Kuthumi: Conferência de Verão 2009



CÍRCULO CARMESIM
CONFERENCIA DE VERÃO DA NOVA ENERGIA 2009
Breckenridge, Colorado E.U.A.
________________________


Kuthumi lal Singh
Canalizado por Geoffrey Hoppe
Sábado, 18 de Julho



Namastê! (A platéia responde: “Namastê!”) Namastê! (A platéia responde novamente: “Namastê!”)
Mais uma vez, para todo o mundo: Namastê! (A platéia responde: “Namastê!”)
Saudações, queridos Shaumbra! Sou eu, Kuthumi... Que deleite é estar de volta com todos vocês aqui, no alto destas montanhas, ouvindo os sobretons desta música - o meu tipo de música - para nos receberem...
Dêem-me apenas um momento para plenamente trazer até aqui minhas energias e expressar o amor do Deus dentro de mim para o Deus dentro de vocês...
E também a honra do Deus dentro de mim para com Deus dentro de vocês...
Assim como o respeito do Deus dentro de mim para o Deus dentro de vocês!
E isto é... Namastê! Este é o encontro e a reunião dos Deuses que Somos! É isto que estamos fazendo agora!
Hum... respirando e sentindo... Permitam-me repeti-lo e... desta vez realmente adentrem seus sentimentos...

Namastê... Do Deus dentro de mim para o Deus dentro de vocês!
Que bênção a de hoje...! Acompanhada talvez de um pouco de tristeza, pois como vocês já descobriram em suas próprias vidas, cada tristeza traz também a sua felicidade. Toda percepção da escuridão tem a sua própria luz. Cada curva errada é na verdade uma virada acertada... Quando vocês incorporarem estes simples princípios e, como disse Tobias noutro dia, superarem a ilusão de se sentirem errados, permitindo-se relaxar e gozar a vida, somente então poderão de fato ascender...


