Perguntas & Respostas: A Energia Busca Resolução

TOBIAS E O CONSELHO CARMESIM

Círculo Carmesim, 5 de junho de 2004 – Série da Nova Energia

Shoud 11: “A Energia Busca Resolução”

Perguntas & Respostas



E assim é, querido Shaumbra, que continuamos a energia desse dia... A energia onde tudo volta a sua resolução, ao seu equilíbrio... E continua em expansão... Mais uma vez, um conceito tão simples... Um conceito tão dinâmico... Uma energia tão presente agora que você pode trabalhar na cura, na facilitação. Nem todos os humanos, com os quais trabalhe, podem querer abraçar isso num processo de cura. Talvez ainda queiram permanecer com suas lutas dentro do ser e no mundo ao redor deles, assim como foi na história de Ana.

Mas haverá um grupo de Shaumbras e em breve muitos, muitos outros que vão permitir esse processo acontecer, o retorno à união, a resolução dos elementos. Como foi partilhado mais cedo hoje nesse grupo, a escuridão não é o que parece ser, e tampouco a luz. Há valores... Há julgamentos colocados nas energias... A escuridão tomou todos os atributos negativos... Todas as coisas que você não quis... Todas as coisas que você tem medo de olhar. Todos os medos foram colocados e sobrecarregados na escuridão.

Se você limpasse todas essas energias e percepções negativas, veria que o escuro não é o que pensa ser. Ele tem beleza. Tem profundidade. É o reflexo. É parte da energia do Criador.

Então, queridos amigos, ele – o escuro – quer resolução. Deseja ser liberado desse papel e dessa tarefa que lhe foi dada. A luz e o escuro querem voltar a um tipo de casamento e a um tipo de união para criar seus próprios rebentos. Eles querem resolução. Cada parte de seu ser quer resolução.

Há resolução acontecendo fora de você. Você a vê no mundo exterior, resolução que ainda está batalhando, energias em luta uma com a outra. É por isso que partilhamos a história de Ana hoje, porque ela lutou consigo mesma e com tudo em seu interior e externamente por tão longo tempo.

Há países em guerra. Eles estão tentando encontrar resolução, às vezes de uma maneira que não parece fazer sentido, mas as energias estão tentando jogar um jogo uma com a outra, tentando resolver as diferenças e redescobrir a si mesmas. Há humanos lutando uns com os outros, continuam a tentar resolver as diferenças.

Às vezes, a energia trava. Você vê isso nas guerras que parecem continuar para sempre e nos relacionamentos que são construídos na luta. Ela não sabe como se destravar. Mas, em seu centro deseja isso. No âmago ela quer ser liberada, ter resolução. Quanto mais tenta e não acha seu caminho pra fora do bramido, mas ela grita e chora por orientação, por ajuda.

A energia busca resolução... E a TERÁ de um jeito ou de outro. Você está aprendendo a fazer isso aqui na Nova energia segura de um jeito tranqüilo, de um jeito livre de estresse, de uma maneira que não precise mais se despedaçar. O mundo exterior ainda não está certo de como adquirir isso. Eles têm medo. Acham que precisam defender seu torrão e seu território. Eles precisam ter sua parte de equilíbrio. Mas, breve eles ficarão cansados desse jogo. E começarão a procurar humanos, Shaumbra que estão incorporando a Energia Nova, que estão incorporando essa nova maneira de viver com as energias, que estão novamente em equilíbrio e em expansão mais uma vez agora.

Queridos amigos, se tudo isso soa familiar a vocês, é assim. Assim tem sigo a energia do omniverso por um bom tempo. Ela estava travada. É por isso que vocês escolheram vir à Terra – para encontrar resolução... Encontrar equilíbrio... E permitir a expansão prosseguir mais uma vez, mas num jeito diferente. Vocês agora estão experimentando isso em sua vida pessoal – como sair do bramido... Como deixar as energias retornarem ao equilíbrio... E prosseguir na expansão ou expressão do Espírito. É por isso que estamos trabalhando com vocês no nível multidimensional.

