Desconectar - Parte 3

O MATERIAL DE TOBIAS

Série da Clareza:
SHOUD 9: "Desconectar - Parte 3"
Apresentando Tobias, canalizado por Geoffrey Hoppe

Apresentado ao Círculo Carmesim
1 de abril de 2006





E assim é, queridos Shaumbra, que nos reunimos hoje com vocês nesta sala de aula da nova energia espiritual da Terra. É um prazer para mim, Tobias, para nosso convidado de hoje, Rafael e para todos os demais convidados que se reúnem conosco estar aqui com vocês.


Uma de nossas partes favoritas nesse Shoud é a da respiração, enquanto a música é tocada – podemos entrar, entrar em sua energia, em sua realidade porque vocês estão nos convidando. Vocês estão abrindo a porta muito mais do que antes. Abandonam suas mentes, abrem seus lindos corações e nos permitem entrar. Podemos sentar a seu lado e contar algumas histórias, rir com vocês sobre algumas experiências pelas quais passaram no último mês e das quais não conseguiam rir alguns dias atrás (leve risada). Podemos simplesmente observar sua energia se abrir e se expandir.


E você pode sentir a nossa. Podem sentir esse tremendo brilho de energia. Alguns de vocês podem vê-la dançando por essa paisagem de fundo. Alguns podem vê-la dançando nesta sala. Outros podem vê-la dançando nas telas de seus computadores enquanto chegamos via Internet, uma rede incrível por si só.


Realmente o convidado de hoje é mais uma vez a energia de Rafa, Rafael. Nesse momento ele chega muito perto de vocês, desse grupo de Shaumbra e da humanidade como um todo. Trás consigo uma companhia de anjos e seres que está trabalhando com cada um de vocês durante esse processo de mudança e crescimento. Saindo do antigo modus-operandi e velhos sistemas para novos caminhos – não apenas em sua mente, não apenas em seu espírito, mas também em seu corpo.


Foi feita uma afirmação mais cedo sobre como Seres... O que parece ser seres humanos normais típicos como Andrah – que vocês conhecem como Norma... Garrett, que passou por sua própria transformação física e re-criação nesse ano que passou... Linda, sempre paciente (risadas), sempre movimentando energia, o mínimo que eu deveria dizer... E Cauldre, mantendo agendas tão cheias. Alguns de vocês tentam imaginar como isso pode ser feito. É simples. É se livrar das velhas maneiras de fazer as coisas. Liberar velhas maneiras de alimentar, velhos modos de pensar como o corpo tem que dormir ou como tem que se alimentar e como tem que se familiarizar com as redondezas. Eles simplesmente estão liberando, deixando ir e re-criando a si mesmos de um modo novo e mais natural.


E certamente, não é sempre que é fácil – o processo. Seria maravilhoso se vocês pudessem estalar os dedos e a coisa acontecesse, mas há toda uma inteira mudança nas redes e sistemas de energia acontecendo em cada diferente nível. Há um momento de reverência e um momento de mudança pelas quais eles passam e vocês passam. Mas está acontecendo.


Lamentamos informar que seu sono jamais será o mesmo. Alguns de vocês querem manter as velhas 8 horas e meia. Outros desejam ter um – o que chamaríamos – um tipo normal de padrão onírico. E como viram nos últimos 30 dias, os sonhos jamais voltarão a ser normais. Alguns de vocês querem manter o velho jeito de operar e ele está mudando. Tudo está mudando agora pra você e pra Terra também. E vocês estão experimentando isso em primeira mão.


Enquanto, Shaumbra, vocês são físicos espirituais. É o que são. Físicos espirituais. Física é o princípio por trás do funcionamento e movimento da energia. A propósito, vocês não são cientistas. Os cientistas são diferentes.


Cientistas estudam como as coisas são feitas. Estudam ação e reação, e um cientista vai observar eventos que se repetem para validar a realidade do que está acontecendo, percebem? Um cientista. Precisam saber que o modo como a coisa foi feita ontem, pode se repetir ou se replicar amanhã. Então a coisa se torna ciência e fato admissível.


Mas, como físicos espirituais, vocês podem jogar isso pela janela porque os físicos espirituais se abrem para outros reinos, não apenas a terceira dimensão. Vocês agora estão trabalhando em muitos diferentes reinos. Às vezes não estão cientes disso, mas isso está sempre acontecendo. Você não pode sempre repetir a maneira como a energia funciona, pelo menos não em seu reino tridimensional – em sua terceira dimensão – porque você percebe que quando se abre inter-dimensionalmente, um típico acontecimento de hoje pode ser bem diferente de amanhã. Um fato hoje pode se tornar falso ou um novo fato amanhã.


Não funciona mais do mesmo jeito como costumava funcionar, porque vocês estão lidando multi-dimensionalmente, porque vocês estão introduzindo um novo elemento com o qual nunca haviam trabalhado antes. É chamado Nova Energia – energia que não é vibracional, mas energia que é expansível – expansível de uma vez em todas as direções.


Como físicos espirituais vocês são realmente pioneiros porque estão trabalhando com essa energia em primeira mão, antes de todos. Vocês estão experimentando o que é sair de velhas redes e estruturas e entrar em maneiras inteiramente novas de operar. Às vezes fica difícil porque vocês nunca sabem... Sua mente nunca sabe o que vai acontecer em seguida, e ela sempre quer saber. Esta é a programação de sua mente. Ela quer saber o que vai acontecer em seguida. Mas como físicos, trabalhando multi-dimensionalmente, a coisa não funciona desse jeito.


Vocês vão chegar a um novo entendimento nos próximos meses e certamente antes do Salto Quântico em mais ou menos um ano. Chegarão a um novo entendimento sobre o desenho da energia e o movimento da energia. E, infelizmente para a mente, ela não funciona como a energia funciona agora. É completamente diferente. Criação, como a conheceram antes, muda agora.


Às vezes, você ficam frustrados consigo mesmos – e ficam realmente frustrados com a gente – porque querem saber que podem replicar alguma coisa vezes e vezes tudo de novo. Talvez vocês tenham um novo entendimento espiritual de como a energia funciona, de como vocês operam e de como querem ser capazes de repetir isso indefinidamente, mas isso não funciona. Ela muda continuamente.


Nos próximos meses em nossos Shouds juntos, vocês vão entender como a coisa funciona verdadeiramente em seu cerne assim que não terão a velha necessidade mental de replicar, de repetir experiências. Vão compreender que a velha maneira era muito limitante. E agora vocês entendem a verdadeira natureza da energia, como ela flui, como pode ser criada e ‘des-criada’ continuamente. Vão começar a entender como podem implementá-la em suas vidas.


Muitos de vocês, sendo os físicos espirituais que são, mas também sendo humanos, mantêm seus princípios, suas idéias e seus conceitos – sua espiritualidade – separados, lá em outro reino. Vocês chamam do seu laboratório ou seu banco de trabalho e vão lá de tempos em tempos, trabalhando, especialmente a noite em estados semi-alterados. Mas há uma resistência ou uma barreira para trazê-los a esta realidade.


