Perguntas & Respostas: Em Sua Nova Casa

TOBIAS E O CONSELHO CARMESIM

4 de junho de 2000 - Série da Nova Terra

Em Sua Nova Casa

Perguntas e Respostas



Tobias: [Retornando do intervalo após a sessão de canalização.] E assim é, queridos amigos, que não levou muito tempo para estarmos de volta aqui! A energia nesta sala permanece forte e clara. Agora, Cauldre (Geoffrey Hoppe) às vezes se preocupa. Ele acha que levará muito tempo para se reintegrar depois do intervalo. Mas este é um exemplo de como se estar na nova casa, onde se pode simplesmente exprimir intenção como Cauldre fez. Então, ele sentiu a nossa presença chegar mais cedo do que costumava sentir. Agora, vem a parte mais divertida e interessante em que fazemos perguntas e respostas. Esta noite, podemos ver que há muitas, muitas perguntas neste grupo, mas muitos não vão se manifestar. Se vocês tiverem perguntas que prefiram não receber a resposta aqui, simplesmente expressem a sua intenção que trabalharemos com vocês durante o estado de sonho esta noite. Agora, começaremos com a primeira pergunta.


Pergunta: Tobias, esta palavra "Shaumbra" continua como centro das atenções. Eu não consigo encontrar alguém que saiba o que ela significa ou como soletrá-la. Você poderia nos falar mais sobre "Shaumbra" e também como soletrá-la – em inglês! [muita risada]

Tobias: Essa é, na verdade, uma pergunta excelente, e tomará um tempo para explicar apropriadamente o que significa. Não é bem uma palavra humana, mas sim uma vibração deste lado. Há muitas partes disto que discutiremos. Em seu nível mais simples, Shaumbra significa família. Shaumbra significa esta família. Como sabem, estivemos juntos antes muitas, muitas vezes. Viajamos juntos, e estamos de volta aqui agora neste grupo. Estamos de volta com nossa família espalhada por toda a Terra. Assim, na forma simples, Shaumbra significa nossa família. Na vibração de Shaumbra, há dois elementos básicos que aparecem juntos. A primeira parte é a vibração da palavra, que se pronunciaria como "shau-home". "Shau-home" é bem como soa. Neste lado do véu, "shauhome" significa a energia de Home (Lar, em inglês), a energia da família. A segunda parte, "ba-rah", tem a ver com experiência, jornada e missão. Assim, quando se junta esta energia, é "shau-home-ba-rah", que significa família que está reunida em jornada. Agora, nos tempos bíblicos, vocês e outros – que viveram naquela época – se reuniram em encontros um tanto secretos. Foram tempos em que a mensagem chegava em encontros familiares como este. O código utilizado na época era o tipo de vestimenta. Era um manto ou xale usado tanto por homens quanto por mulheres. Era de uma cor característica que possibilitava que os outros da família soubessem que era hora de se reunirem. E essa cor, é claro, era o carmesim. Desse modo, algumas línguas da Terra fazem referência a palavras semelhantes a "Shaumbra", que estão relacionadas com uma vestimenta. Pegou-se a palavra daquela época e, então, se trouxe para muitas outras línguas. "Shaumbra" não se soletra do nosso lado, porque nós não usamos o alfabeto como vocês. É, na verdade, uma energia. Mas há muitas formas potenciais. A forma como o Dr. Reynolds a soletra em suas canalizações foi a mais apropriada. É a mais precisa para o nível vibracional. São usadas também, em sua língua, energias que se relacionam ou são similares a ela, tais como "shambrala". Há referências a este lugar que está escondido nas montanhas do Tibet e que tem algumas vibrações e designações parecidas com a da palavra shaumbra. Estávamos esperando por essa pergunta, e nos agrada poder respondê-la.

Pergunta: Tobias, eu recebi em um sonho este mês algo ligado às crianças "índigo". Era como se eu entrasse em um portal, uma passagem, que era chamada de "portal índigo". Você sabe o que é isso?

