Perguntas & Respostas: A Escuridão Interior Busca Liberação

TOBIAS E O CONSELHO CARMESIM

Círculo Carmesim, 13 de outubro de 2001 - Série da Ascensão

Lição 3: A Escuridão Interior Busca Liberação

Perguntas & Respostas



Tobias: E assim é, queridos e velhos amigos que são Shaumbra. Retornamos a este círculo para dar prosseguimento a suas perguntas. (dando uma risadinha) Vamos fazer uma tentativa de lhes dar respostas. Agora, sabemos que o tempo corre aqui. Vamos deixar de lado nossas conversa normal porque, de uma certa maneira, já dissemos tudo que precisava ser dito neste dia em relação a Lição Três. Passamos por todas as questões. Toda a energia já se encontra dentro de vocês. Assim, com isso, e sabendo que seu tempo corre, vamos direto às perguntas.

Pergunta: Tobias, por que? (risadas)

Tobias: Bem, se fôssemos filósofos humanos, diríamos, “Por que não?” pois esta é a questão. (risadas)

Por que?... é uma pergunta muito boa, e é sobre sua jornada. É sobre sua busca. É sobre sua ascensão. É a pergunta que tem sido feita pelas entidades desde que saímos de Casa. Desde que vocês saíram de Casa esta tem sido uma coisa básica – a busca de Deus, a procura de Deus. Quando estavam no vácuo criando esta Segunda criação, a verdadeira pergunta era sobre onde achar Deus, como voltar pra Casa. Quando todos nós amadurecemos, compreendemos que não se tratava de voltar pra Casa. Se tratava de criar algo novo. Mas, a busca por Deus continuou. 

A Ordem Arc foi criada para ajudar a definir uma energia desequilibrada, uma energia que estava a procura de Deus. Uma resposta à pergunta “por que.” Era sobre um lugar e uma experiência que capacitaria vocês, e depois a nós, para mais uma vez conhecer Deus, mas num relacionamento diferente daquele que tinham com o Rei e a Rainha quando vocês eram Jack. A relação agora vem de dentro de você. A relação é sua e pessoal. É sobre integrar sua divindade. 

Por que? Se você volta a história de Jack, vai se lembrar que escolhemos cuidadosamente as palavras. Foi dito que Jack era um príncipe, o filho do Rei e da Rainha. Um dia ele herdaria o trono. Mas, ele desejava uma última fazer uma última jornada. Por que? Para compreender como trazer a energia de Casa, como carregar a energia de Deus, como trazer o divino diretamente dentro de si, em sua experiência em seu ser. Jack não a possuía quando estava no Reino. E para ser um verdadeiro criador, Jack precisava descobri-la por sua própria conta. 

Você esteve buscando Deus desde então. Você está começando a compreender a dinâmica disso e como funciona. É difícil. Não chega fácil. Por que? É a conclusão de um círculo que começou no momento em que o Espírito contemplou o Eu e iniciou toda uma dinâmica de nova criação, de dualidade, e de experiência. É a finalização da busca do Espírito para conhecer o Eu, para conhecer a expressão, vivendo através da experiência. 

E, por que não? (risadas) 

Pergunta: Tobias, mais do que nunca, precisamos saber sobre transmutação.

Tobias: Isto é realmente correto. O primeiro nível dessa transmutação foi discutido hoje, neste dia. A transmutação de energias chega quando você dá atenção a elas, quando você tem a sabedoria de compreender que estas energias, insidiosas que são... querem ser liberadas. Elas querem ser liberadas ao máximo, não ao seu máximo. Este foi o erro do terceiro trabalhador de luz, a mulher que tentou curar e manipular. Estas energias querem ser liberadas ao nível mais alto delas.

A primeira lição na transmutação é perguntar o que deve ser sabido. Do que estas energias buscam ser liberadas? O que representam estas energias? Por que elas estão sendo retidas? Por que estão causando medo e escuridão e terror e raiva e todas estas outras emoções?

