As Histórias de Tobias: Agradeça a Si Mesmo

(...) Vamos lhes contar uma pequena história de um homem, de um Trabalhador da Luz, Shaumbra. É a história de James.

James era muito parecido a muitos de vocês. Veio a esta vida para clarificar, para um clareamento final e conclusão. Ele escolheu uma linhagem de família com a qual esteve no passado. Permitam-nos uma digressão por um momento.

De fato, quando você entra em um novo corpo numa nova vida na Terra, escolhe sua família. Mas você não procura entre as milhões e milhões de famílias disponíveis, e diz, “Vou pegar esta ou aquela.” Não é assim tão simples. Você tem uma afinidade de linhagem de sangue, de onde veio. Normalmente você vai escolher retornar a família com a qual esteve no passado.

Alguns acreditam que saltam de um país para outro, de uma raça para outra. Queridos amigos, isto não é muito acurado. Vocês tendem a seguir padrões. Vocês seguem famílias com as quais estiveram antes. Você sabia que poderia ser seu próprio tataravô? (risadas) Isto não é tão incomum, pois vocês escolheram retornar em certas linhagens, certas linhas de sangue. Há muitas razões para isto e vamos entrar nelas.

Há histórias em suas sagradas escrituras que falam das doze tribos e famílias da Terra. Num certo sentido, isto é acurado e verdadeiro. A partir destas doze tribos, certas linhagens se desenvolveram. Vocês tiveram a tendência a permanecer nelas até os anos mais recentes. Até aproximadamente 50 anos atrás, tem sido comum permanecer em linhas de sangue bem fechadas. Isto agora está mudando e há muitas razões para isto. Não queremos tomar um tempo tão precioso para discutir isso agora. Mas compreenda, você tende a permanecer dentro dos mesmos padrões familiares. É por isto que há uma fascinação por sua própria genealogia. Você vai aparecer em sua árvore genealógica várias vezes! (risadas)

Agora, James estava escolhendo outra vida na Terra. Ele selecionou uma família com que esteve antes. Selecionou uma linhagem com a qual estava familiarizado. (observe a energia comum por trás das palavras “família” e “familiar.”) Ele veio a Terra nesta vida com um pai que era muito inflexível e rígido. Seu pai era insensível.

James veio a esta vida com uma mãe que era amorosa, mas fraca. Mais uma vez, se você olhar a energia por trás desta lição, vai compreender que há muito mais aqui do que o olho vê. Um pai que era controlador e exigente, disciplinador e inflexível. Um pai que deu pouco amor, mas muitas regras.

Quando James cresceu, ele viu que queria sair imediatamente de perto desta energia pai inflexível. Pois era uma energia que exigia que frequentasse uma igreja com a qual não sentia nenhuma ligação. Não sentia nenhuma afinidade com esta igreja. Já que na igreja ele aprendeu sobre um Pai severo, um Pai mesquinho, um Pai cheio de julgamentos e um Pai que punia. Ele aprendeu que Deus era deste jeito. Vingativo, raivoso, temperamental, cruel e inflexível. Isto foi o que aprendeu.. Aprendeu isto enquanto estava na família biológica que escolhera, que era controlada por uma energia masculina inflexível.

Quando James se tornou adulto, logo foi embora. Foi embora e começou uma jornada por conta própria porque ao nível da alma, sabia que precisava curar nesta vida. Sabia que devia curar a si mesmo, seu passado, mas também subconscientemente sabia que havia toda uma linhagem cármica a curar.

Oh, como você sabe, James tentou várias coisas diferentes, muitas diferentes escolas de pensamento, todas as quais o ajudaram a passar a novos níveis, todas as quais o serviram bem. Mas ainda tinha muitos desafios em sua vida. Desafios nos relacionamentos. Ele não conseguia entender muito bem como abrir seu coração as mulheres em sua vida. Ele não sabia como se relacionar com a energia feminina. Não sabia como se relacionar porque a que conhecera era fraca. A energia feminina que ele conheceu de sua mãe, mal podia produzir amor. Ele estava tentando encontrar amor em outra mulher, mas não sabia como lidar com isto. Há muito mais nesta história, queridos amigos, do que os olhos veem.

James finalmente encontrou uma mulher que sabia expressar amor, mas que era muito forte por seu próprio direito. Ela tinha um equilíbrio saudável entre o masculino e o feminino. Mas James não queria filhos. Não desejava sujeitar outro humano ao tipo de sofrimento por que passara. Assim decidiu, e sua esposa concordou, em não ter filhos nesta vida.

