As Quatro Estações da Incorporação (Perturbação, Tradução, Validação, Percepção)

TOBIAS E O CONSELHO CARMESIM

Círculo Carmesim, 4 de Setembro de 2004 - Série da Incorporação

Shoud 2: As Quatro "Estações" da Incorporação (Perturbação, Tradução, Validação, Percepção)



E assim é, querido Shaumbra, que retornamos a nossa reunião...A esta sala de aula da Nova Energia Espiritual... Onde você é tanto o professor quanto o estudante... Onde vocês reúnem suas energias com a nossa a cada mês para discutir em muitos níveis diferentes, através do Shoud, o que estão experimentando e aprendendo. Nós entramos e ajudamos a movimentar as energias aqui.  Entramos para amá-los, brincar e sentarmos perto de vocês.

A gente vem aqui para ajudar a levar de volta a vocês suas próprias palavras.  Vocês são os que estão criando tudo isso, e isso é uma coisa fenomenal. O que se apresenta aqui hoje não foi escrito ainda, não foi experimentado ainda. Não é algo que estamos ensinando a vocês.  É algo que vocês estão aprendendo, nos ensinando e ensinado a todos os outros.

Então, nos sentimos honrados.  E trazemos hoje nossas benções.  Trazemos benções de amor e da família com você, benções da lembrança.

Sim , realmente, entramos pra lembrar a você quem realmente é.  Como falamos em nosso último Shoud, você não é a pessoa sentada nessa cadeira.  Você é muito mais que isso.  Você não é a identificação que aparece em sua carteira de motorista.  Você é muito maior que isso.  Você não é apenas humano... É muito mais que isso.

Aqui, hoje, ouvindo ou sentado – ou até aquele que vai ler  ou ouvir esta mensagem mais tarde – aqui hoje estamos nos dirigindo as pessoas que são líderes de famílias celestiais, chamados de Rei e Rainha no passado, que são professores em outras dimensões.  Depois, você torna para cá, para a Terra para aprender ainda mais alguma coisa em prol de Tudo Que É.  Às vezes, você não percebe isso porque está apenas olhando para uma percepção da ilusão.  Às vezes, você esquece quem é porque é mais fácil ser só um humano sentado na cadeira.

Mas, vamos entrar hoje e sacudir algumas energias (risadas), para ajudá-los a entender que podem se levantar dessas cadeiras. Podem ser mais do aquilo que apenas aquilo que pensam ser, que podem se ampliar para além.

Querido Shaumbra, tenho que partilhar aqui uma história onde Cauldre foi acusado de ser passivo, e portanto, que todos vocês foram passivos, que não estão fazendo o suficiente para mudar o mundo, que vocês deviam sair por aí, que deveriam ter uma causa.  Deveriam lutar pelas coisas.  Deveriam tomar partido e serem apaixonados por seu trabalho.

Tivemos  que dar uma risadinha quando ouvimos isso. E, tivemos que rir quando sentimos a resposta de Cauldre a isso, porque ele realmente ficou pensando... Ele coçou a cabeça.  Mas, depois ocorreu a ele – e temos certeza que está ocorrendo a vocês – como são ativos e quanto trabalho estão realizando.

E estão fazendo um tipo de trabalho diferente agora. Não é nos Velhos campos de batalha da dualidade.  Vocês não estão tentando lutar por uma causa ou outra porque, como sabem, no momento em que começam causa e luta, também acrescentam dualidade.  Vocês estão mais para o problema do que para a solução.

Sentimos essa energia especialmente com as eleições que estão à frente aqui no país dos Estados Unidos onde vocês têm que tomar partido. Oh, isso nos lembra uma canalização que fizemos quatro anos atrás. “Para quem você vai votar”, era o que perguntavam em suas Perguntas e Respostas.  E, nós dissemos, “Não votem. Fiquem por detrás da mureta. Observem”.  Sejam os observadores por enquanto porque, quando você é um observador, você está fora da dualidade.  Você está dentro das dinâmicas da Nova Energia, e então pode entender como as coisas realmente funcionam.

O observador entende que não tem que mudar o mundo.  Não tem que  sustentar essa responsabilidade.  Essa é uma grande responsabilidade.  É uma das razões pelas quais alguns de você têm sentido dores no corpo, tentando tomar pra si todos os problemas do mundo e tentando mudar o mundo.

A maior coisa que jamais pode fazer pelo mundo, a maior coisa que qualquer líder pode fazer pelo mundo é amá-lo, aceita-lo, entender que o mundo é exatamente aquilo que escolhe ser.  Todo humano, cada forma de vida está exatamente onde escolhe estar.  E, se você fica por detrás da mureta, pode ver como isso é verdade. E, então, você vai saber o que fazer no momento.  Você percebe que não tem que mudar nada.  Você percebe que não tem mais que pegar a espada, Shaumbra, por uma causa.

Passivo? Dificilmente... Porque você está fazendo seu trabalho... Desbravando fronteiras... Trabalho pioneiro na Nova Energia... Entrando num novo entendimento de que você pode transcender a dualidade... Que pode se mover para além da Velha luta de forças.  Passivo?  Dificilmente... Pois o que agüentou em suas vidas... As inúmeras dificuldades e desafios... E agora mesmo o maior desafio de todos – como se mover para além, como liberar, liberar tudo que pensava ser de maneira a se tornar tudo que realmente é.
Isso introduz o potencial para a mudança dos outros.  Não é uma mudança impingida. Não é uma mudança exigida.  Isso estabelece o potencial.  O que poderia haver de mais grandioso para todos os humanos e anjos que virão depois de você, que seguem você nos passos de sua ascensão e percebem que você preparou um festival de potenciais para eles se assim escolherem? Vocês expuseram opções, idéias e possibilidades.  Deixando pistas e orientação em todas essas coisas.  Eles então podem escolher essas coisas  se assim desejarem.  E, se não quiserem mudar, que assim seja.  Então, eles estão exatamente onde escolhem estar.