É como o óleo e a água, vocês dizem que não se misturam. Às vezes, vocês dizem que espiritualidade e humanidade não se misturam. “Como posso reunir esses princípios?” A verdade do fato é: óleo e água se misturam, eles se misturam! A coisa é que os olhos os enganam. Os olhos dizem a você, “Bem, é óbvio que um forma uma camada sobre o outro. Eles têm atributos químicos diferentes”. Entretanto, o que você falha em ver é o sistema energético por trás deles e que eles ESTÃO verdadeiramente se integrando. Então, um antigo fato – fora de perspectiva. Óleo e água se misturam, embora produzam a ilusão de separação.


Tudo, que vocês aprenderam até agora sobre viver na Terra, muda. Como físicos espirituais... Enquanto físicos quânticos espirituais vocês começam a entender o fato de que o que parece ser real não é mais real. O que parece ser uma verdade é apenas uma porção da verdade. Como físicos espirituais, vocês estão usando suas próprias vidas e suas próprias experiências para chegar a um maior entendimento disso.


Alguns passam por grandes dificuldades, criando eventos e situações em suas vidas para serem capazes de experimentar como é tentar e atuar com todas essas energias diferentes. Às vezes, você é pego nessas experiências. Você acredita que está doente – é apenas uma parte da verdade. Você acredita que é um destituído – é apenas uma parte da verdade. Você vai estar aprendendo que “destituído”... Que pobreza e abundância na verdade são a mesma coisa. A mesma energia, Shaumbra, a mesma energia. Você andou jogando esse jogo de que elas são separadas. Andou atuando como se fossem diferentes, mas é tudo a mesma coisa. Vocês são físicos espirituais da mais alta ordem.


Hoje vamos apresentar muitos pontos diferentes. Vamos cobrir um bocado de informação que também vai estabelecer a base de nossos dois próximos encontros. Queremos começar com uma citação de nosso querido amigo, o Kryon, que está muito ativo trabalhando com vocês e com outros na facilitação da energia da Nova Terra. Kryon diz, “As coisas não são sempre o que parecem ser”.


Mas vamos fazer uma emenda a essa citação. Vamos fazer uma emenda. Como físicos espirituais vocês provavelmente vão entender: as coisas são mais do que parecem ser. As coisas são mais do que elas parecem ser.


Às vezes vocês estão vendo apenas uma parte, uma face... Uma parte do quadro e uma parte da história, e vocês tendem a acreditar que é a história inteira. Vocês têm a tendência a acreditar que óleo e água não se misturam porque um cientista, um daqueles que trabalha linearmente e que precisa aprender a replicar repetidamente nessa realidade, disse isso pra vocês e vocês aceitam isso como um fato. Mas como físicos vocês vão começar a entender que óleo e água estão profundamente misturados, entendem?


Vamos falar por um momento sobre Shaumbra, meu assunto favorito e talvez também o de vocês. Quando começamos a trabalhar com vocês, nesses últimos anos nesta vida, dissemos que este era um grupo. Este grupo de seres humanos – vocês estão entrando num tempo de mudança. Vocês não eram trabalhadores de luz como os outros, vocês eram trabalhadores-da-mudança. Não tem nada a ver com luz. Tem a ver com energia. Mudança. Entrar em toda uma nova área de entendimento do que acontece, não apenas em seu mundo físico, mas nos mundos que os cercam. Vocês entraram como trabalhadores-da-mudança nesta vida, A vida.


Vocês vêm criando uma história incrível como Shaumbra, uma história que chamou a atenção e fascinou alguns outros humanos e muitos outros seres angelicais em nosso lado. Eles estão observando vocês. Estão fascinados pelo que vocês estão fazendo, porque vocês vêm de suas ligas. Vocês são eles. Você é um anjo. Para eles é fascinante observar o que vocês estão fazendo.


Para eles é fascinante observar seu progresso individualmente e enquanto grupo de Shaumbra, e compartilhar as histórias e a experiência pelas quais vocês estão passando com outros seres angélicos em reinos muito distantes – seres angélicos que jamais estiveram antes na Terra, que jamais se vestiram com um corpo humano e entraram na matéria e na densidade.


E eles nos contam essas histórias sobre este grupo único – sobre vocês – sobre as experiências que vocês criaram para si mesmos, e é absolutamente fascinante. Na verdade muito mais do que fascinante para esses outros anjos em reinos distantes. Eles não conseguem imaginar o que é incorporar, entrar na matéria física, esquecer sua verdadeira essência e depois acordar e redescobrir algo que vocês jamais souberam quando estavam nos reinos angélicos. Não apenas redescobrir quem vocês eram, mas vocês estão redescobrindo algo esquecido há muito tempo e, ao mesmo tempo, descobrindo algo muito novo sobre si mesmos.


Vocês não estão apenas voltando atrás. Não estão apenas voltando para descobrir quem são. Estão descobrindo algo muito novo sobre si mesmos enquanto seres angélicos, enquanto deus. Vocês estão descobrindo isso aqui, nesta vida.


Há... O que é o equivalente em sua Terra aos historiadores... Em nosso lado, que estão registrando seu progresso, que estão armazenando seu progresso na biblioteca da Nova Energia e também em outras bibliotecas em outras dimensões. Histórias sobre vocês, suas provações e tribulações. São histórias multi-dimensionais em animação. Não apenas palavras, mas sentimentos e quadros, e energias que ativam todos os tipos de sentidos. Vocês estão nos filmes. Vocês estão na televisão em nosso lado (leves risadas). O trabalho que estão realizando... Talvez fosse esperto pensar em alguns nomes para o seu programa (risadas)...


Então há aqueles que estão acompanhando o que vocês fazem. Eles estão mapeando, gravando porque estão fascinados com você e também porque há outros que vão cruzar seu caminho. Todos estes nos reinos angélicos, cedo ou tarde, vão passar pelo caminho da Terra. Então eles querem saber, antes de chegar aqui, como é que é. Desejam ler sobre isso aqui. Querem sentir as energias.


Eles estão fascinados por aqueles que estão vindo primeiro ou que vieram primeiro. Estão fascinados por este grupo de Shaumbra, os pioneiros, os físicos que estão literalmente pela primeira vez fazendo a primeira caminhada na Nova Energia. Fascinados como vocês conseguem manter o equilíbrio, manter sua – o que vocês chamariam – sanidade enquanto passam por esse processo todo. Mais do que tudo é isso o que realmente os fascina. E o que fascina muitos de nós que trabalhamos com vocês é o quão rápido vocês querem passar por isso. Vocês poderiam ter esticado isso por muitas vidas, mas estão passando por tudo de uma única vez. Tudo de uma vez.


