Os Dez Compromissos do Espírito

OS MATERIAIS DE TOBIAS

A Série do Salto Quântico:
SHOUD 4: "Os Dez Compromissos do Espírito"

Apresentando Tobias, canalizado por Geoffrey Hoppe

Apresentado ao Crimson Circle
15 de Dezembro, 2007
 

 
E assim é, caros Shaumbra, que trazemos nossa energia a essa reunião, outra reunião do Círculo Carmesim, outro Shoud para onde reunimos todas as nossas energias em um espaço seguro e magnífico. É um prazer enorme para mim, Tobias, e para o nosso convidado especial de hoje caminhar entre vocês enquanto a música toca, essa música tão doce para uma época do ano tão doce e bela. E enquanto caminhávamos entre vocês, sabemos que vocês estavam fazendo o download de tudo o que vamos falar nos próximos 45 minutos, uma hora – hoje seremos breves! Ou talvez vocês já tenham realizado o download. Talvez vocês achem melhor ir embora nesse ponto, tocar outra música e sair, apreciar e celebrar a vida! Ou poderíamos passar para a parte verbal, mas a energia está aqui. Foi recebida.
 
Então, vou pedir-lhes para dedicar um momento a senti-la. Já fizemos o Shoud juntos. É rápido assim. É uma incrível energia cristalina que você acaba de receber. Vocês a receberam primeiramente de vocês mesmos, depois, receberam-na de outros Shaumbra ao redor do mundo que também estão reunidos em nosso templo sagrado e seguro. E depois, vocês receberam essa energia de todos que lerão ou ouvirão esses materiais mais tarde.
 
Será interessante quando eles fizerem isso, porque, sabem, este é um caminho que vocês estão percorrendo neste exato momento. Estão abrindo trilhas pela velha consciência, e eles os seguirão. Portanto, a experiência deles será diferente da sua. Ó, sim, será mais fácil que a de vocês porque vocês já avançaram na consciência. Como um navio quebra-gelo que quebra o gelo para que os outros navios possam passar, vocês atravessaram a consciência. Mas o interessante, e é algo de que vocês devem se orgulhar muito, é que quando os que vierem depois de vocês, quando chegarem a esta parte da jornada, vão sentir a sua energia ao longo de todo o caminho, o seu estímulo. Será como uma luz inspiradora para eles à medida que passarem por suas próprias dificuldades e desafios, porém será muito mais fácil. Mas eles saberão quem veio primeiro. Mas eles saberão quem iluminou essa trilha. Eles conhecerão a energia de Shaumbra.
 
Então, cá estamos nós hoje em nosso Shoud juntos novamente. Às vezes é difícil colocar em palavras porque é muito multidimensional. O que foi recebido enquanto a música os distraía, de certa forma, vai além das palavras, vai além da consciência da Velha Energia. Portanto, dediquem um momento a sentir isso.
 
 (Pausa)
 
Enquanto fazem isso, sintam nossos convidados de hoje.
 

Sobre Shaumbra

Tenho que falar que ontem à noite fizemos uma canalização, aproximadamente às 7 horas, horário local, e foi uma canalização muito interessante, uma canalização capturada pelas câmeras, para ser vista por muitas, muitas outras pessoas, em uma ocasião muito próxima. (Tobias se refere à criação e filmagem de um documentário sobre canalização.) Foi muito interessante... Disseram que eu, Tobias, estava muito animado, muito direto, muito energizado durante a entrevista que tivemos. Mas o interessante foi que havia pouco de mim. Era a energia de Shaumbra que estava fluindo. Ó, sim, eles colocarão meu nome nisso. Falarão sobre essa canalização de Tobias, mas eu os aviso desde já, que chamamos todos vocês naquele momento de ontem à noite e dissemos “O mundo quer saber sobre essa coisa chamada Shaumbra. Eles querem saber sobre a Nova Energia. Eles querem saber sobre a nova consciência.” Portanto, vocês devem ter sentido alguma coisa por volta das 7 horas da noite, horário local, enquanto reuníamos a energia dos Shaumbra do mundo todo na sala de Linda e Cauldre. Uma linda noite de inverno com uma lareira, uma linda neve iluminada lá fora... Essa consciência para produzir esta mensagem para os humanos em busca de um caminho.

Nos perguntaram: “O que é Shaumbra?” O que é Shaumbra? Bom, só essa explicação poderia levar muito tempo. Ó, isso tem um significado para o mundo. Há um significado para o termo “Shaumbra” – família que já esteve reunida antes, aqueles que estão em uma jornada espiritual, aqueles que avançam em consciência. Mas, Shaumbra... Há ainda um significado mais profundo. Shaumbra são os líderes da consciência. Líderes da consciência.
 
Bom, na Terra, neste momento, há os líderes do setor industrial. Eles fazem produtos e enviam os produtos para servirem as pessoas, para tornar a vida das pessoas mais fácil, mais rápida, mais prazerosa, ou o que for. Mas existem líderes do setor industrial. Existem líderes – poucos talvez – no mundo todo, de coisas como o governo para ajudar a criar leis que mantenham o equilíbrio, a paz e a harmonia entre os humanos. Existem líderes em criatividade, os que estão fazendo uma nova música, novos trabalhos literários. Eles são líderes no seu próprio campo. Líderes em finanças. Entendem, existem todos esses tipos de líderes e muitos são reconhecidos por seu trabalho. Seus nomes aparecem nas manchetes ou em livros, são comentados, são usados como exemplos na universidade.
 
Há um outro grupo de líderes que realmente, em minha opinião, está acima dos outros. Fazem um trabalho silencioso, mas fazem um trabalho da maior importância que permite que os outros líderes da Terra façam o seu trabalho. E esses são vocês, Shaumbra. Vocês são líderes de consciência. Vocês são os que estão indo para as novas dimensões. Vocês são os que estão mergulhando fundo em si mesmos para abrir novos corredores para que outros também possam se mover em direção a uma consciência mais elevada.
 
O trabalho que vocês estão fazendo não se refere realmente a vocês. Vocês estão pegando isso, internalizando em si próprios, mas o que realmente estão fazendo é tomando a consciência e permitindo, no seu interior, que ela se expanda. Abrindo portas e janelas, abrindo novos caminhos e novos potenciais para que todo o restante da humanidade possa utilizar.
 