Higiene Energética


Hoje, portanto, nossa conversa com vocês terá duas partes. A primeira se intitula “Higiene Pessoal com o Treinador Kuthumi” (risadas) ou “Conselhos Para Um Mundo Sujismundo”! (mais risadas)
Sim, eu me sinto um pouco como o treinador ou supervisor de sua época de escola, que provavelmente lhes dizia: “Ensaboem todo o corpo, lavem-se nas partes de cima e nas partes de baixo e não se esqueçam do Sr. “P” ou da Srta. “V” (risadas), nem das dobrinhas nem das orelhas. (risadas) Limpem, lavem, banhem, ensaboem e esfreguem todas as partes do corpo. Agora parem... Já estão esfregando demais aí... Mudem para outro lugar...” (muitas risadas) Oh sim, eu me lembro de como é ser humano... (mais risadas) Hmmm, hmmm, hmmm, hmmm, hmmm, hmmm, hmmm hmmm hmmm hmmm (Kuthumi cantarola, simulando esfregar-se no banho.) Ah, coitada da
Linda... Pobre e querida Linda... (muitas risadas da platéia, acompanhadas dos gracejos de Kuthumi) Oh, ela está rindo por dentro... (mais risadas)
Sim, a higiene pessoal é algo realmente necessário e apropriado, porém hoje discorreremos sobre outros tipos de higiene. Presumindo que vocês se banhem regularmente, não precisaremos nos concentrar neste aspecto, mas naquele da higiene energética.
E o que seria higiene energética? Obviamente - e até certo ponto - ela começa no cuidado com o próprio corpo, pois além de dedicarem um tempo para se purificarem e refrescarem, mantê-lo limpo também é um ato simbólico que sinaliza esse carinho para todos os outros campos energéticos.
Mas como a maioria de vocês sabe, é muito fácil capturar energias, pois elas estão por todos os lados. E ao mesmo tempo em que esta sala está repleta de belas energias angelicais, também se preenche com as energias de parasitas e vírus energéticos... Gosma energética e, por que não dizer?
Excrementos energéticos! Tudo isso está por aí, flutuando ou agarrando-se aqui e ali... E quão mais sensíveis e integrados vocês se tornam, maior a tendência de captarem tais energias “odoríferas” em todo o corpo. E embora a maioria dos outros seres humanos não possam detectar tais odores, os anjos que se dão ao respeito podem... Sim, nós podemos perceber esse cheiro em vocês...
Vocês, portanto, fazem bem em quererem limpar seus corpos físicos. Falemos todavia de algo ainda mais importante: a limpeza da mente. A mente é apenas um grande campo energético programado e sintonizado para determinados padrões e freqüências. A mente acaba arrastando consigo um monte de lixo, como vocês provavelmente já notaram... É importante purificar a mente, o que pode ser feito muito facilmente através da respiração. Sim...
dedicando diariamente alguns minutos à respiração consciente. Ao fazê-lo, vocês permitem que suas próprias energias mais puras, como também as energias cristalinas exteriores, possam literalmente lavar vocês, removendo muitos dos pensamentos e energias desnecessários agarrados às suas mentes.
Outros ótimos purificadores mentais são as músicas e canções... e vocês já ouviram várias hoje... Ah, cantar... Cantar é quase como respirar, pois ao cantarmos saímos de nossas mentes. E quando o fazemos, mesmo que por poucos momentos, a própria mente naturalmente ativa um mecanismo que
lhe é inerente, o qual a purifica e libera daqueles pensamentos que não são mais apropriados para o novo status vibratório e expansivo de vocês. Mas quando alguém está sempre se revolvendo e remexendo em sua própria mente, não permite que ela possa se refazer e purificar...
Enfim... respirem, ouçam música, cantem e - isso é realmente importante e o digo seriamente - contem uma piada! Façam humor, graça ou troça de alguma coisa! Vocês programaram suas mentes para serem graves, sisudas e chatas, achando que tudo deve ser muito sério... supondo que assim conseguirão compreender tudo... Mas como já sabem que não o conseguirão mesmo, liberem a mente agora! Deixem-na fluir naturalmente...
A expansão e a resolução de suas energias são coisas inerentes à essência de vocês. Assim, quando contam uma piada, saem de sua regularidade mental por alguns momentos e ficam mais leves.
Alguns de vocês simplesmente têm pavor de contarem uma piada, achando que poderão ofender alguém... Ora, mirem-se no exemplo de Saint-Germain! (risos da platéia e de Kuthumi) Não se preocupem com a possibilidade de ofenderem os outros. Vocês não estão mais nessa Velha Energia... Vocês não mais dirão algo completamente “sem noção”. O importante é se permitirem
expressar e saírem do foco mental.
Essa é uma bela forma de limpeza da energia mental. Usando uma analogia computacional, é como reorganizar todos aqueles diretórios e arquivos. A partir daí poder-se-á então introduzir métodos mais eficientes para o uso do cérebro, da mente e do intelecto nesta Nova Energia. Vocês descobrirão que a mente pode ser muito mais rápida e eficiente do que ela é agora, consumindo
menos energia e causando menos estresse a vocês.
A propósito, seus campos energéticos pessoais vão um pouco além do corpo e da mente. Vocês transportam consigo essas coisas chamadas auras, que são os campos energéticos que se conectam com suas próprias experiências pessoais, para elas trazendo novas energias e delas liberando os padrões antigos. É uma parte integrante de seus seres, porém freqüentemente mal compreendida por vocês mesmos. Todos já ouviram falar sobre a aura, mas vocês realmente não a entendem. Suas auras sempre lhes acompanham, mas elas tendem a reter grande quantidade de destroços e lixo energéticos. Ao simplesmente passearem por aí - conforme anteriormente mencionado pela Coletiva Pleiadiana¹ - basta vocês entrarem numa loja e já captam energias de outras pessoas. Mesmo que essas energias não entrem em seus corpos ou mentes, muitas vezes se agarram aos seus campos energéticos e lá se acumulam...
_________________________
¹ Canalizada por Wendy Kennedy

