Os Atributos de Você, Deus

TOBIAS E O CONSELHO CARMESIM

Círculo Carmesim, 2 de agosto de 2003 - Série da Nova Energia

Shoud 1: Os Atributos de "Você", Deus



Tobias: E assim é, queridos Shaumbra, que nos reunimos novamente como família. É uma honra para mim, Tobias, estar aqui junto de vocês hoje, para começarmos outra sessão com vocês. É para mim uma alegria imensa olhar para cada um de vocês, me conectar com cada um que está sentado aqui, cada um que está sintonizado neste momento.

Eu disse a Cauldre há algum tempo que este era um trabalho difícil, que ele não esperasse multidões. [Alguns risos da platéia, considerando-se uma sala com mais de 100 pessoas, além dos milhares que acompanham on line.] É um tipo diferente de trabalho o que vocês fazem. É desafiador. Está quebrando os Velhos sistemas, e o mais difícil de tudo, quebrando os Velhos sistemas dentro de vocês mesmos.

Nós não esperávamos necessariamente estar sentados aqui quatro anos depois com um grupo tão forte e amoroso de Shaumbra, um grupo que cresceu desde a pequena reunião no topo desta montanha. Cresceu, tornando-se algo que chamou a atenção dos trabalhadores da Nova Energia por todo o mundo e chamou a atenção dos anjos, dos conselhos e das ligas do nosso lado do véu.
Assim, é uma honra em particular para mim, Tobias, estar aqui com vocês hoje e assistir seu grupo crescer, assisti-los voltarem para se sentar nestas cadeiras para terem um pouco mais de mim. [Mais risadas] É uma honra ver o progresso que vocês tiveram nestes poucos anos.

Como eu disse antes, este é um curso que pensávamos que levaria muitas, muitas encarnações. Mas, aqui, aqui estão vocês, passando pela aceitação de Tudo o que É, passando pela compreensão de que vocês na verdade ascenderam. Vocês ainda estão na Terra e ainda estão na forma humana. Mas, vocês ascenderam, o que quer dizer que passaram de uma vida para outra, e, o mais importante, vocês trocaram, em sua consciência, os Velhos sistemas pelos Novos em uma encarnação só.

Vocês ainda estão trabalhando com todas estas coisas. Vocês ainda estão encontrando alguns empecilhos. Mas, a cada dia que trabalhamos com vocês, descobrimos que estão liberando mais e mais do Velho para abraçá-lo novamente da maneira da Nova Energia. Vocês passaram por muita coisa no que diz respeito a deixar ir... nos seus relacionamentos... no plano de vida com o qual vieram para esta encarnação. Vocês têm que liberar empregos. Vocês têm que liberar até a sua saúde. Vocês têm que liberar tantas coisas para que elas possam voltar verdadeiramente para vocês de maneira Nova e divina.

Assim, eu estou um bocado emocionado aqui hoje por estar com vocês, um tanto emocionado com os convidados que trazemos. E, esta é uma época monumental.

Cauldre nos diz que, às vezes, ficamos cerimoniosos aqui. Mas, permitam-nos continuar sem interrupção. [Gargalhadas da platéia e risos de Tobias]

Esta é uma época monumental, uma época que já dura uns três, quatro mil anos, uma era de consciência que está pronta para a mudança. E, é claro, como sabem, vocês são os que lideram a mudança. Esta é uma época monumental em que as energias e as entidades que pavimentaram o caminho até agora e sustentaram um tipo de energia arquetípica estão agora prontos para passar o trabalho a vocês. Exemplos disto estão em muitas de nossas canalizações e discussões nesses anos. Mas há uma enorme mudança agora, e que só é possível... só é possível por causa do trabalho que vocês fizeram. Que não tem nada a ver com o tipo de trabalho que vocês imaginavam que fosse. Falaremos um pouco sobre isso hoje. Falaremos sobre algumas das energias arquetípicas que não são mais válidas, que estão partindo.

Mas, queridos amigos, vamos todos juntos inspirar bem fundo o sopro do Espírito aqui, para compartilhar a energia deste encontro e deste dia - deste dia bastante notável e histórico espiritualmente - pois aqui está um grupo de trabalhadores da Nova Energia pronto para dar o próximo passo, pronto para entrar - como dizer - em Novos campos, Novos horizontes. Um dia monumental.

E, é por isso que os mestres vêm hoje como nossos convidados sentar com vocês, e, à maneira deles, fazer uma doação de energia para vocês. Há, em particular, quatro energias principais, e muitas outras, muitas outras que se sentam no Segundo, no Terceiro e em outros círculos ao redor. Sim, na verdade, todos vocês - que estão aqui em pessoa, que estão escutando - elas estão em volta de vocês em um círculo de amor, em um círculo de amparo. Porque o que acontece com vocês acontece com elas também. Assim, elas estão muito curiosas. Elas têm muito interesse no que vocês estão fazendo.

Vamos permitir que entrem as energias do primeiro convidado de hoje, alguém com quem vocês estão familiarizados, alguém cujo papel na Terra está mudando agora, e mudando particularmente com a abertura dos Sete Selos, e o advento da Bíblia da Nova Energia. E, realmente, nosso querido convidado de hoje é Yeshua. Ele entra radiante, queridos amigos, radiante com amor e gratidão, não a figura de Yeshua que foi discutida mais cedo hoje, aquela na cruz, aquela que sofreu por vocês. Esse é o Yeshua da Velha Energia.

Aqui está alguém que é muito parecido com vocês. Aqui está alguém com quem muitos de vocês caminharam e conviveram. E, ele, ele vem hoje para lhes dizer que os tempos estão mudando. O tempo dele está mudando. O tempo em que as energias dele eram parte integral da Terra tem que mudar agora, porque vocês estão abertos para assumirem a energia do Cristo.

Assim, querido Yeshua, querido Yeshua pode ser libertado agora. Pode ser liberado desta energia intensa da Terra para continuar seu trabalho no que vocês chamariam de Ordem de Sananda, seu trabalho do outro lado. Ele amou a jornada que fez aqui na Terra, e amou estar com todos vocês. Mas, é tempo de até mesmo a energia dele partir, de modo que vocês, que vocês possam ser os Cristos.

Agora, de fato, há muitos que estão altamente imbuídos desta energia arquetípica de Yeshua, de Jesus. E, eles continuarão a sustentá-la. E ele continuará a trabalhar com eles... mas pedindo, pedindo que liberem e deixem partir essa energia... pedindo a eles que olhem para dentro de si... pedindo que encontrem um professor que atenda pelo nome de Shaumbra, porque esse professor os ajudará a compreenderem que eles são Deus também.