Shaumbra é uma entidade. Falamos sobre isso vários meses atrás, dissemos que vocês transformaram Shaumbra em algo. Costumava ser apenas uma palavra. Costumava ser uma respiração. Então se desenvolveu em seu próprio tipo de energia e depois em um tipo de persona, identidade. E então se desenvolveu em uma entidade, um coletivo baseado em todas as energias de vocês. Foi se tornando evidente em nosso lado do véu exatamente esta identidade de Shaumbra. Foi se tornando cada vez mais clara, em nosso lado do véu, esta entidade chamada Shaumbra. Algum dia, alguns vão pedir a Shaumbra assim como pedem a Arcanjo Miguel ou Rafael ou quaisquer dos demais. Eles irão pedir a Shaumbra que fique a seu lado durante a dificuldade e os tempos obscuros em suas vidas.


Shaumbra, vocês fizeram de Shaumbra sua entidade própria. Fizeram de Shaumbra uma entidade real em nosso lado do véu. E agora Shaumbra está se tornando cada vez mais real em nossos reinos. Devido à energia que colocaram em Shaumbra, ela agora está se manifestando na Terra em muitas formas diferentes.


Vocês percebem – e não a estamos dirigindo – mas vemos como a Companhia da Nova Energia está acontecendo. Vemos o potencial que tem. Vemos que é a expressão de Shaumbra e de vocês na Terra neste momento.


Há um atributo interessante sobre Shaumbra. É um tipo de rede, mas não uma rede da Velha Energia. Vamos falar de redes hoje, com amorosos agradecimentos a Fred e ao contingente suíço que ajudaram a – como dizer – trazer esse assunto à superfície. Obrigado, Fred. Não fique sem graça.


Vamos falar hoje sobre redes. Vamos falar sobre redes velhas e redes novas e qual é a diferença entre elas. Shaumbra é uma rede. Tipicamente, uma rede antiga se torna dependente de si mesma e forma uma estrutura por si só, depois estrutura sua própria proteção ou defesas para manter sua identidade. Uma rede antiga está interligada a si mesma, dependendo de todos os outros aspectos de si mesma. Shaumbra não é assim.


Na estruturação da energia, Shaumbra não é dependente de outros elementos da energia. Cada um de vocês é soberano e independente. Vocês não dependem de nenhum outro Shaumbra, não se alimentam de nenhum outro Shaumbra. Vocês tinham sacado isso? Alguns de vocês na verdade tentaram se alimentar de Shaumbra. Não há nada de errado nisso, é apenas que você está procurando algo para alimentar você nesta vida. Shaumbra não alimenta. Shaumbra não dá aquele tipo de velha energia, dá?


Então, Shaumbra é um novo tipo de rede, um novo tido de cooperação de energia, uma nova maneira de movimentar a energia. Vocês a introduzem na Terra. Vocês a tornam real. Vocês a estão tornando real simplesmente com seu website, sua Internet. Vocês a tornam real agora de muitas maneiras diferentes. A parte importante aqui, Shaumbra, é saber que vocês estão criando uma história. Estão criando uma visão. Estão criando um caminho para muitos, muitos outros passarem. Eles seguirão seus passos. Eles vão fazer ao jeito deles, é claro, mas vão seguir seus passos energéticos.


Às vezes, vocês esquecem... Esquecem – vocês esquecem – o quão importante é para os outros o trabalho que realizam. Outros humanos, agora mesmo na Terra, que estão começando a despertar, eles precisam sentir um diferente... Um novo tipo de verdade. Eles podem sentir e acessar a consciência de Shaumbra. Não se alimentar dela, mas podem sentir a consciência, este templo que vocês criaram. E então, outros anjos que eventualmente virão à Terra, em corpo físico, irão conversar, partilhar histórias sobre o caminho Shaumbra. O caminho que vocês criaram. É incrível.


Vamos mudar a marcha aqui por um momento. Vamos falar agora a vocês em um nível mais pessoal sobre algo chamado Sementes Destino. Sementes do Destino. Todos vocês as têm.


Para tornar a coisa bem simples: uma Semente Destino é um potencial ou plano para sua vida. Não é absoluto ou concreto, mas há eventos agora em sua vida que, de alguma maneira você criou e que, às vezes, foram criados para você devido ao carma, e você o chama destino. Certas coisas que tinham que acontecer ou se revelar em sua vida para a próxima coisa se revelar... Certos marcos ou eventos... Certas coisas que aconteceriam a você, às vezes, mais uma vez, baseadas em carma e algumas vezes apenas no plano... Chamamos a isso Sementes Destino porque você plantou essas sementes em sua vida de potenciais. Numa vida de potenciais qualquer coisa pode acontecer, mas essas sementes tendem a ter precedência e tendem a dominar.


Em todo trabalho que realizou você liberou muitas, muitas, muitas coisas. Nós sabemos – você está continuamente liberando. Você fica impressionado ao descobrir a quantidade de camadas, quantos anos pode levar.


Descemos agora a esta camada das Sementes Destino. Alguns de vocês ainda as têm. Outros as têm dormentes. Alguns já as ativaram sem perceber. E queremos clarear estas hoje porque para alguns de vocês uma Semente Destino é câncer. Para outros é um acidente fatal de carro.


Para alguns de vocês uma Semente do Destino é a perda de algo muito, muito importante. Pode ser perder seu emprego. Para alguns pode ser uma clarificação tal em sua vida que você perde tudo que construiu, que criou para si mesmo. Alguns de vocês criaram uma Semente Destino de solidão, ficando longe dos outros.


Cauldre... Vamos pegar o caso dele por um momento... Uma Semente Destino muito interessante – morte por acidente de avião. Essa foi a Semente Destino que ele plantou há muito tempo atrás. Ele não gosta muito que falemos sobre isso. Foi uma maneira muito interessante e dramática de entrar nessa vida, uma que teria um fim súbito e talvez criasse – como dizer – um pouquinho de atenção e drama.


Agora vamos dizer a cada um de vocês, incluindo a Cauldre aqui, que não precisam mais dessas Sementes Destino. Podem ejetá-las, liberá-las. Podem converter suas energias em algo mais produtivo. Vocês não têm que seguir mais o velho caminho. Alguns de vocês sequer estavam cientes de que essas Sementes Destino estavam em vocês. Elas esperavam apenas o momento certo e o evento correto, daí seriam engatilhadas. Alguns de vocês as enterraram profundamente. Dizendo a si mesmos, “Não quero saber disso. Não quero achar isso. Não quero descobrir. Escolho que isso aconteça, escolho uma doença em minha vida, escolho alguma outra coisa”, porque você sentia que era importante ter isso. Sentia que era um mecanismo de gatilho para uma nova série de eventos acontecerem.


Vamos lhe dizer agora mesmo, você não é a mesma pessoa de cinco ou dez ou quinze anos atrás. Você não precisa dessas Sementes do Destino a não ser que escolha tê-las dentro de você.


