Crie em Amplas Pinceladas

TOBIAS E O CONSELHO CARMESIM

10 de fevereiro de 2001

Série dos Criadores



Lição 7: Crie em Amplas Pinceladas




Tobias: E assim é, queridos amigos, queridos Shaumbra, que nos reunimos novamente aqui neste círculo. Parece que foi há poucos instantes que os deixamos, mas sabemos que entre os nossos encontros tiveram maravilhosas e também desafiadoras experiências! É bom sentir a energia dos humanos aqui presentes (e lendo isto) neste dia. É bom ouvir sua música, ouvir a história de sua jornada expressa nestas vibrações musicais (a música de Aryeh David). Eu, Tobias, aprecio estes momentos. Anseio por estes momentos quando a família se reúne assim.

Pelos próximos momentos trabalharemos com vocês para ajustar as energias. Os que estão de nosso lado do véu entrarão agora para facilitar, para trabalhar com cada um individualmente e, enquanto grupo, para fundir as energias de sua humanidade, estas energias de sua divindade com nossas outras energias do outro lado do véu.

Queridos amigos, queridos Shaumbra, conheço bem cada um de vocês! Eu conheço cada um por sua energia. Conheço cada um pelo trabalho que realizamos juntos no passado enquanto família. Este deveria ser um momento familiar para cada um e todos vocês. Uma energia familiar a vocês.

Tomem um momento enquanto começamos a expandir este círculo para abrir seus corações, pois estão num espaço seguro aqui. Abram seus corações e permitam que o amor, a luz e a consciência crística presentes dentro de vocês venham derramar-se para dentro deste círculo que construímos juntos aqui. Inspirem profundamente. Inspirem profundamente e permitam que permeie seu ser inteiro, toda a sua biologia e todo o seu espírito. Respirem profundamente e saibam que estão com a família!

Entram agora os que vem ajustar a energia deste espaço. Eles auxiliam a entrelaçar as vibrações deste espaço. Nestes momentos juntos, na próxima hora ou talvez, um pouco mais ou um pouco menos (risadinha) estamos com vocês numa nova energia, numa nova dimensão que criamos juntos. Esta é a energia da nova Terra. Esta é a nova energia espiritual. Não é algo que simplesmente desaparece quando deixam este local. É algo que se torna parte de seu ser. Fica incrustado dentro de vocês. Provê um tipo de energia templo que as velhas energias que ainda carregam irão começar a imitar.

As velhas energias em vocês irão olhar para as novas que ajudaram a criar hoje. Olharão e dirão, "Esta realmente é a luz. Esta é realmente a que iremos copiar e imitar ao sub nível do DNA." Ocorre um processo muito interessante aqui – como estas partículas de energia, que se encontram nas partes mais profundas de vocês, reagem. Elas, como vocês, estão procurando a vibração apropriada, o equilíbrio apropriado. Isto está acontecendo dentro de vocês neste exato momento.

A energia agora neste círculo está sendo introduzida em seu ser. E é mantida aí. Não desaparece. Este tempo, dimensão e espaço em que nos encontramos juntos, propiciam grande cura a vocês. É um momento de re-equilíbrio para cada um aqui sentado e também para cada um que lê ou escuta esta energia através do tempo e do espaço. Mesmo que esteja lendo semanas ou meses à frente, é a mesma energia. Mesmo que você não esteja sentado nesta sala, é a mesma energia. Os que lêem ou escutam numa data posterior, de uma maneira incomum e interessante vocês estão aqui conosco, tanto quanto qualquer humano que esteja sentado fisicamente aqui nesta sala.

Bem, hoje temos muito a discutir, e vamos prosseguir com a Lição Sete da Série dos Criadores. Sabemos que todos vocês têm feito muito trabalho de casa. Estão trazendo experiências muito interessantes a suas vidas agora! Seu trabalho de casa não está acontecendo apenas em sua mente. Seu trabalho de casa não acontece apenas no momento específico quando fica por detrás da mureta. Não acontece somente quando coloca um assunto no Forno da Graça. O trabalho de casa são todas as coisas acontecendo em sua vida agora.

Pense sobre isto por um momento, a experiência que teve três dias atrás, e duas semanas atrás, e para alguns de vocês a noite passada, e pelo menos a um de vocês aqui, dirigindo montanha acima esta manhã. Este é o seu dever de casa. Isto é o que está criando. Isto é o que você está pondo diante de si – estes desafios e estas circunstâncias e estas experiências – para ajuda-lo a verdadeiramente tornar-se um humano divino.

Há momentos quando nos reunimos como agora quando poderíamos permanecer em silêncio. Poderíamos simplesmente ficar sentados aqui com vocês. Poderíamos simplesmente liberar nossas emoções. Elas tornariam como lágrimas – lágrimas de alegria e felicidade – mas mais que tudo, lágrimas de incrível reverência. Vocês já ouviram isto de nós e de outros antes. Vocês ainda não se vêem como nós os vemos! Vocês ainda não vêem quem são, e o que estão realizando. Há alguns entre vocês que levantam pela manhã e se sentem pequenos e comuns e sós. Vocês sequer começam a entender o que estão fazendo e quem são! Acham que exageramos nossa mensagem sobre sua missão neste lugar chamado Terra. Oh, queridos amigos, vocês vão ter uma grande surpresa! Esperançosamente esta surpresa chegará enquanto ainda caminham em biologia, a surpresa de saber o quão verdadeiramente poderosos vocês são.