Yeshua vem, e diz que, em particular, a energia dele sempre estará disponível para vocês, mas da maneira Nova, não da maneira das Velhas escrituras, não da maneira que pedia para que vocês o buscassem, o seguissem - palavras imensamente distorcidas. Ele queria dizer: “O caminho que eu sigo é o meu caminho, mas vocês podem seguir um caminho também, como eu fiz. Sigam seu próprio caminho, e descobrirão o que, em primeiro lugar, nunca esteve faltando.”

Yeshua está radiante hoje porque finalmente houve energia suficiente dos Shaumbra para criar este Novo livro, a Bíblia da Nova Energia - VOCÊS SÃO DEUS TAMBÉM. Era só o que estava esperando para começar a partir. Ele trabalhará com vocês de outros planos e níveis. Ele pediu especificamente para voltar a este grupo, mas com um nome e uma energia diferentes associados a ele. Então, ele voltará. Vocês todos caminharam juntos nessa jornada de dois mil anos, de um jeito ou de outro. Ele está aqui hoje representando um tipo de, um tipo de adeus, mas um adeus apenas aos Velhos tempos.

Os grandes mestres vêm hoje passar a bola para vocês, de modo que vocês façam o trabalho agora, queridos amigos. E, chegando agora na energia deste grupo está a querida e gentil energia de Buda, Gautama, que também entra, sorrindo de orelha a orelha... feliz por ter sido humano... e feliz por ser divino... feliz que existe um grupo de humanos na Terra que está alcançando a compreensão do que é a verdadeira iluminação unificada. É a mistura do humano e do espírito. É a aceitação do Eu junto com o Divino.

É tempo de até mesmo a energia de Buda partir. Vocês verão, vocês verão algumas - como dizer - representações bastante interessantes disto, retratos deste acontecimento em muitas partes da Terra. Vocês chegarão a ver quase uma rebelião contra Buda por parte de alguns que não conseguem mais lidar com a energia, vocês verão mais destruição de estátuas. E, Buda está feliz com isso, queridos. Ele não precisa de estátuas de metal, bronze, pedra nem mesmo de plástico erguidas em sua honra.

Ele vem hoje se sentar ao lado de vocês. Ele tem estado aí para guiá-los de tantas maneiras, para ser parte de sua jornada. Ele também retornará com um novo nome e uma nova energia, mas não como aquele que vocês colocaram em um pedestal, cuja imagem vocês colocaram no altar, mas com um novo tipo de imagem, uma imagem que pôde ser criada por causa do trabalho que vocês fizeram, do progresso da humanidade.

Sim, de fato, houve um tremendo progresso. É difícil às vezes. Algumas vezes, nós sabemos que vocês olham para o mundo à sua volta e se perguntam se a humanidade chegará a entender. [Alguns risos na platéia]

Mas, queridos amigos, queridos amigos, olhem também as manchetes. Olhem as capas das revistas. Olhem como as pessoas à volta estão conversando... de maneira tão diferente do que há dez, vinte, trinta anos. Retratadas nas primeiras páginas estão histórias de meditação... histórias sobre cura na Nova Energia... histórias que questionam se os Cristãos deveriam tentar mudar os Muçulmanos... assuntos que não poderiam ser discutidos poucos anos atrás. Eles estão agora em destaque. O que vocês consideravam loucura há dez anos é agora aceito. [Algumas risadas]

E vocês passaram para novos níveis. Na verdade, agora que a humanidade está apenas começando a pelo menos compreender e parcialmente aceitar os atributos da meditação, vocês dispensam a meditação. [Mais risadas] Agora que os jornais populares falam do poder da reza, vocês sabem que não precisam mais rezar. Então, na realidade, vocês passam para o nível seguinte.
Mas, olhem, olhem para o efeito que vocês causaram na consciência da Terra. Ela não está andando para trás. Está andando para frente. E, parte de nossa mensagem a vocês durante o ano será ajudá-los a entender que as coisas estão andando para frente muito rapidamente, quatro vezes mais rápido, queridos amigos.

Vocês estão correndo em direção a um evento, um salto quântico que nós agora - como dizer - é uma data variável. Mas, nós diríamos que acontecerá no verão de 2007. Daqui a apenas quatro anos, quando a consciência passará por um salto quântico. É um enorme acontecimento. Celebraremos com vocês nesse dia.

Agora, há muito trabalho a fazer neste ínterim. Ficamos um tanto entusiasmados aqui. [Risos da platéia]

Cauldre sempre quer saber qual será a nossa última canalização. Depois dos Sete Selos, ele voltou para casa, sentou sozinho na sala e disse para mim: “Tobias, adeus... nada mais a ser discutido.” [Risos da platéia] “Você lacrou a velha Bíblia. Você escreveu a Nova. Então, acho que agora é com a gente.” E, de certa forma, ele estava certo. É com vocês. Mas, queridos amigos, nós não poderíamos partir logo agora. Estamos nos divertindo muito com vocês! [Risos da platéia]

Assim, a energia maravilhosa de Buda vem hoje, sorrindo de orelha a orelha de tanta satisfação. Alguns de vocês podem ter sentido aquele tapinha nas costas, aquela brisa no tornozelo enquanto ele passava, também muito entusiasmado. Ele cansou de ser colocado em estátuas. [Mais risadas]

Tem uma coisa, queridos amigos, que nos faz rir deste lado. Sempre que erguem uma estátua para um humano importante, sua energia fica muito difícil quando ele retorna para cá. É muito difícil para ele deixar a identidade de quem era naquela vida. E as pessoas se aproximam e veneram e às vezes odeiam a energia. As pessoas seguram essa energia.

Não somos importantes em estátuas aqui deste lado. [Mais risada] É por isso que enviamos pássaros para cuidarem ocasionalmente dessas estátuas. [Mais risada] É o que pensamos delas. É interessante os humanos normalmente colocarem estátuas ao ar livre.

Assim, queridos amigos, Buda, representando grande parte da energia da consciência moderna, atual, de vocês, representando a era destas religiões na Terra, vem hoje para agradecer-lhes, para, de certa forma, dizer adeus a vocês, passar-lhes a bola. Ele sorri por saber que vocês foram corajosos o bastante para dizer: “Eu sou Deus também”, valentes o suficiente para deixar ir os Velhos processos, que tinham um grande domínio sobre vocês.

Se respirarem fundo agora, vocês poderão sentir a liberdade de se livrarem dos Velhos processos. Vejam bem, foi difícil porque vocês ajudaram a criar aquele livro. Vocês estão nas histórias daquele livro, a Bíblia da Velha Energia. Vocês, alguns de vocês, ajudaram literalmente a escrever suas páginas. Vocês se conectaram profundamente às jornadas. Então, queridos amigos, é grande a sensação de liberdade neste dia.