Vamos continuar a falar sobre isso, como dissemos numa sessão como esta há pouco tempo atrás. Ainda estamos aprendendo de vocês. Ainda estamos aprendendo. Temos observado vocês nestas últimas semanas em especial. Estamos começando a compreender como o medo é transmutado, como é trabalhado, não apenas de nosso ponto de vista teórico, mas também do ponto de vista prático em sua Terra. E, depois estamos devolvendo esta informação a vocês.

Em nossa discussões com vocês, nas várias lições que se seguirão, vamos continuar esta história da transmutação, de girar, de desdobrar. Realmente, transmutação de energia é de fato energia de desprendendo, energia evoluindo. Cada vez que você esforçar-se para ir a seu próximo nível... cada vez que você faz um esforço para alcançar seu próximo patamar, isto causa o surgimento de escuridão. Faz a serpente surgir na estrada. O primeiro nível de transmutação é perguntar “por que.” Agradecemos a você por esta pergunta, e vamos continuar a discutir o assunto. É uma área importante e tão vital que continuaremos a falar sobre ela.

Pergunta: Tobias, desde 11 de setembro, tenho sentido uma tremenda tristeza e as lágrimas rolam de meus olhos em momentos inesperados. Não sei como lidar com isso. O que está acontecendo? O que posso fazer sobre isso?

Tobias: Você, minha querida... todos vocês... tem se tornado tão sensível, em especial nestes últimos seis meses. Você está expondo partes de seu ser. Está se tornando muito afinada as coisas. Você está sentindo o pesar dos humanos a seu redor. Mas lembre-se não é mais sobre você. Não é mais sobre você. Você está aqui em serviço como uma professora.

Vocês estão sentido a energia das pessoas que precisam de sua sabedoria e de seus ensinamentos. Estão ouvindo e sentindo a batida na porta. Ela chega na forma de pesar e emoção e ansiedade e lágrimas. Vocês estão sentindo o pulsar da humanidade. Ao mesmo tempo estão sendo chamados a servir. Isto é a batida na porta de que falamos. Esta é a batida na porta.

Agora, ao compreender que não é sobre você, isso não faz com que o pesar vá embora. Não é como se você se tornasse completamente insensível, mas pelo menos você sabe como equilibrar esta energia em seu interior. Você pode sentir que os humanos e que a Terra está triste e passando por dificuldades. Então é hora de fazer uma pausa e se perguntar, “Para o que estou sendo chamada agora?” E, você sabe, a resposta virá a você. Pode vir de uma maneira que talvez você não esteja esperando, mas ela virá a você.

Esta é uma ótima pergunta. Compreendam que é devido ao progresso que vocês estão fazendo. Compreenda que também há uma parte de você, uma parte amorosa, de um humano que cuida, que sente compaixão por cada um que está sofrendo. É isto que amamos nos Shaumbra. Vocês cuidam tão profundamente dos outros que carregam o peso consigo mesmos. Tenha compaixão. Tenha amor e esperança. Compreenda que há um chamado agora para que faça seu trabalho, o trabalho que planejou realizar há milhares de anos. Agradecemos a você.

Pergunta: Tobias, há sabedoria nas ações militares que estão sendo empreendidas atualmente?

Tobias: Isto ainda está para ser decidido. (risadas) De nossa perspectiva, houve uma incrível sabedoria... há um incrível equilíbrio em esperar, mesmo que tenha havido evidências sobre quem perpetrou estes eventos. Houve um cuidadoso período de espera.

Agora, na história de Samuel, em seu primeiro encontro com a serpente, ele sabe que é momento para inspirar sua divindade e equilibrar-se. Então acontece uma coisa de fora surpreendente e inesperada que aparentemente intervém para o proteger. Depois, mais tarde ele aprende, perguntando em seu íntimo, o que é que deveria fazer. Ele aprende que deveria se dirigir a serpente. Pergunta por que ela está ali. Ele chega a compreensão de que a serpente verdadeiramente quer ser liberada das velhas energias.

