A Sombra do Eu e os Potenciais - Parte 2

O MATERIAL DE TOBIAS

Série da Clareza:

SHOUD 6:  "A Sombra do Eu e os Potenciais - Parte 2"

Apresentando Tobias, canalizado por Geoffrey Hoppe

Apresentado ao Círculo Carmesim
7 de Janeiro de 2006



 
E assim é, caros Shaumbra, que juntos nos reunimos uma vez mais nesta bela, bela energia da Terra... que lugar surpreendente de viver, existir e criar... que lugar surpreendente para ter a si próprio e suas energias existirem para aprender de diversas formas o que vocês não puderam fazer em nenhuma outra dimensão e em nenhuma outra parte do cosmos e do omniverso... somente aqui... apenas na Terra vocês podem fazer isto. Queridos anjos, todos vocês estiveram em outras partes antes de virem para Terra. Vocês existiram em diversos espaços e – o que vocês poderiam chamar – tempos, diversas dimensões diferentes, mas nada como isto. É um tesouro. Aqui é uma preciosidade. É uma honra. 

Algumas vezes vocês ouvem de como é que vocês se ofereceram como voluntários, mas de certa maneira, é mais apropriado dizer que vocês foram escolhidos, porque somente os anjos que desejaram ir para o próximo grandioso e mais expansivo nível foram chamados. Somente aqueles anjos – vocês – ouviram o chamado da trombeta de Gabriel, soando que o tempo estava certo e a consciência do omniverso estava conveniente para iniciar o planeta Terra. Vocês pensam em termos de tempo e espaço. E, vocês pensam quanto tempo levou para chegar aqui, quanto tempo levou para evoluir como espécies, para desenvolver o corpo humano e a consciência humana. Mas, de certa maneira, foi há apenas um instante ou uma inspiração atrás. Foi apenas um instante atrás que vocês deixaram o Lar. Não faz tanto tempo.
 
Algumas vezes o que parece desanimar vocês como seres humanos é pensar que isto está durando uma eternidade. Não é o processo que necessariamente desanima vocês. É a falta de velocidade. É a lentidão que os desanimam. Se vocês souberem que poderão atravessar tudo isto no próximo ano, obviamente vocês poderiam relaxar um pouco. Vocês não estariam tão preocupados se soubessem que houve algum tipo de ponto de reviravolta, que nós chamamos de um “ponto de separação”, indo de um nível de consciência ou percepção em direção para dentro do outro. Se soubessem que isto iria acontecer em uma ordem relativamente curta, nenhum dos problemas que importunam vocês hoje se pareceria com problemas.  

Então, nós temos que rir quando vocês nos chamam, em geral à noite (algumas risadas no auditório), e dizem, “Querido – ou maldito – Tobias”, depende da noite, “Eu estou atravessando todo este trauma na minha vida, todo este sofrimento e miséria, e eu não sei mais quem eu sou”. E, que, a propósito, é uma boa coisa. Vocês atravessaram por tudo isto, e eu, amorosamente e gentilmente, respondo “Querido, tenha paciência”.   

Quase que universalmente, a resposta entre vocês Shaumbra é, “Paciência que nada”(muitas risadas no auditório) “Eu estou cansado de paciência, vocês dizem. Eu estou muito preocupado com o processo, como o tempo que leva, não com o processo atual ou experiência, mas o quanto parece se arrastar”. Adivinhem, Shaumbra, vocês podem mudar isto. E, eu tenho tentado explicar isto a vocês, mas vocês tendem a se desligar de mim neste ponto. Então eu direi a vocês agora, e vocês podem se desligar pelo resto do Shoud.  

Mas… assim deixem-nos alterar o tempo. Vocês usam esta coisa no braço, este relógio de pulso. Vocês têm dispositivos mecânicos nas paredes. Mas, verdadeiramente não há esta coisa de tempo, não como vocês o conhecem, de qualquer modo. Nós não temos relógios do nosso lado. E bem francamente, nós ficamos entediados e contidos por esta entediaste natureza do invólucro de tempo que vocês operam... vejam vocês... porque quando vocês estão em uma zona de tempo e nós estamos aqui como seus criados leais e fiéis – sem nenhum pagamento, é claro – mas leais e fiéis (algumas risadas), nós também caímos em uma estrutura de tempo. E, isto é muito difícil para nós. 

Então, talvez durante este Shoud de hoje nós possamos começar a expandir o tempo. Nós possamos começar a transcendê-lo, usá-lo quando nós quisermos usar, quando vocês quiserem usar, e não usá-lo quando não for apropriado. Ninguém disse que um dia tinha que ter 24 horas. Se vocês tirassem todos os seus relógios e dispositivos de tempo, e depois dispensassem os efeitos do sol, que nasce em um horário exato e se põe em um momento exato, vocês não teriam conceito de tempo. O tempo significaria muito pouco para vocês neste ponto.

Vocês poderiam depois mais facilmente se abrir para a natureza multidimensional, o potencial, a sombra da eternidade. Então, vocês poderiam usar isto para sua própria conveniência, da maneira que quisessem. Há momentos, é claro, que vocês querem que o tempo siga muito lentamente – quando estão curtindo uma música, apreciando a companhia de amigos, meditando, quando vocês estão fazendo uma longa caminhada. Quando estão assistindo a um filme, algumas vezes vocês querem que o filme dure para sempre. Há muitos momentos em que o tempo pode ser esticado.  

Não há nada, absolutamente nada, além do revestimento da consciência que diga que o tempo é fixo. Mas, vocês têm acreditado e se apoiado nisto. Vocês dizem “Eu tenho que estar trabalhando em tal horário”. Bem, primeiramente, vocês podem abrir mão de seus empregos. Então, vocês não teriam este problema (algumas risadas), conforme já dissemos diversas vezes, Shaumbra. Ultimamente, vocês querem se tornar autônomos, ativamente auto-desempregados, se vocês quiserem colocar isto precisamente.   

Então, se vocês não tiverem este elemento do tempo alargando as dificuldades ou ansiedades, os desafios de viver no planeta Terra, não pareceriam tão difíceis. Assim, nos permitam iniciar este Shoud desbravando o tempo por si mesmo, quebrando suas barreiras. A sociedade de vocês é mais e mais orientada pelo tempo. Não estamos dizendo que vocês vão dissipar o tempo ou se livrar dele como um todo. Estamos dizendo que vamos usá-lo quando for conveniente e ignorá-lo quando não for. Vocês irão esticá-lo quando for apropriado e quando não, irão condensá-lo e compactá-lo. Que coisa surpreendente... um grupo de humanos efetivamente ignorando as barreiras e as limitações do tempo.  

Agora, neste exato momento, nós vemos alguns de vocês preocupados em chegar atrasados aos encontros. E, talvez vocês devessem experimentar isto algumas vezes, para sentir com o que isto se parece. O mundo vai desabar? Não! Estas pessoas da reunião verdadeiramente precisam da energia de vocês? Não... eles podem continuar sem vocês, coisa triste a dizer (algumas risadas). Vocês irão perder suas posições legítimas se vocês perderem a reunião? Provavelmente... provavelmente, vocês então irão basicamente desaparecer deste lugar com que estão trabalhando.   

Vocês pediram por este novo trabalho... percebem. Mas, vocês querem a garantia de que o terão antes de deixar o antigo. Ah… ah, queridos Shaumbra, isto é um abismo que vocês devem superar. Vocês devem liberar em seus próprios corações amorosamente e completamente o que vocês estão prontos para liberar. E, se você não estiver pronto para isto, se sujeite a isso. Se isto continua servindo a você, se sujeite a isso. Mas, quando você estiver pronto para deixar ir, deixe ir completamente e veja o que acontece. 

Seus medos surgem. Vocês dizem, “Mas depois, como vou pagar minhas contas?”. Bem, que tal se você criar um tipo de situação mais abundante que funcione? Que tal se você criar uma nova forma que a abundancia entre em profusão? Não tem que ser um novo trabalho. Não tem que ser uma simples substituição de um por um, velho emprego/novo emprego. Este é um pensamento linear. Pensamento da Velha Energia. E, é também um pensamento entediante. E, é um tipo que esgota você, que esgota a sua mente. Nós iremos transcender toda esta questão de tempo, uma das enormes coberturas que existem.   

Hoje, estou aqui com a energia do querido Adamus-Saint Germain. Estamos juntos aqui. Vocês notarão, se ouvirem por um momento... ouçam por um momento... sintam... e se conscientizem das diferentes camadas de energia que estão operando simultaneamente. Vocês pensam que estão ouvindo uma voz. Vocês estão ouvindo muitas vozes simultaneamente, neste exato momento. Vocês pensam que as palavras estão vindo de Cauldre, através dele – como vocês chamam isto? – microfone, de dentro do microfone e através do sistema de vocês – obrigado (para Linda) – através do sistema de vocês, Mas, não estão. Vocês simplesmente têm tendência a acreditar nisto. Vocês têm sido conduzidos a se focarem nisto.  

O que vocês estão ouvindo neste exato momento é isto e mais. O que vocês estão ouvindo neste exato momento sou eu, Tobias. Eu estou, neste exato momento, posicionado próximo a vocês. Vocês não estão ouvindo através do sistema de som. Vocês estão ouvindo porque eu estou exatamente atrás da sua cabeça, exatamente aí. Eu estou falando com vocês de uma forma diferente.   