A energia de Maomé vem hoje fazer uma visita, a energia arquetípica de Maomé, que teve e tem grande influência na Terra neste momento... uma energia de muita paz, apesar do que vocês vêem nas atitudes de tantos que abraçam esta energia na Terra no momento... energia muito, muito dedicada e amorosa. Mas Maomé vem e diz que, novamente, apesar das aparências, aqueles que entendem realmente a essência dessa fé compreendem verdadeiramente as quatro palavras “vocês são Deus também”. Isso é o que tentaram dizer por tanto tempo.

Mas, de fato, os humanos distorcem as palavras. Os humanos as alteram. Os humanos fazem afirmações que nunca foram ditas pelos profetas originais. Maomé vem, sabendo que grande parte da energia dele pode partir agora, muito da energia dele pode voltar para o nosso lado do véu para trabalhar com as ordens celestiais que estão ajudando a livrar essas pessoas na Terra que estão presas, que estão escravizadas... mas não mudar - digamos - a energia daqueles que são os ditadores, daqueles que as estão impedindo de avançar. A energia de Maomé volta para este lado para trabalhar com as pessoas que não acreditam em si, que não entendem nem sentem a natureza divina dentro delas. Essa é a única coisa que está prendendo as pessoas como escravos, que as está mantendo em um governo tirânico - sua própria falta de autovalorização.

O trabalho que nós fazemos deste lado é enviar constantemente ondas de amor, é reafirmar constante e pacientemente que elas são amadas, e que o caminho para o Espírito começa dentro delas mesmas. Nós não tentamos mudar o curso em que elas estão. Nós não tentamos mudar quem elas são. Mas, às vezes, quando há uma brecha, nós conseguimos transmitir essa mensagem gentil de reafirmação que chega como uma brisa, que chega como um sentimento suave, ou um pensamento ou uma música que diz: “Você é realmente valioso.”

E em quarto lugar hoje a energia de Moisés retorna. Ele tem sido uma energia base muito importante para as religiões do mundo atual. Foi ele quem, realmente, ajudou a liberar seu povo. Foi ele que ajudou a definir as condições de vida enquanto humano e espírito. Moisés vem hoje, como fez em outro de nossos encontros, dizer que é tempo de ele retirar sua energia também. É tempo de ele deixar grande parte da sabedoria, grande parte do esclarecimento de seu trabalho com vocês.

Estes quatro grão-mestres, Yeshua, Buda, Maomé e Moisés - e existem muitos, muitos outros - mas estes são os quatro que representam - digamos - a maior energia arquetípica reconhecida da era moderna... eles vêm hoje para reconhecer o trabalho que vocês fizeram, para pedir-lhes que sustentem agora as energias que eles sustentaram por tanto tempo. É mais apropriado para um anjo humano vivo na Terra sustentar estas energias do que para uma Velha energia arquetípica.

Vocês viram muitas, muitas energias partirem aqui nestes últimos poucos anos. Muitas saíram pela porta durante nossos vários encontros e reuniões. Muitos partiram de outras formas. Mais uma vez, isto só significa que há muita honra por vocês e pelo caminho que agora vocês podem aceitar.
Há uma quinta energia que também vem. Ela é um pouco diferente das outras, mas foi muito importante em sua consciência moderna e em suas culturas modernas, foi mais importante do que muitos de vocês já imaginaram, muito mais do que uma história. Um pouco dessa energia aconteceu de verdade. Um pouco aconteceu multidimensionalmente. Mas, toda ela serviu de base para a sua consciência contemporânea, para as suas crenças.

É a energia que vem hoje, sim, do Rei Arthur para estar com vocês. Rei Arthur era real? De certo modo, de certo modo... nem tanto como relatado em seus livros, nem tanto como o rei humano, o rei menino. Parte disso ocorreu, de certa forma. Se vocês voltarem às terras originais da Bretanha, vocês podem sentir a energia lá. Vocês podem sentir as energias do Rei Arthur. Mas, aconteceu multidimensionalmente.

Foi - como dizer - desenvolvido numa energia tal que todos vocês o aceitaram em seu interior. Todos vocês se relacionam com esta energia de um jeito ou de outro. Todos vocês têm as energias arturianas dentro de vocês. Fazem parte delas as energias de Lancelot, Guenevere, Morgana, Mordred e de todo o elenco de personagens.

Queridos amigos, eles também estão prontos para partir. Eles estão prontos para dizer adeus, porque há mudanças que varrerão as muitas terras com as quais estão associados - as terras da Inglaterra, que vocês chamariam de terras da Grã-Bretanha. Estão chegando mudanças majestosas nos próximos 12 meses.

Nós vamos deixá-los ver o que acontece. E, enquanto vocês observam os eventos nesta terra maravilhosa, a terra que fez nascer as energias para muitos de vocês, que fez nascer as energias para o continente europeu, que forneceu os portões para aqueles que vieram das Américas encontrar a terra livre... oh, isto está tudo reunido. E, no coração de tudo isto, estão as energias arturianas. Elas estão aqui. Elas são parte integral de quem vocês são, ou de quem vocês foram. Queridos amigos, daí vieram as Cruzadas. Daí veio a busca pelo Santo Graal... metáforas, mas tudo aconteceu de verdade.
Assim, Arthur vem hoje e diz que não há necessidade de buscar o Santo Graal. Ele sempre esteve dentro de vocês. Ele sempre foi a taça da divindade que vocês possuíam, mas que haviam selado atrás do muro, selado nestas condições sobre as quais falamos na nossa reunião passada. Sempre esteve lá.

Arthur foi morto por seu filho, que é uma metáfora interessante por si só. Arthur se permitiu ser morto por seu filho em penitência por seus próprios pecados. Vejam bem, ele era um guerreiro. Ele era um combatente. Ele amava a guerra. Ele não pensava em nada além de cortar cabeças e atravessar corações com sua espada, até que um dia ele percebeu que havia algo se agitando em seu interior. E era sua própria divindade. Era seu próprio despertar.

E ele foi de fato tocado pelas energias, pela semente de Cristo, energias com as quais muitos de vocês trabalharam naqueles longínquos dias de Yeshua, e logo depois de Yeshua. Ele foi tocado por vocês e pelo trabalho que vocês fizeram. Ele desistiu de sua espada, e criou um novo lugar de paz, um lugar de prosperidade e abundância, um lugar principalmente de liberdade. E, então, ele se permitiu ser morto por seus pecados de batalha. Assim, sua energia vem neste dia, agradecendo a vocês pelo despertar que deram a ele.
Certos desmembramentos de energia surgiram a partir do trabalho dele, do trabalho de vocês, e foram chamados de Cruzadas... uma coisa interessante, uma coisa que muitos de vocês aqui bem agora, no momento em que dissemos essa palavra, sua energia caiu dez níveis. [Risada da platéia] Foi um tempo difícil. Vocês lutaram nas Cruzadas. Vocês foram os que tentaram pôr em prática a nova palavra, tentaram espalhar a semente da consciência crística pelo mundo afora. Mas, queridos amigos, como vocês sabem, isso saiu ligeiramente do controle. Vocês eram dominados pela paixão... oh, quanta paixão, tanta paixão que não se permitiram mais ser dominados por ela desde então.

