Os Movimentadores de Energia

TOBIAS E O CONSELHO CARMESIM

Círculo Carmesim, 6 de Novembro de 2004 - Série da Incorporação

SHOUD 4: “Os Movimentadores de Energia”


 


E assim é, querido Shaumbra, que eu, Tobias, retorno (risadas e aplausos). Realmente, a energia deste grupo de Shaumbra - reunido aqui  hoje e dos que estão conectados é prazerosa, é intensa.  Vocês estão tão ansiosos e famintos... Desejando cumprir o que vieram a fazer na Terra... Desejosos de ajudar a por para frente as energias...  Tanto para si mesmos quanto depois,  para todos  que querem participar dessa coisa chamada vida na Energia Nova.

Eu, Tobias e os convidados que entram hoje estamos energizados por vocês.  Nós inspiramos vocês.  Queremos incorporá-los. Você nos permitiria fazer isso, ficar tão perto de você – estar dentro e fora de você – que podemos incorporá-lo?  Você nos permitiria entrar ainda mais hoje, tão perto que dançamos como um, mesmo que sejamos dois ou mais? Queremos incorporar você, absorvê-lo para dentro de nós.

Você sabe o que é realmente incorporar, Shaumbra?  Incorporação é aceitação destemida – ACEITAÇÃO DESTEMIDA – de Tudo Que É sem  muro, barreira ou julgamentos. Aceitação destemida é sentir todas as energias, experimentar todas as coisas, entender que você jamais perderá sua própria identidade ou integridade.  Sua identidade está aí.  É permanente. Você jamais pode perdê-la.  Foi uma dádiva dada a você pelo Espírito.  Você sempre a teve e sempre a terá.

Sim, realmente, houve momentos em que pensou perdê-la, quando sua identidade foi fragmentada por você mesmo, deliberadamente, quando foi tomada por outro ser, deliberadamente e em algum nível por acordo.  Shaumbra, a energia da unidade de si – a energia você, o anjo, você, este aspecto do espírito – sempre foi e sempre será. Foi criado por você e sempre será.  Jamais pode ser tirado.  Jamais pode ser destruído. Ninguém jamais pode tirá-lo de você.

Oh, você pode brincar.  Você pode criar uma história onde finge por um tempo que alguém rouba sua energia, que você é possuído ou que você é um tipo de walk-in, ou algo semelhante, onde alguém pega você.  Mas isso só acontece por pouco tempo.  A integridade de seu ser sempre retorna a integridade de seu ser.  Nada lhe  pode causar danos, roubá-lo, possuí-lo.  Ela sempre volta, Shaumbra.

Então, é por isso que dizemos que incorporação é a aceitação destemida.  Você pode se aceitar sem medo.  Você pode incorporar destemidamente tudo para dentro de seu ser.  Como disse nosso querido amigo Kuthumi no mês passado, “Você pode inspirar os germes; pode aceitá-los sem medo”.  Você pode aceitar destemidamente tudo  sobre si mesmo e qualquer outra pessoa.  Você pode estar em total aceitação, aceitar destemidamente tudo que  fez no passado, nesta vida, em vidas passadas, sem julgamento, sem medo de nada.

Você sabe, alguns de vocês têm medo que um aspecto de si  do passado – talvez o senhor da guerra, ou algum tipo de ladrão, um criminoso, algum tipo de líder desequilibrado – um aspecto de si mesmo possa vir e tomar contar de você nesta vida.  Vocês têm medo de auto possessão, que coisa interessante! (risadas)  Talvez Kuthumi possa fazer um filme sobre isso! (mais risadas)

Você tem medo de ser sobrepujado por seu próprio eu, por aspectos que você criou.  Mas, lembre-se, como disse Kuthumi, “É você – você, você, você – quem cria essas coisas”.  Não há uma outra parte de seu ser em qualquer outro lugar que seja mais poderosa... Ou magnífica... Ou gloriosa... Ou forte... Do que você sentado aqui agora.  O você que está sentado aqui pode não ter lembrança consciente e, portanto, isso faz você pensar que é frágil.
Mas, queridos amigos.  VOCÊ tem força e uma forma bela, energética e espiritual.

Você criou isso.  Você criou toda essa jornada através de vidas e esse chegar a um ponto de lembrança para si mesmo.  Esta é a sua força.  Você criou os elos nessas cadeias.

E, como Criador, você também as pode liberar.  Às vezes, vemos você se abalar e fugir, tentando descobrir como você faz essas coisas.  Você surge com fórmulas, métodos e técnicas.

Você não tem que fazer nada. Shaumbra, nada além da ACEITAÇÃO DESTEMIDA porque foi você que criou essa história.  Foram vocês que criaram os elos e as cadeias. Foram vocês que criaram essa realidade em que estão sentados.

Portanto, Criador, você não acha que iria criar a maneira de evoluir também, de modo a não ficar travado... De modo a não ficar fraco... De maneira  a não aniquilar a própria natureza de sua alma e de seu ser?  Você criou isso.  Aceitação destemida... É uma coisa fenomenal... Aceitação destemida de cada parte de você, de tudo a seu redor.

Isso não significa que você tenha que gostar, Shaumbra.  Há uma diferença.  Às vezes você pensa, “Bem, eu tenho que gostar de tudo e tenho que amar tudo”. Não, você não tem que gostar de tudo!  Aceitação destemida significa que você pode também discernir, que você pode ser “receptivo as sensações”.  “Ser receptivo às sensações” permite que você determine o valor das energias que estão ao seu redor.  