Agora, talvez isto venha a significar que estar num espaço de equilíbrio e força seja bom. Compreenda que quando você está em equilíbrio, não é sequer necessário puxar sua faca ou sua espada. Haverá um acontecimento externo que ajudará a re-equilibrar a energia. Como você se recorda, o segundo Trabalhador da Luz, o que puxou sua faca com raiva e ia matar a serpente... ele foi morto instantaneamente. Isto deve significar algo a você sobre a natureza da força desequilibrada.

Gostamos de contar histórias sobre jornadas nas estradas. Gostamos bastante. (Arcanjo) Rafael é muito bom nisso. Pra falar a verdade, nós brincamos com ele neste lado do véu e dizemos, “É apenas uma história.” Ele sempre começa a contar histórias pra nós com “havia três humanos na estrada.... havia um humano na estrada.” (as pessoas riem enquanto Tobias implica com Rafael) Ele sempre inicia suas histórias dessa maneira. (mais risadas, em parte porque Tobias está muito engraçado – sim, Tobias às vezes nós rimos de você, amorosamente, é claro)

Mas, esta história fala do equilíbrio que é necessário a este ponto. Compreenda que a escuridão busca a liberação. Compreenda que precisa dirigir-se a ela, mas de uma forma firme. Agora, não vamos sequer insinuar que temos respostas para esta pergunta. Mas vemos direções. Vemos que é importante manter a força, mas ao mesmo tempo continuar a fazer perguntas, continuamente perguntar a estas velhas forças, que vocês chamam forças do mal, forças terroristas... pergunte a eles o que buscam, o que é que procuram liberar.

Force-os com a unificação de todas as nações de seu mundo. Empurre-os a mesa de conversações. Mas, sabem de uma coisa? Vai ser difícil pra eles sentar-se em conversação. Mas, se há uma pressão contínua, uma enorme pressão de todos seus líderes e de todas as nações, eles sucumbirão. Eles se enfraquecerão. Eles tremerão ao sentar-se num espaço da verdade, cara-a-cara.

Ouvimos isto dos três que estão conosco hoje. Eles dizem que isso é a última coisa que este grupo quer. Eles desejam tumulto. Querem terrorismo. Querem rasgar o tecido da energia nova. Quando convocados a mesa de conversação para falar a verdade, serão destruídos. Não sabem como lidar com isso. Tudo isso é especulação de nossa parte. O macho raivoso, de postura militar, queridos amigos, pode sair dando tiros se não estiver em equilíbrio. Poderia dar tiros, como fez o segundo Trabalhador de Luz. Firmeza com amor e sabedoria é o que é necessário neste momento.

Pergunta: Tobias, me círculo de amigos e pessoas que encontro, todos querem rezar pela paz. Eu sugeri que orassem por uma plena consciência de todas as pessoas no planeta. Acredito que consciência plena é lembrar quem realmente somos, puro amor, de maneira que não possa haver espaço para nada mais. Estou sendo simplista?

Tobias: Não, meu querido, você é sábio. Você é sábio. Ficamos encantados ao ver como estão indo longe. Agora, vamos falar sobre oração por um momento. Quando humanos rezam, especialmente em grupos, queremos muito partilhar com vocês o que vemos de nosso lado. Vemos que no mais fundo há um desejo para que o bem seja feito, mas vemos energias não apropriadas. Quando ouvimos grupos de humanos rezando, de vez em quando há tanta confusão e desequilíbrio que temos que pular fora do caminho, ficar de fora destas rezas. Os humanos não sabem para o que rezam.

Cauldre... pensa nos e-mails que vai receber quando nós dizemos estas coisas, mas (risadas) precisamos continuar. É quando há uma consciência de equilíbrio. Quando você olha para dentro em primeiro lugar. Quando todos estes eventos aconteceram (os ataques terroristas), não estamos dizendo que foi ruim que o mundo tenha rezado, mas vocês precisavam ter ouvido algumas das preces! Não faziam sentido!