Arthur vem para dizer que o que vocês fizeram causou um efeito no mundo. Mudou o mundo. E agora é tempo de mudança novamente. E é por isso que vocês estão aqui. Ele retira a energia dele. Querido Lancelot, querido Lancelot - falaremos dele daqui a pouco - retira também sua energia, uma energia amorosa, mas às vezes uma energia que não se glorifica muito.

Morgana, que manteve o equilíbrio da luz e da escuridão... foi mal interpretada pelo trabalho que fez... tentando manter os portais dimensionais abertos... tentando, queridos amigos, manter uma compreensão de todos os lados... manter uma compreensão dos místicos em um tempo em que, através do trabalho da - como dizer - igreja próspera da época, tudo foi subjugado... tudo repreendido. A igreja da época foi uma mistura de política... algumas vezes religiões... muito raramente espiritualidade... tentando criar conformidade dentro de todo mundo... tentando fazer com que as pessoas se conformassem com certas idéias e conceitos a respeito de Deus e de Cristo. Assim, Morgana, que é parte de todos vocês, também está pronta para liberar sua energia, de modo que possa retornar para o nosso lado e trabalhar com vocês de um jeito inteiramente Novo, até mesmo com um nome energético Novo.

Mordred, o que criou o caos no palácio... ele também parte. Seu trabalho está feito. Ele não precisa mais ser aquele que assume o difícil papel da escuridão. É tempo de ele devolver o equilíbrio à energia dele.

E, sim, nós nunca esqueceríamos da querida Guenevere... a que amou... a que se encheu de paixão... mas que também se encheu de conflito... sem ter certeza se deveria estar em serviço, ou seguir seu coração... ou será que existe um meio de se estar em serviço e seguir o coração ao mesmo tempo? Ela foi uma parte bem grande de todas as energias de vocês... ajudando-os a tentar entender este equilíbrio... este equilíbrio de amor e orientação... bem como o equilíbrio de servir... tentando ajudá-los a compreender como amar aberta e livremente... mas de um jeito Novo.

Assim, as energias de Camelot se juntam às energias de Yeshua - combinação interessante aqui hoje - e Buda, Moisés e Maomé, para passar-lhes a bola... não para deixá-los sozinhos, queridos amigos... porque, como nós sempre dizemos: “Vocês nunca estão sozinhos”... mas para dizer: “Agora é o momento de vocês levarem esta semente de consciência crística para aqueles que estiverem prontos.” Estes mestres... eles foram os que ajudaram a espalhar a consciência crística. Que não representa apenas Yeshua. Dentro de Buda estava a consciência crística... e dentro de Maomé... dentro de Moisés e, na realidade,... dentro de muitos outros. Mas, agora é com vocês.

Esta é uma reunião monumental. E, nossos encontros no futuro também serão, porque vocês quebraram uma energia muito Velha e difícil. Vocês são os que estão querendo abrir os Sete Selos, abraçar um caminho inteiramente Novo. Monumental.

Vocês sabem, os discípulos, os apóstolos da época de Yeshua, realmente não pensavam que o que eles estavam fazendo era importante. Eles achavam que eram pessoas comuns em busca de respostas, respostas através de Yeshua. Eles pouco tomaram conhecimento do impacto do trabalho que fizeram, do impacto que isso causaria dois mil e alguns anos mais tarde.

Nós observamos com muita honra todos vocês, Shaumbra. Vocês nem mesmo começaram a perceber em sua mente de hoje o que estão fazendo e o impacto do seu trabalho. Vocês não têm noção.

Em nossa última reunião, falamos sobre os Sete Selos. Vocês os reviram hoje, e sabem de coração o que eles são e o que significam. Os Sete Selos foram o fim da linha da Bíblia da Velha Energia. Agora que vocês os abriram, vocês podem florescer na Nova Energia. Vocês podem florescer com a Bíblia da Nova Energia... tão simples. Tão simples... vocês são Deus também.

Com relação aos Sete Selos, queridos amigos... levará um tempo para estes florirem por inteiro. E nós lhes pedimos, e pedimos a Cauldre e Linda, para continuarem a trabalhar com isto. Pode levar um ano. Levar quatro anos de trabalho - a abertura constante destes centros energéticos, destas condições que estavam seladas dentro de vocês. Isto não é imediato. Será absorvido aos poucos.

Nós pedimos, e desafiamos os Shaumbra a desenvolverem muitas formas incomparáveis de apresentar os Sete Selos. Não tem que ser apenas de uma maneira. Não queremos que seja de um modo só. Peguem a energia de nosso encontro do mês passado e trabalhem com ela. Vejam, há muitos tipos potentes de cura, reequilíbrio, associados aos Sete Selos.

Vocês não têm que trabalhar apenas com outros Shaumbra. As pessoas que estiverem prontas para abrir os Sete Selos virão até vocês. Os Sete Selos, se vocês observarem as energias que estão por trás deles, e observarem os desequilíbrios no corpo das pessoas, vocês poderão chegar a um reequilíbrio e a um realinhamento muito rapidamente, apenas se permitindo sentir qual destes selos está mais desequilibrado.

Existem feridas profundas no Selo da Separação que devem ser direcionadas. Vocês não precisam falar sobre isso diretamente com o cliente, ou diretamente com quem estiverem trabalhando. Mas permitam-se sentir as feridas profundas, profundas, associadas a esta dor, a uma dor. A criança que foi abandonada por seus pais - este é o sentimento desta ferida. Se houver problemas mais inferiores extremos com aqueles com quem vocês trabalharem, cheguem lá de pronto e compreendam o que está contido nesse Selo para a pessoa.

Alguns de vocês trabalham com música. Há - digamos - uma vibração nesse Selo. Há uma vibração que permitirá o reequilíbrio desse Selo se o humano assim o desejar. E, através da música, vocês podem trabalhar com as pessoas... através de diferentes tons de voz... através de diferentes trabalhos energéticos... tudo isto.

Queridos amigos, esta é a essência do muito que pode ser feito para o reequilíbrio na Nova Energia. Muitos de vocês estão procurando sua paixão e ficam se perguntando o que fazer. Voltem e releiam os Sete Selos. Façam uma nova visita a eles e depois vão para dentro de si. Muitas informações estarão lá para vocês - como apreender estas informações básicas essenciais, este material e como criar os Novos programas.