É um trabalho muito difícil e cheio de desafios, às vezes, porque vocês podem esquecer o motivo real pelo qual estão fazendo isso. E é difícil porque as pessoas não passam por vocês na rua e acenam agradecendo pelo trabalho que estão fazendo. Com muita freqüência, na verdade, elas ridicularizam vocês. Elas acham que alguns dos seus caminhos são muito incomuns e bizarros. Mas vamos informá-los que nestas dimensões, nas dimensões angélicas, nós compreendemos o trabalho que vocês estão realizando. Sabemos que vocês fazem isso de forma incansável. Fazem com paixão e compaixão. Fazem isso não para si mesmos, mas em nome de todos os que vocês realmente amam. Fazem isso, em parte pelo desafio, porque ele está aí e porque conseguem fazê-lo. É uma espécie de desafio. Mas fazem isso realmente pela humanidade e por todos aqueles das dimensões angélicas.
 
Por isso, quando nos perguntaram ontem à noite: “O que é Shaumbra?” tentamos – em consideração a Cauldre e aos que estão fazendo a filmagem – ser breves. Mas o que enfatizamos, realmente, na resposta foi a absoluta honra pelo que vocês estão fazendo. Por isso, por favor, inspirem profundamente e aceitem a honra de todos nós que entendemos o que vocês estão fazendo.
 

Nada disso pertence a Vocês!

Já dissemos inúmeras vezes e temos que afirmar novamente aqui, porque é muito importante. As questões com as quais vocês estão lidando, a maioria delas não pertence a vocês. Realmente não pertence. Algumas são de pessoas próximas a vocês na sua vida. Vocês tomam seus problemas e trabalham com eles. Reequilibram os problemas. Vocês os resolvem no seu interior e depois irradiam o potencial para elas, ajudando-as a clarear seus próprios caminhos. Vocês tomam as questões do mundo em geral – sentimentos, emoções, desafios e problemas – levam para dentro de si. Trabalham esses problemas como se fossem seus, como se fossem algo errado com vocês que precisasse ser consertado. Mas não são problemas seus. Vocês fazem isso em nome da consciência humana.

Trata-se de um ponto tão importante que traremos isso à baila muitas outras vezes. Não é de vocês. Esses problemas não são seus. E à medida que vocês verdadeiramente começarem a entender isso, quando olharem para dentro de si, neste exato momento compreenderão que há muito pouca, se é que há alguma, coisa para ser consertada. Essa questão da pobreza que vocês estão tomando para si em nome dos humanos que têm tão pouco. O problema de doença que vocês tomam para si em nome dos humanos que realmente estão doentes. Os problemas, até mesmo de estarem perdidos e sós. Isso pertence realmente a vocês? Ou vocês estão tomando isso para si em nome dos humanos que estão tentando achar um caminho, que estão clamando por alguém, por algum lugar, por ajuda.
 
É uma coisa admirável isso que vocês fazem, mas depois, como toda energia, vocês também evoluem. Vocês evoluem para o ponto em que reconhecem quais são seus problemas. E vocês provavelmente se surpreenderão ao descobrir que são muito poucos – pouquíssimos. Vocês se surpreenderão ao descobrir que muitas coisas que vocês trabalharam não são realmente suas. São de outras pessoas. São do planeta. São da sua família espiritual de muito tempo atrás, e vocês estão trabalhando – estão vencendo – velhas questões.
 
Neste exato momento atual em que compartilhamos este espaço seguro e sagrado, dedique um momento para sentir. Quais são realmente seus problemas? Quais são realmente seus desafios? Quando começarem a verificar a lista e perceberem que muitas coisas que os incomodaram, que os mantiveram acordados durante a noite, que o irritaram, absolutamente não são suas. Elas se referem a outras pessoas e seus problemas. Referem-se, inclusive, a aspectos de suas vidas passadas. Referem-se ... Apenas a leitura de uma manchete de jornal da qual vocês absorveram a energia. A leitura de uma triste história de um sem-teto, da qual vocês absorveram a energia.
 
Então, sentados aqui neste espaço seguro, quais são os problemas que são realmente seus? Quais são os problemas realmente seus? E a resposta é muito simples: Apenas os que vocês escolhem. É isso.
 
Como eu disse no nosso último Shoud, a verdadeira liberdade é quando vocês liberam seu passado. Soltem-no. Realmente não é mais vocês. Liberem essas energias para que elas retornem e os sirvam de uma nova maneira. A verdadeira liberdade é quando vocês conseguem liberar os problemas que vêm carregando para outras pessoas, para o mundo, para seus entes queridos. Libere-os. Solte-os para que vocês tenham liberdade e discernimento para ajudá-los a partir de um novo lugar de compaixão. Não para carregar seus problemas ou suas cargas, mas um novo lugar de compaixão. O Padrão da Nova Energia. É muito, muito libertador deixar que essas velhas coisas se vão, esses velhos problemas.
 
Vamos inspirar profundamente juntos. Que espaço maravilhoso este aqui para liberar as coisas que vocês não querem mais. É fácil assim. Soltem. E no seu dia-a-dia, reconheçam o que é realmente seu e o que não é. Reconheçam que vocês não têm que carregar as cargas do mundo para ajudar o mundo. Vocês não têm que tomar suas dores, traumas e desequilíbrios para ser o tipo de líder - líder de consciência - que eles estão procurando.
 
Consciência será uma das palavras da moda que vocês ouvirão cada vez mais na mídia, nas discussões e nos livros do momento. Haverá mais discussões e mais pesquisas científicas sobre consciência - o que é isso? –- porque a sociedade como um todo está começando a reconhecer que existe uma diferença entre mente e consciência.
 
Vocês ouvirão sobre mais coisas sendo feitas nessa área. Vocês podem se dar tapinhas nas costas e abrir um grande sorriso por saber que são verdadeiros líderes de consciência. Vocês sabem o que é consciência. Sabem que se trata de permitir a entrada de todas as suas partes.

Convidados de Hoje
 
Ontem à noite trabalhamos neste vídeo. Que coisa maravilhosa fizemos juntos, energia maravilhosa por trás disso, que vocês reconhecerão quando virem. Era a energia de Shaumbra, mas como vocês provavelmente conseguem adivinhar, há alguns que se sentem excluídos. Então, nós os convidamos a entrar hoje como nossos convidados especiais. É como se tivéssemos os três sábios aqui (risos) - Kuthumi, Saint-Germain e eu, Tobias. (risos da audiência e de Tobias) Nós traremos a energia deles para o grupo porque eles adoram compartilhar com os Shaumbra. Dediquem um momento às boas-vindas a Kuthumi e Saint-Germain. Inspirem-nos, batam palmas, aclamem-nos se quiserem, ou... Alguns de vocês nós conseguimos ver entrando aqui! (Tobias ri) Eles têm trabalhado conosco de forma muito diligente nesses últimos anos.
 