Tobias: Verificaremos aqui com outros; nos dê um momento. [Pausa enquanto Tobias e o Conselho Carmesim pedem ajuda a outras entidades.] Esse "portal índigo" que vê em seus sonhos não se relaciona muito ao que chamam de crianças "índigo". Refere-se à outra coisa. Tem a ver com lugares –dimensionais ou físicos – pelos quais muitas entidades passaram para chegar aqui. Todos que estão nesta sala viveram em muitas outras épocas em outros lugares "cósmicos" antes de virem para a Terra. Havia certos conduítes ou portais que eram usados quando vocês vieram para cá. O "portal índigo" foi um dos que ajudaram a trazer entidades de um lugar que seria difícil explicar no momento, em canalização. Esse era o portal que estamos vendo e entendendo aqui.

Agora, há novas entidades vindo para a Terra nesta época que nascerão como humanos pela primeira vez. Estão usando o mesmo portal, esse caminho índigo. Então, haverá uma nova linhagem de crianças, diferente da que vocês já chamam de crianças "índigo". As crianças "índigo", a que vocês se referem, são as que, em geral, tiveram muitas encarnações nesta Terra. Existe ainda um novo tipo de humano que, em breve, estará pronto para nascer e não teve experiência anterior na Terra. Há muitas complexidades nesta questão que seriam difíceis de explicar em um curto período de tempo aqui. Mas nós continuaremos a trabalhar com vocês no seu entendimento, mesmo depois de hoje.

Pergunta: Tobias, você falaria para nós sobre como a nossa relação com a comida pode mudar na nova casa?

Tobias: Seguramente. Primeiro, diremos que é uma situação individual. Diremos para ficarem em sua nova casa e perguntarem o que é mais apropriado. Deixem a sua nova energia escolher as comidas apropriadas para vocês. Vocês irão compreender muito rapidamente o que melhor serve ao corpo. E, também, saibam que vocês passarão por uma série de mudanças e transformações. Vocês podem ter atração por um novo tipo de comida agora, apenas para em questão de poucos meses poderem optar por um tipo diferente. Certamente, as comidas que contêm essências vivas, elementos vivificantes que não tenham sido processados integralmente, serão as mais benéficas para o seu ser físico. Incluem quaisquer vegetais e frutas, tudo que cresça do solo que não tenha sido processado integralmente. Para os que comem carne, há muitos nutrientes que são benéficos a vocês, se ainda estiverem nesse tipo de dieta. Não é apropriado dizer aqui, para ninguém aqui, que um determinado tipo de comida é errado para vocês ou qualquer outra pessoa. É para ficarem abertos quanto a isso. Em geral, quanto menos os alimentos forem processados, melhor serão para vocês. Vocês também descobrirão que o volume de comida que têm consumido diminuirá um bocado, e, então, vocês se verão em um novo ciclo em que seu consumo de energia será muito, muito mais substancial do que era no passado. Vão continuar existindo ciclos como este por vários anos do seu tempo. É melhor, uma vez mais, simplesmente perguntar a seu ser o que é melhor para ele. E, novamente, vocês descobrirão que essas respostas serão trazidas a vocês.

Pergunta: Eu gostaria de saber qual é o melhor caminho ou momento para expressar intenção. É melhor durante o dia, ou à noite antes de ir dormir?

Tobias: Não há melhor ou pior momento aqui. O mais importante é vir do coração. Agora, nós iremos nos desviar um pouco aqui para dizer que, em sua nova casa, amigos, não há mais sete chakras físicos e cinco etéreos. Há somente UM chakra. Há somente um único centro de energia aqui, e está unificado. Acessar esse chakra uno é mais importante do que a hora do dia ou o mês. Pensar que havia um momento ou um caminho em particular para fazer alguma coisa vem do intelecto. Tem a ver com dificuldades. Quando vem da pureza do coração e quando vem do lugar de unidade e Divindade interior faz a maior diferença. Será talvez uma das coisas mais difíceis de entender em sua nova casa. Existirá a tendência de querer saber quais são as técnicas específicas, qual é o dia ou o mês específico, qual é o ciclo astrológico específico. Meus amigos, esses dias se foram. É por isso que estão aqui. Agora diz respeito ao que vem de dentro, ao que vem do âmago de seu ser. Não há qualquer meio em particular para expressar intenção, senão vir honesta e puramente do âmago de seu ser.

