Dance Com o que Surgir a sua Porta

TOBIAS E O CONSELHO CARMESIM

7 de abril de 2001 


Série dos Criadores

Lição 9: Dance Com o que Surgir a sua Porta




Tobias: E assim é queridos amigos, queridos Shaumbra e queridos mestres, que nos reunimos novamente em nosso círculo, em nosso espaço amoroso. Agradecemos a vocês, Shaumbra, por nos dar as boas-vindas e por ter nos convidado ao seu círculo hoje. Temos muito que dizer, muito a cobrir. É informação nova que vai fazer você repensar o jeito como tem realizado as coisas nos passado. Vai fazer você repensar quem é e ver a si mesmo como verdadeiro criador.

Durante os próximos minutos, pedimos apenas que abra seu coração e seu ser enquanto todos os anjos e as entidades entram com ímpeto neste espaço. Eles vêm se juntar a vocês neste dia da Lição Nove da Série dos Criadores. Vocês são os primeiros dentro desta nova energia, são os mestres. São vocês que têm viajado pela longa estrada até agora, que concordaram em ser os primeiros a entrar neste novo espaço e nesta nova dimensão. Vocês são os que concordaram em ser os professores para os demais.

Como dissemos antes, não é Cauldre (Geoffrey Hoppe) que senta-se aqui e canaliza Tobias ou outros do Círculo Crimson. É Tobias que canaliza vocês através de Cauldre. Estamos canalizando você! Estamos pegando suas experiências e suas energias, e seus próprios pensamentos e sonhos e devolvendo-os a vocês. Muito pouco do que iremos dizer durante nosso momentos juntos, como este agora, será algo totalmente novo pra vocês. O que diremos irá ressoar dentro de seu ser porque nós realmente estamos canalizando vocês. Estamos pegando tudo que sabem, e tudo que estão aprendendo, e simplesmente apresentando a vocês de uma perspectiva diferente. Somos nós que estamos canalizando vocês. Há muito mais nesta afirmação que irão entender ao entrarem em sua própria divindade, quando começarem a florescer em sua nova casa. Somos nós que canalizamos vocês, e é um prazer que nos tenham convidado para ser parte disto.

Tomem um tempo, queridos amigos, e respirem profundamente. Respirem profundamente até o centro de seu ser. Respirem no amor que trazemos a vocês aqui neste dia. Respirem na reverência. Respirem na energia de amigos, da família, e de Shaumbra que entra fluindo para sentar-se a seu lado durante a próxima hora, ou talvez mais. Inspirem. Tomem a si toda a reverência que chega aqui neste dia para estar com vocês. A reverência é por sua jornada, por entrar nesta nova energia, por passar pela transformação, por liberar coisas de suas vidas, por tornar possível estar aqui, por tornar possível serem os mestres da nova energia.

Sabemos que alguns de vocês são tímidos. Vocês não se sentem dignos deste momento, e não acham que merecem o enorme amor que entra. Sorrimos pra vocês. Nós os conhecemos bem, pois são a família, apesar do fato disso parecer difícil a sua compreensão. Nós sabemos que vocês são família. Vocês são os tímidos, os quietos que sentem uma paixão avassaladora dentro de seu ser. Há muitas perguntas em suas mentes. Sabem que algo está acontecendo, e ainda assim ficam nos cantos. Não têm muita certeza de porque o Espírito, eu, Tobias, o Círculo Crimson iriam honrá-los, e ajoelhar a seus pés da maneira como fazemos. Tome o tempo que for preciso. Vocês saberão quando for a hora de seguir em frente. Saberão quando for a hora de se tornarem , verbalizar o que têm a dizer, agir na nova energia.

Enquanto isso aceitem o sorriso e aceitem o amor que temos pra vocês. Aceitem a reverência. A honra está aqui porque seu passado tem sido comprido. Seu caminho tem sido preenchido com muitas, muitas experiências. Sabemos o que vocês tem realizado. Nós vimos. Nós sentimos. Está gravado. Tímidos, envergonhados, quietos.... em breve chegará o momento quando poderão aceitar esta divindade que vem de dentro de vocês. Vocês compreenderão – talvez não agora, mas mais tarde – a energia que lhes trazemos. Em especial, nos dirigimos a vocês hoje. Vocês são realmente especiais e amados tanto quanto qualquer outro aqui presente, tanto quanto qualquer um conectado a esta informação. Nós vemos seus corações brilhando. É com vocês que estamos falamos.

Como sempre, quando nos reunimos assim em nosso círculo, convidados se juntam a nós. Eles entram para participar deste encontro maravilhoso. Vêm para observar, ver como é ser um humano que penetra em sua divindade. Há muitos, muitos aqui deste lado curiosos, em fila, esperando para aqui estar. Hoje há um grupo especial de convidados que se reúne conosco para entrar no segundo círculo. Você, o humano, senta-se no primeiro círculo. Depois há os reunidos aqui que chegam para observar e ficar a seu lado, para honrá-los e partilhar alguns sorrisos e lágrimas com vocês. Eles estão no segundo círculo. Durante os últimos instantes eles entraram e tomaram posição aqui com vocês.