E vocês estão ouvindo a energia de Adamus-Saint Germain. Saint Germain que está exatamente na frente de vocês... ele diz, apontando para sua cabeça. Ele está falando com vocês também. Vocês estão ouvindo uma voz; vocês estão ouvindo vozes simultaneamente. Oh, e depois, há um coro aqui, o coro Shaumbra que está falando. Todos vocês estão falando. Todos vocês estão fazendo o Shoud igualmente com todos nós, neste exato momento. Eles estão por todo o mundo, Shaumbra. Eles são, e eles estão falando. Nós estamos falando em uníssono como uma voz, como muitas vozes, como um conceito, como múltiplos conceitos.

E, vocês dizem, “Mas eu não posso ouvir nada”. Mas, sim vocês podem de verdade, se vocês se expandirem. Nós estamos satisfeitos que Cauldre fez como pedimos para ele fazer no começo da reunião de hoje – expandam a energia, expandam suas energias. Sim isto significa sua imaginação. Acreditem em sua imaginação tanto quanto possam se abrir e ouvir. Ouvir não tem que necessariamente vir de seus ouvidos físicos. Ouvir também é um senso divino. Simplesmente está aqui. Está simplesmente aqui.  

Nós iremos contar a vocês algo, um pouco mais tarde, neste Shoud de hoje – iremos dizer efetivamente a vocês mesmos – sobre toda esta arena da imaginação, de níveis múltiplos, do porquê algumas vezes vocês ficam paralisados.  Este é o tópico primário da nossa discussão hoje. O que bloqueia vocês? O que deixa vocês paralisados? Não é realmente muito. Vocês gostam de acreditar assim às vezes. Mas, não é realmente muito. Nós iremos falar a este respeito.  

Mas, por um momento ouçam apenas a magia de várias vozes. Oh, algumas delas também estão começando a ser manifestadas através da genuína voz literal e vibração de Cauldre. Vejam vocês, Cauldre... ele fica desconcertado quando falamos sobre ele. Mas, Cauldre tem passado muitas vidas treinando como um canalizador. E, uma das coisas mais importantes de qualquer canal não é apenas se abrir para que nós possamos nos manifestar. Vocês abrem todas as tubulações – nós, vocês mesmos, aqueles de vocês que canalizam ou praticam o Shoud. Vocês abrem todas elas. Assim, Cauldre estudou isto, como muitos de vocês fizeram no passado.

Mas, também há algo mais que acontece quando se estuda sobre canalização – como literalmente trazer todos estes aspectos energéticos dimensionais através da voz. Quando Cauldre canaliza, também vem através da voz física dele as nossas vibrações e a de vocês. É um dom do canalizador, uma obrigação do canalizador treinar a voz que literalmente se estende por todo caminho desde da parte debaixo da barriga e sobe todo o caminho através dos pulmões, do peito e da boca, canalizar nas energias físicas igualmente.  

Então, vocês estão com o “som amplificado” hoje. Ele está vindo de várias direções diferentes. Por quê? Bem, vocês irão ouvi-lo... se vocês não ouvirem de uma fonte, ouvirão de outra, mas também porque vocês são multidimensionais. Conforme nos sentamos conversando com vocês neste exato momento, há energia sendo derramada por dentro do seu espaço, dentro de seu reino, energia de diferentes aspectos dimensionais que então correspondem a aspectos dimensionais ou sombras de vocês... vejam vocês.

Assim, isto é muito mais que simplesmente vocês se sentarem nas cadeiras, Cauldre sentado canalizando aqui. Está acontecendo em todos os níveis. Estejam vocês cientes ou não, está acontecendo em todos os níveis. Uma coisa surpreendente... é o estilo de vida da Nova Energia, multidimensional, multipotencial, tudo ao mesmo tempo. E, vocês sabem, não está vindo de algum outro lugar. Não está vindo do etéreo. E, não está necessariamente até vindo de nós. Está aqui o tempo todo, esperando, esperando que vocês permitam que ela venha e atue.  

Então, hoje Saint Germain, eu, Tobias, os anjos que nos acompanham, outros Shaumbra todos reunidos aqui que tem a intenção de ir para o próximo nível... o primeiro passo, tempo... transcendendo o tempo. Vocês não precisam mentalizar sobre isto. Vocês não devem se sentar com seus relógios e encará-los e tentar mudá-los e configurá-los. Vocês apenas precisam entender que o tempo é flexível. Os humanos têm feito isto totalmente indiferentes. 

Mas, no âmago disto... apenas por um minuto sinta o âmago do tempo. Não o definam, apenas sintam-no. Sintam o âmago do tempo, o estabelecido por trás dele, por que ele está aí, como ele tem servido a vocês. Não em sua cabeça... se você está sentindo pressão em sua cabeça, faça uma respiração profunda, sinta o tempo. No âmago da sua energia, ele pode ser facilmente expandido.   

Algumas vezes vocês dizem a si mesmos que levarão alguns minutos ou horas para desempenhar uma tarefa. E, depois dizem, “Mas eu apenas posso fazer tanta tarefa na quantidade determinada das horas do dia”. Bem, então isto se torna verdade. Mas, agora digam a si mesmos, por exemplo, Algum dia farei várias tarefas. Irei completar muitas coisas em um período de tempo muito curto. Elas simplesmente estarão realizadas eficientemente e efetivamente sem que eu fique neurótico ou nervoso a respeito. Elas se processarão simplesmente no tempo devido, em um período muito curto. E, que deixará mais tempo para mim – ou “tempo-inexistente” – para fazer coisas que eu verdadeiramente quero fazer para mim mesmo.

Sim, sempre haverá tarefas. Também, há tarefas aqui do nosso lado do véu. Mas, nós as colocamos dentro do tempo – como dizer – tipos de cápsulas, então as tarefas se realizam muito facilmente. E, permitem mais “tempo-inexistente” para que façamos coisas que amamos fazer...  percebem.  

Assim, Shaumbra, hoje nós voltaremos ao Centro de Serviços Shaumbra. Estivemos lá alguns meses atrás. Isto é uma energia, um lugar imaginário que é muito real. Sim, eu amo isto – um lugar imaginário que é muito real. Vocês pensam que os dois não são compatíveis, mas eles são absolutamente compatíveis. A imaginação e a realidade – elas efetivamente são a mesma coisa. É apenas como a energia se manifesta, que é diferente... percebam. 

Então, iremos ao Centro de Serviços Shaumbra hoje, porque ele é um lugar maravilhoso. Sua energia está lá. Ele é um lugar maravilhoso para falar sobre os acontecimentos, sobre bloqueios, sobre tornar possível o desenvolvimento dos potenciais. É um lugar maravilhoso para se abrir. Nós iremos fazer um pouco – como dizer – um exercício de grupo hoje para abrirem-se. Nós iremos realizar certo movimento de energia, para não ter duvida. Falaremos sobre alguns conceitos e algumas filosofias.   

Assim, vamos nos unir, tragam suas energias unificadas ao Centro de Serviços Shaumbra. Isto não causa nenhum esforço. Ele não leva nenhuma aplicação de força. Não forcem sua mente. Se vocês escolherem estar lá, então estarão.   
Seu Centro de Serviços Shaumbra, sua impressão das energias dele pode diferir de alguma forma da pessoa que está sentada ao seu lado. Isto é apropriado. No externo, ou reino expandido, cada um tem uma visão diferente das energias. Se você estiver vendo um belíssimo piso com espesso carpete, carpete espesso que você pode simplesmente repousar no Centro de Serviço Shaumbra, mas a pessoa próxima a você sente e percebe chão de madeira, é porque eles existem aqui em conjunto. Carpete, madeira, ladrilho, impureza, água – vejam, ele é multidimensional. Quais dos potencias você quer captar? É por sua conta.

Assim, nos sentamos aqui no Centro de Serviços Shaumbra renovando nossa energia. Estamos em um lugar seguro para nos permitir a liberação de alguns bloqueios, nos permitir olhar além do que pensamos que somos. Então, façam uma respiração profunda e sintam a energia.  

E, a propósito, nós temos uma pequena desaprovação para alguns de vocês aqui. Vocês se deparam com perturbações. Alguns de vocês se meteram em algumas interessantíssimas perturbações traumáticas ao longo destas suas semanas passadas de feriados... que tempo maravilhoso para o drama! Vocês caíram em perturbações. Depois se oprimiram. Ficaram cabisbaixos. Ficaram deprimidos. E, depois alguns de vocês ficaram também um pouco chateados. Vocês deixam isto ditar a sua vida.  
 
E, depois vocês blasfemam e dizem “Mas eu estou aprendendo todas estas coisas nos Shouds. Mas, não deve ser para mim. Ou, não deve ser real porque depois eu entro dentro de todas estas perturbações e estes traumas com a minha família, com o meu trabalho. Como eu posso ser um Shaumbra se eu simplesmente fui despedido um dia antes do Natal?” Eu sei que vocês estão ai fora... nós ouvimos. “Como isto pode acontecer comigo?”  

Shaumbra, ao invés de ficarem chateados e aborrecidos, ao invés de fazerem o “pobre de mim”, ou ao invés de, ainda mais que tudo, ao invés de sentirem que vocês não são merecedores de tudo isto, parem por um momento. Venham para cá, o Centro de Serviços Shaumbra. Muitas vezes está vago e vazio. Não há nenhum Shaumbra aqui. Vocês podem ter o lugar para si mesmos.   