Pergunta: Tobias, o que eu entendo da nova casa e de nossa mudança para a nova energia é que, quando chegamos aqui, uma parte de nós veio para cá, um pedaço do aspecto Eu Sou. Estamos agora no processo de nos tornarmos mais inteiros com esse aspecto. Eu me pergunto se vai ser assim quando os Trabalhadores da Luz ficarem integrados. Você estava falando, então, de trabalharmos com as pessoas, de sermos os professores das pessoas que precisarem, que quiserem passar para esta energia. Como será isso?

Tobias: A estrutura da sua nova casa foi desenvolvida especificamente de modo que vocês possam aceitar, de modo que vocês possam ser tudo que vocês são. Como afirmamos em mensagens anteriores, muito do Eu Verdadeiro, muito de sua Divindade não foi capaz de caber nesse recipiente com o qual vocês caminham pela Terra. Esse recipiente era a velha casa. Na nova casa, queridos amigos, a estrutura e a tecedura energéticas – por falta de palavras melhores – permitem a vocês acomodarem mais e mais e mais o seu Eu Verdadeiro. Isto não acontecerá a vocês em um único momento resplandescente. Mas começará a acontecer. Vocês começarão a trabalhar com isso. Enquanto se tornam criadores, enquanto ativam a energia neutra da nova casa, aos poucos mais do seu Eu Divino chega para, então, ficar instalado aqui. Por essa razão, encorajamos vocês a trabalharem ativamente e diariamente com a compreensão de serem criadores em sua nova casa. Dessa forma, este é um processo que levará algum tempo. Depende de vocês pessoalmente trabalharem nisso. Não há declarações ou respostas gerais que possamos dar a este grupo. Cada uma será única e individual. Como dissemos, se vocês chamam o Espírito, se vocês pedem orientação aos anjos, eles não sabem muito como lidar com isso. Ficarão aí, sorrindo e reconhecendo que vocês chamam por eles, mas são vocês que têm que fazer o trabalho.

Além disso, nós não sabemos especificamente como os outros irão reagir a vocês. Um dos maiores propósitos desta sala de aula da nova energia espiritual é também obter feedback de vocês. Faremos isto aqui no futuro, pois precisamos entender, outros precisam entender o que vocês estão passando. Existem algumas coisas que sabemos que estão para vir. Sabemos que as pessoas em volta de vocês não vão entender por que vocês continuam mudando tanto. Elas estarão vendo o próprio reflexo em vocês. Sabemos que virá um tempo de dificuldades em que vocês estarão em unidade e unidos com a Nova Camelot – com o seu novo eu – e que será difícil olhar para a humanidade e saber do sofrimento, como dissemos na canalização. Mas muito disto, meus queridos, nós estamos aprendendo lado a lado com vocês. É um prazer dizer-lhes que não somos os gurus. Não somos os que ascenderam. Somos uma equipe de suporte para cada um de vocês. Estamos aprendendo com vocês. Cada um de vocês aqui está no limiar. Agradecemos pela pergunta.

Pergunta: Tobias, eu gostaria de algumas informações sobre astrologia. Você disse que a astrologia não vai mais funcionar na nova energia? Você disse que os velhos mapas estão matematicamente incorretos? Você disse que temos que interpretar a nós mesmos em vez de usar informações antigas? Simplesmente, o que você está querendo dizer?

Tobias: Nós podemos responder para você bem especificamente. Para um humano que anda na velha Terra, na velha energia, os princípios astrológicos que vocês têm sustentado funcionarão muito bem. Para o humano que passou para a nova casa, os princípios astrológicos não funcionarão mais. Vocês renasceram, e não estão mais sob a influência de signos, planetas ou pessoas.

Pergunta: Você falou sobre o sofrimento que começaremos a ver [na canalização deste dia]. Vindo ao encontro disso, há muitas profecias sobre as tribulações e outras coisas mais dos últimos dias. Que espécie de coisas nós podemos esperar, assim como o que costumava ser previsto – você sabe, cataclismos mundiais, coisa assim – e nosso lugar nessa transição toda? Isso mudou?

