As Histórias de Tobias: Recebendo o Fruto da Rosa

(...) Nós continuaremos a falar um pouco da viagem do príncipe chamado Jack. Esta também é a jornada de vocês. Realmente cada um é o Jack. Nós usamos esta parábola para ajudar a explicar a longa jornada que vocês fizeram. Como você sabem, o Jack era príncipe de um reino. Ele fez muitas viagens longas para satisfazer a sua necessidade de criar, expandir-se, aprender mais, e permitir que o amor dele se propagasse. Durante uma longa viagem Jack chegou ao limite das terras. Ele chegou no grande oceano. Ele se viu em um dilema naquele ponto - continuar ou voltar para o reino. Mas como vocês sabem, Jack não pôde resistir à tentação de ir em frente.

Ele içou velas nesta nova energia que ele nunca havia experimentado antes, esta energia que nós metaforicamente chamamos de água. E ele velejou e velejou até que ele deparou com a muralha de fogo, uma metáfora para o fim do Primeiro Círculo. Era o fim de toda a criação como era conhecida. Ele tentou evitar a muralha remando para trás. Ele tentou não ser puxado para a muralha de fogo, mas ele realmente foi, ele realmente foi.

Quando Jack entrou na muralha de fogo ele foi partido em bilhões e bilhões de fragmentos. Este foi um evento muito traumático para ele. Quando ele saiu do outro lado da muralha de fogo, ele estava diferente. A maior parte da sua energia e da sua consciência tinham-se retirado para um "casulo". Ela foi envolvida em um "casulo" de energia para um longo sono, muito longo. O propósito disto era experimentar uma viagem interna. Até aquele ponto, Jack nunca tinha olhado para dentro. Ele sempre tinha sido uma expressão externa, mas além da muralha de fogo, havia uma nova visão interna ocorrendo dentro do casulo.

Parte de Jack, entretanto, não entrou no casulo. Parte do seu ser continuou além da muralha de fogo, onde ele encontrou o vazio. Ele entrou no nada, na escuridão total. Quando ele abriu os olhos, Jack viu sua imagem como num espelho. Ele se viu diante de si. Ele viu a dualidade. Pela primeira vez, Jack tinha uma extensão de si. Ele era agora "dois". E este foi o começo da dualidade como vocês a conhecem.

A dualidade levou os seres a muitas formas de guerras inúteis. Haviam muitas batalhas entre as muitas entidades, que tinham cruzado pela muralha de fogo, o vazio. Haviam vocês e Jack e muitos, muitos outros mais. Havia uma luta para voltar para Casa. Em um esforço desesperado para voltar para Casa, para o Reino, vocês tentaram roubar energia uns dos outros. Haviam guerras, quando pessoas tentavam capturar a energia do outro, pensando que esta seria a forma de voltar para Casa, pensavam que isto era um tipo de combustível.

As batalhas autorizaram esta coisa que, agora, vocês chamam de dualidade. As batalhas intensificaram e fizeram a dualidade - a energia de dois - maior e mais forte. Durante o tempo das grandes batalhas o vazio estava sendo transformado em uma nova realidade. Seu universo físico, com todas suas estrelas e galáxias, estava sendo criado.

As batalhas se tornaram opressoras. Nenhum dos lados poderia dominar ou ganhar. Assim a um certo ponto, queridos amigos, elas se tornaram um beco sem saída, um impasse. Ficou conhecido que as batalhas já não podiam continuar. Algo teve que mudar para que Jack, vocês e os outros continuassem adiante.

Haviam muitas, muitas entidades em seu novo e crescente universo naquele momento, e o impasse chegou ao ponto onde nenhum dos lados, nenhuma energia de dualidade poderia funcionar ou mover. Não havia nenhuma energia se expandindo e no cerne de todas as coisas há sempre o desejo de se expandir. Isto era contra todas as coisas que alguma vez tinham sido conhecidas pelo Espírito, e todas as coisas que alguma vez tinham sido conhecidas por Jack. Nós falamos em muitas metáforas nesta noite.

Queridos amigos, havia discussão entre o muitos grupos que existiram em seu universo. Estas não eram entidades que tinham formas físicas como vocês as conhecem. Estas entidades eram definidas pelas energias e vibrações, mas elas não tinham descido ao mundo físico. Havia muitos que se encontraram e discutiram a necessidade de se entender a natureza da dualidade verdadeiramente. Como eles se encontraram e discutiram, eles perceberam que as batalhas dos dois lados estavam provando pouco. Estava na hora de terminar com elas. Estava na hora de se mudar e se expandir com a próxima etapa da jornada.