Energias Psíquicas Obscuras

Mas existem outros tipos de energia que... vocês poderiam chamar de “energias espiritualmente radioativas”, as quais vocês vêm de fato captando ultimamente, causando-lhes confusão e desgosto... Como vocês se tornam mais conscientes a cada dia, ainda mais sensíveis ficam a tais incisivas energias. Elas são como ouriços com espinhos cortantes que penetram seus campos etéreos, invadindo diretamente o corpo e a mente. Trata-se de energias daquilo que anteriormente foi chamado de magia negra, bruxaria ou de artes das trevas, as quais vocês vêm acumulando em seus campos energéticos.
Há várias razões para tanto. Em primeiro lugar, algumas delas são literalmente antigas maldições e feitiços de magia negra que vocês lançaram sobre outras pessoas em vidas passadas. E a ironia acerca de qualquer forma de magia negra é que ela sempre volta para quem a enviou. E, assim como
todos os seus aspectos estão retornando agora, vocês também estão sentindo uma grande quantidade desta antiga magia negra que lançaram - na forma de maldições, feitiços e todo o resto - voltando diretamente a vocês... Opa! Não sejam tão ingênuos para acharem que toda aquela antiga magia
negra não voltaria também...
Você também estão sentindo ataques psíquicos vindos de outras pessoas. Elas não estão necessariamente conscientes de que o fazem, mas está acontecendo... Pois na medida em que mais e mais pessoas criam para si um estado mental ligeiramente demente (risos), isso as leva a experimentar uma condição psíquica ou espiritual também demente. Elas acabam em algum limbo entre a Terra e as outras dimensões, sentindo-se muito confusas e perdidas... E o que elas tendem a fazer é lançarem para todo lado o que vocês chamariam de obscuras flechas mágicas. Embora não as direcionem a ninguém em particular, adivinhem para quem as flechas são primeiramente atraídas? Para aqueles que estão mais abertos e elevam suas vibrações e consciências: vocês.
Respiremos profundamente... (pausa)
E enquanto a Terra realiza sua transição para a Nova Energia, também estão sendo rogadas várias e deliberadas “pragas”, ou o que chamaríamos assaltos energéticos obscuros, da parte de muitas Velhas Energias, bem como por parte de aspectos, culturas e civilizações que não querem ver isso acontecer. Alguns deles literalmente existem nesta esfera física, ativamente praticando energias muito obscuras... Outros existem nas dimensões próximas à Terra, donde perpetram e lançam ataques desta confusa energia diretamente sobre a Terra. Eles têm uma agenda, investidos que estão nas velhas maneiras, pois mantêm a crença subjacente de que eles deixariam de existir caso a Terra venha a passar por esta evolução. Eles estão dispostos a deliberadamente fazerem qualquer coisa, sentindo-se plenamente justificados em tal resistência...
Então o que vocês estão sentindo nada mais é do que todas estas energias chegando, mas nada há com que se preocuparem. O que também está acontecendo é que a energia divina de vocês - a energia de sua própria “superalma” - está se aproximando cada vez mais... preenchendo vocês, partícula por partícula, adentrando seus campos energéticos, corpos e mentes... E o brilho dela também atrai algumas destas difíceis e obscuras energias presentes na Terra... Embora isso possa soar um pouco assustador e ameaçador - e percebo o nível de ansiedade aqui disparar até o teto e além - não é realmente grande coisa... Nada de mais... É apenas energia... E isso
é tudo. É claro, trata-se de energias que foram empacotadas, moldadas e conformadas numa determinada estrutura e lançadas sobre vocês. Mas continuam sendo apenas energias e, com uma simples e pequena mudança de perspectiva, o que vocês perceberão é que não mais serão arrastados para
