A Nova Terra

O MATERIAL DE TOBIAS

Série do Humano Divino

Shoud 5: "A Nova Terra"

Apresentado ao Circulo Carmesim
8 de Dezembro 2002

 
 
Tobias: E assim é, caros amigos, que nos reunimos novamente como família, como Shaumbra. Nós compartilhamos nossas energias, nós compartilhamos o nosso amor, e nós compartilhamos a nossa jornada. Na verdade, eu, Tobias, adoro entrar gargalhando, como Cauldre (Geoffrey Hoppe) diz. Eu adoro entrar em seu espaço, sentar-me próximo a vocês, estar com vocês, senti-los tão próximos. 

Nós deste lado do véu não podemos nos aproximar de vocês, a menos que vocês permitam. Nós não podemos interferir, naturalmente. Nós nem podemos nos aproximar de vocês a menos que vocês dêem permissão e abram seus corações. 

Este é o motivo de tal alegria para eu, Tobias, e para todos os outros anjos e entidades que se encontram no Segundo Círculo nos reunirmos com vocês desta maneira. Ah, eles estão muito animados como eu. Eles estão aqui hoje, ocupando o Segundo Círculo, centenas e centenas de anjos e entidades que, de certo modo, têm que receber ingressos para este espetáculo [risos da audiência], pois nós limitamos o número e o quociente de energia que chega, a fim de manter um equilíbrio. 

Os anjos chegam, esperando estar com vocês, esperando sentir a sua energia e o seu amor, esperando ver esta surpreendente criatura chamada de humano, agora se transformando em um Humano Divino. Eles chegam para observar porque sabem do tempo em que estarão em um corpo físico e viverão como humanos na Terra. 

Os anjos estão fascinados por tudo que vocês fazem. Eles estão tomando notas. Estão escrevendo. Estão observando o primeiro grupo de humanos se integrar plenamente na Nova Energia. Eles estão esperando que vocês se comuniquem com eles de seu próprio nível, para que conversem com eles e os ouçam. Sim, é para esse ponto que vocês estão se movendo, quando falarão de coração para eles, e poderão ouvi-los também, sem os filtros, sem as camadas que interferem com as comunicações. 

Como vocês fazem isso, caros amigos? Vocês o fazem, tornando-se acessíveis. Vocês o fazem mais pelo sentimento do que pelo pensamento. Vocês sentirão as suas vibrações. Vocês os estarão canalizando, realmente, quando vocês aprenderem a se canalizar e a canalizar outros humanos. Então, vocês os canalizarão. 

O que vocês ouvirão deles, por trás de todas as palavras, por trás de todos os sentimentos, é que vocês são os triunfantes. Vocês são aqueles que assumiram a difícil jornada. Vocês são seus professores. Isto é o que vocês ouvirão. 

Realmente, nós adoramos estas reuniões! Nós adoramos este momento junto com vocês. 

E, realmente, muito é dito além das palavras. Sim, como Cauldre disse antes para o canal, ele aprendeu – vocês estão aprendendo – que não são as palavras. São as energias. E, caros amigos, como vocês, como Shaumbra, aprendam a canalizar, aprendam a compreender essas energias. Vocês não têm que se preocupar com as palavras. Vocês não têm que colocar as energias em palavras. 

Tanto pode ser dito sem as palavras. Sem as palavras, vocês ignoram o cérebro, a mente. Vocês vão direto ao coração. Vocês vão direto ao íntimo. Muito do que é dito em nossas reuniões não está em palavras. Por isso, muitos de vocês as "ignoram". Muitos de vocês adormecem porque se permitem receber todas estas energias. 

Que grupo maravilhoso temos aqui hoje, aqueles sentados nas cadeiras e aqueles que estão conectados pelo mundo afora – um grupo, como dizemos, que ergueu as mãos quando a trombeta de Gabriel soou e disse: "Querido Deus, querido Espírito, eu me dou em serviço. Eu farei algo."
E aqui vocês se encontram muitos anos depois, muitos anos depois, tendo passado por muitas dificuldades e desafios, desistindo de tudo o que pensavam ser, a fim de se tornarem tudo o que possivelmente são. E aqui vocês se encontram, prontos para mais, aguardando pelo que vem em seguida, cantando ainda a música do coração que diz: "Espírito, eu me dou ao seu serviço, ao serviço do Todo." 

Nós nos encontramos assim muitas vezes enquanto vocês sonham, enquanto dormem à noite. Sim, todos nós nos encontramos assim como um grupo. Se esta energia é tão familiar, é porque nós nos encontramos. Nós ficamos assim em silêncio com freqüência, apenas sentindo as vibrações. É para onde vocês vão à noite entre as outras jornadas. Vocês vêm a este lugar da energia "Shaumbrática". E nós ficamos juntos. E sorrimos. Há umas poucas lágrimas. Mas compartilhamos energias. Nós compartilhamos histórias. Nós nos compartilhamos. 

Caros amigos, muitos de vocês têm sentido o estresse em seu corpo, ultimamente. Nós sabemos. Podemos ver enquanto estamos aqui, olhando para vocês. Nós podemos ver o que se assemelha a chamas solares saindo de seu campo áurico. Muito estresse. Ele está também em sua mente. Compreendam que o motivo maior para isso neste momento é que os ajustes finais estão sendo feitos nas grades, dos quais falamos no último mês. 

Vocês podem sentir o novo potencial chegando. Vocês podem sentir as mudanças acontecendo. Nos níveis mais elevados, a energia está mudando. Nos níveis internos, a energia dentro de vocês está mudando neste momento. Seu corpo sabe que algo está acontecendo. Seu corpo sabe que ele precisa mudar para se ajustar à sua divindade. Ele precisa mudar porque vocês estão permitindo que as energias divinas brotem de dentro de vocês.
Estas são energias de freqüência elevada, energias distintas das que seu corpo tenha experimentado em qualquer existência passada. Estas energias são fortes. São elevadas. São intensas. E estão chegando agora. 

Seu corpo está se preparando. Ele está passando pelas mudanças em um nível mais profundo. Seu corpo está mudando nos níveis do espaço entre o espaço, através do DNA, e das células, e dos tecidos e dos órgãos. O que vocês estão passando neste momento é um ajuste biológico para que possam lidar com todas estas energias. Elas estão chegando agora. É por isso que o corpo dói. Por isso, as dores. Elas também passarão. Quando seu corpo ficar acostumado e ajustado às novas freqüências, os sofrimentos e as dores deixarão o corpo. 

Nós sabemos que há estresse em sua mente neste momento.Vocês estão acostumados a ver o que está diante de vocês no caminho. Vocês estão acostumados a saber o que farão e onde estarão em três ou seis meses. Os humanos planejam suas vidas até morrerem. Eles planejam seus trabalhos, a aposentadoria e até a morte. Interessante! 

Mas agora vocês não podem ver em direção ao amanhã. Vocês têm dificuldade de saber o que se encontra à frente. Isso está causando estresse na mente. Isso é parte da mudança que está ocorrendo. Parte de vocês está no medo, sem saber o que acontecerá em seguida, sem ser capaz de prever, sem ser capaz de planejar. Ah, isso provoca grande estresse na mente! 

Nós sabemos que muitos de vocês ficam acordados à noite imaginando, imaginando o que estarão fazendo. Preocupados... vocês estão preocupados. Vocês estão falando para si mesmos: "Eu tenho 30, 40, 50 anos de idade, ou mais. O que estarei fazendo? E minha aposentadoria? Quem cuidará de mim? Como eu viverei? O que farei?" Nós sabemos que vocês se preocupam.
O estresse neste momento é por vocês estarem fazendo um ajuste na mente e no espírito para viverem no Agora, para viverem no Agora, no momento. É difícil porque vocês ainda querem saber o que vai acontecer amanhã. Viver no Agora é AGORA. É o momento. 