Vocês, Shaumbra, são os trabalhadores da mudança...  Ou, como queiram, os atores da mudança.  Vocês estão causando mudança em si mesmos, neste instante, por escolha.  Escolheram um jeito diferente de viver, um jeito diferente de estar aqui na Terra.  Escolheram ir além do ‘dois’ ou dualidade, ir além das forças em luta, entrando em toda uma nova energia, a Nova Energia.  E isso ainda é novo, muito novo.

Ah, nesta série vamos falar sobre muitas coisas da física envolvida na Energia Nova... O que realmente significa...  Como pode ser introduzida em sua vida... O que é... E o que não é. Nós temos muito a cobrir.  Mas, queremos começar nossa sessão hoje simplesmente dando nossa benção a vocês.

Sintam a energia da benção.  Sintam a energia da palavra “benção”. Não estamos tentado mudar ou curar.  “Benção” é a aceitação e honra a vocês.  “Benção” é a energia que repousa em estado potencial ou neutro, esperando ser ativada. “Benção é nosso amor que entregamos a vocês.

No dia de hoje, querido Shaumbra, há um pouquinho de diferença na energia, que se baseia em nosso convidado aqui presente, pois que não é apenas minha voz, de Tobias se apresentando.  Não é apenas Cauldre.  E, não são apenas vocês todos,  juntos em Shoud.  Estamos reunidos hoje pelas energias de Ohamah (Tobias pronuncia O-ah-mah), que veio recentemente...
Você vê... Ele era um guerreiro, um dos piores... Sim, o bárbaro que amava lutar... Que amava matar... Que fazia isso apaixonadamente. Mas ele foi ferido.  Por sete anos ficou deitado sobre uma pedra e tinha que ser ajudado por outros que o alimentavam, aliviando-o, outros que sustentavam sua vida.  E, ele odiava isso, e estava amargo.  Mas, foi uma experiência que ele deu a si mesmo, e ele a viveu por completo.

Ah, durante esse tempo ele estava MUITO  furioso com o Espírito, e com muita raiva da humanidade, e com muita raiva de tudo que fez durante esses sete anos de cura.  Mas, ele tinha tanta paixão que curou a si mesmo pela vontade.  Ele transcendeu seu corpo através da vontade e da força.  Ele transcendeu as limitações da humanidade de sua história.  Ele foi além.  Ele tornou-se independente. 

Ele não se alinhou a nenhum grupo particular. Ele começou seu próprio grupo.  Ele não chamou os anjos para ajudá-lo quando estava deitado sobre as rochas.  Ele quis fazer por si mesmo.  Ele era muito apaixonado... E tão pleno... E tão audaz... E tão forte... E muito estúpido, também (risadas).
Ele está rindo, porque também tem uma mensagem para trazer neste dia... Oh, muitas mensagens.  Uma de suas mensagens é que ele percebe agora que não tinha que haver essa vontade ou força para guiá-lo pra fora de sua história, para tirá-lo das limitações.  Ele percebeu que talvez isso fosse necessário naqueles tempos, porque era o que o mundo entendia 50.000 anos atrás.

Mas, querido Shaumbra, ele vem hoje entregar uma mensagem – uma das muitas mensagens – de que não é necessário vontade, não precisa de força.   Então, hoje nós vamos falar em muitas vozes, em sua voz, e na voz de Cauldre, com Ohamah... E sim, com uma pitada de Quan Yin para temperar.  Vamos falar com todas essa vozes.

E vamos passar as energias de que, Shaumbra, a Nova Energia, na energia Nova, a força é NÃO força. A força é não força... Percebem?  Ainda há essa estrutura mental na consciência de que as coisas têm que ser desejadas, forçadas e empurradas.  E não é isso.  Como vocês aprenderam durante esses anos, se trata de aceitação e honra.

E essa é uma das mensagens que Ohamah traz.  Ohamah vai continuar com essa mensagem em sua escola, de chegar ao entendimento de como a física realmente funciona.

Ah, a física funciona quando você põe força nela, mas sempre há uma força do outro lado.  Ah... Sim...Sim.  Shaumbra, se agora você fizer coisas no estado altamente sensível e energizado em que se encontra, usando força, vai haver  uma contra força.  Não estamos dizendo que ela seja boa ou ruim.  Estamos apenas dizendo que estejam cientes do que está chutando vocês por detrás. (risadas)

No momento a Nova Energia é NÃO força.  Ah, energia há.  Dinâmicas há. Paixão pode ser totalmente experimentada, criatividade totalmente expressa. Mas você não tem que forçar o caminho pra chegar lá.

Olhando pra energia de Shaumbra aqui, há tantos de vocês que chegaram a esse ponto através de disciplina, de determinação.  Vocês nos ouvem  dizendo que a Nova Energia não tem força... Uma Nova força é de fato não força.  Vocês coçam a cabeça e dizem, “Isso soa muito estreito,  sem substância, ou sem base...” Sim, porque vocês estão muito acostumados a forçar seu caminho para alcançar as coisas.  E, isso funcionou.

Mas, o que vocês perceberam?  Assim que você força para chegar a alguma coisa, algo mais está lá para ser empurrado.  Vocês não estão cansados desse jogo?

A propósito, temos que acrescentar que Ohamah entrou hoje.  E sua voz está nisso.  Então eu, Tobias tenho que fazer uma observação aqui, a de que talvez surjam algumas afirmativas, pelas quais não tenho nenhuma responsabilidade (risadas).

Então, queridos amigos, a Nova força é não força.  Ela vem naturalmente e com facilidade.  E, se você está usando força e disciplina, e toda essa estrutura em sua vida, é hora de liberar isso tudo... A não ser que queira continuar dessa maneira.  Ela pode vir a você MUITO suavemente e pacificamente, ainda assim altamente energizada.  Você pode achar que há um conflito nas afirmativas.  Como a vida pode ser excitante e plena quando você não tem todo esse empurrar e puxar de forças?  Parece uma coisa neutra.  Soa meio anêmico.

Ah, querido Shaumbra, você vai ver que é bem diferente disso.  Há uma física da Nova Energia que muda o paradigma, que transforma tudo, que diz que você pode estar numa plenitude da qual jamais esteve ciente antes, sem usar força e forçar. Você diz, “Bem, como vou sobreviver no tráfego?  Como posso sobreviver no trabalho? As forças estão sempre me importunando.  Eu tenho que empurrar de volta para me proteger”.

