Perguntas & Respostas: Expressão

O MATERIAL DE TOBIAS 

Série do Humano Divino: Shoud 1: "Expressão"
Perguntas e Respostas


Apresentado ao Circulo Carmesim
3 de Agosto 2002




TOBIAS: E assim é, queridos amigos, que marcamos este dia com este grupo de Humanos Divinos em nossos livros de história. Durante muito tempo falamos neste lado do véu sobre o dia em que a energia de Shoud realmente aconteceria, quando os humanos pudessem canalizar os próprios humanos, um por um, sem os nossos círculos de treinamento. Nós falamos em eliminar estes círculos de treinamento e deixar vocês voarem.

É interessante porque nem sequer sabíamos o que vocês diriam de si mesmos (risos da audiência). Assim que, observamos e escutamos com tanta curiosidade como vocês costumam observar e escutar. É interessante que vocês tenham escolhido definir os atributos do Humano Divino. É interessante que vocês tenham falado de “expressão”, indicando a si mesmos que tinha chegado o momento para abrir-se ao que são e para serem verdadeiros diante de vocês mesmos, de todas as formas possíveis.

Agora, tal como vocês sabem, a energia de Mãe Maria está muito forte com vocês hoje. Vocês conheceram esta energia, anteriormente, mas a conheceram de forma diferente. Muitos de vocês se conectaram com Maria no passado. Sentiram como ela caminhava a seu lado. Alguns de vocês a canalizaram. Um dos momentos em que preferiam conectar-se com Maria era antes de dormir. Vocês dirigiram orações para ela. Mas, mais do que tudo, vocês falaram com ela, a partir dos seus corações.

Ela quer que vocês saibam que ela escutou tudo isto, inclusive as orações memorizadas. E ela escutou o canto de sua alma. Maria vem, agora, para falar com vocês. Mas é uma energia diferente. Caso vocês estejam se perguntando por que, talvez, não sintam que podem conectar-se com ela tão fortemente, é porque vocês estão buscando, no lugar da Velha Energia, a Mãe Maria que vocês conheciam e que lhes tinha sido ensinada.

Ela vem até vocês agora, com uma nova pureza, com um novo amor e com novo estímulo. Ela vem até vocês para ajudá-los a atravessar este longo processo de nascimento de sua própria divindade. Talvez vocês tenham podido sentir o grande amor que inundou o ambiente no dia de hoje, e que ainda se acha presente. Ela está aqui. Ela continuará estando aqui. Ela pede a vocês que, simplesmente, liberem as velhas formas com que se conectavam e como a conheciam, para ir a este espaço novo.

Agora, com isto, gostaríamos de passar a responder suas perguntas. Nós pediríamos que vocês dessem um passo a frente e que cantassem a canção de sua própria alma, que expusessem suas perguntas. Nós nos conectaremos com vocês quando vierem aqui, e todos os Shaumbra se conectarão com vocês de maneira maravilhosa. Assim que, comecem as perguntas.

(Nota: Em reuniões anteriores, as perguntas da audiência eram escritas em cartões, que eram lidos para Tobias. Tobias pediu que, de agora em diante, a pessoa suba para falar no microfone, fazendo a pergunta pessoalmente)


PERGUNTA DO SHAUMBRA 1: Olá Tobias, não posso acreditar que eu possa estar fazendo isto!

TOBIAS: Mas NÓS podemos (risos da audiência).

SHAUMBRA 1: Poderia explicar, por favor, um pouco mais sobre o que você esteve dizendo quanto ao momento em que entramos em contato com outro ser humano, e que há uma troca de energia? Eu senti isto há pouco, e ainda não me recompus totalmente. Por favor, poderia comentar um pouco mais sobre isto?

TOBIAS: Certamente, à medida que a sua divindade floresce no seu interior, isto tem um efeito sobre as energias que são transmitidas aos outros humanos. Por um lado, vocês são seres eletromagnéticos. Vocês enviam para fora padrões de freqüência e vibrações. Agora, literalmente, você pode agarrar as vibrações de outros humanos (?) e, logo, agregar ao seu próprio pacote vibratório. À medida que continua viajando para fora e sua vibração original toca outras pessoas, elas também ficam com uma nova energia aderida... a energia de vocês. É um potencial. Depende dos outros humanos, que são os receptores, a forma como desejam utilizá-la, e se desejam utilizá-la.

O que vocês estão fazendo, de certa forma, é espargir uma luz divina sobre todos os pensamentos, emoções e sentimentos que vêm até vocês e que passam através de vocês. Vocês agora estão afetando outras coisas! Vocês não estão pondo uma carga sobre estas vibrações ou pensamentos. Vocês, simplesmente, estão agregando um novo potencial às mesmas.