Então, há muito estresse em sua mente... muito estresse em sua mente. Compreendam que tudo isso é apropriado, e que tudo tem a ver com o alinhamento das grades magnéticas. 

Compreendam que o estresse partirá em breve e vocês terão, então, um corpo reconstruído desde a base. Vocês terão um espírito que compreende que tudo o que vocês precisarem virá a vocês. 
 
Este é o novo paradigma. Vocês o estão vivendo agora. Vocês estão nele agora. Vocês estão gerando sua divindade, trazendo-a para o Agora – não um conceito intelectual, mas uma realidade que está dentro de vocês. 

Em nossa discussão do mês passado, caros amigos, eu falei em dado momento, minuciosamente, acerca das igrejas. Eu falei sobre como as igrejas estão retendo a consciência. É também um tempo para a mudança. Eu falei minuciosamente acerca das igrejas e acerca dos líderes religiosos por uma razão específica – para ajudá-los, Shaumbra, a compreenderem seu novo papel. 

Vocês serão os novos professores espirituais. Vocês serão aqueles que orientarão outras pessoas. Vocês serão os novos sacerdotes e sacerdotisas em seu próprio modo. Talvez vocês não tenham um prédio imenso aonde elas virão em adoração uma vez por semana. Talvez vocês façam de seu jeito, em sua casa, no carro, de um modo ou de outro. Mas, vocês, vocês são os novos professores. 

No mês passado, eu falei das igrejas em consideração, em consideração a cada um de vocês. Não confiem nos velhos livros e nos velhos métodos. Quando estiverem com seus alunos, estejam no Agora, no momento. Não tirem clichês guardados na manga. Não usem de truques saídos da cartola.
Estejam no Agora. Leiam a energia. Sintam a energia. Escutem as palavras. Então, vocês saberão o que dizer. Então, vocês saberão como ter compaixão pelas pessoas. Então, vocês saberão o que fazer por elas. 

As igrejas, queridos amigos, serviram a um propósito. Vocês são aqueles que ajudaram a criá-las, em primeiro lugar, há muitas existências passadas! Mas, o seu tempo está chegando ao fim. Há uma Nova Energia íntegra e um novo tipo de Humano Divino pronto para fazer o trabalho. Observem como vocês podem verdadeiramente estar à disposição. 
 
Observem o novo equilíbrio da energia masculina e feminina necessário na Terra. Realmente, as igrejas do mundo têm um domínio masculino, uma orientação masculina. É apropriado agora fundir as energias feminina e masculina. É apropriado agora. É apropriado ser o receptor tanto quanto o doador. 

Este é o motivo pelo qual eu, Tobias, fiquei um pouco preocupado no último mês com relação às igrejas! Eu estava tentando refletir, com cada um de vocês... observar o que não está funcionando direito agora para tantos humanos... observar o que os novos professores usarão como ferramentas... e, o mais importante de tudo, lembrá-los de sempre fazerem os alunos recordarem que eles são Deus também, que eles têm o poder interior. Para eles, isso não está dentro de vocês, dentro de um livro, dentro de mantras. Está dentro deles mesmos. 

Lembrem a eles mais e mais o mesmo que nós lembramos a vocês: VOCÊS SÃO DEUS TAMBÉM. Isto começa com vocês. Começa interiormente. Começa quando vocês dão o primeiro passo da capacitação divina. 

Queridos amigos, há uma mudança ocorrendo na Terra. Nós falamos dela cada vez mais vezes. Nós falamos de tempos difíceis pelos quais a Terra em geral passará, como as velhas instituições não mais apropriadas nesta Nova Energia chegarão a uma conclusão... como suas paredes virão abaixo. 

Muito desta mudança envolve um equilíbrio e uma fusão da energia masculina e feminina. Nós não estamos falando aqui dos gêneros masculino e feminino. Estamos falando da energia do feminino e da energia do masculino, do doador e do receptor. Agora é o momento para chegar ao equilíbrio. 

Isto acontecerá com a conclusão das mudanças da grade magnética. É o momento para que aconteça dentro de cada um de vocês. Nenhum de vocês aqui é masculino ou feminino, do ponto de vista energético. Vocês são ambos. É o momento de vocês se olharem com respeito por terem ambas as energias – doador e receptor, masculino e feminino, educador e o que tem a força. Vocês são todos masculino e feminino. 

[Pausa] 

Nós aproveitamos esta oportunidade para pedir-lhes que se amem, se reconheçam e apreciem aqueles em sua sociedade que vieram a esta existência com o contrato de trazer ambas as energias em um único corpo. Vocês os chamam de "gays". Muitas vezes, muito freqüentemente, eles são ridicularizados. Mas eles vieram com o grande contrato de fundir ambas as energias em um corpo. Às vezes, isso lhes causa um desequilíbrio. Às vezes, isso lhes causa grandes dificuldades internas. 

Eles foram os primeiros a incorporarem ambas as energias de uma vez. Aqueles que vocês chamam de "gays" ou "lésbicas" estão cansados agora. Eles carregaram muita dessa energia, eles fundiram a energia do masculino e do feminino. Eles fizeram seu trabalho. 

Agora é o momento de vocês aceitarem a fusão das energias dentro de vocês. Nós não estamos falando sobre sexo aqui. Estamos falando de vocês. Estamos falando de seu equilíbrio energético do masculino e do feminino. É o momento de vocês aceitarem ambas as partes de vocês mesmos. 

Vocês passaram por muitos conflitos nestes anos acerca de quem vocês eram. Vocês imaginaram sobre o quanto de mulher ou de homem havia em vocês. Agora é o momento para que sejam ambos. Aqueles que em sua sociedade foram chamados de gays ou lésbicas abriram caminhos e portas, de maneira que é muito mais aceitável para vocês agora carregarem a fusão da energia. 

Por falarmos de energia feminina divina, nós temos uma convidada maravilhosa hoje, que chega neste momento especial do ano para estar com vocês. A sua energia tem sido forte em volta de todos vocês há vários meses. Para muitos, ela tem sido uma força orientadora por toda a vida. Ela se junta a nós como o símbolo da energia feminina, como o reequilíbrio da energia feminina dentro de vocês, dentro da sociedade, dentro das igrejas.
Ela chega como a energia de Maria, que vocês chamariam de "Mãe Maria". Mas não é apenas a pessoa daquela que esteve nas Escrituras Sagradas das igrejas Cristãs. Maria representa a deusa. Maria representa o equilíbrio feminino. 

A Terra está chegando a um novo equilíbrio. A energia feminina está chegando muito forte neste momento... forte, a fim de ser capaz de equilibrar-se de igual para igual com a energia masculina que tem dominado a Terra por tantos séculos. A Rainha retorna, a energia da deusa, simbolizada por Maria. 

Maria se junta a nós como nossa convidada especial e honrada neste dia. Ela gostaria de passar um momento com cada um de vocês. Ela gostaria de passar um momento, permitindo que vocês sintam o potencial da energia divina feminina. Então, nós ficaremos quietos por apenas um instante, de modo que a Rainha possa ficar junto do Rei dentro de vocês. Sim, e isto seria um bom momento para respirarem profundamente. 

[Pausa] 

A energia da Rainha, do feminino, representada aqui hoje por Maria, ajuda a preencher o espaço que foi por muito tempo negligenciado em suas sociedades. Ela vem aqui para ocupar o seu lugar legítimo para um novo equilíbrio do feminino e do masculino, o retorno da Rainha e o equilíbrio com o Rei. Permitam-se absorver as energias da querida Maria. Permitam sentir a energia da Rainha dentro de vocês. 