Vocês sabem o que é mais poderoso que uma oração? É o abraço! É o abraço dado sem nada pedir de volta. É o partilhar de amor e de energia. Que não tenta mudar ou transformar a pessoa. Que tenta conectar-se com ela.

Quando duas energias que funcionam em diferentes vibrações tocam uma a outra, ocorre um novo e mais elevado nível de energia que é alcançado por ambas as partes que se tocaram. Abraçar-se é uma expressão simples de amor. Algo se modifica que muda ambas as pessoas. A energia de pessoa alguma deveria ser considerada fraca ou forte, melhor ou pior. Uma conexão é o que ocorre.

A oração é tão mal entendida em sua sociedade. Desafiamos os Shaumbra a pesquisar um novo jeito de rezar. Os humanos são tão ligados a palavra “reza,” e sabemos que ficam chocados quando dizemos que ela não é mais eficaz. Quando você sente compaixão, e há lágrimas em seus olhos e você cuida de outro humano... iss é que faz a diferença na medição de energia. Não são as orações rezadas. É o que foi sentido no coração.

O terceiro Trabalhador de Luz em nossa história de hoje queria “tratar” a serpente. Ela queria encontrar a criança interna ferida da serpente. Isso foi energia desequilibrada. Ela não sabia o que estava tentando curar. Não tinha a mínima idéia, mas pensou que iria curar a serpente. Ela pensou que com seu programa, quando curasse a serpente, se tornaria uma heroína. Pensou que fosse a curandeira e a serpente o paciente. Não é assim que a energia funciona. Em primeiro lugar tem que se compreender porque a serpente está ali. Ela não entendeu. Ela não fez perguntas.

Quando você reza, não entende muito para quê está rezando. Quando você reza pela paz, como é que parece esta reza? O que é paz? Se você reza pela paz, mas continua havendo escuridão necessitando ser liberada, então ela está sendo acobertada. Há uma cobertura açucarada na paz, que não vai segurar. Tem havido problemas na área de seu mundo chamada Oriente Médio. Tem aí uma cobertura açucarada dizendo, ‘Vamos dar um aperto de mãos e ficamos amigos.” Mas, quando dão as costas, a serpente surge, pois não deram atenção a ela. Ela não foi liberada.

Quando você reza pela paz, pelo o quê está rezando? De uma maneira, o programa é, “Por favor, querido Deus, faça com que meus problemas desaparecera. Não quero vê-los.” A questão é compreender a consciência em elevação. Cada vez que a consciência se eleva, a serpente aparece. Mas, cada vez vai ser mais fácil lidar com ela, dizendo, “Por que você está em meu caminho? Eu sou Shaumbra. Sou forte e divino, e pergunto o que é que você busca.” Agradecemos a você por esta pergunta iluminada.

Pergunta: Última pergunta. Tobias, você diz para se construir novas igrejas, mas elas não são igrejas. Então porque chamá-las de igrejas? Não se trata apenas de uma nova maneira de ensinar “siga em seu caminho e ensine-o?”

Tobias: Realmente, e nós escolhemos cuidadosamente esta palavra. Ela pode ser usada, num certo sentido, porque é a palavra com a qual os humanos estão familiarizados, e irão compreendê-la. Isto faz a transição um pouco mais fácil para eles. Se você vem com outro nome, eles não vão entender muito bem, e pensarão que talvez você esteja vindo de outro planeta. (risadas)

Usar a palavra “igreja” é mostrar uma nova luz, mostrar um nova maneira para uma energia que já está estabelecida. Também faz o humano levantar as sobrancelhas e dizer, “É, isto é uma igreja?” Dando oportunidade para dizer, “Sim, mas é uma nova igreja. Não tem paredes. Não tem um livro glorificado. Não tem adoração por uma entidade que nunca foi vista e talvez nunca venha a ser.”