Venham aqui... sentem-se...respirem profundamente. Tragam suas perturbações com vocês se quiserem. É de fato um excelente lugar para processar, olhar ou observar suas perturbações e realmente ver a sombra atrás do que vocês pensam ser os seus os problemas. Venham ao Centro de Serviços Shaumbra. Não joguem fora sua energia em todas estas coisas. Venham para cá por um momento. Nos chamem – eu, Tobias, Saint Germain, Quan Yin, Ohama. Nos chamem. Sentem-se com nós se vocês quiserem. Não obstante, não nos peça para resolver o seu problema, porque vocês conhecem nossa resposta. O que está no seu interior? Como isto se parece a você?   

Agora, vocês perguntam a si mesmos, sentados aqui no Centro de Serviços Shaumbra, “Então o que está por detrás deste acontecimento? Por que eu fui demitido? Por que é que meu corpo tem se sentido tão desgastado ultimamente? Por que é que eu estou tendo problemas contínuos com minha família? Por que é que eu quero deixar meu cônjuge, mas não consigo me ver fazendo isto? Eu sou miserável, mas não posso me separar”. Bem, venham aqui, sentem-se... respirem profundamente... tomem um copo de água. Certamente que podem; vocês podem beber um copo de água exatamente aqui. Tentem isto.  

Porque alguns de vocês pensam, “Bem, isto é simplesmente tolice”. Sim, é, mas não tão perto da tolice de ser um humano unidimensional fincado na Terra. Isto é realmente tolice. Não precisam estar ai. Então, tomem um copo de água. Se refresquem um pouquinho. Faça uma respiração profunda, e digam em voz alta ou dentro de si mesmos, “O que há com isto? O que é?”. Agora, no minuto em que vocês dizem, tudo irá se ajeitar. A resposta vem a vocês. Ela vem, mais cedo ou mais tarde.   
 
Se vocês estão presos na sua cabeça, e estão tentando esclarecer isto aí, então a resposta tomará um tempo difícil para se fazer conhecida por vocês. Ela estará exatamente aí. E, algumas vezes nos podemos ver a resposta flutuando em torno do seu campo energético. E, nós temos que dizer, “Querido Deus, por que eles não podem ver isto claramente como nós vemos? É porque vocês estão em seu cérebro”.  
 
Vocês estão operando nas – o que nós podemos chamar – dimensões próximas. Vocês não estão operando nas dimensões criativas. Nós falaremos sobre isto em breve. Saiam das suas cabeças um pouco. Vamos a questão. Parem de tentar descobrir pelo pensamento. “Querido Espírito, querido Eu, querido Shaumbra, o que quer dizer esta abundância de acontecimentos que estão em minha vida neste exato momento ou na falta de abundância? Por que de repente sou atingido por todas estas contas, e o meu carro quebrou, meu aluguel simplesmente aumentou, e eu perdi meu emprego?”

Vejam... ponham isto fora. Vocês estão realmente colocando aí realmente. Vocês estão colocando isto dentro de vocês mesmos. Vocês estão escutando o interior. Deixem ir por um momento. Parem de pensar sobre isto. Vocês acabaram de apresentar a questão. A todo tempo algum anjo ou humano faz uma pergunta – uma das coisas mais bonitas do mundo – isto estabelece uma dinâmica quando a resposta vem fluindo. Ela tem que. É uma resposta do que vocês chamam de o universo. Mas, é de fato uma resposta de vocês mesmos.

O que se passa é que você apresenta a questão, para si mesmo. Todos os níveis dizem, “Oh, é hora de movimentar adiante”. Há um desejo por respostas e entendimento. Eles estão cansados de seguir através de experiências. E, agora nós criamos, ou nós trazemos próximo, a resposta que de qualquer forma sempre esteve ai.  
 
Agora, aqui está vocês... vocês apresentaram a sua questão. Vocês deixaram ir. Desliguem-se... sentem-se no Centro de Serviços Shaumbra… bebam água… nadem na piscina... sentem-se na banheira quente... sentem-se debaixo da cachoeira, um dos lugares mais populares aqui. Há uma bela, bela cachoeira. A água é morna. A água não se arrebenta sobre vocês; ela tem movimento lento... vejam... porque aqui vocês podem até mesmo diminuir os efeitos do espaço. E, a água cai em cascatas sobre você.
 
Apenas sentem-se por um momento. Respirem... coloquem alguma música. Temos todos os tipos de música aqui, cada música que em alguma ocasião foi colocada no – como vocês chamam – seus CD’s. Cada canção que foi em algum momento pensada, mas nunca foi escrita, está aqui. Música Celestial... nós temos até mesmo música country (algumas risadas). 

Então, vocês têm que deixar ir. Agora, não coloquem uma restrição de tempo ou limitação sobre quando a resposta precisa estar aí. Isto começa a estragar tudo. Deixem vir, sem limites de tempo... percebem. Vocês estão com o tempo ausente. Todas as suas respostas são atemporais. Não digam, “Eu preciso de uma resposta em cinco minutos”, porque agora vocês colocaram uma rotação ou para começar uma energia desequilibrada na questão.  Sigam sem marcar tempo aqui. Alguns de vocês estão dizendo, “Mas, e se levar um ano?” Bem, o que fazer se isto levar um ano? Ainda assim vocês terão a resposta, ou não? Não se preocupem com o tempo aqui no Centro de Serviços Shaumbra. Sejam atemporais. A resposta virá. 

Então, Shaumbra, a pergunta que foi feita em nosso Shoud do mês passado, a questão sobre a escuridão. Alguém fez a pergunta, “Qual é a diferença entre escuridão e maldade?” E, de maneira breve nos respondemos e dissemos, “Escuridão é um estado natural de ser”.

Escuridão pode ser chamada de vários outros nomes, negativos. Ela pode ser chamada de energia feminina. Ela pode ser chamada de “outra” energia, o “outro lado”, seja qual for o nome que queiram dar. É apenas parte da equação. Ela pode ser o “zero” comparado ao “um” da iluminação. Ou, ela pode ser o “um” comparado ao “zero”. A escuridão e a luz no seu sentido mais puro não estão trancadas dentro das suas estruturas de energia. Elas mudam... vocês vêem. Elas mudam para a frente e para trás – da escuridão para luz. Elas mudam suas personalidades. 
 
Então a questão foi feita – escuridão versus maldade. E, nós dissemos que a escuridão é um estado natural de ser. É parte da dualidade. É uma dimensão em si mesma. É a parceira e a amante da luz. E, elas mudam de papel de lá para cá. 

Maldade (“E v i l” em inglês) – a qual alguns de vocês sabem que pode ser viver (“L i v e” em inglês) soletrando a palavra ao contrário - maldade é um desequilíbrio da escuridão, onde há muito foco na escuridão, e bastante foco nas – que nós poderíamos chamar – nas energias de raiva talvez... ou ódio... ou impaciência... falta de amor... como você quiser defini-la, É um desequilíbrio da escuridão. Ela está colocando um foco na escuridão e tentando ignorar a luz.   

Assim, surgiu a questão da nossa querida Linda, “Então o que ela é quando há luz desequilibrada?”. E, porque nós estávamos – como dizer – tentando responder o maior número de perguntas possível, nós a adiamos. Mas, nós gostaríamos de falar sobre isto por um momento agora, porque é um aspecto muito importante de ser um ser múltiplo-dimensional e um múltiplo-potencial na Terra. Vocês precisam entender a dinâmica da luz e da escuridão.  

Luz… vocês são “Trabalhadores da Luz”. Vocês trabalham na Luz, eliminando a escuridão do universo. Isto é o maior engodo, Shaumbra (algumas risadas). Isto também é desequilíbrio. Nós temos uma palavra para isto aqui. Ela realmente não está relacionada a nenhuma palavra humana. Mas, na melhor tradução nós podemos fornecer, nós chamamos isto de “anost”, anost (Tobias pronunciou isto como uh-NAHST). Que significa um desequilibro da luz. O desequilibro da luz, ou anost, é uma recusa da escuridão. É uma recusa da metade de vocês mesmos, se não for mais. 
 
Há várias, várias pessoas da Nova Era... nós estamos rindo aqui porque Cauldre está... ele está balançando sua cabeça para nós. Ele diz, “Agora, nós iremos contrariar tudo das pessoas da Nova Era”. Mas, eles precisam de um pouco de antagonismo, vocês sabem (algumas risadas). É hora deles saírem dos seus tronos um tanto quanto macios... vejam vocês.  

Há também um desequilibro para a luz. E, nós temos que rir quando ouvimos sobre os “guerreiros da luz”. O que vocês estão batalhando? Vocês vão sair fora e guerrear com a escuridão? Bem, elas vão ganhar, porque elas são fortes... vejam. E, porque vocês estão sacando as suas espadas, elas irão sacar as delas também. E, agora vocês têm uma verdadeira batalha em andamento. Agora, vocês têm, apesar de todas as suas palavras de paz e de amor e todas estas outras coisas...  a sua negação da escuridão que cria em primeiro lugar a batalha.   