Alguns de vocês estão dizendo neste momento, “Mas quais são minhas? O que são elas?” Não é importante identificar cada uma delas. Vocês não têm que saber a força delas e qual evento elas engatilharam. Mas vamos aproveitar esta oportunidade neste momento com este grupo para liberar, para desativar essas Sementes Destino. Vocês não precisam daquela doença. Não precisam de uma repentina transformação no fluir da energia em suas vidas – a não ser que a queiram.


Vocês deram um salto quântico na consciência. Não estão mais num caminho linear. Não são mais as mesmas pessoas que eram antes. É hora de soltar. Elas são como pequenas bombas de tempo dentro de vocês. Vocês ligaram o cronômetro. Disse “quando eu alcançar tal acontecimento... E, às vezes até mesmo uma certa data... Quando eu alcançar um certo nível da nova consciência, eu vou liberar esta semente. Vou deixar essa coisa acontecer em minha vida porque ela vai me catapultar para um novo nível. Mesmo que isso signifique morte. Mesmo se a morte ocorrer, serei catapultado. Isso vai me forçar a ir para aquele próximo nível mesmo que eu tente resistir”. 


Agora é uma Nova Energia. Vocês estão numa consciência diferente. Como físico espiritual, pioneiro e criador de sua Semente Destino, queremos aproveitar esta oportunidade neste momento para desativá-la. Não queremos que tenham medo – é por isso que Rafa entrou – e veja se você pegou todas elas porque se você escolher desativar todas elas, assim será feito. Se você escolhe simplesmente enviar essas Sementes Destino para qualquer realidade base – para fora de seu corpo e fora de sua mente – há muitos de nós aqui hoje, seres angélicos, que ajudarão você a removê-las – sem nenhuma dor, é claro – removê-las fácil e gentilmente. No entanto, você tem que nos dar permissão. Você as colocou aí. Vocês são os doutores. Vocês foram os criadores dessas Sementes Destino, mas podem nos dar permissão para ajudá-los a removê-las.


Elas realmente não cabem mais em vocês. Talvez 20 anos atrás, quando vocês chegaram pela primeira vez nesta vida elas tenham servido. Talvez fosse o plano perfeito, mas neste momento não é. Vocês mudaram tanto. Queremos que seu caminho desse ponto em diante seja claro, aberto e livre. Queremos que saiam dos velhos sistemas e das velhas redes, se vocês escolherem. Vimos de nossa perspectiva que as Sementes Destino plantadas por vocês – o câncer, a dureza, as dificuldades, todas essas coisas – vimos que elas podem bloqueá-los nesse momento. Podem tornar sua jornada mais difícil e mais dolorosa.


Então vamos respirar profundamente, e se você escolher liberá-las, se você der permissão, se você quer desativá-las, permita-nos fazer isso agora nesta energia segura e sagrada de Shaumbra.


Sementes Destino, para alguns de vocês também significou que vocês tinham que ficar num local físico ou geográfico. Você tinham que ficar numa certa cidade ou país devido a um velho carma e velhas famílias. Para outros uma Semente Destino significou que teriam mesmo que ficar com um velho parceiro devido a algum tipo de contrato que tinham.


Então, se você está pronto, se está desejando, desative-as ou permita que elas sejam completamente aclaradas agora. Deixe-as ser aclaradas.


Sim... Vocês não precisam de rituais compridos... Respirar profundamente. Quando Andrah retornar após nossa discussão, ela vai conduzi-los em mais algumas respirações para um aclaramento profundo e completo. Bebam muito líquido no dia seguinte, ou nos dois dias seguintes pra ter certeza, só pra curtir. Só pra fazer vocês pensarem que estão realmente fazendo alguma coisa! (risadas) E deixem que sejam desativadas – e elas serão. Elas serão.


A razão para alguns sonhos estranhos ultimamente também tem a ver com essas Sementes Destino. Vocês as podem sentir prontas a serem ativadas e daí o cenário dos sonhos começam a entrar, começam a apresentar – como dizer – um cenário do próximo nível. No entanto temos que dizer que vocês podem se mover para o próximo nível muito mais rápido. Você podem se abrir e se expandir muito, muito melhor sem essas Sementes Destino.


Falando também de um assunto um pouco difícil, mas que muitos de vocês perceberam no último mês é que havia em geral uma energia muito difícil na Terra. Era uma energia baixa, um pouco como vocês chamariam energia do mal, muito temível, por toda parte. Não apenas em sua casa, mas por toda a Terra. Um peso que vocês vêm sentindo. Há muitas razões para isso.


Estamos num ponto de incrível mudança na Terra nesse momento. Tudo sobre a consciência humana está a ponto de mudar, mas como sabem por suas próprias experiências, é no instante da mudança que também se apresenta maior resistência. E resistência traz medo. De fato o que cria o medo é a resistência. Então tem havido essa resistência tremenda na Terra em relação à mudança. A Terra e a consciência da humanidade podem sentir esse Salto Quântico chegando em não mais de um ano. Então há resistência, por parte da consciência, a toda essa série de coisas que estão acontecendo.


No meio de toda essa resistência, medo e terrorismo, um sentimento doentio, um sentimento nauseante. Se vocês podem sentir as energias, essa energia ao redor da Terra agora é nauseante. Não estamos falando apenas fisicamente... É nauseante espiritualmente. É muito espessa e pode ser descrita como – como dizer – um cinza esverdeado, muito decrépito (lamento na audiência), muito nauseante – até mesmo pra nós nesse lado. É muito difícil a gente vomitar (risadas), mas às vezes... Vocês têm sorte, pelo menos podem vomitar! (risadas, Tobias dá uma risadinha).


Uma energia muito pesada agora na Terra. Em parte isso se deve ao Salto Quântico iminente. Em parte porque havia uma oportunidade, neste mês passado, de fusão das energias da Velha Terra e da Nova Terra; o início dessa fusão. E isso não aconteceu Shaumbra, e não vai acontecer por um bom tempo.


Sabemos que era o desejo, era um sonho de muitos vocês a fusão dessa energia da Nova Terra e da Velha Terra física de maneira que elas pudessem como que se casar, se fundir. De maneira a trabalharem juntas, de maneira a não haver uma separação da Velha e da Nova.


Houve uma espécie de medição poucos dias após nosso último Shoud. Tipo o momento para ir em frente ou não. Após a medição ficou bem entendido que a Velha Terra não quer ir em frente. Não quer se fundir com a Nova Terra. Assim que vamos continuar a ter uma separação por um período de trinta anos ou mais, onde as duas energias não se unirão (desapontamento na audiência). E vocês vêm sentindo isso. Vêm sentindo tristeza, desapontamento. Vêm sentindo que talvez seja mais 30 anos até que as duas comecem a se fundir.


Mas, olhando por um lado mais brilhante, há uma maravilhosa razão para isso ter acontecido, e queremos que vocês sempre entendam, as coisas são MAIS do que parecem ser. Quando a Velha Energia e a Nova Energia comunicam-se... A Velha Energia, mesmo que estivesse resistindo, mesmo que estivesse se detendo, querendo manter seu velho jeito... Havia igualmente um desejo de Velha Energia de libertar-se e liberar-se.