Proteger-se de quê?  De quê?  Do que você tem medo?  Sentir?  Você está com medo de sentir novamente?  Deixe essas forças virem direto pra você.  Deixem que o ataquem se acham que devem porque quando elas fazem isso, e abrem suas bocas ferventes, e enfiam seus dentes em você, e tiram um pedaço de você, não haverá nada aí porque você está existindo num espaço diferente... Você vê... Numa energia diferente.

Eles estão na dualidade.  Alimentam-se dos fracos.  Alimentam-se dos que continuam lutando.  Eles querem ver quem é o melhor guerreiro.  Deixem que venham até você.  Você vai ser que nem o ar.  Vai vaporizar e desaparecer e eles não conseguirão se alimentar de nada.  E, irão atrás de alguém mais, tirando um pedaço desse outro.

Então, Shaumbra, lembre-se disso – que a Nova força é não força. É “ser-estando”. É uma dinâmica e uma física que está nesse filme – se você for vê-lo – sobre o “bleep” (referindo-se ao filme “What the bleep do we know?”).  Por que eles usam a palavra bleep?  Ohamah diz que ele usaria a palavra certa (risadas). 
 
O que realmente sabemos?  Um bocado... Mas há muito mais pra aprender.  Há tanto mais na física dessa Energia nova – e a Velha Energia – e todo o entendimento de como as coisas realmente funcionam... Como as coisas funcionam quando você vai além do nível material... Como elas funcionam no que Ohamah está chamando “O Campo”.

O Campo é todas as energias que estão além das energias materiais, além dos átomos e dos prótons e neutrons, e elétrons e todas essas coisas.  Todos eles são reações ao Campo.  Todos são energias reagindo... Como as energias transformam dentro e fora das realidades.  Elas fazem isso.  Fazem isso o tempo inteiro.

Elementos – os elementos subatômicos – mudam dentro e fora da realidade. Num dado momento podem ser vistos e detectados... No momento seguinte já na são mais vistos. Para onde vão?  Eles vão para outras dimensões. Não é porque o olho físico – e equipamentos eletrônicos toscos – não podem medi-los que isso signifique que eles não estejam ali.

Então, o que isso lhe diz, Shaumbra, e a realidade, a realidade de quem é?  O que isso diz respeito a tudo o mais que  você é,  que você não esteve ciente?
Agora, vamos começar hoje  nos posicionando firme e profundamente nesse momento Agora.  É aqui que tudo começa... Bem aqui.  Você pode respirar.  Você pode pensar.

Ohamah tem um dizer do qual rimos aqui desse lado.  Ele disse que aprendeu a parar de pensar e começou a criar.  Há uma grande diferença aí, você sabe.  Humanos têm a tendência a pensar como sair de situações com força.  Ele aprendeu a parar de pensar e começar a criar. Seu pensamento começou a diminuir.O pensamento era uma das barreiras.  Tentar pensar tudo com suas mentes seria como um rato num labirinto, incapaz de sair.

Vocês continuam em suas cabeças.  Vocês ainda estão com suas cabeças. Deixem-na entrar no momento Agora.  Vamos ficar nesse momento Agora tão firmemente  que vocês possam sentir seus pés... O lugar onde se sentam... Seus braços e suas pernas e seu rosto... Seus cabelos... Sua respiração, seja superficial ou profunda.

Dá uma sensação de firmeza estar nesse momento Agora onde você percebe que está numa sala... A maioria de vocês está com outras pessoas... Outros não... Há sons na sala.  No passado vocês tentavam entrar num estado alterado e bloqueavam os sons.  Por que?  Eles estão aí.  Eles são parte de sua realidade e do momento Agora.  Partes de seu corpo podem estar muito desconfortáveis.  Parem de forçar.  Aceitem as partes que estão desconfortáveis.

Estejam muito firmemente no Agora... Bem centrados no Agora... Bem presentes no Agora... Sentindo cada coisa no Agora... Sendo o corpo e a mente no Agora... E o Espírito no Agora... Bem aqui nesse lugar... Bem aí onde estão... Bem nesse instante no tempo... Essa parte do espaço em que estão... O instantâneo que tiramos de vocês nesse momento... Click, bem aqui no Agora.

Começa aqui.  Começa no Agora. E, jamais esqueçam isso.  Você não pode acessar O Campo... Você não pode acessar os corredores da dimensionalidade se não estiver no Agora porque ele o lançará pra fora.  Ele o jogará num tipo de túnel de vento.  O lançará a um estado de desequilíbrio. Você está aqui nesse momento.  A partir dessa fonte nessa âncora do Agora você pode se expandir para outras dimensões.

Como é que você faz isso?  Ah, não pela força e não pelo pensamento.  Você não pode traçar seu caminho para outra dimensão com o pensamento.  Às vezes, você pode forçar o caminho, mas há uma força igual se opondo quando você tenta fazer isso.  Trata-se de saber que você não é apenas o corpo físico.  Você não está limitado a essa identidade nessa vida.  Trata-se de se dar permissão. 

Eu, Tobias, me dou permissão para estar completamente presente no Agora, e isso inclui não apenas a realidade humana, não apenas a ilusão humana, mas todas as outras. Eu me dou permissão para estar aqui com Shaumbra na Terra enquanto estou o reino angélico.  Eu me dou permissão para ser completo e expansivo, soando através dos reinos e através dos domínios da dimensionalidade. Eu, Tobias dou a mim mesmo permissão para ser mais que Tobias, para ser mais do que um aspecto do que fui em outra vida, muito, muito tempo atrás.  Eu me dou permissão para ser tudo que eu sou e todos os potenciais que possa ser e todas as expressões que eu escolha expressar.
Você pode dizer isso pra si mesmo, Shaumbra?  Pode se dar permissão para estar totalmente ancorado no Agora... Sem negar onde está ou quem é... E, então permitir a si mesmo ir além, soar?