Como estamos chegando ao final do ano, é mais do que um simples um calendário. É o fim de uma era energética, final de ano e tempo de renascimento. Eles vêm para ajudar a fechar este ano, o ano do Salto Quântico, um ano de colisões. Para muitos de vocês, um ano de grandes mudanças de vida. Um ano de muitas dúvidas, às vezes, e de muitas alegrias em outras. Eles vêm para ajudar a celebrar o final de um ano e logo o início de um novo.
 
Façamos uma inspiração profunda, todos nós juntos. Tragam para dentro essas energias de Kuthumi e Saint-Germain. Eles estarão trabalhando com vocês de forma muito mais intensa depois que eu, Tobias, voltar para a Terra para trabalhar com vocês através de Sam. Eles vão trazer outros para trabalhar com os Shaumbra e o Círculo Carmesim, mas o mais surpreendente é que vocês darão um passo à frente. Ó, vocês terão a ajuda e a amizade desses seres angélicos, mas serão vocês que darão o passo à frente, que falarão com os humanos e que ajudarão a guiá-los, que os ajudarão a compreender podem facilmente conversar com seres não-físicos. Vocês podem facilmente fazer escolhas na sua vida e criar o que escolherem.
 
Portanto, trazemos todas essas energias neste Shoud maravilhoso que antecede o Natal.

Barômetros de Equilíbrio
 
Gostaríamos de dedicar um momento aqui para falar sobre barômetros de equilíbrio em sua vida. Barômetros de equilíbrio. Vejam, vocês têm isso o tempo todo. Esses barômetros são sinais externos que estão basicamente à sua disposição - criados por vocês – para ajudá-los a compreender como está seu equilíbrio.
 
Equilíbrio é uma palavra interessante. É um elemento interessante da Nova Energia. Sabem, muitos humanos estão fora de equilíbrio. O que significa isso? Bem, estão fora de equilíbrio em relação ao masculino e feminino, ou fora de equilíbrio em relação à luz e sombra. Estão fora de equilíbrio em relação à abundância e à falta de abundância. Existem muitas coisas que podem ficar fora de equilíbrio e quando vocês começam a reunir uma quantidade delas, criam-se coisas como colisão, confusão e uma espécie de embotamento espiritual.
 
Há sinais disso na sua vida todos os dias – barômetros do seu próprio desequilíbrio – é muito bom prestar atenção a eles. Para ajudá-los a saber se estão em equilíbrio realmente ou se estão sendo puxados para fora dele por outras coisas da sua vida - por pessoas e eventos ou até mesmo se estão limpando e processando as coisas pelas quais estão passando – indicações de que vocês precisam dar uma olhada no equilíbrio.
 
Os barômetros de equilíbrio incluem seu carro. Seu carro. Seu carro é uma extensão de vocês. São, como diria Andra, um aspecto de vocês. É um aspecto metálico – basicamente, que opera muito na Velha Energia em relação à maneira como é alimentado. Mas é uma extensão de vocês. Você ama seu carro? Seu carro. Vocês têm um nome estranho para o carro? (Tobias ri) vocês gostariam de ter um carro novo? Seu carro está sempre limpinho, mesmo que vocês não o levem ao posto para lavar e limpar com freqüência? Seu carro ronca quando anda pelas ruas, engasga e morre? (Risos)
 
Se seu carro faz barulhos estranhos; se seu carro tem problemas elétricos estranhos cuja causa não conseguem descobrir; se seu carro está consumindo mais óleo do que deveria; se o gasto de gasolina por quilômetro subiu muito; Se seu carro está puxando para a direita ou para a esquerda; se o limpador de pára-brisa não funciona; se a luzes piscam de maneira estranha; se qualquer um desses fenômenos está acontecendo com seu carro, é hora de verificar seu equilíbrio. Seu carro é um ótimo indicador seu e, especificamente, da sua biologia, mas também da sua mente e do seu espírito.
 
Se você tem xingado muito seu carro ultimamente, querendo saber por que ele está sempre apresentando defeitos, dê uma olhada no seu próprio equilíbrio. E chegaremos lá em um minuto, falando sobre como reequilibrar-se. Seu carro está apenas lhe devolvendo um sinal de que há algo que precisa de atenção. A luz do motor está funcionando bem? A luz do breque está funcionando bem? Todas essas coisas são muito, muito simples e simbólicas que contam alguma coisa sobre vocês. É um dos barômetros de equilíbrio Se você não tem carro, não se preocupe. (risos)
 
Além disso, muito importante, se chegou a hora de um carro novo – em outras palavras, se foi um carro muito usado por outras pessoas, se você herdou o carro ou comprou um carro que teve muitos donos – dê uma olhada. Quando você vai assumir a propriedade de si mesmo? Compre seu próprio carro. Compre um novo, porque ele é um aspecto seu.
 
Eis outro barômetro de equilíbrio – pequenos sinais que estão dizendo que vocês precisam dedicar algum tempo, alguma atenção a si mesmo – seu computador. Seu computador. Vocês gastam um tempo enorme no computador! (algum riso) Vocês percebem - às vezes eu me sento ao lado de vocês! –Vocês percebem... Às vezes vocês me dizem que não sabem como agir de forma interdimensional, mas eu vejo vocês sentados em frente ao computador e entrar na interdimensionalidade. Vocês vivem na internet. Ficam tão absorvidos por aquela tela, literalmente, derramam sua energia nela.
 
Observem o que está acontecendo com o seu computador. Ele está lerdo neste momento? Está apresentando defeitos? Fica piscando? Trava? É lerdo para abrir os aplicativos? Ele vive lhe pregando peças que você fica amaldiçoando-o e praguejando? Seu computador é um barômetro – especificamente da sua mente, mas também, de certo modo, da sua inteligência divina – de que algo está fora de equilíbrio.
 
Vocês tentaram rodar alguns desses programas de reparo. Tentaram retirar algumas coisas do disco rígido. Tentaram fazer todas essas modificações. Talvez seja a hora de dar uma olhada em si mesmo. Há alguma coisa dentro.... Vocês estão carregando muitas coisas na mente. Ainda estão preocupados com esses arquivos. Em outras palavras, com o passado. São mentais demais. Provavelmente, essa seja a coisa mais específica. Quando seu computador estiver lerdo, significa que vocês estão mentais demais. Seu computador é um aspecto de vocês. É uma parte de vocês.
 