baixo por essas Velhas Energias. Vocês não mais as carregam consigo por aí. Elas se transformam em energia pura, a qual retorna para servi-los.
Então, o que farão vocês? Bem, vocês sabem que a primeira parte da resposta é... respirar!
Respiremos pois juntos agora!
E enquanto estivermos respirando, inalemos aquelas energias. Oh sim, inspirem-nas! Parem de resistir a elas! Parem de tentar afastá-las. Tendo sido mestres de trabalhos energéticos obscuros - algo que todos nós fizemos num momento ou outro - e agora sendo mestres da Nova Energia, vocês não têm mais que correr ou fugir delas. Vocês passaram muitas existências fugindo das energias obscuras, porque vocês já estiveram lá... Vocês costumavam trabalhar com elas. Vocês compreendem a intensidade e a potência delas...
E quando vocês decidiram não mais se aprofundarem nessas energias, ficaram realmente assustados com elas e começaram a fugir e se esconder. A própria menção a energias obscuras, psíquicas ou alienígenas já consegue provocar medo em vocês. Mas o medo lhes pode fechar o coração e limitar a mente... E tão somente falarem sobre as artes das trevas já pode fazer com que parem de respirar, travem e se sintam minúsculos...
Mas eu lhes convido a respirá-las, com a compreensão de que elas são apenas energias, as quais não podem mais voltar-se contra vocês. Os outros já não podem manipulá-los. Seus aspectos já não podem controlá-los. Aqueles que perambulam nos outros domínios dimensionais já não podem
assombrá-los quando vocês respiram! Sim, eu sei... há um pouco de tensão aqui no salão, pois alguns de vocês se perguntam: “Mas e se eu inspirar essas energias e me tornar obscuro?”
Este é apenas o velho receio que as trevas - as energias psíquicas abusivas - mantiveram sobre vocês por tanto tempo... Assim, tudo o que elas fazem é criar a percepção de que elas podem fazer algo a vocês, como se bastasse que vocês abrissem tal porta apenas um pouquinho para serem condenados ao inferno e ao controle delas... Mas nós somos meninos e meninas crescidos agora.
Compreendemos como funciona a energia. E em apenas um momento entenderemos como as energias podem ser absolutamente purificadas e como manifestar a higiene pessoal em todos os seus campos energéticos.
Portanto, ao invés de correrem, bloquearem e se esconderem de todas estas energias ao redor, sejam aquelas que tentam agarrar-se à dualidade ou ao sofrimento ensinado pelas religiões, sejam aquelas que ainda se apegam à crença no carma ou à crença em céu e inferno... Todas essas energias estão
em ação ao redor de vocês. E quão profundamente elas lhes afetam em certos dias, fazendo com que vocês se escondam... Mas vocês podem muito facilmente purificar e transmutar essas energias, sem recorrerem à mente...
A primeira coisa a fazer é respirar, realmente respirar.
Respirem como se nada tivessem a temer ao inalarem tais energias, pois de fato vocês nada têm a temer!
Respirem como se o amor divino dentro de vocês soubesse que elas são apenas energias, pois em verdade assim é...
Elas não são trevas nem luz - apenas energias. E elas não tentarão controlar vocês ou lhes causar danos. Elas existem para servi-los - não importam quais ilusões tenham sido criadas com elas - seja por aqueles que agora tentam manifestar esses assaltos psíquicos, seja por suas próprias trevas do passado. Não importa... Elas existem para servi-los. E, após realmente respirarem, façam algo extraordinário! Imaginem algo - qualquer coisa que
quiserem. Simplesmente imaginem... A imaginação é um dos maiores dons que vocês possuem. A imaginação cria a realidade e as suas sub-realidades. A imaginação é um farol de luz para vocês mesmos [quem vocês são] e também para quem escolhem ser.