Você tem medo da palavra “julgar”, porque  teve problemas com isso no passado.  Olhe dessa maneira.  Você está percebendo.  Você está sentindo.  Você não está fazendo julgamento da coisa.  Você está aceitando destemidamente, por exemplo, se a pessoa a seu lado está  enchendo teu saco neste momento (risadas).  Você está aceitando destemidamente o seu jeito de ser e o jeito dela ser. Isso é aceitar... E aceitar que ela também é Deus, a despeito de tudo o que você possa pensar a respeito dela.

Aceitação destemida é pegar cada parte da realidade em que você está  inserido e  introduzi-la em você. Quando você tem um dia ruim, é a questão de aceitar destemidamente que esse dia “foi um dia ruim” (mais risadas).  Traga esta energia com você.  Você tenta deixá-la de fora.  Você fica dizendo, “De algum maneira é um dia ruim que apareceu a minha porta.  E eu não o quero aqui, então vou deixar a porta fechada”.

Queridos amigos, abram a porta, e deixem “o dia ruim” entrar.  Você o criou por alguma razão.  Não é verdadeiramente um dia ruim.  É apenas um dia no qual seguir em frente é um desafio.  Você chamou esses acontecimentos para sua vida.  Talvez, estivesse se sentindo um pouco complacente.  Talvez, tenha sentido que precisava de um pouco de motivação ou um nível de compreensão.  Mas, como saberá se mantém a porta fechada?  Como vai saber se não foi você que convidou este “dia ruim” a sua casa?  Sente-se e converse um pouco com ele.  Sente-se e sinta-se.

Incorporação é aceitação destemida de que talvez você esteja com medo de algumas coisas.  Destemidamente tenha medo dessas coisas.  Deixe-as entrar em sua vida.  Deixe todas essas coisas entrar.  Mais uma vez, Shaumbra, não se trata de gostar de tudo.  Trata-se de aceitar tudo e aceitar a maneira como você se sente a respeito de todas essas coisas.

Shaumbra, a gente chega hoje aqui com várias mensagens. Chegamos a vocês hoje com muita energia. Chegamos hoje num momento de contínuas mudanças.

Nós vimos recentemente na eleição de que Cauldre falou.  E, você diz, “Mas não houve mudanças”.  E nós dizemos, “Mas houve uma mudança”. Têm coisas acontecendo.  Dêem uma olhada na linha de tempo em que estão trabalhando que leva vocês a setembro de 2007.  Dêem uma olhada no que dissemos antes.

Há forças energéticas que se mantêm do Velho jeito porque estão com medo. Estão cheios de medo porque se fecharam, também porque  estão mantendo uma energia. Sim, eles também estão ajudando a sustentar uma energia.  Há muitas, muitas razões para isso, mas tudo isso está relacionado ao que está acontecendo.

Quando as coisas se movimentam, a tecnologia avança e as descobertas na ciência e na medicina se realizam cada vez mais rápido... Não é de se esperar que  pessoas se oponham as mudanças, desejando voltar as Velhas maneiras?  Oh, não estamos falando aqui apenas sobre este país da América.  Você vê isso pelo mundo todo.

Algumas das vozes mais altas estão se mostrando agora.  Elas estão pregando, até exigindo, até mesmo fazendo terrorismo para  manter o Velho jeito de antigamente.  Elas estão com medo de uma mudança.  Elas têm medo de algo Novo, precisamente o que Kuthumi falou com vocês mês passado. 

Mas, de uma certa maneira, Shaumbra, olhem diferente, mais além.

Essas pessoas estão ajudando a manter um balanço, assim que todo esse processo de mudança pode ser feito de um jeito mais suave e mais gracioso.  Estão mantendo uma energia de Ontem.  Isso gera um equilíbrio, uma maravilhosa proporção energética. Evitando que vocês se despedaçam, de uma certa maneira.  Mantendo o mundo num tipo de equilíbrio e verificação.  Tudo faz sentido.  Quando você consegue aceitar destemidamente tudo que acontece ao seu redor,  começa a entender como tudo funciona de uma maneira linda e milagrosa.

Então, Shaumbra, pedimos que respire profundamente e aceite destemidamente, aceite sem temor tudo sobre si mesmo, tudo sobre o mundo ao seu redor.  Traga tudo pra dentro de você. Devore. Absorva. E deixe passar.  Deixe seguir.

Recebemos recentemente uma pergunta de um querido Shaumbra em Israel, de minha terra natal.  Esperamos para responder.  Queríamos trazê-la para todo este grupo porque ela se aplica a todos vocês.  É uma pergunta pungente.  Exige uma resposta para todos Shaumbra.  Então, pedimos desculpas em nome de Cauldre por não ter sido respondida logo.  Queríamos esperar pelo dia de hoje.

A mulher escreve:  “Querido Tobias, eu tenho canalizado ultimamente. Mas recebo essas vozes de medo, vozes me dizendo coisas erradas.  Vozes que tentam me enganar e me desencaminhar.  O que estou fazendo errado, Tobias?

Como me abrir para outros reinos?  Como me abro para essa coisa chamada canalização?”

Sim, em uma palavra podemos dizer, “Participe, participe”.  O que você está fazendo – querido ser que fez a pergunta e todos vocês Shaumbra – você está tentando se retirar da equação.  Queremos você na equação.

Enquanto Cauldre está aqui sentado e canaliza, ele não está em algum outro lugar qualquer.  Está participando totalmente porque nós exigimos.  Queremos que ele esteja aqui. E queremos que você esteja envolvido nesta canalização.  Sua energia está aqui.  É por isso que essas palavras soam familiares, talvez você as tenha ouvido a noite passada ou dirigindo pela rua um outro dia.  Queremos que você participe.