Assim, há muitas coisas que vocês podem fazer. Antes de qualquer coisa, volte ao equilíbrio de corpo, mente e espírito. Outra coisa que podem fazer: é importante nesta Nova Energia – com a tecnologia da qual já falamos antes - é importante fazer um upgrade. Simboliza o upgrade da sua própria consciência. Isso pode significar que chegou a hora de comprar um novo computador, um novo programa. Mas ao fazer isso, não carreguem toda a velharia do seu computador para o novo! Transfiram apenas os arquivos, as partes do passado que realmente querem usar. Não se preocupe tanto com o “e se” – e se eu precisar desse ou daquele arquivo – é provável que não precisem. Podem colocar num desses pequenos CDs e guardar no armário e nunca mais terão que se preocupar com ele, nunca mais vão precisar dele. Seu computador é um aspecto de vocês. Se ele estiver com defeito, dêem uma olhada em vocês mesmos.
 
Outra coisa que é um aspecto de vocês e um barômetro dessa coisa de equilíbrio são suas roupas. Suas roupas. Suas roupas são um interessante barômetro da sua auto-estima e de como se sentem a respeito de si mesmos. Vocês nunca tiveram um dia desses em que vestem alguma coisa e não acham que ficou bom? E trocam. Colocam outra coisa e não fica bom. E aí vocês ficam criticando seu corpo e seu peso. Fazem críticas a respeito do que fica bom e do que não fica. Ficam na frente do espelho e se sentem frustrados e insatisfeitos e experimentam oito roupas. E finalmente voltam para a que tinha escolhido primeiro e ainda não se sentem bem. E assim passam o dia (Tobias puxa o colarinho de Cauldre), “Não está nada bom”.
 
Este é um barômetro ou uma indicação – suas roupas são um aspecto de vocês - de que precisam dar uma olhada na sua auto-estima, equilibrando a parte que respeita vocês. Suas roupas reagem positivamente. Ame-se, respeite-se e essas roupas vão cair como um terno italiano. (risos) As roupas, como elas vestem... Elas têm buracos, o zíper não está funcionando corretamente ou os botões estão caindo? É tudo barômetro do equilíbrio na sua vida.
 
Não é o Espírito que está lá fora tentando dizer-lhes para reunir tudo isso, são vocês e seus aspectos, as coisas mais próximas de vocês. Por falar nisso, também está na hora de comprar roupas novas. Sabemos que muitos de vocês têm resistido dizendo, “Vou continuar passando por mudanças, por isso vou usar minhas roupas velhas mais um pouco.” Mas quando vocês saem e compram roupas novas, um novo você, faz uma afirmação. Ó, não para outras pessoas. Fazem uma afirmação para si mesmos de que estão mudando, de que estão se amando, que estão querendo investir em vocês.
 
Outro barômetro de equilíbrio é a sua casa. Sua casa. Existe a parte bastante física ou a parte mecânica da sua casa. Existem os sistemas de encanamento e de aquecimento, os sistemas elétricos. Como está o funcionamento deles? Entendem, eles estão aí para servi-los. Estão aí para aquecê-los e mantê-los com poder. Estão funcionando bem ou há sempre alguma coisa errada? Vocês podem xingá-los e dizer que a casa é velha, mas literalmente as energias se equilibrarão sozinhas a fim de servi-los se vocês estiverem equilibrados.
 
A casa – sua casa, seu apartamento, o lugar onde habitam – é um aspecto muito importante de vocês. Esperem um momento. Imaginem sua casa. Caminhem por ela. Como se sentem a respeito de sua casa? Acham que se trata apenas de um lugar provisório do qual não vêem a hora de sair? É um lugar bagunçado? Há louça suja por toda parte, coisas quebradas que vocês não consertam? É escura ou clara? Como é sua casa? Sua casa é o seu reflexo. Talvez seja o seu aspecto mais próximo, mais até que os aspectos de vida passada. Sua casa é você e está tentando dizer-lhe que as coisas estão fora de equilíbrio.
 
Todas essas coisas que estão erradas em uma casa estão tentando dizer alguma coisa. Se houver um problema de encanamento, tem a ver com o seu próprio fluxo. É o seu encanamento espiritual – é estreito? Está quebrado? Está vazando? Está vazando? Todas essas coisas são barômetros do seu próprio equilíbrio. Ouça e observe. Fique atento.
 
E agora outro barômetro de equilíbrio, talvez o mais íntimo de todos, seus bichos de estimação – gatos, cachorros, peixinhos – todos os seus animais de estimação. Observem como eles estão agindo? Estão amedrontados e ariscos? Estão lentos e preguiçosos? Não estão comendo? Ou são amigos? Estão felizes? Estão fazendo bastante exercício? São brincalhões? Seus animais de estimação são uma extensão de vocês. São um aspecto seu. São seres biológicos de fato, mas pegam muito da sua energia, por acordo. Estão aqui para servi-los. Olhem nos olhos deles. Segurem-nos, toquem-nos, sintam-nos e observem-nos, porque eles dizem algo sobre vocês, sobre seu equilíbrio.

Equilíbrio da Nova Energia
 
Estando conscientes dessas coisas bem simples, ficarão sabendo onde estão, como estão se saindo. Essas coisas dizem se vocês estão precisando de um momento para reequelibrar a Nova Energia dentro de vocês. Vamos fazer isso juntos agora para que possam entender como se faz.
 
Não há nenhuma dificuldade. Não há regras para isso. O reequilíbrio ocorre sob a premissa de que toda energia busca resolução. Até vocês buscam soluções, embora não sejam energia, sejam consciências. Mas tudo em suas vidas, em seus corpos, em suas mentes, tudo em sua vida está aí realmente para servi-los.
 
Assim, o equilíbrio da Nova Energia, também conhecido como Shaumbra Service Center, simplesmente dediquem um momento para estar neste momento do Agora. Façam algumas inspirações profundas... Tragam um fluxo de energia para dentro de vocês... E, depois, sentem-se e não façam nada a não ser dar permissão para que o equilíbrio ocorra.
 
É como fazer massagem num spa. Vocês não se massageiam sozinhos, não? Vocês não têm que massagear suas pernas, seus braços e suas costas. Não. A energia, a massagista está servindo vocês.
 
Mas aqui nesta Nova Energia, o reequilíbrio, sabemos disso, pode ser difícil lá fora na vida diária dos humanos, é difícil interagir com outros humanos, com os desafios para o seu corpo. Seu corpo enfrenta muitos - como dizer? – desafios em um único dia. Tudo, desde o que é colocado dentro dele até as várias maneiras de lidar com a quantidade de energia. Reserve um momento para dizer, “Querido corpo, querido corpo maravilhoso e lindo, você sabe como se equilibrar sozinho, faça isso”.
 
