Você, Você, Você

OS MATERIAIS DE TOBIAS

A Série do Salto Quântico:
SHOUD 2: "Você, Você, Você "

Apresentando Kuthumi Lal Singh

Canalizado por Geoffrey Hoppe

Apresentado ao Crimson Circle
6 de Outubro, 2007



Namastê! (aplausos da audiência) Namastê! (a audiência responde “Namastê!”) (rindo). Oh, queridos Shaumbra, é um prazer para este magnífico mestre completamente burro (N.T. aqui Kuthumi brinca e faz um jogo de palavras com ass-ended master (ass=burro, ended=completo, que se parece e se confunde muito com o som de ascended master = mestre ascenso) Kuthumi la-la-la-lal Singh, (risadas) estar com vocês hoje.

Que honra em ser o primeiro a fazer um Shoud normal na Nova Energia, neste Salto Quântico. Mas realmente, eu fui a terceira escolha. (risos). Tobias está arraigado à terra neste final de semana. O Sam de Tobias está tendo algumas dificuldades na sala de aula nestes dias. Ele está recebendo aulas de história e agora na escola eles estão estudando a história do Oriente Médio (risos) e Tobias e o professor não estão de acordo com a realidade (mais risos) do que tem ocorrido nesta região mais sagrada por muito tempo. Como o professor é de uma doutrina Cristã, como vocês diriam, e Tobias de doutrinas muito diferentes, eles estão discordando. Assim este professor de história tem chamado os seus pais que, ambos sendo professores, ficaram um pouco embaraçados pela revolta de Sam na aula e por esta razão aterrou em Sam – também conhecido como Tobias – indefinidamente até que ele possa chegar a sua história correta. (risadas)

Assim vocês poderiam imaginar o tormento, o desafio pelo qual o querido Sam está passando. Assim a energia de Tobias está realmente muito, muito próxima dele neste final de semana enquanto ele faz bico e cara feia nesta aula, sabendo bem interiormente qual é a verdadeira história, mas tendo de algum modo que determinar se ele vai abrir mão de sua intuição, como todos vocês têm feito tão bem no passado, ou vai expressar a sua verdade... ou expressar a sua verdade.

Assim, então lá está Saint-Germain. É Outubro, há Paris e o amor está no ar. (muitas risadas). Ele está agora apreciando uma sofisticada... várias garrafas de vinho com uma estimada pessoa, uma que aspirava se tornar líder, mas que sempre será nobre – se vocês compreenderem a dica de com quem ele está agora. (rindo). Hum, vocês entenderam! E sim, pensem nisto por um momento, um pequeno enigma de Kuthumi. Assim ele está comprometido com algo como geralmente ele fica nesta época do ano, com a beleza, o amor e o romance de Paris. Assim eu tenho a honra de trabalhar com vocês hoje.


Escolham a Experiência

Eu vou começar minha ... oh, não será uma dissertação aqui, será apenas uma palestra divertida entre nós. Eu vou começar lhes dando uma das minhas afirmações favoritas, eu as chamo de la-la’s: Quando em dúvida, escolham a experiência.

Hum. Hum. Hum. “Que diabos ele quer dizer com isto?” vocês diriam. É muito simples. Vocês se defrontam com situações a cada dia em sua vida – “Eu deveria fazer isto? Eu não deveria... deveria?” (Kuthumi ri) O medo tende a vir. Vocês sonham ou contemplam resultados potenciais, e geralmente como vocês sabem, tendem a ser tendenciosos quanto aos resultados mais temíveis, mais dramáticos e piores possíveis, assim vocês nada fazem. Não estão seguros quanto ao resultado, assim vocês se retêm. Eu compreendi há muito tempo que a coisa mais importante que vocês poderiam fazer é procurar a experiência. O que vocês têm a perder de qualquer maneira – a sua vida? Vocês estão se preparando. Hum, isto é que é humor! (alguns risos)


Perdendo tudo

Falando nisto, vocês gostariam de ouvir uma pequena piada espiritual que nós contamos do outro lado, uma das favoritas que circulam agora? (Linda pergunta: “É engraçada?” com os risos da audiência). Ouça-os rir em um momento! Aqui vai – “Uma coisa engraçada aconteceu a caminho da ascensão...” ...não é isto ainda... (risadas) “Eu perdi tudo”. (nenhuma resposta da audiência). Vêem? Eles estão rindo! (Kuthumi aponta para o céu). Vocês estão muito próximos a ele. (risos). Vocês estão muito próximos, este é o problema. Vocês não compreendem o humor angélico porque estão muito próximos. Mas realmente, é uma coisa muito engraçada que acontece a caminho da ascensão. Vocês perdem tudo.

Eu vim de uma família de riqueza modesta em minha época como Kuthumi. Eu fui a uma boa universidade, vestia roupas finas, tinha uma mente excelente. Tudo estava supostamente correto. Mas, entretanto, nada estava realmente. Estava tudo errado. Tudo estava contrário do modo que as coisas verdadeiramente são. Eu trabalhava para tudo, ou eu pensava que tinha que. Eu acreditava que tinha que haver um esforço para obter alguma conquista. Eu acreditava que tinha que trabalhar nas coisas em minha mente, estudar com esforço e estudar esta coisa chamada de filosofia – que eu tinha estudado em existências anteriores também – até que chegou ao ponto em que perdi tudo. Eu rompi com a minha família, porque eles não concordavam com minhas – como vocês dizem – maneiras mais ocidentais que eu estava adotando. Eu tinha que confiar em outros – ou assim eu pensava. Ou assim eu pensava.
Eu perdi a cabeça, o que a maioria de vocês têm feito também. Vocês sabem um pouco como é isto. Eu perdi o que eu considerava ser o meu recurso mais poderoso – minha aguçada habilidade mental. Minha habilidade de ser racional, minha habilidade de analisar – eu a perdi, literalmente. Um dia eu acordei e não tinha mais habilidades racionais analíticas, e o meu mundo ruiu. Eu perdi isso tudo. Ou assim eu pensava.

Realmente, ao perder tudo isto, ao perder esta coisa que vocês chamam de centro de seu foco, a sua mente, em termos de perder coisas como relacionamentos, em termos de perder a sua identidade, isto é realmente uma perda? Ou isto é realmente um ganho? E é por isto que quando contamos esta piada surpreendentemente cômica nos reinos angélicos – “Uma coisa engraçada aconteceu a caminho da ascensão; eu perdi tudo” – eles dão risadas estrondosas no outro lado. Vocês, Shaumbra, apreenderão em breve. Vocês não acham que é engraçado perder tudo, (risadas), mas realmente é. Realmente é. (Kuthumi ri). Nós rimos algumas vezes... Eu não deveria lhes contar isto...