Vocês sabiam que quando nos reunimos assim, criamos uma nova energia, uma nova dimensão? Não é da Terra. Não é de nosso plano. É uma nova dimensão do divino. É isto que é criado quando abrem seus corações, quando dão as boas-vindas aos demais que não estão em corpo físico. É o que está sendo criado aqui neste momento.

Os que entram no segundo círculo nesta noite têm um interesse especial em vocês. Têm um interesse especial em sua jornada. Estão interessados em saber que você continua nesta jornada para a nova energia, tornando-se um mestre. Seus espíritos entram para visitar, porque eles assim como os demais, querem a confirmação de que você está no caminho. Eles retornarão a vocês nos meses e anos a sua frente. E aí sentar-se-ão com vocês, humano com humano.

Os que entram hoje e que estão no segundo círculo são seus futuros estudantes. Virão a vocês para aprendizado e cura. Aparecerão misteriosamente a sua frente. Virão a vocês. Não saberão como chegaram, mas virão a vocês. Eles vão ver e sentir a sabedoria daquele que fez o caminho, que aceitou sua divindade, que passou para a nova energia e está trabalhando a partir desta dimensão e desta vibração. Os aqui reunidos dentro do círculo neste dia enchem esta sala. São os que virão em seguida da velha energia para a nova. Precisarão de um guia humano. Precisarão de alguém que tenha cruzado o abismo entre o velho e o novo para assegurar-se de que isto pode ser feito.

É interessante notar que vocês foram seus professores no passado. Sentaram-se com eles em outras vidas, em templos, igrejas e salas de aula. Vocês foram seus mestres. Esta não será uma experiência nova entre vocês e eles. Já passaram por isso antes.

Eles sabiam que vocês estariam entre os primeiros a entrar na nova energia. Levantaram as mãos dizendo, “Depois que você atravessar, seja meu mestre. Seja um dos que irão me mostrar como curar meu corpo, como curar minhas emoções e como amar meu espírito.” Os aqui reunidos neste dia têm uma razão para estar aqui. Têm uma razão para aclamá-los. Eles sabem que é difícil ser o primeiro. Sabem que pode significar desistir daquilo que mais ama, sua família, sua carreira, sua saúde e até mesmo a percepção de quem você foi. É por isso que não levantaram as mãos! (risadas) Mas eles sabiam que em você haveria um bom professor. Eles vêm hoje aqui, sabendo que vocês estão passando por estas lições, sabendo que em suas vidas passam por muitas experiências de liberação, depois de aceitação e finalmente tornam-se capacitados para exercer o poder. 

Assim como nós, eles os reverenciam pelo que estão realizando. O trabalho que realizam é poderoso. É inacreditável. É feito no serviço maior do Espírito e de Tudo Que É. E vocês ainda não percebem isso! Não vêem quem são ou o efeito que produzem nas pessoas ao seu redor. Ainda não percebem o efeito do que realizam sobre a sua Terra e a consciência deste planeta. Ainda não vêem como estão mudando seu universo, e como estão modificando o lugar que chamamos Lar. O próprio labor de hoje, de amanhã e dos dias a frente está modificando tudo ao seu redor. Mudando de verdade a própria natureza do reino de onde vieram.

Falamos bastante sobre a jornada de príncipe chamado Jack (canalizações prévias), a qual é a sua jornada. Falamos como vieram pra cá, o quão aventureiros eram e como caíram neste lugar chamado Terra nestes corpos, tendo esquecido quem eram. Sentados hoje aqui, seus pensamentos, proezas e ações estão realmente modificando a própria natureza do reino de onde vieram.

Ficamos espantados que não percebam a natureza poderosa do trabalho que realizam. Acham que estão apenas vivendo uma vida neste corpo, tentando seguir no dia-a-dia. O que estão fazendo está modificando a natureza do Lar., de Casa. Nós os honramos por isto. Nós lhes agradecemos por isto. E como dissemos, algum dia iremos brincar e rir juntos. Quando forem capazes de abrir aqueles seus olhos espirituais, verão o efeito que estão de fato causando nesta criação inteira, não apenas neste universo em que estão vivendo, mas em toda a criação.

Já nos foi feita esta pergunta, “Você retorna ao Lar entre uma vida e outra?” A resposta – nos dirigimos a quem iria perguntar mais tarde nesta noite – é, “Não.” Vocês retornam a um lugar que tem atributos de Casa. Que está preenchido com sua família. Repleto de anjos que trabalham com vocês para reequilibrá-los após deixarem o corpo físico. Eles se ocupam com os preparativos para sua próxima vinda a Terra, mas não é a Casa que conheceram. E também, queridos amigos, se retornassem agora pra Casa, de volta ao Reino, não o reconheceriam. O labor realizado por vocês e outros anjos humanos mudou a natureza própria, a própria vibração e em especial, as profundezas do reino de onde vieram.