É isso que vamos começar a pegar nessa coisa que chamamos O Campo.
Alguns chamam de “grade cósmica”, “rede entretecida”, “a zona”.  Há muitos, muitos nomes para ele.  Ele é a fonte de energia. É por onde você chega a novos entendimentos e compreensões.  Vamos falar mais disso hoje.  É no Campo que você transcende.  É onde... Ah, você expande de maneira que sua mente humana agora não poderia imaginar.

O Campo... “A zona...”  Ao entendermos como a energia realmente funciona nesse ponto no Campo... Oh, isso é algo que Ohamah, em sua escola, apresentará com detalhes. O Campo, Shaumbra, é por onde a Nova Energia passa.  E, ao ser capaz de acessar essa fonte de energia, você também tem Nova Energia... Nova Energia.

É fantástico para se trabalhar.  Temos trabalhado com ele aqui do nosso lado, ajudando na verdade a prepara-lo pra vocês.  E, ele desafia qualquer tipo de descrição.  É Energia Nova, primeiríssima.

A partir do campo você pode chegar a entender toda sua jornada aqui na Terra – as lembranças de que falamos – entender como nós, Shaumbra, nos encontramos pela primeira vez nos dia de Atlântida nos Templos de Tien, nosso estudo das realidades trans-dimensionais.  Você lembra disso?  Lembra como nos sentamos e conversamos... Dezenas de milhares de nós...Conversando sobre realidades trans-dimensionais... Sendo capazes de pegar nosso espaço, nossos templos...E coloca-los em outras dimensões... Esconde-los, de uma certa maneira?  
 
Oh, não faríamos isso hoje.  Deixaríamos nossos templos bem presentes no momento Agora.  Mas, naquele tempo havia necessidade de esconde-los.  Era necessário que não fossem vistos.  Eram como uma névoa. Eram transparentes.

Através do Campo você pode verdadeiramente entender.  Não vá aos arquivos akáshicos.  São limitados se comparados ao Campo – dois assuntos inteiramente diferentes.  No Campo você pode lembrar nossos momentos juntos quando nos encontramos pela primeira vez, quando dissemos que faríamos juntos uma jornada.  Nós vamos estudar, aprender e experimentar todas essas coisas de realidade na Terra e em outros lugares.  Vamos chegar a esse momento de plenitude juntos.

No Campo... Você fica nele por um momento.  E um fluxo de memórias retornará.  Há tantos de vocês dos tempos de Yeshua dois mil anos atrás.  Alguns de vocês estavam bem ali, bem ali nas Terras Sagradas. Alguns de vocês estavam em outras partes da Terra, introduzindo as sementes da consciência crística, o divino.  Através do Campo você pode relembrar e sentir essas memórias.

No Campo você pode lembrar por que escolheu retornar para cá, para a Terra nesta vida, para esse tempo de mudança, esse tempo de Nova Energia.  Ele ajuda você a lembrar toda essa razão por quê você entrou agora, porque você está na Terra.  No Campo você pode ver como sua história é apenas uma história limitada, mas maravilhosa.  Você pode ultrapassa-la e expandir.

Tudo começa... E tudo termina em estar firme, firmemente consciente neste momento Agora.  Não há nada como isso, nada mesmo.  No Campo você pode tornar-se o maravilhoso observador também para ver como as energias funcionam, para ver como você planejou todas as suas sucessivas vidas de maneira a chegar a este ponto e dar o próximo passo.  A partir da energia do Campo você também pode observar o que está acontecendo em seu mundo neste momento.

Esse mês que passou, Shaumbra, foi altamente energizado, todo tipo de mudança acontecendo, todo tipo de coisas em sua vida.  E você achava que este mês de agosto era tempo de férias e de relaxar.  E foi um mês muito, muito ocupado na Terra e em suas vidas.  E vai continuar assim por muitos meses.  De fato, vai esquentar.

Mas, Shaumbra, você está no Campo.  Você também está no Agora.  Isso pode ser energético.  Não tem que ser difícil.  Oh, o mundo a sua volta está passando por moções, furacões que estão se movendo pelo espaço das Bahamas e para a parte sudeste de seu Estados Unidos, um após o outro.  Através do Campo dê uma olhada para o que realmente está acontecendo aí.

O que realmente está acontecendo é a clarificação das Velhas energias de vocês de Atlântida, energias de Azura-tamu sendo aclaradas e limpas pelos grandes ventos e chuvas que vem das ilhas.  Estes ventos e chuvas vão passar varrendo dois dos antigos centros de Atlântida.  E eles vão aclarar e purificar as áreas de Cuba e as áreas que estiveram ao redor de Atlântida.  Irão aclarar e purificar e liberar Velhas Energias.  Que delícia isso ser feito desse jeito!  Eles vão trazer uma energia liberalizante de maneira que muito do que foi encurralado retorne de uma nova maneira.

Nestes próximos meses vocês continuarão a ver uma série de incidentes nas terras que estão – ah, especialmente passando por transformação e re-equilíbrio – nas terras do Oriente Médio.  Vocês notaram a crescente atividade esquentando por lá e ela vai continuar.

Vocês viram recentemente numa série de eventos na Rússia, pois esta terra está agora pronta para uma verdadeira – o que vocês chamariam – cura, uma verdadeira reunião das energias.  É uma área profundamente ferida. E, estamos aqui para anunciar que vamos levar Cauldre e Linda – e alguns de vocês – para lá muito em breve.  Está pronto.  Vocês verão... Sim, o... Assim como estivemos falando do grande potencial para grandes mudanças acontecendo na terra aqui agora, um pouco tendo a ver com os outros centros de Atlântida, os dois outros centros, um pouco disso tem a ver  com o re-equilíbrio e re-estruturação geral da Terra.

Mas você tem que deixar isso afeta-lo?  Tem que deixar que isso tire energia de você?  Ou você pode ser o observador e ver como tudo é como deveria ser?  Você tem que cair no drama? Ou, pode ficar soberano, em seu próprio espaço de energia segura? Há um farol de luz para os outros, os demais que vem atrás, procurando o professor.