Mas, queridos Shaumbra, vocês têm perdido tudo. Vocês estiveram perdendo este foco que vocês chamam de análise, de modo que pudessem abrir a sua intuição. Vocês têm perdido os relacionamentos porque muitas vezes, quando começam a compreender que eles não estavam dispostos a outorgar poder, a auto capacitá-los. Eles se tratavam de laços e vínculos e talvez até alimentar a energia de outros. Eles se referiam a vocês... e Shaumbra, esta é a sua maior vantagem, mas é também a sua maior desvantagem... o seu desejo de assumir responsabilidade por todos os demais. Por todos os demais. Superem isto – sejam vocês! Sejam vocês. Isto é muito importante.


Você


O que está faltando? O que está faltando, Shaumbra? (a audiência diz, "Nós") O que está faltando, Shaumbra? (audiência diz, "Eu"). Nada. Coisa alguma. Não! Vocês estão aqui! Vocês estão aqui. Vocês estão plenamente aqui, assim não está faltando nada. Vocês se permitiram vir aqui, para sentar nestas cadeiras ou assistirem na tela dos seus computadores em casa. Vocês se deixaram estar aqui hoje. Não há nada faltando. Não com vocês hoje, ou comigo.

Há com muitas das outras pessoas no mundo. Realmente elas não estão em suas vidas. Elas não são os criadores de suas vidas. Elas estão realmente permitindo-se ser fantoches. Fantoches. Mas de quem? De ninguém. Vejam, eles imaginam, eles criam este que manipula as marionetes, que trabalha todos os cordões. Mas não há realmente ninguém lá. Eles gostam de acreditar que sejam os seus pais ou o seu patrão, ou o governo ou alguém mais. Eles não estão em suas vidas. Eles se submeteram a algo diferente e eles nem mesmo sabem o que é isso.

Mas vocês estão aprendendo que a coisa mais importante é você. Não há nada faltando. Quando vocês despertam pela manhã e tomam esta primeira respiração, seja um dia chuvoso ou um dia ensolarado, e vocês reconhecem a sua presença em sua vida neste momento, então todas as coisas virão a ser. Quando vocês reconhecem vocês, a sua divindade, então todas as coisas virão a ser.

Sem se reconhecer, como tantos humanos fazem, nada pode chegar a ser - exceto o que parece ser caos, destino, escolha dos outros, sorte, carma ruim ou apenas realmente uma sorte ferrada (risos) neste especifico dia. Mas quando vocês estão plenamente presentes, seu pleno ser, cada parte de você - seu passado, seu agora, seus potenciais - tudo certo aqui, então todas as coisas, todas as coisas se realizam. É um princípio muito simples.

Espiritualidade... falando da qual, é extremamente valorizada. Tão ontem. Tão ontem. (risadas) Eu sei e você sabe. Nós não temos que manter isto em segredo um do outro. A espiritualidade é um ramo da atividade mental. Ela está procurando e buscando. Está procurando por respostas em algum lugar. Está procurando por Deus para tentar resolver isto por você. Oh, querido! – esta oração que os humanos fazem. Oh querido, oh querido, oh querido! (risos). Agora esta é uma piada engraçada nos reinos angélicos! Os anjos não inventaram a oração. Os humanos a inventaram, assim eles poderiam deixar de fazer isto, entendem. A oração é um modo de pedir a alguém mais para fazer isto por vocês e eles não podem, enfim. Até os seres angélicos no nosso lado, nós não podemos fazer isto por vocês. Vocês podem fazer. É um ponto muito importante.

Quando começarmos a fazer o meu filme, vamos fazer alguns experimentos reais. Vamos trabalhar com os Shaumbra e então vamos trabalhar com outros, não tão Shaumbra. Vamos observar os caminhos da vida. Vamos observar algo da sociologia que esteja associada a isto. E vamos observar o que acontece quando vocês estão plenamente presentes, quando estão em casa, assim falando - estar em casa em seu momento do agora - versus alguém que se submeta a tudo - se submeta a algum Deus desconhecido, ore para alguns destes... Cauldre está se intrometendo aqui em meu script! (Risos, Kuthumi ri). Nós vamos dar uma olhada, fazer uma comparação; o que acontece quando vocês estão presentes? 


A Física da Alma   

Agora há uma física envolvida com isto e Saint-Germain vai falar mais sobre estas em meu vídeo - mas o meu nome virá primeiro! (risadas). Há uma física envolvida. Há esta coisa que vocês têm que no outro lado nós chamamos... bem, vocês a chamariam de alma. Mas vocês sabem que a palavra tem tido um uso abusivo e uma compreensão errônea. Foi até determinado um espaço embaixo dos seus pés que foi muito mal compreendido. (risos, Kuthumi ri) (Em Inglês a base dos pés é chamado de "sola"). Assim temos uma palavra que usamos aqui em nosso lado. É uma palavra diferente, mas talvez ela seja mais inclusiva. Ela significa a sua essência - cada parte de vocês, cada aspecto seu, cada vida passada, cada... todos vocês. Todos vocês, incluindo os potenciais que nunca foram manifestados, entendem. Esta é outra parte muito importante de vocês.

Realmente, vocês têm feito muitas escolhas em sua vida. Vocês têm encontrado muitas situações, e tendem a pensar em "vocês" quanto às escolhas que vocês fizeram e experienciaram. Mas a sua essência realmente consiste também de todas as escolhas que vocês não manifestaram na Terra. Mas elas foram manifestadas ou expressas em algum outro lugar. Assim, vejam, vocês são muito grandiosos. Vocês são mais do que apenas determinadas experiências lineares que vocês tiveram. Vocês são muito mais.
Agora, neste lado, nós chamamos esta energia de pran, ou algumas vezes é chamada de prantay, muito parecida com a palavra que conhecem como prana. Assim sua essência, seu você, este prana ou prantay, realmente tem uma física de acordo com ela. Vamos dizer que a sua essência, o que chamamos de prantay, seja você. Então você emite um tipo de energia da essência chamada de prana. Vocês estão familiarizados com isto. Prana é o fluxo da consciência na energia entro desta realidade. Prana está fluindo agora por toda esta sala. Prana emana de todos e de cada um de vocês, e ela pode ser medida. E esta é uma das coisas que iremos fazer em meu vídeo brevemente.