Voltemos ao exemplo da dor de cabeça. Vocês não estão tentando eliminar a dor de cabeça dessa pessoa. Vocês não estão tentando mudar a vibração da dor de cabeça que está emanando dela. Mas, sua própria energia agrega outro pacote a sua energia original. É um processo que se produz normalmente. Vocês não necessitam pensar a respeito dele. Simplesmente é. Não é necessário que vocês saiam por aí buscando recolher freqüências que estejam voando pelos ares (risos da audiência) e logo juntar a sua própria vibração. É um processo natural.

Por outro lado, vocês mesmos são transmissores. Vocês têm uma carga que se encontra em estado neutro ou adormecido, que fica disponível para outros, quando eles escolhem e quando o necessitam. De certa forma, vocês são – como dizer – iluminam com a sua luz, mas a luz não é percebida por outros humanos até se encontrarem em um estado de consciência no qual desejem usá-lo e escolham usá-lo. Vocês iluminam com sua luz, mas eles não podem ver enquanto não estiverem prontos. Assim que, novamente, não há nada que vocês devam fazer a respeito, de forma consciente. Vocês, simplesmente, encontram-se neste ponto de sua própria evolução no qual vocês agora podem afetar outras coisas que o rodeiam, se essas outras coisas assim o desejarem.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 2: Tobias, poderia explicar o papel da dor e do sofrimento neste Caminho, e o que poderíamos fazer para minimizá-lo? De certa forma, como não absorver uma dor de cabeça dessa energia de dor de cabeça? (risos da audiência)

TOBIAS: o papel da dor e do sofrimento está relacionado diretamente com a dualidade. É parte do equilíbrio do positivo e do negativo, que deram para si mesmos. A dor pode ser uma coisa maravilhosa. Ela lhe ensina muitas lições. Ajuda-o a guiar-se através da vida. Se vocês não tivessem dor e sofrimento emocional, não teriam experiências profundas.

Agora, muitos humanos procuram eliminar a dor e o sofrimento. O que fazem é cobri-los com um lençol. Buscam anulá-los. Alguns procuram fazê-lo com as drogas das quais já falamos e que não gostamos muito (drogas psicotrópicas). Certamente, vocês reduzirão o nível de dor de forma acentuada, mas também reduzirão enormemente o nível de experiência. A dor é “dolorosa” somente quando ocasiona uma fricção dentro de você, uma resistência dentro de você.

Quando a dor chega, seja física ou emocional, não busquem fugir dela ou anulá-la. Novamente, pergunte a essa energia porque está visitando-os. Ela dará uma resposta. Trará uma iluminação e uma compreensão que serão valiosas.

Agora, também falamos que a dor, ou o que vocês chamam “as caídas”, são uma parte importante do ciclo natural. Estes períodos de depressão emocional ou enfermidade física ou mal-estar, oferecem um momentum e uma energia que os ajuda a avançar para o próximo nível de iluminação.

Quando vocês alcançam um certo ponto em sua jornada, a dor e o sofrimento não os afetará da forma que o fez anteriormente. Há menos resistência dentro de seu Ser. Tal como vocês se disseram hoje no Shoud, vocês aceitam todos os aspectos, claros e escuros. Quando vocês aceitam todos os aspectos, não há atrito (fricção) interno sobre o qual a dor possa cair. Não significa que vocês vão ficar sem dor, mas a mesma lhes oferecerá uma nova sensação. Já não é tão difícil (risos da audiência). De certa forma, simplesmente será uma energia de forma diferente que lhes chegará, e que vocês poderão utilizá-la em sua jornada.

Também, à medida que obtêm uma maior compreensão das coisas, vocês não terão tanta dor. Vocês compreenderão como fazer para re-equilibrar seu corpo físico. Vocês compreenderão como fazer para re-equilibrar sua emoção. Mas, saibam que a dor e o sofrimento são partes da experiência de aprendizagem.

A dor lhes foi útil no passado. Compreendam que agora vocês encontram-se em sua caminhada, vocês não necessitam desta dor no mesmo grau em que necessitaram anteriormente. Vocês não necessitam escolher a dor e o sofrimento, tal como não necessitam escolher a pobreza e não necessitam escolher a falta de amor. Assim que, não procurem ocultá-la. Não procurem eliminá-la. Mas, compreendam que não é algo que necessitam da mesma maneira que necessitaram no passado.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 3: Tobias, pode nos dar algumas sugestões de como falar, com pessoas que não são Shaumbra ainda, do que estamos fazendo?