Tobias: Haverá ajustes da Terra nos meses e anos por vir. Isto será feito de maneira amorosa e natural. Porque, como dissemos, Gaia deteve muita energia do seu passado, muita energia de quem vocês são. Ela também está muito cansada, assim como o eu energético de vocês está. Ela também está começando a liberar essas energias das vibrações das vidas passadas de vocês. Ao fazer isso, haverá ajustes. Haverá ajustes nas grades magnéticas que estão na Terra e em torno dela. Ao fazer isso, é de se esperar que haja algumas revoluções. Haverá algumas mudanças nos padrões de tempo. Muitos ventos fortes surgirão em muitas, muitas partes da Terra. Os ventos são apropriados, particularmente nesta nova energia. Quando os ventos vêm sobre a Terra, uma fricção é criada enquanto sopra contra as árvores e o solo e as montanhas. Esta é uma das melhores maneiras de Gaia liberar tensões e velhas energias enclausuradas. É por esta razão que vocês devem abençoar o vento quando o virem, quando o sentirem. Ele está ajudando, na maioria das vezes de modo não destrutivo, a liberar velhas energias. Não estamos prevendo nenhum evento catastrófico sobre a Terra. Mas também devemos dizer que não somos do serviço de previsões [muita risada da audiência]. Agora, quando nos referimos ao sofrimento que vocês irão ver e a agonia que ele causará, queridos amigos, este sofrimento já está acontecendo no momento. No entanto, vocês estão em um novo lugar e com uma nova vibração, num certo sentido, no alto de uma montanha, vendo tudo isso, sabendo que vocês vieram de lá. Kryon fala claramente sobre a parábola da areia movediça. Na parábola, Kryon fala do humano que se torna poderoso por dentro e sai da areia movediça. Ele olha para trás e sabe de onde veio. Sabe que só os que estão na areia movediça, no momento, podem salvar a si mesmos. Não há meio de o humano iluminado, o humano de alta vibração, poder puxar um outro humano da areia movediça. Esse é o sofrimento a que nós nos referimos. É um sofrimento que já está acontecendo, o sofrimento pelo qual vocês já passaram. Mas vocês estarão em um novo lugar e com uma nova vibração, e, pela primeira vez, conscientes realmente do que os anjos fazem quando eles se tornam humanos para ajudar a Tudo o que É seguir em frente. Causará grande angústia, uma enorme dor interna para vocês saber que os outros anjos, com os quais vocês caminharam, ainda estarão no sofrimento. A esta altura, vocês podem escolher ir para Casa. Trazemos, especificamente, este exemplo, esta consideração, nesta noite. No período dos últimos seis meses, alguns humanos caminharam nesta nova vibração, caminharam na nova casa e não puderam lidar com o peso do sofrimento, e, verdadeiramente, para nossa surpresa, escolheram voltar para Casa, em vez de prosseguir. Estamos trazendo as mensagens agora para outros Trabalhadores da Luz como vocês. Estamos tecendo os cobertores do conforto para ajudá-los durante este tempo. Nós observamos o fato de que um humano que tenha passado pelos ciclos de vida e depois chegado a uma vibração mais elevada tem momentos difíceis ao ver outros humanos que ainda estão caminhando... pode ser tão difícil que vocês podem escolher partir. Novamente, uma explicação longa, mas esperamos que tenha respondido à sua pergunta.

Pergunta: Fico imaginando, quando nos mudarmos para a nova casa, como serão as comunicações. Serão verbais?

Tobias: É uma pergunta muito boa. Outra vez, há muitas coisas que não sabemos ainda sobre a nova casa. Conhecemos a estrutura como um todo porque estamos trabalhando em tempo integral com vocês no projeto e na arquitetura. Não conhecemos as especificações. Outra vez, essa é a razão deste grupo aqui. Mas assumimos realmente aqui que vocês terão entendimentos em níveis que vocês não poderiam nem explicar com suas mentes hoje. Como dissemos antes, vocês vão ouvir as pedras começarem a falar com vocês, e vocês vão entender o que elas estão dizendo. Elas também contêm a vibração do Espírito. Vocês sentirão os pensamentos de outros humanos mais claramente do que nunca sentiram antes. Vocês serão capazes de ver o desequilíbrio naqueles que virão até vocês para a cura. Vocês serão capazes de sentir o desequilíbrio. Assim, muitos virão até vocês intuitivamente. Assim, muitos virão até vocês empaticamente. Assim, muitos virão até vocês de coração. É por isso que dizemos para prestarem muita atenção, porque tudo que vier até vocês é apropriado. Será mais fácil para vocês, meus queridos, manter comunicações não verbais com aqueles que são "Shaumbra" do que com aqueles que não são, mas vocês também começarão a compreender todos os humanos muito mais claramente do que antes.