Compreender que a sua mente está pegando muita coisa, principalmente na era da informação em que vocês vivem, além dos problemas que ela pega de outras pessoas. Reservem um momento para dizer, “Mente, é hora de você se fazer uma limpeza.” Assim como vocês fariam para limpar um disco rígido de computador. Vocês não precisam fazer nada, apenas clicar no botão e deixar acontecer.
 
Suas emoções e seu espírito – cada parte sua - é hora, de vez em quando, de parar para permitir o reequilíbrio. Mas o importante aqui no reequilíbrio da Nova Energia é você não tentar empurrar nenhum problema. Vocês não vão pegar a chave de venda nem o martelo. Vocês não têm que fazer nada a não ser permitir o momento.
 
Peguem cinco minutos, dez minutos. Respirem. Ouçam alguma música maravilhosa que tenham. E depois permitam o processo. Vamos fazer isso juntos por alguns breves momentos. Compreendam que não se trata de nenhum ser angélico, de nenhum guia espiritual ou qualquer outra coisa que está fazendo isso para vocês. Eles facilitam o processo de alguma amaneira em alguma dimensão. Vocês estão dedicando este momento ao seu reequilíbrio.
Inspirem profundamente e permitam seu realinhamento, reequilíbrio e rejuvenescimento, e depois deixem acontecer.
 
 (Pausa)
 
Este é um bom momento para simplesmente respirar. Ó, não entrem em nenhuma disciplina mental aqui. Não precisam recitar nenhum mantra. Não precisam sequer – ou especificamente não tentem – manipular mentalmente as redes de energia. Suas redes de energia, ou como quiserem chamar isso, já sabem o que fazer. Elas sabem o que é equilíbrio. Seu DNA sabe como rejuvenescer-se. Ele sabe. Deixem que ele faça tudo sozinho, ele sabe como trazer a Nova Energia.
 
Vocês estão lá fora como líderes de consciência abrindo novos corredores. É um trabalho difícil quando têm que lutar com uma realidade tridimensional ao seu redor, com a vasta maioria dos humanos ainda na velha consciência. É difícil.
Mas quando vocês chegam ao espaço seguro de permitir seu próprio reequilíbrio – sem nenhum truque, técnica ou dispositivo, simplesmente permitindo-se o reequilíbrio – ficarão surpresos, surpresos com o que cada parte de vocês já sabe fazer. Ficarão surpresos como vocês vêm usando energia à moda da Velha Energia, mas agora, aos poucos, vocês estão aprendendo a usar da maneira da Nova Energia.
 
Respirem profundamente. Dêem permissão para que a sua biologia se reequilibre.
 
 (Pausa)
 
Respirem profundamente... E permitam que todos esses circuitos da sua mente se reiniciem, se religuem e se reequilibrem.
 
 (Pausa)
 
Ó, vocês, lá fora, de maneira simbólica, têm sido uns dragões assassinos. Saem de casa todos os dias para trabalhar, mas na verdade, estão indo abrir consciência, criando novos potenciais. É um trabalho difícil, principalmente quando vocês não percebem o que estão fazendo num nível mais profundo.
 
Inspirem profundamente. Suas emoções estão no limite. Suas emoções estão confusas, para não dizer esgotadas. Inspirem profundamente e permitam que suas emoções se reequilibrem sozinhas. Não precisam forçar nada, só permitir. É muito fácil, muito fácil.
 
E seus espíritos, suas almas, como quiserem chamar, estão se integrando. Estão se envolvendo mais com vocês, com suas vidas, mas ainda está tendo muitas dificuldades com a adaptação de abrir-se para esta dimensão. Façam uma inspiração profunda e dêem permissão para o seu espírito, para o que vocês chamam de self da sua alma, se reequilibrar.
 
O importante aqui, quando fizerem isso – podem fazer quando quiserem – é não forçar nada. Não tentem resolver nada. Não tentem raciocinar nem analisar. Não se julguem nem se critiquem. Apenas dêem permissão para que todas as suas partes se reequilibrem.
 
Podem fazer isso em cinco minutos, literalmente. Podem fazer em vinte ou trinta minutos, conforme acharem melhor. É a consciência de que estão permitindo que todas essas energias estejam a seu serviço de maneira equilibrada.
 
Respirem profundamente...
 
 (Pausa)
 
... Dêem permissão e depois deixem acontecer.
 
Vão se sentir muito mais limpos, mais leves e, definitivamente, vão se sentir mais intuitivos ao fazer isso. Simples demais, Shaumbra.
 
Sim, há humanos que precisam de exercícios complexos. Não entendem de energia nem de consciência. Não compreendem nada do que vocês compreendem de espiritualidade e humanidade. Por isso precisam de cursos complexos – muito complexos. Precisam sentir que estão lutando para poder sentir que conquistaram algo. Mas vocês chegaram a um ponto em que não precisam fazer nada disso.
 
Passando para o próximo assunto. Respirem profundamente.
 
 (Pausa)
 
Agora, vou perguntar-lhes. Vocês conseguem sentir o que estamos - como quiserem chamar - limpando, reequilibrando? Conseguimos sentir, Kuthumi, Saint-Germain e eu conseguimos sentir. É tão real como aquele fogo na lareira.
Respirem profundamente...

Lei da Atração
 
Queremos conversar por um momento aqui, antes de entrar no nosso assunto final do dia, queremos dedicar um momento para falar dessa coisa chamada Lei da Atração. Nos perguntaram sobre isso em nossa entrevista – minha entrevista – ontem à noite... Obrigado! (risos) Nos perguntaram sobre isso ontem à noite e queremos explicar isso a todos os Shaumbra. Tem havido muita discussão em torno da Lei da Atração. “ O que é isso? Funciona? Como posso fazer para que ela funcione melhor na minha vida?” Essas são as principais perguntas.
 
Sim, há uma lei espiritual, e também uma lei da física, chamada Lei da Atração. Vocês são um imã, e estão atraindo tudo para a sua vida para apoiar suas escolhas, seja consciente ou inconscientemente. Tudo o que acontece a vocês em determinado dia baseia-se na Lei da Atração. É frustrante, porque vocês quase nunca percebem que estão criando. Ou, pior ainda, vocês atribuem a responsabilidade à outra pessoa. Dizem, “Não sou eu que crio isso. Está vindo de fora.” Mas, na verdade, é a sua própria Lei da Atração.
 