TOBIAS: Agora é um bom momento para formular uma pergunta para você (risos da audiência). Estávamos esperando (mais risos). Diga-nos, querido Shaumbra, para todos nós, desde o centro do seu coração e desde a sua alma, como você falaria a outros?

(longa pausa da pessoa para quem foi formulada a pergunta)

TOBIAS: Vamos esperar (mais risos).

SHAUMBRA 3: Oh, Deus...Ok. Eu estive pensando sobre isto no caminho...

TOBIAS: Não pense com tanta intensidade.

SHAUMBRA 3: (rindo) Como não pense?

TOBIAS: Que venha a partir da sua divindade. Então, um humano se aproxima e diz: “O que há próximo de você? O que há próximo de você? Eu sinto algo.” O que você lhe contará?

SHAUMBRA 3: Que eu estou em um caminho no qual se aprende a viver na Nova Energia, que quer dizer que é uma energia que “não é daninha”, mas que é amor. Que este é um mundo em transformação, e que isto vai se produzir. E que estou aprendendo e me associando com pessoas que me ajudam a aprender a viver desta nova maneira.

TOBIAS: Agora, fale a eles a partir de seu coração, não da sua mente (risos da audiência). Eles acabam de se afastar, questionando... (mais risos).

SHAUMBRA 3: É por isto que pedi sugestões.

TOBIAS: O que nós sugerimos... e obrigada pela oportunidade de brincarmos um pouco aqui.

SHAUMBRA 3: Obrigada a você... eu acho.

TOBIAS: Esta é uma boa lição para todos os Shaumbra. E você trouxe à baila um ponto de tanta importância aqui. Quando vocês falam com orações longas, com palavras pomposas, e com frases que eles não entendem, eles vão embora, coçando a cabeça. Entretanto, o que Shaumbra diz é: “O que tenho em meu coração, você também tem. Pode sair. Talvez, às vezes, possa ser uma viagem difícil, mas você também tem que fazê-la. E quando você estiver pronto para que isto aconteça, venha me ver. Venha até a minha porta. Faça-me perguntas. Mas, eu não posso responder uma pergunta enquanto você não a formula. Eu não posso dar-lhe uma resposta enquanto você não formular a pergunta. Eu não posso fazer pregações. Eu não posso dar-lhe regras. Mas ficarei feliz de responder todas as suas perguntas.”

Eles se afastarão, talvez ainda querendo entender o que você disse (risos da audiência), mas você terá estabelecido uma conexão com eles, porque você falou-lhes a partir da sua divindade para a deles. Uma conexão terá se estabelecido. E eles irão com uma inquietude. Há uma boa possibilidade de que voltem mais tarde e comecem a formular perguntas. E quando o fizerem, fale desde o seu coração.

Não dê a eles uma série de regras e regulamentações. Não fale de Shaumbra. Não fale da Nova Energia. Eles não sabem o que é a Nova Energia. Eles apenas compreendem a Velha Energia. Mas, como instrutores, vocês compreenderão que este é o primeiro passo que elas estão dando em sua viagem. O que vocês gostariam que alguém lhes tivesse contado quando começaram a despertar?

Queriam que lhes tivessem dito que teriam que ler 20 livros, e que precisavam ir em todas as aulas? Não. Não. Vocês queriam que alguém lhes dissesse que eram amados, e mais que qualquer coisa, que eram compreendidos. Ajam com simplicidade, Shaumbra! (risos da audiência) Com simplicidade!

PERGUNTA DO SHAUMBRA 4: Saudações, Tobias. Eu estou me perguntando se, em breve, terei a clareza que venho buscando nesta recente viagem em que embarquei.

TOBIAS: Perguntamos a VOCÊ (risos da audiência) o quanto você deseja esta clareza?

SHAUMBRA 4: Profundamente, sinceramente, totalmente.

TOBIAS: Sem reservas?

SHAUMBRA 4: Sim.

TOBIAS: Então, que assim seja. Dê este presente a si mesmo. Sustente-o em seu coração e permita que aconteça. Estará aí. Você necessitava escutar a si mesmo dizendo que estava pronto para que acontecesse. Você necessitava escutar a si mesmo dizendo que estava disposto a caminhar através dos medos associados com o fato de serem tudo o que são, com o fato de serem Humanos Divinos. Que assim seja! Abandone este salão no dia de hoje com uma nova clareza, já que a merece. Obrigado!

PERGUNTA DO SHAUMBRA 5: Tobias, minha esposa e eu pisamos fora do nosso padrão nesta semana (fizeram uma grande mudança em suas vidas). Não temos medo disto. Minha pergunta é a seguinte: você mencionou nos Círculos Carmesim local, os Círculos ao redor do mundo. Nós temos uma quantidade de pessoas associando-se todas as semanas. Necessitamos movimentar estes lugares. Você poderia dar um empurrão para que alguns desses Shaumbra obtivessem os mesmos benefícios dos Círculos locais que possuímos? É por isto que nos sentimos tão bem com o que estamos fazendo agora. Obrigado.