Havia muitas entidades que se reuniram em forma do que vocês chamariam agora de conselhos ou famílias de energia, as famílias celestiais. Eles se encontraram e, nos níveis mais altos destas famílias, havia um acordo para descerem e baixar a vibração de certas entidades, certos anjos, representantes de ambos os lados da dualidade. Nesta forma vibracional mais baixa, estas entidades assumiriam o que vocês conhecem agora como biologia. Eles assumiriam forma física. Parte da razão para isto acontecer estava na decisão de que a criação não aconteceria tão rápido como aconteceu. Seria reduzida a velocidade. Haveria oportunidades para se viver por experiências. Haveria oportunidades para se avaliar e avaliar e ajustar o equilíbrio. Quando vocês eram anjos em seu universo recentemente formando, vocês quase criavam tão rápido quanto o pensamento. Algumas vezes, isto saiu do controle de suas mãos. Às vezes, queridos amigos, vocês não sabiam de qual lado vocês eram! Você não souberam como avaliar suas próprias energias corretamente e as coisas pareceram descontroladas.

Foi decidido que haveria uma redução da energia do espírito que seria colocada em sua forma física. Também foi decidido que vocês não se lembrariam da jornada que os trouxeram a este ponto. Vocês não se lembrariam das batalhas. Você não se lembrariam da passagem pela muralha de fogo. Vocês não se lembrariam do Reino de onde vocês vieram. Este seria um novo começo. Isto permitiria a vocês e ao Espírito entenderem a natureza da dualidade e a natureza de "dois" verdadeiramente. Até o ponto do cruzamento pela muralha de fogo, o Espírito tinha sido sempre a expressão de "um". Entrando para Terra na forma física sem recordação, permitia-se a verdadeira compreensão da dualidade.

Haviam muitos, muitos anjos em seu novo universo na ocasião e, claro que, a maioria deles quis fazer parte deste novo lugar na Terra. Quando havia um pedindo para voluntários, queridos amigos, eram vocês que estavam entre os primeiros. Vocês estavam entre os primeiros. Vocês entravam, inicialmente, para Terra em forma não física. Vocês mudavam suas energias com a ajuda de muitas, muitas entidades do outro lado. Vocês mudavam suas energias de tal forma que pudessem entrar na dimensão da energia da Terra. Vocês visitaram muitas vezes a Terra em suas formas angelicais antes de virem para aqui nas suas formas biológicas. Vocês e os outros vinham aqui para montar os modelos de energias e as grades. Vocês vinham aqui para montar as ondulações e as fundações. Vocês visitavam este lugar para se aclimatar, como também ajudavam a compor as energias. Havia muita ajuda dos anjos que não fariam a jornada de vocês. Nós falaremos mais disto em sessões futuras.

Em algum ponto, queridos amigos, cada um de vocês desceu para Terra e eventualmente assumiram o corpo humano. Vocês começaram seus ciclos de encarnações. Vocês começaram a entrar na Terra em muitas formas físicas diferentes. Vocês caminharam na Terra, numa vida, como masculinos, noutra como femininos. Vocês viveram de muitos modos diferentes para experimentar esta coisa chamada dualidade.

Agora, vocês que estão aqui e vocês que estão conectados ao Círculo Carmesim pelas dimensões são aqueles que estão completando seus ciclos na Terra. Vocês são aqueles que fizeram o longo caminho. Vocês são aqueles que se preparam para reunir, agora, com Tudo Que Vocês São. Vocês são aqueles que ficarão na Terra para serem os professores dos outros que estão atravessando. Nós discutiremos aqui seus sonhos por um momento, porque eles estão começando a se intensificar. Eles estão começando a ficar mais reais à noite. Nos deixe ajuda-los a entender o que está se passando. Sonhar é um dos padrões de energia que vocês ajudaram a criar quando as estruturas da Terra estavam sendo fixadas. Era conhecido que vocês precisariam de um período de tempo a cada dia para reconectarem-se. Vocês precisariam se desligar da dualidade humana e reconectarem-se. É uma energia muito interessante, a dinâmica que vocês montaram. Vocês sabiam que precisariam deste tempo. Em seus sonhos, vocês podem viajar para muitos lugares e podem conectar-se a muitos outros.

Agora mesmo, em muitos de seus sonhos vocês voltam sempre para o tempo antes de vocês virem para Terra. Vocês voltam para o tempo quando vocês ajudavam a transmutar o vazio em realidade, quando vocês estavam no tempo das guerras e das batalhas. Vocês estão indo lá à noite e tentam solucionar muito do que aconteceu.

Isto é um pouco difícil de descrever, queridos amigos, mas até mesmo quando vocês se sentam aqui, neste dia, vivendo suas vidas humanas e entrando na conclusão de seus próprios círculos desta longa jornada, vocês também estão a procura destes outros lugares. Vocês estão em busca do tempo antes de vocês virem para Terra. Você estão de volta ao tempo de quando o universo estava sendo criado. Quando vocês fecham seus olhos à noite e entram em seu estado de sonho, parte de vocês volta atrás. Vocês viajam pelo tempo e espaço numa tentativa de solucionar o passado. Vocês contam a suas almas no passado que há agora uma união, uma unidade. Há uma mudança adiante. Não há nenhuma necessidade das batalhas persistirem, porque vocês acharam a maneira através do próximo portal. Vocês voltam para contar a seus próprios egos que está na hora de terminar estes conflitos, terminar o caos. Vocês estão no agora, trazendo resoluções do passado.