Estas energias serão muito importantes nestes meses pela frente, porque elas estão nutrindo e se compadecendo. Estão dando vida. Elas são as energias receptivas. E, ah, caros amigos, como cada um de vocês precisa receber, precisa receber essas energias! 

Vocês têm sido doadores. Vocês têm sido guerreiros. Vocês têm sido construtores e planejadores. Sua energia tem sido muito forte e muito positiva. Sim, homens e mulheres... nós estamos falando para ambos. Mas, agora, no novo equilíbrio da Nova Terra, é importante que sejam receptores também. Deverá haver este equilíbrio de dar e de receber, do masculino e do feminino, do nascimento e da criação, tudo dentro de vocês, tudo dentro de vocês. 

Então, é esta energia de Maria, forte e presente aqui neste dia, como uma lembrança de que foi a energia do feminino que originou aquele que vocês chamam de Yeshua (Jesus), que originou esse homem que viria a ensinar com um método diferente, ensinar sem barreiras. Ela originou Yeshua, que viria a mudar o curso da história. Ela originou Yeshua, que não foi aceito naquele tempo, mas cuja palavra veio a ser conhecida por muitos neste mundo. Começou com o nascimento da energia feminina. 

Tudo isso é muito importante agora que são feitos os ajustes das grades... o feminino, o receptor, o educador e a compaixão. Se não houver nada mais para realizarmos hoje, o que queremos que vocês façam é que sintam esta fusão dentro de vocês. Muitos de vocês, até as mulheres, anularam seu lado feminino, ou não o compreenderam. 

Muitos de vocês homens, na realidade, pensavam que não era apropriado expressar o feminino, então, tornaram impossível essa parte de vocês. É o momento de torná-la acessível mais uma vez. É o momento, caros amigos, de sentirem a energia harmonizada, combinada e equilibrada do masculino e do feminino dentro da essência de seu ser. 

Nós podemos sentir as mudanças, mesmo quando estamos aqui. Aqueles que estão no Segundo Círculo podem ver a transformação que ocorre dentro de vocês. 

Agora, nós queremos acrescentar outro ponto aqui hoje. Muitos de vocês estão imaginando agora que trabalho estarão fazendo.Vocês nos ouviram falando com detalhes sobre a educação. Vocês nos ouviram falar com detalhes sobre o novo trabalho e as mudanças em sua vida. Realmente, muitos de vocês passarão por mudanças nestes próximos três, seis, nove meses. Haverá mudanças onde vocês vivem, em seus trabalhos, sim, e em seus relacionamentos. 

Às vezes, vocês sentiram a pressão ao fazerem mudanças em sua vida. Vocês não compreenderam muito o que supunham fazer. Alguns de vocês têm adiado grandes decisões em suas vidas. Vocês têm esperado. Vocês têm protelado. Ah, queridos amigos, a energia destas decisões virá encontrá-los de um modo forte. É o momento de fazerem mudanças em sua vida. É o momento de moverem-se para o próximo nível. 

Vocês se perguntam acerca de que trabalho estarão fazendo. Deixem-nos apenas dizer que será diferente. Será um trabalho de paixão, um trabalho de coração. Vocês passarão por algumas mudanças a fim de alcançarem esse ponto. Acontecerá em breve. 

Nós queremos deixar um ponto muito claro. Vocês se perguntam sobre o trabalho. Nós escutamos muitos de vocês falando conosco à noite, falando com os anjos e os arcanjos: "Meu trabalho é insignificante. Eu não sinto que estou fazendo algo vantajoso. Eu trabalho em uma loja. Eu gasto tempo e energia. Não deveria estar fazendo um trabalho espiritual magnífico?" 

Tantos de vocês – muitos – estão em empregos de que não gostam. Isso vai mudar. Vai mudar. Muitos de vocês estão prontos para começar o novo trabalho – o de professores. Ser um professor acarreta muitas implicações... é um trabalho que pode ser feito de diversas maneiras. 
 
A coisa importante é que vocês já estão fazendo o trabalho ou já fizeram o trabalho. O trabalho está no interior. O trabalho está no interior. As mudanças na Terra, as mudanças no Universo e tudo no Segundo Círculo é afetado pelo que acontece dentro de vocês. 

Quando nós ouvimos vocês dizendo "Querido Tobias, eu não sinto que esteja fazendo trabalho algum", nós temos que rir. As mudanças que vocês fizeram interiormente, a liberação do Velho e a aceitação da divindade... isso é o que verdadeiramente faz uma diferença. Nós sabemos que vocês têm passado por muitos conflitos internos, muitos ajustes. É um trabalho verdadeiramente poderoso. Esse trabalho faz uma diferença mais do que qualquer outra coisa. 

Quando vocês mudam sua vibração, mudam tudo ao redor de vocês. Vocês mudam a vibração da consciência de massa. Vocês mudam a vibração dos anjos e dos arcanjos. 

O verdadeiro trabalho é o que vocês têm feito interiormente. Não tem a ver com o que está no seu cartão de visitas. Não tem a ver com seu emprego ou profissão. É o que vocês têm feito interiormente. Muitos de vocês pensam que não são dignos porque não fazem o que consideram um trabalho importante. Nós sacudimos as cabeças dizendo: "Não, vocês não compreendem ainda." O trabalho que importa é o que vocês fazem no interior. 

As mudanças que fizeram ao se defrontar com a escuridão dentro de vocês, ao encararem os medos, ao liberarem velhas feridas... estas mudanças mudaram o mundo a ponto de não precisarem passar por qualquer tipo de catástrofe ou término. O trabalho que vocês fizeram interiormente é o verdadeiro trabalho. O trabalho que fizeram internamente mudou as pessoas à sua volta. Evitou o que poderiam ter sido mudanças na Terra muito catastróficas. 

Ah, realmente, vocês verão a Terra sacudir e eructar por um instante. É apropriado. Mas vocês notarão que não haverá muitas perdas de vida humana. Gaia é capaz de liberar de formas não destrutivas. É porque vocês fizeram o trabalho interior. 

Não é a sua carreira ou o seu trabalho do dia-a-dia que é importante. O importante é o que vocês fizeram no interior. O que vocês fizeram no interior é o trabalho verdadeiro. 

Vocês SÃO dignos. Vocês têm feito o trabalho. Por o fazerem, na verdade, haverá um novo chamado para vocês. Haverá um novo chamado neste próximo ano de um tipo ou de outro. Será uma passagem para um próximo nível ou estágio. 

Sim, na realidade, nós sabemos que haverá algum estresse causado pelas mudanças. Humanos... eles não gostam de mudança. Eles reclamam sobre o que têm, mas não querem mudar. [Risos da audiência e de Tobias] Mas nós lhes dizemos, Shaumbra pelo mundo inteiro, haverá mudanças em sua vida. Isto significará deixar ir para dar espaço a algo novo.

Nós lhes pedimos para não nos maldizerem quando passarem por esse processo de deixar algo ir. Nós lhes pedimos que o honrem e o abençoem. Ele é apropriado. Poderiam ser os amigos, a família, uma carreira ou um emprego. Poderia ser até algo em seu corpo que precisa ser liberado. 

Mas nós lhes dizemos que as mudanças estão chegando. Nós lhes dizemos que, se houver tempos incertos, se não estiverem seguros de seu equilíbrio, conversem com outro Shaumbra. Ah, vocês são os melhores professores e os melhores estudantes. Realmente, vocês são. 
 