Nós contamos a história do príncipe chamado Jack, a qual é a história de cada e de todos vocês. Não estamos fazendo justiça no modo como a contamos, com todas as honras e a grandeza e o amor e o sacrifício. Não é uma história despropositada que ouvem de mim, Tobias, ou de outros. Ela mal começa a arranhar a superfície. Eis vocês, que eram príncipes e princesas do reino de Tudo O Que É. Escolheram deixar o reino por algo de incrível grandiosidade. Aqui estão neste lugar pequenino chamado Terra, pensando ser apenas humanos, pensando que talvez vivam 80 ou 90 anos e na luta pela sobrevivência, lutando para fazer a coisa certa. Vocês não vêem quem verdadeiramente são!

Parte do propósito do Conselho Carmesim é ajudar a despertar esta consciência em vocês. Como dissemos mais cedo hoje, vocês não terão esta compreensão através de suas mentes. Vocês a terão através de seus corações, através do que é chamado o chacra uno, a semente crística que habita no seu interior. Fiquem "fora de suas mentes" por um instante. É uma coisa maravilhosa! (risadinha) Há drogas que podem ajuda-los a realizar isto, mas queridos amigos, vocês podem fazer isto melhor por conta própria!

Agora, cada vez que este círculo se forma, cada vez que nós entramos, há também os "convidados" do dia. Tomem um momento agora, queridos amigos, para sentir a energia daqueles que se reúnem no segundo círculo de hoje. Na verdade vocês, os humanos, se reúnem no primeiro círculo. Rodeando vocês em energia e em amor estão aqueles do outro lado que chegam para observar. Oh, eles estão fascinados. Cada vez que nos reunimos assim, há um novo grupo de "convidados." Na verdade, eles precisam confirmar o convite para estar aqui! (risadinha)

Os que entram esta noite trazem consigo uma energia técnica. Mesmo em nosso lado há certos grupos de energia ou famílias de energia. Há um grupo de entidades angélicas cujo trabalho é monitorar e medir as vibrações da Terra e dos humanos sobre a Terra. Os seres que estão sentados no segundo círculo esta noite são os técnicos. Eles são – e Cauldre (Geoffrey Hoppe) ri a este respeito – "engenheiros celestiais." Estão aqui por uma razão específica. Primeiro, vêm para curtir em sua companhia, para sorrir de vocês. Eles também são os que observam as "bitolas" e a "metragem" de seu trabalho e vêem como isto afeta todas as coisas. Eles se reúnem esta noite, pois estiveram muito ativos ultimamente medindo as vibrações de Gaia e as vibrações da humanidade. Eles estão aqui nesta noite como parte de sua pesquisa.

Eles vêm aqui esta noite porque vêem um grupo que está passando por um intenso processo de transformação na intenção de integrar sua divindade. Vêm aqui esta noite porque sua vibração é diferente da maioria dos outros humanos. Vocês são os que se entregaram em serviço. Vocês estudaram os aspectos espirituais do eu e dos humanos por muitas e muitas vidas. Gastaram muito tempo em ambas as escolas humana e a do nosso lado do véu, estudando o processo de ascensão. Vocês são os que não apenas estão estudando este assunto, queridos amigos, mas também vivenciando-o numa base cotidiana!

Os aqui reunidos nesta noite, não apenas medem, monitoram e gravam suas experiências. Eles estão ao seu lado com seus calibradores e cadernos de anotações, metaforicamente falando. Estão muito curiosos sobre vocês. Ao que acaba de perguntar em pensamento, não, eles não interferem. Eles não fazem devassa ou mandam à guilhotina. Mantêm-se à distância o tempo todo. Eles têm estado ocupados ultimamente, não apenas com vocês. Têm estado ocupados com todos os humanos e com a Terra. Há – como dizer, - uma pressa em medir.

As medições estão mudando mais rápido de que nunca. As vibrações estão decaindo e se elevando. Não estão seguindo de nenhuma maneira os antigos padrões. E sim, para o que perguntou em pensamento, nós também observamos seu mercado financeiro, porque é um indicador interessante de certos aspectos da vibração humana. As mudanças vibracionais estão ocorrendo mais rápido do que nunca. Há um momentum que está ganhando. É como o momentum (produto da massa e velocidade de um corpo) de uma roda que começa a girar vagarosamente e depois vai cada vez mais rápido. Ao se observar a roda a girar, os padrões dentro do círculo da roda começam a mudar e a ficar diferentes. Às vezes, uma roda que está girando no sentido horário parece girar no sentido anti-horário. O momentum está modificando-se, e a percepção dos padrões nem sempre é o que parece.

Os engenheiros medindo estas coisas, seguindo sua pista e gravando-as estão particularmente interessados no que está vindo daqueles que vocês chamam seus Trabalhadores de Luz neste planeta. Estão observando variações nestes. Estão vendo um novo caminho sendo aberto por suas energias.

Como resultado do momentum e da mudança em suas vibrações, realmente verão mudanças na Terra, os ajustes de Gaia. Notarão mudanças dentro de si mesmos. Certamente verão saltos quânticos em suas próprias tecnologias da Terra, e acima de tudo, perceberão saltos quânticos em sua iluminação sobre a Terra. Este é um tempo de grande mudança por quê passam. Agüentem firme, porque a corrida vai continuar por enquanto! (risadinha)

Agora queridos amigos, antes de prosseguir vamos fazer a fusão final desta energia. Vamos nos mover para mais perto de vocês. Permitam-nos tocá-los e abraçá-los. Permitam-nos, a nossa maneira, rezar. Pedimos que lembrem quem são. Deixem que enviemos esta energia de lembrança, de maneira que possam lembrar-se quem verdadeiramente são!