Há algo interessante acontecendo aqui, queridos amigos, querido shaumbra. Muito interessante. Vocês viajam à noite em seus sonhos. Vocês viajam para o tempo depois da passagem de vocês pela Muralha de Fogo e antes de vocês virem para a Terra, o tempo da edificação do nulo, o tempo das grandes guerras. Vocês viajam para atrás no tempo e ao mesmo tempo suas consciências do passado estão tentando viajar para o agora de vocês! E, as vezes, vocês encontram um ao outro no meio!

Em nosso último encontro discutimos que aqueles que vocês chamam de aliens são de fato aspectos de vocês no passado. Eles são aqueles com os quais vocês colidem à noite, quando vocês voltam para solucionar algo do passado. Eles estão vindo para solucionar o caos deles no “agora“. Não é uma maravilha que seus sonhos são tão intensos?

Quando vocês acordam depois de um sonho, a mente de vocês provê uma interpretação simbólica desta experiência. Vocês não trazem o quadro claro do que aconteceu. Há uma série de símbolos, e eles geralmente relacionaram-se às pessoas e eventos em sua vida atual. Vocês, geralmente, inserem as pessoas que estão agora ao redor de vocês, suas famílias, e são com eles que vocês trabalham em seus sonhos. Por que é isto, queridos amigos? É porque esses que estão agora em suas vidas, que se sentam no segundo círculo nesta noite, são os mesmos com os quais vocês batalharam no passado! Por isso que é importante eles estarem aqui nesta noite. Há tanta perfeição no que está acontecendo aqui! Mesmo quando vocês estão batalhando com eles no passado, há conflitos no agora. Mesmo quando vocês estão tentando solucionar situações com eles no passado, vocês estão tentando solucionar agora.

Está tudo intrincadamente tecido. Aqueles, que se juntam aqui hoje no segundo círculo, olharão muito esquisitamente para vocês quando vocês os virem da próxima vez, porque eles saberão que vocês sabem, mas eles não saberão como eles sabem! Há um desejo, na parte mais funda de seu ser, de solucionar estas coisas, voltar a unidade e, então, se moverem adiante para maior expansão, se moverem para a energia da Nova Terra. Há grandes quantidades de energia que estão sendo vertidas nisto agora mesmo. Há entidades quase incontáveis que não estão em forma humana que estão ajudando a facilitar estes processos.

Vocês se sentam aqui não entendendo quem vocês verdadeiramente são ou entendendo o que está acontecendo verdadeiramente! Alguns de vocês pensam que suas vidas têm pouco valor. Vocês pensam que não realizaram muito nesta vida. Vocês tem medo de serem uns fracassos. Queridos amigos, nós lamentamos estes pensamentos! Nós lamentamos esta percepção. Nós sabemos que vocês são os primeiros a assumir a nova energia e, ao mesmo tempo, vocês estão curando o passado. Vocês estão solucionando os conflitos que aconteceram em seu universo e suas galáxias. Eles aconteceram em níveis dimensionais além do que poderiam esperar. Vocês estão trabalhando para soluciona-los, reuni-los, passarem da dualidade à nova energia quadra. A energia quadra é equilibrada. É a energia de criação em seu mundo material. É por isso que nós os honramos tão profundamente. É por isso que nós sabemos que vocês serão professores sábios e compassivos.


Leia a mensagem completa aqui


Tobias é canalizado por Geoffrey Hoppe, P. O. Box 7392, CO, 80403. E-mail: Cauldre@aol.com <mailto:Cauldre@aol.com> - O Círculo Carmesim se reúne mensalmente em Denver, Colorado, para partilhar amor, informação e risos. Para maiores informações sobre o Círculo Carmesim, envie mensagens a Michele Machale em Mmachale@aol.com <mailto:Mmachale@aol.com> - Partes desta mensagem foram editadas a partir da versão original gravada em viva voz para maior clareza e compreensão. Por favor, distribua livremente este texto em material não comercial. - Visite o site do Círculo: www.crimsoncircle.com <http://www.crimsoncircle.com/> para maiores informações. - Agradecimentos especiais a todas as maravilhosas almas no Círculo Carmesim, mais Kryon, Lee Carroll, Jan Tober, Dra. Melanie Wolf, Tobias e o amor do Espírito. - Agradecimentos especiais a Dra. Mindy Reynolds por seu amor e paciência na transcrição de muitas e muitas horas de fitas de Tobias. - Direitos autorais Y2000 Geoffrey Hoppe, Golden, CO, USA. Todos os direitos reservados.
Tradução para o português: Sonia Gentil, Bahia, Outubro - 2001