Os Demônios São Seus

OS MATERIAIS DE TOBIAS

A Série do Salto Quântico:
SHOUD 1: "Os Demônios São Seus " 

Tobias, canalizado por Geoffrey Hoppe

Apresentado ao Crimson Circle
4 de Agosto, 2007

 

E, assim, é uma alegria muito grande estar aqui com todos vocês no início desta nova série. Reservo um momento para vir a este espaço, para me aproximar o máximo que vocês me permitirem neste exato momento. Talvez sentar-me ao seu lado, postar-me em pé atrás de vocês. Talvez ficar exatamente neste corpo físico com vocês.

Estivemos juntos por muitos e muitos anos e tivemos muitas vidas juntos. Estamos sentados juntos como esta Família da Rocha. A família da estabilidade, a família do equilíbrio, e agora a família da consciência inspiradora na Terra. Aproveito este momento para sentir, cheirar e perceber cada um de vocês. Quer estejam sentados aqui hoje no topo desta montanha ou em qualquer outra parte do mundo, podemos todos reunir nossas energias hoje. 

Vamos tratar de algo muito importante hoje. Vamos atravessar mais uma camada ou nível que vem causando alguns bloqueios, outra camada ou nível que permitirá que a consciência continue se expandindo. Conforme eu havia dito antes, vocês são os pioneiros da Nova Consciência. Não estou dizendo isso para agradar, estou falando porque está escrito em todos vocês. Está escrito na sua testa, praticamente tatuado - "Pioneiros da Nova Consciência". Por isso, hoje vamos atravessar uma outra camada de consciência que é muito, muito grossa e muito, muito pesada. Parte dessa camada é de vocês. Boa parte dela é simplesmente consciência de massa, consciência humana, mas está pronta para ser liberada para o próximo nível. 

Preparação para o convidado de hoje

Assim, ao iniciar o dia de hoje, lentamente traremos a energia de nosso convidado. Pedimos que sintam as energias, mas não tentem adivinhar quem é. Apenas sintam. Há uma diferença importante. A adivinhação ocorre na mente e ela está tentando representar o papel de um detetive paranormal. Em primeiro lugar, a mente não tem a capacidade de paranormalidade. Ela só finge que tem. É a sua essência, a sua divindade que é verdadeiramente paranormal – e tudo o que isso significa é que você pode sentir e perceber. Você pode ter a consciência de energias de muitos níveis e camadas diferentes, não apenas na terceira dimensão linear em que vocês se encontram. 

Portanto, como preparação para o dia de hoje, convido-os mais uma vez a fazer uma inspiração profunda, a inspiração que vai reunir Você como um todo. Falamos sobre “você” em nosso último Shoud – todos os seus diferentes aspectos, todas as partes e pedaços, os que vocês conhecem e os que vocês se esqueceram há muito tempo – são todos partes de Vocês. Todos eles contêm um denominador comum, um componente semelhante em cada um deles. Em cada um, o denominador comum é Você, sua essência, seu ser.

Você 

O que é Você? Quem é Você? Sempre voltamos a algumas dessas questões essenciais. ‘Quem é Você?’ Vocês vêm fazendo essas perguntas desde que deixaram o lar. Saint-Germain trata desse assunto na Escola de Ascensão DreamWalker – a busca da resposta à pergunta “Quem sou eu?” Mas agora, agora chegou o momento de compreender que “Você é Você”. Você é Você. Você é todos esses componentes, todos esses aspectos, todas as vidas passadas. Todas as suas imaginações, questionamentos e devaneios são Você.

Alguns estão se debatendo neste momento, querendo saber “O que sou eu? Qual é a minha verdade?” Primeiramente, é tudo o que foi falado acima. Tudo o que foi falado acima. Você é cada um desses aspectos, todas essas criações. Você é um criador tão bom que pode se sentar aqui neste momento e imaginar – só por um instante, só fazer um jogo – imaginar que você é um ser muito mal, desprezível, desonesto e corrupto. Para alguns de vocês, não é tão difícil imaginar! (risos) Mas, imaginem isso por um instante. Não tenham medo, imaginem isso e a maneira como realmente criam isso, porque é parte de vocês. É a pergunta interior que diz, “Quero saber como é ser totalmente desprezível, totalmente mau. Como é isso?”