A nova igreja se trata de compreender a relação com o Deus interior. Desde que saíram de Casa, vocês tem procurado por Deus. A nova igreja é você... a nova igreja é você. É onde Deus e divindade podem ser encontrados. Escolhemos cuidadosamente as palavras porque a igreja não é o prédio ou a organização. A igreja é a pessoa que senta-se a sua frente. A igreja é você. A procura de Deus termina aí. É aí que você vem a conhecer o Espírito. É quando você chega a conhecer o Lar.

Gostaríamos que houvesse ainda mais uma pergunta. (Uma longa pausa enquanto Linda procura. Tobias disse, depois de esperar um pouco, acompanhado de risadas do público,”Não sabíamos que seria tão difícil.” Linda responde: “Você está satisfeito de já ter respondido um tanto delas.”

Pergunta: Tobias, última questão. Eu sei que Cristo se refere a um nível de consciência e é o mesmo que a consciência de Krishna, Buda, etc.. mas parece haver uma diferença ente Jesus de José e Sananda.

Tobias: Realmente há. Isto nos dá oportunidade para falar sobre algo que estávamos querendo dizer, mas a pergunta não foi feita, assim que tivemos pedir que se fizesse a pergunta. (o público dá gargalhadas e Tobias uma risadinha) Cauldre não gosta muito quando nosso brilho o sobrepuja! (mais risadas)

Há a energia de Jesus, que vocês poderiam dizer que foi do ser ou da entidade, um velho amigo que caminhou na Terra. Este era seu nome e a estrutura de energia impressa que o identificava. Jesus é parte de uma família espiritual. Agora, as palavras humanas, às vezes são limitantes demais. Mas, ele é parte de uma família espiritual. Você diria que é da família de Sananda. Agora, dentro da família de Sananda, há muitos seres e muitas entidades que carregam esta energia. Mesmo em sua Terra você tem muitos Trabalhadores de Luz, muitos Shaumbra que estão canalizando Sananda. Isto significa que estão canalizando Jesus? Não necessariamente. Sananda é uma ampla energia família. Seria como se você tivesse o nome Silva. Há uma enorme família associada a ele, mas seu nome é João. Este é o indivíduo.

Assim que há a família de Sananda que de fato faz parte da Ordem Arc. Quer dizer ... ela tem alguns atributos diferentes dos seres que vocês conhecem como arcanjos, mas Sananda é uma energia única dentro da Ordem Arc. Seus membros, os membros desta família, em geral vem à Terra em tempos de grandes mudanças e grandes saltos de consciência.

Agora, isto nos permite partilhar com vocês o que eu deseja partilhar. (risadas) Eu, Tobias, sou o que andou na Terra milhares de anos atrás. Sou um velhos amigo de vocês, dos tempos de Atlântida. Também caminhei com vocês em uma forma não física, mesmo neste últimos milhares de anos.

Mas, há uma maior, mais ampla energia da família Tobias. Não sou apenas o humano morto, ou como Cauldre me chama, o “velho judeu.” (risadas) Há uma energia de família mais ampla. Pertence a linhagem direta da Ordem Arc. A energia da família Tobias tem sido escrita recentemente por outros como TO-BI-US. Isto não é um interpretação muito acurada. Energeticamente deveria soar – é muito difícil traduzir – energeticamente soaria com “To-ah-mus.” Mas, vocês a chamam a familía de “To-bee-us.” Esta energia de que eu, Tobias faço parte e de que vocês fazem parte é uma energia muito grande, ampla e com muita dinâmica espiritual. É diferente do Conselho Carmesim, pois este é um grupo dentro desta energia de “To-bee-us.”

Este grupo, esta família de que fazemos parte, vem a Terra em tempos específicos. Trabalhamos próximos a energia de Sananda, mas entramos como trabalhadores de mudança de energia. Entramos em épocas quando há uma grande transformação na consciência. Nestes períodos envia-se pra cá trabalhadores aclimatadores de energia. Vocês são os que sabem como pegar a mudança em consciência – pegar esta energia etérica – e ajudar a implantá-la, ajudá-la a seguir adiante e ajudar a materializá-la.