Pergunta: Tobias, há humanos vindos anos atrás que previam esta mudança de energia e estavam mais preparados para ela e, portanto, não sentem a mudança?

Tobias: Temos que dizer que, na consciência de toda a humanidade, sabia-se que a Terra poderia passar por um período de destruição, embora houvesse também o potencial para a Terra ascender, como vocês diriam. Alguns realizaram mais estudo e preparação, de modo que as mudanças não fossem tão radicais. E, este grupo em particular, estes aqui neste dia (e aqueles que lêem estas mensagens) têm trabalhado muito profundamente, de modo que, em vez de parecer estarem em uma montanha-russa pelos últimos anos, vocês estão muito mais preparados para lidar com esta energia do que a maioria dos outros está. Pela própria natureza da leitura que vocês têm feito, dos grupos com os quais têm estado envolvidos, mesmo neste círculo, vocês estão mais preparados para lidar com a energia do que os outros. Desse modo, alguns aqui não sofrem tanto o impacto das mudanças que estão acontecendo.

Pergunta: Eu tenho uma outra pergunta sobre trabalhar com a energia da nova casa. Ensinaram a nós que, quando damos intenção por alguma coisa, não percebemos o meio de obtê-la. Em outras palavras, nós procuramos os sinais e as portas que nos serão apresentadas pelo Espírito. Fico imaginado se isso não vale mais agora, e também estamos cuidando de todos os detalhes? [A audiência ri.]

Tobias: Quando a intenção é expressa em sua nova casa, isto arma um gatilho. Lança uma fagulha que então acende o fogo. A sua intenção cria uma vibração que pega a energia neutra de sua casa e começa um processo ativo. Vocês não precisam, de fato, se preocupar com os detalhes deste processo, embora, de maneira bastante interessante, são realmente vocês que estão cuidando de todas essas coisas. Mas não é preciso ocupar espaço em sua mente. Compreendam, meus queridos, que são, na verdade, vocês que estão cuidando dos detalhes em todos os níveis. Então, as coisas apropriadas serão trazidas à sua porta de entrada. Vocês vão notar um aumento na sincronicidade enquanto trabalham com a energia da sua nova casa. Vocês irão notar muitas coisas chamando a sua atenção. Vocês notarão que, quando expressarem intenção e a pessoa ou coisa apropriada for trazida até vocês, mas vocês tenderem a não reparar nelas, elas baterão no seu ombro pra chamar a atenção. É para compreender que vocês estão, na verdade, fixando a intenção e o seu Eu Verdadeiro está, na verdade, tomando conta dos detalhes. Vocês não precisam mesmo se preocupar com os detalhes usando a mente intelectual.

Pergunta: Eu também estava interessado na questão da entonação, porque quando se faz uma cura em outra pessoa que tenha uma doença ou um desequilíbrio, a entonação aparentemente ajuda a remover os bloqueios mais facilmente. E também são de vibração elevada.

Tobias: Quando entraram em sua nova casa [esta noite], trabalhamos com vocês inicialmente para sentirem um tom ou um nível vibracional que seja pessoal para vocês. Isto é diferente de trabalhar com um outro humano e sua cura e usar trabalho vibracional. Quando vocês estão em sua casa e estão equilibrados com o seu próprio tom, vocês serão capazes de ver e compreender a dor ou a doença de outro humano. Serão capazes também de entender por que carregam esse desequilíbrio. O palestrante desta noite (Dr. Sid Wolf) salientou precisamente que há muitos humanos que levam consigo doenças de propósito. Eles se agarram nisso. Vocês serão capazes de ver se um indivíduo está realmente pronto para se liberar e seguir em frente. Enquanto professor, curador, pessoa empática que compreende pelo que eles estão passando, vocês serão capazes de ver se esses humanos estão prontos para liberarem isso. Vocês não farão as coisas por eles. Vocês os ajudarão a liberar suas próprias doenças, seus próprios males. Vocês manterão um equilíbrio em sua própria vibração, mas, de novo, lembrem-se de que não são vocês que os estão curando. Vocês os estão ajudando a descobrir a divindade dentro deles próprios, o tom dentro deles próprios que os permite se curarem.