Imaginação

Falemos agora sobre a diferença entre a imaginação e a visualização mental. A imaginação é aberta e livre. Ela não tenta estabelecer um foco nem provém da mente... Pode-se dizer que ela vem do coração, da inspiração e do Divino...
Não estou dizendo para imaginarem “pequeno”, mas para imaginarem “grande”! Não estou dizendo para imaginarem em nome do mundo, mas para VOCÊS e por VOCÊS.
Vocês podem imaginar até mesmo este momento no Agora. Alguns de vocês dizem: “Mas eu achava que o ato de imaginar se desse somente em relação ao futuro...” Ah, não... Em verdade pode-se imaginar o Agora. Façamos isso juntos!
Imaginemos estar sentados no topo de uma montanha, reunidos num lindo dia de sol, com a glória de Gaia irradiando-se por toda a parte... Imaginemos estar sentados, reunidos num salão, compartilhando nossas energias, nosso amor, nosso espaço seguro e nossa jornada juntos...
Imaginemos isso por um momento... Imaginemos haver música e riso... Imaginemos Shaumbra em todo o mundo conectando-se conosco... Respirem tal visão e imaginem...
Imaginem este glorioso quadro - que está acontecendo exatamente agora. Imaginem-se rodeados por anjos que lotam este salão, vindos de todas as partes da criação, para participarem desta celebração! Imaginem isso por um momento...
E no momento em que imaginarem, libertem-se. Abram-se. Deixem-se fluir nas criativas e dinâmicas energias divinas...
Vocês acabam de transmutar qualquer energia obscura ou estagnada, quaisquer assaltos ou flechas psíquicas... Vocês acabam de transformá-las... Simples assim... Simples assim!
Vocês podem imaginar-se flutuando numa nuvem se quiserem... Vocês podem imaginar-se entoando as canções da banda Yoham juntamente com os músicos. Vocês podem imaginar-se deitados em suas camas pouco antes de adormecerem, no lindo limiar entre este mundo e o dos sonhos... Não importa...
Vocês podem imaginar-se jantando a mais deliciosa e requintada refeição que jamais provaram. Não importa necessariamente o que você imaginam. Importa que o façam. A imaginação é a sua expressão. Ela é vocês - expressos! A imaginação é o expressar e o abrir da alma... E no momento em que o fazem, Você volta para Você... Vocês voltam para Casa, ou seja, Vocês mesmos... Vocês podem imaginar borboletas... Vocês podem imaginar-se flutuando pelo firmamento... Vocês podem imaginar-se banhando em um lindo regato nas montanhas... Não importa. Vocês podem até imaginar sofrimento se quiserem, embora eu não saiba porquê o fariam... Vocês podem imaginar-se no chuveiro, limpando-se. Qualquer coisa que quiserem, caros amigos. A imaginação é a transformação das energias, que de alguma outra forma poderiam atormentar, assombrar ou perseguir vocês...
Não façam disso algo complexo. Basta respirar e imaginar...
Imaginemos agora estarmos neste lindo lugar chamado “Centro de Serviços Shaumbra”, repleto de fontes, repuxos d’água e energias da natureza - o que vocês quiserem. Vocês podem libertar-se a ponto de se permitirem imaginar de forma aberta e grandiosa?
Respirem profundamente e imaginem... Imaginem-se lá. Oh, vocês sempre estão lá. Não precisam concentrar-se ali de maneira analítica, nem se preocuparem se sua imaginação mudar, fluir, abrir-se e transformar-se a partir de um cenário para outro... A livre imaginação é o que liberta vocês! É assim que vocês purificam algumas destas energias obscuras que se acumularam em seus campos energéticos, corpos físicos e até mesmo em suas mentes.
Libertem-se. Purifiquem-se com a simples imaginação. Ela é tudo! A imaginação... E quando a estiverem regularmente praticando, perceberão que ela é também um instrumento de manifestação. Vocês não precisam concentrar-se em pilhas de dinheiro, ou em partes específicas de seus corpos que pareçam estar um pouco fora de ordem. Imaginem qualquer coisa... Imaginem nadar num rio de chocolate... Imaginem estar acomodados numa grande e confortável poltrona, com anjos lhes abanando e servindo uvas... Não importa... Não julguem suas imaginações nem as temam... Comecem a vivê-las e a purificarem suas energias.
E essa foi a nossa “Lição sobre Higiene Pessoal para um Mundo Sujismundo”!