Com as crianças, observem onde estão os seus bloqueios, onde estão os desequilíbrios nos Sete Selos que elas carregam. A maioria delas, queridos amigos, como uma pista, terá o desequilíbrio no Selo da Salvação neste momento. É onde estão tendo dificuldades. As crianças da Nova Energia venceram os empecilhos, mas estão tendo dificuldades com a Salvação.

É por isso que estão buscando em vocês, de certa forma, as respostas, e ficando frustradas com vocês mais do que vocês imaginam [alguns riem], porque elas querem saber que vocês também aceitaram que são Deus. Então, elas buscam em outros lugares e não encontram humanos que tenham este entendimento. E elas ficam frustradas... e se revoltam... ou se retraem... ou, queridos amigos, ficam desorientadas. Elas não conseguem mais se centrar.
Observem o Selo da Salvação quando estiverem trabalhando com elas para ajudar a reequilibrá-las. Ajudem-nas a compreender que começa dentro delas. E, elas já têm este esclarecimento dentro delas. Ajudem-nas a trazê-lo para fora, a alcançar um novo sentido do eu na Nova Energia. É simples assim.

Tanto, tanto trabalho a ser feito com os Sete Selos nos próximos quatro anos. Vocês se perguntam o que fazer. E, estamos lhes dizendo hoje - eis uma oportunidade sagrada. Há muitos caminhos de trabalhar com isto - histórias... modalidades de cura... reuniões de grupo. Não tem que ficar limitado aos Shaumbra. Vocês nem mesmo têm que falar dos Sete Selos com aqueles com quem trabalharem. Fiquem atentos aos desequilíbrios. Fiquem atentos à relação que eles têm com os sete centros de chakras, que estão tentando desesperadamente voltar para um reequilíbrio como um único centro de energia.

O que está sendo feito no momento é monumental. E nós continuaremos cada vez mais dizendo isso para que vocês entendam que vocês não estão apenas vindo aqui escutar algumas palavras doces durante uma hora ou mais. Vocês estão vindo aqui porque têm um Novo trabalho a fazer. Vocês escolheram ficar neste planeta. Os Shaumbra escolheram crescer, e aprender, e agora serem aqueles que sustentam esta energia que os outros estão liberando, que os mestres estão liberando.

Assim, queridos amigos, queridos amigos, vocês apresentaram a Bíblia da Nova Energia. É também uma metáfora, de certo modo. Será interessante ver onde isto vai dar. Mas vocês apresentaram a energia, e isso é o que importa. Vocês a permitiram tornar-se evidente, e vocês a abraçaram quando ela se fez.

Vocês conheciam as palavras por anos e anos. Os mestres lhes disseram de um jeito ou de outro. Mas elas ainda não tinham penetrado o coração. Não tinham ultrapassado todas as suas camadas e todos os seus filtros. Era um conceito, mas vocês não o tinham colocado em prática na vida diária. Vocês o carregaram como um daqueles poucos conceitos intelectuais bem bolados que são úteis na hora de se conversar sobre espiritualidade - quem cita as melhores palavras chaves? E, isso era bom, porque ajudou a levar esse conceito para a sua realidade.

Mas, então, vocês começaram a abraçá-lo. Vocês começaram a verdadeiramente, sinceramente senti-lo. Vocês começaram a saber que vocês são Deus também neste traje peculiar chamado condição humana.

Vocês são Deus também, de uma maneira diferente, de um jeito diferente do Deus do Lar. Vejam bem, o Deus, o Rei e a Rainha, a Mãe/Pai/Deus, a imagem que vocês tinham na Velha Energia não é o mesmo que vocês, Deus, não o mesmo. Esse Deus não tinha a experiência de sair do Primeiro Círculo... de deixar o Lar... de desenvolver um novo senso de identidade... de ser um Criador no direito que é de vocês.

O Deus do Lar só tem experiências através de vocês. Vocês são um tipo muito exclusivo de Deus também, porque vocês tiveram todas estas experiências. Vocês viveram na forma humana. O Deus do Lar não fez isso - apenas através de vocês.

Assim, quando vocês dizem que são Deus também, é diferente. É diferente certamente da Velha Energia, da Velha ilusão do velho homem de longas barbas brancas, sentado no céu. Isso já se foi há tempos.

É diferente do seu conceito de - como vocês dizem? - Tudo o que É. Muitos de vocês sustentaram o conceito, o sentimento, de que estão todos interligados e que o ser como indivíduo (a individualidade) constitui a união de todos os outros seres (a unidade) e que isso é Deus. Isso também é diferente. “Vocês são Deus também” significa que vocês são todas as coisas, mas que tiveram experiências únicas, exclusivas de sua jornada enquanto anjos, de sua jornada na Terra enquanto humanos e agora, que fecham o círculo inteiro; por isso é diferente.

Neste próximo ano, queridos amigos, vamos trocar um pouco a energia do Shoud com vocês, levando em consideração - digamos - o seu pedido. Vamos, na verdade, falar com vocês sobre o que está acontecendo do nosso lado. Mas vamos falar com vocês sobre - digamos - alguns assuntos oportunos relacionados à Terra - o que está acontecendo na Terra... para onde estão indo as energias da Terra.

E chamaremos esta série de Série da Nova Energia, porque, de fato, de fato, vocês estão realmente caminhando na Nova Energia agora... parte de vocês ainda está na Velha. Mas essa é a beleza de tudo isto - vocês podem estar na Velha e na Nova ao mesmo tempo. Vocês podem.

Na Série da Nova Energia, vamos conversar com vocês. Vamos fazer o Shoud com vocês tratando, na maior parte das vezes, de coisas comuns - de que maneira os negócios na Nova Energia irão operar... com base no trabalho que vocês estão fazendo agora... com base no que nós todos vemos em termos de tendências e padrões energéticos... de que maneira os negócios, por exemplo, sairão de seu modo dualístico de competição e passarão para o modo da Nova Energia. E, achamos que vocês vão ficar surpresos com algumas das coisas que vocês dirão. [Algumas risadas]

Falaremos das igrejas e para onde elas se encaminham, como as igrejas passarão ou não para a Nova Energia, como serão as reuniões espirituais da Nova Energia, com base no trabalho que vocês estão fazendo. Há apenas dois anos e dois meses, nós nos sentamos com vocês e falamos sobre as energias da igreja e suas paredes se ruindo. Olhem as mudanças que ocorreram em dois curtos anos nos níveis mais elevados das igrejas. Olhem como as igrejas, as igrejas patriarcais, estão mudando.