Chegará o dia quando terão acesso a todas as memórias de sua jornada inteira, vocês terão a lembrança de sua jornada. Será como que uma biblioteca a seu dispor. Quanto a voltar pra Casa, nós os conhecemos bem demais! Sabemos que são aventureiros. Ao passarem pra nova energia, e derem o “salto quádrico” para dentro da energia do 4 – ah, queridos amigos, nós os conhecemos tão bem... irão desejar aventurar-se novamente, criando novas dimensões e novos lugares. Vocês são aqueles cujos pés nunca param. Estaremos lá a seu lado ao partirem para suas novas aventuras, como estivemos por muito, muito tempo.

Queridos amigos, a sala agora está equilibrada apropriadamente. Está cheia. Preenchida por entidades que estão em fila para trabalhar com vocês. Terão muito que ensiná-los. Oh, eles farão resistência de muitas maneiras, assim como vocês resistiram a Tobias de muitas formas. De vez em quando vão xingá-los, mesmo tendo o mais profundo amor e respeito por vocês. Eles preenchem a sala agora, aguardando ansiosamente o momento de transição na vida de vocês, quando se tornarão seus mestres divinos, quando terão aceito este novo papel em seu ser.

Os tímidos, e os envergonhados aqui reunidos, também estamos falando com vocês, pois assim como os demais, estão seguindo neste caminho. Apenas escolheram ficar um pouco atrás. Vocês estão dando duro e passam por experiências como os demais, e são tão dignos quantos os demais sentados aqui nestas cadeiras. Queridos tímidos e envergonhados, dirigimos a energia desta canalização pra vocês. Os aqui reunidos neste dia sabem que é hora de lhes trazer a lembrança as vidas passadas que passaram juntos. Eles sabem que é o momento de chegar a vocês em profundo respeito pelo trabalho que realizarão juntos.

Pedimos a Cauldre um momento para esta fusão final da energia. Aqueles que serão seus estudantes entram agora. Caminham pelos espaços livres. Chegam em lágrimas nos olhos, que partilham com vocês e lhes agradecem e estimulam a prosseguir em seu trabalho, de maneira que sejam seus mestres da nova energia. Ficaremos quietos por um momento.

(pausa)

Eles dizem a vocês, “Oh, querido mestre, querido professor aceita o papel que te aguarda. Aceita a honra que te aguarda, a de professor da nova energia.” Eles aguardam ansiosos o momento de estar junto, aprendendo com você novamente. Sabem que às vezes, você não tem confiança em si mesmo, e mesmo assim pedem que continue sua jornada. Pedem que ouça com atenção as palavras que serão ditas esta noite. Significam um importante elemento na transição pela qual você passa. Agradecem e tomam seus lugares no segundo círculo, enquanto continuamos com a discussão de hoje.

Estes momentos partilhados são ternos e preciosos, meus queridos. Há ocasiões em poderíamos ficar só assim em silêncio, mas vamos falar agora.

Antes de virem para este lugar, à Terra, houve muitos preparativos. Sua energia tomou a biologia. Você ganhou forma física. Os preparativos para isto levaram milhares de anos. Antes de chegar aqui na forma física, vocês visitaram a Terra em espírito, em forma de luz que eram então. Quando o universo começou a ser estruturado, vocês viajaram para a Terra em corpos de luz para se ajustar aos atributos deste planeta, para se adaptar a dimensão de “dois” que está expressa na matéria.

Vocês precisavam fazer estas visitas a Terra, e a faziam com freqüência, mas não em corpo físico. Eram realizadas em seu corpo de luz, já que tinha que ajustar seu ser a esta nova e lenta vibração da energia da Terra. Vocês então vibravam muito mais rápido. Tinha que se ajustar para vibrar bem lentamente de maneira a se adaptar a um corpo físico.

Quando vieram pra cá, a Terra era um lugar árido. Vocês chegaram para semear sua própria energia neste planeta, assim como para se acostumar a dualidade num estado vibracional lento. Vinham pra cá e lançavam sua consciência e sua energia dentro da própria Terra. Fixavam suas energias nas rochas. Estendiam sua energia e sua consciência no pó. Quando a essência da vida começou a se formar na Terra, vocês colocaram suas vibrações nas formas mais ínfimas para experimentar o nascer num organismo vivo neste planeta. Através de eras, vocês dispuseram sua energia em formas de vidas mais sofisticadas, que estavam se desenvolvendo em sua Terra. Tudo isso ocorreu durante um período de tempo muito, muito longo. Mas na dimensão em que operavam, não foi nada demorado.