Tobias

Gostaria de ter alguns momentos aqui para falarmos de nosso querido amigo Tobias e explicar algumas coisas sobre as quais ele nunca comentou. Estamos mudando o foco energético para o novo segmento de nossa conversa. Acompanhemo-nos mutuamente nessa transição...
(pausa)
Nosso querido amigo Tobias - tão próximo agora de seu renascimento e seu retorno à Terra - está bastante apreensivo... Neste exato momento a energia dele quase não está presente aqui conosco, porque amanhã ele estará se encarnando novamente na Terra, caminhando lado a lado e compartilhando com vocês e, esperançosamente, imaginando com vocês!
Permitam-me falar um pouco sobre ele. Cada um de vocês aqui presente - e cada um de vocês que se conecta conosco agora - conheceu Tobias no passado. Com ele compartilharam existências nas eras de Lemúria e Atlântida... e também nos éons de reinos angelicais. Tobias não é estranho para nenhum de nós.
Nos dias finais de Atlântida, Tobias era chamado por um nome que era na verdade mais um título. E esse nome era Muir. Muir... Não era de fato o nome dado a ele quando nasceu, mas na verdade um título, que significaria em termos atuais “O Grande Senhor”. Não um “lorde” ou “senhor” que fosse adorado e cultuado, mas um “Grande e Evoluído Sábio.”
O amor de Tobias era conhecido em toda a Atlântida. Sua proficiência com as ciências e as coisas do espírito e da humanidade era de tal ordem que as pessoas de todas as partes de Atlântida o procuravam, assim como também aqueles que trabalhavam com ele - ou seja, vocês - buscando aconselhamento e cura. E foi de fato Tobias - como Muir - quem liderou o êxodo de muitos daqueles que agora se autodenominam Shaumbra, a partir de várias regiões atlantes rumo aos Templos de Tien.
E foi Tobias quem nos reuniu e ajudou a desenvolvermos nossas próprias divindade e humanidade. Foi Tobias, trabalhando com todos nós, quem nos ajudou a entendermos as bênçãos da vida aqui na Terra.
Ele era o sumo sacerdote. Ele era o senhor. Ele era o que hoje vocês descreveriam como o rei, porém não com o ego ou com os antigos atributos. Não havia controle, mas visão. Não havia estrutura, mas o desejo de que todos trabalhassem em conjunto. Ele era honrado e venerado.
E nos últimos dias de Atlântida, quando os exércitos de Azura Timu se acercavam dos Templos de Tien, uma lembrança que tantos de vocês guardam tão profunda e nitidamente, foi Muir quem finalmente disse: “Sacrificar-nos-emos para o bem dos outros.” E foi Muir quem primeiro caminhou adiante de todos nós nos Templos de Tien, entregando-se aos exércitos que avançavam... E foi Tobias - como Muir - quem primeiro morreu dentre nós naqueles últimos dias de Atlântida...
E quando Tobias fez sua transição para o outro lado do véu, como diriam vocês, ele carregou consigo tremendas tristeza e culpa por causa daquilo que estava acontecendo... Ele amava Atlântida ternamente... E ele levou essa dor e essa culpa para o outro lado... e a cada vez que ele testemunhava a transição de um de vocês, morrendo nas mãos dos exércitos invasores, ou por causa das catástrofes naturais em Atlântida, Muir amargava mais pesar, tristeza e culpa... Cada vez que ele via outro e mais outro atravessar aquele limiar, mais pesada se tornava a dor de seu coração...