Pergunta: Tobias, eu tenho um filho índigo e ele é cheio de energia. É muito sensível à energia que está vindo agora. Ele está tendo dificuldades para dormir. Isso continuará assim para ele?

Tobias: As crianças índigo, como vocês as chamam, estão tendo muitas dificuldades agora para lidar com a energia, mas elas sabiam, antes de virem, que isto aconteceria. Vocês se preocupam mais com isso em nível de alma do que elas. Elas estão aprendendo a trabalhar com as energias da velha e da nova Terra. Isto causa uma aparência de desequilíbrio. No prazo de alguns anos, essas crianças índigo, particularmente as que foram chamadas de deficientes e outras coisas, começarão a utilizar a energia da nova casa. Elas estarão a postos, por assim dizer, muito rapidamente, muito rapidamente, de fato. Então, vocês vão ver que todas as coisas foram apropriadas no caminho. É triste dizer que vemos como os humanos rotulam uns aos outros sem compreender os atributos de energia que carregam. Haverá uma grande mudança na percepção de suas crianças índigo aqui nos próximos anos.

Pergunta: Você mencionou a vergonha. Estou descobrindo, ao trabalhar com pessoas e tentar ajudá-las a vivenciarem sua própria percepção ampliada do eu, que elas ainda se sentem envergonhadas. É uma coisa tão desnecessária, num certo ponto de vista, porque as pessoas ainda estão se escondendo de si mesmas por causa da vergonha, que se manifesta através da auto-correção, do julgamento, do orgulho ou da falta de auto-estima. Todas essas coisas recaem essencialmente sobre o fato de que elas não se amam... e isso é vergonha. E eu não sei se é possível acender a luz da nova casa quando se sente vergonha. Eu só pediria que você falasse um pouco sobre isso.

Tobias: É uma pergunta excelente, porque, na verdade, este atributo energético chamado de vergonha é o que vocês chamariam de pecado original. Antes de virem para a Terra, como sabem, cada um de vocês foi um anjo. Cada um foi um grande criador. Quando os modelos de energia da Terra foram estabelecidos para permitir que surgisse o véu ou a dualidade, vocês não previram, nem nós, nem mesmo o Espírito previu a profundidade e a dificuldade de desconectar o seu ser consciente do Espírito. Quando, então, vocês desceram à Terra nesse tempo e, de certo modo falando metaforicamente, acordaram em um corpo humano e se viram desconectados do Espírito, houve um grande e esmagador senso de vergonha. Essa percepção, esse pecado original, ficou com cada um de vocês desde então. Vocês têm igrejas que construíram histórias em cima disso, para tirar o poder das pessoas, e para dizer a elas que têm que rastejar, engatinhar para alcançarem o Espírito. O elemento da vergonha foi uma energia original impressa na alma da Terra desde os dias em que vocês chegaram. E será uma das coisas mais difíceis de se livrarem. Com a compreensão de que o Espírito os ama e sempre os amou, com a compreensão de que vocês são a perfeição... com a compreensão de que vieram aqui para trazer algo importante para toda a criação, ajudará a dissolver a vergonha. Isso ajudará a dissolvê-la.

Pergunta: Eu crio uma situação, uma espécie de doença. Costumo brincar que isso me ajuda a ficar livre de todos os meus velhos eus, de como eu atuo no mundo em cada aspecto. Eu não tenho a ponte entre o velho eu e a nova casa ainda. As partes velhas não estarem lá me causa raiva e desgosto, mas não tenho as habilidades da parte nova. Eu sei que há muitas pessoas aqui que ainda não têm essa ponte firme no lugar. Você tem alguma sugestão?