Quando começaram a vir para a Terra em seu corpo de luz, acharam especialmente confortável e apropriado fixar-se em estados líquidos, pois estes não eram tão ásperos para seu ser quanto a terra. Passaram muito tempo estabelecendo suas energias em forma aquáticas que se desenvolviam em seu planeta. Queridos amigos, entre suas formas favoritas de vida estavam as baleias, as toninhas e os golfinhos. Passaram muito tempo experimentando estas novas formas de vida, porque amavam energia. Vocês adoravam a brincadeira. Amavam suas habilidades de expressar sabedoria espiritual nestes corpos físicos. Até hoje vocês tem uma afinidade com estes seres.

Não se enganem quanto a isto, foram vocês e outros anjos que aqui vieram para semear este planeta com energia que então transformou uma rocha no espaço em um organismo vivo, em Gaia, em vida que brotou. Vieram pra cá em corpos de luz e estabeleceram os templos de energia para a Terra e a transformaram em uma força crescente, viva e dinâmica. Gaia é vocês, pois vieram pra cá e semearam este lugar. Os oceanos e lagos são vocês, nadaram neles antes mesmo de vir em corpo físico. As árvores, as flores e a plantas que os alimentam... são vocês.

Vocês vieram pra Terra e criaram as estruturas e os padrões, a arquitetura e as sementes deste próprio planeta. Gaia é um organismo vivo. Ela é vocês. Quando olham para suas estrelas, não há outros lugares que tenham os atributos de Gaia. Vocês não foram pra lá como anjos para semear. Vocês vieram pra cá. De fato houve algumas jornadas a outros planetas, antes de todos concordarem que iriam trabalhar no espaço da Terra. Houve explorações em corpo de luz em outras estrelas e planetas, mas queridos amigos, a Terra foi o planeta escolhido, o lugar a que vieram, o lugar que escolheram para entrar em biologia.

Houve um bocado de preparação antes mesmo de virem pra cá. Era sabido que quando chegassem a Terra e dispusessem sua energia na matéria física, e finalmente num corpo, precisariam de um time trabalhando com vocês. Estes são os que tem sido chamados seus “guias.” Normalmente dois anjos viajavam com você. Não entravam em corpo físico como vocês faziam. Permaneciam em corpos de luz. Ficavam a seu lado por muitas vidas terrenas. Eles têm estado com vocês. Seu papel era simples – manter um equilíbrio da energia, manter um quociente espiritual para mantê-lo equilibrado. Eram como mensageiros de outro lado do véu que sempre os acompanhavam. Se vocês viessem sem uma entourage de guias angélicos, haveria a possibilidade de ficarem tão imersos na dualidade que talvez não pudessem jamais sair dela.

Seus guias eram o canal para o outro lado do véu, o canal de retorno pra nós. Permaneciam com vocês por um bocado de tempo. Oh, e como sabem, eles partiram ou estão em processo de se retirar. Chegou a hora de vocês aceitarem quem são, de aceitar sua própria divindade. É um cumprimento, um elogio da mais alta ordem, que vocês possam agora manter seu próprio equilíbrio.

Muitos anos atrás, nesta mesma sala onde o círculo se reúne agora, Kryon explicou os outros atributos dos guias. Relatou que quando você passava por uma experiência e alcançava uma nova compreensão ou iluminação como anjo humano, sua energia era colocada em potes que os guias carregavam com eles. Era como uma luz líquida e dourada o que os guias carregavam em seus potes. Cheios com sua iluminação e sua nova compreensão. Os guias coletavam esta maravilhosa energia de conhecimento dourado e sabedoria que você exsudava. Oh, e sim, a quem acabou de perguntar, você concordou em libera-la para eles (risadinha). Era algo que não lhe faria muito bem aqui na Terra.

Os guias coletavam esta energia e então outro grupo entrava quando os potes estivessem cheios. Este grupo pegava os potes cheios e em seu lugar dispunham potes vazios. Levavam então este incrível mel de substância dourada, doce e nutriente – de volta para o outro lado do véu. Esta energia era usada para continuar a criação de seu universo. Esta energia encontrava seu caminho de volta para o reino de onde vieram. Esta energia doce e dourada que você estava produzindo aqui na Terra através de sua iluminação e compreensão encontrava seu caminho para o reino, aí modificando a própria natureza do Lar, expandindo Tudo O Que É. Esta é a maior dádiva de amor que uma entidade jamais deu.

E vocês se perguntam porque os honramos, porque derramamos lágrimas quando nos sentamos a sua frente, sabendo que não reconhecem quem são!
Havia, e continua havendo um grupo que chamamos os “corredores.” Eles são os que vão e vem do nosso lado do véu para o seu, continuamente servindo como mensageiros e ajustadores de energia. São os que pegam as coisas de sua dimensão de dualidade, que estão em sua consciência. Ajudam então a facilitar a entrega destas energias de volta para o outro lado do véu. São corredores porque movimentam a energia de vocês para o outro lado, e então trazem de volta consigo as novas ferramentas, os novos potes e a nova energia. Estão muito ocupados estes dias, estes corredores, pois há muito trabalhado sendo feito por vocês! Eles não mais se comunicam com os guias. Antes os corredores trabalhavam diretamente com seus guias. Os guias estavam sempre postos como pilares de amor diretamente ao lado de vocês. Agora os corredores, queridos amigos, estão procurando trabalhar diretamente com vocês. Vamos explicar como isso acontece.