Estivemos esperando um tempo para discutir isso, mas queridos amigos, há algo muito maior acontecendo aqui do que vocês possam reconhecer. Há muito mais do que esta entidade chamada “Tobias,” aqui sentada com vocês. Há uma energia de família muito mais ampla que entra quando nós falamos. É mais fácil nos dirigirmos a vocês como “Tobias” o humano que andou na Terra, um ser que tem compaixão e compreensão, que tem caminhado com vocês, que é seu velho amigo. É mais fácil nos dirigirmos a vocês através desta identidade energética, do que alguma - como dizer – grandiosa e ampla e ilustre energia que vem diretamente da Ordem Arc, porque não poderíamos então conversar assim tão próximos e pessoalmente como fazemos. Assim, tomo a identidade de “Tobias” para um contato mais íntimo com vocês. Mas, compreendam há algo de muito mais grandioso, muito maior acontecendo aqui. Esta é a razão mesma por que estão aqui.

Esta é a maneira como queríamos concluir nossa discussão deste dia, mas a pergunta não foi feita! Queríamos que vocês compreendessem a enormidade do trabalho que realizam. Vocês entram agora no momento de mudança de consciência. É tempo de fazerem seu trabalho. Você saberá o que é tão somente fazendo a pergunta. Pedimos a Cauldre agora que reforce o propósito real e o verdadeiro significado do Círculo Carmesim, um lugar para nutrir, apoiar e facilitar todo o trabalho que vocês estão fazendo, um lugar para ser o ponto central onde vir quando você precisa de orientação ou amor ou apenas abraços.

Nós amamos vocês ternamente.

E assim é.




Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado. A história de Tobias, do livro bíblico e Tobit, pode ser encontrada no site do Círculo Carmesim na rede – www.crimsoncircle.com O material de Tobias tem sido oferecido sem ônus aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra mundo afora desde agosto de 1999, data quando Tobias disse que a humanidade ultrapassou o potencial de destruição e entrou na Nova Energia.

O Círculo Carmesim é uma rede global de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Energia Nova. Passando pelas experiências, alegrias e desafios do status ascensional, eles ajudam outros humanos em sua jornada compartilhando, cuidando e guiando. A cada mês mais de 40.000 pessoas visitam o site do Círculo Carmesim para ler os últimos textos e para discutir suas próprias experiências.

O Círculo Carmesim realiza seus encontros mensais em Denver, Colorado, local onde Tobias apresenta as últimas informações através de Geoffrey Hoppe. Tobias afirma que ele e outras entidades do Conselho celestial Carmesim, estão na verdade canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles lêem nossas energias e traduzem nossa próprias informações de volta para nós de maneira que possamos vê-las de fora, enquanto as experimentamos por dentro. Os encontros de Círculo Carmesim são abertos ao público, embora RSVPs seja bem vindo. Não há custos ou taxas a pagar. O Círculo Carmesim recebe sua abundância através do amor aberto e da doação dos Shaumbra pelo mundo.

O propósito último do Círculo Carmesim é servir como guias humanos e professores de humanos que percorrem o caminho do despertar espiritual interior. Esta não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior guiará as pessoas a sua porta para compaixão e cuidado. Você saberá o que fazer neste momento, quando o humano único e precioso – prestes a embarcar na jornada da Ponte das Espadas – chegar a você.

Se você está lendo isso e sente a verdade e a conexão, então você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade floresça em seu interior neste momento e por todo o tempo a frente.Você nunca está só porque há a família ao redor do mundo e há os anjos nas esferas ao seu redor.

Por favor distribua estes texto livremente sem base comercial e sem cobrar. Por favor, inclua a informação em seu todo, inclusive as notas ao pé de página. Qualquer outra utilização precisa ser aprovada por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado @copyright 2001 Geoffrey Hoppe, POBox 7328, Golden, Colorado, CO 80403. E-mail: Tobias@crimsoncircle.com. Todos os direitos reservados

Tradução para o português: Sonia Gentil, outubro/2002