Vamos observar como a energia que emana de prantay ou prana em sua manifestação ou radiação em todas as coisas em torno dela tem um profundo efeito, mais profundo do que qualquer outra coisa. Vamos observar como esta energia do pran pode também ser transferida ou capturada de tal modo que vocês possam realmente usá-la como uma fonte de energia em sua realidade de 3D. O prana emana de todos e de cada um de vocês - porque vocês, vocês estão aqui, vocês estão participando ativamente pela escolha nesta realidade, nesta sala agora - a energia de prana - é muito, é o que vocês chamariam, poderosa.

Mas não gostaríamos de associar um fator, tal como força a ela. Não gostamos de dizer que ela seja poderosa ou fraca. Talvez vocês pudessem pensar em termos de mais uma plenitude, uma importância desta energia do prana que vocês estão criando agora. Vocês estão misturando a sua energia do prana com a energia que vem da própria Terra, o prana dela; com a energia que está vindo dos seres angélicos, que literalmente estão circulando esta sala agora, e há muitos, muitos. E porque vocês estão ancorados nesta realidade, vocês são aqueles que estão em casa com vocês, isto cria um tipo de energia muito substancial - mas não uma energia que possa ser medida sob qualquer condição, com as suas velhas medições.

Vocês estão acostumados à energia como a eletricidade que tem certa dinâmica dualística a ela, e, portanto, pode ser facilmente medida, facilmente aproveitada e aplicada em outro tipo similar de fontes de produção energética. Mas na Nova Energia em que vocês, Shaumbra, estão literalmente participando agora, estão irradiando e ativando outras energias também. Mas vocês não podem fazer isto se não estiverem em casa, se não estiverem participando em seu corpo, em sua vida diária. Se não estiverem presentes, se estiverem em algum tipo de férias psicóticas de sua própria realidade... (alguns risos e Kuthumi ri). Se estiverem tomando estas medicações, não estão em casa. Não, não, não. Há uma tabuleta na porta: “Fui pescar no inferno” (alguns risos quando Linda diz, “Muito engraçado”.)

Mas há um efeito, um efeito literal que está acontecendo agora com o seu prantay, a sua essência, tão autorizada a estar aqui neste instante. Vejam, vocês não têm que empurrá-la ou forçá-la. Ela já está aqui. Vocês estão finalmente ficando à vontade com ser humano após todo este tempo. Não é surpreendente? E então, sua última vida! (risos da audiência e de Kuthumi). Mas este é o caminho que se segue, vocês sabem! Andra chamaria a isto de entrega. Entregue-se em si mesmo.

Ahhh, entendam. Entregar-se em confiança, como Saint-Germain diria. Entregar-se a quem vocês realmente são. Não mais preocupados com outra pessoa assumindo o poder que é seu. Este é um tipo de medo tão gigantesco que qualquer um daqueles que atravessaram os reinos angélicos para os reinos terrestres, têm um medo de alguém tomar o poder deles. Vejam, os anjos não podem se matar com uma arma como os humanos. Mas no outro lado há este velho jogo chamado “Tomar o poder”, chamado “Eu vou lhe absorver. Eu vou deixá-lo sem poder. Eu vou tomar a sua energia. Eu vou roubar a sua consciência”.

Assim, vejam só, vocês vêm à Terra com este medo e então vocês sobrevivem-na, e isto é ampliado pelo fato de que alguém pode “tirar a sua vida”, que você pode estar em um acidente e morrer. Assim, há este medo constante, medo constante que basicamente cria tal colisão de energias dentro de vocês que não querem mais ficar aqui. Assim o seu corpo – tipo como Sam – lá fora vagueando, mas não realmente ocupado, não realmente presente, não mais fazendo escolhas, não mais confiando.

Enfim, nas partes desagradáveis das vizinhanças angélicas, quando um anjo domina outro ser, isto não dura. Isto não pode persistir. Cada ser angélico, cada ser humano é também um ser divino e soberano por direito nato. Não é algo que vocês tenham que ganhar. Não é um distintivo que vocês conquistam após muitos éons de existências. Vocês começaram com isto. Vocês começaram com um eu divino e soberano. Vocês apenas se afastaram um pouco disto, como todos nós. Vocês procuraram por assim dizer a experiência – como era se afastar da soberania? Como era deixar de ser único e vocês para serem muito, muito múltiplos, muito, muito dispersos de tantos modos diferentes?

Mas é um direito divino que vocês sempre possuíram. Isto é porque, voltando à história do anjo, quando um ser controlasse outro, mais cedo ou mais tarde, mais cedo ou mais tarde, ambos teriam que se separar. Aquele que foi dominado voltaria eventualmente a sua própria consciência. Oh, isto poderia levar algum tempo, mas eventualmente eles o fariam. E a coisa interessante aqui para apontar... imaginem aqui por um momento um ser angélico tentando consumir o outro, tentando roubar a sua energia, tentando subjugá-los, tentando devorá-los. Assim, um ser angélico tenta roubar do outro. Isto não funciona, basicamente. Isto não funciona. A, que vocês chamam, física não permitirá que isto funcione, assim eventualmente o ser que é controlado tem que voltar a sua própria consciência. E o ponto onde eles voltam a sua consciência é quando deixam de combatê-lo, entendem. Quando eles deixam de resistir a isto. Quando eles param de atormentar diante disto. Quando eles param de tentar entender. Quando eles deixam ir.

Agora, isto é um pouco assustador, até para os anjos, mas especialmente para os humanos, porque sua resistência a todas estas energias externas é que vocês pensam que tem que mantê-los intactos. Mas é o que os tem colocado no buraco. Realmente tem. Sua resistência às ondas de rádio que aparecem do edifício agora do governo secreto...zzzzt! (risos)... a sua resistência às lições de seus pais; a sua resistência ao mudar do seu serviço; sua resistência até de mudar para a Nova Energia – são estas coisas que realmente os mantêm muito limitados, muito pequenos, sem a habilidade de expandir verdadeiramente.


Entregar-se

Agora, vamos fazer algo hoje. Vamos nos divertir! Nós nos renderemos. Nós nos entregaremos. Oh, esta palavra, esta palavra é como as unhas em uma lousa. Vocês aprenderam: “Nunca se rendam, sempre lutem pelos seus direitos”. Pelo que estão realmente lutando? A que estão se sujeitando realmente? Seu velho eu humano? Vocês querem isto de volta? Uma vida do dia a dia, às vezes o que eu chamaria de muito triste e deprimida? Vocês estão tentando se agarrar a este salário miserável que vocês têm, por medo de que não vão ter o suficiente para comer ou por medo de que os credores venham a sua porta? Vamos nos render a tudo isto agora e observar o que acontece.