Agora, aqui é onde nos preocupamos um pouco ao lidar com esta atração, ao lidar com suas próprias criações. Os humanos compreendem uma parte desta teoria ou princípio da atração, mas lidam com isso de forma mental e humana. E eles dizem, “mas se essa Lei da Atração funciona, vou atrair $100 para mim. Vou atrair uma aparência mais jovem para mim. Vou atrair um trabalho melhor. Vou atrair um parceiro sensual para a minha vida. E a lista continua, e nós ficamos um pouco frustrado deste lado ao vermos que todo este conceito de Lei da Atração está sendo muito, muito limitado, porque o eu humano está dizendo, “Minhas necessidades primeiro”. O eu humano está basicamente empurrando o eu da alma para o lado e dizendo “Tenho que ter todas essas coisinhas”. Tenho que atraí-las para minha vida".
 
Como vocês sabem, em geral isso não funciona bem. E depois vocês ficam frustrados e pensam que as outras pessoas são especialistas em Lei da Atração e que vocês são uns babacas! (risos) E ficam muito confusos e fazem mais cursos e mais terapia, consultam mais videntes tentando descobrir porque não estão atraindo coisas para sua vida. É simples: porque é mental, é humano.
 
Na verdadeira energia da Lei da Atração, vocês não precisam se preocupar com as pequenas coisas. Elas se cuidam sozinhas. E agora voltamos ao princípio de equilíbrio. Vocês não precisam tentar atrair $100. Eles já estão com vocês simplesmente vocês não percebem. Não precisam fazer exercício mental para atrair o tipo certo de companheiro ou qualquer coisa da longa lista de Natal das coisinhas humanas que estão tentando atrair para si.
 
E Shaumbra, não estamos sendo irônicos com vocês. Na verdade, estamos falando mais para outros humanos do que para vocês que estão aqui. E, sim, há um elemento de Saint-Germain e Kuthumi chegando. (Tobias ri e a audiência também) Eu, Tobias, nunca falaria com tanta irreverência!
 
A Lei da Atração realmente refere-se à atração da alma, do  eu da alma ou do espírito, como quiserem chamar isso. É a atração das necessidades, dos desejos ou, acima de tudo, da expressão da consciência. Consciência! Ela precede qualquer coisa. Sua consciência, de certa forma, não se importa absolutamente com suas necessidades humanas. Não se importa com seu eu humano, porque ela compreende que isso é temporário. O pequeno eu humano nunca foi projetado para assumir o controle do reino. Mas o pequeno eu humano saiu um pouco do controle, como diríamos, e empurraram as necessidades da alma, as necessidades da consciência para fora do caminho.
 
As necessidades da consciência são muito simples – ou seus desejos, diríamos – são muito simples. É expandir-se e expressar-se em um estado constante de expressão. É o que a consciência adora fazer porque através da expressão ela celebra a vida, seja a vida em um corpo humano ou a vida em dimensões não-físicas. Mas é um desejo de se expressar continuamente. É a canção da criação. É a lei da atração.
 
E a consciência – o espírito – tem um desejo contínuo de se expandir, de sentir mais, como vocês dizem, ou de saber mais, mas não do saber intelectual. É um saber de sabedoria – Eu sou o que sou. Essas são suas necessidades. Essas são as coisas que atraem outras coisas para ela. E quando o pequeno humano entra e trapaceia a consciência com suas pequenas necessidades como $100 ou o que quer que seja, ele cria este tipo de confusão e este tipo de sentimento de se estar perdido ou de incapacidade.
 
Então, dêem uma olhada por um momento no eu da alma, na sua consciência. O que a sua consciência realmente adoraria fazer? O que a sua consciência adoraria atrair para si? Saiam da mente e da limitação humana. Entrem na sua consciência. Vocês dizem, “Eu não sei o que é minha consciência”. Ó, sabem, sim. Sintam-na. Consciência é você? Consciência é a sua expressão. O que ela busca atrair? O que ela está atraindo neste exato momento?
 
Unam-se à sua consciência, ao seu espírito. Vão começar a atrair um tipo totalmente diferente de energia para a sua vida. Vão começar a perceber que não precisam trabalhar ou manipular essa energia. Não precisam escolher as palavras nem a maneira de expressar o que optarem por atrair. Vocês ficam tão presos nisso às vezes, em dizer da maneira correta... “Talvez seu espírito não tenha ouvido certo”.
 
Quando atingirem esse nível de sabedoria ou de escolha da consciência, vamos chamar assim. Escolha da consciência. Uma vez que tenham atingido esse nível, nunca mais terão que se preocupar com os pequenos detalhes humanos, porque tudo já está aí. O dinheiro não será $100. Será $1000 ou $10.000 ou $100.000, e estará aí. Virá de onde você praticamente acha que é uma fonte desconhecida. Estará naquele momento. É assim que a Nova energia funciona. Pessoas, amigos, pequenos conhecimentos… Isso tem acontecido com vocês com certa freqüência, Shaumbra, quando acontece de vocês saberem alguma coisa e vocês ficam surpresos com as palavras que saem da sua boca, porque não se deram muito crédito. Mas o conhecimento, as palavras, até mesmo os fatos, simplesmente surgem naquele momento.
 
Quando vocês realmente compreenderem a lei da atração da alma ou da atração da consciência, nunca mais terão que gastar sua energia com pequenas coisas, com pequenos detalhes irritantes. Simplesmente estarão lá. Os Mestres compreendem isso e vocês, Shaumbra, estão começando a compreender e a aplicar em suas vidas. Permitam que isso venha para suas vidas de modo que possam mostrar a outras pessoas como isso funciona bem.
 
A Lei da Atração não é um exercício mental. Não é visualização nem afirmação. Esses exercícios são mentais e vão acabar deixando-os frustrados e novamente acreditando que não são criadores. Sintam, percebam e escolham o que é que a sua alma ou consciência escolhe atrair.
 
Com isso, vamos fazer outra inspiração profunda e passar para o próximo nível do dia.
 
 (Pausa)
 
Vamos pedir-lhes... Estamos surpresos com a rapidez com que a energia muda, o quanto estamos nos movendo juntos hoje. Pedimos a vocês para sentir isso por um momento.
 
 (Pausa)

Os Dez Compromissos
 
Vamos falar sobre Moisés. O Moisés Sagrado. (risos) Recentemente um grupo de Shaumbra nos perguntou, perguntou a Sain-Germain, sobre Moisés e os Dez Mandamentos. Saint-Germain preferiu aguardar para responder à pergunta a fim de compartilhar com mais Shaumbra.
 
Assim, vamos falar dessa pessoa querida, Moisés, que eu conheço em outras dimensões. Ele já esteve aqui como convidado. Moisés também encarnou como o que vocês chamam de Maomé. Moisés é maravilhoso para resolver problemas do povo, se eram escravos, se eram pobres, ele era excelente nisso. Entrar em grupos dos mais necessitados e carregar seus problemas.
 