Pedimos a Cauldre que fique em silêncio um momento, e pedimos a cada um que aceite esta energia que trazemos neste momento.

(pausa)

Realmente é de uma doçura ímpar estar aqui com cada um e todos vocês. O que vemos é intenção brilhando, intenção de estar a serviço. Oito dias atrás em seu tempo estivemos com um pequeno grupo de Shaumbra. Nós falamos, e antes de iniciarem as perguntas, nós lhes dissemos que estamos pasmos ao andarmos ao seu lado durante o dia e ao trabalharmos com vocês à noite. Estamos surpresos que a pergunta mais feita pelos Shaumbra não é sobre como ter mais dinheiro, nem sobre a saúde, e certamente que não é sobre como ter mais poder sobre os demais. Sua pergunta mais freqüente é, "Querido Espírito, como posso servir? Querido Espírito, como posso ajudar a humanidade? Querido Espírito, como posso satisfazê-lo?"

Compreendem o que estamos falando? O que está em seu coração não é egoísmo! Não estão pedindo algo para si mesmos. Estão perguntando como servir ao Espírito. Isto nos assombra! Assombra a mim, Tobias, porque eu acho que se estivesse caminhando com seus pés, certamente pediria mais dinheiro! (risadas) Certamente pediria uma saúde invencível! Pediria com certeza algo não superior em vibração e amor quanto o que ouvimos vocês pedirem! Vocês dizem, "Querido Espírito, como posso estar a serviço hoje? Querido Espírito, o que é que quer que eu faça?" Quando um humano chega a este ponto, sabemos que ele está verdadeiramente iluminado. Sabemos que está realmente no caminho!

Queridos amigos, mencionamos isto a vocês porque a este ponto em seu caminho, não precisam se preocupar em cair. Não precisam se preocupar em perder o chão e voltar atrás. Não se preocupem mais sobre cair nos velhos modos. Sua vibração de amor e serviço é forte.

Agora hoje vamos continuar a história de príncipe Jack e sua jornada que o levou a Terra. Usamos a história de Jack para descrever o que aconteceu a vocês, pois são os príncipes e princesas do reino da Primeira Criação. Estamos trazendo uma parte de cada vez para ajudá-los a absorver e compreender quem realmente são. Há mais ainda para se contar do que diremos esta noite. Continuaremos a falar disto por algum tempo.

Temos que dizer que alguns humanos talvez não gostem desta parte. Haverá levantar de sobrancelhas e até de alguns de seu grupo, chamados Trabalhadores de Luz. Pedimos a Cauldre que fique fora do caminho enquanto apresentamos esta informação. Ele sabe o que está vindo, e não está muito satisfeito pelo fato de abrirmos esta lata de minhocas! (risadinha)

Jack era um príncipe no reino de sIAM. Era um grande viajante, um grande explorador e um grande criador. Aborrecia-se facilmente. Ele viajou aos limites do reino de onde levantou velas pelas águas. Jack chegou a Muralha de Fogo, que significava o limite de toda a criação conhecida. Isto o aterrorizou. Ele tentou voltar para o reino, mas a não-energia e o vácuo, e a sucção por parte da Muralha de Fogo o puxou.

O período em que permaneceu nesta Muralha de Fogo pareceu uma eternidade. Ele foi sendo fragmentado, quebrado em milhares e milhares de pedaços. Algumas destas partes foram para dentro de um tipo de "casulo" para um longo período de sono, para uma experiência interior. Jack sempre tinha sido um ser, um criador com vistas ao exterior. Parte da energia de Jack não foi para este casulo, para dentro desta energia de observação interna. Parte dele continuou a viajar.

Bem, Jack não foi direto para a Terra. Houve um entrementes. Isto é meio difícil de explicar, mas vamos tentar trabalhando junto com Cauldre. Além da Muralha de Fogo não havia nada, era um vazio, escuridão total. Era um vazio que mais tarde se tornou seu universo físico. Quando Jack entrou neste vácuo, não havia estrelas. Não havia galáxias. Não havia energias presentes. Havia simplesmente um nada.

Energeticamente Jack não estava em seu corpo de luz que conhecia de seu reino, mas também não estava ainda numa densa forma física. Sua energia girava mais rápido do que a dos humanos na Terra, mas significativamente mais devagar do que quando ele se encontrava na Primeira Criação. Não estamos falando de vibração ou quociente de amor. Jack não era sólido. Jack não era "luz." Estava entre os dois (risadinha), no que chamariam um estado gasoso.

Quando Jack (você) saltou através da Muralha de Fogo, ele viu seu oposto. Ele viu seu espelho. Ele começou a ter experiências, primeiro consigo mesmo e depois com outras entidades. Estas experiências iniciais criaram uma energia que se filtrou a partir dele (você) e depois estabeleceu estruturas e padrões de energia no universo que havia sido antes um vazio. Jack (você) estava passando por experiências que então criaram teceduras, tapeçarias, fundações que mais tarde se tornariam suas estrelas e suas galáxias e seu sistema solar. Foi um período de tempo muito interessante para Jack (você).

Através de suas experiências, Jack começou a tomar uma nova auto identidade. Começou a se agrupar com outras energias similares de entidades que também haviam transposto a Muralha de Fogo. Ele começou a se ligar com outros e formar grupos de "energia." Estes grupos de energia família viajaram, num certo sentido, residiram em certas partes do universo. E como podem saber a partir de suas experiências atuais com famílias, houve lutas internas. Jack e os outros começaram a brigar. Houve guerras. Os grupos que haviam se formado partiram-se e racharam.