Caros amigos, nós adoraríamos lhes contar uma história, uma pequena história. Nós a encurtaremos. Cauldre não acredita muito em nós. [Risos da audiência] Para ajudá-los a compreender parte de onde vocês estão, nós contaremos a história de Joe, a história que contamos há algumas semanas na terra de Orion, que vocês chamam de Coréia. Foi dito lá e nós a contaremos novamente para todos os Shaumbra ouvirem porque é a sua história. É sobre vocês. 

Joe é um Shaumbra, como vocês, passando por muitas mudanças em sua vida... aprendendo a compreender que é Deus também... aprendendo a liberar as velhas coisas que não servem mais para ele... passando por mudanças que em alguns dias o deixam confuso e imaginando o que ele está fazendo... mas sabendo que há orientação... sabendo que nunca está sozinho. Como vocês, Joe está buscando a iluminação. Joe está procurando compreender sua divindade e sua conexão com o Espírito. 

Em uma noite, em um sonho lúcido, Joe se encontrou no interior do Templo da Divindade, o Templo da Divindade em seu interior. Ele sentiu que estava viajando pelo tempo, pelo espaço e pelas dimensões. Mas, entretanto, ele estava realmente, verdadeiramente, apenas fazendo uma viagem interior, indo ao interior de seu próprio ser. 

Em seu sonho lúcido, Joe foi ao Templo da Divindade. Ele abriu a porta. E, vejam, ele viu um hall magnífico e belo, cheio de luz, luz que parecia não ter fonte. Tudo estava iluminado, brilhante, dourado e faiscante. 

Joe caminhou pelo Templo da Divindade e olhou em volta. Ele notou que o perímetro inteiro estava cheio de anjos. Ele reconheceu muitos deles como sendo aspectos seus do passado. E ele reconheceu muitos dos anjos que se reuniam no Hall da Divindade como sendo aqueles que tinham caminhado ao lado dele em vidas passadas ou nesta existência. 

Os anjos eram todos familiares a Joe. Havia centenas e centenas de anjos. Eles estavam reunidos porque sabiam que Joe estava chegando. 

Joe viu uma cadeira solitária, no centro do hall. Ele sabia que era o momento de se aproximar da Cadeira da Divindade e sentar-se nela. Ele se aproximou vagarosamente da Cadeira da Divindade, olhando para todos os anjos que estavam presentes, sabendo que aconteceria algum tipo de cerimônia. 

Ele se aproximou da Cadeira da Divindade, sentou-se e perguntou: "Querido Espírito, eu estou pronto para a minha iluminação? Eu estou pronto para a minha divindade?" Um silêncio instalou-se por todo o hall. 

Um anjo destacou-se do grupo. Um anjo grande, belo, poderoso, incandescente, aproximou-se da cadeira onde Joe estava sentado e disse: "Joe, nós estamos honrados de tê-lo aqui no Templo da Divindade. E, Joe, você não está pronto ainda para receber a iluminação." 

Uma tristeza apoderou-se de Joe, confusão e raiva. Sua raiva incitou-o a acordar de seu sonho lúcido, a acordar, lembrando-se de todos os detalhes, de chegar ao Hall da Divindade, do descontentamento quando o anjo lhe disse que ele não estava pronto. Ele ficou acordado durante a noite toda e no dia seguinte e no outro dia, imaginando o que ele precisava fazer para receber a iluminação. 

Ao fim do segundo dia, Joe concluiu que ele não tinha estudado o suficiente e que não tinha aprendido o suficiente. Então, Joe começou um programa muito incisivo, lendo livros, participando de workshops, e aprendendo tudo o que podia. Nos seis meses seguintes, Joe leu, estudou e escutou. Cada momento de suas horas despertas era gasto absorvendo material, tentando encontrar novas pérolas de sabedoria. 

Após seis meses difíceis, exaustivos e cansativos de acumular a mente com informação, ele voltou ao Templo da Divindade, em uma noite, em seus sonhos lúcidos. Mais uma vez, ele abriu a porta do templo. E mais uma vez o templo estava repleto de centenas e centenas de anjos, todos a quem Joe reconheceu. 

Mais uma vez ele aproximou-se da Cadeira da Divindade e se sentou. O magnífico anjo caminhou em sua direção, sabendo o que Joe perguntaria em seguida. Com um pouco de nervosismo na voz, fatigado, cansado, Joe disse: "Eu estou pronto para a minha iluminação?" E mais uma vez o magnífico anjo disse: "Joe, você ainda não está pronto para a iluminação." 

A emoção da resposta do grande anjo lançou Joe de volta ao mundo humano comum. Ele despertou na cama transpirando, recordando de cada detalhe do sonho. Mais uma vez, Joe passou acordado o resto da noite e os dois dias seguintes, imaginando o que estava impedindo sua iluminação. 

Ele finalmente imaginou. Ele tinha muitas posses que o estavam retendo, muitas coisas materiais em sua vida estavam impedindo sua iluminação. Ele sentiu que eram âncoras em torno de suas pernas, deprimindo-o, impedindo a iluminação. 

Joe saiu e desistiu de tudo o que tinha – sua casa, seu carro, suas economias, tudo exceto as roupas do corpo. Ele saiu e viveu como um mendigo nas ruas, comendo somente o suficiente para a sobrevivência do corpo físico, aceitando somente o suficiente daqueles que lhe davam dinheiro ou comida, aceitando somente o suficiente para conseguir sobreviver. Por seis meses, Joe passou por uma vida de pobreza, uma vida de carência, liberando tudo o que fosse material ao seu redor, de maneira que não tivesse âncoras. 

Após seis meses, Joe mais uma vez estava em um sonho lúcido, onde viajou para o Templo da Divindade. Ele abriu a porta, entrou, desta vez muito cansado, magro, faminto, sem carregar quaisquer bens materiais com ele, exceto as roupas do corpo. Joe se sentou na Cadeira da Divindade com muita ansiedade, quando o anjo se aproximou. Mais uma vez, Joe perguntou: "Eu estou pronto para a minha iluminação?" Desta vez, o anjo alto e belo não emitiu palavras, mas apenas sacudiu a cabeça: "Não, não."
Esta resposta não verbal lançou-o repentinamente do sonho lúcido de volta ao mundo humano. Ele se encontrou estendido na esquina, pois não tinha cama... estendido na esquina, imaginando, imaginando, imaginando, o que ele deveria mostrar. Ele ficou estendido na esquina por um longo tempo, até que alguém veio e o empurrou como um fragmento de lixo ou de sujeira.
Joe pensou acerca de sua existência, pensou sobre a sua jornada. Ele subitamente elucidou que ele não tinha se colocado à disposição dos outros o suficiente. Sua vida tinha sido sobre si mesmo. Ele sabia que era egoísta, que ele tinha perdido muito tempo em sua própria jornada espiritual e em seu despertar. Com certeza, com certeza, a razão de não estar pronto para a iluminação era que ele não tinha dado o suficiente para os outros.
Então, Joe embarcou em um programa totalmente novo para estar à disposição dos outros. Ele encontrou cada oportunidade de ajudar alguém. Ele ajudou os mais velhos com gêneros alimentícios. Ele ajudou as crianças no parque que caíam e se feriam. Ele ajudou os casais que discutiam. Ele procurou cada oportunidade possível de estar à disposição dos outros, de ganhar "pontos de iluminação".
Após seis meses, doando-se em cada situação que fosse possível, Joe voltou ao Templo da Divindade em uma noite. Ele abriu a porta, viu todos os anjos, mas desta vez ele não se deteve para sentir o amor e a energia, pois no momento ele estava um tanto zangado. [Risos da audiência] 

Ele queria a iluminação. Ele caminhou para a Cadeira da Divindade e se sentou. Antes que o anjo pudesse se aproximar, ele disse: "Eu estou pronto agora para a minha iluminação?" Um silêncio caiu sobre o grupo, e, em uníssono, centenas e centenas de anjos disseram: "Não, não, Joe, você não está pronto ainda." [Risos da audiência] 

Neste ponto, Joe irrompeu em lágrimas e disse: "Eu desisto, eu desisto. Tentei de tudo que fosse possível para conquistar minha iluminação. Eu desisti de todos os meus bens materiais. Eu estive à disposição dos outros. Eu estudei acerca da espiritualidade e das religiões. Eu, então, volto aqui e vocês me dizem "não", mais uma vez. 