Quando a Velha Energia deu uma olhada na consciência da humanidade, na consciência da Velha Terra, ela disse a Nova Terra, “Eu vou só deter você. Vou apenas segurar você, então escolho não me fundir a você agora para que você possa seguir na velocidade da luz. Assim que você pode mudar e crescer e se expandir, mesmo que seja sem mim. Agora eu seria um estorvo, um peso pra você, e mais do que tudo quero ver... Eu quero ver você entrar na verdadeira Energia Nova e criar um potencial – potencial que pode não existir se nos fundirmos”. Então a Velha Terra disse, “Vou ficar pra trás e deixar você seguir em frente, sempre a amarei e um dia talvez a gente... A gente se una. Mas por enquanto, Nova Terra, você segue em frente e eu fico aqui”.


Isso também, Shaumbra de uma maneira muito interessante, forneceu algumas novas oportunidades para vocês. Sim, vocês ainda vão estar por alguns anos aqui na Velha Terra, trabalhando em seu corpo físico. E sabemos que havia uma grande paixão antecipando a fusão das duas porque cada um de vocês está trabalhando na Nova Terra agora. Vocês vão pra lá regularmente. Neste momento, mesmo enquanto estão aqui sentados ou escutando o Shoud, uma parte de vocês está trabalhando na Nova Terra. Parte de vocês está lá. Vocês vão lá em seus momento oníricos. Vocês vão lá em seu estado multidimensional de ser. Então de uma certa maneira, isso oferece a vocês um novo tipo de oportunidade de seguir mais rápido na construção na Nova Terra.


É um lugar incrível, difícil descrever. Esta Nova Terra tem todos os atributos da Terra física sem as restrições ou as limitações. A Nova Terra não funciona na mesma rede, com os mesmo sistemas da Velha Terra porque ela é muito fluida, muito expandida.


Realmente na Nova Terra você pode sentar e fazer uma boa refeição. Na Nova Terra você pode se fundir com outro ser angélico e partilhar a intimidade do sexo e em seguida sair de seus corpos, liberando a ilusão, então seguir totalmente livres sem as limitações do corpo. Você funde o melhor das duas na Nova Terra. O melhor do que você aprendeu em todas as suas vidas, em todas as suas jornadas pelo universo você traz pra Nova Terra. Mas na Nova Terra, os sistemas não estão fechados. A energia não fica presa. É muito livre e muito aberta. Ela pode se reinventar ou se recriar de uma maneira diferente.


A Nova Terra é uma biblioteca. É uma biblioteca de toda a jornada dos anjos desde o tempo que chamamos Guerras nas Estrelas, bem antes de vocês terem um corpo físico. É uma biblioteca da Ordem dos Arc. Uma biblioteca onde cada experiência que vocês tiveram na Terra está sendo colocada na Nova Terra para que os outros se beneficiem do que vocês fizeram.


A Nova Terra é um lugar de relaxar e rejuvenescer – rejuvenescer de maneira jamais imaginada por vocês na Velha Terra. Alguns de nós – eu, Tobias, Saint-Germain e outros – nós agora vamos pra essa Nova Terra para rejuvenescer. Vocês poderiam dizer que a essência do Centro de Serviço Shaumbra está na Nova Terra. É um local de rejuvenescimento e uma biblioteca.


É um local de treinamento. É um lugar de grande pesquisa, pesquisa de energia. Também é um ponto de separação, significando uma parada entre saltos quânticos de consciência. É sua porta de entrada para o Terceiro Círculo. O Terceiro Círculo é onde você é um criador completo, um Deus completo também, e o Terceiro Círculo é onde você cria seus próprios universos. Num certo sentido, você poderia dizer que neste momento aqui na Terra você também é Deus, mas Deus em treinamento.Vocês estão aprendendo o que é ser um criador numa energia muita limitada, muito lenta e densa. Mas no Terceiro Círculo ela é totalmente aberta. Vocês pegam o que aprenderam aqui e depois aplicam lá com a sabedoria indescritível.


Então a Velha Terra, e muitas das pessoas da Velha Terra, por acordo, disseram, “Nova Terra, você vai na frente, Shaumbra você vai na frente. Vamos ficar aqui. Vamos no nosso próprio passo. Não estávamos prontos para o casamento . Voltem mais tarde e chequem, mas não estávamos prontos”.


Para muitos humanos isto significa vidas adicionais, reencarnar, mas, por favor, tenham compaixão e reverência por eles porque é isto o que estão escolhendo.

Para Gaia significa manter uma Velha Energia por um período mais longo. E ela concorda amorosa e desejosamente, mas Ela tem que liberar algumas das energias nos próximos meses. Ela pode fazê-lo com gentileza e facilidade, mas sem a integração na Nova Terra. Entendam que Ela carrega um tipo de peso energético diferente. Gaia está muito bem preparada para fazer isso, e muito bem preparada para lidar com todas essas energias, mas entendam que isso muda as coisas, e vocês vêm sentindo isso também. A sensação de a separação continuar; entendam que a separação foi feita em amor.


Muitos de vocês, quando vão a Nova Terra, vão achar um diferente tipo de energia lá agora, a habilidade de se mover velozmente, a habilidade de continuar a construir toda essa Nova Terra, essa linda dimensão em si mesma. Mas reverenciem os que escolheram não seguir adiante ou não se fundir desta vez.


Agora vamos falar sobre redes de energia. Redes de energia. Isso vai se torna informação importante na seqüência dos próximos Shouds, culminando em nosso - o que seria sua reunião Shaumbra nas montanhas, em Julho – Shoud final da série. Vamos concluir toda essa discussão com algumas informações muito interessantes e uma experiência de grupo única que estamos planejando. Vamos reunir as energias de Saint-Germain, Kuthumi, Ohamah, Quan Yin e eu mesmo para essa reunião, junto com as energias de Rafa, que vai continuar sendo nosso convidado até esse último Shoud da Série.


Vamos falar sobre redes de energia, redes de energia. Tudo é uma rede de energia. Seu corpo é uma incrível rede energética. É feito de células, moléculas e DNA. Ele é feito de órgãos. De todas essas coisas que compõe a rede de sua biologia. A rede não é apenas o tecido e osso e o sangue do corpo. Eles são parte da rede. Mas a rede envolve todos os tipos de campos energéticos, elétricos e magnéticos que são de longe, bem – como dizer – intrincados para entrarmos em detalhes. Não faz sentido entrarmos em todos os detalhes, o importante é você saber que é uma rede. Uma rede biológica.