Foi um tempo muito caótico. Jack ainda estava aprendendo a ajustar-se a sua transição através da Muralha de Fogo. Ele nunca antes havia sentido algo assim. Ele tentava lembrar-se e descobrir quem era, mas estava tomando novos atributos com os quais sequer conseguia relacionar-se. Começava a ter estranhas sensações e vibrações sobre sua própria energia. Onde antes ele tinha sido apenas luz, agora começava a tornar-se espesso, um ser com um peso que ulteriormente seria um corpo.

Jack não gostou muito disso. Ele não gostou da sensação de diminuição de sua energia, a queda de pensamento para luz para elétron. Ele não gostou nem um pouco. Tentou sair dessa, mas não sabia como. Ele se tornava cada vez mais sólido. E tornando-se sólido, também seu universo foi se tornando mais sólido. Planetas começaram a tomar forma e a se formar e ter massa.

Oh, queridos amigos, Jack – você – não gostou de nada disto. Vocês sentiram como se estivessem caindo cada vez mais. Sua energia e vibrações diminuíam. Você lutou contra isto. Sentiu em um certo ponto que jamais se lembraria quem foi, ou de onde veio. Tentava desesperadamente manter-se na vibração do reino. Amaldiçoou a passagem através da Muralha de Fogo!

Vocês estavam no caos. Houve terríveis guerras em seu universo. Foi um tempo onde o conceito de matar e de morte surgiu pela primeira vez. Havia raiva contra os outros e contra si mesmo. Houve grupos que erraram pelo universo em constante solidificação, tentando tomar o poder dos outros. Achavam que se tomassem o poder e a energia de outro ser, elevariam a sua própria e isto os enviaria de volta pra casa para o reino.

Vocês começaram a viajar em grupos, alguns bem grandes, outros pequenos. E quando fizeram isto, de uma certa maneira, quando se deram as mãos e ligaram suas energias, começou a haver ao seu redor uma energia "nave." Vocês viveram dentro dela e viajaram por todos os lugares e tiveram muitas e muitas experiências. Era interessante, porque podiam viajar muito bem em corredores de energia que estavam se desenvolvendo em seu universo. Vocês sabiam como ir de uma parte a outra, que poderia estar a milhões até bilhões de anos luz de distância, utilizando seu sistema de medida atual. Gastavam nestas viagens apenas um instante. Vocês eram hábeis nisto.

Mas durante todo este tempo, cada um de vocês resistia a diminuir a marcha, resistindo a esta solidificação acontecendo em vocês, em seu universo inteiro. Começaram a ter estranhas experiências. Vocês começaram a colidir em coisas! Não passavam mais através dos objetos. A energia não passava através de energia. As coisa estavam se tornando sólidas, iam mais lentas, vocês na verdade se achavam colidindo com estrelas, planetas, meteoros e asteróides. Isto os surpreendeu e os deixou deprimidos. As guerras continuavam. As batalhas se intensificaram. Não foi um bom tempo. Havia bolsões de vocês tentando achar o caminho de volta pra Casa, tentando encontrar a vibração apropriada, descobrindo coisas sobre as energias do amor e da luz. Mas na maior parte, as coisas estavam desacelerando.

Em um dado momento aconteceu o que já comentamos antes, um impasse. As coisas não podiam continuar daquele jeito. Os conflitos, as batalhas entre o que vocês chamariam a luz e a escuridão chegaram a um empate. O universo, como o conheciam, chegou até a parar de crescer. E naquele momento foi tomada uma decisão, houve consenso, um acordo, o acordo de vir para este lugar Terra, e de uma vez todos atravessaram o véu final. Vocês concordaram em passar a barreira final, para literalmente tomar uma forma densa humana, ter o seu ser dentro desta forma que conhecem como seu corpo. Concordaram em viver em total esquecimento de quem eram, caminhar através de ciclos de vida e morte, e do que chamam carma, para chegar ao giro completo do círculo novamente, para relembrar quem eram antes de sequer passar pela Muralha de Fogo.

É por isto que estão aqui! É por isto que estão aqui há centenas e centenas de ciclos de vida. Estiveram caminhando pelos ciclos de vida da Terra num acordo para trazer as coisas a um círculo completo. É um acordo para curar todo o passado, para curar este tempo de passagem pela Muralha de Fogo, para a cura deste tempo de construção do vazio, a criação de seu universo como o conhecem. Vocês passaram todas estas vidas para curar e redescobrir.
Então há as entidades em seu segundo círculo. Elas estão tomando as medidas e monitorando o que vocês estão fazendo. Estão aqui porque o círculo está chegando a fechar-se. Vocês estão nos estágios finais de uma jornada que sequer poderíamos explicar a duração numa estrutura de tempo. Mas o círculo está chegando ao fechamento devido ao trabalho todo realizado por vocês.

Não é para surpreender vocês que as coisas em suas vidas cotidianas estejam difíceis agora. Não se trata apenas de vocês! Não é só este ciclo de vida que estão curando. Já curaram centenas e centenas de vidas passadas. A maioria delas, queridos amigos, foi curada e partiu, e Gaia está liberando a energia que ficou armazenada dentro da Terra. O que estão verdadeiramente curando agora mesmo é o tempo de construção do vácuo, o tempo entre a Muralha de Fogo e a vinda para sua Terra. Estão curando o tempo quando estavam saltando por seu universo, experimentando o início da massa e matéria. Foi um tempo quando livremente viajavam através do tempo e do espaço, mas não gostavam do que estava acontecendo. Foi um tremendo tempo de caos.