TOBIAS: Isto, meu querido amigo, é seu trabalho: dar-lhes o empurrão (risos da audiência). É por isto mesmo que você se ofereceu de voluntário para este trabalho. É por isto que você desenvolveu a habilidade requerida para isto, para saber como fazê-lo. Mas, perguntamos-lhe algo. Nesta sua atividade, pense fora da caixa. Você chegou a compreender muito bem a caixa. Você a praticou no passado. Você ajudou a definir a caixa no passado. Agora, saia. Você escutou a si mesmo dizendo no Shoud do dia de hoje, que compreende as regras. Você ajudou a escrevê-las. Agora saia delas.

É o mesmo aqui. Nos Círculos Locais há uma necessidade de expressão verdadeira. Cada um está procurando seguir as velhas regras, inclusive no que diz respeito ao horário em que se reúnem, que assuntos vão tratar, o que vão fazer. E, francamente, muitos estão se aborrecendo. Muitos estão buscando algo novo. Assim que, animem-nos, e animem-se vocês mesmos a pensar fora da caixa.

Existe um exemplo que gostaríamos de trazer aqui. Façam o Shoud de forma conjunta. Unam seus “eus” coletivos. Em cada reunião façam um acordo sobre quem fará o Shoud para o grupo. É produzida uma dinâmica interessante aí. É diferente quando alguém canaliza uma entidade externa, como eu. É muito diferente. Quando vocês canalizam, quando vocês fazem o Shoud com os que estão no seu grupo, você precisa estar na sua verdade. Vocês precisam estar fixados em sua verdade quando Shaumbra canaliza Shaumbra.

Existem alguns humanos que possuem interpretações interessantes quando canalizam entidades externas. Algumas vezes seus próprios filtros pesados distorcem o quadro. Vimos isto acontecer com muita freqüência. Vocês poderiam canalizar qualquer dos arcanjos, e às vezes os humanos que se encontram no auditório nem sequer sabem, nem sequer sabem, se estão sendo mal-interpretadas as informações. Eles nem sequer sabem, por exemplo, se vocês procuram canalizar Miguel e, na realidade, acabam com uma entidade desencarnada de baixo nível, enraizada na Terra. Como eles poderiam saber, a não ser que estivessem realmente conectados em seu interior?

Mas, quando se faz o Shoud, vocês não podem enganar ninguém. Vocês estão falando deles, para eles e com eles. Assim que, animem seus grupos a fazer este tipo de coisa. Também animem seus grupos para que se divirtam juntos.

Nós desfrutamos desta idéia do “descanso” que todos vocês pensam ter. Sim, todos vocês possuem uma folga de dois dias, que será uma “escapada espiritual” (risos da audiência). E nós aplaudimos! (mais risos). E logo, querido amigo, perguntem a seus grupos sobre as suas idéias. Perguntem-lhes. E, quando eles dizem, “Bem, não sabemos o que fazer. Não estamos seguros sobre o que fazer com nossos Círculos Locais”, digam-lhes que busquem no seu interior a resposta. Certamente está ali. Vocês escolheram um trabalho um pouco difícil, mas sabemos que seu espírito é forte, e que estão capacitados.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 6: Olá, Tobias. Tenho uma pergunta sobre o que você esteve mencionando, a respeito do fato de termos agora as nossas próprias respostas, ao invés de precisar perguntar a você ou algum outro. Há um tempo atrás meus guias me disseram quase o mesmo: eu, justamente, tinha uma pergunta e fui consultá-los, mas eu já sabia a resposta. Senti-me desamparado. Com toda a honestidade, eu estranho esta interação, e estranho a dependência. Isto aconteceu durante o último verão. Isto aconteceu durante o ultimo verão. Eu sigo achando estranho. Há um próximo nível de contato com estes guias?

TOBIAS: Certamente que há. O próximo nível de contato será quando você vai falar conosco e não nos questionar. Gostamos muito de falar com vocês. Mas parece que quando os humanos chegam a nos, sempre formulam perguntas, perguntas, perguntas (risos da audiência). Eles não chegam e dizem: “Como estão vocês no dia de hoje? Como estão as coisas aí? (mais risos) Como se sentem?” Não, eles não mantêm uma conversação, e simplesmente compartilham conosco as alegrias ou, talvez, o sofrimento do dia. Eles vêm com perguntas. E, às vezes, temos que dar-nos uma batida na cabeça (risos quando Tobias faz a demonstração, batendo na cabeça de Cauldre).