Está certo, agora, não me desapontem. Ou façam ou não façam. Não digam que vão num tipo de tentar, pois isto não funciona. Vocês estão apenas resistindo mais uma vez, assim em vez de ficar fora do jogo aqui... nós vamos brincar um pouco com a energia. Nós vamos jogar com os efeitos do seu pran, sua essência.

Assim, se desejarem se juntar a mim... eu já me entreguei. Eu não terei nada a perder, vejam, (risos) e tudo ganhei... assim se quiserem. Agora, sem obstáculos aqui. Se vocês forem se segurar, permaneçam energeticamente na cozinha ou no banheiro, (algumas risadas), porque vamos brincar com algumas energias aqui agora. Não há ninguém os forçando a fazer isto também. É absolutamente pela escolha consciente – muito consciente.

Agora, vamos pedir a Andra (Norma) que se aproxime por um momento, e ela e eu faremos esta coisa onde ela respira e eu falo. Assim, Andra, prossiga. Você está maravilhosa no ato de se entregar, apesar de que tive que arrancar algumas coisas de você também e você sabe disto. (alguns risos). Está certo. Agora, Andra, vamos começar com a respiração.


ANDRA: E assim, neste momento, eu lhes convido... inspirem pelo seu nariz. Respirem. Recebam apenas.

Recebam. Pois o receber requer a entrega para deixar ir.

Deixem ir, abrindo um espaço maior.

Respirem.

Respirem profundamente. Ele está compartilhando este presente com vocês agora, respirem. Respirem profundamente, tranqüilizem-se, tranqüilizem-se. Tranqüilizem-se em vocês.

Sim.


KUTHUMI: E enquanto estão respirando com Andra, eu os convido agora a liberar tudo. E vocês dizem: “Para que? Dentro de que?” Ah, dentro de nada. No nada. Um nada que é tão pleno de confiança de sua parte que vocês poderiam deixar ir dentro do nada.
Vocês dizem: “Mas eu me entrego a mim mesmo?” Nem mesmo isto. Rendam-se ao nada. Deixem ir.

Agora respirem um pouco mais.


ANDRA: Respirando mais intensamente, mais intensamente, descobrindo o nada. Ousem, Ousem. Sim, sim!

Ousem liberar tão plenamente.

Sim.


KUTHUMI: A entrega traz problemas. Problemas que são como cães de guarda, cercas, muros e todas estas outras coisas que vocês colocam em volta para proteger o que vocês pensavam que eram. Mas agora, nas respirações que tomamos com Andra, deixem-se render.

Entregando até a mente. A mente está estalando aqui, analisando cada palavra, analisando cada visão que está passando através deste seu cérebro. A Mente está analisando a sala agora: “O espaço é seguro?” Ela está analisando você: “Você perdeu sua cabeça louca?”

Entreguem-se até isto. Deixem ir e respirem novamente com Andra.


ANDRA: Respirando, respirando neste doce momento. Acalmem-se, acalmem-se, permitindo a sua mente dançar na essência. Na essência. Sim.


KUTHUMI: E a pequena mente diz: “Mas eu não sei como me render. Eu não sei se posso me entregar. Eu estou fazendo certo? Talvez eu devesse esperar. Por que estou fazendo isto? Onde estou agora?” E está certo. Ouçam isto, sintam, mas tranqüilos, respirando com Andra, deixem-se render.

Em que vocês estiveram se agarrando? O que estiveram armazenando e acumulando? O que estiveram arrastando com vocês? Agora é um momento maravilhoso para apenas para liberar isto com alguma respiração.


ANDRA: Respire de uma vez... percebam... respirem de uma vez... a gentileza... respirem de uma vez... muito mais fácil, muito suave.

Respirem e deixem ir. Sim.

Apenas uma respiração por vez... mais e mais profundo. Sim.


KUTHUMI: Há sempre o medo do abismo. Vocês estiveram andando neste caminho por tanto tempo – o caminho entre o que vocês pensavam que fosse realidade, o que vocês pensavam que fosse equilíbrio – andando direto na direção do abismo. Oh, isto foi... de certo modo isto foi muito dramático e sedutor, muito temível, o que é realmente apenas uma forma de drama. Vocês estiveram caminhando tão próximos desta fina linha na beira do penhasco, este abismo tão escuro e profundo que vocês escutam gritando o seu nome.
Parem por um momento. Foi uma voz? Foi um demônio? Foi uma voz do outro mundo do abismo? Ouçam por um momento. Ou foi apenas Yo-ham, vocês, gritando, dizendo que era o momento de deixar ir; era o momento de desistir do velho jogo; era o momento de se renderem a vocês.

Parem por um momento e nestas próximas respirações ouçam esta voz que estava vindo do abismo que vocês temiam. Vocês sentiam que ela estava atraindo vocês, insultando-os, zombando de vocês. Mas eu quero que ouçam novamente... com alguma respiração.


ANDRA: Ouçam. Ouçam o silêncio enquanto vocês respiram. Mais e mais profundamente. Mais e mais intensamente no seu silêncio.

Tranqüilizem-se, tranqüilizem-se.

Deixem ir. Deixem ir. Fundindo-se.

Fundindo-se. Respirando, respirando.

Interiorizem-se, interiorizem-se neste seu momento. Sim.


KUTHUMI: (falando muito gentilmente) Não há inferno. Não há seres que possam destruí-los ou escravizá-los pela eternidade. Não há nada disto. Há somente vocês. Yo-ham. Você.

Isto é tudo o que há, assim na rendição, nesta suave rendição, é apenas deixar ir estas coisas as quais vocês estão se agarrando tão desesperadamente – mas também amaldiçoando ao mesmo tempo. O abismo não era um abismo de maneira nenhuma. Não era. Nunca foi. Não era o abismo de outra pessoa. Não era algum tipo de inferno. Ele não estava perdido. Eu posso lhes dizer, do meu Yo-ham para o seu, uma alma, um ser, uma essência nunca pode ser perdida. Há sempre alguma parte, talvez profundamente enterrada, mas há sempre alguma parte de Você que o esta chamando de volta a Você, entendem.