Vejam... a escuridão está simplesmente pedindo para se reconhecida. Agora, esta é uma dura questão para alguns por causa da coberta da escuridão. A escuridão tem recebido um golpe ruim... vejam... das, sim, das igrejas, de tudo. Vocês não podem ser escuridão. A escuridão freqüentemente é equiparada à maldade. E, ela não é. Ela é simplesmente uma versão desequilibrada, versão instável da escuridão. Não há nada de errado com a escuridão.   

Assim, Shaumbra, vocês podem estar em desequilíbrio com a luz, tão desequilibrados que isto faz com que sua própria fortaleza seja débil. Depois, ocorre que vocês falam destas palavras esotéricas suaves a respeito de paz na Terra, mas realmente não entendem qual é a dinâmica. Vocês querem salvar o mundo sem ter compaixão pelo mundo.   

Geralmente, quando vemos uma pessoa desequilibrada com a luz, a primeira coisa que reconhecemos e a falta de compaixão, por incrível que pareça. Vocês podem pensar que a escuridão pode ter falta de compaixão. Mas, é a luz, a luz desequilibrada, pensando que tudo deve ser salvo, e eles são os únicos que podem salvar. 

O que acontece quando as pessoas estão desequilibradas com a luz é que elas se tornam muito aéreas, etéricas, mal ancoradas, intangíveis. Mas, elas não são nem de longe eficientes. Elas têm todos estes conceitos suaves que realmente não são práticos, realmente não movimentam a energia no todo. O desequilíbrio da luz é empurrado pela energia e derrubado pela energia, antes de ser verdadeiramente efetiva em movimentar a energia. 

Então, queríamos abordar esta cobertura de percepções da escuridão. Agora, há vários anos atrás em nossa reunião Shaumbra anual, falamos que a escuridão é a sua divindade. Foi uma das mais duras que tivemos que passar através de Cauldre e alguns de vocês, se abriram para dizer que a escuridão é simplesmente a companheira da luz. Isto não está certo e nem errado. Elas têm sido amantes. Elas têm sido parceiras. Elas têm preenchido uma a outra. Elas têm sido os espelhos que tem permitido a vocês olharem quem são. 

Vocês podem atingir o ponto da evolução de vocês de olharem a escuridão e a luz da mesma forma? Nem considerando uma como boa, nem a outra como ruim... elas simplesmente são. Elas são expressões. A escuridão ajuda a girar a luz, Shaumbra. Ela movimenta a luz. A luz ajuda a iluminar novas áreas, mas isso requer que a escuridão dilate-a. Requer que a escuridão ancore-a na terra. Não estamos falando sobre escuridão/diabólica, escuridão/perversa, escuridão/violência.  Nós estamos sobre o núcleo das energias.  

De vez em quando, como explicamos há muito tempo atrás, a escuridão e a luz trocam de papéis... vejam vocês. A luz diz, “Agora eu quero experimentar como é ser a escuridão”. E, a escuridão quer experimentar a iluminação da luz. Assim que, elas trocam de papéis.  

Geralmente, está mudança de papéis entre sua luz pessoal e a escuridão tem ocorrido entre as suas vidas. Vejam... Geralmente não era prudente fazer isto no momento em que estavam encarnados. Há casos disto, e Andra, Norma, podem falar mais a vocês a este respeito... o que acontece quando...  uma inversão de papeis acontece quando uma pessoa ou espírito esta incorporada na forma física, em uma encarnação. Isto colocará tudo a perder. Então geralmente vocês estão com os papeis invertidos... e isto não é – alguém está perguntando aqui – isto é inversão de polaridade? De certa maneira, realmente não... isto é uma questão diferente. Esta inversão de papéis ocorre entre as vidas.  

Agora, para aqueles que estão passando por um processo de ascensão espiritual muito intenso ou evolução espiritual, isto ocorrerá enquanto vocês estiverem neste corpo... vejam vocês. Isto tem acontecido a cada um de vocês onde vocês que tiveram a troca de uma para a outra da escuridão e da luz. E, isto tende a arremessar fora todas as coisas da sua realidade. Este é o ponto onde geralmente vocês perdem o emprego e os companheiros e tudo mais que vocês tenham equilibrado e trazido para sua vida. 

Mas, agora vocês trocam de papéis. Mas, é diferente em relação ao passado. Eles trocam de uma para a outra, então podem experimentar isto, então podem ver a si mesmos de um novo lado oposto. E, depois eles retornam. Eles se misturam; eles se mesclam juntos. O que está acontecendo exatamente agora para muitos de vocês à medida que está combinação ocorre... vejam vocês, o escuro e a luz sempre, sempre manterão um certo grau das suas próprias identidades. Até mesmo quanto se fundem terão consciência que “Uma vez fui luz; uma vez fui escuridão”, vejam só. Então, luz e escuridão não necessariamente vão embora; eles simplesmente encontram uma nova maneira de dançarem juntos.  

Mas, o que ocorre quando eles se re-combinam… vejam, todos vocês tem passado por esta inversão de papéis, a inversão da luz/escuridão nos últimos cinco ou seis anos. Nós sabemos que parece que vocês atravessaram isto muitas, muitas vezes, mas não passaram. Isto somente pode ser lidada uma vez na vida física... acreditem em nós. Vocês atravessaram esta inversão, e agora elas estão retornando juntas.  
 
Agora, pensem em termos de um eclipse… vejam… um eclipse lunar, um eclipse solar… quando vocês têm um elemento passando em frente ao outro, temporariamente bloqueando ou sombreando o outro... vejam vocês... quase como uma sombra invertida. Isto é o que está acontecendo com vocês exatamente agora em suas vidas. Vocês estão integrando, mesclando e casando a sua escuridão e a sua luz. 

Agora, não vão sair correndo, fora desta sala dizendo ao público em geral que vocês está casando a sua escuridão e luz, porque eles não vão entender.  O estigma da escuridão é tão forte que eles possivelmente não podem deixar eles mesmos chegarem lá. Eles estão em suas próprias batalhas com a luz e a escuridão neste exato momento. Vocês sabem com o que se parece; vocês passaram por isso nesta vida, e através de outras também.

Mas, vocês estão reintegrando. Agora, vocês têm um tipo de eclipse de alma atuando – não solar – mas um eclipse da alma ocorrendo neste exato momento, o escuro e a luz se mesclando juntos novamente, mas quase projetando uma sombra inversa... percebem. Então, ao mesmo tempo em que isto está ocorrendo, vocês algumas vezes querem saber por que há todos estes ingredientes em suas vidas, por que as coisas não podem simplesmente se acomodar de novo. Mas, é um processo que vocês pediram, um processo que vocês quiseram, um processo que vocês podem se desapontar se não passarem por ele. Se vocês retornarem para nosso lado neste exato momento, vocês poderão dizer, “Mas por que vocês não me encorajaram a continuar. Eu estava quase lá. Estava re-unindo de volta novamente”. Isto está acontecendo exatamente agora.  

Assim, isso é muito apropriado durante este tempo do eclipse da alma, da escuridão e da luz, um eclipse da alma, a propósito, ao invés deles separarem-se retrocedendo novamente, eles se mesclam juntos. Neste tempo de eclipse da alma nós falamos sobre os potenciais, as sombras... vejam... que são criadas. Atrás do eclipse da escuridão e da luz no interior de vocês, re-unindo-se... atrás do eclipse há então muitos, muitos potenciais.  

Algumas vezes é difícil colocar em palavras, mas enquanto vocês sempre tiveram quase infinitos potenciais para escolher em sua vida, aqueles que estavam mais ao alcance de suas mãos ou domínio estavam de alguma forma limitados... vejam vocês. A habilidade de trazer um tipo todo diferente de potencial estava limitada. Estava lá, mas estava por detrás de um entendimento consciente ou da habilidade da biologia verdadeiramente introduzi-lo. Mas, com este eclipse de alma que está acontecendo em sua vida, o número ou potencial de potenciais está mais próximo agora. A habilidade de trazer as coisas que há um ano ou dois atrás pareciam impossíveis, duvidosas, agora são possíveis. Isto tudo é resultado do eclipse da alma. O número de sombras ou potenciais, que estão agora dentro do domínio da realidade são de longe, de longe mais grandiosos... de longe mais grandiosos.

Quando nós sentamos com Cauldre e com vocês e canalizamos a Prece Silenciosa, a qual foi dada mais cedo hoje... a prece Silenciosa é a “prece dos potenciais”.  Nós a chamamos assim pela primeira vez, Cauldre não teve noção do que estávamos falando, então nós tivemos que mudar o nome para Prece Silenciosa. A Prece Silenciosa basicamente diz, “Tudo já está em minha realidade… todas as coisas já estão aqui… eu preciso apenas aceitá-las… trazê-las para minha realidade consciente… o amor que eu procuro já está em minha vida… eu simplesmente preciso abrir a porta e deixá-lo entrar, melhor do que me sentar, me queixando sobre porquê não o tenho. A abundância que eu escolhi em minha vida de forma que me possibilita fazer este trabalho, de forma que eu posso ser um exemplo vivo, abundante do Espírito na Terra já está aqui...” vejam vocês.   