O próximo nível é muito melhor que o nível de pergunta/resposta ao qual vocês estão acostumados. Este próximo nível vai ocorrer quando nós realmente pudermos começar a falar com vocês, contando-lhes nossos pensamentos, nossos sentimentos, falando-lhes sobre a sua viagem. Nosso próximo nível será quando VOCÊS começarem a ensinar-NOS. E é por isso que estamos aguardando. Estamos esperando que VOCÊS ensinem a todos nós. É uma grande responsabilidade. Certamente é.

Vocês têm nos colocado em um certo tipo de pedestal. E é por isto que se sentem desamparados. É por isto que, às vezes, sentem-se sós, porque nós não desejamos estar aí. Nós não desejamos este papel. NÓS seguimos VOCÊS. Nós temos uma perspectiva e panorama geral diferente de vocês. Mas NÓS seguimos VOCÊS. É por isto que estamos lhes dizendo que simplesmente falem conosco. Tornem-se sociais. Falem como falariam com seus amigos na cafetería. Vão nos escutar de uma forma totalmente diferente. E sim, nós discutiremos as questões do dia, tal como vocês fariam com seus amigos, sentados ao redor da mesa. Mas, nós tivemos que nos afastar de muitos de vocês, porque estavam com muita dependência nossa. Sua divindade não pode expressar-se se vocês ficam, constantemente, dando seu poder a outros.

Experimentem isto nesta noite ou amanhã. Procurem simplesmente falar conosco. Procurem rir conosco. Contem-nos uma boa piada, engraçada (risos da audiência). Gostamos disto. Outra coisa de que gostamos e que todos vocês poderiam fazer... gostamos de cantar com vocês enquanto dirigem o seu carro, ou quando cantam com todo os seus pulmões, e sentem-se um tanto ridículos. Vocês pensam ”Isto soa bem!” É porque estamos cantando ao lado de vocês! (muito riso da audiência) Quando vocês estão cantando, realmente estão abrindo seu coração. Vocês estão se expressando, tal como disseram a vocês mesmos no Shoud de hoje. Assim nos uniremos a vocês. Teremos algo para nos divertir. Vamos desfrutar de alguns momentos alegres juntos.

Compreendam que tudo o que fazem está sendo registrado, está sendo reunido. A informação está sendo registrada no nosso lado do véu. Há muitas, muitas entidades que nunca tomaram a forma humana... mais do que vocês possivelmente possam imaginar, que nunca tomaram a forma humana e que estão esperando para ter esta experiência do ser físico. Eles estão estudando seus arquivos. Eles estão se fixando em tudo o que vocês fazem. Vocês são os que se encontram em posição de liderança. Simplesmente falem-nos. Gostamos quando fazem isto.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 7: Olá, Tobias. Esta é a minha primeira visita ao Círculo Carmesim. Durante os últimos anos senti uma grande quantidade de mudanças em minha vida, algumas difíceis, algumas alegres. Um conselheiro amigo me explicou, ou procurou explicar-me, que acreditava que eu estava ascendendo à Nova Energia, o que, posso dizer, que compreendo plenamente. Meus amigos e minha família estão dizendo que estou, de alguma forma, atravessando uma crise da meia idade (risos da audiência). É a mesma coisa ascender à Nova Energia e a crise de meia idade? (mais risos) É algo diferente? Estou atravessando ambos? E há alguma forma de diferenciar um do outro?

TOBIAS: Vamos devolver-lhe a pergunta: está atravessando agora algum tipo de crise? Está atravessando uma crise interna neste momento?

SHAUMBRA 7: Sim.

TOBIAS: Bem, é fácil atribuir todas estas transformações pelas quais está atravessando a uma crise de meia idade, à menopausa, a mudanças, a todas estas coisas. Mas olhe ao seu redor. Todo o mundo está atravessando muitas, muitas mudanças na atualidade. Não seria possível que todo o mundo estivesse atravessando uma crise de meia idade ou a menopausa ao mesmo tempo (risos da audiência). De certa forma, temos visto do que estão falando, alguns de vocês, Shaumbra, os que tentam atribuir o processo divino a outra coisa. Nós vemos... Cauldre não gosta muito do que vamos dizer, mas ele conhece a questão (risos da audiência). Ele nos informa que encontrou outro canal para se pronunciar (através do Shoud). (muitos risos)

Seus conselheiros, seus psicólogos e seus psiquiatras não compreendem o que vocês estão passando. Mas eles têm que ser os sábios. Eles têm que ser os que justificam as cifras em dólares que vocês estão lhes pagando. E, eles precisam colocar uma etiqueta naquilo que vocês estão atravessando. Por isto, precisam buscar rapidamente em seus livros, coçando a cabeça, assombrando-se. E fixam-se na lista de sintomas que existe, página por página. E encontram algum que eles acreditam que se adapta a vocês.