Joe sucumbiu. Lágrimas caíam dos olhos. E ele sucumbiu, liberou todas as Velhas Energias que tinham se acumulado dentro dele. 

Um anjo alto, magnífico, aproximou-se, colocou a mão no ombro de Joe e olhou para ele com olhos de compaixão. Mesmo através da compaixão, Joe podia ver que o anjo estava sorrindo, rindo até. Isto enraiveceu Joe mais ainda, ao pensar que o anjo estava rindo dele. 

Joe perguntou: "O que eu deveria saber? O que eu preciso fazer para conquistar a minha iluminação?" O anjo riu e lhe disse: "Joe, era muito simples o tempo inteiro. Você poderia ter apenas perguntado. Nós teríamos lhe dito. Mas agora que você tentou de tudo, agora que você experimentou todas essas coisas diferentes, agora é que você pergunta. Nós lhe mostraremos seu reflexo no espelho. Nesse reflexo você verá a resposta." 

Joe olhou fixamente para o anjo e pôde subitamente se ver na face do anjo. Ele pôde subitamente ver seu próprio ser refletido no magnífico anjo que estava diante dele. Então, a resposta chegou a ele. Ela era simples. Era tão simples que Joe, por um momento, se sentiu envergonhado, e irrompeu em risos. 

A resposta, caros amigos, era que Joe não tinha auto-estima. Joe não se valorizava nem valorizava o que fazia. Então, como ele poderia ter a iluminação? Joe sentia que ele era imperfeito e inferior a Deus. Cada vez que se sentava na Cadeira da Iluminação apresentava a falta de auto-estima. Quando Joe se sentava na Cadeira da Divindade e perguntava se ele estava pronto para a iluminação, todos os anjos tinham que responder: "Não, você não está pronto ainda, porque você não tem auto-estima. Você se percebe como algo inferior a Deus, como algo imperfeito." 

Joe também viu em seu próprio reflexo que tudo o que ele tinha feito em cada existência tinha sido perfeito. Tudo tinha sido parte de um aprendizado e de uma experiência crescente. Tudo o que ele tinha feito contribuiu para Tudo o que É. Tudo o que ele tinha feito tinha criado novas experiências para a sua alma. Tudo tinha sido perfeito. 

Não houve curvas erradas no caminho... nunca. Não houve estradas inferiores. Não houve erros ao longo do caminho... nunca. Mesmo nas existências em que ele fora um ladrão, um bandido ou um assassino... tudo foi apropriado. Sim, também nas existências em que ele foi um curador, um médico e um professor, aquele que trabalhava com outros... foram apropriadas também. 

Sentado na Cadeira da Divindade, Joe percebeu que ele não tinha que perguntar se estava pronto para a iluminação. A resposta já estava lá. Ele não tinha que perguntar aos anjos. Tudo o que ele precisava fazer era aceitar-se com total compaixão e amor, assim como os anjos o aceitavam. Mas ele precisava fazer isso interiormente. 

Nesse momento, Joe conquistou a iluminação. Nesse momento, sua divindade brilhou intensamente dentro dele. Ele percebeu, nesse momento, que tudo era perfeito e certo. Então, aqui termina a história de Joe, Shaumbra como vocês... que estão sentados nestas cadeiras hoje... que estão sentados nas cadeiras, ouvindo ou lendo hoje. 

Vocês não têm que perguntar se estão prontos para a iluminação ou divindade. Sua divindade está aqui no momento, pronta para prosseguir, pronta para que vocês compreendam a perfeição de tudo o que já fizeram. Sua divindade está esperando por vocês para reconhecer que vocês não precisam ter um emprego com um grande cartão de visitas, com um grande cargo, a fim de serem dignos. Vocês não têm que falar para centenas ou milhares de pessoas para serem dignos. 

O trabalho que vocês têm feito interiormente é que faz a diferença. O trabalho que vocês têm feito para alcançar novas compreensões sobre quem vocês são tem feito a diferença. 

Vocês são dignos. Nós não queremos ter que lhes falar disso. Nós queremos que vocês compreendam isso interiormente. Nós queremos que vocês aceitem que tudo o que já fizeram tem servido a um propósito e tem sido feito com amor e perfeição. Vocês são tão rígidos com vocês mesmos.

Neste momento, vocês estão passando por mudanças em sua vida e pensam que estão cometendo erros. Vocês se preocupam com as pessoas que vocês afetam com as decisões que tomam. Queridos amigos, vocês não podem afetá-las. Não podem. 

Vocês pensam que ferem os outros com as coisas que estão fazendo para vocês, neste momento, em seu caminho espiritual. Compreendam que não ferem. De certa forma, vocês estão sendo o melhor professor possível para eles. Vocês se preocupam que passam muito tempo com vocês mesmos. Vocês se preocupam que deveriam estar à disposição de todos os demais, como Joe. 

Vocês pensam que viver uma vida de pobreza lhes trará a iluminação. Então, nos níveis internos, vocês escolhem uma vida de pobreza. Caros amigos, neste trabalho do Espírito na Nova Energia, vocês precisam de abundância. Permitam-na em sua vida. Vocês já viveram na pobreza por muito tempo.Vocês já viveram na carência por muito tempo. Isso lhes trouxe iluminação? Não. Isso lhes trouxe somente dor. Isso apenas esgotou a sua força e a sua energia. 

Vocês estudaram, estudaram e estudaram, até que os olhos ficassem vesgos e embaçados, achando que iam encontrar uma resposta num livro ou em outra pessoa. Ainda não funcionou. Vocês são os professores.Vocês são aqueles que deveriam escrever os livros e não estudar os velhos livros. Vocês aprenderam tudo que deveriam. Agora comecem a praticar. Pratiquem. Ensinem. Sejam os orientadores. Sejam os Guias Humanos Divinos. 

De certa forma, caros amigos, vocês se esconderam por trás dessas coisas das quais Joe estava se escondendo. Vocês se esconderam por trás do fato de que precisavam se punir com a pobreza e por isso ficaram na pobreza.Vocês se esconderam por trás do fato de que precisavam fazer todas essas coisas pelas pessoas, estarem à disposição delas. 
 
Caros amigos, nós vamos colocar uma pergunta difícil para vocês: "Como vocês vão chegar à Iluminação se não permitem que as pessoas sigam sua própria jornada, que pode incluir dificuldades e desafios? Se vocês tentam interferir, colocando bandagens na vida delas, como vocês vão chegar à iluminação?" 

Vocês não estão aqui para curar nem resgatar ninguém. Vocês estão aqui para facilitar o processo de cura. Vocês estão aqui para serem um guia compassivo, mas não para fazerem a jornada pelas pessoas. Vocês não recebem "pontos positivos" do nosso lado do véu por estarem em serviço dos outros. Vocês recebem a iluminação quando chegam ao próprio senso de auto-estima. 

Nós não queremos ter que dizer isso para vocês novamente! Vocês precisam descobrir isso sozinhos. VOCÊS SÃO DIGNOS. VOCÊS SÃO DEUS TAMBÉM. Tudo o que vocês já fizeram foi em nome do amor... tudo... tudo... tudo. 

