O que é Shoud?

Similar à canalização, na qual um ser não-físico ou o próprio Eu essencial se comunica através de um humano, no SHOUD, a essência do grupo para quem é transmitida a mensagem é recolhida e reunida por um ser não-físico. A essência da mensagem do grupo é, então, comunicada de volta, através deste ser não-fisico e transmitida pelo canalizador. Ou seja, a mensagem a que o grupo está tendo acesso, na verdade, é uma combinação da essência do ser angélico, do canalizador e da própria essência do grupo. Portanto, não é uma mensagem desconhecida. É o resultado dos sentimentos e da consciência no momento em que o Shoud é transmitido. Também, é o reflexo dos potenciais que estão para serem explorados. Não é uma profecia, um grande ensinamento de um velho sábio ou, tampouco, regras ou filosofia a seguir.
 
Os Shouds de Tobias (agora apenas presente em essência através das mensagens e cursos anteriores ao seu retorno à Terra), Adamus Saint Germain e Kuthumi são  apresentados ao vivo na internet, como encontro mensal, no primeiro sábado de cada mês pelo Círculo Carmesim (Crimson Circle). Essas reuniões acontecem fisicamente em Denver, Colorado, EUA, mas transmitidas para o mundo todo via internet. As mensagens estão disponíveis gratuitamente em formato de texto, áudio e vídeo. Seja assistindo pela internet ao vivo - participando dessas reuniões em qualquer parte do mundo - seja ouvindo, lendo ou assistindo momentos ou anos depois, é possível sentir a mesma energia, pois o tempo e o espaço realmente não são lineares em se tratando da Nova Energia.

Em 1999, foi iniciada pelo Crimson Circle (Círculo Carmesim) a primeira série de mensagens denominadas de "Lições". E, depois, as lições passaram a se chamar "Shouds". Os Shaumbra, grupo que acompanha e faz parte dessas mensagens, já têm consciência de que as mensagens não são propriamente "lições" ou algo ensinado através de alguém ou de algo, mas são uma reunião das energias dos Shaumbra e dos seres que estão sendo canalizados como uma fonte de inspiração e de abertura de consciência. É uma dinâmica de grupo e, acima de tudo, uma transformação muito individual. 

Através dos Shouds, os Shaumbra podem "ouvir" sua própria essência ou voz interior, sentir e reconhecer suas experiências nestes Shouds. Assim, os Shaumbra ajudam a criá-los, montando uma biblioteca de mensagens que vai servir não só para eles mesmos, mas para muitas pessoas, as inspirando também em suas experiências pessoais.

O Shoud é a história da jornada dos Shaumbra. É como se os Shaumbra e os anjos estivessem escrevendo um livro juntos ou criando uma peça de teatro juntos ao longo de todos esses anos, passando por todos os desafios, as dificuldades, os sofrimentos, as alegrias, as celebrações e as renovações da vida. O papel dos anjos que fazem parte do Círculo Carmesim sempre foi o de lembrar os Shaumbra do que, na verdade, eles já sabem, dentro do contexto da Nova Energia.

"No 'shoud' o humano canaliza um grupo de humanos.
Um humano junta a vibração de todos.
Ainda que saia de um só humano, 
é o coro de todas as suas vibrações.
É como quando um grupo de humanos canta.
Escuta-se, essencialmente, uma só voz.
Mas, quando escutam, podem distinguir muitas vozes individuais
que cantam a mesma letra e tom em um dado momento."

(Tobias em "Expressão")