E vocês vão, sentam-se na cadeira ou deitam no sofá, e eles dizem que estão atravessando uma crise de meia idade, a pior que já viram! (risos da audiência) Dizem para vocês voltarem uma vez por semana até que tenha passado (mais risos). Eles lhe entregam um pequeno pedaço de papel e pedem para irem até a farmácia. Vocês se sentirão muito melhor. Logo, quando saem e fecham a porta nas suas costas, cairão exaustos em suas cadeiras, questionando-se a respeito do que acabou de atingi-los.

O que os atingiu foi um anjo humano que está atravessando uma crise. Mas, era uma crise divina, não da meia idade, não uma crise física, não uma crise emocional. É algo que eles não compreendem, e não há livro em sua biblioteca que explique. Ainda não. Esses livros, meus queridos, serão escritos por vocês. Talvez os mesmos não sejam utilizados pelos psicólogos e psiquiatras tradicionais. Mas, uma vez que vocês assumam a responsabilidade pelo que vocês são e pelo seu papel, de uma forma rara e um tanto misteriosa, os que estão atravessando a crise encontrarão o caminho para chegar até vocês e não encontrarão o caminho em direção às portas dos consultórios daqueles que estudaram os velhos padrões.

Não, querida amiga, você não está atravessando a crise da meia idade. Você não saiu e comprou o conversível vermelho (risos da audiência). Você está atravessando uma crise espiritual, um desafio espiritual, poderíamos chamar assim. E você está agindo bem. Agradecemos sua pergunta. Nós sentimos compaixão pelo que você está passando.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 8: Quando Tobias nos contou o que queríamos saber sobre nossa própria expressão, meu coração sentiu-se tão repleto e pleno! E me detive e, eventualmente, passou. E pensei: “Bem, isto terminou.” Mas, então, o coletivo de todos entrou na minha alma e eu tenho que dar expressão a meu grande amor de Shaumbra, de família. E eu digo, desde o fundo de minha alma, e desde o fundo da alma de cada um aqui, que nos unimos a você no amor da família. E, recentemente, me senti validado nos meus sentimentos de que faço parte do Circulo Carmesim. E essa foi a maior bênção que senti em minha vida. Obrigado.

TOBIAS: Obrigado. E nós agradecemos por expressar-se. E agradecemos por ter nos falado. E, mais que tudo, agradecemos pelo trabalho que está fazendo. Sabemos que é um desafio e que é difícil. Você dá muito de si mesmo.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 9: Tobias, como estão indo as coisas do seu lado do véu agora? (quantidade de risos da audiência e aplausos).

TOBIAS: (rindo) Dúzias de anjos acabam de desmaiar! (risos muito maiores da audiência) Eles nunca acreditaram que iriam ver este dia! Nós temos que chamar nossos para-médicos celestiais para reavivá-los! (mais risos).

As coisas estão agitadas aqui (mais risos da audiência). Quando chegam aqui os que fazem a transição do seu lado para o nosso, ficam assombrados de ver o quanto estamos ocupados. Há atividade em todo o lugar. Há tumulto em todo o lugar. Há bate-papos e conversações e há atividade e se planeja. Estamos tentando... e estamos cansados. Mas, estamos tentando responder a sua consciência em transformação. E às vezes passamos um momento difícil para manter-nos a par. Vocês estão mudando tão rapidamente e liberando tanto. Vocês sabiam que cada vez que liberam algo, há uma quantidade ENORME de trabalho do nosso lado? (mais risos). Agora, Cauldre me disse que o meu velho lado judeu está vindo à Luz neste momento! Estamos trabalhando até os ossos aqui! (mais risos)

Quando vocês mudam a sua consciência sobre um fato ocorrido no passado, tenha sido nesta vida ou em outra, vocês não mudam a seqüência dos eventos que tiveram lugar. Vocês somente mudam sua percepção/iluminação sobre eles. Quando vocês decidem liberar um velho medo que data de 15 vidas atrás, nós temos que ser parte do processo. Nós temos que ir a 15 vidas atrás. Temos que enviar toda a comitiva para trás para ajudar a mudar as energias (mais risos).