Agora, aqueles que chamam "seres alienígenas", queridos amigos, são simplesmente aspectos de vocês mesmos vindos do passado, deste tempo de construção do vácuo. Dissemos anteriormente que quando olham para suas estrelas, e seu universo, não há muito lá fora. Queremos dizer exatamente isto. Vocês estão olhando uma visão dimensional limitada de seu universo físico. E de fato não há muita coisa aí! O que há aí são as suas energias do passado que se cruzam, algumas vezes entrecortando sua atual vida na Terra.
Vamos usar esta analogia. Vamos utilizar a analogia da casa, uma boa analogia. (risadinha) Imaginem-se de pé na sala de estar e olhando ao redor.

Tudo o que vêem é a sala de estar, mas há outros cômodos da casa que não podem ver porque estão em um lugar de cada vez. Há outras atividades nos outros cômodos, mas vocês não estão inteirados delas já que não podem ver ou ouvi-las. Seu universo é muito parecido a isso. Há muitos quartos, há muitas dimensões. Quando olham para o céu e observam as estrelas – neste quarto não há muita coisa. Realmente não há muita coisa em termos de vida por lá. Há muita energia, mas em termos de formas de vida, não muito. Em seu universo há cômodos que existem lado-a-lado, dimensão com dimensão que não podem ver ou ouvir. Alguns de vocês estão começando a sentir estes outros cômodos. Estão todos debaixo do mesmo telhado, mas são cômodos separados.

De vez em quando, numa situação energética pouco comum, há um gotejamento, um cruzamento. Você então verá alguém dentro de outros cômodos, ou um ser de outro cômodo acidentalmente passando pela porta e entrando em seu quarto. Quando isto acontece, isto vem de seu passado! Oh, parece um alienígena, mas queridos amigos é você vindo do passado. Com a intensa quantidade de trabalhos de cura acontecendo agora mesmo, de cura deste tempo, num certo sentido, vocês estão se confrontando com isso. Vocês estão aqui agora, mas também estão curando este outro quarto ao mesmo tempo, assim que há uma incidência de cruzamentos, ou intersecções.

Existem alienígenas em seu universo que sejam mais sábios, grandiosos ou espertos? Realmente meus amigos, não! Há aspectos de vocês do seu passado. Como poderiam ser mais sábios, espertos ou mais poderosos? Estes aspectos, enquanto parte de seu passado, estão acontecendo neste exato momento. Mesmo enquanto está aqui sentado (ou lendo), a parte de você que está construindo as estruturas no vácuo, no passado existe ao mesmo tempo.

Mesmo que seja um aspecto de vocês vindo do passado, eles tentarão apresentar-se a vocês e aos demais como seres formidáveis e inteligentes. Tentarão lhes dizer – e há uma certa verdade nisto – que são seus parentes, que forneceram o estoque de semente para vocês. Bem é verdade, eles são seu passado! Não se iludam achando que são seres grandiosos que conhecem as chaves para todas as coisas. Queridos amigos, a vibração da palavra alienígena ("alien" em inglês) é "a lie." ("a lie" – em inglês, "uma mentira.") Não dê seu poder a outro. Vocês estão tão próximos de completar seu círculo. Este é um tempo intenso, onde mesmo o "você" do passado retornará e tentará enganá-lo e diminui-lo, dizendo que ele é que é o sábio. Num certo sentido, mesmo que você esteja tentando curar este passado, ele tentará iludi-lo.

Eu, Tobias, quero que você lembre a energia aqui, agora mesmo, a energia que diz que você tem a semente crística dentro de si, e sempre a teve. Não siga ninguém além do Deus dentro de si mesmo! Você será desafiado nestes dias, ao fazer a ligação final de seu círculo. Os desafios serão difíceis, e é por isso que nós trazemos este assunto nesta noite. Estamos dizendo que terá um encontro alienígena? De uma certa maneira, sim, estamos dizendo. Pode não acontecer enquanto estiver dirigindo pela estrada a 1:00 da manhã e chegar a um cruzamento. (risadas) Pode acontecer enquanto estiver dormindo. Pode ocorrer, e será na maior parte assim, como uma velha lembrança vindo como um trem de carga, uma lembrança que traz medo e o inutiliza e o imobiliza. Quando isto acontecer, queridos amigos, queremos que retornem a esta energia de hoje, quando o Espírito, quando Jesus e o Conselho Crimson e Tobias estiveram sentados a sua frente, e disseram, "Meu Querido, você é o Deus que está despertando. Não ponha outros diante de você ou acima de você."

(risadinha) Bem isto vai trazer um bocado de perguntas sobre alienígenas! Estamos preparados para discutir cada uma e todas elas. E Cauldre, nós vamos lhe dar as ferramentas para responder a elas.

Agora iremos mudar as energias aqui para entrar na Lição Sete da Série dos Criadores. Pedimos que cada um de vocês fique confortável em seus lugares. Queridos amigos, vamos contar uma pequena história a vocês para ajudar a melhor compreender nossa Lição Sete. A Lição Sete é simples, muito simples. Talvez lutem com ela por ser assim tão simples. Vocês talvez tentem torna-la complexa.