Na biologia, a rede normalmente contém informação e tem conhecimento de todo o resto dos componentes da rede. Dentro das células de seu fígado estão todas as informações e todo o conhecimento de como o rim funciona. As células, a energia cercando as células de seu fígado neste momento, são células do fígado. Parte da rede do fígado, mas podem mudar a qualquer momento para se tornar parte do rim. Elas são adaptáveis. É assim que funcionam as redes. Estão cientes de todas as outras porções e, quando necessário, podem transformar sua própria identidade para ir do fígado pra o rim. Elas podem ir da rede energética do coração e rapidinho se transformar no cérebro, se necessário.Você é essa rede massiva, interconectada. Há uma interconexão entre todos os órgãos vitais. Dentro do próprio sangue está uma rede muito elaborada, não apenas as células, mas todos os comunicadores nas células. As células que comunicam com outras células similares, e as células que comunicam com tipos de células totalmente diferentes.


Quando olhamos pra você, vemos você, não como um ser físico... Não vemos sua carne, não vemos seu cabelo. O que vemos são redes energéticas – bilhões de redes energéticas que constituem seu corpo físico – todos fundidas, todas unidas para criar uma única rede física. O que estamos dizendo aqui é que redes podem se fundir, elas podem cooperar entre si para criar uma rede ainda maior e mais ampla. Este é seu corpo físico.


Você também tem uma rede espiritual. Uma rede que o conecta a outros planos. Uma rede que tem conectado você ao Campo. Uma rede que o conecta com o que você chama seu Eu Superior. E, a propósito, às vezes esta definição de Eu Superior é muito limitada. É muito elementar. Às vezes, sua definição de seu Eu Superior ou seu Eu Angélico fica muito religiosa, muito associada ao que foi ensinado nas igrejas, tende a ser paroquial. Então queremos que você entenda que mesmo seu verdadeiro Eu é muito diferente. Na verdade é muito mais. As coisas são MAIS do que parecem ser.


E assim você tem uma rede espiritual elaborada e esta rede espiritual interconecta com sua rede física. Alguns de você estão vendo quadros muito apropriados ou tendo sensações dessas massivas formas de unidades de energia trabalhando juntas, criando redes e depois fundindo com outras redes. É tudo muito intrincado e não é importante entender cada rede e como funciona. Não é importante entender todos os atributos únicos. Isso apenas vai te atolar, porque também há uma rede do cérebro, a maneira como funciona a mente. Não apenas a química do próprio cérebro, isso é acidental. Mas há quantidades tremendas de fluxos e padrões de energia. É como uma auto pista energética que cria essa coisa que você chama o cérebro, os pensamentos e a mente.


Há redes de energia dentro das famílias. Vocês são seres individuais dentro de uma unidade familiar, mas vocês criam uma rede uns com os outros.


Redes... Qualquer tipo de rede biológica ou mesmo rede espiritual, rede de energia... Ela tende a se auto criar e a entender a si mesma. E todos os componentes individuais da rede tendem a ter conhecimento ou familiaridade com os outros elementos, assim como numa família. Você tem a mãe e um pai, avós, alguns irmãos e irmãs e um cachorro e um gato. Eles estão cientes dos outros elementos de sua rede, mas eles criaram esse sistema – essa rede – que os une, que os mantêm juntos.


As redes tendem a fazer várias coisas. Tendem a se manter. Desenhadas por seus criadores, ou por você, para manterem-se, para construir uma identidade e depois mantê-la. Não apenas mantê-la, mas protegê-la. Então há outra rede elaborada que passa por qualquer rede. Ela tem a ver com manutenção, proteção, alimentação contínua e contínuo reforço de sua identidade.


Você é um criador brilhante. Quando você "cria" a si mesmo... Quando você cria todas essas redes micros e macros... Como o Criador, como VOCÊ, você disse “Tome forma, tome identidade. Alimente essa identidade e proteja essa identidade”. E é exatamente isso o que está acontecendo. Vocês criaram tremendas identidades e redes alternativas para si mesmos. Vidas passadas; projetos nesta vida; sua identidade nesta vida. Essa sua identidade nada mais é que uma rede massiva. E nessa rede, mais uma vez, encarregada de, ou responsável por criar identidade e então mantê-la, percebe.


E aqui estamos agora, com vocês neste Shoud, nesta Série, conversando sobre clareza e dizendo que é hora de por abaixo as redes – todas elas. Todas elas. E você vê o que acontece – no momento em que dizemos que há uma reverberação, é quase como um choque entrando em suas redes dizendo, “Levantem suas defesas! Alguém está entrando e tentando nos por abaixo. Somos desenhadas e programadas para nos defender”. Uma programação profunda da qual vamos falar nos próximos meses. Uma profunda programação.


Então vocês criaram todas essas redes e suas redes se alimentam de coisas como o Campo – o qual é apenas uma rede de energia – e vocês começam a se separar de todas elas. Vocês estão começando a deixá-las ir.


Como dissemos, uma rede tem a tendência a se entender. Tem a tendência a recriar, a continuamente rejuvenescer e a tentar se manter. A rede tem um propósito específico, um trabalho e uma responsabilidade que você atribuiu a ela. Você lhe disse pra fazer isso. Você lhe disse, como a um robô, para continuar a fazer isso. Tanto é assim que você até se perdeu em alguns de seus próprios jogos da rede.


Às vezes, é dada permissão a uma rede para um certo crescimento ou uma certa quantidade de expansão própria ou mudança de consciência, mas geralmente é uma coisa limitada. Vocês falam sobre essa coisa em seu trabalho no computador, sua programação de software, sobre inteligência artificial, sobre introduzir isso em sua programação ou em seu código. Vocês fizeram o mesmo com suas redes neurais; as redes física, espiritual e mental que criaram. Vocês permitiram em algumas porções da rede, que crescesse uma certa quantidade de inteligência. Mais uma vez, havia um atributo programático que foi construído ali, há muito tempo atrás, que a limitou, que criou pontos mortos e portas trancadas.


Então mesmo quando você tentou crescer seu Eu e sua consciência, alguns desses cadeados e restrições colocados não permitiram que fosse em frente. E, francamente, provavelmente é uma coisa boa porque nessa Nova Energia, você não vai mais precisar de redes – pelo menos não do velho jeito.


Você, como deus e como alma, não é uma rede. Você é uma essência. E nos próximos meses vamos discutir a diferença entre “essência” e “rede”. Você é uma essência. Você não pode desenhar ou mapear uma essência num pedaço de papel, onde você POSSA idear uma rede. Você pode urdir o movimento de energia de uma rede. Às vezes, é muito complexo – linhas e energias e tudo, cada qual movendo-se a sua maneira. Mas sua essência não é uma rede.


Alguns de vocês foram levados a crer através do que chamam treinamento ou ensinamento, que vocês - enquanto seres espirituais - são um tipo de rede de energia. Vocês na são. Vocês são essência, e há uma grande diferença. Uma essência é crua. É simples. Não PRECISA uma estrutura. Não precisa de redes.


Você é uma essência, mas construiu esse enredo elaborado – no corpo e na mente e no espírito – você construiu esse enredo elaborado como sua forma de criar. Eram seus lápis. Eram seus pincéis mágicos. Suas tintas guaches. Chamava-se “construção da rede”. Agora você está liberando tudo isso.