Cauldre diz aqui que estamos nos repetindo... Que temos perguntas para responder (risadas). Terminamos!


PERGUNTA DO SHAUMBRA1 (pela Internet, lida por Linda): Tenho uma pergunta para Tobias, por favor. Meu filho fez a transição dia 27 de abril. Por que ele partiu tão cedo? Tobias poderia dizer alguma coisa sobre isso agora?

TOBIAS: Realmente... Seu filho fazia parte do que amorosamente chamaríamos de Plano B. No Plano A está um grupo de humanos, que vocês conhecem como a si mesmos, como Shaumbra, que vieram para essa vida aproximadamente ao mesmo tempo para iniciar todo esse movimento de energia para o Novo. E, sabíamos que ia ser difícil. Vocês sabiam que ia ser difícil. Haveria muitos, muitos desafios pelo caminho.

Não era sabido se você – nenhum de vocês sabiam – se agüentaria tudo isso em seu ser. Certamente muitos, muitos Shaumbras partiram. Alguns partiram mais cedo, alguns por suas próprias mãos, e outros por doenças criadas por eles mesmos dentro de seu ser. Esses são o que chamamos “Time A”. E tantos ainda estão aqui, os que estão se conectando a essa informação.

Mas, houve um backup. E, era o “Time B”. Caso você não houvesse escolhido sua tarefa (algumas risadas), os seguintes entrariam, dando continuidade ao trabalho que você já realizou. Seu filho era um desses. Você o conheceu em muitas outras vidas, não como um filho, mas como um parceiro, e como um companheiro. Vocês trabalharam juntos no reino angélico. E, você se tornou a “Jogadora A” e ele o “B”.

E, quando foi observado por ambos que você iria continuar aqui, e que você realizou um excelente trabalho em serviço, então ele pode ser liberado de seu papel. Ele pode então deixar a Terra. E, ele fez isso especificamente neste momento porque ele queria concluir o ciclo de vida e retornar muito em breve, muito em breve como um dos que vocês chamam “os cristais”, livre de tantas maneiras da Velha energia, de maneira que ele pudesse retornar à Terra muito em breve. Ele está se preparando agora.

E, não queremos dar uma data específica, mas seu plano é conhecer você mais uma vez nessa vida, você como a “Jogadora A”. E, ele quer se conectar com você mais uma vez, mesmo que seja só energeticamente na Terra. Então, não é uma coisa triste. Ele serviu ao seu propósito, e desejou entrar em seu próximo nível. Assim que ele está... A energia dele está ao seu redor o tempo todo. E, é – como dizer – um pouco diferente da maneira como você conhecia quando ele estava na Terra. Queremos lhe agradecer, e sabemos que você vai entender isso aqui.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 2 (uma mulher ao microfone): Tobias, saudações em amor e apreço por tudo que você faz por todos nós. Hoje tenho uma pergunta de duas partes. Como se relacionam uma entidade de nome Dakkon (não há muita certeza de como se soletra, pronuncia-se du-CON) e Kuthumi ou, eles se relacionam? E, a que parte da Ordem do Arc essa entidade Dakkon pertence?

