estão mudando aquilo que pensavam que eram.

Foi um prazer para nós vir hoje aqui e estar com vocês. Foi um prazer para Miguel, ele que deu a vocês a Espada da Verdade, poder liberá-los; já não são estudantes, mas mestres. Ele sempre é o amigo, mas já não é, como alguns de vocês o chamavam, o “chefe”.

Retornaremos em um mês e algumas semanas mais para a lição final desta série. Muitas coisas acontecerão a vocês e a seu mundo durante estas semanas.

Saibam que os amamos profundamente e que nunca estão sós.

E assim é!



Traduzido para o português por:  Eleonôra ( ear@portoweb.com.br )

Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado. A história de Tobias, do livro bíblico de Tobit, pode ser encontrada no site do Círculo Carmesim na rede – www.crimsoncircle.com O material de Tobias tem sido oferecido sem ônus aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra mundo afora desde agosto de 1999, data quando Tobias disse que a humanidade ultrapassou o potencial de destruição e entrou na Nova Energia. 
 
O Círculo Carmesim é uma rede global de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Energia Nova. Passando pelas experiências, alegrias e desafios do status ascensional, eles ajudam outros humanos em sua jornada compartilhando, cuidando e guiando. A cada mês mais de 40.000 pessoas visitam o site do Círculo Carmesim para ler os últimos textos e para discutir suas próprias experiências. 
 
O Círculo Carmesim realiza seus encontros mensais em Denver, Colorado, local onde Tobias apresenta as últimas informações através de Geoffrey Hoppe. Tobias afirma que ele e outras entidades do Conselho celestial Carmesim, estão na verdade canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles lêem nossas energias e traduzem nossa próprias informações de volta para nós de maneira que possamos vê-las de fora, enquanto as experimentamos por dentro. Os encontros de Círculo Carmesim são abertos ao público, embora RSVPs seja bem vindo. Não há custos ou taxas a pagar. O Círculo Carmesim recebe sua abundância através do amor aberto e da doação dos Shaumbra pelo mundo. 
 
O propósito último do Círculo Carmesim é servir como guias humanos e professores de humanos que percorrem o caminho do despertar espiritual interior. Esta não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior guiará as pessoas a sua porta para compaixão e cuidado. Você saberá o que fazer neste momento, quando o humano único e precioso – prestes a embarcar na jornada da Ponte das Espadas – chegar a você. 
 
Se você está lendo isso e sente a verdade e a conexão, então você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade floresça em seu interior neste momento e por todo o tempo a frente.Você nunca está só porque há a família ao redor do mundo e há os anjos nas esferas ao seu redor. 
 
Por favor distribua estes texto livremente sem base comercial e sem cobrar. Por favor, inclua a informação em seu todo, inclusive as notas ao pé de página. Qualquer outra utilização precisa ser aprovada por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado 
 
© Copyright 2002 Geoffrey Hoppe, POBox 7328, Golden, Colorado, CO 80403. Todos os direitos reservados.