É Hora da Prática


Amados Filhos,

Mãe é mãe, mas também, pai é pai.

Que as bênçãos da energia masculina envolvam vocês! E a energia masculina é aquela que é dinâmica, que toma a iniciativa.

Por isso, é chegada a hora de todos vocês tomarem a iniciativa de ir, mais do que nunca, além das mensagens, além das palavras bonitas apenas. Já está na hora da prática, de viver. O que mais é necessário?

Vocês foram condicionados a estudar, a se informar terminantemente. Mas, um dia, um aluno se gradua e é tempo dele sair ao mundo e pôr em prática tudo aquilo que ele estudou.

As mensagens estão sendo batidas, repetitivas, pois não há o que mais aprender. Não há.

Então, quem ainda não se sente preparado à prática, permanece num ciclo vicioso, levantando a sua espada para as mesmas problemáticas, o que tornam os problemas cada vez maiores. Lutam pelas minorias, mas isso enfatiza mais a crença de inferioridade. Quem não se sente inferior, não precisa lutar. Quem se sente soberano, não enfatiza as crenças da inferioridade. E são tantas e tantas lutas... É difícil, muitas vezes, simplesmente deixar a espada de lado e parar de lutar. Mas, que tal apenas baixar a espada e usá-la num passo de dança?

Como representante da energia masculina, quero lhes dizer que a energia masculina não é assim tão dura como muitos de vocês pensam. Ela é uma energia vigorosa, capaz de se movimentar também numa dança. E a dança não é apenas referente ao feminino. A dança pode ser vigorosa, pode exaltar as energias e fazê-las se movimentar num novo ritmo.

Por isso, em vez de levantar a espada com ardor, que tal levantá-la com vigor? Levantá-la e rodopiá-la, como uma dança? Novos rumos, novas perspectivas se poderão ter dessa maneira.

Essa é a minha mensagem para vocês. E, na verdade, não lhes dou mensagens, pois não há mais códigos a serem decifrados, não há mais instruções a serem repassadas. Vocês já são mestres; não mais discípulos.

Que a energia masculina seja aceita também dentro de vocês, não de forma deturpada, mas como uma forma de fazê-los, enfim, tomar iniciativa para viverem como verdadeiros mestres.

Um abraço com vigor e alegria de estar partilhando com vocês!


Pai José da Nova Energia

Agosto/2012