E assim foi que Atlântida - e a vida como a conhecíamos - desapareceu da Terra...
Pequenos grupos de pessoas escaparam de Atlântida - não muitas, mas o suficiente para perpetuar a humanidade - e algumas delas se deslocaram para o subsolo; a superfície da Terra se tornara tão violenta que a vida humana não era mais sustentável. Elas seguiram as passagens cristalinas subterrâneas, nas quais a vida era sustentável e onde não havia a necessidade de luz solar, pois ali havia luz cristalina. O oxigênio necessário aos seres humanos também era gerado através de estruturas cristalinas. Muitos de vocês talvez possam se lembrar da vida nas profundezas, bem
abaixo da superfície da Terra...
Em determinado ponto, Tobias escolheu voltar à Terra e, como sua forma pessoal de penitência e sofrimento, decidiu literalmente viver no âmago do que havia transparecido... E ele viveu nas profundezas da Terra por um longo período de tempo, não mais como um Grandioso Rei ou Senhor, mas como um anônimo tímido, basicamente o que hoje descreveríamos como um mendigo
solitário...
Tobias se deixou experimentar muitas e muitas vidas em sofrimento, por causa do que havia sido feito de Atlântida. E embora os anjos tentassem aproximar-se dele, dizendo - “Querido Muir, você não tem que agüentar e suportar tudo isso...” - ele escolhia sofrer. E muitos de vocês viveram
naqueles tempos com ele abaixo da superfície da Terra...
E há cerca de 5000 anos, Tobias decidiu emergir e voltar à superfície, onde agora a vida prevalecia - muitas pessoas tinham retornado à superfície; já bem poucos viviam lá embaixo - e ele optou por uma vida na Terra, escolhendo as regiões do Oriente Médio - onde hoje ficam os países conhecidos pelos nomes de Israel, Jordânia, Síria, Irã e Iraque...
Tobias continuou o seu sofrimento, mas de uma forma diferente. Ele então passou a sofrer em nome de Deus e da religião. Oh sim, ele estudou as religiões, inicialmente aquelas que seriam conhecidas como pagãs. Depois se envolveu com o judaísmo e estudou cada letra de cada livro que pudesse
chegar a suas mãos... Um rabino, vida após vida... Ele estudava os textos e escutava os sermões, para que... “pudesse ser digno aos olhos de Deus”... Ele iria acertar daquela vez, dizia ele, pois pensava ter feito tudo errado em Atlântida...
Aconteceram alguns belos momentos naquela sua existência como Tobit, mas havia disciplina demais e alegria de menos... Ele ainda se sentia culpado. Ele achava não ter o direito de gozar a vida como ela era. E mais uma vez ele estudou, adorou a Deus e sofreu... até a sua última vida. Em sua última vida que ele não era conhecido como Tobias, mas como Agos. E nela ele encontrou o amor e teve filhos. Ele amava as terras ao redor da Galiléia. E ele se apaixonou pela vida novamente...
Mas vocês conhecem parte desta história... Alguém que cobiçava suas terras armou para cima dele, fazendo com que Agos fosse preso e tudo lhe fosse tomado - o amor de sua vida, seus filhos, suas terras e seus animais... Vocês podem imaginar a decepção de Tobias? A sensação de que Deus lhe tinha virado as costas?