TOBIAS: Essa entidade que você conhece como Dakkon é... É você. É um aspecto de si mesma. É o que você chamaria mais pelo nome de alma grupal. É seu espírito e sua divindade contatando você. E, realmente, você trabalha com as energias de Kuthumi. Sabemos que às vezes parece difícil imaginar que essa energia – que parece tanto estar do lado de fora – é tanto de você, mas verdadeiramente é. É – como dizer – você é muitas facetas, é multifacetada. E, essa é uma oportunidade para você dar uma olhada para além de sua própria humanidade, olhar para a Mestra que realmente é, e olhar para sua própria grandeza. Mas, isso é quem você é, e é por isso que vem chegando tão poderosamente ultimamente e fazendo-se conhecer também aos outros. E, Kuthumi e você se conhecem por um número de vidas, assim que há essa proximidade natural aqui. Obrigado.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 3 (via Internet, lida por Linda): Oi, Tobias. Você fala freqüentemente sobre o Shaumbra escolhendo as coisas que ocorrem em nossas vidas, tais como uma doença debilitante, a perda de um ser amado, a perda de um emprego, e todo tipo de outros grandes desafios. Quem realmente está fazendo a escolha? Eu sei que o humano “eu”, com o qual me identifico, certamente não escolheria desafios tão terríveis. E muitos outros Shaumbras com os quais falei sentem a mesma coisa, perguntam-se, “Como ou por que eu escolheria uma coisa assim pra mim?” Parece algo como um “desarranjo” intelectual responder a esse tipo de questionamento com “você escolheu”, quando não há conexão ou consciência de se ter feito uma escolha dessas. Se alguma outra parte de minha consciência está fazendo essas escolhas, o que significa nos chamar, os Criadores? Obrigado.

TOBIAS: Meu querido, que pensa demais com a mente (risadas), quando você parar de analisar... Parar de dissecar... Parar de tentar descobrir tudo... E permitir-se de uma vez por todas abrir seu coração – o qual você acha que tem, mas seu coração está tão fechado agora – você vai entender como você está escolhendo, não a partir de sua mente, mas de seu espírito. Seu espírito busca sua própria resolução e seu próprio equilíbrio. E, não agüenta ver você colocado em dilemas estabelecidos por sua mente. E, fará qualquer coisa em amor maior e em compaixão para tirá-lo desse seu jeito tão mental. Obrigado.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 4 (uma mulher ao microfone): Oi, Tobias. Mais uma vez, obrigada por responder todas as minhas perguntas. Entretanto, eu tenho uma a fazer sobre o Parque Yellowstone. Parece que haver algum estresse por lá. E, eu fico pensando... Você disse que os desafios da Terra não seriam tão ruins agora. Ainda vai haver alguma coisa ruim em Yellowstone?

TOBIAS: Yellowstone, essa área de que você fala, tem – como dizer – já passou por muitas mudanças. E, não vemos que se tornará uma área especialmente significativa. Ela já se permitiu muita purificação. E – como dizer – haverá mais batalhas por lá entre humanos do que entre as energias do próprio chão. Será um lugar muito interessante, nos próximos anos, em termos de propriedade e leis e – como dizer – de infiltração de desenvolvimento e mesmo de energias que poderão afetar a beleza da terra por lá. Então, se há alguma coisa, é mais conflito humano do um conflito da Terra.

SHAUMBRA 4: Obrigada.

TOBIAS: Obrigado.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 5 (via Internet, lida por Linda): O que é a vida que estamos escolhendo? Eu me sinto como quê em compasso de espera, esperando por alguma coisa, passando por movimentos? E, como seria essa vida – trabalhando pela melhoria dos outros... Trabalhando pela melhoria da Mãe Terra... Ou passando um dia de cada vez, abraçando o que é oferecido?

TOBIAS: A pergunta já contém sua própria resposta. (risadas). A questão é abraçar a vida e compreender que vida não é o que você pensava que era antes. A vida muda e todas as Velhas paixões se vão. Todas as Velhas maneiras de se fazer as coisas se vão. E, todas as maneiras até de perceber ou ver a vida também mudam. Você passa por – todos vocês passam – por esse período de perder o que achava ser sua paixão. Mas, na realidade era um jeito de olhar as coisas de uma maneira muita limitada da Velha energia.Você passa por esse processo de mudança de um humano linear tridimensional para um anjo multidimensional que acontece estar num corpo humano por um curto período de tempo. A vida muda completamente.