Tobias: Meu querido, pedimos que você fique em sua nova casa, fique em sua nova casa, e compreenda que ela é você. Diga à nova casa e a toda a energia interior que você escolheu a cura, que você tem a intenção de mudar, que você escolheu uma biologia saudável, não mais uma que se destrua, não mais uma que crie uma corrente de eventos de molécula para molécula, não uma que limite você. Nós lhe pedimos que simplesmente fique em sua casa e expresse essa intenção, e saiba que você a merece, você e cada um nesta sala hoje (e todos que estiverem lendo isto) a merecem. Não é mais preciso esperar pontes serem construídas. Não é mais preciso esperar que o anjo dourado desça até vocês. Agora é a hora. Haverá a percepção de não estarem preparados quando realmente não pedirem ou expressarem intenção. Todas as coisas permanecerão em uma energia neutra. Somente quando vocês a ativarem através da intenção, através do pedido e do conhecimento de que vocês merecem. Funcionará. Se vocês sabem que estão merecendo, então, cada célula, cada molécula e cada filamento de DNA responderá à sua intenção. Vocês não terão que manipular cada filamento. Vocês não terão que massagear cada célula. Elas responderão à vibração. Elas responderão à sua intenção. Não há nada que vocês precisem fazer além de expressar intenção e saber que será assim. Não há nada que separe você, ou qualquer um nesta sala, de Tudo o que Vocês São. A única coisa, queridos amigos, que impedirá a sua nova casa e o seu Eu Verdadeiro de criar a sua nova realidade é se vocês não fizerem nada! [Murmúrios na audiência; Tobias rindo.] Agora, isto intencionalmente levanta uma questão. Nós havíamos pedido a cada um que ficasse em um estado de não fazer "Nada" [ver canalização anterior] enquanto os toques finais estavam sendo colocados em sua casa. Era um estado intermediário. Ficava em algum lugar entre a velha e a nova energia. Foi um momento de quietude, um momento de reiniciar os níveis energéticos. Agora, enquanto se mudam para a nova casa... agora é o momento da intenção. Agora é o momento da ação em que a intenção cria a experiência ou os eventos, e eles aterrissam na sua porta da frente. Agora é o momento de criar, de intencionar, e depois de agir com o que for trazido até vocês. Assim, com a sua pergunta, respondemos duas de uma vez. Agora é a hora de começarem a ser os criadores. Como dissemos na canalização desta noite, agora é a hora de expressar sua intenção e mudar para a nova casa.


Há muito que aprendermos nestes dias por vir. Novamente, como dissemos, nós não temos todas as respostas. Nós temos apenas uma perspectiva diferente nisso. Nós estamos igualmente aprendendo por meio de vocês e com vocês. Nós estamos aqui para fornecer estímulo, assistência e sabedoria de nossa perspectiva, mas são vocês que estão fazendo o trabalho. São vocês que passarão pelo processo. Assim, continuem a falar conosco, a falar as coisas para nós. Apropriem-se disso. Sejam criadores em sua nova casa, e comecem a agir quando as coisas chegarem a vocês. Nós aguardamos ansiosamente trabalhar com todos vocês aqui nesses dias que virão. E certamente, outra vez, nós apreciamos o trabalho de luz que vocês estão fazendo.

E assim é.


Tobias é canalizado por Geoffrey Hoppe, P. O. Box 7392, CO, 80403. E-mail: Cauldre@aol.com — O Círculo Carmesim se reúne mensalmente em Denver, Colorado, para partilhar amor, informação e risos. Para maiores informações sobre o Círculo Carmesim, envie mensagens a Michele Machale em Mmachale@aol.com — Partes desta mensagem foram editadas a partir da versão original gravada em viva voz para maior clareza e compreensão. Por favor, distribua livremente este texto em material não comercial. — Visite o site do Círculo: http://www.crimsoncircle.com/ para maiores informações. — Agradecimentos especiais a todas as maravilhosas almas no Círculo Carmesim, mais Kryon, Lee Carroll, Jan Tober, Dra. Melanie Wolf, Tobias e o amor do Espírito. — Agradecimentos especiais a Dra. Mindy Reynolds por seu amor e paciência na transcrição de muitas e muitas horas de fitas de Tobias. — Direitos autorais Y2000 Geoffrey Hoppe, Golden, CO, USA. Todos os direitos reservados.

Tradução para o português: Inês Fernandes – Rio de Janeiro, agosto de 2002
mariainesfernandes@globo.com