Vocês são Deus também. Vocês nunca mataram ninguém. Ah, vocês destruíram o corpo físico, e eles tiveram que renascer. [Risos da audiência] Mas a energia deles ainda estava lá. Eles estão sentados próximos a vocês agora. Como vocês poderiam matá-los? Eles estão sentados próximos a vocês. Vocês nunca causaram dano ao espírito e ao amor de Deus. Vocês somente construíram experiência. 

Com isto, caros amigos, deixem-nos falar por um momento aqui sobre a Nova Terra. Deixem-nos falar por um momento aqui sobre para onde vocês estão indo. 

Mas nós lembramos aqui... nós não queremos ter que abordar este assunto de auto-estima novamente! [Risos da audiência] É problema seu agora! 

Caros amigos, vocês deixaram o Lar há tanto tempo, em uma jornada para aprender algo que o Espírito, que vocês, não poderiam ter aprendido permanecendo no Reino. Vocês deixaram o Lar para aprender algo que não era possível para o Espírito aprender sozinho. 
 
Parte dessa jornada significava deixar o Lar e essencialmente apagar uma identidade que vocês tinham a fim de criar uma nova, de modo que vocês pudessem ter uma vivência totalmente nova. 

Foi um plano brilhante, brilhante, esquecer quem vocês eram, eliminar a identidade... ser independentes. Foi um plano brilhante, temos que dizer. 

Quando vocês atravessaram a Muralha de Fogo, a primeira pergunta que fizeram foi: “Quem sou eu?” Vocês não estavam mais no Lar. Vocês já não eram mais parte da Unidade. Vocês já não eram mais o Príncipe ou a Princesa de um Reino. Vocês estavam no Vazio. Vocês não eram nada. Vocês perguntavam na escuridão: "Quem sou eu?" 

Esta simples e energética pergunta os tem impulsionado por uma jornada que transcorreu eons de tempo. Esta simples pergunta – "Quem sou eu?" – os tirou do Vazio, de onde vocês e todos os outros criaram os universos. Realmente, há universos. O que vocês vêem de fora é o universo físico, mas há muitas, muitas camadas, muitas dimensões que vocês não vêem com olhos humanos. 

Quando vocês fizeram a pergunta, "Quem sou eu?", começou uma longa jornada. Vocês saíram para aprender como era ter a própria identidade. Vocês aprenderam sobre o mais oculto do oculto. Vocês aprenderam sobre o mais amplo do amplo e o mais extenso do extenso. 

Vocês aprenderam sobre a cor azul. Vocês aprenderam acerca dos pássaros. Vocês aprenderam sobre as estrelas. Vocês criaram todas as coisas. Vocês as criaram e, então, as vivenciaram. 
 
Vocês criaram a água. E, então, vocês a colocaram no corpo e, assim, a vivenciaram. 

Vocês criaram ondas de energia que flutuavam pelo espaço. E, então, interagiram com elas. Ao usarem as ondas de energia, vocês criaram grupos inteiros e sociedades. 

Vocês criaram histórias, histórias lá fora no universo, lá fora no Vazio que serão contadas daqui até a eternidade. As histórias são sobre como vocês mudaram de uma identidade para outra, e de como trabalharam em equipe com outras identidades que estavam também na busca fazendo a mesma pergunta: "Quem sou eu?" 

Vocês aprenderam como era amar e aprenderam como era odiar. Vocês aprenderam a beleza do pôr-do-sol. Vocês aprenderam sobre a tristeza da morte. Vocês aprenderam a rir. Vocês aprenderam sobre as lágrimas e o que elas carregavam em si. 

Vocês aprenderam sobre as alegrias de se ter uma família, de encontrarem alguém, de se apaixonarem e educarem lindos bebês que se transformariam em adolescentes rabugentos. (Risos da audiência] Vocês aprenderam sobre emoções como o medo. Vocês aprenderam sobre a raiva. 
 
De tudo o que criaram, vocês aprenderam um pouco. Tudo aconteceu para responder à pergunta: "Quem sou eu?" 

Vocês tiveram experiências maravilhosas... prodigiosas. Vocês criaram a música, de maneira que pudessem ouvi-la. Vocês criaram os animais, de maneira que pudessem aprender sobre a biologia, e tiveram os animais de estimação que poderiam lhes mostrar o amor incondicional. 

Vocês aprenderam como era apaixonar-se profundamente por alguém e permitir que sua energia se harmonizasse com a energia desse alguém. E vocês aprenderam como era ter inimigos, que o devorariam, que o aniquilariam se vocês não o fizessem primeiro. 

Que jogo maravilhoso... que jogo maravilhoso! [Risos da audiência] 

Queridos amigos, "Quem sou eu?" é a pergunta simples que criou tudo isso. Como poderia qualquer coisa dessas estar errada? Tudo foi designado para ajudá-los a aprender e a compreender, e a ajudá-los a alcançar uma nova e profunda compreensão de "Quem sou eu?" 

Foi uma jornada maravilhosa, uma longa jornada. Mas, saibam, caros amigos, não foi realmente há tanto tempo assim que vocês deixaram o Reino. É uma ilusão que tenham passado tantos anos, séculos, eons de tempo. Num certo sentido, foi há apenas um piscar de olhos. Foi somente há uma respiração que vocês deixaram o Lar e perguntaram: "Quem sou eu?" 
 
Agora olhem, olhem e vejam o que vocês criaram. Vocês criaram corpos físicos para poderem vivenciar suas criações. Tudo em resposta à pergunta "Quem sou eu?" 

Como isto se aplica à Nova Terra? A Nova Terra não é um planeta, embora ela tenha características de um planeta. Ela tem um tipo de atração gravitacional, este lugar que chamamos de Nova Terra. Ela tem um tipo de energia que em certo momento poderia parecer que tem massa, e no momento seguinte, não. 

A Nova Terra está sendo construída no momento. Ela está sendo construída por vocês. Ela está sendo construída com as mudanças que vocês estão fazendo interiormente. A Nova Terra está sendo construída com a assistência de todos os anjos da Ordem do Arco. Mas, de certo modo, foram vocês que os contrataram. Eles estão apenas ajudando a moldar, tecer e estruturar as energias por causa do que vocês estão dizendo que façam. 
 
Vocês todos têm ido lá em andanças noturnas em seus sonhos. Então, vocês já têm uma percepção da energia, dessa energia da Nova Terra. Alguns de vocês, quando deixarem o corpo físico para trás, ao terminarem esta existência... alguns de vocês irão para lá e, de certo modo, viverão lá. Outros escolherão voltar à Terra. 

Deixem-nos contar-lhes a principal diferença sobre a Nova Terra, quando comparada com algo mais. Neste momento, vocês ainda fazem a pergunta "Quem sou eu?" Na Nova Terra, não haverá perguntas. Simplesmente a sabedoria "Eu SOU. EU SOU. EU SOU." Vocês passaram por uma jornada muito extensa para alcançarem este ponto, e vocês não precisam mais responder a esta pergunta "Quem sou eu?" Vocês chegam à nova consciência do "EU SOU". 

Quando vocês forem para a Nova Terra – mais cedo ou mais tarde –, vocês encontrarão coisas muito diferentes do que no velho planeta Terra. Vocês perceberão que não precisam criar situações para responderem à pergunta "Quem sou eu"? Quando chegarem à Nova Terra, vocês compreenderão o "Eu Sou". 

Na Nova Terra, vocês vão trabalhar, estudar e interagir com a Nova Energia. Como lhes dissemos antes, a Nova Energia nunca foi criada antes. Houve uma quantidade finita de energia que partiu do Reino e vocês já foram mudando as suas formas e suas proporções, para a frente e para trás. Mas agora, como humanos na Terra, vocês criaram a Nova Energia pela primeira vez, fora do Reino.