Alguns de vocês dizem, “Mas onde, mas onde?” Oh, está aqui. Está aqui. É um potencial no qual vocês não estavam se focalizando, que vocês não estavam percebendo, mais está aí. A saúde do seu corpo... A Prece Silenciosa diz que seu corpo já está curado, porque o potencial, a sombra, para o corpo curado já está aí. Vocês tem tido tudo isto dentro de vocês o tempo todo. Eles estão aqui agora, Shaumbra.

A Prece Silenciosa é uma prece de potenciais. Pode ser que queiramos dar uma olhada para colocá-la como um subtítulo da Prece Silenciosa. Pode ser que quando os Shaumbra fazem a Prece Silenciosa… a qual não é uma prece de pedir ou rogar… é uma prece de realização e aceitação. “Eu compreendo que a minha vida é abundante em todos os detalhes. Eu compreendo que eu sou de toda maneira”. Talvez, Shaumbra, ela deva ser a Prece dos Potenciais onde vocês não têm que pedir por nada; vocês simplesmente abrem as portas para que ela venha. É uma coisa surpreendente.  

Falamos no nosso último Shoud a respeito das sombras e dos potenciais. Nós dissemos que os humanos tendem a viver uma vida muito singular, dificilmente ate mesmo dualista, mais singular, uma singular expressão de si mesmos, uma singular trajetória em que eles estiveram e continuam estando. O Shaumbra está aprendendo que é mais que singular. O Shaumbra está aprendendo isto através da energia da imaginação que pode tornar possível o desenvolvimento de todas estas outras coisas. Que pode trazer para ele, através do portal, o portal cristalino, que conduz diretamente para dentro desta realidade do Agora, que entra dentro do seu momento do Agora.  

Mas, quais são os bloqueios? O que está segurando vocês? Por que isso não parecem funcionar? Bem, primeiro de tudo, todos vocês estão tentando muito duramente. Estão tentando forçar isso, e estão tentando calcular. Vocês estão tentando na verdade, alguns de vocês, contra isso e manipulando, e isto não poder ser.

É uma realização. É por si mesmo o seu próprio sistema de crença. É absolutamente uma cobertura. É uma crença de que há mais de você do que você. Que isto também é um fato evidente, mas é uma crença. É sobre permitir a você mesmo crer que nisto, permitindo a você mesmo sair da caixa em que você tem estado, mas para fazer isto sem se esforçar, empurrar e lutar. 

Outra coisa que definitivamente retém isto são os votos, juramentos e promessas que têm feito a si mesmos.  Cada um destes votos, juramentos e promessas nesta vida ou nas vidas passadas servem como um tipo de barreira...  ou bloqueio… uma pedra no caminho… uma barreira na estrada… ou um prego, um prego que vocês pregaram na parede da sua alma, para prender vocês mesmos dentro... um voto que provavelmente vocês nunca negociaram nas artes obscuras. Meu deus... por que não?  Oh, vocês abusaram delas; sim, nós já ouvimos sobre isto antes.  
 
É tempo de superar isto. Alguns de vocês disseram, “Mas eu fui uma bruxa. Eu fui um feiticeiro. Eu estava sobre a influência da obscuridade”. Repensem a escuridão, Shaumbra. “Sim, mas por causa do tipo de mágica que transmiti até certo ponto, outros abusaram dela”. Bem, isto é verdade, mas vocês não. Oh, alguns de vocês dizem, “Mas, sim, eu abusei dela”.  

Mas, agora é hora de moverem-se além disto tudo. É hora de tirar este prego da porta da sua alma, o prego que vocês usaram para se manterem fechados e limitados. Vocês sentiram certa culpa e angústia pelo que fizeram. Vocês disseram “Nunca farei isto novamente”. Ban, ban, ban… preguem isto… vocês simplesmente se limitaram. Vocês simplesmente se fecharam aos potencias, probabilidades e possibilidades de sua alma.

Vocês disseram, “Mas eu matei outro humano”. Sim, vocês fizeram isto... não foi uma boa coisa... vocês sabem melhor agora. Vocês não vão fazer isto. E, sabe o que mais? Eles estão de volta à Terra. Eles provavelmente não conhecem vocês, e eles provavelmente não guardam ressentimento contra vocês. Mas vocês pregaram outra tábua num lugar sobre a casa da sua alma, dizendo, “Nunca farei isto novamente”.   

Vocês sentiram culpa a respeito do abuso de poder, porque vocês viram o que isto fez a vocês. Vocês viram o que isto fez ao seu espírito. Vocês viram o que isto fez aos outros. Então, ban, ban, ban... vocês pregaram outra tábua para bloquear as portas e as janelas da casa da sua alma... todas estas coisas, Shaumbra, outra vez mais e mais. 

Nós já liberamos muitos deles. Tiramos um monte para fora. Mas, continua havendo alguns. Há alguns que estão tão profundamente incrustados que vocês não podem ao menos vê-los, alguns que vocês efetivamente os esconderam.  Vocês são muito manhosos, vocês sabem, muito manhosos. Vocês disseram, “E não quero nunca mais fazer isto novamente. Esta foi a pior coisa que já fiz. Eu nem mesmo queria ter feito isto. Eu não quero em nenhuma hipótese liderar um exército de guerreiros em uma batalha, porque eu vi o sangue que foi derramado. E, eu vi as vidas que foram tiradas. E, eu vi as famílias que sofreram sem merecimento algum”, além do mais alguém falou que foi uma guerra para Deus... vejam só. 

Alguns de vocês têm este mesmo voto ou juramento em vocês. E, depois daquela vida, vocês disseram, “Nunca mais. E, eu vou assegurar que eu nunca farei isto novamente, porque eu vou enterrar este prego. Eu mesmo vou fechar com tábuas esta parte da minha alma. Eu vou enterrar este prego. E, eu vou imaginar que ele não está lá, até mesmo se algum dia eu der uma olhada, se eu buscar por ele algum dia, tentando tirá-lo. Se alguém tentar me enganar me levando para dentro da minha alma e abrindo partes que estão deixadas cobertas da melhor maneira, eu vou imaginar que elas não estão lá. Eu vou dar a mim mesmo uma cobertura, a hipnose. A mais forte hipnose de todas é a para o seu Eu. Eu vou fazer isto a mim mesmo então eu nunca, em ocasião alguma irei encontrar este prego” vejam vocês. 
 
Agora, vocês estão em um ponto interessante. O prego está aí, vocês sabem. Esta tábua sobre a porta da sua alma está aí. O que vocês vão fazer? O que vocês vão fazer com seus votos e juramentos que foram enterrados tão profundamente, aqueles que disseram, “Eu nunca permitirei a mim mesmo ter abundância de dinheiro novamente porque isto me tornou uma pessoa corrupta”. Sim, vocês foram (algumas risadas), mas vocês não repetirão isto, Shaumbra. Consciência, a sua consciência, o seu amor tem permitido a vocês transcenderem. 

Vocês compreendem exatamente agora… simplesmente tomem um momento para sentir isto enquanto nos sentamos aqui no centro de serviços. Vocês compreendem que se vocês tivessem um enorme fluxo de abundância em sua vida, neste momento, como se sentiriam? Apenas sintam isto por um momento. Oh, agora parem com isto – um de vocês simplesmente disse que poderia dar tudo a qualquer um – agora parem com isto. Primeiramente apreciem isto vocês mesmos.  

Imaginem… sim, vocês estão certos… estão absolutamente certos… todos vocês de repente compreenderam que não precisam disto tudo? Estão certos. E, todos de repente compreenderam que se vocês tivessem este tremendo fluxo de abundância em suas vidas, vocês também compreendem que tem que haver um fluxo para fora, não há sentido em acumular ou escondê-lo, não tem sentido usá-lo para propósitos de medo, pensando que o mundo irá chegar ao fim. Se o mundo chegar ao fim, seja o primeiro a pular fora (algumas risadas)... eu garanto. Pensem sobre isto. Por que sofrer... partam mais cedo (mais risadas).  

Então, Shaumbra, vocês tem este fluxo de dinheiro chegando. Sintam-no por um momento. Sintam com o que se parece. Sintam como é finalmente ter a energia de volta à sua vida. Sintam este potencial. E, sim, vocês estão certos – tem que fluir para dentro e fluir para fora. É um fluxo e refluxo, um ciclo natural. Que significa usar ele apropriadamente. Talvez, vocês queiram construir um centro. Talvez você simplesmente queira investir na economia... cinco carros. Talvez queiram várias casas. 

Agora, vejam o que isto está fazendo. Este prego está colocado aí. Este prego está tão apertado aí dentro. E, vocês estão dizendo, “Mas isto parece tão egoísta. Eu não preciso de todas estas coisas”. Shaumbra, deixem ir. Deixem estas limitações para fora. Nós sabemos – e vocês sabem – vocês não vão ficar malucos com isto. Vocês não irão usar e fazer coisas que não são apropriadas para vocês mesmos ou para os outros. Serão equilibrados... vejam vocês. 

Têm que ser equilibrados. Por que? Porque vocês estão entendendo a luz e a escuridão... vocês estão juntando-os. Vocês estão fazendo um eclipse da alma. Vocês estão casando os dois. Dinheiro não tem sempre que estar fora de equilíbrio... relacionamentos nunca fora de equilíbrio... amor... sexo... alimentação... todas estas coisas, nunca fora de equilíbrio, porque vocês escolherão vir aqui.  