Agora, ao mesmo tempo tantos de vocês se rebelam contra a mudança e contra as forças criativas dentro de seu próprio espírito, que estão tentando leva-los para além da simples tentativa de ser uma lagarta maior, mais gorda e mais verde. Estas forças dentro de seu próprio ser, suas energias de Criador, estão tentando com gentis tapinhas empurra-lo para dentro desse processo metamórfico que mudará absolutamente tudo a seu respeito. Mas alguns ainda querem se apegar ao Velho, incluindo Velhas paixões. Tudo muda. Todas se vão.

Então, realmente, você respondeu sua pergunta. A questão é abraçar cada aspecto da vida. Não é dedicar-se ao serviço da humanidade. Não se trata de tentar mudar o mundo. É simplesmente se permitir passar por esse incrível processo agora. Não é uma atitude egoísta. É uma coisa necessária, porque quando você se permite ser esse humano da Energia Nova, você realmente se acha na forma mais elevada de serviço a qualquer outra pessoa.

Se você percebesse de nosso ponto de vista, veria que... Cauldre nos desafia, mas vamos passar por cima (risadas). Você vai ver que a energia dos humanos... Eles estão olhando pra você. Estão verdadeiramente olhando você fazer essa incrível mudança, porque quando você passa por ela, depois eles podem passar. Os humanos sequer conhecem você – humanos, que você jamais encontrará nessa vida estão literalmente contando com você. Seu maior serviço é permitir a si mesmo passar por esse processo e agradecer a si mesmo enquanto passa por ele. Essa é maior coisa que pode fazer. E, simplesmente abrace a vida.

Nessa linha, Shaumbra, não há gente de vocês suficiente se permitindo curtir os prazeres da vida, porque acham ou que vão ficar viciados ou que serão sugados por esses prazeres, ou que não conseguirão cair fora. Esse é o jeito de pensar da Velha energia. Vocês negaram tanto a si mesmos. É tempo de dar amor a si mesmo de todas as maneiras... Sim, e de curtir totalmente os prazeres da vida. Abrace a vida de todas as maneiras. Obrigado.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 6 (uma mulher ao microfone): Tobias, é um prazer e uma honra estar aqui hoje, falando com você. E, é claro, cheguei a uma perfeita canalização para mim mesma. Entretanto, ainda tenho uma pergunta que gostaria de fazer porque essa síndrome ou padrão parece empatar o caminho para minha verdadeira maestria. E, tem estado comigo por um longo tempo. Trabalhei no campo científico por muito tempo e saí dele pra explorar novos caminhos. E ao fazer isso, saindo para abrir novas portas achando que minha maestria está à mão, me surpreendi com coisas que aconteceram como não conseguir boas recomendações das pessoas com as quais trabalhei... Eu achava que tínhamos nos dado bem juntos. Então, vem esse mistério e me joga num inferno. Estou pendurada de cabeça pra baixo, totalmente drenada energeticamente por isso, porque é um mistério pra mim. Então, eu realmente apreciaria qualquer insight que você possa ter sobre esse padrão. É um sulco profundo nesse momento em minha vida.

TOBIAS: Realmente... De fato, é um sulco profundo e também é – como dizer – um pouco de medo num nível muito profundo de embarcar nessa nova tentativa. De uma certa maneira, há uma energia que você atrai repetidamente pra você, que não deixa isso se tornar uma realidade. Uma coisa estranha está acontecendo energeticamente com você. Então, você poderia dizer que a causa-chave é essas Velhas Energias desejando ao equilíbrio, mas que, ainda assim, seguram você propositalmente.

Há muitos bons facilitadores de energia entre os Shaumbra – mesmo nessa sala – que podem sentar com você numa energia segura e permitir que essas energias desequilibradas do passado encontrem agora seu próprio nível de equilíbrio e resolução. Não tem nada de muito complexo aqui. Apenas deve ser trabalhada... E com ajuda de fora.