Nos alegramos de fazer isto, este é o nosso trabalho. É para isto que estamos aqui. Mas, nunca imaginamos que havia tanto trabalho e tanta atividade. Estamos desfrutando mas, com toda franqueza, Cauldre... você pensou que era uma piada quando se falou de um fim-de-semana de descanso, onde Shaumbra simplesmente parassem? Nós nos sentimos aliviados quando vocês fazem isto! (mais risos) Isto de forma alguma é uma piada! Nós não dispomos de férias planejadas e de fins-de-semana de descanso, tal como vocês possuem. Assim que isto, foi muito bom para nós.

Como estão indo as coisa do nosso lado? Nós vamos nos referir a Metatron quando diz: “Não poderíamos ter imaginado algo melhor! É um desafio e é difícil para todos nós. Mas não poderíamos tê-lo imaginado. Vocês sabem, é claro, que houve cenários potenciais de uma destruição da Terra, pela qual não queríamos atravessar com vocês. O que estamos fazendo agora é construir a Nova Energia para a qual vocês irão. Estamos construindo a Nova Energia para as gerações que virão, e não somente para as gerações de humanos, mas de entidades espirituais que viverão na mesma Nova Energia que vocês estão ajudando a criar.” Agradecemos muito seus comentários e suas perguntas.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 10: Obrigado Tobias. Não estou certo de poder seguir com esta pergunta. Nos relacionamentos tenho uma grande clareza, depois da canalização do dia de hoje, sobre colocar a nossa consciência em uma potencialidade, a potencialidade que escolhemos. Você nos disse muitas vezes quando fazemos perguntas: “O que você quer?”. Eu creio que a preocupação que me surge, cada vez que faço isto é: “Isto não é uma agenda? Não estou estabelecendo uma agenda?” E se a potencialidade que escolho tem efeitos potenciais sobre outras pessoas, não estou violando seu livre arbítrio, ou seja lá o que for? Portanto, poderia comentar conosco a respeito? Obrigado.

TOBIAS: Certamente. Em nosso lado do véu chamamos isto de “tolices da cabeça” (risos da audiência). É quando os humanos se metem nos “e que, se...?”, “e que, se...?”, e se preocupam com os efeitos de sua criatividade. Em primeiro lugar precisam saber que a agenda os limita apenas quando predeterminam um resultado para uma situação. Nós lhes dissemos que liberem sua agenda, porque com a agenda, permanecem dentro de uma caixa.

Como humanos divinos, vocês podem criar tanto mais do que consideraram possível em algum momento. Quando liberam a sua agenda, liberam as suas limitações. Isto é tudo, a liberação das limitações e a permissão para que algo novo e pleno se incorpore ao seu ser.

Quanto ao que possa afetar o outro... certamente, vocês afetam os outros! Não é isto o que escolheram... ter sua luz, fazer brilhar a sua iluminação, se eles decidem utilizá-la? Há uma física interessante que se estabelece aqui: é muito difícil afetar outro humano em uma base consciente, não uma física, mas uma base consciente, a menos que eles optem por ser afetados. Compreendam que, simplesmente porque escolheram um caminho em particular ou uma expressão particular, vocês não estão fazendo mudanças neles, a menos que eles escolham.

Muitos Shaumbra estão preocupados por coisas que fizeram no passado, por – como dizê-lo – ter mudado a mentalidade, pensamentos e crenças de outros, Dissemos anteriormente a vocês... vocês foram os que ajudaram a criar religiões. Vocês foram os que ajudaram (riso entre dentes) a fazer lavagem cerebral em outros humanos. E agora, vocês estão preocupados de agir desta forma de novo.

Mas, é diferente na Nova Energia. Vocês trabalham em uma base neutra energizada. Sua energia encontra-se em estado neutro até que outro humano escolha usá-la. Logo é responsabilidade deles, não sua.

Vocês formulam perguntas muito boas. Estas são preocupações excelentes. Mas movimentem-se além disto. Expressem-se a si mesmos. Não tenham medo dos “e que, se...?” “O que se eu ferir alguém? O que se eu ferir a mim mesmo?” Tenham confiança em si mesmo. Confiem em sua divindade. Esta é a chave aqui... quando vocês manifestam confiança em si mesmos. Agradecemos a sua pergunta.

PERGUNTA DO SHAUMBRA 11: O que são estas sacudidas energéticas que estamos sentindo e estas fusões ao nosso redor? O que é tudo isto que muitos de nós estamos passando?

TOBIAS: O que é essa sacudida de energia, e o que SÃO essas fusões pelas quais estão passando? O que são? Diga-nos (risos da audiência enquanto Shaumbra 11 tenta fugir. Shaumbra 11 está relutante em responder a pergunta de Tobias)

TOBIAS: (cruzando suas pernas e sentando para trás na cadeira): o tempo não importa no nosso lado (risos muito maiores).

SHAUMBRA 11: (que voltou ao microfone): mudanças mais rápidas do que, inclusive, podemos imaginar.