A Lição Sete é a primeira do que chamaríamos lições práticas de criação exterior. Muito do que falamos até agora tem sido a base e a compreensão, e o processar das velhas energias que necessitavam ser re-equilibradas. Agora vamos iniciar, na segunda parte desta série, um número de passos para a criação pró-ativa. Isto pode parecer estranho ou incomum para alguns de vocês. Há um medo arraigado dentro de vocês, dentro de todos os humanos, um medo de seus poderes criativos. Há relutância em criar uma vez mais, pois faz muito tempo, e há ainda uma vergonha e uma culpa associadas com o que percebem que fizeram no passado.

Há um pecado original que percebem em si mesmos, o de ter atravessado esta Muralha de Fogo. Vocês acham que foram longe demais. Vocês sentem que lutaram na energia do caos no processo de construção do vácuo. Oh, queridos amigos, as batalhas que aconteceram então fazem a Guerra nas Estrelas parecer uma brincadeira de criança! Então quando falamos em utilizar suas verdadeiras habilidades de criadores, alguns de vocês podem ser levados a recuar. Alguns vão pensar se isto é a coisa certa e imaginar talvez que não seja o momento.

(pausa)

Havia uma trabalhadora da luz de nome Ana, uma maravilhosa trabalhadora da luz, muito parecida a cada um aqui, a cada um lendo isto. Ela fez muitos cursos espirituais nos últimos 30 anos. Ela aprendeu sobre o mind control, que é por si só engraçado. Ela aprendeu como meditar, seguir um ritual de meditação, como limpar sua mente. Mas nós sabemos, e vocês sabem, a mente nunca ficou limpa. Ela passava 20 minutos por dia, duas vezes ao dia, sentada numa posição desconfortável porque achava que era isto o que deveria fazer. (risadas) Mas de uma certa forma, isto foi muito bom para sua alma e seu ser, pois ajudou-a ao longo de seu caminho. Ajudou-a a se estruturar.

Nossa querida trabalhadora de luz Ana fez muitos cursos em diferentes técnicas, sobre diferentes assuntos – como ser pacífica, como ser calma, como ser como Deus, como obedecer a Deus, como se esconder de Deus. (risadas) Estes cursos foram como degraus em seu caminho, e ajudaram-na a chegar a este ponto.

Mas por dentro, Ana continuava pensando, "Se estou aprendendo tanto e crescendo tanto, como é que não posso afetar meu ser, meu espaço? Como é que não posso focar minha mente para modificar o fluxo da água de uma torneira?" Ela tinha tentado isto. E não funcionou. "Como é que não consigo mudar o modo como uma vela tremeluz com minha mente? Porque eu sei e o Espírito sabe que apenas a brisa pode causar este movimento?

Ana estava frustrada, pois continuava a haver desafios e experiências em sua vida que aparentemente ela não tinha controle. Ela fez bem em simplesmente continuar a viver e continuar a crescer interna e espiritualmente. Você vê, o que ela descobriu é que todo o trabalho e esforço que vinha realizando estavam construindo algo internamente. Estava despertando algo internamente. Mas ainda assim sentia-se frustrada por não estar modificando sua própria realidade. As coisas não estavam mudando do lado de fora. Havia muitas razões para isto. Uma delas é que o momento não era o apropriado. Não teria sido apropriado. Teria sido – como dizer – algo destrutivo, incendiário. O momento não era o certo.

Vocês têm esperado um bocado, e nós compreendemos isto. O próprio equilíbrio de energias em Ana – o que falamos com as bolas, a clara, a branca e a preta – ainda estava atuando de uma forma maravilhosa dentro dela. Não era o momento para terminar aquele jogo. Havia ainda o fato de ela continuar a entregar seu poder a outros. Ela tinha uma aula, ou lia um livro, e ela se tornava uma seguidora. E um criador não é um seguidor! Estes são termos que se contradizem.

Mas agora, queridos amigos, agora o momento é apropriado. Como dissemos, os que se reúnem no segundo círculo hoje são os encarregados de medir e monitorar. Eles estão muito intrigados porque o momento agora é apropriado. Eles sabem que o primeiro humano começará a utilizar suas habilidades criativas. E este primeiro humano é você.

Ana estava muito frustrada por não poder controlar seu ambiente externo, seu ser exterior. Chegou a um ponto em que ela, como muitos de vocês o fizeram, jogou fora todos os livros, todas as ferramentas e disse, "Chega de aulas. Não ajudaram em nada e me custaram um dinheirão!" (risadas) Queridos amigos, esta não é uma compreensão correta, pois como dissemos, todas estas coisas, todas estas aulas e disciplinas e técnicas, foram verdadeiramente degraus que a ajudaram a se reunir a família. Foi assim que encontrou com outras pessoas, através destes cursos. A energia das reuniões foi valiosa por reunir a família novamente.

Agora, Ana aprendeu sobre este lugar chamado sua Nova Casa. Ela não compreendeu bem, mas sabia que lá dentro se sentia bem. Parecia apropriado, e se nada mais, era um lugar calmo por alguns minutos! (risadinha) Então ela passou tempo em sua Nova Casa, como pedimos a cada um agora que o faça. Ponham-se na energia de sua Nova Casa. Sintam a música de sua Nova Casa. Se não conseguem ouvi-la muito bem, apenas sintam. Se não conseguem senti-la muito bem, simplesmente saibam que há uma vibração aí, uma vibração núcleo em sua nova casa.

Ana, um pouco frustrada por sua falta de habilidade em criar pro ativamente, criar com direção e poder, chegou a um ponto onde tinha liberado muito das velhas maneiras. Ela chegou a um ponto quando estava verdadeiramente pronta para começar a criar.