Quando você não participa, quando você abandona a sua equação espiritual e a da Terra, sim, realmente, as vozes que entrarão vão enganar você porque você está enganando a si mesmo.  As vozes entrando serão falsas porque você não está sendo verdadeiro consigo mesmo.  As vozes que dizem coisas a você, deliberadamente iludindo estão, na verdade, refletindo você.  Você está deliberadamente  enganando a si mesmo sobre quem você é.

Então, minha querida em Israel – e seres queridos pelo mundo inteiro – é obrigatório participar disso, de cada aspecto de sua vida.  Se você vai canalizar, se você vai falar conosco, você tem que participar.

Existe um tipo de sensação da Velha Energia... Um tipo de entendimento que você tem que ficar fora do caminho porque você é só um humano pequenininho... Um ponto insignificante... Apenas uma força de vida não inteligente que tem que sair fora para que os grandes caras entrem... Para que esses grandes e inteligentes alienígenas venham... Ou esses grandes arcanjos.  Você tem que sair do caminho, assim que talvez eles possam – se tiverem tempo e se você valer a pena – talvez possam... Talvez...Possivelmente... Dar a você uma mensagem de lembrança para passar para o resto do mundo.  Este é o nosso entendimento de seu entendimento, Shaumbra.

A energia é diferente agora.  E pedimos que participem.  Vocês ouvirão as vozes verdadeiras quando participarem.  Se você é um canalizador, seja um canalizador ativo.  Pare de sair fora.  Incorpore-se nesse canalizar, exatamente como está fazendo neste momento.

Você está se incorporando nesta canalização.  Cauldre e Linda estão se incorporando nesta canalização.  Eles estão permitindo que assim seja.
Se você vai pedir conselho e orientação de nosso lado, você tem que participar nisso também.  Você tem que deixar entrar em você e através de você.  Pare de tentar se fazer invisível, de se retirar. De que outra forma você acha sua divindade vai brotar?

Então, dissemos recentemente a outro grupo, se você não está em sua casa – que é seu corpo, e esta realidade e esta consciência – se você não está aí, quando a divindade chegar a sua porta, não vai haver ninguém para atender.  As luzes estão acesas, mas não há ninguém em casa.

É importante participar de todas essas coisas em sua vida.  Algumas vezes você chega a nós com perguntas e quer pular fora.  Você espera algum tipo de reação.  Espera por uma voz grandiosa em sua cabeça.  Não funciona assim.  Você é uma parte ativa da coisa.

Algumas vezes você fica imaginando o que é que deveria fazer a seguir em sua vida. E, ficamos esperando você tomar sua decisão; depois nós o apoiamos.  Às vezes você pensa, “Como é que o Espírito não respondeu a meu pedido.  Já faz cinco anos.  Eu perguntei, ‘o que tenho que fazer’? E ainda não recebi uma resposta”.

Shaumbra, a resposta chegou e você não estava em casa.  A resposta vai continuar aparecendo a sua porta.  Ela fica espiralando por aí sem parar.  E, coloca uma nova – como dizer – uma roupa nova cada vez que volta a lhe visitar. Mas você a ignora com tanta freqüência.  Você vem ignorando a resposta que insiste em voltar a você.  Você fica esperando a grande voz no céu.  A resposta acontece no momento Agora dentro de você.

Então, minha querida das terras de Israel, obrigado por fazer a pergunta.  Queríamos trazer a resposta para todos aqui. Participar em todos os aspectos.  Então podemos nos chegar.  Então podemos orientar e ajudar... E podemos amar... E podemos contar piadas pra você... E podemos lhe dar nosso conselho, sempre com a advertência de que é apenas nosso conselho.

Oh, Shaumbra, você tem que entender que você não nos vê na Terra agora, não é mesmo?  Não sabemos se poderíamos fazer a coisa tão bem quanto você está fazendo... Diante das circunstâncias de ir de uma energia para outra... Diante do fato de ainda viver num mundo da Velha Energia e tentar integrar a Nova Energia em sua vida... Diante das circunstâncias  tentar... Querer... Querer lembrar... Lembrar quem você é...  E por que está aqui... E quem você foi... E ainda assim, ao mesmo tempo, não querendo lembrar quem foi e por que está aqui.  Então, Shaumbra, você está fazendo um trabalho incrível. Como estamos dizendo, não achamos que poderíamos fazê-lo tão bem.

Nós seguimos você.  Seguimos atrás de você.  Nos tornamos seus filhos e seus netos e os filhos deles.  Seguimos seus passos.  Nós podemos orientar você.  Podemos partilhar com você. Podemos ajudá-lo a lembrar.  Podemos ajudar a ser sua voz, também.  Mas, depende de você participar totalmente em tudo que faz agora.

Você percebeu ultimamente quando pede respostas aos anjos e guias e aos outros que nada recebe, nada mesmo, como se fosse um enorme quarto vazio sem móveis?  Isso é porque nós queremos que VOCÊ faça. Queremos que você participe.

Este não é apenas – como dizer – um simples pedido.  Há uma física por trás disso.  Isso requer que na Nova Energia, que você está começando a integrar agora, que você esteja totalmente presente.  Você não pode ser um proprietário ausente de sua divindade.  Na Nova Energia você tem que estar totalmente presente e participante.  Então nós podemos entrar.  Podemos entrar e servir você da maneira como quer ser servido e de que você precisa ser servido.