Algumas delas, do fundo de seu coração de Deus, estão até reconhecendo os humanos, os humanos que se denominam gays. Que mudança, queridos amigos... é mais que uma manchete no jornal a energia subjacente da energia que volta equilibrada para algumas das igrejas. Aquelas que não se abrirem para permitir o equilíbrio do masculino e do feminino e a aceitação de todos pelo que eles são... suas paredes começarão a ruir. Começarão.

Falaremos sobre questões de saúde. Falaremos sobre sua biologia. Falaremos sobre os medicamentos da Nova Energia e... Cauldre nos interrompe aqui. [Risos da platéia] Ele não quer que falemos de medicamentos e coisas assim. Mas vocês verão que não é o que vocês pensam. Falaremos sobre como... não estaremos prescrevendo nada, Cauldre. [Mais risadas] Vocês verão como os medicamentos energéticos e os medicamentos químicos podem trabalhar juntos. E diremos como eles trabalham para invalidar um ao outro.

Falaremos sobre comunidade. Falaremos sobre onde os humanos se reunirão para viver e trabalhar juntos, e os governos de fato. Falaremos sobre o avanço da Nova Energia, os processos que estarão acontecendo nestes próximos dias. Falaremos sobre tudo isso porque vocês estão criando as energias para que existam estas novas condições. Falaremos com vocês sobre elas, porque queremos que vocês compreendam em todos os níveis o que está acontecendo ao redor do mundo. Quando há caos aparente, quando há conflito, quando há guerras e desavenças... queremos que vocês entendam que tudo é parte de um processo apropriado, e um processo de mudança, e um processo de liberação. Então, abordaremos alguns destes assuntos durante o ano.

Nós os desafiaremos mais do que nunca, queridos amigos, a fazer o que está em seu coração, a seguir a sua paixão. O Fruto da Rosa está contido no âmago da abertura dos Sete Selos. Ele está lá.

Estaremos encorajando-os a liberar essas situações nas quais vocês se encontram. Vocês sabem que estão presos. Mas vocês têm medo de liberá-las. Estaremos encorajando-os a seguir seu coração. Vocês não estão destinados a seguir um caminho deprimente, miserável de sofrimento. [Risada da platéia] Vocês simplesmente escolheram isso. [Mais risada] E nós vamos ajudá-los a entender como podem liberar isso, como vocês podem deixar isso ir.

Traremos um novo tipo de convidado para os nossos encontros, convidados que - como dizer - esperaremos... novos tipos de convidados em nossas reuniões.

Na verdade, vocês têm mostrado de todo jeito que estão prontos para a Nova Energia. Vocês têm mostrado de todas as maneiras que vocês querem assumir a liderança, de fato.

Queridos amigos, vocês são Deus também. Respirem isso bem agora. Vocês têm Yeshua que reconhece isto. Têm Buda que reconhece isto. Têm Moisés, e Maomé, e certamente o Rei Arthur, e toda a Camelot, que reconhecem isto. Vocês deram aquele passo cruzando a linha na aceitação disto. E agora é tempo de começar a viver isto. VOCÊS SÃO DEUS TAMBÉM.

Deus ama vocês ternamente, sempre amou. Sempre esteve dentro de vocês. Na compreensão do amor de Deus por vocês, talvez vocês consigam entender o amor por vocês mesmos, e, portanto, o verdadeiro amor, o amor pelos outros humanos, pela vida ao seu redor. Compreender como “vocês são Deus também” é compreender a compaixão que o Espírito sempre teve por vocês - compaixão total, amor total, mesmo nos momentos de maior escuridão.

Quando vocês caíram em um abismo e acharam que o Espírito não existia lá, o Espírito existia, sim. O Espírito estava com vocês. O Espírito estava lá em total compaixão por vocês, chorando as mesmas lágrimas, vivenciando a mesma solidão, sentindo a intensidade da escuridão com vocês.

Às vezes, a compaixão por parte do Espírito... a compaixão pode não ser sentida às vezes porque está tão escondida que vocês nem mesmo a reconhecem. A compaixão nestes dias em que vocês se sentiam como que desistindo, e que se perguntavam onde estava o Espírito... a compaixão era tão profunda e pura e estava tão integrada dentro de vocês que vocês não podiam nem mesmo senti-la como uma energia externa. A compaixão era tão genuína e verdadeira que vocês dificilmente podiam senti-la. Estava assim escondida. Sempre esteve lá.

O Espírito sempre teve compaixão sob a forma de total aceitação de tudo que vocês são, tudo que vocês foram, tudo que vocês fizeram... total aceitação, sem nunca haver um ar de repreensão no semblante do Espírito, nem sequer uma sugestão de que vocês tivessem feito algo errado. Isso é uma condição que vocês herdam de seus pais, que vocês herdam de sua sociedade... não do Espírito. O Espírito sempre teve respeito por tudo que vocês são e por tudo que vocês fizeram porque TUDO era sagrado.

Através de vocês, o Espírito vivenciou o nascer do sol pela manhã. O Espírito jamais poderia ter vivenciado isso sem os seus olhos, e os seus sentimentos, e o seu coração. O Espírito sentiu a dor de um relacionamento rompido através de vocês e jamais tinha sentido isso antes. O Espírito nem mesmo entendia um relacionamento até que vocês tiveram um. O Espírito conheceu a alegria da amizade através de vocês. Conheceu o contentamento do sucesso através de vocês. Conheceu o desespero dos dias escuros através de vocês.

O Espírito tem total compaixão por vocês. E a compaixão inclui a aceitação e a honra. VOCÊS SÃO DEUS TAMBÉM. E, queridos amigos, vocês são um reflexo do Espírito.

E enquanto vocês caminham nestes dias de Nova Energia, e se perguntam: “O que isto significa - Eu sou Deus também? O que isto significa?” Pensem na compaixão que o Espírito sentia e sente por vocês. Sintam isso pelos outros. Será a obstáculo mais difícil para vocês transporem inicialmente.

Tenham compaixão por aqueles que estão necessitados, por aqueles que estão sofrendo. Tenham compaixão por aqueles que estão perdidos e perturbados. Tenham compaixão por aqueles que são altamente bem sucedidos. Tenham compaixão por aqueles que são saudáveis. Tenham compaixão por todos os humanos.

Parem de tentar mudar o mundo. Deus não o mudou. Deus não interferiu na jornada de vocês. Deus apenas os envolveu em total compaixão. Será que vocês podem ser Deus também, e sentir tal compaixão por todos os humanos, honrando e aceitando as suas jornadas? Parem de tentar mudar o mundo. Deus não o mudou, porque ele ama vocês.