Em sua Nova Casa, Ana viu um grande pincel em um balde de tinta brilhante, brilhando, uma maravilhosa tinta no chão de sua sala de estar. Ela sabia que estava ali por uma razão, embora ela mesma não a tenha colocado ali. Não estava ali na última vez em que estivera em sua Nova Casa. Mas parecia certo. O pincel era grande. Era muito grande, maior que qualquer pincel que já vira. Ela olhou ao redor. Olhou ao redor de sua nova casa e ficou pensando o que é que deveria fazer com este pincel e com esta tinta. Mas ao invés de se aborrecer, sendo que ela estava na maravilhosa energia de sua nova casa, ela simplesmente perguntou a si mesma, " O que é que devo fazer com esta lata de tinta brilhante e bonita e este enorme pincel?" Uma voz veio de dentro dela – não de um guia ou de Tobias – e disse que simplesmente pegasse o pincel, afundasse-o na tinta e fizesse uma ampla pincelada em qualquer parede de sua Nova Casa a sua escolha. Quando Ana pegou o pincel, cheio de tinta brilhante, e fez um amplo traço pela parede de sua Nova Casa, ela aprendeu a Lição Sete.

Lição Sete: Crie em Amplas Pinceladas. Esta é uma lição simples, mas profunda. Nos próximos 30 dias, você entrará no primeiro entendimento real de criar. Você não é mais uma vítima, e não está mais simplesmente reagindo às coisas que acontecem em sua vida. Você irá de fato criar. Pedimos que se sente em sua casa, sinta a vibração de sua casa, e quando estiver pronto, pegue este enorme pincel, mergulhe-o na tinta, e crie um amplo traço. Apenas um, não mais. Então ponha o pincel no chão, sente-se no chão, e observe o que acontece com este amplo traço que você criou. Observe-o . Ele se modificará. Ele mudará de forma. Ele encontrará seu próprio equilíbrio. Você está em sua Nova Casa, e dentro desta energia há um equilíbrio divino. Sua primeira criação – seu primeiro traço amplo – encontrará seu divino equilíbrio.

Agora, o que você está criando? Em nosso último encontro falamos das quatro áreas da experiência humana. Falamos de recursos, também conhecidos como abundância. Nós falamos de sua saúde e biologia. Falamos de relacionamentos. E falamos de auto-estima. Escolha qualquer um dos quatro. Segure-o no coração. Depois crie com um amplo traço, simplesmente crie o equilíbrio para esta área. Você está criando equilíbrio. Não há necessidade de uma agenda específica ou intenção para o Espírito ou para si mesmo. Você está criando no equilíbrio divino. Mas desta vez, você está criando um amplo traço. Você está sendo pró-ativo.

O que significa tudo isto? O que vai acontecer agora? Primeiro você pode ficar com um pouco de medo. Você pode ficar pensando o que estará realmente criando, e o que vai acontecer como resultado de sua nova criação. Este medo se relaciona ao tempo antes de vir para a Terra. Relaciona-se com a vergonha que sentiu por ter atravessado a Muralha de Fogo, por ter deixado o reino. Dê atenção a este medo. Sente-se com ele em sua nova casa. Compreenda-o e fale com ele. Este medo pode ser seu melhor amigo, ou enquanto um criador, este medo pode ser seu maior inimigo. Este medo, se deixado sem atenção, retornará a você parecendo um alienígena. (risadas) Nós estamos falando seriamente. Se você permitir que este medo cresça e tenha poder, ele o levará de volta aos lugares onde ele nasceu.

Lição Sete: Crie em Amplas Pinceladas. Não se preocupe com a mecânica ou com os detalhes. Esta sala hoje está cheia de mecânicos e engenheiros que trabalham com os detalhes. Vocês, como criadores, não precisam entrar nisto agora. Criem em Amplos Traços. Terão a tendência de querer usar bons pincéis e dizer ao Espírito ao seu Eu divino como fazer. Resistam a esta tentação. Sentem-se em frente a este belo, amplo traço que criaram. Simplesmente permitam que ele encontre seu equilíbrio divino. Isto é simples, queridos amigos, mas mesmo assim bem desafiador.

Tome uma questão de relacionamento. Você não tem que explicar ao Espírito ou a si mesmo o que é esta questão. Não tem que entrar em detalhes. Pegue esta questão. Ponha-a em seu coração. Criem com um traço amplo, e saibam, queridos amigos, este equilíbrio divino, sua própria divindade, cuidará do resto.

Vocês percebem o que está acontecendo aqui? Vocês estão aprendendo a confiar em sua própria divindade e permitir que esta divindade trabalhe. Vocês tentaram lidar com todos os detalhes no passado! Vocês estiveram separados do reino por tanto tempo que acham que tem que lidar com cada pequeno detalhe. É tempo de confiar. Quando você permite sua divindade prover o equilíbrio apropriado, oh meus queridos amigos, sua vida será tão mais fácil! Você será um pintor de belos traços. A mecânica da manifestação se dará em outros níveis. E a vida será muito mais prazerosa.

Por que a parede? Por que a pintura? Caminhe fora de sua nova casa após ter pintado seu amplo traço. As coisas do lado de fora estarão diferentes. Estarão diferentes devido ao trabalho que fez lá dentro! Simplesmente estarão diferentes. Você começará a ver além do que previamente via. Verá a maneira como as coisas realmente caminham juntas. Você será capaz de ver dentro das pessoas ao seu redor, pessoas das quais sentiu pena ou tristeza. Verá a alegria em suas vidas. Você terá mudado algo dentro com seu primeiro e amplo traço, e o exterior ficará diferente.