Há uma percepção que vocês podem ter perdido ao vaguear em um destes caminhos de uma existência, de um aspecto ou uma personalidade que vocês criaram. Houve o medo ao longo do caminho que talvez os deixassem tão perdidos em uma destas suas criações que vocês nunca poderiam voltar. Mas basicamente, basicamente, um ser espiritualmente dotado não pode ficar perdido. Há sempre a voz. Há sempre os sinais que o chamará de volta a Você.

Agora a questão é, você vai escutar? Você vai tentar ir pela experiência? Você está pronto para ir para a suave entrega somente para cair nos braços de Você?

Obrigado, Andra. Agradeço-lhe encarecidamente. 



Agora O Que?


Tem havido muita preocupação sobre “O que acontece quando eu deixo ir? O que acontece quando paro de empurrar, de forçar, de manipular, dedicar-me às coisas e me estressar? O que acontece quando deixo de fazer isto? Eu deixo de existir?” Na velha maneira, sim. Você deixaria de existir. Na nova maneira... eu nem mesmo quero chamar isto de “nascimentos”. Na nova maneira você voltará a você.

Aconteceu uma coisa engraçada no caminho da ascensão. Eu perdi tudo. (algumas risadas). Vejam, agora vocês estão rindo! (Kuthumi ri). Nós rimos disto o tempo todo aqui. Os humanos levam isto muito a sério. Vocês perdem o seu emprego – vocês pensam que é o fim do mundo. Isto foi o fim de uma era, talvez. Foi o fim de uma época limitada, algumas vezes suave, algumas vezes miserável.

Vocês perderam um companheiro, eles se afastaram de você ou você deles. E daí! Vocês o verão novamente, mais cedo ou mais tarde. Nos reinos angélicos, talvez novamente nos reinos terrestres, mas de uma maneira inteiramente nova. Vocês perderam a sua casa, mas vocês realmente alguma vez viveram nela? Eu lhes pergunto.

Vocês perderam a sua casa, o seu apartamento. Vocês tiveram que mudar. Eles retomaram a posse – seja o que for que aconteceu a ela. Quando vocês oravam para nós, e nós ríamos... (alguns risos). Não de vocês... bem sim, um pouco. (risos). Realmente, totalmente... (mais risos)... porque vocês não a estavam entendendo. Vocês não estavam lá em primeiro lugar. Sua casa, a propósito, seja talvez um dos símbolos mais simples – um símbolo de você, um símbolo de seu relacionamento com você. Como vocês vivem dentro de sua casa? Como vocês vivem dentro de sua realidade, dentro de sua criação aqui na Terra?

Como a maior parte de vocês notou, vocês perderam alguma coisa no Salto Quântico. Vocês perderam uma maneira de pensar. Vocês perderam uma crença. Vocês perderam uma conexão com uma velha identidade de vocês. Vocês poderiam ter ficado perdidos, literalmente, enquanto estavam em sua jornada. E muitos de vocês sentiram que algo se perdeu desde o próprio Salto Quântico – não totalmente certos do tempo, espaço ou de vocês mesmos – porque vocês estão perdendo coisas agora. Gentilmente... na maioria das vezes. Graciosamente... algumas vezes.

Mas vocês estão perdendo estas coisas que vocês estão realmente se permitindo a deixar ir, e eu não quero lhes dizer o que vai acontecer porque vocês já sabem. Quando vocês se perdem, quando perdem estas velhas coisas, vocês já sabem... talvez não colocando em palavras, mas sabem o que vai acontecer, Yo-ham. Vocês ganham novamente Vocês, o relacionamento com esta parte divina de Deus de vocês que cria a realidade de um modo tão suave e gracioso que vocês nem mesmo têm que se dedicar a isto. Vocês não têm que machucá-la. Vocês não têm que usar de força com ela.


Vivendo na Nova Energia


Vamos falar por um momento aqui sobre esta maravilhosa energia do pran, de você, de sua essência. Ela tem substância em si, mas não necessariamente de um ponto de vista de 3D único. Ela tem uma dinâmica, mas não dualidade. Ela tem capacidade, mas nada que a mente possa manipular ou controlar.

Ela é... esta maravilhosa energia de sua prantay saindo do esconderijo, tem a habilidade, tem a habilidade para vocês finalmente se compreenderem verdadeiramente e seu efeito na energia, e como usá-la apropriada e eficientemente. Ela é mensurável, e como eu disse, ela é melhor mensurável quando vocês estão participando em sua vida, quando estão plenamente presentes. Ela tem uma dinâmica que é muito diferente ao que vocês estavam acostumados a usar no passado, portanto, ela parece ser algo ilusório.

Mas... mas se vocês apenas deixarem ir os velhos modos humanos... oh, eu amaria que isso fosse uma música! (Kuthumi começa a cantar) “Se vocês apenas deixarem ir as suas velhas maneiras humanas.” Ele precisa de um pouco de aula de voz, (falando de Cauldre), mas... (risos) vocês vão ver como isto funciona, quão facilmente. Quando vocês entrarem neste entregar-se, vocês vão descobrir como tudo é realmente fácil. E então vocês vão retornar para nós, se irritar e dizer: “Como vocês não nos disseram isso antes? Como não começamos isso com a lição um?” E nós os convidaremos a voltar e ler e vocês verão que isso estava na lição um.

Mas neste apenas deixar-se ser, ao deixarem-se ser, vão ficar surpreendidos de como as coisas se desenvolvem tão facilmente e é isto o que podem esperar no Salto Quântico. Nesta energia em que vocês estão agora, podem esperar que as coisas fiquem muito mais claras. Vocês podem esperar que as coisas sejam mais fáceis – mas não se vocês esperarem que façamos isto por vocês, ou Deus, ou outro humano, ou alguém mais. Se vocês compreenderem e assumirem total responsabilidade que vocês são aqueles que fazem isto, é o seu prana saindo e fazendo com que todas estas coisas aconteçam. É o seu desejo, suas escolhas que estão permitindo que um nível inteiramente novo de criação aconteça em sua vida. Não comparem isto com as suas velhas criações humanas porque estas eram enfadonhas, eram lentas, eram muito sobrecarregadas. Assim não tentem medir isto ou comparar este viver na energia quântica – a Nova Energia – ser como a Velha.