Eu digo isso a Moisés – eu disse isso ao próprio Moisés em uma de nossas discussões – ele não era um bom líder, realmente. Carregou coisa demais em seus ombros. Aborrecia-se muito com as coisas. Moisés tinha um péssimo humor! Mas também foi um mártir por seu próprio mérito... (Tobias começa a rir) Cauldre finalmente acordou e está ouvindo a canalização! (muitos risos da audiência e de Tobias) É isso que você ganha, Cauldre, pela soneca! (mais risos). Deixamos escapar essa bem perto de você. Sim, Cauldre, estamos falando dos Dez Mandamentos. (mais risos)
 
Bem, para resumir! Assim, Moisés, aproximadamente em 1300 AC, há muito, muito tempo, Moisés subiu ao topo da montanha – Monte Sinai – e encontrou a sarça ardente. Bem, ele pensou que fez isso. Foi um tipo de ilusão, mas foi sua própria raiva e sua própria frustração com seu povo e consigo mesmo, com sua liderança. Ele sentiu “Que tipo de líder é esse que passa 40 anos vagando pelo deserto? (risos) Que tipo de líder é esse que não consegue dar respostas ao seu povo? Que tipo de líder sou eu?”, pensava ele, subindo a montanha. Mas realmente muito aborrecido com seu grupo. Achava que eles eram uns incapazes. Sentia que se eles eram estúpidos o suficiente para seguir um líder ineficiente, eram realmente estúpidos. (risos)
 
Assim, ele subiu ao topo da montanha e encontrou a sarça ardente, que, na verdade, era um símbolo da sua própria ira e frustração. E também era um símbolo de transformação porque ele e seu povo estavam achando que tinha realmente chegado a hora – precisou chegar – de algumas mudanças. Assim, nesse inspirado momento de consciência Moisés ouviu a voz de Deus, mas que, na verdade, era sua própria voz. Ele estava ouvindo um Shoud bem no topo da montanha com sarça ardente. Atribuiu isso a Deus, claro, porque não sabia a quem mais atribuir.
 
Mas neste momento inspirador, ele recebeu os Dez Compromissos do Espírito, os compromissos do que o Espírito – seu espírito – fará por vocês. Dez compromissos que o seu – o que vocês chamam de Eu Superior, seu eu divino, tem com vocês todo dia. Moisés recebeu esses compromissos. Obviamente que ele não os escreveu nas tábuas naquela hora. Seria muito peso para carregar montanha abaixo. (risos) Mas ele desceu a montanha depois dessa experiência incrivelmente transformadora e sagrada, pleno do que vocês chamam de luz, pleno de nova consciência, louco para renuir seu povo e contar-lhes sobre os Dez Compromissos do Espírito ou de Deus. Para compartilhar com eles o desejo de Deus de co-criar, de compartilhar com eles o fato de o Espírito já estar lá e de ser eles.
 
Mas, conforme descia a montanha, de volta para a vila, ele viu pessoas lutando entre si. Viu mercadores ludibriando fregueses. Viu pessoas roubando comida e coisas umas das outras. Viu pessoas praguejando umas às outras. Viu um casal fazendo amor no fundo de um beco, embora não fossem casados. Já entenderam, não? E ele disse, “Querido Deus, como posso compartilhar esses Compromissos que você deu com esses humanos decrépitos que ainda estão me seguindo? Como posso dar-lhes esses Compromissos, pois eles os profanarão? Farão até pior. Querido Deus, temos que conversar de novo”.
 
Deu meia-volta e subiu a montanha novamente – desta vez sem sarça ardente – sentindo-se muito zangado e aborrecido com seu povo, disse, “ Eles não precisam saber dos compromissos do Espírito, eles precisam de mandamentos. Precisam de regras, precisam de leis”. Jogou fora a inspiração que recebera. Desceu a montanha novamente, encontrou uma pessoa para gravar isso, sentou-se diante deles enquanto gravavam seus pensamentos e, realmente, originalmente, veio com os doze mandamentos.
 
Ao longo do tempo esses mandamentos sofreram mudanças, revisões e traduções chegando ao que vocês conhecem como os Dez Mandamentos e durante uns 3.300 anos eles têm sido a base da consciência da sua sociedade, por que boa parte do mundo atual segue esse tipo de religião ou filosofia. Portanto, isso está bem entranhado na consciência, e é desejo de vocês hoje, juntamente com Saint-Germain, Kuthumi, eu e a energia de Shaumbra falar sobre os Dez Compromissos da Nova Energia, os Dez Compromissos do Espírito.
Agora vou recitar o velho Mandamento – e gostaríamos se transformasse em uma interação de grupo – e vocês dizem “Moisés Sagrado!” (muita risada) chocados com o fato de isso algum dia ter sido gravado em uma tábua. E lhes explicaremos os Compromissos da Nova Energia do Espírito.
 
Mandamento número um: Sou o seu Senhor Deus. Não terás outros deuses diante de mim.

SHAUMBRA: Sagrado Moisés! (muitas risadas de Tobias e da audiência)
 
TOBIAS: O Compromisso da Nova Energia é muito simples – você também é Deus. Vocês são Deus também. Vocês são. Não existe nenhum pai no céu ou algo assim. Vocês são o criador. Vocês são Deus também. É simples, e esse é o compromisso, o compromisso que o Espírito já está aqui e já está dentro de vocês.
 
Agora o segundo mandamento: Não adorarás falsos ídolos.
 
SHAUMBRA: Sagrado Moisés! (Tobias rindo e risadas da audiência)
 
TOBIAS: O Compromisso da Nova Energia é que vocês realmente têm todos os instrumentos dentro de vocês. Não precisam procurar por elas em nenhum lugar – todos os instrumentos. Vocês não precisam adorar cristais nem precisam esculpir estátuas de Deus. Podem admirar as belezas das coisas da Terra, mas vocês já têm todos os instrumentos dentro de vocês. Não procurem fora, porque eles já estão dentro.
 
Mandamento número três: Não tomar o santo nome de Deus em vão.
 
SHAUMBRA: Sagrado Moisés!
 
TOBIAS: A Nova Energia – ame-se e respeite-se. Ame-se. Não se sinta culpado por amar quem você é. Foi colocado na consciência que é errado amar-se. Então os humanos tendem a se amaldiçoar. Trata-se de amar-se sem julgamento, aberta e livremente.
 
Mandamento número quatro: Guardar o sábado.
 