Então, Shaumbra, há tanto sobre ficar centrado no Agora, e depois se abrir.  Sim, mudanças haverá a toda sua volta nos próximos meses.  Sim, porque você é sensível, vai sentir um pouco dessas coisas, mas também entenda que pode ficar no momento Agora.  Inspire profundamente.  Ligue-se nesta coisa que chamamos O Campo.  Vamos falar mais sobre essa física. Permaneça nesse momento na Terra como um magnífico anjo humano que transcendeu a dualidade, que está na Energia Nova, que está aí para os outros.

Então, Shaumbra, queremos falar hoje sobre uma coisa que chamamos Os Quatro “-ÇÕES” da incorporação.  Os “-ÇÕES”, os Quatro “-ÇÕES” da Incorporação... Estas são coisas pelas quais você tem passado.  São desafios que surgiram especialmente nos últimos 30 dias.  E você quis falar sobre eles, partilhar, coloca-los pra fora a sua frente e também torna-los disponíveis para os outros... Quatro áreas nas quais vem trabalhando.  Queremos falar sobre isso um pouco, hoje.

O primeiro, o primeiro –ÇÃO é PERTURBAÇÃO...Perturbação.  Ah, Shaumbra, mantenha-se no curso agora mesmo.  Mantenha o curso por conta própria. Não force  o curso.  Simplesmente mantenha-se no curso.  Fique no curso.
É tão fácil agora ficar perturbado... Perturbado com os acontecimentos nos jornais... Perturbado com sua família... Seus seres queridos... Perturbado até mesmo por sua própria mente.  Você está nesse ponto, esse maravilhoso ponto de introduzir as energias e sua divindade.  Mas neste momento as perturbações aumentam.  Tantas coisas parecem tira-lo do caminho.  Tentam puxa-lo pra fora – não tentam? – tornando a coisa difícil.  No instante em que acha que está fazendo progressos ou tendo profundos insights, chega a perturbação.

Pode ser qualquer coisa em sua vida agora.  Pare por um momento.  Dê uma olhada como o observador de sua vida às perturbações... Algo que surge do nada... Algo que você não planejou... Um acidente... Uma experiência... Uma pessoa... Um problema de saúde com um ser querido... Um problema no trabalho... Uma questão de dinheiro... Uma perturbação.

Até mesmo aquela voz pequenina em sua cabeça dizendo, “Será que eu devia estar fazendo isso?  Acho que devia tentar gastar minhas energias tentando ser mais normal (risadas). Aonde vai isso tudo e para onde me leva?”.  Shaumbra, são apenas perturbações.  Mantenha-se no curso.

Essas coisas estão aí porque você está fazendo mudanças.  E as energias por toda a sua volta são atraídas por isso. Elas são atraídas e, portanto, elas estão perturbando porque estão imaginando o que é que está havendo com você.

De uma certa maneira, como dissemos antes, é um teste.  Elas estão testando você pra ver do que você é feito.  Elas estão testando a sua coragem e a profundidade de seu entendimento.  Então, elas pipocam em sua vida. Não estão aí como coisas ruins.  Deus não as colocou aí.  Nós certamente não as colocamos.  Elas são uma ocorrência natural.

Quando você se move de uma forma de energia para outra, isso faz com que todas as outras formas de energias ao seu redor reajam de alguma maneira.  Assim que, enquanto você passa por seu próprio processo transição para a Nova Energia, você está estabelecendo pequenos sinos ou talvez alarmes em tudo ao seu redor, em sua vida. Tudo pula de volta.  Não é que estejam propositalmente tentando perturbar você, mas vão pular de volta, imaginando o que está acontecendo, imaginando como é que você está indo.

Não permita que as perturbações o façam retroceder, derrubar você ou tirar sua energia.  Entenda que elas são reações naturais a você.

Numa escala global as perturbações também estão aí porque estes três próximos anos na Terra serão de grandes, grandes mudanças.  Não estamos falando de desastres.  Estamos dizendo mudanças... Mudanças de energia... Grandes transformações de uma energia vibracional para uma energia em expansão... Grandes transformações... Um salto quântico.

Você vai ouvir cada vez mais sobre o salto quântico, e não apenas de nós.  Ele vai surgir de todos os ângulos.  Vai surgir da ciência.  Das religiões. Virá dos trabalhadores na sociedade e dos que lidam com governos – salto quântico, vezes sem conta.  Então, o que acontece no mundo agora enquanto essas mudanças estão ocorrendo, enquanto está havendo uma metamorfose... Vem a perturbação.  As mudanças estão chegando.

Então, Shaumbra, o primeiro –ÇÃO é ficar no curso.  Não deixe que as perturbações te derrubem.  Seja o observador. Esteja ciente de que estão aí, mas permaneça no curso.

O segundo –ÇÃO da incorporação é TRADU-ÇÃO... Tradução.  Agora, esse é um fenômeno interessante porque há todo tipo de coisas acontecendo dentro de você e ao seu redor no momento.  Você as sente. Você reclama delas pra gente o diabo do tempo inteiro! (risadas)  Você sabe que elas estão aí.  Sabe que alguma coisa está acontecendo por toda a sua volta.  Ah, e você se sente tão desequilibrado e indisposto alguns dias.

Você sabe que há uma pletora de informação chegando através e sendo armazenada em você.  Você nos diz que pode sentir o armazenamento, mas não sabe o que é.  Você não pode usar a cabeça na coisa.  E esse é o problema – o problema da tradução.  A mente ainda está sendo usada por todos vocês como a primeira fonte de informação.  A informação que está chegando não pode ser facilmente traduzida através da mente.  A mente não tem a capacidade pra isso.

Seria como colocar todo um novo programa de computador, de alto nível com um sistema operacional sofisticado num Velho PC... Percebe?  Os chips do PC e  os diretórios não saberão como traduzir todo esse novo sistema de operação.  É exatamente isso que está acontecendo.  Você não sabe como traduzir tudo que está entrando.

Vamos dar um tempo aqui.  Pare de pensar.  Neste momento apenas sinta.  Sinta o movimento da energia.  Pare de tentar entender.