Então, gostaríamos de sugerir, de maneira a ajudá-la a sair desse sulco que você já reconheceu, que trabalhe com alguns desses facilitadores de energia. Eles não têm que empurrar ou reforçar nada. Eles apenas farão você respirar e se posicionar numa energia segura onde você possa permitir as mudanças. Há um – como dizer – um desejo muito grande dentro de sua consciência e em todas as partes de você de resolver isso. Mas, também há um Velho medo que permanece pipocando. A questão é permitir a si mesma ser quem você é. Assim, num beliscar, vemos você rapidamente ultrapassando isso tudo.

SHAUMBRA 6: Obrigada.

TOBIAS: Obrigado.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 7 (via Internet, lida por Linda): Oi, Tobias. Enquanto facilitador e companheiro Shaumbra, vejo que muitos estão constantemente pendurados a cada palavra sua na expectativa de uma resposta definitiva, apesar de sua persistência em nos empurrar para um afinação interna no intuito de respondermos a nossas próprias questões. Como você sente sobre essa dependência em suas discussões? E, o que podemos fazer para parar o ciclo de dependência? (por ciclo, me refiro ao processo de ser confrontado por um desafio... Depois aplicar os princípios do Círculo Carmesim a ele... Então sentir que as repostas não chegam ou que nada muda... Seguindo-se a pergunta “O que estou fazendo de errado?”... E depois achar que perguntar a você é o único recurso... E, o que significa estar continuamente procurando por uma fonte externa para obter respostas... Com isso ficando com a sensação de falta de poder para lidar com o desafio.) Uma vez que também somos Deus, por que tantos ainda estão na expectativa que você nos alimente? Obrigado.

TOBIAS: Realmente... Você poderia dizer que estamos deliberadamente desapegando os Shaumbras da necessidade de canalizações. Essas canalizações são de fato Shouds, onde todos nós estamos participando. E, convidamos você a sentir todas as suas energias dentro disso. Há – como dizer – vai haver mudanças contínuas na maneira como trabalhamos com vocês e no modo como nos comunicamos com vocês com o tempo. Então, todos nós temos acordado uns com os outros nesse lado e no seu lado de não criar mais a síndrome de Jesus, a síndrome de dependência. Mas, também entendemos que é muito desafiador e, às vezes, um processo difícil.

Há momentos quando voe deseja ouvir e quer ouvir o quanto é amado. Às vezes, você precisa ouvir uma resposta que você já conhece, mas que precisa ouvir de nós para validação. É por isso que muitas pessoas vão aos facilitadores. Já sabem a resposta, mas não estão muito certos, assim que procuram validação e confirmação. Quando nos sentamos nessa energia juntos, nesse encontro de Shaumbra, muitas outras coisas vocês nos permitem fazer, por exemplo, Kuthumi entrando hoje e fazendo alguns ajustes em preparação para o próximo trânsito e alguns acontecimentos energéticos.

Estamos continuando a trabalhar com Shaumbra que estão abertos e plenos, ousando desenvolver novos programas que permitam a vocês se tornarem a voz do Shaumbra – ou como vocês diriam – a voz de Tobias também, e sua própria voz. Vai haver um programa sobre como verdadeiramente incorporar tudo isso dentro de sua vida, onde você não fique pendurado nas palavras de Tobias – as quais, de qualquer maneira, são suas próprias palavras – onde aprendam a introduzir isso em suas vidas, a atuar em suas vidas e depois falar aos outros com suas próprias palavras. Enfatizamos isso repetidamente. Não fique citando a mim, Tobias. Não fique citando Kuthumi ou quaisquer dos outros porque ou eles vão sair correndo de você ou vão bater em você, um dos dois (risadas).

Fale com sua própria voz. Ela é de ouro. Você é o Mestre. Quando outro humano ouve as palavras de sabedoria vindas de você, vai fazer muito mais efeito.