Na Velha energia houve profetas ocasionais.  Os profetas eram todos doidos – temos que dizer a você.  Eram realmente.  Tinha que ser.  Tinham que ser um pouco loucos.  Tinham que ser muito desequilibrados para que fossem capazes de introduzir as energias e as mensagens. Mas havia só alguns.

Agora, ao entrarmos na Nova energia – quando vocês entram na Nova energia – todos vocês são profetas.  Todos vocês são profetas por direito próprio.  Quando você entra nessa Energia Nova e participa totalmente de suas criações em sua realidade, então nós podemos entrar.  Não podíamos fazer isso antes com humanos.  O véu ou as barreiras eram fortes demais.

Você sabe, Shaumbra, o véu está dos dois lados.  Você sabia disso, não sabia?

Não, não sabia (risadas).  Você pensava que podíamos espiar e ver tudo que estava acontecendo na Terra.  Estamos aqui em cima sentados em nossas grandes nuvens, observando vocês de onde não possam nos ver, sentir ou nos ouvir, assim vocês estão isolados.

Shaumbra, o véu é dos dois lados.  Faz-se necessário  participação mútua de nosso e de seu lado para surgir algo.  É por isso estamos dizendo que os profetas antigos tinham que ser um pouquinho loucos para trabalharmos com eles.  Tínhamos que – como dizer – desequilibrar nossa energia.  Tínhamos que rearranjar nossas energias para vir através dos profetas, em especial, os de sua era moderna.

Você vê, sempre há a preocupação de nosso lado de – como dizer – chegar muito perto da energia da Terra.  Ou, uma vez que não estamos escolhendo encarnar, mas ainda chegarmos  tão perto que a próxima coisa que você vê é que somos um bebezinho... Estamos chorando (risadas). Então, estabelecemos um tipo de – como dizer – uma linha de vida em nosso lado onde nos conectamos com cada um de maneira que aquele que estiver mais próximo da realidade humana não seja sugado por ela.

Falamos antes sobre os alienígenas e sobre os UFOs. Realmente, eles estão lá fora. Realmente há – como dizer – há entidades de outros reinos dimensionais. Eles não são materiais.  Eles não estão na matéria como vocês estão.  Mas, eles estão aí fora.  Eles são aspectos do seu passado, ou são sua linhagem de família.  E, também sabem que se chegam muito perto das energias da Terra, serão puxados também.  É um inferno para um alienígena passar por encarnações quando nunca fizeram isso antes... É muito, muito difícil.

Então, Shaumbra trata-se de participar totalmente, de estar aqui, estar conosco, ser um membro de seu time... Chega da ausência de liderança de sua parte.

Hoje introduzimos muitas energias maravilhosas em nosso encontro.  Isso vem sendo construído faz alguns dias.  E, há razões para todas essas coisas estarem aqui nesse momento.  É um momento maravilhoso.  Vamos celebrar hoje.  Vamos fazer juntos, hoje, uma coisa muito interessante.

Primeiramente vamos apresentar um aspecto que flutua ultimamente em seus sonhos.  Tem visitado você, entretecendo uma variedade de diferentes tipos de persona ou histórias. Faz algum tempo isso vem entrando e saindo de seus sonhos.

O que é isso, o que representa é a o aspecto mais significante e mais poderoso de suas vidas atlantes.  É um aspecto que se sobrepõe aos demais, que foi o mais forte, talvez o mais atormentado, ou conflitante.  É este aspecto que tem aparecido ao seu redor ultimamente.  Alguns de vocês sentiram sentados em seus carros.  Alguns o sentiram – como dizer – no corredor de sua casas.  Alguns de vocês encontraram este aspecto de si mesmos nos sonhos.

Este aspecto atlante retorna agora, em especial, para trabalhar com você e ajudar a movimentar algumas energias. Está presente aqui agora porque mais do que nunca as lembranças e sensações de Atlântida estão retornando. Em Atlântida estávamos num pináculo.  Estávamos num momento de grande mudança.  Estávamos passando por um tempo de significativo desenvolvimento da tecnologia, embora não fosse como sua tecnologia de hoje.

Temos que dizer que a tecnologia atlante era muito, muito diferente.  Em sua sociedade atual vocês utilizam tecnologia de base elétrica.  Não havia isso em Atlântida. Havia tecnologia energéticas, mas bem diferentes.

Os aspectos de seu eu atlante – praticamente todos vocês os têm – retornam porque é um tempo de mudanças.  Um tempo que corre num padrão similar ao de Atlântida.  De uma certa maneira, olhando para ciclos de energia ou espirais dos tempos atlantes e, olhando para as espirais de energia de seu tempo atual você poderia dizer que são gêmeos.  Eles parecem muito, muito similares.  São parecidos porque você está envolvido com ambos.  São similares porque ambos são tempos de saltos quânticos de energia.  São parecidos porque mostram o tempo quando as energias divinas podem verdadeiramente ser manifestadas e incorporadas na Terra. As similaridades são muito, muito fortes.

Muitos de vocês escutando, lendo ou presentes aqui hoje, se parecem muito com o que foram em seu tempo atlante.  Talvez a pele tenha um tom um pouco diferente.  Talvez os olhos tenham uma cor um pouco diferente. Mas, Shaumbra, você mesmo se parece com o que foi em sua encarnação na Atlântida.