O desafio mais difícil que muitos de vocês terão na Nova Energia é essa honra e aceitação, e total compaixão, mesmo quando virem alguém em grande sofrimento. Oh, sabemos o que vocês vão querer fazer. Vocês vão querer tentar consertá-lo e curá-lo. [Algumas risadas]

E é apropriado quando eles pedem por isso. Eles não têm que pedir com palavras. Vocês terão um saber, terão a sabedoria que vem de Espírito para Espírito Divino. Vocês verificarão isso duas vezes para terem certeza de que vem do nível mais profundo da sua verdade. Não é para vocês os mudarem. Lembrem-se da compaixão que Deus sentia por vocês e levem-na aos outros na Nova Energia. Será desafiador.

E, então, queridos amigos, sintam isso por vocês mesmos. Tenham a mesma compaixão por tudo que vocês fizeram até o momento... total compaixão por vocês mesmos... compaixão por qualquer desequilíbrio físico.

Um dos maiores desequilíbrios de energia pelo qual vocês vão passar neste momento é a questão do peso. E estamos tão cansados disso. [Risos da platéia] Deus ama vocês gordos ou magros, altos ou baixos. Tenham compaixão por vocês. Será que conseguem ter compaixão por vocês mesmos? Será que podem encontrar alegria no seu ser físico? Será que conseguem ver a dificuldade que criam para vocês mesmos?

Se vocês puderem sentir compaixão e amor por vocês mesmos em um corpo que vocês se deram, esse corpo voltará para um equilíbrio abençoado. Liberem o conceito do que vocês acham que deveriam ser, e permitam que seu corpo se reequilibre da maneira mais divina, que é maior do que qualquer coisa que vocês possam imaginar neste exato momento. E isso é difícil para vocês.

E, sim, nós nos enrolamos aqui. [Risos da platéia]

Queridos amigos, VOCÊS SÃO DEUS TAMBÉM. Deus sempre teve total compaixão por vocês. Agora, nestes dias que virão, tenham compaixão pelo seu semelhante. Tenham pela Terra. Tenham por todo o reino animal e o reino vegetal da Terra.

Compaixão não significa indiferença. Simplesmente significa respeito.

E, quando outros anjos humanos quiserem tomar um caminho diferente, eles virão até vocês. Eles estão procurando pelos Shaumbra bem agora. Não digam a eles palavras sem sentido. Trabalhem com eles no nível deles. Olhem nos olhos deles. Conectem-se com eles. E falem com eles algo que saia do coração, não de boca para ouvidos, mas de coração para coração; digam: “Você é Deus também. Eu reconheço você.” Isso mudará o modo com que o trabalho começa, e o modo com que vocês trabalham com eles. Então, tenham total compaixão. Queridos amigos, nós estamos nos concentrando nisto, nisto aqui, neste atributo da compaixão, porque é muito importante trabalhá-lo.

Entendam que quisemos esperar até agora para trazer um outro convidado. É sério. Para ajudá-los a compreender a energia por trás da compaixão, um dos atributos muito simples de Deus, nós trazemos a energia de alguém muito importante e poderoso, alguém forte e corajoso.

Ele está morto. O Super-Homem está morto, queridos amigos. [Risos da platéia] O Super-Homem está morto, entendam, morto, porque não tinha compaixão. Ele tentava salvar o mundo quando o mundo não queria ser salvo. Ele interferia com todas as coisas que aconteciam em volta dele. Não foi a criptonita que o matou. Foi a falta de compaixão. [Mais risadas]

O Super-Homem foi uma energia arquetípica criada em uma época em que seu mundo realmente, verdadeiramente, precisava dela. Precisavam de esperança, de algum humano que fosse super.

Mas, de certa forma, essa energia arquetípica trabalhou contra vocês. Não apenas o Super-Homem. Todos os super-heróis, e todos estes grandes seres que vocês manifestaram. Vocês queriam o corpo perfeito, a força perfeita, a visão de raio-X, a capacidade de fazer todas as coisas e salvar o mundo.
Mas, queridos amigos, o Super-Homem está morto agora; foi substituído pela compaixão, substituído sem a imagem do corpo perfeito que era forte e possuía todos estes outros atributos relacionados ao corpo físico. Esse está morto agora. Vocês têm batalhado e enfrentado dificuldades agindo do modo que vocês acham que deveria ser um super humano. E, ele se foi... foi... está morto.

Foi substituído por sua divindade. Foi substituído por um equilíbrio natural assumido pelo corpo, e assumido pela mente, e pelo espírito... uma vez que vocês liberaram estes Velhos conceitos de tentarem ser Super-Homem e Super-Mulher. Vocês concentraram sua atenção nisso. Vocês até julgaram sua espiritualidade com base em todas estas coisas superficiais. Elas se foram agora. Elas se foram. Foram substituídas pela compaixão e pelo respeito por si e por tudo que está em torno de vocês. O Super-Homem se esqueceu de se honrar e honrar os outros. E ele teve que partir. [Mais risadas]

O segundo atributo do Espírito - e são muitos os atributos; hoje abordaremos quatro -, o segundo atributo do Espírito é simplesmente a alegria e a celebração. O Espírito está em constante alegria e celebração, o tempo inteiro, em relação a qualquer coisa que esteja acontecendo... assim, assim, queridos amigos, em admiração ao que vocês estão fazendo, celebrando até mesmo quando vocês têm um dia ruim, celebrando agora que ele sabe como é ter um dia ruim. [Risada da platéia] Vocês podem parar de ter tantos dias ruins porque o Espírito já sabe como é. [Mais risada] Vocês continuando insistindo nisso.

O Espírito está em constante celebração... se uma batalha está acontecendo... se alguém está fazendo aniversário... se há uma festa... se um aluno está estudando... se algo está sendo inventado... é sempre uma alegria e celebração constantes.

Vocês são Deus também. Será que vocês conseguem ficar em constante alegria e celebração? Podem parar de julgar o que é certo e errado, bom e ruim? Será que podem celebrar a morte de alguém que está perto de vocês? Podem estar em alegria e celebração quando lerem algumas das coisas hedionda que acontecem pelo mundo? Se não puderem, queridos amigos, então vocês não estão se permitindo ser Deus também.

Será difícil no começo, nós sabemos. Mas Deus, o Espírito, está em constante alegria e celebração. Não significa que Deus não compreenda as implicações do que está acontecendo, que não compreenda a profundidade das experiências que os humanos têm. Deus está totalmente ciente da escuridão e da luz. Mas Deus celebra cada experiência.

Vocês são Deus também. E é tempo de alegria e celebração em sua vida. É tempo, como nós dissemos, de liberar o sofrimento pelo qual vocês têm passado, no qual vocês se colocaram. Cada momento, alegria e celebração... parem de nos responsabilizar por isso. São vocês que fazem isso. Celebrem com abundância cada processo em sua vida. Celebrem tudo.