Temos que dizer aqui, em relação ao grupo de Shaumbra que temos tido – de nosso ponto de vista desse nosso lado – que muitos poucos se tornaram dependentes ou viciados na energia Shaumbra ou de Tobias. E, vemos que rapidamente saem, indo para outro grupo porque existe uma energia viciante que precisa ser alimentada repetidamente. De nosso lado do véu nós especificamente não alimentamos energias viciantes nesses encontros. Ficamos longe de dramas. Ficamos fora de – como dizer – coisas que não pertencem ao dia-a-dia de suas vidas.

Somos deliberados e cuidadosos sobre não – como dizer – gerar excessos, de maneira que em um dia ou dois vocês se desmantelem. Então, não introduzimos uma energia açucarada. E, muitos chegaram nesse grupo e partiram porque queriam essa injeção, a qual não oferecemos aqui. Assim que estamos atentos a isso, e continuamos a trabalhar com todos vocês, falando com sua própria voz. E, obrigado por essa encantadora pergunta.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 8 (uma mulher ao microfone): Não sei se quero fazer minha pergunta depois desta última. Minha pergunta é sobre meu emprego, meu trabalho. Eu trabalho muito e sinto que no trabalho estou mergulhada na Velha Energia, na dualidade. E, eu escolhi de coração aberto estar nele conscientemente e tudo. E, vejo os benefícios. Percebo os benefícios de estar mais em meu próprio poder. Mas, o problema é que drena minhas energias, drena completamente. Chego em casa e estou cansada. Leva – parece que – toda o fim-de-semana para voltar ao equilíbrio. E, quero encontrar um melhor equilíbrio e minha vida e encontrar... E começar a fazer mais coisas além de trabalhar e refazer minhas energias. Você tem algum conselho sobre isso?

TOBIAS: Perguntamos a você – está verdadeiramente pronta para mudança ou é simplesmente um melhoramento suave em uma situação difícil? (risadas)

SHAUMBRA 8 (rindo): Não, estou pronta para mudanças.

TOBIAS: Temos que perguntar novamente – você está VERDADEIRAMENTE pronta para mudança? (mais risadas)

SHAUMBRA 8: Ainda não me lancei numa mudança, embora às vezes tenha desejado.

TOBIAS: Vemos que você tomou a si uma tarefa difícil, deixando de fazer tanto não só em seu trabalho, à propósito. A questão aqui é manter uma energia numa área onde você vive também para um grupo de outras pessoas. O emprego é apenas o resultado final disso tudo. É onde você concentra sua atenção, e você pensa que está lhe deixando cansada. Mas, toda essa outra energia onde se encontra é que está cansando você. Então, a mudança aqui – a qual virá muito naturalmente – envolverá potencialmente uma mudança em sua vida. E o movimento envolve liberação de algumas das coisas que estão próximas a você. Mas, a intenção já foi colocada aqui, e agora ela põe em movimento tudo que vai entrar agora e facilitar isso. Mas, não nos xingue quando a mudança surgir. (risadas)

SHAUMBRA 8 : Obrigada,, Tobias.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 9 (via Internet, lida por Linda): Em diferentes ocasiões você usa a expressão “consciência de cristo” (ou, consciência crística). O que você quer dizer exatamente? Tenho quebrado a cabeça com isso desde o início. Por favor, ajude-me a resolver a charada.

TOBIAS: Realmente... Usamos o termo “consciência de Cristo” bem amplamente. E, em seu âmago significa “consciência cristal” ou uma “consciência clara”, fora de coisas como carma e como dualidade em seu estado mais simplista. Yeshua – ou também conhecido como Jesus – foi um dos primeiros a entrar com essa energia da consciência de Cristo. Muitos de vocês ajudaram a introduzir essa consciência vários milhares de anos atrás.Ela criou um potencial na Terra, naquele tempo, que cresceria mais e mais.