A propósito, alguns de vocês se preocupam; dizem, “Bem, mas eu estou entrando em equilíbrio. Estou aprendendo estas coisas. Estou verdadeiramente pronto para aceitar os presentes e a alegria na minha vida. Mas, e se eu deslizar para trás?” Há uma física espiritual que faz isto quase impossível – porque vocês atingiram um certo nível de iluminação... vejam só. Vocês não podem apagar isto.  
 
Então, vocês não irão deslizar para trás. Vocês não farão maldades, coisas obscuras. Vocês nem mesmo irão desequilibrar as coisas iluminadas. Isto será um equilíbrio. E, vocês também nos pediram para assegurar que não deslizarão para trás, que nós chegaremos algumas vezes e daremos palmadas em vocês, no seu traseiro, se vocês fizerem isto (risadas no auditório). E nós daremos; nós amamos fazer isto (mais risadas). Nós amamos fazer isto de fato, porque – se vocês não notaram até agora – conforme vocês caminham, os Shaumbra caminham... conforme os Shaumbra caminham... vocês caminham... vejam vocês. 

Tantos de vocês estão sentindo as energias desta entidade Shaumbra em suas próprias vidas. Ela vem para ajudá-los e serem vocês e assistirem vocês. Mas vocês também podem sentir quando há uma – como dizer – quando há um distúrbio na força Shaumbra. Vocês podem sentir quando um outro Shaumbra está tendo um momento difícil. Talvez, vocês nem mesmo saibam o nome deles, mas vocês podem sentir, a si mesmos, ou como parte de um grupo.

Vocês estão em sua própria consciência, e vocês estão na consciência do grupo... uma vez que vocês estiverem escolhendo que seja desta maneira. Assim, também nos convém trabalhar com vocês, porque à medida que caminham, então nós caminhamos. Somos uma família. Somos um grupo. Somos Shaumbra. 

Então, o que mais está restringindo vocês de todo este conceito de potenciais, novos potenciais trazidos à luz? Bem, há muitas coberturas pesadas vindas de fora de vocês, vindas de outras pessoas – seus co-trabalhadores, pessoas que vocês encontraram nas ruas. Há particularmente coberturas pesadas da televisão e da mídia porque eles estão alimentando todos os demais. Oh, a mídia é o maior mecanismo de alimentação que nós possivelmente conhecemos, porque ele pode alimentar vários ao mesmo tempo. Ele alimenta realidades e sistemas de crença. E, apóia a manifestação das crenças do mundo todo.  

Sistemas de crenças são muito, muito pesados. Eles afetam vocês porque, no momento em que vocês estão sentindo ou experienciando uma coisa internamente, o mundo externo está tentando dizer a vocês, “Não, é desta forma, de maneira alguma. Vocês devem ser capazes de transcender para poderem entender. É tempo de se desligarem destas coisas que assim alimentam. É tempo de deixarem ir estas versões da realidade. Então, deixem ir isto tudo, Shaumbra. Isto é outra coisa que estão retendo vocês”. 

Seu próprio sistema de crença interno – como pode ser possível isto? Nós ouvimos vários de vocês dizendo, “Tobias, maravilhosa teoria, mostre-me, prove isto”. Não podemos fazer isto porque sua realidade é baseada no seus sistemas de crenças. E mesmo se fizéssemos isto, então sua próxima idéia poderia ser, “Bem, você fez, mas não fui eu”. Vejam, tem que vir de dentro de vocês. 

Seus próprios sistemas de crenças sobre a natureza da realidade precisa de um pouco de exploração. Vocês precisam da uma olhada interna. Qual são os seus sistemas de crença a respeito da natureza da realidade? Vocês têm que tocá-los, senti-los e cheirá-los para que seja real? Ou, podem aceitar a imaginação?  Podem aceitar outras probabilidades e possibilidades?  

Vocês são um ser muito complexo. Você são parte humanos, parte anjos. Vocês são parte Deus e certamente parte demônio. Vocês têm todos estes diferentes aspectos em vocês. De vez em quando vocês apenas precisam vir ao Centro de Serviços Shaumbra, saír da confusão e do barulho. Percebam, há uma energia muito especial aqui. Não tem – o que podemos chamar – o nível de barulho de suas cidades, o nível de barulho da Terra e da humanidade. Vocês podem vir aqui e permanecer além disto, passar por algum rejuvenescimento.   

Assim, Shaumbra, de certa maneira, deixem-nos… ajudá-los a entender os conceitos, deixem-nos dar uma analogia. Vamos falar sobre carro uma vez que vocês estão em um centro de serviços, um carro. Agora, imaginem um carro, o seu carro, o seu veículo. O carro não é nada mais que uma coisa física, uma concha feita de aço e rodas, alguns plásticos, e se você for afortunado o bastante, um pouco de couro.   

O carro, de certo sentido, não tem uma mente. Ele simplesmente está aí, muito parecido com seu corpo físico. Seu corpo físico é um veículo, seu veículo. Mas, agora vamos dizer que acrescentamos um cérebro ao carro. Vamos dar um cérebro ao carro. Vocês não têm isto em sua realidade física. Mas, vamos criar agora um carro que tem um cérebro. 

Agora o cérebro deste carro ajudará a chegar de um lugar a outro. O cérebro ajudará o carro saber agora como ir para a loja, como ir para o escritório, como virar a direita e como virar a esquerda. O cérebro irá acumular e coletar informação das direções e rotas, mas também das coisas a fazer e não fazer.  

Vejam, parte da função do cérebro é proteger o carro e proteger a identidade dele mesmo. Nós agora temos um carro-cérebro. E, ele quer se manter muito centrado em si mesmo. Intuitivamente ele sabe se proteger e manter a si mesmo. Assim, agora o cérebro assume a responsabilidade das coisas a fazer e não fazer. O cérebro sabe que vocês não pisam no pedal do acelerador e vão a 128 quilômetros por hora, próximo a uma curva muito acentuada. Ele protege a ele mesmo.  
 
É uma coisa maravilhosa. Vocês deram a vocês mesmos um cérebro. O cérebro coleta e armazena informações. Ele é um banco de dados. E, ele também tem a habilidade de fazer julgamentos, baseado em coisas que aconteceram no passado. Ele não tem como julgar as coisas antes de experimentá-las. O cérebro por si mesmo é muito limitado desta forma. Ele coleta dados, faz julgamentos. 

Mas, não tem a habilidade de predizer o futuro. Na verdade, se vocês começam a falar da nova experiência, ou do futuro, ou de algo que ele nunca tenha passado anteriormente, o cérebro coloca uma energia de medo. Ele não sabe; ele está protegendo o carro por si mesmo agora. Então ele coloca o medo, exatamente como vocês. 

A maioria dos humanos efetivamente opera em primeira instância – que poderíamos chamar – “consciência corpo/cérebro”, exatamente como um carro agora com um cérebro, protegendo a si mesmo.  A maioria dos humanos está simplesmente protegendo a si mesmos. Eles estão armazenando dados, aprendendo com atravessar cada dia, protegendo e defendendo a eles mesmos. 

Assim, agora vamos pegar o seu carro que agora tem um cérebro; ele adquiriu algum discernimento para ele. Ele sabe como fazer certas coisas, sabe como se deslocar e proteger a si mesmo. Agora, vamos acrescentar alguns sentimentos a ele.  Uau... um carro com sentimentos! Vejam, de certo sentido, anteriormente o cérebro não se preocupava; o carro-cérebro não se preocupava a respeito de sentimentos. No final da contas ele apenas se preocupava sobre preservar a sua identidade. Ele sabia disto intuitivamente. Mas, agora ele adquiriu sentimentos. Ele pode sentir dor. 

Agora, o cérebro diz, “Oh, que dor… quando outro carro bate em mim, ele se machuca com isso. Ele não se sente bem. Se há partes se desgastando, agora ele pode sentir. Antes eu sabia que elas estavam se desgastando. Isto não tinha um efeito particular em mim. Eu era indiferente, além de proteger e manter a identidade. Mas, agora eu tenho agregado uma nova profundidade – eu posso efetivamente senti-la. Eu efetivamente tenho “dias bons de carro” e “dias maus de carro”. (algumas risadas) Eu de fato com meus sentimentos… Eu comecei a notar que há alguns carros de bela aparência na outra extremidade do estacionamento (mais risadas). Aquele pequeno Miata está muito atraente hoje”.

Vejam, agora o carro tem sentimentos, e ele começa a operar no todo de uma forma diferente… emoções e sentimentos e consciência. O carro agora tem um certo nível de consciência que agrega uma nova dimensão. Vários humanos operam em corpo/cérebro e baixos sentimentos. Nós os chamamos sentimentos de “baixa vibração”, um certo grau de entendimento, consciência de dor e sentimentos que agradam a eles, que fazem eles felizes, que fazem eles tristes... percebem. Assim, a maioria da humanidade está naqueles níveis de um dos dois, corpo/cérebro ou corpo/cérebro/base de algum-sentimento.

Agora, deixem-nos acrescentar o espírito ao carro, espírito. Oh, imaginem o que isto faz! Espírito é propósito. Espírito é consciência. Espírito é “EU SOU”. O carro agora compreende que é um carro. Ele tem a sua própria personalidade, sua própria identidade. Ele tem um corpo e um cérebro e alguns sentimentos. Mas, agora ele é verdadeiramente completo. Com espírito adicionado ao seu veículo, agora há significado. Agora, há propósito, não apenas sobrevivência, não apenas evitando dor e buscando prazer. Mas, há o propósito da evolução e expansão, crescimento e criação.  