O aspecto atlante, esse aspecto forte, entra agora para ajudá-lo a passar por essas mudanças, para assegurar que você não vai sofrer um colapso como foi então, para ajudar a assegurar que o colapso do tempo atlante não foi um erro.  Não foi decorrente de abuso.  Se foi alguma coisa, foi porque as coisas estavam correndo tão rápido que havia desequilíbrios em outras áreas. Gaia estava desequilibrada.  Não foi dada atenção suficiente a Gaia naquela época.
Tudo tem que seguir junto.  Nos tempos de Atlântida não havia um tipo de energia num segmento da população que pudesse ajudar a manter uma trava ou um equilíbrio com o antigo, com o velho.  Era um tempo delicado  em que vocês se movimentavam.  O equilíbrio do Valho com o Novo é importante.

Este aspecto da energia atlante surge agora também porque foi um que – como dizer – talvez o mais traumático, o mais terrível que necessita uma cura maior dentro de você.  E, retorna agora para receber essa  cura.  Retorna agora para saber que você está bem... Que você escolheu um espaço seguro... Que a Terra não escolheu a aniquilação ou destruição... Que as mudanças foram estabelecidas de uma maneira que você pode lidar com elas.
Este aspecto de Atlântida retorna agora para partilhar com você  desse dia neste espaço sagrado em que estamos juntos... Para servi-lo... E apoiá-lo... E também para avançar através dessa mudança... Desse salto quântico que acontecerá em poucos anos... Para seguir com você.  Essa energia não quer mais ficar separada, não quer mais ser desprezada ou odiada por você.  Esta energia não quer mais uma energia temida como tem sido.  Alguns de seus pesadelos quando criança, alguns de seus maiores medos aconteciam quando esta energia atlante tentava se reintegrar.

Ela retorna agora para encontrar você, ser incorporada em você, pedindo aceitação destemida em seu ser.  Esta energia atlante pode trazer muita coisa pra você.  Ela é SUA experiência.  É a ferramenta que você aprendeu e desenvolveu.  É você.  É hora de trazer de volta agora para incorporá-la totalmente... Aceitação sem medo de Atlântida...  Aceitação sem medo de entrar na Nova energia mais uma vez.

Com as energia atlantes nesse dia entra também nosso querido convidado, nosso querido amigo, Ohamah.  De fato, a energia de Ohamah está muito presente, especialmente para sua primeira escola.  As energias de Ohamah estão muito presentes porque neste momento, esse movimento todo para dentro da Nova Energia requer muita força... Muita claridade... Muita correção... E muita verdade... Claridade que você tem que ter consigo mesmo...  Verdade sobre quem você é.  Muito dessa energia é necessária e por isso Ohamah entra.

Ohamah foi um guerreiro em Atlântida também.  Ohamah – como dizer – passou por momentos muito, muito difíceis em alguns dos eventos dessa época.  Ele era um dos muitos líderes de um grupo que trabalhava nos templos, um dos líderes de um grupo que trabalhava com o equilíbrio da energia, com o partilhar da energia com todo o povo.

Quando Atlântida começou a cair, ele foi um dos primeiro a pegar em armas para lutar.  E, o que ele viu nos campos de batalha... O que viu acontecer com seus próprios guerreiros, com sua própria família e com as pessoas amadas...  O que ele viu causou uma profunda raiva... Profundas feridas internas.  E. ele fez um voto de retornar, retornar novamente como um guerreiro e aniquilar todos aqueles que causaram danos a sua família e a ele mesmo.  

E ele retornou... Ele retornou às terras conhecidas como Índia.  Mas era um guerreiro. E teve sua vingança.  Mas isso não o levou a uma paz verdadeira.  Não o levou a uma verdadeira integração. Levou um longo, longo tempo para curar as cicatrizes de Atlântida.  Então, ele volta agora nesse ponto importante de sua história para ajudar vocês a passar por isso, bem como para liberar vocês talvez dos compromissos que possam ter assumido, para ajudá-los a liberar energias que possam estar segurando.

Então, Shaumbra queremos falar com vocês hoje sobre as energias que estão segurando.  Vamos pedir a vocês pelo resto de nosso tempo aqui juntos, que sintam verdadeiramente o que estão segurando.  Vocês são um orgulho para si mesmos enquanto mantenedores de energia. Vocês querem manter a energia.  Vocês acreditam que é seu serviço.  Tem sido assim por tanto tempo quanto possam lembrar.

Muitos de vocês estão mantendo energias de Atlântida, para o retorno de Atlântida de uma certa maneira, pela preservação de Atlântida talvez.  Vocês estão mantendo as energias de Atlântida no próprio tecido de seu ser.  Vocês estão mantendo também em seu corpo, muito certamente em sua mente.  Vocês a mantêm nos campo de energia que os cercam.

Há alguns aqui que são peritos no entendimento dos campos e grades.  Queremos que dêem uma olhada de perto nas pessoas com quem trabalham, e verão como elas entreteceram as energias que estão mantendo.  Vocês as verão, se olharem além da estrutura da grade inicial com que trabalham.  Elas estão disfarçadas dentro dessa estrutura.  Essas pessoas as entreteceram aí dentro da grade, de maneira que, às vezes, é difícil ver.  Mas, se você se abrir, verá.