Pedimos que fiquem confortáveis em seus lugares e então vamos entrar na Lição 9. Agora, coloquem-se e a sua energia em sua nova casa. Querido Shaumbra, permita a si mesmo estar em sua casa, neste espaço de sua divindade, neste espaço onde está aprendendo a ser o criador.

(pausa)

Vamos lhes dizer algo interessante enquanto ajustam sua energia. Do tempo que vieram pela primeira vez à Terra e tomaram o corpo físico até este momento em que sentamos com vocês, não foram capazes de ser um criador no verdadeiro sentido da palavra. Planejavam cada uma de suas vidas antecipadamente com seu time, seus anjos. Trabalhavam certos objetivos e lições. Desenvolviam um plano espiritual. Então retornavam à Terra. E passavam pelos parâmetros estabelecidos por si mesmos. Quando alcançavam um objetivo, moviam-se para o seguinte previamente planejado. Deste modo, queridos amigos, era difícil ser um verdadeiro criador. Deste jeito vocês eram os que estavam experimentando e aprendendo. Mas era difícil ser um criador porque havia parâmetros determinados a priori.

Havia frustração no centro de seu ser, porque antes de vir à Terra, eram criadores. Vocês se expressavam criativamente pra fora. Vocês ficavam frustrados ao longo de muitas vidas, porque não podiam sair destas caixas, e não podiam expressar a si mesmos tão aberta e fluentemente como antes. Isso mudou. Você terminou todos os capítulos de seu livro da vida. E agora no novo livro estão páginas em branco, esperando que você crie.

Quando você se senta em sua nova casa, queridos amigos, há muitas coisas novas acontecendo. Quando você pega seu pincel e cria um amplo traço, isto estabelece uma ação. Isto causa uma expressão de energia. Esta ação cria uma vibração que começa a ressoar e começa a crescer. Desenvolve uma força aparentemente por si só. Até que você dê a pincelada, todas as coisas estão em ponto morto. Mas quando cria o primeiro e amplo traço, tudo começa. Com a grande pincelada você inicia uma energia vibracional que começa a trabalhar nos níveis mais profundos.

Estas energias começam a ressoar de dentro de sua casa, e depois você adiciona paixão – o fruto da rosa. Isto acrescenta combustível à vibração gerada pelo amplo traço. Esta nova energia criadora tem um efeito similar a quando você joga uma pedra na água. Ela cria círculos que se ampliam. Cria ondas de energia, e estas ondas de energia permeiam sua casa.

Queridos amigos, como devem ter percebido, não incluímos a intenção neste processo. Não dissemos que deve haver intenção específica quando você cria o amplo traço ou quando acrescenta sua paixão. Há uma razão que vamos dar. O traço amplo inicia uma expressão. A paixão acrescenta o combustível à expressão. As ondas são enviadas. As ondas de vibração de amor do novo criador, são enviadas para além de sua casa, para além da pequena mureta ao seu redor. Estas ondas de vibração amorosa são enviadas às pessoas ao seu redor, à cidade ao seu redor, pra dentro da Terra que você ajudou a criar. São ondas e mais ondas e ondas de amor que se propagam. Por que você precisaria dizer a estas onda, vibrando de amor, o que deveriam fazer ou ser? Elas vêm de você. Elas são você.

Quando estas ondas saem, modificam a vibração nas coisas, não apenas dentro de você, mas também fora de você. As vibrações que emanam de você tocam então outras pessoas. Elas tocam a Terra. Elas tocam céus e águas. Elas tocam a consciência humana. Estas ondas de amor não precisam de intenção. O equilíbrio espiritual já está nelas. Está aí o equilíbrio do “4,” um novo equilíbrio espiritual para sua Terra, que está contido nestas ondas vindas de você. Não há necessidade de dar intenção para elas. Elas são equilíbrio em si mesmas, e quando tocam outros elementos, ou outras vibrações, ou até mesmo a consciência, esta vibração amorosa equilibrada do “4” tem o potencial de auxiliar o equilíbrio e ajudar a rejuvenescer todas as energias que tocar. Vai depender da energia receptora, entretanto, como responder absolutamente e de que modo.

A energia que vem de você e de seu ser divino e de sua nova casa é completa e plena em si mesma. Não há razão para atribuir uma perspectiva ou direção, ou qualquer coisa a ela. Emana de você em pureza. Emana de você em plenitude e amor. Não ponha seu toque humano e sua mente nela. Aceite que vem de você da forma mais perfeita. Ela já vem de você num estado de perfeição.