Nós estamos baixando algo pra você agora.  Ah, a propósito, todo esse bate-papo de hoje é só para perturbar você (risadas).  Há tantas outras coisas acontecendo aqui.  Estamos baixando informação pra você agora. Você tenta sacar o que é. Você tenta entender.  E, não pode.  Você diz, “Não deve ser um download.  Estou sendo tolo”.  Ah... Aí vem a dúvida, não é?

A mente, a mente humana, não tem a capacidade de traduzir as quantidades massivas de informação interdimensional que estão entrando em você.  Você sabe que a informação está aí, não sabe?  Mas não sabe o que fazer com ela.  

Você não sabe como articular. Não sabe como colocar isso em suas pequeninas caixas e compartimentos, pequenas prisões.

Então, praticamente passa desapercebido.  Parece entrar flutuando pra dentro e depois fluindo pra fora de você, como o vento. Ah, mas não está mesmo.  Não está fluindo pra fora.  Está sendo construída.  Está sendo armazenada até que você possa entendê-la.

Então, como você entende tudo isso?  Como você traduz se não é através da mente?  Ah, é através de seu centro divino... Da divina inteligência... Seu coração... Sua alma...Como quiser chamar.  Você diz, “Bem, onde é isso?  Onde fica isso?  Como posso identificar?” 

Ah... Pare de pensar!  Está aí e sempre esteve.  Vamos chamar de um “sistema divino de tradução” que sempre esteve no lugar.  Na verdade, jamais foi utilizado enquanto você esteve na Terra.  Está aí. Ele está aí.

Como você o ativa?  Simplesmente dê permissão para ser ativado. Isso é tudo que é necessário – sua permissão.  Você é o soberano.  Você é o regente de seu próprio reino.  Dê permissão para que ele funcione.  Deixe que ele trabalhe pra você.

Agora, no início vai haver esse esforço da mente de tentar pular na frente e dizer, “Dê-me o controle. Envie toda a informação pra mim.  Eu a quero.  Quero tornar minha história ainda maior”. Shaumbra, diga a mente para se aquietar.  Diga a ela para dar uma descansada.  Pra falar claramente, mande-a de férias por um mês.

Permita a este sistema de inteligência divina fazer a tradução agora.  Como é que você faz isso?  Dê permissão ao sistema. Deixe que ele comece a traduzir essa tremenda quantidade de informação.

Alguns de vocês... Vocês sabem que ele está aí.  Vocês tentam desenha-lo.  Tentam pinta-lo.  Tentam descreve-lo através da poesia ou da música.  E, isso é maravilhoso... Continuem nisso porque isso está permitindo que essa informação seja traduzida.  Pode não ser compreensível pra você agora porque compreender é uma coisa mental.  Mas, ele  está aí quando você trabalha com ele, deixa entrar e quando não o teme.  Quando você o utilizar vai ver uma diferença. 

Sua mente vai se adaptar.  Essa é uma das coisas da mente – ela é muito adaptável.  Ela pode criar as grandiosas histórias que você compôs.  Ela é muito versátil, então se adaptará.  E, depois ela vem ajudar com o processo de tradução.  E, toda essa informação entrando de reinos dimensionais pode então ser absorvida pela mente.

Mas até o momento a mente tem sido responsável por isso sozinha. Sabemos que isso deixa vocês um pouco frustrados.  Vocês querem saber exatamente  quais são os parâmetros dessa inteligência divina.  Vocês têm que deixar isso de lado.  Têm que confiar em si mesmos e em sua divindade... Não em nós... Não em alguém mais... Mas em si mesmos.  A tradução vai começar.  Vocês vão sentir um movimento interno das energias.

E, mais uma vez a mente vai tentar pular em cima e tentar entender de cara e definir.  Deixe isso acontecer um pouco.  Entenda que essa informação tem que se mover apropriadamente através de muitos níveis para dentro de sua realidade Agora. Mas, depois vocês vão ter alguns desses momentos “ah”, ou “ah, ha”, quando começarem a entender.

Agora, vai ser difícil explicar aos outros.  Talvez, seja melhor nem tentar porque estes serão conceitos que farão os grandiosos conceitos da física quântica, da criatividade e da espiritualidade pareceram muito básicos. Você vai chegar a novos entendimentos.  Não precisa tentar articula-los de imediato.  Simplesmente absorva-os.

Então, temos que dizer que essa tradução da informação é um dos aspectos interessantes da incorporação porque você está introduzindo tudo.  Mas você ainda está dizendo, “Onde estão todos os sistemas para lidar com ela?”  Eles estão aí, mas não é o Velho sistema mental.

Assim, vamos ao terceiro –ÇÃO.  É VALIDA-ÇÃO... Validação.  Shaumbra, nesse momento, sentado aqui na energia segura do Agora, juntos – VOCÊ CONHECE CADA RESPOSTA.  Você sabe cada e toda resposta.  Parte do problema é que você não confia em si mesmo, e então fica buscando validação por toda a sua volta no mundo da dualidade.

Você conhece a resposta nas dimensões e realidades da Energia Nova.  Mas, depois busca validação na Velha energia da dualidade.  E, temos um grande conflito aqui, não é?  Elas não funcionam juntas.  Você está vendo todas essas novas coisas acontecerem pra você em sua vida.  Está tendo todas essa novas sensações e sentimentos, mas a dúvida – essa ponte da dúvida que separa você, o você da Nova Energia, da Dualidade da Velha Energia – essa ponte da dúvida olha pra trás procurando validação.  Você busca a validação nas pessoas ao seu redor.  Você a procura nos acontecimentos, em acontecimentos específicos em sua vida. 

E você tem todos esses maravilhosos insights, descobertas criativas.  E, você diz,  “Mas agora eu tenho que ver isso manifestado de uma certa maneira”. E agora você se testa  ao produzir isso tudo na dualidade.  Você vai para a  dualidade atrás de validação. E assim vai ter desequilíbrios.

Você neste momento conhece todas as respostas.  E, você sabe que conhece, não sabe?  É essa sensação.  É esse saber que você tem dentro de si.  Mas depois você dúvida dele. Você o diminui.