Quando vocês se perguntam o que isto quer dizer - ser Deus também - significa compaixão. Significa alegria e celebração.

Deus está sempre criando (é o terceiro atributo). Há sempre um movimento de energia. Há sempre uma expressão de amor, e ele é criação, sempre está criando. Deus encontra motivo de grande alegria e celebração ao criar.
Vocês são Deus também. Vocês são Criadores em cada processo, estão constantemente criando quer saibam disto ou não. Agora é a hora de serem Criadores conscientes.

Queridos amigos, trabalhando com vocês, nós sabemos que vocês têm sonhos à noite. Vamos falar sobre sonhos aqui em uma de nossas discussões futuras. Mas vocês têm sonhos à noite, e alguns destes sonhos são horríveis e apavorantes. Alguns são desafiadores e difíceis, e não fazem sentido algum.
Mas, nestes tempos recentes, muitos, muitos, muitos de vocês aqui... nós estamos bem ao lado de vocês no meio de seus sonhos um tanto traumáticos. Vocês pararam em seu sonho, e disseram conscientemente: “Isto é só um sonho. Eu posso mudá-lo. É uma ilusão que eu estou criando. E, por eu ser o Criador, eu posso agora mudar o sonho para qualquer coisa que eu queira. E não sou mais uma simples vítima do meu sonho. Eu sou o Criador do sonho.”

Sentados aqui agora, vocês estão em um sonho. É uma ilusão. Tentem me encontrar. [Risada da platéia] É uma ilusão muito, muito real. É um potencial que está acontecendo de modo muito intenso, muito concentrado e muito material. Mas, vejam bem, existem outros potenciais acontecendo em outros níveis. Entretanto, é neste que está o foco principal. Nós não precisamos ir para esses outros níveis. Permaneceremos aqui.

Mas, queridos amigos, que se sentam aqui como Deus também, vocês podem fazer a mesma coisa que têm feito nos sonhos. Parem por um momento. Respirem fundo. Lá vão vocês. Vocês são Criadores. Vocês não são vítimas de suas vidas. Vocês são os Criadores delas. Vocês são os Criadores de suas vidas. É isso que os torna tão únicos, mesmo por parte do Espírito.

Vocês são um tipo diferente de Deus também. Vejam bem, o Espírito que vocês conhecem, o Deus de todas as coisas, a unidade, não tenta especificar o que precisa ser criado. Esse Espírito permite que isto seja feito através de vocês. O Espírito de todas as coisas quer que vocês continuem a criar, e explorar, e aprender e crescer.

Essa é a grande diferença entre vocês, Deus, e o Deus do Lar. Vocês podem mudar as suas criações. Vocês podem direcioná-las para onde quiserem. O Deus do Reino, do Lar, não tem em particular nenhuma - como dizer - ele, e ela, deu a vocês esse direito de escolha criativa. Vocês podem se sentar aqui hoje e mudar suas criações. Vocês não precisam ser específicos.

Nós falamos disso com vocês na canalização sobre “criar em amplas pinceladas”. Não entrem nos detalhes. Vocês não têm que se preocupar sobre como o seu corpo processa comida em energia. Cuidamos disso nos níveis divinos. Acontece o mesmo com a criação de vocês. Criem em amplas pinceladas.

Se vocês não gostam do que estão criando, mudem. Como vocês mudam o que estão criando? Simplesmente respirem bem fundo. Liberem o Velho. Lembrem-se de que vocês estão em uma espécie de sonho muito real, e então façam a escolha em um nível geral amplo. Nós lhes falaremos em determinado momento do futuro sobre - digamos - criações mais específicas. Mas primeiro vocês precisam entender a própria natureza da criação.

Assim, criem em amplas pinceladas. Mudem aquilo de que não gostam. Mas criem. Façam alguma coisa. Criem. É a natureza do Espírito, e vocês são Deus também.

Queridos amigos, este conceito de “vocês são Deus também”... vocês estão começando a apreendê-lo, a senti-lo, a entendê-lo. E dizemos que o Super-Homem está morto para que vocês compreendam que simplesmente não tem a ver com criar um corpo perfeito. Isso é brincadeira de criança. Isso é brincadeira de criança. Queremos que essa energia seja liberada agora. Tem a ver com criar nos níveis mais divinos, em níveis altamente sofisticados.

E, queridos amigos, Deus sempre ama (é o quarto atributo). Deus sempre ama... ama todas as coisas... ama a experiência de vida... ama a expressão do Eu. Em sua vida, observem as áreas em que falta amor - áreas escuras, áreas difíceis, áreas dentro de si - e se permitam ter esse amor.

Nós lhes pedimos que sinceramente trabalhem com a primeira condição de Deus - a compaixão. Ela virá até vocês nas próximas semanas e meses, particularmente nestes próximos dias - ter total compaixão. Não significa indiferença. Não significa apatia.

Muito pelo contrário, na compaixão, vocês têm amor total, aceitação total, paixão total pelos outros. Ficar por detrás da mureta não significa não se importar. Significa deixar de fazer as coisas pela maneira da Velha Energia, pela maneira dualística. Significa dar uma olhada em como as coisas são realmente criadas. Pedimos que sinceramente, sinceramente trabalhem aqui nisso por um tempo.

Assim, temos muito, muito trabalho a fazer. Como dissemos, daqui a quatro anos ou mais - sem uma data específica -, a consciência humana passará por um salto quântico. Não estamos dizendo que alguma coisa particular irá acontecer nessa data. Não estamos dizendo que haverá manchetes diferentes nos jornais. Mas algo acontecerá no nível subjacente, semelhante ao que aconteceu em sua “convergência harmônica”. Não foi apenas o alinhamento dos planetas. Foi uma mudança de condições.

Uma mudança maior está para acontecer daqui a quatro anos. Há muito trabalho para vocês fazerem. Há muito trabalho para preparar - como dizer - a nova casa para o que acontecerá depois dessa época. As coisas vão se acelerar aqui em toda a sua volta. Entendam a razão de isto estar acontecendo bem agora.

Com isso, as energias amorosas de Arthur, Buda, Maomé, Moisés e Yeshua vêm abraçá-los. Eles voltarão também de um modo Novo com um nome Novo. Mas, por agora, eles partem, eles deixam a Velha Energia. E eles deixam o caminho para o Novo com este grupo que chamamos de Shaumbra.
Vocês nunca estão sozinhos. Mas as coisas sempre mudarão.

E assim é!


 
Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, vulgo "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com <http://www.crimsoncircle.com> . O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.
O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.
Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.
As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.
O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.
Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.
Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado.
© Copyright 2003 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.
Tradução para o português: Inês Fernandes - Rio de Janeiro, setembro de 2003
(mariainesfernandes@globo.com)