Você não modificou a vida de ninguém. Você terá mudado apenas a sua. Dissemos antes para vocês não colocarem outras pessoas no forno. Não tente mudar os outros. Não precisa fazer isso, porque as coisas estarão diferentes e você terá uma compreensão que não tinha antes.

Lição Setes: Crie em Amplos Traços. Queridos amigos, resistam ao desejo de pegar pincéis especiais para preencher os detalhes. Isto será feito para vocês. Após ter criado um amplo traço, sente-se no chão e aprecie a peça de arte que acabaram de criar. Já falamos antes a vocês do Forno da Graça, e falamos a vocês para colocar velhas questões nele. O Forno da Graça é maravilhoso para as velhas questões. Mas o Forno da Graça também serve como um processador e um calibrador de novas coisas que vocês criam. É como um sistema inteiro de energia em sua nova casa. Ao criar um amplo traço, seu Forno da Graça equilibra e processa as energias. Em outras palavras, permitir que a graça processe sua nova criação assegura um equilíbrio divino. Assegura que ela se manifeste e equilibre da maneira mais apropriada e amorosa. Vocês não têm que se preocupar se o que estão criando é a coisa mais apropriada ou mais iluminada. Sua própria divindade cuidará do equilíbrio.

Há um medo inato dentro de cada um de vocês de criar algo que não seja apropriado. Isto deixou muitos de vocês congelados até hoje. Têm estado relutantes em criar porque não sabiam se seria a coisa certa a fazer. Vocês têm esperado o Espírito lhes dizer como criar e o quê criar, porque não desejavam agir de forma inapropriada novamente. O Forno da Graça, sua própria divindade e o amor do Espírito farão com que não criem inapropriadamente. Com as quatro bolas e o equilíbrio dentro de vocês, não criarão nada obscuro ou ruim. Com o amor que há dentro de vocês, não criarão a coisa errada.

O que deveriam criar agora? É simples. Com seu amplo traço criem um novo equilíbrio de relacionamentos, um equilíbrio de abundância, um equilíbrio de saúde, e de auto-estima. Quando você pega este amplo traço pintado, está criando um novo equilíbrio. Não se preocupe sobre a quantia a que se refere este equilíbrio, ou como vai ser esse novo amor. A divindade cuidará do equilíbrio e trará tudo o que for apropriado a você. Quando modifica as coisas em seu interior, você muda seu nível de vibração. Muda seus padrões de energia, de maneira que quando sai de sua nova casa, você modificou a percepção de como as coisas parecem ser. Você modifica sua realidade sem afetar outro ser humano. Isto é muito interessante. É por isto que dissemos, "Não reze para que o mundo mude. Reze apenas para o despertar dentro de si mesmo." Quando fizer isto, estará modificando o modo como sua realidade se apresenta. Falaremos mais sobre isto em lições futuras.

Lição Sete, uma lição muito simples, e sua primeira lição de criação pró-ativa: Crie em amplos traços. Escolha um das quatro áreas que discutimos. Na verdade haverá lições mais refinadas de agora em diante, mas trabalhe com esta por um tempo. Crie em amplas pinceladas.

Bem queridos amigos, aqueles presentes no segundo círculo, que monitoram e medem a energia, estão sorrindo. Eles sentem e vêem um nível de vibração que detectaram em apenas uns poucos. Esta vibração é sobre o amor que brilha dentro de vocês. Estão sorrindo observando sua integridade, seu amor e sua dedicação. Esta é a luz que brilha.

Eles continuarão com muitas medições mais dos Shaumbra aqui e da Terra. Eles dizem que aguardem modificações em sua Terra. Vocês verão modificações no poder. Vocês verão modificações na Gaia. E isto vai continuar e se intensificar. Os terremotos recentes na América do Sul e Índia são um começo. Haverá mais, e será apropriado. Em breve discutiremos como lidar com este tipo de situação.

Este é realmente um momento de amor e reunião que temos aqui. Apreciamos estes momentos juntos. Apreciamos nossas reuniões. Tomem esta energia. Tomem este sentimento que surge quando nos reunimos como hoje. Guardem-no dentro de si. Mantenham-no dentro de si. Situem esta energia como um guia para todas as demais energias que procuram para si mesmos. Queridos amigos, há uma multidão de seres no outro lado do véu trabalhando a seu favor, trabalhando com vocês, se preocupando com vocês.

Realmente, vocês nunca, jamais estão sós.

E assim é!



Tobias é canalizado por Geoffrey Hoppe, P. O. Box 7392, CO, 80403. E-mail: Cauldre@aol.com <mailto:Cauldre@aol.com> - O Círculo Carmesim se reúne mensalmente em Denver, Colorado, para partilhar amor, informação e risos. Para maiores informações sobre o Círculo Carmesim, envie mensagens a Michele Machale em Mmachale@aol.com <mailto:Mmachale@aol.com> - Partes desta mensagem foram editadas a partir da versão original gravada em viva voz para maior clareza e compreensão. Por favor, distribua livremente este texto em material não comercial. - Visite o site do Círculo: www.crimsoncircle.com <http://www.crimsoncircle.com/> para maiores informações. - Agradecimentos especiais a todas as maravilhosas almas no Círculo Carmesim, mais Kryon, Lee Carroll, Jan Tober, Dra. Melanie Wolf, Tobias e o amor do Espírito. - Agradecimentos especiais a Dra. Mindy Reynolds por seu amor e paciência na transcrição de muitas e muitas horas de fitas de Tobias. - Direitos autorais Y2000 Geoffrey Hoppe, Golden, CO, USA. Todos os direitos reservados.