Eles buscavam juntos. Foram a muitas aulas. Pertenceram a muitos grupos, e aprenderam muitas coisas ao longo do caminho. Mesmo assim muitos problemas continuaram. Ele tinha problemas com abundância em sua vida. Problemas em manter um emprego. E seu relacionamento com a esposa amadureceu e, com o tempo, ele teve problemas em se relacionar com ela, com esta energia feminina. Ele conseguiu mais tempo sozinho, só consigo mesmo, em contemplação, conversando com Deus Pai que ele não entendia muito bem, mas que era tudo que conhecia. Gastou muito tempo falando com Deus, o Pai, que aprendera que era cruel e raivoso. Mas ele não conhecia nenhum outro relacionamento com o Espírito. Ele sempre havia sido a energia Pai.

Em algum ponto, após muita luta, aprendizado e desafios, James começou a ler os textos do Círculo Carmesim. Começou a se conectar com a energia da família. Começou a compreender em primeiro lugar, porque estava na Terra desta vez. James começou a dar um novo sentido a sua vida. Oh, realmente foi difícil deixar ir muito das velhas maneiras. Mas ele começou a ter novos entendimentos do porque ali estava.

Algumas coisas boas começaram a acontecer em sua vida. James estava muito grato e sempre sentava-se para dar graças e rezar a Deus o Pai, e aos Anjos e a seus Guias. Depois parecia, como muitos devem ter experimentado, que mais uma vez tempo difíceis retornavam.

James, que diligentemente estava trabalhando nas lições do Círculo Carmesim, foi pro trabalho um dia e recebeu um grande aumento. Foi-lhe dado um grande aumento aparentemente do nada. Ele ficou feliz e pensou consigo mesmo, “Isto agora está realmente funcionando. Estou verdadeiramente me tornando um criador, estou verdadeiramente aprendendo a manifestar, pois olha só o que aconteceu em minha vida!”

James foi pra casa aquela noite, se dirigiu a seu quarto de meditação, fechou a porta, acendeu as velas e o incenso, poliu os cristais. (dando uma risadinha) Ele ainda mantinha estas coisas a despeito de tudo que falamos. (risadas) James rezou, agradeceu e disse, “Querido Pai, obrigado por esta dádiva do aumento e desta promoção em meu trabalho, agora terei abundância para pagar minhas contas em dia. Agora terei abundância para comprar algumas coisas pra minha querida esposa, que sempre desejei dar a ela.” James continuou, “Queridos anjos, queridos anjos, eu lhes agradeço por me arranjar isto. E, oh sim, queridos runners, ainda não os entendo muito bem, mas compreendo que vocês facilitam minhas criações. Eu lhes agradeço. Estou feliz e aprendendo. Estou aprendendo a me tornar um criador. Estou criando mais abundância em minha vida.”

E o Espírito, representado pelo Rei e a Rainha, e pelos guias e anjos e pelos runners, todos puderam ouvir estas palavras. Pois eles ouvem todas as suas palavras. E eles desataram a rir e a coçar suas cabeças. E sim eu, Tobias, estava lá. Eu também estava atônito e pensei, “Por que James dá o crédito ao Espírito e aos anjos, aos guias e ao Deus Pai a quem não entende muito bem, e de quem até tem medo? Será que ele pensa que nós saímos por aí distribuindo favores, distribuindo bens ao Shaumbra, de qualquer maneira?”

E nós rimos espantados e dissemos, “Precisamos falar com a família sobre isto em uma das lições. Vai ser uma das mais importantes. Vamos dizer a James e a cada um – agradeça a si mesmo.”

Lição Número Onze – Agradeça a Si Mesmo, pelo o quê está criando. É uma lição fácil, mas que será um desafio a vocês. Quando alguma coisa boa acontecer amanhã em sua vida, você vai querer dizer, ‘Oh, querido Deus Pai, eu te agradeço.” Ao invés disto , agradeça a si mesmo!


Leia a mensagem completa aqui


 Tobias é canalizado por Geoffrey Hoppe, P. O. Box 7392, CO, 80403. E-mail: Cauldre@aol.com — O Círculo Carmesim se reúne mensalmente em Denver, Colorado, para partilhar amor, informação e risos. Para maiores informações sobre o Círculo Carmesim, envie mensagens a Michele Machale em Mmachale@aol.com — Partes desta mensagem foram editadas a partir da versão original gravada em viva voz para maior clareza e compreensão. Por favor, distribua livremente este texto em material não comercial. — Visite o site do Círculo: http://www.crimsoncircle.com/ para maiores informações. — Agradecimentos especiais a todas as maravilhosas almas no Círculo Carmesim, mais Kryon, Lee Carroll, Jan Tober, Dra. Melanie Wolf, Tobias e o amor do Espírito. — Agradecimentos especiais a Dra. Mindy Reynolds por seu amor e paciência na transcrição de muitas e muitas horas de fitas de Tobias. — Direitos autorais Y2000 Geoffrey Hoppe, Golden, CO, USA. Todos os direitos reservados.
Tradução para o português: Sonia Gentil / Bahia / junho 2002