Na Nova Energia, ela é muito simples, muito rápida e muito graciosa SE você estiver presente, você for você e tiver se entregado. Vocês estiveram muito adaptados, vocês estiveram muito... treinados realmente em alguns dos velhos focos humanos, e isto seria apenas quanto as suas necessidades básicas, as necessidades humanas. As necessidades da mente, as necessidades do corpo. Nesta Nova Energia em que estão, vocês não têm que se preocupar mais com estas coisas. Estarão bem cuidadas por você. Você. Toda esta coisa sobre dinheiro, agora isto é algo que poderíamos conversar por muito tempo. Ele tem sido uma luta para tantos de vocês e não precisa ser. É muito fácil. E vocês estão dizendo agora em sua mente: “Bem, diga-me, Kuthumi, o que é necessário para fazer isto? Há um esquema? Há um plano?” Não há nada disto. Não mais se preocupem com isso, pois o foco não está nas primeiras necessidades. Quando vocês estão nesta Nova Energia, vocês se entregaram e estão com vocês, apenas cuidem de si mesmos. Realmente façam isto.

Muitos de vocês não podem ainda aceitar isto. Vocês não podem aceitar que isto possa acontecer. Pensam que ainda têm que tramar isto, planejar, lutar por ele e agarrar-se a ele. E que tem que haver um grau de sofrimento e de limitação. Isso não existe de maneira nenhuma. Eu lhes peço que entreguem isso. Isso está retendo este fluxo.

O prana está em todo lugar. Ele emana dos seres com alma. Ele não tem que vir de algum lugar de um Deus longínquo. Prana emana dos seres com alma, e sai para esta vasta coisa chamada Onniverso. Ele é irradiado a cada momento, do cotidiano, por cada humano. Prana é um fluxo de potenciais que podem ser transformados em energia ou o que vocês chamariam de movimento ou manifestação.

Mas agora, a vasta, vasta, vasta maioria de todo o prana que está fluindo por toda parte, irradiando-se dos seres humanos, não está sendo usado. É o potencial ao qual nunca é ligado. É um sonho que nunca é permitido a ser realizado. Ele vem de vocês, ele vem dos outros. Freqüentemente ele se une a este vasto reservatório de energia. Ele é freqüentemente usado pela própria Terra e pelos seres que ajudam a cuidar da Terra. Ele pode ser usado por vocês. É seu em primeiro lugar. Vocês estão irradiando agora esta energia do prana. Não o comparem a qualquer outra energia que esteja lá fora, especialmente agora. Está entrelaçada com este novo prana, a Nova Energia. É muito potente – mas não é poderoso, entendem. Ele não tem que ser poderoso. Apenas é. Ele funciona muito, muito rapidamente.

Sua vida nesta Nova Energia deveria ser desta maneira. Deveria ser assim simples. Deveria ser tão simples como você, em sua casa ou seu templo, reconhecendo e amando você.

Quando há um completo reconhecimento, amor e entrega de você para você, todas as coisas têm que funcionar. Você não têm que colocar o seu foco diariamente em fazer dinheiro ou consertar um relacionamento, ou trabalhar em seu corpo físico, reparando-o. Vocês não têm que se engajar em toda esta coisa de jogos da mente que são realizados – os jogos, os seus campos de batalha que são exauridos em sua mente. Assim muitos de vocês desperdiçam quantidades tremendas de energia, tentando se analisar. Vocês têm estas pequenas batalhas dualísticas acontecendo em sua mente. Algumas vezes isto conduz a coisas como terapia e medicação – um gasto tremendo de energia. Trata-se de você.

Espiritualidade, religião, psicologia, filosofia, todas estas coisas são tão ontem. Hoje se trata de você. Vocês compreendem isto? Vocês compreendem isto? (a audiência responde, “sim”). Vocês podem mentir se quiserem! (risos). Trata-se de você. Você, eu imagino que você possa dizer, é a nova religião. Você é a nova psicologia. Vocês é a Nova Energia.

Agora, isto não parece egocentrismo. Se forem ao restaurante no final do dia e falarem à garçonete, “A vida se trata toda sobre mim!” (risos) Humm. Ela pensaria: “Eu espero que este louco dê uma grande gorjeta!” (risos). E certamente vocês são, pois não se preocupam com a energia. Vocês não se preocupam se for sete ou dez por cento, ou para vocês, Europeus, cinco por cento negativos. (risos). Vocês não se preocupam...vocês têm que tirar um pouco da mesa! (mais risos, Kuthumi também ri).


VOCÊ


A Nova Energia é a energia do “você”. Gostariam disto para um adesivo de carro? A Nova Energia é a energia do “você”, e por que não deveria ser? Porque quando vocês são divinos e agem de forma correspondente, criando de forma correspondente, isto muda o mundo. Quando vocês estão muito integrados e em amor por você, absolutamente em amor por você, a sua energia, o seu prana, o seu pran, muda. Ocorre uma física que cria um potencial muito novo para um mundo que está faminto por isto, um mundo que está faminto por novas respostas.

Um dos maiores problemas no mundo agora é que não tem havido quaisquer novas respostas em eras. Tem havido nova tecnologia. Tem havido novos avanços na medicina. Não tem havido qualquer novo pensamento neste planeta Terra em dez mil anos.

Houve novo pensamento por um período de tempo na Atlântida, e então desapareceu. Ele voltou nesta era atual da humanidade, mas foi apenas, neste ponto, o velho pensamento disfarçado um pouco para ir à festa, mas era realmente o velho. Não tem havido novo pensamento neste planeta Terra em eras até agora. E este novo pensamento é o pensamento do “você”. Provavelmente vocês vão ficar um pouco cansados de como vamos praticar isto. Nós estaremos repetindo isto, mas queremos que vocês compreendam que se trata de você. E se trata do tempo, antes de mais nada.

Uma das maiores barreiras que vocês têm agora é que vocês mantêm ainda responsabilidade por outros. Como Tobias lhes diria, vocês são bons trabalhadores sociais.

Vocês ainda assumem muita responsabilidade por outros humanos que estejam realmente entrando em seu caminho. Vocês acham que têm que estar lá para a sua filha ou o seu filho, ou para este seu marido indolente, ou para os seus amigos. Não, não, não, não, não. (risos). Péssimo jogo. Péssimo pedido. Estejam fora.

Este ato de assumir responsabilidade por outros é realmente um projeto de fuga, vejam. Isto é tudo o que é. Agora vocês falam para si mesmos, como vocês estão dizendo neste instante agora, mas realmente já que eu posso penetrar por esta mente e ler os seus pensamentos, vocês dizem: “Mas eles precisam de mim”. Não, eles não precisam. Não, realmente eles não precisam. Eles precisam deles mesmos. Isto é tudo o que eles precisam. Eles precisam deles mesmos. Eles não precisam de vocês. Eles não precisam de um patrão no trabalho. Eles não precisam do ombro de alguém para chorar. Eles precisam deles mesmos, e eles precisam começar a viver em casa. O que está faltando na vida deles são eles.