Agora, uma coisa interessante acontece aqui. Quando você joga uma pedra na água, as ondas se propagam, depois enfraquecem e finalmente morrem. É diferente quando você envia suas ondas; as ondas que você cria quando faz o amplo traço e acrescenta seu puro amor e paixão. Queridos amigos, quando as ondas vão e afetam todas as coisas a seu redor, ocorre também uma reverberação da onda que então retorna a você.

A energia retorna da melhor maneira possível. Toda vez que estas ondas de vibração amorosa saem de você, estão sendo acompanhadas pelos que chamamos "corredores." Os corredores estão presentes para garantir que elas encontrem seu lugar apropriado. Os corredores são os intermediários, os facilitadores entre as energias. Quando as ondas refletem e retornam a você com a facilitação dos corredores, elas trazem a você todas as coisas que você necessita, todas as coisas no momento oportuno, e todas as coisas que lhe são apropriadas. Então você vai ouvir pancadas a sua porta como nunca antes!

Queridos amigos, lição número nove: Dance com o que pintar a sua porta.

Lição número nove da Série dos Criadores: Dance com o que vem a sua porta. Ao entrar nesta nova energia, muitos vão ouvir toques e pancadas, até mesmo sinos da campanhia em sua nova casa. Mas alguns vão se esconder e não vão atender a porta! Outros vão abrir a porta da frente e não verão o que acham deveriam ver, ignorando totalmente o que está ali. Fecham a porta com violência, esperando que o Espírito entregue o que acham deveria ser o pacote apropriado.

Queridos amigos, Lição Nove: Dance com o que aparece a sua porta. Será apropriado. O que vier a você será apropriado. Os que se reúnem no segundo círculo serão aqueles que virão a sua porta. Chegarão sem saber porquê, sem saber quem você é, sem saber o que os trouxe até aí. Terão aquele olhar assustado, talvez nervoso, mas acima de tudo, confuso e embaraçado. Não saberão o que os trouxe a sua porta. Não verão os corredores que os acompanham. Serão seus corredores mais os deles que os trarão a você.

Não importa quem ou o quê aparece a sua porta, dance com ele (ela). É apropriado.

Dance com o que surgir a sua porta. É tempo de interagir. É tempo de pegar tudo o que sabe sobre si mesmo, tudo o que aprendeu e começar a aplicar. É tempo de fundir com o que vem a sua porta, seja uma pessoa, um objeto ou um pensamento. Oh sim, pode ser um cheque de seu editor! (risadas) O que quer que seja que venha a sua porta, está sendo trazido apropriadamente. Está sendo entregue por seus corredores com base em sua vibração. É hora de interagir com isso. É tempo de iniciar a dança, começar a fusão e colocar sua energia nela. Será apropriado se é levado a sua porta.

Bom, agora queremos falar de alguns velhos atributos. Há humanos que chamamos os "caçadores de bolotas (frutos do carvalho), que saem e catam nozes e bolotas, assim como fazem os esquilos, que as juntam e levam para sua casa da velha energia, porque receiam não ter alimento suficiente. Então inclinam-se ao chão, juntam bolotas e as levam pra dentro de casa como reserva para o longo inverno. São realmente precavidos. Mas, queridos amigos, há também uma dose de medo nesta história.

Há então os humanos na antiga energia que são os "desejosos." Eles "desejam" que as coisas aconteçam. Tentam fazer com que aconteça por vontade pura. Tentam criar forçando suas vontades. Oh, de vez em quando funciona, queridos amigos, mas eles normalmente ficam cansados e frustrados. Estão tentando forçar uma energia não apropriada a criar algo que não é tão apropriado.

E há os " imaginosos", que acham que se visualizarem e criarem um quadro de alguma coisa em suas mentes, esta coisa virá a eles. De vez em quando isto funciona, se há energia suficiente vertida nissto.

Mas queridos amigos, pra quê se cansar, pra quê se frustrar? Há um jeito melhor de fazer isso agora nesta nova energia. Dê sua grande pincelada, acrecente sua paixão, e depois aguarde que as coisas venham apropriadamente a sua porta. Quando chegar, é o momento de interagir. É hora de por sua energia e habilidades humanas, assim como suas habilidade divinas no que chega a sua porta.

Se um estudante é trazido a você, mesmo que você não goste de sua aparência ou maneira de agir, ou mesmo de seu cheiro – é hora de dançar (risadas). Aproxime-se, seja pessoal. Ele está sendo trazido por razões apropriadas.

Ponha de lado o julgamento humano e saiba que tudo é apropriado. Se um objeto vem a sua porta, está ali por uma razão. Dance com ele. Expresse suas emoções. Se suas emoções são raiva e dor, dance e expresse. Você não tem que ser mais santo do que é. Compreendemos que a dor acontece. Mas quando você dança e expressa a si mesmo, quando abraça o momento, vai descobrir coisas que antes se encontravam escondidas de você. Dance com o que vir a sua porta.