A Ascensão de Tobias

E foi quase no seu último dia na prisão, prestes a morrer, no limiar de sua transição, que ele finalmente compreendeu... Ele finalmente se desapegara de tudo, como ele mesmo já contou a vocês. Liberto de todos os seus sofrimentos, crenças e culpas, ele liberou tudo o que pensava e acreditava sobre si mesmo, para que pudesse tornar-se ele próprio. Tão perto da morte, nada mais importava para ele naquele ponto. Nada importava... Ele se deixou ir... E num “flash” brilhante que ainda pode ser visto no Universo, Tobias finalmente compreendeu quatro simples palavras: “Eu Sou Deus Também!”
E tudo fez sentido... Todas as peças se encaixaram... O amor fluiu e Tobias ascendeu... Tobias assumiu a própria soberania e concordou em ficar aqui em espírito, a fim de trabalhar com cada um de vocês, não mais em culpa por causa da época de Atlântida, mas por verdadeiro e genuíno amor. E há dez anos sua mensagem tem sido a mesma: Vocês são Deus também!
Respirem-na e vivam-na!
A mensagem dele para vocês tem sido: “Vocês podem compreender esta verdade estando na própria Terra. Não precisam atravessar a ponte chamada morte. Não precisam levar vida após vida em sofrimento. Vocês podem realizá-lo bem aqui. Vocês podem torná-lo simples ou difícil, mas vocês
podem fazê-lo.”
Sim, Tobias assumiu a própria soberania. Porém não há muitos que vocês chamariam de mestres ascensos em todos os reinos, domínios e dimensões de Tudo O Que É - talvez cerca de 9000, não importa - mas não há muitos... Sim, existem muitos notáveis mestres e ilustres seres angelicais em elevadíssimos níveis, mas não existem muitos mestres ascensos, ou seja, aqueles que aceitaram e assumiram a própria soberania.
E nenhum, até a presente data, prezados Shaumbra, jamais retornou à Terra em corpo físico. Nenhum... Temos revisitado vocês de muitas maneiras diferentes - Sananda, Quan Yin, Maitreya, Afra - e a lista de seres ascensos - que têm trabalhado com vocês e que estão trabalhando com vocês - continua... Eles vêm através daqueles que vocês chamam de canalizadores e profetas inspirados, cada um visitando todos vocês à própria maneira deles...
E às vezes eles o fazem à maneira de Adamus, o qual temporariamente manifesta a ilusão de estar aqui, embora não tenha reencarnado. Tampouco eu, Kuthumi, o fiz... Nem Yeshua (Sananda) nasceu novamente. Yeshua morreu, mas não retornou.

O Retorno

Mas eu, Kuthumi, desejo hoje compartilhar com vocês que Tobias - To-Bi-Wah - é na verdade o primeiro mestre ascenso a renascer na Terra, algo que ele nunca mencionou em todos esses anos de trabalho com vocês. É portanto minha honra compartilhar esta notícia! Em questão de horas, ele estará de volta, para estar no planeta com vocês! E isso só foi possível - somente foi possível - por causa de vocês, por causa do marco de passagem conhecido como Salto Quântico; porque a Consciência atingiu um ponto que permitiu que esta complexa física pudesse ter lugar.
Tobias não está retornando para salvar alguém ou defender alguma causa. Ele está voltando à Terra para viver em alegria e amor, juntamente com os mestres que são vocês. Ele está passando por um interessante processo neste exato momento, ao ser puxado de volta à Terra... Ele está enfrentando os próprios desafios do esquecimento associado ao renascimento, percorrendo o túnel energético que rapidamente faz com que vocês se esqueçam donde vêm e quem são... Mas eu sei que Tobias se lembrará de quem ele é, pela seguinte razão: porque vocês estão aqui agora na Terra, ajudando a trazer esta Nova Energia. Vocês não estão aqui necessariamente para aquilo que supõem estar... Vocês se encontram aqui para um evento de proporções históricas - um mestre ascenso está renascendo na Terra - algo que está literalmente se desdobrando agora!
Convido pois vocês a que sintam por alguns momentos as incríveis energias de Tobias renascendo, porque parte de vocês está renascendo também. Parte de vocês está retornando com Tobias neste cometa de energia...
Eu estava tentando descobrir a melhor maneira de ajudar vocês a experimentarem o que Tobias está vivenciando agora... voltando para o lar... retornando a casa... Então ontem ouvi uma música aqui mesmo neste salão... E naquele momento eu soube não haver melhor maneira para que vocês possam vivenciar a experiência do Retorno de Tobias do que a canção de Anders: Homecoming.
Permitam-se por favor vivenciarem, nestas últimas horas antes de Tobias retornar, a experiência do renascimento de um mestre ascenso e também do renascer de vocês mesmos...
(Anders Holte canta sua profunda e tocante canção retornando ao lar².)
E agora vocês sabem...
A energia de Tobias está retornando à Terra! E Vocês estão voltando para Vocês!
Bem vindos ao Lar!
Namastê!
Tradução: Estevão Verissimo estevao@teacher.com

_____________________
² “Lemurian Home Coming” (“Retornando ao Lar Lemuriano”) – Faixa 1, do CD de mesmo nome
de Anders Holte
Namastê, queridos Shaumbra!