Shaumbra, fique no momento Agora, no Divino Agora.  Inspire e deixe que a resposta surja.  Você acha que não teria dado a si mesmo cada resposta como um potencial antes de vir pra cá para a Terra nesta vida... Cada resposta para cada potencial?  Você pode dizer que você “pré-enterrou” cada ferramenta e fonte que necessitaria ao longo do caminho de maneira que quando chegasse lá, ela pipocaria aí bem a sua frente. Você sabe a resposta.
Agora, a resposta pode não ser o que sua humanidade acha que seria, mas ela está aí.  A resposta, às vezes, será até outra pergunta.  A resposta pode na verdade ser ter muitas respostas contidas dentro do mesmo pacote, mas está aí.  Está aí nesse momento.

Quando você buscar validação, pare de atravessar a ponte da dúvida e retornar à dualidade porque você NÃO vai encontra-la aí.  Na verdade, a dualidade JAMAIS vai lhe fornecer validação para o trabalho na Nova Energia que você está realizando.  Ela não quer validar você.  Ela quer manter sua identidade.  Não deseja validar você.  Então, se você volta a ela, você fica invalidado.

Você não precisa mais de validação.  Você pode liberar isso?  Você não precisa de validação.  Validação é apenar um jeito de tentar justificar sua existência, tentar aliviar suas dúvidas, tentar fazer  sua Velha história ainda maior.  Ah, validação foi uma maneira, um método maravilhoso que você utilizou pra construir sua Velha história. Você não precisa mais dela.
O que você está tentando validar?  Sua existência?  Furtando-se?  Isso é validação (risadas).  Você ESTÁ aqui.  Tentar validar que você está na Nova Energia?  Respire profundamente. Você está aqui de muitas, muitas diferentes maneiras.

É a validação de sua espiritualidade?..É a quantia em dinheiro que você tem no banco?  Quando não tem dinheiro no banco e então você está invalidado, você acha que sua espiritualidade é um bocado de bobagem?  Sua validação é a quantidade de pessoas que o ama, a quantidade de pessoas que balançam suas cabeças e dizem, ‘sim’ pra você? É essa sua validação?  Pare de olhar por aí.   Shaumbra, você não precisa mais de validação.

Lembre-se desta palavra porque você vai passar por uma experiência nos próximos dias que não é ruim, mas que vai fazer você dar uma olhada na questão da validação.  Você precisa ser validado?  Lembre-se de como falamos nisso aqui nesse dia. Validação – você não precisa mais dela.  A maioria dos humanos  deseja ardentemente validação, empenham-se e lutam por validação de diferentes maneiras. Validação para  quê?

Vamos seguir para a quarta –ÇÃO da Incorporação.  Shaumbra, essa é a PERCEP-ÇÃO...Percepção. Vocês estão entrando em todo um novo estado de ser nesse momento – e vocês sabem que é assim.  A realidade muda.  A percepção muda.  Tudo muda.

Vocês estão passando por dificuldades com ela em alguns dias porque ficam pensando por que tudo está mudando.  Está mudando porque VOCÊ está mudando. Há dias em que você fica maluco porque tudo está mudando, e parte de você está lutando contra isso.  Você quer que tudo fique como está, mas quer que fique ‘um como está’ melhor (risadas).

Shaumbra, você pediu isso. Você escolheu passar por essas mudanças.  Sua realidade está mudando. E a todo instante agora vai continuar a mudar.  A natureza da realidade não é mais o que você pensava. A natureza da realidade não é mais a forma estável que você andou construindo antes.  A fundação toda da realidade foi extraída. Ela foi tirada por debaixo, Shaumbra.
A natureza toda da realidade muda.  Você não tem sua história.  Você não tem a Velha energia estagnante. O que você tem é Nova energia... Uma nova liberdade... Nova criatividade.  Você fica pensando porque esses dias estão difíceis, por que tudo parece estar em desordem.  É porque está mudando.
A natureza de sua realidade está mudando, então comece a olhar para ela de uma perspectiva diferente.  Tenha uma nova percepção de quem você é... Da realidade. Tenha uma percepção diferente da natureza da realidade.  Deixe-a livre e fluindo, ao invés de estática e estagnada.  Comece a olhar para tudo de uma direção diferente.

Nós trabalhamos com Shaumbra, em nosso recente workshop da incorporação, sobre olhar para coisas, observar as coisas e avaliar as coisas de uma direção diferente.  Para onde você acha que nós vamos agora?  Dê uma olhada  e veja como também estamos andando pra trás.  Ao pensar algumas coisas como se fossem elevadas e outras como se fossem pequenas... Olhe de uma outra maneira.

Tudo agora... Vamos desafiá-lo... Vamos pedir que olhe para tudo de uma perspectiva diferente.  Mude sua percepção.  As coisas NÃO são mesmo o que parecem ser.  Isso é apenas um ângulo por onde você as vê.

As coisas NÃO são o que parecem.  Você está olhando para elas linear, tridimensional  e limitadamente. Olhe pra elas de cabeça pra baixo... De trás pra frente.  Olhe, de hoje em diante,  para todos que você conhece de uma diferente perspectiva.  Mude sua percepção.  Olhe cada evento, de um jeito diferente.  Então quando você pensava que algo era o começo.  Olhe para isso como o fim.  Quando pensar que algo é lento, veja de uma perspectiva veloz.  Tudo agora... É para onde estamos indo com tudo isso.

A natureza da realidade está mudando.  A propósito, você pode escolher a realidade.  Ela não é impingida a você.  Isso é a liberdade. Isso é a soberania.  Você pode escolher.  A natureza está mudando.  Qualquer  suposição que tenha tido até agora sobre qualquer coisa... Dê uma olhada de uma maneira diferente.

Se você acha que é pesado, um objeto é pesado, mude sua percepção.  Na verdade ele é muito leve... Você percebe?  O que há entre todas aquelas moléculas que parece faze-lo pesado?  O que há entre os átomos que parece fazer as moléculas, que parecem tornar o objeto pesado?  Nada... Nada... Nada... Elementos que se movem pra dentro e pra fora da realidade, então este objeto pesado no qual está pensando, não é pesado mesmo.  Você apenas pensou que era.