Alguns de vocês estão mantendo as  energias de Lemuria.  Você as mantém na esperança de que haverá um momento para o retorno da energia suave, da energia amorosa à Terra.  Lembramos a você que Lemuria era maravilhosa, mas também foi difícil, aprender a se ajustar ao corpo físico, aprender a se ajustar a outros seres humanos.  Mas, você mantém essa energia lemuriana.
Muitos de vocês estão mantendo as energias dos tempos arturianos... Rei Artur, Camelot e Merlin.  Você  as mantém de modo que a mágica retorne mais uma vez.  Falamos recentemente sobre mágica na terra de Eslovênia. Explicamos o que é exatamente mágica.  Introduzimos as energias de Merlin. Falamos sobre Camelot.  Falamos sobre como tudo isso pode ser integrado em sua vida cotidiana.  Falamos sobre o fato de a mágica nada mais ser do que um sistema de crença em que as pessoas entram. E, Cauldre diz aqui que o tape estará disponível em breve.

Queridos Shaumbra, alguns de vocês estão mantendo as energias do que chamariam os nativos americanos, os índios.  Você está mantendo a energia mística desse grupo, esse grupo orientado por Gaia, que compreendia a terra, que entendia os céus.  E, você mantém as energias por eles.

Shaumbra, alguns de vocês estão mantendo energias para seu local de trabalho.  Sim, vocês são mantenedores de energia.  Oh, Você entra... Você acha que é um livreiro... Você acha talvez que é um dos funcionários.  Mas, você sabe – sempre soube – que é um mantenedor de energia para a companhia, para o grupo de pessoas.  Algumas vezes você se ressente.  Às vezes você pensa, “Se soubessem que sou o mantenedor de energia aqui (risadas), não me tratariam dessa forma”.  Você quer marchar ao escritório de seu chefe e dizer, “Mas eu estou segurando a energia aqui (mais risadas).  Este local cairia em pedaços sem mim”. E você provavelmente está certo.  Mas, não achamos que seu chefe vá entender muito bem.

Alguns de vocês estão mantendo as energias para as mulheres que foram maltratadas, mulheres que tiveram a energia de Isis violentada.  Vocês as ajudam a manter essa energia, manter seu espaço e equilíbrio.  Esse é um trabalho maravilhoso.  Vocês as ajudam evitando que caiam num abismo profundo... E sabem disso.  Vocês as ajudam evitando que ultrapassem os limites.  Você mantém a energia porque foi violentado.  Sua energia Isis foi profundamente ferida.  Vocês foram capazes de ultrapassar a maior parte de tudo isso. E agora, se tornam mantenedores de energia para a energia feminina que foi maltratada, ferida e abusada.

Alguns de vocês, ouvindo nesse momento, são grandes mantenedores da energia do Egito antigo.  Vocês sabem disso; vocês sentem isso.  Isso ressoa dentro de vocês quando vêem algo saindo das velhas terras, da velha cultura, uma linda cultura. Vocês sentem vontade de chorar.  Vocês estão mantendo essa energia para o momento apropriado, esperando que retorne talvez, esperando que ela entre em suas vidas de um jeito ou de outro.

Alguns de vocês são mantenedores da energia de Gaia.  Realmente, estão mantendo a energia para a Terra.  Oh, vocês lembram, não lembram os tempos de Atlântida quando meio que esquecemos de manter a energia de Gaia. E como ela nos lembrou disso.  Então, vocês estão mantendo uma energia para a Terra, mantendo um equilíbrio, assegurando que Gaia seja amada, honrada e respeitada, assegurando que as terras, as águas e os céus sejam mantidos tão puros quanto é possível e tão limpos quanto possível, e vocês mantêm a energia para isso.

Alguns de vocês estão mantendo a energia da vibração musical, não estão?  Você mantém essa energia – não apenas para si mesmo – mas para os outros que estão entrando nisso... Que estão criando com essa energia musical... Porque você sabe que ela tem capacidade de cura... De contar histórias... Capacidade de fazer amor.  Então, você mantém uma energia para a música.
Alguns de vocês mantêm uma energia para cura, outros para o amor.  Muitos de vocês estão mantendo energias para suas famílias, não estão, para seus filhos e suas filhas e seus maridos, para seus pais que estão aqui ou que já partiram.  Você está mantendo a energia deles porque não acha que eles possam fazer isso agora por sua própria conta, porque você é amoroso e capaz de se doar.  
 
Vocês estão plenos em serviço. “Querido Espírito, servirei da maneira que for”, você diz enquanto mantém a energia daqueles ao seu redor.  Você mantém a energia pra eles quando estão doentes. Você mantém a energia deles, quando eles necessitam de uma medida extra de amor, um apoio extra. Oh, sim, vemos isso claramente em você.  Você está mantendo a energia de sua família, não está?

Alguns de vocês estão mantendo energia para certos países.  Muitos de vocês ouvindo agora, nesse momento, estão mantendo uma energia para Israel – eu sei porque estou sentado com vocês – não estão?   Estão pensando, “O que será que vem a seguir?”  Sim, com Yasser fora do caminho, o que vai acontecer em seguida?  Vocês estão mantendo sua energia, e ele vai manter a dele no túmulo.  E, vocês sabem disso, e é sobre isso esse debate agora.  Eles o querem, e ele quer manter sua energia no chão.

Vocês sabem, vocês fazem isso.  Você morre, e então mantém sua energia no chão, uma parte dela.  Parte de você volta para nosso lado; parte de você fica aí, mantendo uma energia para algo em que acredita, mantendo uma energia para algo que você ama e com que se preocupa.

Shaumbra, nesse dia... Mantenedores de energia, nesse dia... TODOS VOCÊS ESTÃO DESPEDIDOS! (muita risada e aplausos)  Não, não temos nada a ver com essa programação.  Mas, hoje todos vocês estão despedidos.  Hoje é o momento de liberar.  Queremos que parem de ser mantenedores de energia de maneira que possam se tornar Movimentadores de Energia...  Muito melhor, muito melhor.