A Nova Terra é o lugar onde vocês estudarão essa energia. Vocês aprenderão sobre os potenciais da Nova Energia. Vocês aprenderão o que pode ser feito com ela. Vocês aprenderão como serem verdadeiros criadores. A maior diferença é que vocês não farão mais a pergunta "Quem sou eu?" Vocês compreenderão a afirmação "Eu Sou". 

Na Nova Terra, vocês serão receptores de energias, tanto quanto doadores. Vocês sabem, aqui na Velha Terra vocês dão... e vocês dão... e vocês dão. É uma expressão exterior o tempo todo, entregando-se para a criação, entregando-se para criarem novas formas e novas identidades. 

Na Nova Terra, vocês estarão dando E recebendo. Na Nova Terra vocês serão uma energia equilibrada do masculino e do feminino. Em um sentido, não haverá mais homem nem mulher. Isso é Velho. Isso é dualidade. Vocês estarão totalmente integrados. 

Na Nova Terra, vocês serão capazes de voltar e escolher quaisquer dos atributos de algo que vocês já aprenderam e usaram lá. Vocês não terão um corpo humano físico, a menos que o queiram. Vocês poderão criá-lo, e poderão literalmente voltar para a biologia, para a massa. Mas, então, vocês poderão deixá-lo sempre que quiserem. 

Neste momento, na Velha Terra em que estão, como vocês dizem, presos nestes corpos, se vocês partirem, se defrontarão com uma morte evidente. Na Nova Terra, vocês poderão criar o corpo e poderão criar a massa sempre que escolherem. Se quiserem apreciar uma agradável refeição, poderão fazer isso. E, ao fim da refeição, poderão mover-se para fora da forma física, de volta para a forma de energia pura. 

Eu falei sobre criar meu próprio cenário da minha cabana, lá fora no campo. Mas, de certo modo, é apenas meu holograma, uma ilusão. Mas, na Nova Terra, vocês serão capazes de criar a realidade, a realidade material sempre que assim desejarem. 

Na Nova Terra, não haverá qualquer morte, porque não haverá um corpo permanente. Vocês nunca morrerão. Na Nova Terra, não haverá morte, então, vocês não terão essa coisa temida a ser esperada com ansiedade. Na Nova Terra, vocês passarão por ciclos e mudanças. Vocês irão de um nível de vibração ao nível seguinte, ao nível seguinte, talvez com pausas intermediárias, mas não haverá morte. 

Na Nova Terra, não haverá a necessidade de se buscar um companheiro ou cônjuge para ser parte de sua vida. Vocês serão completos por si mesmos. Vocês serão plenos em si mesmos. Mas, na Nova Terra, vocês perceberão que poderão facilmente harmonizar e fundir a sua energia com a de outra entidade, se assim escolherem. Vocês poderão se tornar parte dela e parte de sua experiência. Vocês compreenderão tudo pelo que sua alma já passou. Vocês poderão literalmente percebê-la do interior dela. Mas, na Nova Terra, vocês não precisarão consumi-la. Ela não precisará consumi-los. Vocês serão plenos e completos por si mesmos. 

Na Nova Terra, vocês não terão um cérebro como têm agora os humanos, porque vocês SENTIRÃO tudo. Vocês não precisarão dessa barreira, desse filtro do cérebro, para processarem as coisas. De certo modo, todos os registros de todas as suas experiências estarão contidos dentro de vocês. Vocês terão acesso a eles, mas não será como um cérebro que faz julgamentos, que diz que vocês estão certos ou errados. Na Nova Terra, não há certos e errados. É simplesmente "Eu Sou". 

Na Nova Terra, vocês terão sentimentos inacreditáveis... e compreensão... e compaixão... e amor... e alegria. Na Nova Terra, vocês não terão que vivenciar as coisas que vivenciaram na Velha Terra, referente a medo e raiva. Foi tudo parte desse jogo de responder à pergunta "Quem sou eu?" 

A Nova Terra será um laboratório para estudar as aplicações da Nova Energia, e como usá-la para a criação. A Nova Terra será um lugar de aprendizagem, onde as energias do Lar poderão chegar na totalidade. Sim, na realidade, a Nova Terra será um farol para o Lar, para permitir que as energias do Reino, do Rei e da Rainha, se expandam para fora. 

A Nova Terra será um lugar em que vocês, vocês, anjos humanos, também poderão trabalhar com os humanos que permanecerem na Velha Terra. Vocês serão capazes de literalmente se sentar ao lado deles. Eles não poderão reconhecê-los, pois eles ainda estarão na dualidade. 

Vocês serão capazes de se transportar de volta à Velha Terra porque estiveram lá. Vocês ajudaram a criá-la. Vocês sabem como as energias funcionam. Então, vocês serão capazes de voltar e de estar próximos àqueles que pedirem por orientação. Vocês serão capazes de ir e de se sentar com eles. Muitos poucos os reconhecerão porque eles ainda estarão na Velha Energia. 

Vocês compreendem, caros amigos, que mesmo nós, que estamos deste lado do véu, não podemos chegar muito próximos a vocês, humanos? Há barreiras energéticas que nos impedem de nos aproximar muito.

Há uma pergunta aqui (vinda dos pensamentos de alguém na audiência), imaginando, imaginando se as entidades como eu, Tobias, ou Maria, ou quaisquer outras, podem vir para esta Terra, a qualquer momento? De certo modo, sim, podemos, mas não podemos permanecer aqui. Podemos visitar. Esta é a melhor forma de colocar isto. 

A fim de ser verdadeiramente um residente da Nova Terra, vocês devem passar por todo o processo de iluminação da Velha Terra. Este é o caminho para alcançar a Nova Terra. Os anjos deste lado do véu não podem estabelecer outro caminho além da Terra, para alcançar este novo lugar.

A questão é também respondida: "Qual é o nome da Nova Terra?" Nós lhes diremos que não foi dado um nome ainda. As energias estão ainda sendo construídas. Não seria apropriado nomeá-la neste ponto. 

Nós também lhes dizemos que a Nova Terra é um lugar separado, não um planeta, mas sim uma energia desenvolvida. Nós vemos e percebemos que será um lugar maravilhoso. Será um lugar onde vocês verdadeiramente compreenderão o "Eu Sou" de quem são vocês. 

O que acontecerá à Velha Terra? Nós não sabemos ainda. Isto é com os outros humanos. Nós vemos o forte potencial para as mesmas mudanças que estão acontecendo na Nova Terra acontecerem também na Velha Terra. Nós vemos que a compreensão do "Eu Sou" poderá ocorrer aqui nesta Terra física , por sorte. 

Nós vemos que a Velha Terra, a Terra física, também tem o potencial de liberar a dualidade. Nós vemos o potencial de que vocês não têm que carregar em torno do corpo físico todo o tempo na Velha Terra. Nós vemos o potencial de que não há guerras porque não há motivos para batalhar com outro alguém. Com a compreensão do "Eu Sou", não há necessidade de batalha. 

Esta Velha Terra tem o potencial de mudança. A Velha Terra tem o potencial de carregar os atributos da Nova Terra. A Velha Terra também tem os atributos, caros amigos, de ser um lugar para as almas que querem continuar a participar do velho jogo, que querem continuar em busca da resposta para a pergunta "Quem sou eu?". 

A Velha Terra tem o potencial de continuar as guerras... de continuar a poluição... de continuar a desconfiança... de continuar com as emoções da raiva, do ódio e da ira. Ela também tem este potencial. Que caminho a Velha Terra seguirá realmente dependerá de vocês e dos outros humanos a partir deste ponto. Dependerá realmente do trabalho que vocês fizerem interiormente, em um nível muito profundo. 