Vai ser um desafio para muitos de vocês. Estão acostumados a planejar. Estão acostumados a predeterminar a maneira como as coisas deveriam ser e parecer, ou como gostariam que fossem. Isto vai ser uma mudança de paradigmas da magnitude do "4." Ao invés de se preocupar e planejar, ao invés de juntar bolotas e desejar que coisas aconteçam, vamos fazer a coisa bem simples pra vocês. Pegue seu grande pincel. Crie um traço. Isto inicia uma seqüência vibracional do mais alto nível da física espiritual. Quando é acrescentada sua paixão, as ondas de vibração partem. Elas afetam outras pessoas prontas pra isso. Elas mudam a natureza das coisas fora de sua nova casa, se o recipiente estiver pronto. então o reflexo destas ondas retorna a você todas as coisas que lhe são apropriadas. Pode ser pessoas, relacionamentos, abundância ou saúde. As ondas vão trazer isso. Os corredores facilitam este processo, assegurando que retorne a você, a despeito de tudo que possa parecer bloquear o caminho.

Estão entendendo o que estamos dizendo aqui? Permaneça em sua divindade e saiba que todas as coisas apropriadas virão a você. Não peça a intersecção do Espírito. Não implore por estas coisas, queridos amigos. É tão simples que vai ser um desafio pra você. Seus medos aflorarão, e quando não ouvir uma pancada a sua porta por um tempo, vai achar que está fazendo tudo errado. Não há dificuldade ou desafio aí. Não há jeito de estudar pra fazer isso certo. É assim, simples.

Quando não escutar nada a sua porta imediatamente, é simplesmente porque as ondas de vibração que partiram estão fazendo seu trabalho. É o momento de deitar-se na espreguiçadeira de sua nova casa. Espere aquele toque a sua porta. É hora de relaxar, ficar despreocupado. Quando você fica preocupado e não confia em sua divindade, isso altera as vibrações que saem, e certamente o retorno não será naquele mais alto nível que você realmente gostaria ter criado. Não se preocupe quando enviar estas ondas.

Queridos amigos, Lição Nove: Dance com o chega a sua porta. Quando ouvir aquela pancada, quando algo chega a você está sendo trazido para o bem maior e com toda propriedade. Agora é sua vez de interagir. Agora é hora de fazer a sua parte.

Você diz, "Tobias, como saberemos o quê fazer quando abrirmos a porta e vermos alguma coisa ali?" Queridos amigos, a resposta foi revelada em nossa última reunião. Não olhe para as escolhas à esquerda ou à diretia ou não fazer nada. Olhe dentro do TUDO. Quando uma pessoa está a sua porta, tendo sido entregue a você pelos corredores, e você fica imaginando o que ela estará fazendo aí, assim como ela também fica imaginando, passe por cima do óbvio. Entre no TUDO. O TUDO é o quarto nível de compreensão. O TUDO é o maior nível de compreensão. Ele contem as respostas, e você saberá o que fazer. Saberá que tipo de dança realizar.

Dance com o que pintar a sua porta. Agora é o momento para a interação. Usamos o termo "dançar" porque ele é, como o entendemos, uma maravilhosa expressão humana... embora Cauldre nào seja tão refinado nesta arte (risadas). É uma bela interação e expressão entre os elementos. Pressupõe um fluir, e é graciosa. Não utilizamos as palavras "Aja com o que aparecer a sua porta." Usamos a palavra "dança" porque ela é completa, e é bonita. É uma arte. Simplesmente dance. Interaja. Quando você olhar dentro do TUDO, saberá exatamente o que fazer com o objeto, a pessoa, o pensamento, a emoção... o que quer que surja a sua porta.

Aqui vai um desafio a vocês, professores: você pode largar aqueles planos que faz a cada dia? Pode ir além da maneira que você ACHA que as coisas deveriam ser? Você têm sido orientados para objetivos e isso tem sido útil ao trazê-los até este ponto, até aqui. Você têm planejado coisas com suas mentes humanas, mas agora é hora de liberar isso. Oh, não vai ser fácil para alguns de vocês! Nos referimos aqui a coisas em suas próprias vidas. Sabemos que serão exigidos em seu local de trabalho, a sujeitar-se a estas coisas, mas na nova energia começarão a notar a falácia destes velhos planos. Começarão a perceber o quão limitados e limitantes realmente são em suas próprias vidas.

Você não vai precisar destes planos. Não precisará de complicados exercícios mentais de poder da vontade e focalização e imaginação. Queridos amigos, é isso que está exaurindo vocês! É isto que faz sua energia escoar! Você tenta dominar sua saúde. Não funciona muito bem! Você tenta determinar sua abundância, e se acha achatado ao chão... quebrado!

Na nova energia, queridos amigos, você emana uma vibração que se espalha e o reflexo retorna exatamente como que você precisa. Quando isto chegar a você, dance com o que chegar. Talvez seja uma nova oportunidade de trabalho. Talvez seja uma nova cura apropriada na nova energia, algo que vá curar aquelas coisas que tem atormentado seu corpo físico. Talvez um companheiro e uma relação. Talvez, queridos amigos, seja uma olhada para si mesmo, para quem realmente é, da longa jornada em que tem estado e tudo que tem realizado para ajudar a mudar a natureza de Tudo Que É!