SHAUMBRA: Sagrado Moisés!
 
TOBIAS: Isso é igual ao filme Rocky Horror Picture Show! (Tobias e audiência riem)
 
Dediquem um tempo a si próprios. Dediquem um tempo à respiração, ao reequilíbrio. Há tanta demanda de tempo e energia que vocês são puxados para todas as direções. À noite, vocês caem na cama exaustos, mas não conseguem dormir porque se preocupam com tudo e todos. Dediquem um tempo a si mesmos.
 
Próximo mandamento: Honrar pai em mãe.
 
SHAUMBRA: Sagrado Moisés!
 
TOBIAS: Agora como dissemos antes, se o Espírito realmente conhecesse seu pai e sua mãe, nunca teria escrito esse mandamento! (risadas) Na Nova Energia, trata-se de honrar o masculino e o feminino. Honrar o filho e os pais. Honrar todas as suas partes, todos os seus aspectos, permitindo-lhes voltar para casa, para vocês neste momento do Agora, na sua realidade. Honrar tudo o que se refere a vocês mesmos.
 
Próximo mandamento: Não matar.
 
SHAUMBRA: Sagrado Moisés! (risos)
 
TOBIAS: Bem, esse é muito óbvio na Velha Energia, eu acho. Na Nova Energia – desfrute a vida. Goze a vida. É simples assim.
 
Vocês estão aqui na Terra. Assumiram tarefas e obrigações difíceis de serem líderes de consciência – gozem a vida. Vocês têm muitas regras criadas por pessoas como Moisés sobre... (Tobias ri)... O que podem e o que não podem fazer, assim vocês acham que é pecado gozar a vida e esse conceito tem sido perpetuado por praticamente tudo e todos. Mas que maior alegria do que realmente gozar a vida?
 
Apreciar a comida que comem, assim ela não se transformará em gordura no seu corpo. Ela se processará naturalmente livrando-se do que não precisa. Tenham prazer tirar um tempo livre, mesmo que seja para ler um livro, assistir televisão. Aproveitem a vida do momento que acordam até o momento em que vão dormir e também durante os sonhos. Gozem a vida. Como dissemos antes, estar aqui não é um castigo. Não é uma sentença de prisão. Não é um carma ruim que estão trabalhando. Por favor, gozem a vida.
 
Respirem profundamente aqui...
 
 (pausa)
 
Certamente. Agora, o próximo mandamento: Não roubar.
 
SHAUMBRA: Sagrado Moisés!
 
TOBIAS: Caros Shaumbra, vocês têm toda essa energia no seu interior. Não precisam tomar de ninguém e não precisam dar a ninguém. Há muito tempo, as pessoas roubam sua energia e vocês roubam a delas. Mas vocês chegaram a um ponto de soberania que percebem que a energia está dentro de vocês. Vocês têm toda a energia no seu interior.
 
Compreendam que não precisam roubá-la nem deixar que ninguém a roube de vocês. Procurem no seu interior as respostas, as soluções, qualquer coisa da sua vida. Não precisam roubá-la não deixem que roubem de vocês.
 
Respirem isso profundamente...
 
 (pausa)
 
Próximo... Este é interessante: Não cometer adultério.
 
SHAUMBRA: Sagrado Moisés!
 
TOBIAS: (rindo) Alguns de vocês se sentiram muito culpados quando eu disse isso! (risadas) Por favor, liberem isso. Essa é uma energia cármica difícil se se ligarem a ela.
 
Este mandamento se refere, na verdade, novamente, a amar a si próprio. Refere-se a ser verdadeiro consigo mesmo, com o que vocês são. Não precisam procurar a resposta em nenhum outro lugar, refere-se a ser verdadeiro consigo mesmo. Vocês não precisam trapacear com vocês. Não precisam mentir sobre sua vida. Refere-se a aceitar todas as suas partes. Refere-se mais uma vez, a amar-se. Essa é a maneira da Nova Energia.
 
Respirem profundamente...
 
 (pausa)
 
... E sintam como a energia está mudando.
 
Próximo mandamento: Não levantar falso testemunho contra teu vizinho.
 
SHAUMBRA: Sagrado Moisés!
 
TOBIAS: Shaumbra, na Nova Energia, refere-se mais uma vez a confiar em si próprio. Confiar em tudo o que se refere a vocês. Que coisa maravilhosa confiar em quem você é. Confiar muito em quem vocês são, uma vez mais, vocês não precisam mentir, não precisam trapacear, não precisam roubar.
 
Vocês são o que são, e sentem orgulho em dizer isso. Vocês sabem que são Deus manifesto na Terra. Vocês sabem que são capazes de se equilibrar em qualquer momento. São capazes de criar nova consciência.
 
Agora o último mandamento: Não cobiçar os bens do próximo.
 
SHAUMBRA: Sagrado Moisés!
 
TOBIAS: E assim, jogamos fora todos os velhos mandamentos.
 
E o último sobre não cobiçar os bens do próximo, refere-se a olhar novamente para a sua vida neste exato momento. Não precisam invejar ninguém. Não precisam desejar que tivessem feito de outra maneira. Refere-se a respeitar e honrar a si próprios pela maneira que escolheram agir no passado. Refere-se a pegar o que vocês consideram um erro que cometerem na vida e entrar nessa energia e perceber isso como uma experiência apenas. Foi uma escolha feita por vocês que os trouxe a este lugar. Não foi nada que fosse um erro, na verdade, foi algo que trouxe experiências maiores para o espírito da sua vida.
 
O compromisso do Espírito na Nova Energia é apoiá-los, reequilibrá-los, estar em vocês, rejuvenescê-los, conhecê-los e amá-los. Mas não se trata de um espírito em algum lugar distante. É o seu Espírito neste exato momento. E esses são os Compromissos do Espírito na Nova Energia.
 
Com isso, Shaumbra, vamos fazer uma inspiração profunda, equilibrando a respiração neste dia...
 
 (pausa)
 
... E liberando todos os velhos mandamentos. Seja eles de Moisés ou os criados por vocês mesmos, libere-os. Vocês estão neste momento do agora. Estão nesta energia. Façam um compromisso com vocês mesmos de ser, amar, experienciar e expressar.
 
Eu sou. Namastê, e assim é. (risadas e aplausos)

Tradução para o Português: Sonia Bidutte   bidutte@terra.com.br

Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, com o pseudônimo de "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com. O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.

O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.

Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.
 
As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.

O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.

Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.

Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com todo este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado. Veja a pagina de contatos no website http://www.crimsoncircle.com/

 © Copyright 2007 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.