O Campo era parte da rede. O Campo alimentou seus velhos sistemas, estruturas e redes. Alimentou as velhas rodovias e estradas e linhas e redes e tudo mais que foi a sua maneira de criar e manifestar.


Então agora você está se desconectando de tudo isso. Está liberando. E, mais uma vez, parece desconfortável, mas você vai perceber que na Nova Energia... Você já está percebendo em seu trabalho na Nova Terra, mas vai começar a perceber aqui na Terra física... Que não precisa mais da estrutura da rede da Velha Energia, ou pelo menos dos atributos de qualquer estrutura, construção de rede; o que você faz agora vai ser diferente. Nada vai ficar amarrado.


Você vê, se você escanear suas redes, suas redes pessoais – mental, física, espiritual – tantas dessas redes ou seqüência de energias estão presas. Na Nova Energia, você não tem precisão de construção de redes como tinha, as coisas não vão ficar trancadas. As coisas vão se mover muito facilmente. Vão se transformar e mudar muito facilmente.


Mesmo que construa redes de energia, como um corpo físico, ele não será DEPENDENTE de redes. Você vê, a maioria das redes no momento... Dizemos mais uma vez, uma rede se constitui de padrões e estruturas de energia, que você usa no nível base para construir qualquer coisa, um corpo... Um software é um excelente exemplo. Código é construção de rede. É tudo que é. Programar, programação de software é simplesmente construir uma rede que depois vai desempenhar certos serviços limitados: mastigar números, trabalhar na Internet. É uma estrutura ou rede elaborada, e se inicia com um código. Mas o código tem suas limitações.


Uma rede nesse momento é uma rede dependente. Depende de outros pedaços. Depende até, algumas vezes, de outras redes para reforçá-la. E depende de coisas como o Campo para ser alimentada. Redes – criações – são dependentes. Precisam de mais alguma coisa para se manter funcionando.


A Nova Energia, mesmo que a chamem de rede ou estrutura, é INDEPENDENTE. Não depende de nada. Ela pega a vida, suas dinâmicas diretamente do criador – de você. Direto de sua essência. Você não tem que criá-la com cadeados e limitações porque ela funciona multi-dimensionalmente. Ela não tem que ser limitada a esta realidade, entendem?


Queríamos dar a vocês essa primeira discussão básica sobre como funciona uma rede porque vamos expandir esse assunto nos próximos Shoud. E queremos que vocês entendam... Queremos que comecem a ver como tudo é apenas uma rede. Essa cadeira, a cadeira onde está sentado, é uma rede de energias dependentes e interconectadas, funcionando juntas, seguindo – como dizer – a energia do criador que foi colocada nelas, para se manifestar como um certo objeto – uma cadeira. É uma rede de energia.


Como sabem a partir de sua física humana, a terra física que conhecem parece sólida. Não é.


Ela está girando... Átomos, micro-átomos e sub-átomos estão todos girando. O magnetismo... Vamos mais fundo em cada objeto físico que está além disso – partículas subatômicas são muito interessantes ou ainda, um tipo diferente de magnetismo do que vocês pensam em geral – mas são magnéticas... E todas estão girando e se movendo. E há uma enorme distância entre elas, como sabem, entre as partes físicas. Mas elas criam uma rede, interconectadas umas as outras para então se manifestarem como uma cadeira.


Queremos que vocês estejam bem cientes de como funcionam as redes. Elas fazem parte de seu cotidiano. Elas estão por toda a sua volta. Um bom exemplo talvez seja uma estação de rádio. É uma rede. Envia sinais para outros elementos de sua rede que captam os sinais e os introduzem em outra rede de energia – eletricidade – que permite a amplificação do som.


Tudo é rede. Sua Internet é um maravilhoso exemplo de rede – o que vocês chamam virtual – porque na maior parte do tempo está por aí afora. Você não a pode sentir ou tocar. Onde está a Internet? Está em toda parte, mas é dependente de seu computador, de seu processador e do software que foi feito para entrar em seu processador. Então ela é uma rede dependente. Tudo – a mente, o corpo – tudo em sua realidade nada mais é que uma rede de energia.


Liberando as redes de sua vida... Saindo de coisas como o Campo... Ao parar de se alimentar de outras pessoas... Ao parar de se alimentar da consciência humana... Isso traz você cada vez mais de volta a sua própria e pura essência, através do trabalho que realiza se desconectando das redes.


Não é que você se desconecte da Terra. O que acontece é que você opera na Terra com mais suavidade, mais graça e mais naturalmente. Você percebe que outras redes não se prendem a você. Não tiram coisas de você. Você não depende delas e elas não podem depender de você. Então não se trata de liberar todas essas coisas e depois partir da Terra ou se dissociar dela.


Quando você liberar a construção e alimentação da velha rede, a vida fica muito mais fácil. O que normalmente seria uma tarefa difícil, se torna muito fácil. A maneira como seu corpo se alimenta de comida fica muito mais fácil. Alguns de vocês, muitos – Shaumbra demais – têm tido problemas de digestão pelos últimos anos porque a rede de seu estômago está mudando, mudando a maneira como digere a comida. Vocês vão perceber que vão largar quantidades de comida. Vão precisar de muito, muito pouco e não vão desejar, enquanto vão liberando as velhas estruturas, enquanto vão desconectando.


A vantagem de liberar, de se desconectar de tudo, é que agora você vai estar com tudo de um jeito novo e livre. Falamos antes sobre desconectar de sua família. Não estamos dizendo pra fugir de sua família... (risadas) Embora alguns de vocês... (mais risadas).


O que estamos dizendo é que se você se desconecta de redes que desenvolveu entre você... Quando você para de se alimentar delas e elas param de te alimentar... Você vai vê-las – entendê-las – de um jeito novo e brilhante. E ao invés de drenar e cansar, ao invés da sensação de ter que carregar tantos dos fardos deles - o qual você tende a fazer – você pode estar com eles numa boa e em paz. E não vai ser nenhum esforço ou luta.


O mesmo em relação a qualquer trabalho que você faça na Terra – você não tem que pegar pesado. Muitos de vocês têm se sobrecarregado... Vocês vêem, uma rede também pode ser como uma teia de aranha, e vocês ficam embaraçados em coisas como trabalho e dinheiro. Vocês são pego na teia da aranha o que torna então muito complicado manifestar e você fica achando que não é uma pessoa espiritual. Alguns de vocês até mesmo ainda fazem o reverso e dizem, “eu sou uma pessoa espiritual e não posso me permitir o fluxo de abundância em minha vida”. É, acabou de cair numa rede ou numa estrutura velha.


Você vai descobrir que assim que liberar, se desconectar de todos esses velhos jeitos, que não tem que ter mais nenhuma teia de aranha, nem ficar travado na teia de outros porque você está desconectando. Você é essência. Você é a alma, o espírito. Você não é uma rede. Você é essência, uma energia pura. Portanto, você não precisa tirar dos outros, de redes e sistemas externos. Não precisa se alimentar fora de você.