Chegou-se a um ponto em que não podemos lhes dizer se é um caminho ou o outro. Nós não vemos que a Velha Terra passará por qualquer tipo de destruição ou término, mas pode ser que ela permaneça como o playground da velha dualidade. 

Isto será conhecido aqui nos próximos anos, no tempo que chamaram de "Salto Quântico". Isto ajudará a determinar qual caminho seguirá a Velha Terra. Mas o que sabemos neste momento é que a Nova Terra está sendo construída. Está sendo construída por vocês. 

Não façam mais a pergunta "Quem sou eu?". Vocês terão a compreensão do "Eu Sou". É algo que vocês estão começando a vivenciar em suas vidas no momento. 

Agora, nós sabemos que haverá muitas perguntas sobre a Nova Terra. Algumas nós não seremos capazes de responder, porque suas respostas não foram determinadas ainda. Mas nós podemos lhes dar uma visão geral das energias da Nova terra, e a compreensão de como vocês podem assumir tudo o que já fizeram e contribuíram para a Nova Terra. Vocês poderão entrar na matéria física. Vocês poderão fazer todas essas coisas na Nova Terra. 

Agora com isto, caros amigos, é o momento de vocês falarem. É o momento do Shoud, para falarem a si mesmos sobre o que está acontecendo em suas vidas. Eu, Tobias, me afastarei por um instante e, em seguida, vocês ouvirão o som de seu próprio coração, de seu próprio ser. Nós aguardaremos um momento para ajustarmos as energias. 

[Pausa, enquanto Cauldre muda de Tobias para o Shoud.] 

Shaumbra: Nós somos Shaumbra e nós somos família. Nós somos uma só voz e nós somos muitas vozes. Juntos, nós vivemos uma jornada, uma jornada de Shaumbra, uma jornada que nos conduzirá do Lar para este lugar sobre o qual fala Tobias, a Nova Terra. 

Enquanto ouvíamos Tobias falar, nós sonhávamos com a Nova Terra, bem aqui neste lugar, onde atualmente vivemos. Nós sonhamos em trazer estas mesmas energias que chamamos de Velha Terra. Como Shaumbra, vemos o potencial para todas essas coisas ocorrerem nesta Terra. 

Como Shaumbra, em nosso caminho, neste momento, há tantas mudanças, que às vezes fica difícil. Às vezes, não sabemos qual caminho tomar. Não estamos certos sobre o que está impedindo a estrada diante de nós. 

Mas nós estamos aqui para falarmos uma coisa simples e rápida neste dia e neste Shoud. Nós criamos muitas regras para nós mesmos no passado. Nós criamos regras para nos ajudar a passar pelos momentos difíceis. Nós criamos regras sobre como deveríamos agir... e o que deveríamos comer... o que deveríamos beber... o que deveríamos pensar... com quem deveríamos nos associar. 

Nós criamos regras para nós mesmos sobre o que está certo e o que está errado, o que é bom e o que é ruim. Nós criamos tantas regras para nós mesmos que é difícil às vezes prosseguir. 

Como Shaumbra, nós recordamos que é o momento para todas estas regras cederem agora. Deixem que não hajam regras em nossa vida. Entre agora e o fim do ano do nosso calendário, nós observaremos as regras que criamos. Nós observaremos as regras que criamos, sobre qual é o modo certo de se vestir... qual é o modo certo de falar... qual é o modo certo de agir... quais as coisas certas que devemos acreditar... quais os alimentos certos para ingerir. 

Nós criamos volumes e volumes de regras, e nenhuma delas se aplica mais. Nós observaremos isso, nos próximos dias e nas próximas semanas, enquanto vivenciamos as coisas em nossa vida. Nós observaremos todas as regras que temos. E nós chegaremos à compreensão de que as regras talvez nos tenham servido no passado, mas não são mais apropriadas. 

É o momento para todas as regras acabarem. Nós permitimos que as regras regessem nossa vida. Nós desistimos do controle e do poder de quem nós somos para regras que não se aplicam mais. Nós deixamos uma porção da própria identidade ser o juiz e a comissão julgadora. Estas são as vozes que ouvimos na cabeça. Estas são as vozes das muitas regras que nós elaboramos, e que deram autoridade para parte de nós mesmos. 

Para reforçar as regras, nós ouvimos a voz do júri e da comissão julgadora, e eles estão controlando e guiando muita coisa em nossas vidas. É o momento de pegarmos todos esses livros da lei que escrevemos para nós mesmos e jogá-los fora. Essas velhas regras não estão mais acontecendo para nós. As velhas regras não parecem mais úteis para nós. Elas não nos servem mais. 

Como Shaumbra, nós desistimos do poder para as velhas regras que o velho eu criou. Como Shaumbra, nós deixamos o nosso Reino ser governado pelos nossos aspectos – o juiz e a comissão julgadora que nos falava o que fazer e o que não fazer. Quando estamos alertas em nosso caminho e cientes do que encontrar à nossa frente, nós compreendemos que as velhas regras nos impedirão de nos tornarmos quem nós somos, nos impedirão de compreender o verdadeiro "Eu Sou". 

Então, é o momento de olharmos como essas regras ditaram e guiaram nossas vidas. E então as liberarmos todas. 

Há regras que guiam as nossas vidas que nem mesmo compreendemos que são regras. Elas estão tão gravadas e incrustadas dentro de nós que nem percebemos que eram ilusões, que não precisamos mais delas. Nós tendemos a criar tão estreitas diretrizes para nós mesmos que não nos permitimos nos expressar e nos divertir verdadeiramente. 

Nós criamos tantas regras porque não confiávamos em nós mesmos. Não confiávamos em nosso próprio poder e em nossa própria divindade. Então, nós nos limitamos com regra após regra, após regra, sobre como viver... e o que ser... e como ser vistos pelos outros. 

Nós percebemos que as velhas regras são os últimos vestígios do que necessita ser liberado a fim de nos tornarmos um Humano Divino. Nós liberamos as vidas passadas. Nós liberamos as velhas energias. Nós liberamos outras pessoas. Mas, agora, como Shaumbra, nós percebemos que é o momento de liberarmos todas as velhas regras que criamos. Nenhuma delas se aplica mais. E não há razão para se escrever novas. 
 
Se vamos deixar que nossa divindade seja nosso guia, por que precisaríamos de regras? Por que teríamos que criar restrições? Se realmente temos confiança em nós mesmos, como anjos divinos, não há regras. Há somente criação. Há somente o "Eu Sou". E assim é. 

[Breve pausa enquanto Tobias retorna.] 
 
Tobias: Eu, Tobias, retorno por apenas um momento. Ah, nós adoramos olhar para vocês. Nós adoramos este momento que passamos juntos. 

Nós abordamos muita coisa hoje. Nós falaremos da Nova Energia nas reuniões vindouras. Nós falaremos mais sobre o que vocês disseram – como esta energia da Nova Terra pode ser parte da Velha Terra, também. Nós podemos prever a fusão da Velha Terra na Nova Terra, pois elas são uma, assim elas não têm que ficar separadas. Isto poderia levar algum tempo. Mas, caros amigos, com o trabalho que vocês estão fazendo, há o potencial para que isto aconteça. Há o potencial para a Nova Terra estar aqui mesmo.
Vocês nunca estão sozinhos. Vocês são Shaumbra como família. Vocês nos têm, os anjos, como caros amigos. 

E assim é. 


 
Traduzido por: Regina Drumond    reginamadrumond@yahoo.com.br
Revisado por: Inês Fernandes      mariainesfernandes@globo.com



Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, vulgo "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com <http://www.crimsoncircle.com> . O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.
O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.
Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.
As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.
O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.
Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.
Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado.
© Copyright 2002 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.