Agora, com o espírito ingressado dentro do carro, o carro também toma um aspecto do todo, um novo entendimento do todo. Ele compreende que ele pode re-criar a si mesmo novamente mais e mais. Ele pode recriar a si mesmo, vindo a ser um Chevy Lumina, e agora pode recriar a si mesmo como uma Mercedes, para usar alguns de seus exemplos de revestimento. Ele pode criar a si mesmo como um Jeep.  Ele pode criar a si mesmo como um táxi. O espírito dentro do carro compreende a criação e recriação. Então, o espírito diz a si mesmo, “Se eu criei a mim mesmo uma vez, eu posso criar a mim mesmo e recriar a mim mesmo mais e mais e mais”, vejam vocês. 

Há quatro níveis de operação, e nós acabamos de basicamente de reverter o projeto do anjo humano. Começamos com um corpo, e chegamos ao espírito. Vejam... em seu caso foi de outra forma – o espírito foi que assumiu o sentimento ou emoção, que assumiu um cérebro, que assumiu um corpo.  Queremos que vocês entendam como cada uma destas camadas trabalha... como toda a composição se altera quando adicionamos um cérebro ao corpo... quando adicionamos sentimentos ao cérebro e ao corpo, ele muda tudo. 

E, a adição do espírito é o ultimo. Ele adiciona a habilidade de entender o indivíduo como indivíduo, ter uma consciência do indivíduo, existe um propósito no indivíduo, o propósito de não apenas sobreviver, não apenas viver, mas dirigir como um louco (risadas no auditório), sentir o vento contra o pára-brisa, ver o belo, as vistas panorâmicas. O espírito ajuda a entender a alegria, realização, criação, todas estas coisas. 

Vocês são agora estes quatros elementos unificados. Vocês estão começando a entender o espírito... lentamente... mas, estão começando a entender. Um dos outros bloqueios, Shaumbra, o maior bloqueio, o maior bloqueio de todos... é o que vem operando no corpo, dentro do cérebro e em uma extensão de níveis ou dimensões de sentimentos. Vocês têm estado apartados do espírito. O Espírito tem estado com vocês, inclusive quando ficam buscando-o fora. O Espírito tem estado aí. 

Agora, vamos trazer o Espírito a esta mistura. Ele é você; ele é o “EU SOU”. Ele é a consciência. Ele é a parte que não conhece a morte... vejam vocês. O Espírito não pode conhecer a morte... nunca... jamais. Não há morte no coração do Espírito. Ele é a re-criação, re-criando, re-inventando vocês mesmos mais e mais.  
 
Um dos maiores bloqueios é ter diferentes agendas – a agenda humana versus o deleite espiritual, o propósito espiritual, a presença espiritual. Vocês têm perguntado sobre todas estas coisas em sua vida para satisfazer o corpo – tentar fixar as rodas, tentar tirar os rasgos do estofado, tentar corrigir a corrosão, tentar fazer com que o motor arranque algumas milhas a mais. Seu foco, Shaumbra, humanos, tem sido consertar o carro. 

E, é tempo de reinventar o carro, recriar o carro, e parar de tentar reconstruí-lo. O medo tem sido a morte. O medo tem sido a finalidade. Você tem operado no três – que podemos chamar – níveis baixos, ou níveis básicos, de sempre tentar manter a integridade do carro, tentar preservá-lo e protegê-lo. Assim, a sua agenda para fazer com que o carro tenha apenas um pouco mais de brilho, seja um pouco mais rápido, fazendo do carro um pouco melhor que alguém mais, não é necessariamente coerente com o desejo da alma. Vocês têm estado desligados de suas almas porque vocês têm se focalizado em coisas básicas para manter este velho carro funcionando.  

Vejam, Shaumbra, tem havido uma desconexão entre vocês e a sua alma. Vocês têm chorado por coisas que talvez realmente não eram tão importantes para a sua alma. Ultimamente, a alma quer simplesmente se expandir e recriar novamente mais e mais. O aspecto que vocês se apegaram com tanta força em suas vidas, o aspecto de vocês, o humano, sentado aqui na cadeira, esperando apenas mais alguns anos de vida na Terra, realmente não tem importância para a alma. Ela não se importa. Esta parte de vocês mesmos não se preocupa com coisas como esta. Algumas vezes, esta parte de vocês, a qual vocês obscureceram, conhece bem melhor, sabe que muitas vezes é hora de terminar uma vida para que possa re-criar a si mesmo.  

Querida Melanie, que faleceu recentemente, que foi a professora de Cauldre, entendeu perfeitamente bem e entende isto neste exato momento. Algumas vezes a alma apenas quer re-criar a si mesma. Bem, parte dela, é claro, quis reparar o corpo onde o câncer estava surgindo. Mas, ela teve que conectar com a alma dela. “Qual é o real propósito? Qual é o real significado disto?”. E, a alma disse, “É tempo de nos re-inventarmos a nós mesmas. Este velho ser, este velho você, está cansado. Nós podemos fazer um trabalho muito melhor. Novos modelos foram lançados agora (algumas risadas). Nós podemos fazer um trabalho muito melhor”.   

Assim, vejam, o maior bloqueio de todos, tem sido o que vocês consideram ser a sua agenda, seus desejos versus o desejo da alma. Nós vamos unir isto. Vamos trazer eles juntos de novo. Vamos colocar eles juntos dentro de um eclipse, um eclipse de alma, um completo entendimento.   

Vejam, vocês pensam que a sua alma sabe tudo sobre o que a humanidade quer. Não sabe porque vocês a excluíram. Vocês têm impedido a passagem dela com barricadas. Vocês têm tido bastante votos e juramentos e promessas. Vocês têm mantido separado a alma e o ser. E, agora vamos juntá-los novamente. Oh, certamente eles são partes do mesmo, mas vocês têm criado uma separação artificial. Vamos trazê-los de volta juntos.   

Vamos inspirar por um minuto... a alma... o indivíduo... que é a parte de vocês que ama criar, que ama recriar, que ama expressar a vida, esteja ela dentro de um corpo físico ou fora. De certo sentido, a alma, seu ser verdadeiro, não tem desejos ou necessidades ou agendas. Ela sabe que já está aí. O ser alma é a parte que entende cada probabilidade e potencial. Já está aí. A parte que algumas vezes vocês vêem chorando a noite é a sua alma porque vocês escolheram não ver que já estão lá, que vocês já estão lá.  

Então, Shaumbra, agora mesmo no centro de serviços, vamos começar a trazer a alma para dentro da sua vida, dentro de vocês, dentro da sua realidade, dentro do Agora. Com isto também vem o entendimento de como trazer estes potenciais para a sua vida. Apenas a convide a entrar sem agenda. Convide a vocês mesmos a entrarem.  

Então, nós vamos fazer outra observação aqui, parte do... nós vamos falar mais sobre isto no próximo Shoud. Mas, parte do outro grande bloqueio é o nível dimensional que vocês vem trabalhando. Agora, Saint Germain entra em grandes detalhes sobre isto na Dreamwalker School (Escola do Caminhante do Sonho). E, a propósito, eu, Tobias, estou sem nenhuma – como dizer – agenda. E estou sugerindo que cedo ou tarde cada Shaumbra passe pela Dreamwalker School. É informação que… não é a respeito da morte. É a respeito de novas realidades e novas probabilidades. É sobre isto de que se trata verdadeiramente. 

Saint Germain fala em grande detalhe a respeito do não físico, dimensões ou realidades nos limites terrenos. Ele chama isto de “realidades-próximas”, não físicas, realidades nos limites da Terra, próximo porque eles estão próximos da Terra. Eles são não físicos, mas eles estão conectados muito próximos da Terra. É aonde temos tendência de ir à noite. E, é aonde temos tendência de resolver nossos problemas. E, é aonde seu cérebro se sente mais confortável porque ele tem a visão e o sentir, o aroma, e o andar da realidade física. Vocês ficam mais confortáveis lá. 

A maioria das pessoas nunca passa das dimensões ou realidades próximas quando morrem. Elas deixam a Terra; elas simplesmente deixam seus corpos. Elas penetram nas dimensões próximas, as quais possuem todos os atributos da Terra; é simplesmente sem matéria.  

Saint Germain no Dreamwalker School fala a respeito de atravessar o próximo portal que conduz ao que ele chama de “reinos cristalinos”. Ele conta aos alunos que a mente não trabalha aqui nos reinos cristalinos. Os reinos cristalinos estão muito além do reino da Terra, e não há particular associação ou familiaridade dos reinos cristalinos com a Terra. Vocês deixam tudo para trás.  

Os reinos cristalinos são aonde as novas coisas se originam. Os reinos cristalinos são chamados “cristalinos” porque eles são a energia da semente Crística em uma forma embrionária, originária. Se vocês vão para estes reinos vocês sentem o nascimento ocorrendo. É criativo. É não mental.  A mente não opera fora daqui. Alguns têm tentado impulsionar a eles mesmos dentro destes reinos através do uso de drogas, e eles enlouquecem, porque a mente não funciona. E, nas drogas vocês sempre trazem a sua mente... vejam só... péssima viagem (algumas risadas). 