Juntos vamos a um espaço onde toda a natureza da realidade muda.  Assim que você não pode mais ficar zangado com mudança.  Não pode ficar chateado de que as coisas não são mais o que pareciam ser.  Você não pode mais ficar chateado conosco, de que nada mais pareça ser estável. 

Você tinha uma certa definição do que pensava que sua vida fosse ser e onde deveria estar. Mude também sua percepção sobre isso.  Mais que tudo, mude a percepção que tem de sua história.  Dê a si mesmo liberdade.  Tudo muda... A natureza da realidade.  Você acabou de pensar que está frio, mude sua percepção e sinta o calor.

Então, tudo... Tudo... Tudo... Vamos reiterar isso vezes sem conta pra você.  Olhe diferente pras coisas.  Olhe de um outro ângulo.

É como olhar para um quadro na parede de um museu, uma pintura.  Você fica em frente a ela e diz, “Oh, eis uma pintura”.  Ah... Você está olhando de um ângulo e de uma dimensão.  Agora, imagine-se por um momento, de pé, olhando para aquela pintura na parede de um museu, olhando fixamente pra ela, diretamente.  Você acha que vê a pintura toda.  Desafiamos você, então tente olhar para as nuances nos traços e os efeitos de luz e todas essas outras coisas. 
 
Ah não, vamos bem mais além com isso.  Dê uma olhada de dentro da pintura para fora, olhando de volta para si mesmo.  Ah... Dê uma olhada através dos olhos do pintor, ao invés dos seus olhos.  Veja como a pintura não é verdadeiramente bi-dimensional.  Ela existe em muitas diferentes dimensões ao mesmo tempo. Ela tem as dimensões de profundidade, altura e largura da Nova energia.  Não é bidimensional... São profundidade interdimensional, altura interdimensional e largura interdimensional. Elas não podem ser medidas por quaisquer de seus sistemas de medição.  O que estamos dizendo é que a pintura na parede agora se torna multidimensional.  Ela se estica em diferentes direções e dimensões.

Vamos desafiar você vezes sem conta para olhar toda coisa de uma perspectiva diferente, incluindo vocês mesmos.  Você não é apenas um humano... E você sabe disso.  Você não é apenas um anjo em forma humana.  Talvez, você tenha pensado ser limitado a essas coisas.  Você é muitas, muitas outras coisas.

Você não é apenas o coletivo de todas as sua vidas passadas, sentado aqui agora na forma física. Você é muito mais que isso.  Você é muito mais que uma entidade a qual foi dada identidade única por tudo Que É.  Você é muito mais que isso.  Olhe de todos os ângulos.

Olhe o copo d’água que você segura à noite em suas mãos de um ângulo diferente.  Não é água.  Então, você diz, “Bem, o que é ela?”  Ah... Explore e experimente.  Abra seu coração e sua mente.  Sinta tudo que ela é, e depois sinta o que não é.

Vamos levar vocês inúmeras vezes a natureza da realidade, especialmente na escola de Ohamah, o que você pensou que fosse, porque  a cura não funciona tanto agora nesta Terra, por que tantas técnicas de cura são tanto da Velha energia.  Sim, estamos nomeando-as como são.  O movimentar das mãos – pra que isso?  Não entendemos (risadas).  As orações que as pessoas fazem – talvez as façam sentir melhor – mas não fazem os outros se sentirem melhor, aqueles pelos quais rezam.  É um fardo para eles, Shaumbra. É um peso.

Vamos explorar a natureza da realidade e da não-realidade.  Vamos a alguns lugares com todos vocês, Shaumbra, todos vocês na física da Nova Energia.  Vamos preparar vocês nesta Série para o que virá em poucos anos... Assim que vocês estarão com um novo entendimento... De maneira que essas coisas, que virão sobre a humanidade e a dualidade, não os tire do equilíbrio... De maneira que possam ser os professores que concordaram ser.
Então hoje, em resumo, permaneçam no curso.  Não permitam que as PERTURBAÇÕES os tirem do caminho.  Observem as perturbações.  Entendam porque estão aí.  Mas, não deixem que elas os derrubem.  Vocês estarão fazendo o trabalho para que vieram.  Estamos dizendo a você que, não apenas  em nossa voz, mas com suas vozes também.

A TRADUÇÃO... Entendam... Vocês ficam pensando onde está toda essa informação?  Está aí.  Só não pode ser traduzida pela mente.  Abram seu sistema de inteligência divino assim que a informação possa chegar a vocês num saber.  Ela virá a vocês num saber.

VALIDAÇÃO... Parem de buscar validação.  Mas, se você precisa de validação, não volte à dualidade pra encontra-la.  Isso vai invalidar você num segundo.
E, PERCEPÇÃO... Olhem diferente pra tudo, de uma maneira que jamais olharam... Pra tudo.   A comida que colocam em suas bocas... Não olhem mais pra ela como comida.  Olhem como qualquer outra coisa.  Não estamos falando de uma maneira linear; estamos falando de uma maneira multidimensional.  Mude sua percepção.  E, parem de reclamar sobre as mudanças em suas vidas.

Então, Shaumbra, foi um prazer pra mim, Tobias estar aqui, ter a energia de Ohamah que agora retorna para fazer seu trabalho, que vai entrar em uma física, muito – como dizer, uma física muito interessante, uma física que vai derrubar a maioria das teorias convencionais.  E, Ohamah diz aqui que mesmo Newton desafiou algumas das sabedorias convencionais de seu tempo.  Todos os grandes desafiaram.  E, o grandioso Ohamah vai desafiar os sistemas convencionais.

Então, deixamos hoje essa observação  que lembrem que a força da Nova energia é não força... Não força.  Esta será a chave dos ensinamentos de Ohamah e dos ensinamentos de Shaumbra.  Você não precisa forçar para influir na mudança e na criatividade.

Você jamais está só.  Mas, então você olha e vê que esteve um pouco só, não é? (risadas)

E assim é!
 
.............................................................................................................................
Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, vulgo "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com <http://www.crimsoncircle.com> . O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.
O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.
Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.
As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.
O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.
Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.
Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com este de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado.
© Copyright 2004 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.
Tradução para o português: Sonia Gentil novembro de 2004
manso
@dstech.com.br