Então, a beleza da desconexão é que ela faz a vida na Terra ficar muito mais fácil. E vocês merecem. Enquanto humanos vocês merecem. Como Shaumbra, você merece. Não têm que mais que continuar a batalhar. Não precisam mais ser pegos nessas velhas redes. Vocês merecem.


Vamos discutir mais sobre as redes, como elas vão ser construídas de uma nova maneira, como todo esse conceito de redes neurais, redes inteligentes e redes da Nova energia entram em ação em sua vida.


Agora vamos falar por um momento sobre a desconexão em si.. Sobre desconectar. Rafa vem trabalhando com vocês a vários meses porque o medo aparece. “E se eu me desconectar de uma rede de trabalho? O que acontece se saio de meu trabalho?” Mesmo que você saiba que às vezes você tem que fazer isso, você sabe também que é prejudicial, você fica pendurado aí porque acha que é assim que tem que ser para receber seu pagamento. Você acha que é seu caminho para se alimentar, então o medo chega quando desafiamos você, quando dizemos que cedo ou tarde você vai ter que trabalhar por si e parar si mesmo. Você vai ter que fazer isso. Um verdadeiro criador não vai trabalhar no escritório de um outro. Ele trabalha por si próprio. Você pode lidar e trabalhar com muitos outros, mas é o seu trabalho – seu trabalho.


Então aparece o medo quando falamos em desconectar. É natural a presença do medo porque você programou cada rede, cada estrutura, cada entrelaçamento pra se proteger. Reivindicando a identidade e a manutenção delas para proteção de ataques externos. Então nesse instante, quando falamos em liberar, surge o medo.


Às vezes há uma grande resistência de sua parte. Você quer segurar, bem parecido como os humanos da Velha Terra se seguraram a suas maneiras da Velha Energia. Você tende a permitir a entrada de bloqueios e então, ainda pior, tenta encontrar um jeito de cair fora desse processo. Você diz, “Bem, Tobias e Saint-Germain disseram que é hora de desconectar”. Então você entra com a cabeça e tenta começar a desconectar e fica intelectualizando o processo. Mas queremos lembra você acima de tudo que desconectar é um processo natural. Natural.


Como um criador de suas redes e de suas criações, você também codificou ou colocou em uma de suas redes que cedo ou tarde ela teria que ser dissolvida, ser des-inventada e retornar a sua pura essência. Assim que desconectar é um caminho natural. Como criador você foi brilhante, inteligente e sábio o bastante para codificar sua própria dissociação. É um processo muito natural e está acontecendo nesse momento. Mesmo que haja medo, mesmo que alguns de vocês se sintam desconfortáveis, está acontecendo.


Você não pode realmente empurrar, porque aí seria falso. Você pode apenas liberar. Pode apenas permitir que aconteça. Não dá pra você dizer, “Quero que aconteça nos próximos dois dias”. Pode apenas dizer, “Eu sei, como criador perfeito, que codifiquei a desconexão e agora permito que ela aconteça”.


Você não pode ficar pensando numa maneira de fazer isso. Não pode lutar com isso. Se fizer assim a coisa fica mais difícil. A resistência aparece. Resistência gera medo. Medo cria energia bloqueada e aí o que era um processo natural fica inibido.


Vocês percebem, vocês sabem que um rio flui naturalmente. Ele flui naturalmente. Ele encontra o caminho mais fácil. Ele encontra o caminho de volta a suas origens. E quando vocês começam a bloqueá-lo, achando que tem que controlar o rio, achando que tem que domesticá-lo, a coisa vira um problema. Não fica logo aparente, mas o rio, cedo ou tarde, vai se poluir, vai se entupir, repondo sua própria energia.


É muito parecido a você como criador de qualquer estrutura, de qualquer conexão que tinha. É só deixar a gora o processo natural acontecer. Deixe fluir. Não fique tremendamente esotérico sobre o assunto. Não tente manipular ou controlar. A melhor coisa agora é se dar permissão. Permita mo processo natural acontecer.


Observe-no acontecendo. Sinta. Sinta a sensação de liberação e liberdade, mesmo agora, enquanto você está se desconectando do Campo, de outras pessoas, de velhos sistemas e camadas de crença. Essas camadas são muito fortes e muito pesadas. Sinta a sensação de liberação e liberdade enquanto desconecta. Sinta a sensação de medo também, se ele aparecer. O medo de “O que acontece se eu libero? O que vai acontecer com aquelas pessoas, a pessoa que amo, o que vai acontecer se desconecto minha energia deles?” Há um medo associado a isso. Medo não apenas do potencial da perda, mas de que alguma coisa ruim possa acontecer a eles se sua rede protetora não estiver ao redor.


Deixe a desconexão prosseguir, mesmo que se estiver observando algumas dessas coisas do medo. Um grande medo, um medo muito óbvio é, “E se eu me desconectar do velho jeito de viver e me sustentar?” Você chama a isso viver?! (risadas). Permita se desconectar disso. Você realmente precisa daquele pedaço de papel no dia do pagamento, aquele bocado de energia, aquela energia ‘apenas o suficiente’? Sim, você sente literalmente o medo de “Como vou me alimentar?”. “Como vou comprar as verduras?” Você vai se alimentar de toda uma nova maneira que não requer dependência externa, ou mesmo dependência de suas redes internas.


Então, Shaumbra, estes são tempos muito interessantes. Muito interessantes e queremos que se lembrem...As coisas são MAIS do que parecem ser. As coisas são MAIS do que parecem ser.


É tão freqüente que na estrutura limitada, na rede em que vocês existem, vocês vêem apenas uma fatia ou uma lasquinha de todo o potencial . Vocês vêem apenas uma parte de si mesmos. Há tanto mais, e se vocês permitirem os processos naturais, as evoluções e ciclos naturais acontecerem neste momento confiando em si mesmos... Vocês criaram tudo isso. Vocês programaram ou codificaram o próximo nível de mudança a acontecer, e agora estão apenas experimentando o que criaram, percebem?


É informação bastante para um dia. Alguns de vocês estão sentindo até um pouquinho enjoados de tanto muda-muda. (risadas) Então, vamos pedir a vocês que nesse próximo mês, simplesmente tomem ciência das redes – micro, macro, redes físicas, mentais, computacionais, programações... Que belo exemplo! Programação, redes de computador, todo tipo de rede – e vejam como têm construído as redes de consciência, de fisicalidade, de sua mente de tudo para si mesmo.


Permitam que o processo natural de desconexão ocorra. Façam isso com a respiração. Façam um pouco de respiração consciente todo dia e permitam que o processo natural, lindo e gracioso de desconectar de velhas redes aconteça.


Retornem a sua essência, Shaumbra. Em sua essência vocês vão descobrir que jamais estão sós.


E assim é.




Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, com o pseudônimo de "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com. O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.

O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.

Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.

As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.

O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.

Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.

Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com todo este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado. Veja a pagina de contatos no website.

© Copyright 2006 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.




Traduzido por: Sonia Gentil soniagentil@uol.com.br