Eles estão se aproveitando de vocês – ou realmente vocês estão atraindo isto para vocês quando vocês dizem, “Mas eles precisam de mim”. Vocês não têm tomado algumas decisões importantes em sua vida porque estão culpando-os por isto. “Eu não posso deixar o meu emprego que eu odeio, porque...” Preencham os espaços vazios. La, la, la. Você não está realmente fazendo nenhum bem a eles por não estar inteiramente dentro de você, entende.

Quando vocês se permitirem o completo amor por você, vocês serão um ser Padrão, extraordinário, pleno, integrado, divino, humano que terá um efeito surpreendente neles. Isto seria como um imenso espelho para eles. Isto lhes dará a motivação e o potencial para mudar as coisas em sua vida se eles escolherem – e eu tenho que salientar isto.

E a razão pela qual Tobias, Saint-Germain, eu e Quan Yin estamos todos avisando vocês sobre o que está acontecendo no mundo é que há uma fome, há um desejo. Se não houvesse este chamado dos humanos, nós não estaríamos falando assim. Mas há uma ânsia tremenda. Eles estão clamando: “Alguém nos mostre um caminho”. Eles estão procurando o Moisés da Nova Energia (Kuthumi ri) para conduzi-los, para guiá-los. Mas vocês não têm que ficar perdidos no deserto. Vocês não têm que perambular por toda parte vagamente. Eles estão procurando novas respostas agora, e a resposta é... (Kuthumi faz uma pausa, alguém na audiência diz, “para mim”; alguém diz: “você”). Oh, isto não foi expresso muito bem.

Eles estão procurando a resposta agora. Eles estão procurando novas respostas agora. Eles estão procurando... (Kuthumi faz novamente uma pausa e a audiência diz: “você”) Você, você, você. Isto ainda não foi muito empolgado. (risos)

O mundo está ansioso agora. (muitos risos quando Kuthumi se repete novamente). Eles precisam de um grande prato de.... (a audiência grita entusiasticamente “Você!”) Ah! Certamente. Certamente. Eles precisam. Eles estão verdadeiramente procurando as respostas. Eles estão perambulando por toda a parte. Eles estão perdidos. Eles estão procurando algo novo. O novo é você! O novo é você, porque vocês se permitiram se render, ser plenamente quem vocês são, não se preocupando com que os outros pensem, não deixando que os outros os consumissem, ser um sendo um ser totalmente integrado, auto-curador, auto-equilibrado, auto-criador. E quando eles verem isto eles vão chamar isto de milagre. Eles irão chamar isto novo. Eles irão querer algo disto e vocês vão lhes dizer: “Não!” (risos) “Vocês não podem me ter, mas vocês podem ter... (pequena pausa e a audiência grita: “Você!”) Você! Realmente! Realmente, realmente”.

Uma coisa engraçada aconteceu a caminho da ascensão. (risos da audiência e de Kuthumi). Eu perdi tudo. (mais risos de todos). Vejam, os anjos, eles estão rindo. A cada vez que eu conto esta piada, eles riem e eles riem, e agora até os humanos.

O Salto Quântico – esta energia em que estamos agora – parem de tentar. Parem de tentar. Oh! Vocês perdem o seu tempo tentando. Vocês realmente perdem. Vocês se estressam, vocês fazem planos, e infelizmente, algumas vezes vocês ainda roubam a energia dos outros quando ficam tão deprimidos que não sabem o que fazer. Deixem ir. Não deixando ir para algum ser lá de fora, mas liberando para vocês. Neste exato momento.

Isto vai mudar uma física espiritual. Vai mudar uma física dimensional. Vai mudar o modo como vocês criam em sua vida. Vocês não têm que pensar sobre o que estamos falando aqui. Vocês não têm que ler livros sobre isto. Vocês apenas têm que deixar ir. Agora, alguns de vocês, quando vocês ainda pensam... eu posso sentir a sua energia quando estou dizendo estas palavras... vocês estão pensando em deixar ir alguma autoridade superior exterior. Não! Não há nenhuma. Não há nenhuma. Não há um Deus como vocês gostariam de acreditar. Há um Amor Todo-Presença e ele é você. Vocês têm dificuldade em aceitar isto, não é? Que você poderia ser esta fonte, você poderia ser esta longa busca pela resposta. E ela é você. Deixem ir e observem como esta Nova Energia opera facilmente. Fácil, fácil, fácil, fácil. Isto é tudo o que eu posso dizer. Se não fosse fácil, não estariam fazendo certo!... (alguns risos) a menos que vocês queiram desafios, e alguns de vocês querem. Alguns de vocês gostam do desafio, mas compreendam que isto é por uma escolha consciente.

Nesta Nova Energia em que estamos agora, há uma dinâmica de vocês que nunca, nunca, nunca viram ou experienciaram antes. Não em qualquer existência, não em qualquer identidade angélica que vocês tenham assumido. Ela está aqui. Está agora. E está pronta para trabalhar para vocês. Eu estou indo muito longe ao dizer, esperem o que vocês teriam anteriormente chamado de milagre, porque a energia funciona muito fácil. Muito, muito fácil.

Se não for fácil, parem por um momento. Perguntem-se... perguntem-se: “Por que você está tornando isso tão difícil? Por que está tomando o caminho difícil?” Se estiverem responsabilizando outros humanos, parem por um momento – por que vocês estão se associando com estes humanos então? Por que eles estão em sua vida? A Nova Energia tem um fluxo gracioso com isto que acontece muito, muito rápida e facilmente.

Eu vou lhes pedir como parte de sua lição de casa – pois eu escuto Tobias e Saint-Germain sempre propor isso, assim eu vou propor também – deixem ser fácil, suave. Não se focalizem sob qualquer condição naquelas suas necessidades humanas. Deixem-nas ir. Sua saúde, sua riqueza, sua felicidade – todas estas. Felicidade – necessidades humanas. Grandiosos Seres Ascensos, nós não temos necessidade de ser felizes, entendem. Ela nem mesmo está em nosso vocabulário. A felicidade é algo que nem mesmo contemplamos. Nós não temos que pensar: “estamos ou nos sentimos felizes hoje?” Nós somos tão completos em nós mesmos e assim vocês podem ser.


Por Que Estamos Aqui?

Eu gostaria de responder a uma pergunta importante que chega agora muito, muito freqüentemente dos Shaumbra, desde o Salto Quântico em 18 de Setembro. “Por que eu estou aqui na Terra? Por que estou aqui na Terra?” Duas coisas. Duas respostas. Muito simples, muito fácil.