A consciência de Cristo não é uma pessoa. É um atributo de claridade, simplicidade e movimento para além da dualidade. E, pode ser incorporada e introduzida no seu dia-a-dia. Ela foi muito simplesmente introduzida por aqueles que vocês chamaram Mestres, como Buda, Maomé e Yeshua. Todos tinham dentro de si a consciência de Cristo, mas ela não podia ser totalmente expressa e demonstrada na vida como vocês agora podem fazer. Então, a consciência de Cristo é claridade e liberação do passado. Ela é também, em seu centro, energias voltando ao equilíbrio e expandindo-se mais uma vez.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 10 (um homem ao microfone): Oi, Tobias. A noite passada eu sonhei que você estava me mostrando uma série de caixas, todas dentro uma da outra e expressando alguma coisa sobre como tínhamos esperança de estar fora de nossa caixa agora.Eu fiquei pensando se você gostaria de elaborar. E o que eu preciso especificamente ver a esse ponto?

TOBIAS: Realmente... A noite passada eu estava num jantar com Kuthumi e Saint Germain (risadas). Eu não estava em seus sonhos. Estávamos preparando essa reunião. Não agüentamos (mais risadas). Porque você está ligado na freqüência Shaumbra, de fato, estava simbolizando isso como uma reunião entre você e eu. E, era sobre essas caixas umas dentro das outras... Representava as caixas dentro de caixas que vão dentro de caixas... O que falamos já antes... Paredes por detrás de paredes, que estão atrás de paredes... Tantas camadas de coisas retendo não só você, mas todos.

E, ao se referir a isso diretamente em seu sonho dessa maneira, você está aprendendo agora a liberar as caixas que estavam retendo você, e deixando pra trás algumas das coisas que você passou muito tempo contemplando e coisas às quais permite que o deixe perplexo por demais. Você está deixando as caixas irem embora e aprendendo a – como dizer – permitir a si mesmo, permitir-se viver livremente. Isso é também simbólico de esconder literalmente a consciência de Cristo de que acabamos de falar, esconder a divindade dentro de todas essas caixas e de todos esses sistemas de crença e conceitos numa maneira pouco usual de tentar proteger a divindade. É tempo agora da divindade sair e brincar.

Então, nosso melhor conselho pra você aqui – baseado no que vemos nesse sonho – é que saia e divirta-se, porque quando você, como um humano homem sai e simplesmente se diverte com alguma coisa apenas pelo divertimento, sem analisar, simplesmente permitindo a alegria se expressar, você então vê que sua divindade está também muito mais fora da caixa. Então sugerimos um tempo para verdadeira diversão. Não analise como vou vai brincar. Simplesmente saia e divirta-se. Obrigado.

LINDA: Última pergunta.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 11 (uma mulher ao microfone): Tinha esperança de poder falar. Obrigada, Tobias, por responder. Obrigada, David, (dirigindo-se ao companheiro Shaumbra que moveu o microfone). É sobre um cliente que é um jovem incrível. Eu me pego entusiasmada quando penso nele. Como é que eu digo aqui agora (ponderando sobre sua pergunta)? Ok... Ele teve uma crise um ano atrás. Foi a segunda nos últimos dois anos. Parece, quando estou com ele, que ele teve a crise porque estava indo rápido demais, ele não conseguia lidar com quem era, assim que diminuiu o passo. E, o catalisador disso foi a mudança na medicação – a qual ele não deveria ter tomado, mas tomou. E, ele próprio se negou de se tornar quem é. Eu posso ver a rachadura. Posso sentir a cisão. Ele fica oscilando de lá pra cá. O que estou fazendo é – nas duas últimas vezes em que o vi – eu me fechei. Fico com essa coisa porque não estou muito certa do que fazer por esse jovem. Ele está indo numa certa direção, mas está sentindo noutra direção. E, não estou muita certa sobre o que fazer. E então, preciso saber de você... Se você pudesse, por favor, me dar alguma orientação sobre o que fazer, ou como posso orientá-lo melhor. Ele é tão incrível.