Exatamente agora, dentro do centro de Serviços Shaumbra, à medida que falávamos, nós movemos – com sua permissão – nós movemos para fora o mental. Alguns de vocês adormeceram, porque adentraram no cristalino. Alguns de vocês estão mantendo suas mentes ocupadas com jogos ou fingindo estarem ouvindo. Mas, nós efetivamente estivemos no cristalino. 

A partir daqui – e novamente e vou enfatizar, e sublinhar e por um ponto de exclamação, se vocês fazem isto textualmente, por favor – nos reinos cristalinos a mente não funciona! E, se sua mente está trabalhando sem intervalos, vocês não estão nos reinos cristalinos... ponto. Não funciona. Você tentará forçá-la trabalhar. Vocês vão até mesmo tentar tirar algumas pequenas notas mentais a respeito de como os reinos cristalinos são.  

E, então vocês vão – como dizer – se sentir o maximo e tentar contar as pessoas com o que eles se parecem. Vocês não podem... não podem. Eu posso tocá-los e levá-los a entender a energia cristalina, mas eu não posso falar a respeito disto. Vocês podem compartilhar isto com outra pessoa do seu coração ou tocando-os. Mas vocês jamais podem dizer a eles sobre isto, não porque seja um segredo, mas porque está além das palavras e além da mente.
Cada um de vocês tem estado lá em um momento ou outro. Assim, agora a recordação está aí, mas ela não é lembrada dentro do cérebro... vejam vocês. O cérebro está se esforçando para tentar compreender isto. E, o cérebro está contando a vocês agora mesmo, “Oh, sim eu tenho estado lá. Eu sou um mestre lá; eu sou um professor lá” (risadas do auditório).  Eu não me lembro de ter convidado Kuthumi a entrar, mas adivinhem, ele apareceu (mais risadas).   

Os reinos cristalinos são onde as verdadeiras probabilidades e potenciais são criados. E, é aonde todos os problemas são resolvidos... percebem. Na Dreamwalker School, Saint Germain fala em detalhes sobre isto, indo tão fundo quanto ele pode, mas transmitindo tanta energia quanto ele sabe fazer. 
 
Assim, Shaumbra, quando vocês estão tentando dizer, “Agora, como é isto de se abrir aos novos potencias e probabilidades? Como eu trago as sombras ao agora, agora que estou tendo um eclipse da alma, trazendo a luz e a escuridão ao mesmo tempo? E, há uma imensidão de novos potenciais disponíveis para mim neste exato momento. Como eu os trago para mim?”

Subam aos reinos cristalinos. Comecem por aqui no Centro de Serviços Shaumbra. Se vocês precisarem de uma companhia ou guia, tudo bem. Há vários aqui que poderão levá-los. Desbravem os reinos cristalinos. E, depois fiquem serenos... e experimentem a criação nascer... experimentem a si mesmo serem reinventados. E, façam isto sem medo. 

Experienciem como é ter tudo acerca de vocês reinventado, recriado. Imaginem todos os potenciais que podem ser introduzidos na sua realidade. E, imaginem que ele não tem que ser apenas um potencial; ele pode ser vários. E, então deixe-os fluir. 

Sim, suas vidas irão mudar... outra vez... nós sabemos. Coisas irão acontecer. Mas, respirem profundamente, e deixem-nas acontecer. Parem de tentar prender tão fortemente este velho carro. Parem de tentar reconstruir o carro. Talvez, há um potencial que existe que o carro possa ser reinventado por ele mesmo sem ter que primeiramente ser destruído... vejam vocês... vejam vocês, como tudo se junta. 

Então, Shaumbra, nós vamos responder uma questão agora, antes que ela seja perguntada novamente. Vocês dizem “Mas todos estes potenciais existem, o potencial que eu poderia ser um grande músico, o qual eu sempre quis ser. Mas, eu não sei nada sobre música. Então, como isto funciona? Este potencial está completamente carregado? Consegue chegar aqui e é um pianista e compositor bem sucedido? E, eu apenas sento aqui como se estivesse fazendo uma canalização e começo a tocar adiante?"

Ele é um potencial, mas pode haver outros potencias que querem vir primeiro por uma variedade de razões. E, isto é onde o completo aspecto dimensional de você – corpo, mente, sentimento e espírito – trabalham juntos. Mas, o que ocorre é que vocês trazem esta sombra adiante. Vocês a inspiram. Vocês permitem-na vir. Vocês sabem sem limitações.  

Agora, este potencial está aqui. Mas, de alguma maneira, a princípio é alguma coisa etérica, instável. Ele está posicionado lado a lado com vocês, o ser físico. Ele é parte de vocês, mas é também ele mesmo. E, agora ele está precisando ser alimentado. Ele tem um propósito e desejo. Ele quer criar música. E, agora ele tem que ser preenchido. Ele é como um ser vazio, de certo sentido, esperando para ser preenchido. 

Ele começa a se auto-alimentar do seu coletivo. Ele começa se auto-alimentar aqui neste momento também... e exatamente aqui... e exatamente aqui... vejam só… em todo lugar há energia e consciência de música. Ela não existe desconectada dentro de alguma montanha em algum lugar. Ela esta por todos os lados. A energia da música está em todo lugar, simplesmente como a energia da pintura, ou a energia do descobrimento científico. 

E, esta ser potencial de probabilidade que acaba de se unir a vocês na realidade através da imaginação, agora começa a alimentar. Ele pode começar a captar acordes. Ele pode começar a captar o entendimento da escala musical presente, a qual, a propósito, é uma cobertura limitada por si mesma. Ele pode começar a captar o sentir e a ressonância dos instrumentos a partir do ar... vejam vocês. A consciência de massa permite que tudo isto esteja fluindo por toda parte a qualquer momento.  

Vocês atraem a probabilidade que vocês mesmos querem inventar – vamos dizer, por exemplo – um novo recurso energético para a Terra. A Terra precisa disto neste exato momento. Ela precisa de uma nova forma. Então, vocês começam trazendo a probabilidade e o próprio potencial que entende como trazer a energia da água. Vocês o trazem, e isto começa a alimentar a consciência de massa, a informação está armazenada. Nós sabemos que alguns de vocês falam sobre registros akáshicos algumas vezes. Há um “registro na consciência humana”, apenas flutuando, exatamente por todos os lados. Vocês literalmente podem começar a captar as energias e informações do ar, trazendo-as à própria probabilidade, trazendo-as para vocês.  

Alguns de vocês ultimamente tem tido a experiência onde vocês sentiram... oh, sim, nós ouvimos.. nós estamos indo muito longe aqui. Mas, estamos nos divertindo. Alguns de vocês ultimamente tiveram a experiência, dizendo, “Mas, eu não sei de onde eu conheço isto. Eu me sinto tão inteligente. Eu devo estar canalizando”. Não vocês estavam trazendo para si as próprias probabilidades, dos próprios potenciais.  

Aqueles potenciais próprios imediatamente começam a se conectar à alimentação da consciência de massa, e também com a permissão da alimentação da grade, alimentando-se de mais bases de dados do omni-universal, e depois começam a experienciar e a brincar com a energia...   vejam vocês.  Assim, todos os recursos estão aqui mesmo. Vocês introduzem este potencial. Vocês deixam-no começar a se alimentar. É por isto que alguns de vocês começam a ouvir músicas sendo tocadas que vocês nunca ouviram no rádio, mas elas estão vindo através de vocês. Vocês estão acessando dentro da consciência de massa. 

Vocês querem saber como – como dizer – trabalhar com a física nuclear. Oh, sim vocês podem estudar nos livros, mas uma coisa interessante acontece. Vocês criaram a própria probabilidade que escolhe saber sobre física nuclear. Conforme vocês começam a ler os livros, de repente a sua compreensão cresce espontaneamente, um salto quântico. Bem, vocês estão lendo, mas há outras coisas acontecendo também. Vocês estão se conectando às informações da consciência de massa. E, vocês estão trazendo-na, não através da mente, mas através de sua própria conexão cristalina.

Cada um de vocês tem uma conexão cristalina que não tem sido usada há tempos, há muito tempo que vai além dos reinos próximos, que se conecta diretamente com os reinos cristalinos... vejam só. Que não tem sido usada há tempos. E, o seu dever de casa para os próximos dias, 30 dias ou o tempo que tivermos, é para se interiorizarem e verem – quando vocês se fecharam com sua conexão cristalina? E, por que vocês a excluiram?  

E, escutem. Venham ao Centro de Serviços Shaumbra e ouçam a resposta. Ela é importante. Neste momento não é um trabalho de casa trivial. Isto é um trabalho de casa importante.  

Esta conexão cristalina está dentro de vocês. Vocês apenas a desativaram. Vocês simplesmente puxaram a tomada. Por que vocês fizeram isto? Quando vocês fizeram isto? E, vocês estão prontos para reativá-la? 

 E assim é!

 

  
Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, vulgo "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com. O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.

O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.

Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.

As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.

O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espada que chega à vocês.

Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.

Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado Veja a pagina de  contatos no website: http://www.crimsoncircle.com/
© Copyright 2003 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.
 
Tradução para o Português:  Sonia Severo    sonia_hyd@ig.com.br
Revisão: Silvia Tognato Magini  silvia.tm@uol.com.br
Março de 2006