A primeira: Porque vocês ouviram este chamado de outros humanos dizendo? “Dê-nos um novo caminho”. E vocês estão se dispondo a ser o primeiro grupo a passar por este processo, para então passá-lo aos outros. Ele é novo e tem que ser experienciado. Como eu disse antes, quando em dúvida, procurem a experiência. Procurem a experiência da absoluta, o que vocês chamariam, privilegiada vida na Terra. Privilegiada vida na Terra. Todas as energias estarão lá para lhes servir, para trabalhar com vocês, para elevá-los, porque vocês são os Mestres, como Adamus diz. Você é o criador. Faça-a fácil.

Vocês estão aqui, através da escolha em algum nível, para ser os que mostram àqueles que estão buscando as respostas que eles já as têm. Mas vocês têm que passar pela experiência; vocês têm que estar na carne; vocês têm que ser demonstradores capacitados para eles, assim eles poderão ver que não são apenas palavras – não é apenas outra religião, ou outro culto, ou outro livro – isto é real. Eles podem olhá-lo nos olhos. Eles podem tocá-lo. Eles podem ver que você é realmente você.

A segunda razão pela qual vocês estão aqui na Terra agora, após o Salto Quântico, ao invés de voltarem ao nosso lado: Bem, nós alugamos o seu quarto por aqui até o final. (risos) Desculpem-me! (Kuthumi ri). Vocês têm que ficar aí por algum tempo. A razão pela qual vocês estão aqui na Terra agora é que vocês estão criando o que gostamos de chamar de sua Obra de Mestre. Sua Obra Prima.


Sua Obra Prima


Vocês já estiveram em um acampamento quando eram crianças e no último dia eles lhes deram alguns pedaços de fios plásticos baratos e algumas pedras de pouco valor e vocês as entrelaçaram? Era o último dia do acampamento. Eles queriam que vocês levassem esta coisa especial para casa para mostrar a sua mãe e ao seu pai, que o seu dinheiro foi bem gasto e agora vocês eram artesões. Mas realmente o que aconteceu foi por vocês.

Alguns de vocês têm isto guardado, e a cada vez que olham para ele, colocado em uma gaveta da cômoda, talvez em uma estante de livros, ou escondido em uma caixa, e vocês se deparam com ele. O que acontece quando vocês vêem isto? Ele traz de volta todas as memórias, não apenas dos poucos momentos em que estavam tecendo esta inovação plástica, mas ele traz de volta toda a experiência de ir acampar. O lago, as brincadeiras, o medo à noite dos ursos e dos monstros, as fogueiras ao ar livre e os marshmallows. E trouxe de volta as experiências de seus amigos, aqueles que tinham conhecido antes, na sua juventude. E logo vocês se percebem percorrendo esta longa, longa trilha de memórias afetuosas, na maioria das vezes, tudo por causa desta coisa pequena e maravilhosa que vocês criaram.

Agora vocês estão aqui nestas experiências finais de seus momentos na Terra, criando a sua Obra Prima. Agora, isto é algo que será muito precioso para vocês quando se moverem para além dos reinos da Terra. Não vai ser um objeto físico necessariamente. Não vai ser algo que vocês possam colocar em seu bolso aqui na Terra agora. Mas vocês estão elaborando uma peça maravilhosa de jóia cósmica – vamos chamá-la assim – uma bela criação, uma pintura celestial, seja o que for. Mas vai ser o item mais precioso que vocês têm quando partirem deste lugar chamado Terra.

No Terceiro Círculo vocês a usarão orgulhosamente e ela sempre lhes recordará de suas experiências na Terra, e das alegrias da vida. Ela lhes lembrará das dificuldades de estar nos reinos humanos. Ela lhes lembrará dos amores e das perdas. Ela lhes lembrará de sua própria transformação do que era um ser angélico para um ser humano e agora em seu ser. Nestes dias que vocês têm agora, caso saibam disto conscientemente, vocês estão criando a sua obra prima. E vocês estiveram sonhando com ela à noite, nesta semana passada, mais ou menos. Vocês estiveram em alguns lugares interessantes que são seus e apenas seus, trabalhando nesta escultura. Esta escultura que é esculpida da consciência de sua própria condição humana, de modo que vocês sempre a tenham e sempre se lembrem destes dias maravilhosos, maravilhosos em que estiveram na Terra.


Curtindo a Vida


Eu encorajo a todos e a cada um de vocês a curtir absolutamente cada momento, cada dia, cada experiência de vida que vocês têm agora. É sua a escolha de estar aqui. Poderia ser também a sua escolha em tê-la simples, maravilhosa, gratificante. Vocês não têm quaisquer necessidades mais pelas quais lutar. Vocês não precisam disto como parte de sua criação consciente. Vocês não precisam disto como parte de seu ser consciente. Vocês não precisam disto para mostrar que são humanos. Pode ser muito fácil.

Mas vocês dizem: “Sim, mas e quanto a todos aqueles humanos lá fora que a tornam difícil para mim?” Eles não fazem isto. Eles realmente não fazem. A energia deles, o prana deles, não mantém nenhuma luz à sua. Coletivamente, se todos os humanos não-Shaumbra na Terra se reunissem agora, focalizassem a sua energia em vocês, tentando atacá-los ou dominá-los, eles nem mesmo chegariam perto.

Compreendam que o que vocês estão irradiando – uma associação de sua essência e a sua Nova Energia agora – é tão... (pausa), não há nem mesmo uma palavra humana para isso. Porque “poderoso” não é apropriado. “Dinâmico” implica força, e estamos além da força agora. Vocês estão além da força agora. Todos os humanos na Terra poderiam se reunir e tentar fazer algum tipo de ataque psíquico em vocês, e porque não há resistência, porque vocês se entregaram e perderam tudo para se tornarem tudo que vocês são, isto não faria efeito.

Não há um simples humano, um grupo de humanos ou grupo de anjos agora que possam alterar vocês, que possam tirar de vocês. Seu caminho na condição de criador está todo aberto. Escolham o que quiserem.

Namastê!


Tradução para o Português:  Silvia Tognato Magini silvia.tm@uol.com.br e
                                                   Regina Drumond        reginamadrumond@yahoo.com.br

Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, com o pseudônimo de "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com. O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.

O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.

Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.
 
As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.

O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.

Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.

Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com todo este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado. Veja a pagina de contatos no website http://www.crimsoncircle.com/

 © Copyright 2007 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.