TOBIAS: Realmente... Queremos que você observe onde você está, todos seus próprios pensamentos e processos, tudo que está acontecendo dentro de você. E, depois observe-o . Ele é um reflexo direto de você. Vocês foram muito próximos no passado. Ele está confiando muito fortemente em você agora mesmo. Quando você fica com medo, ele também fica. Ele é uma amplificação de você mesma. Ele, num certo sentido, está passando por isso puxado por e com você, mas ele expressa isso de um jeito muito mais... Numa escala muito maior. Quando você tem problema em aceitar quem você é, olha o que acontece com ele. Ele terá uma dessas paradas ou colapsos. Há uma correlação direta entre vocês dois. Vocês concordaram em estar juntos desta vez na Terra. E, ele está esperando que você siga em primeiro lugar. Então, olhe pra ele com um reflexo de você, e então vai compreender como todo esse relacionamento funciona, e como vocês podem se beneficiar, ao invés de para um ao outro. Obrigado.

SHAUMBRA 11: Obrigada.

TOBIAS: Sentimos que ainda há mais uma pergunta.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 12 (um homem ao microfone): Desculpe, é que tenho que me sentar com uma certa frequência. Oi, eu me sinto um pouco confuso sobre a Terra Nova. Ela é como um construct, tipo “paraíso dos animais” para os Shaumbra (risadas)? Ou é como um objetivo que esta Terra vá se transformar?

TOBIAS: Nesse momento não há uma certeza. Há muitas coisas ainda não determinadas e que saberemos dentro dos próximos três anos. Muitos têm a esperança de que o que vocês chamam Velha Terra vá se transformar na Terra Nova. Outros têm a forte sensação de que haverá duas Terras separadas por um bom período de tempo. Tudo está mudando.

Essa Terra Nova, num certo sentido, é como um sonho de Shaumbra. É um tipo de lugar mais – como dizer – mais como uma universidade. É como um lugar de ensino e educação. É a biblioteca para a Energia Nova que todos vocês estão ajudando a criar. Então, ela tem as energias do que consideram ser uma de suas melhores universidades sem todas aquelas camadas, hierarquias e burocracia a que são associadas. É o espaço onde aqueles que jamais estiveram na forma humana podem chegar para aprender, e em especial para aqueles que tiveram uma jornada realmente difícil em vidas na Terra e que têm suas energias muito fora de equilíbrio, para que possam vir relaxar e se reabilitar – esse tipo de coisa – antes de retornar à Terra.

Então, ela servirá a uma variedade de propósitos. Mas, será um lugar onde a energia Shaumbra – como dizer – será uma energia orientadora. E, é aonde você pode ir e – como falamos antes – estar em corpo físico quando quiser, e não quando você não quiser.

É um lugar onde você terá um acesso claro à informação sobre todo seu passado. Até mesmo essa informação não está disponível nos registros Acáchicos, como sabem. Os registros Acáchicos são bem diferentes daquilo que a Terra Nova e a biblioteca da Energia Nova estão se tornando.O acesso a muito do que você foi é muito limitado nos registros Acáchicos, quando na Terra Nova, estarão bem disponíveis.

Então, ela está em processo de desenvolvimento, e todos vocês – incluindo você – estão ajudando a desenvolvê-la e ajudando a determinar o que irá acontecer, verdadeiramente acontecer a Velha Terra. Ainda não foi decidido pela consciência.

SHAUMBRA 12: Nenhum Big Bang, né?

TOBIAS: Não.

SHAUMBRA 12: Ok.

TOBIAS: Certo.


Então, querido Shaumbra, com isso chegamos ao final dessa energia e desse encontro. De fato, vamos continuar trabalhando com você nesses próximos dias em alguns eventos com os quais todos vocês concordaram. E Kuthumi pede para que você esteja bem ciente de sua presença quando estiver desperto, porque realmente você nunca está só.

E assim é!



Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, vulgo "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com <http://www.crimsoncircle.com> . O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.

O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.

Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.

As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.

O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.

Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.

Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado.

© Copyright 2004 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.

Tradução para o português: Sonia Gentil -agosto de 2004
manso@dstech.com.br