Sim, mantenedores de energia são necessários e solicitados. Há todo um grupo esperando, pronto para entrar e pegar esse trabalho que vocês estão fazendo.  Talvez, não saibam conscientemente disso.  Talvez, sintam apenas uma emoção e uma paixão.  Algo novo está indo de encontro a eles.  Sim, eles podem manter energia. Eles podem manter um equilíbrio.  Estão esperando para entrar.  Eles estão esperando que vocês liberem.  Eles esperam que você libere as Velhas Energias que estiveram carregando como pedras em seus bolsos.  Eles estão esperando vocês continuar.

Então, qual é a diferença entre um Movimentador de Energia e um mantenedor de energia?  Há muita... Muita diferença!  E requer algumas mudanças em sua vida.  A razão porque trouxemos Kuthumi mês passado era para prepará-los para mudanças, mais mudanças.

Então, Shaumbra, um Movimentador de Energia é aquele que incorpora totalmente... Destemidamente aceita energia dentro de seu ser... Sem mantê-la mais do lado de fora... Sem barreiras...  Mas introduzindo e depois permitindo que ela prossiga.  Um Movimentador de Energia permite as energias entrar em sua realidade, não apenas em seu corpo físico, mas em sua consciência inteira, e depois de uma certa maneira, você poderia dizer que – as palavras são difíceis aqui – você está abençoando as energias.

Você está dando sua benção a energia incorporada.  Você está pintando-a com seu pincel divino.  Você a está beijando com seus lábios divinos.  Você está adicionando a ela  uma centelha de Nova Energia. E depois, você a deixa fluir pra fora como um potencial para quem quiser ou para qualquer coisa que queira usá-la.

É assim que a energia funciona.  Esse é o jeito como a energia se move.  Ela precisa ser incorporada totalmente por um partícipe da divindade.  Você a deixa vir pelo seu ser.  E a deixa fluir pra fora.  É assim que a Nova Energia e a divindade são manifestadas e realizadas nesta terceira dimensão nesta Terra, neste momento.

Neste momento, Shaumbra, não há um grupo de Movimentadores de Energia por aí fora.  Há transformadores de energia do ponto de vista da Velha energia.  Eles simplesmente transformam energias de lá pra cá.  Você pode reconhecer alguns deles.  Você pode estar ciente de alguns.

Mas, nós aqui estamos falando de Movimentadores de Energia.  O Movimentador de Energia é aquele que incorpora totalmente e participa totalmente, abençoa completamente tudo que vem a ele,  nele, e através dele.  E, quando faz isso, acrescenta sua benção de Nova Energia e divindade.  Não é só transformar uma proporção de energia de cá pra lá.  É abençoar uma energia.  Permitindo que sejam introduzidos todos os aspectos dessa coisa que chamamos Nova Energia, uma nova dinâmica, novos insights.
Então, Shaumbra, vimos hoje a vocês para pedir que aceitem uma nova posição. Pedimos também que dêem uma olhada nessa metáfora.  Às vezes, quando você é literalmente demitido de um emprego, ou quando as coisas mudam em sua vida você entra em pânico. Você fica pensando o que fez de errado.  Você imagina o que fazer em seguida.  Você está simplesmente em algum nível de seu próprio eu, deixando ir embora algo Velho para permitir algo maior e mais novo, de maior serviço entrar em sua vida.  Às vezes, você fica perturbado quando as coisas não funcionam do jeito que você quer.  Às vezes, você fica agitado quando tem que liberar coisas de sua vida. Tudo isso é pra deixar espaço para o Novo.

Um mantenedor de energia literalmente mantém um equilíbrio delicado, maravilhoso e lindo de energias.  Realmente, não podemos simplesmente esquecer ou ignorar os tempo atlantes. De fato, não queremos simplesmente esquecer as energias, talvez para aqueles que estão mantendo as energias afro-americanas ou africanas enquanto vocês se movimentam em diferentes partes do mundo. Não queremos que o mundo esqueça este elemento importante.

Os mantenedores de energia têm sido muito importantes, pondo tudo pra frente, movimentando tudo junto.  Tem sido um trabalho maravilhoso. E vocês são profundamente reverenciados por seu serviço.  Vocês agüentaram um bocado.  Alguns de vocês passaram por muito sofrimento e desafios em suas vidas para proteger as energias que mantiveram.

Alguns de vocês mantiveram energias sem necessidade.  Tentando faze-lo por suas famílias ou seus amigos, ou seres queridos, e parcialmente porque os amam tanto, que queriam carregar um pouco de seu fardo. Mas, vocês sabem que não podem fazer isso.  Cada alma, cada ser tem que aceitar seu próprio fardo.  Têm que aceitar o que é seu.  Vocês não podem carregar o fardo deles nos ombros.  Isso não serve a eles.

Então, Shaumbra, você sabe do que estou falando.  Temos falado sobre isso com vocês já faz um tempo, falando sobre como é se livrar das Velhas Energias que você tem mantido.  Sinta por um momento aqui, e pense sobre quais energias você tem mantido... Carregando-as em seu ser... Imaginando porque seus joelhos ficam ruins de vez em quando... Pensando por que seu corpo dói... Por que às vezes se sente confuso... Por que está tendo tanta dificuldade em encontrar sua própria identidade, seu próprio ser.  Shaumbra, você vem carregando tantas outras energias, mantendo-as.  É por isso que tem sido difícil descobrir o verdadeiro você.