TOBIAS: Isso é certo. As mudanças são mais rápidas, inclusive, do que nós antecipamos. As mudanças estão sendo muito, muito rápidas neste momento, em parte porque vocês escolheram assim. Você, todos os Shaumbra, escolheram mover-se rapidamente. O que teria requerido dúzias, talvez centenas de vidas, vocês estão procurando liberar e transmutar e transformar em uma única vida, em um breve número de anos. Há algo que nós chamamos “o fator quântico”. Todos vocês podem perceber que haverá mudanças globais iminentes para o ano de 2012. Vocês leram sobre isto nos livros. Vocês discutiram, e sabem que se aproxima. Nós falamos que vocês não estão amarrados a esse ano de 2012. Não existe nada sagrado vinculado a qualquer ano.

Vocês são os que mudam o ritmo. Vocês escolheram acelerar. Vocês têm o pé no gás, indo tão rápido quanto podem. Mas, querido Shaumbra, olhem para baixo por um momento. Onde está o outro pé? (breve pausa, seguida de risos da audiência). Vocês mesmos responderam a sua pergunta! Vocês estão colocando uma grande quantidade de estresse sobre a sua maquina espiritual. Vocês estão procurando ir rápido, mas o seu medo está colocando o pé no freio. Um pé no pedal do gás e o outro no freio. Isto é o que está ocasionando o problema.

No Shoud de hoje vocês disseram a si mesmos para expressarem-se. Como podem expressar-se se um pé está no freio? Vocês estão sendo cautelosos e isso é justificável. Mas, diminuam um pouco a pressão sobre o freio. Vocês perceberão que podem fazer a transição para a Nova Energia de uma forma muito melhor.

O mundo ao seu redor continuará tendo estas subidas e descidas, estes altos e baixos. Há mais de um ano de seu tempo, nós informamos que o mercado de valores passaria a andar sobre patins. Não somos pregadores do futuro, entretanto, na atualidade podemos ver que as coisas vão e vêm, para cima e para baixo. Este é o curso natural. De certa forma, foi desenhado por vocês dessa forma, porque isto cria um momentum, e cria energia. Se sempre fosse para cima, não haveria uma energia correspondente para fornecer o momentum ou o combustível. Por isto vocês experimentam os altos e baixos. Vocês, Shaumbra, estão se acostumando a isto. Vocês estão aprendendo como fazer para manterem-se em um lugar de equilíbrio, ainda que o mundo ao seu redor esteja atravessando tormentas.

Agora, esta coisa que você chama de “fusão”... De certa forma, o que vocês estão fazendo, literalmente, ao atravessarem estes processos rápidos, furiosos e intensos é fundir velhos atributos, velhas barreiras, velhas formas de consciência ao seu redor. Isto está fazendo com que o seu sistema mental, físico e espiritual sinta-se exausto. Mas, de forma rápida, estão fundindo velhas camadas. Vocês estão começando a sentir a luz no final do túnel. E, não, não é um trem. É a sua divindade. Como vocês pressentem isto, querem acelerar, querem ir mais rápido. Realmente podem sentir que isto se aproxima. Assim que, estas finas camadas que ainda estão presentes, vocês estão procurando fundi-las e queimá-las rapidamente. É isto o que está acontecendo.

Agora, quando vocês as atravessarem, não tentem combatê-las. Vamos acrescentar uma sugestão muito simples e eficaz, para todos vocês, para todos Shaumbra. Quando vocês realmente sentirem estes períodos de desassossego, que vocês chamam fusão, tomem um banho. Tomem um banho. Utilizem alguns sais marinhos no banho. Eles ajudam a eliminar algumas velhas energias. Eles ajudam nisto.

Respirem profundamente.

E, queridos amigos, comam uma fatia de bolo de chocolate (risos da audiência). Existem mais coisas nisto do que simplesmente o humor que está por trás. Serve para duas coisas. Estão se dando um presente. E no chocolate existe uma vibração muito potente. O chocolate ajuda a mitigar os sintomas da ascensão (risos da audiência e aplausos).

Queridos amigos, foi uma alegria estar com vocês no dia de hoje. Foi uma alegria vê-los canalizarem a si mesmos, vê-los expressarem-se como grupo. O que vocês disseram foi registrado do nosso lado, bem como no seu. E vai se converter em livros para aqueles que virão. Vocês nunca estão sós. E eles também nunca estarão sós.

E assim é!


Tradução para o português: Eleonôra

Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, vulgo "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com <http://www.crimsoncircle.com> . O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.

O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.

Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.

As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.

O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.

Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.

Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado.

© Copyright 2002 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.