Lição número nove, uma lição muito fácil, mas que vai fazer você repensar o jeito como tem feito as coisas. Simplesmente ficando em sua nova casa, criando em amplos traços e adicionando sua paixão, enviando as ondas de amor, sem intenção e sem perspectiva. Isto É perfeição, e então isto traz de volta tudo que você precisa em perfeição. Esta lição vai ser um desafio pra você! Mas uma vez que entender, vai pensar espantado como conseguiu seguir em frente sem isso.

Queridos amigos, queridos amigos, há muito que aprender agora nas três próximas lições a nossa frente. Durante o próximo mês, pedimos que trabalhem nesta lição de hoje –dance com o que pintar a sua porta. O que quer que seja que venha a sua vida nos próximos trinta dias será apropriado. Vai ser um desafio a sua maneira de pensar. Talvez não possa compreender como é possível que tal e qual coisa seja apropriada. Talvez ache que o Espírito esteja trazendo coisas terríveis pra você, mas se você dançar com elas, vai ver que são apropriadas e encontrará nelas dádivas incomensuráveis.
Esta lição é um marco. Vai ser um desafio pra você. Quando ensinar esta lição para os outros, vai ser um desafio a seus estudantes atravessar o abismo para entrar num espaço do saber e da confiança, e liberar as velhas formas e jeitos que mantinham. Mas estes jeitos e modos e maneiras estavam sendo fatores limitantes em suas vidas.

Você não tem contrato. Você não tem um plano. Você está, a este ponto, sem uma vida em lição. As páginas abertas estão em branco. Agora você é um criador. Nós trazemos esta lição a você para que realmente comece a criar em sua vida.

Antes de encerrarmos neste dia, há alguém com quem cada um aqui e cada um conectado caminhou junto de alguma maneira no passado. Este alguém iniciou uma energia família que continua até hoje. Ela continua no amor maior. O alguém que chamamos Jesus de José entra para honrá-los por sua jornada e para sorrir pra vocês. Sim, à pessoa que acabou de pensar – a energia dele esteve aqui o tempo todo. Ele esteve ao lado de todos vocês. Ele vem pouco antes do tempo da ressurreição e renovação de sua Páscoa, para pedir que tenham alegria. Pede que entendam que esta imagem da cruz e da morte não é muito boa! Sim, foi uma experiência desafiadora, mas cheia de alegria. Foi para mostrar a humanidade o amor e a graça e a renovação que é possível em cada um de vocês.

Quando Jesus estava na cruz, seu espírito desceu e andou entre as pessoas que estavam ali. E seu espírito se espalhou pela terra, e houve milhares que acharam que ele estava a seu lado naquele momento, naquela hora especial e extraordinária. Muitos de vocês estavam próximos. Muitos estavam em outras terras e sentiram este ser que leva a energia crística, caminhando a seu lado. Vocês ficam imaginando, como ele poderia estar em dois lugares ao mesmo tempo? Como ele poderia estar em cima do morro no dia daquela tempestade e caminhar ao seu lado? Ele veio para lhes mostrar que a vida se renova e você se renova.

Ele vem aqui hoje para dizer que você se renovou mais uma vez. Você rejuvenesce, não a velha mente humana e o velho corpo humano e energia. Você se renova e se transforma como aconteceu a ele 2.000 anos atrás. O amor derrama-se dele e de nós para todos que dão continuidade à vibração de Shaumbra iniciada cerca de 2.000 anos atrás.

E assim é.

Tobias é canalizado por Geoffrey Hoppe, P. O. Box 7392, CO, 80403. E-mail: Cauldre@aol.com <mailto:Cauldre@aol.com> - O Círculo Carmesim se reúne mensalmente em Denver, Colorado, para partilhar amor, informação e risos. Para maiores informações sobre o Círculo Carmesim, envie mensagens a Michele Machale em Mmachale@aol.com <mailto:Mmachale@aol.com> - Partes desta mensagem foram editadas a partir da versão original gravada em viva voz para maior clareza e compreensão. Por favor, distribua livremente este texto em material não comercial. - Visite o site do Círculo: www.crimsoncircle.com <http://www.crimsoncircle.com/> para maiores informações. - Agradecimentos especiais a todas as maravilhosas almas no Círculo Carmesim, mais Kryon, Lee Carroll, Jan Tober, Dra. Melanie Wolf, Tobias e o amor do Espírito. - Agradecimentos especiais a Dra. Mindy Reynolds por seu amor e paciência na transcrição de muitas e muitas horas de fitas de Tobias. - Direitos autorais Y2000 Geoffrey Hoppe, Golden, CO, USA. Todos os direitos reservados.

Tradução para o português: Sonia Gentil / Bahia / abril de 2002