Pare um momento aqui para sentir essas outras energias das vidas passadas.  Alguns de vocês foram literalmente soldados em vidas passadas, marinheiros.  Vocês ainda carregam a energia por sua tropa... Ou por sua companhia... Ou por seu navio, não carregam?  Sem querer esquecer... Sem querer que se perca... Querendo que ela seja parte da equação energética da consciência contemporânea... Então vocês prosseguem com elas.

Oh, e Shaumbra, uma das maiores de todas, uma das maiores cruzes que todos vocês sustentam é a cruz de Jesus... Mantendo a energia de Jesus...  E os tempos de 2000 anos atrás... Segurando firmemente... Mantendo profundamente... E mantendo-a em sofrimento... Segurando em votos... Votos que vocês fizeram de jamais a abandonar, e jamais deixar se perder.  Bem, Shaumbra, não está perdida.  Está muito presente na Terra nesse momento.  Vocês podem vê-la por tudo quanto é canto.  Está nas igrejas por todo o mundo... Sua energia.  O trabalho de Jesus e o seu trabalho de trazer a divina semente para a Terra não se perdeu; não se foi.

Você pode liberar agora.  Você pode deixar ir agora.  Tantos de vocês foram de ajuda na criação da primeira Igreja Católica, as primeiras igrejas cristãs.  E mantiveram a energia.  Mesmo nesta vida sentiram tanto um ressentimento quanto uma afinidade e um amor pela igreja.  Não tinham certeza qual era mais forte porque ainda continuam a manter a energia, mas talvez um certo ressentimento pelo que ela se tornou.  Vocês tinham esperança de uma renovação na igreja, assim que continuam mantendo essa energia.

É hora de liberar. Há outros.  Oh, talvez não façam um trabalho tão bom quanto você fez (risadas), mas haverá muitos mais deles para fazer esse trabalho.  Talvez, uma dúzia para um de vocês (mais risadas).  Mas, querido Shaumbra, você estabeleceu a energia.  Você criou o trabalho.  Você tem alimentado essa energia.  E, agora é tempo de deixar ir, de mudar.

Eles querem entrar.  Verdadeiramente desejam entrar.  Eles estão em compasso de espera.  Eles estão imaginando.  Eles são os humanos que você vê vagando por aí sem objetivo, pensando o que fazer de suas vidas, imaginando o que vem a seguir.  Eles estão esperando que você mude de posição.

Agora, sabemos que você vai se sentir culpado (mais risadas).  Sabemos que você vai pensar que está fazendo um desserviço. Vai pensar que, sim, realmente, você está relaxando, deixando de lado essa responsabilidade, e ao ficar relaxado talvez o mundo se esfacele (mais risadas).  Shaumbra, foi posto tanto trabalho e preparação nisso tudo, que nesta transferência de energia o mundo não vai se esfacelar.  Quando você entrega essa responsabilidade, os outros - que praticaram e aprenderam – sabem como cuidar disso.

A questão real agora seria, “O que faço enquanto Movimentador de Energia?  Aonde vou agora? O que faço?”  Vamos discutir em nosso próximo encontro de Shaumbra.  Pedimos que aproveitem essa ocasião agora para dizer a si mesmos, a cada aspecto de si mesmos, “Está tudo bem em não manter mais a energia”.  Isso não significa que você jamais será capaz de visitá-la.  Não significa que não será capaz de senti-la e trazê-la à tona quando quiser. Significa simplesmente que você não precisa mais carregar o fardo.

Você vai entrar em coisas novas e diferentes.  Se sentir falta daquela energia – se sentir falta daquela energia da Velha Rússia, por exemplo, - oh, ela sempre estará aí para que a visite. Se sente falta das energias de ser um mantenedor dos primeiros dias da igreja, você sempre pode voltar e visitá-las.  Se sente falta das energias que está mantendo para sua família, sempre pode voltar e senti-las novamente. Você apenas está mais livre.  Apenas pode se abrir agora e ser um verdadeiro movimentador, um movimentador de fato.

Alguns de vocês podem se sentir um pouco vazios nos dias à frente.  E. isso é bom.  Sinta como é se sentir vazio.  Sinta como foi manter a energia.  Permita a sua imaginação se soltar  e sinta o que foi manter toda aquela energia para outras coisas. 

Alguns podem se sentir um pouco egoístas. Podem ficar achando que tem que carregar seu peso.  Tem que fazer sua parte.  Mas, queridos amigos, para onde vamos haverá mais do que sua parte.  Haverá coisas pra fazer.  Você estará servindo a humanidade e o espírito de toda uma Nova maneira.

Quando estiver pronto – qualquer que seja a hora – dê a si mesmo permissão.  Dê a si mesmo permissão para liberar todas aquelas energias que esteve mantendo.  Reveja em sua alma o que esteve segurando.  Ame isso tudo.  Ame isso tudo.  Você jamais foi obrigado a fazer isso.  Foi sua escolha.  E, então deixe ir. Passe adiante.  Passe o bastão, Shaumbra.  Passe o bastão.

Outros esperam.  A partir daqui, Movimentadores de Energia, essas outras entidades – Ohamah, Kuthumi, Saint Germain e eu, e todos os demais – estaremos com vocês.  Vamos fazer uma grande experiência.  Lembre-se que jamais estão sós.

E assim é!
 
...................................................................................................................
Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, vulgo "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com <http://www.crimsoncircle.com> . O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.
O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.
Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.
As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.
O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.
Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.
Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com este de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado.
© Copyright 2004 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.
Tradução para o português: Sonia Gentil - dezembro de 2004
manso
@dstech.com.br