Agora posso jogar esse jogo com vocês porque todos vocês já jogaram antes. Em um ponto ou outro das suas muitas vidas, vocês quiseram saber como era isso. Alguns de vocês atuaram nesse papel nesta realidade física, outros, apenas em outras dimensões. Alguns de vocês vão a esse grande palco no universo físico chamado Arturianos. É um tipo de grupamento planetário. É muito interessante ir lá. É o que vocês chamariam de palco angélico etérico para se atuar em coisas de grande intensidade e drama. Há um ponto energético, um tipo de portal energético que permite que você vá a esse palco etérico e desempenhe papéis, sozinho ou com outras pessoas.

Alguns de vocês conseguem atuar em qualquer lugar, a qualquer momento. Vocês escolhem um lugarzinho nas dimensões não-físicas e atuam seus pensamentos e desejos nesses níveis. Muitos de vocês atuam aqui mesmo neste corpo humano, nesta realidade. As conseqüências de atuar em outro lugar são diferentes, assim como diferentes são as implicações e também a energia. É um tipo de energia em que se sente muito real, tão real que ela tende a tomar o comando sobre vocês. Essa influência, essa criação pode ter a tendência agora de entrar e tomar o comando de tudo o que vocês são. Mas, ainda, cada parte e pedaço desses são apenas Você. São todos partes da sua verdade. Nenhum deles é uma inverdade. 

Talvez você não gostem tanto de uns como de outros. Alguns desses aspectos são realmente deploráveis ao Você Humano, que é apenas um aspecto do Você. O Você Humano não gosta de alguns desses aspectos porque eles incomodam a felicidade, a alegria, a abundância e todas essas outras coisas do Você Humano. Alguns desses outros aspectos do Você que vocês criaram agora parecem estar tentando empurrar para fora o Pequeno Você Humano que só quer segurança e conforto, droga! O Pequeno Você Humano só quer... Oh, ouvimos isso o tempo todo, “Só quero ser feliz”. Ouvimos isso o tempo todo, e vamos contar um pouco do segredo: Eu não rio, mas Saint-Germain ri quando ouve vocês dizerem isso. (Risos) Isso é o Pequeno Você.

O que o Pequeno Você está realmente fazendo é dizendo, “Estou com medo desse mundo grande e mau. Sou uma vítima desta realidade da terceira dimensão. Sou fraco. Tudo está além do meu controle. Só quero a felicidade. Só isso. Santo Deus, só quero a felicidade.” É o Pequeno Humano chorando. O grande ser divino que você é não precisa de felicidade. Atire isso pela janela. É um termo falso, de certo modo. É um termo falso.

“Felicidade” – quando você sente a energia humana em torno dele – é realmente muito falso, porque é condicional, muito condicional. “Terei felicidade quando...” E aí vocês recitam uma lista de coisas que os fariam felizes. A lista é praticamente inatingível. A lista não é sequer realista, nem mesmo para o seu Pequeno Eu Humano. E felicidade, nesse ponto, tende a ter tantas condições que nunca poderão ser atendidas, entendem?

O Humano Divino que você é – e parte do seu Pequeno Humano também é parte disso - o Humano Divino não precisa dessa coisa chamada felicidade. O Humano Divino que está sentado nessas cadeiras neste momento, simplesmente é. Simplesmente é. O Pequeno Humano diz, “Mas o que é” Defina. Segmente. “Simplesmente é! Ele é – o que vocês diriam – satisfação total. Permissão total. Lembrem-se de uma de nossas primeiras canalizações. Aceite todas as coisas como elas são. 

O Humano Divino compreende o simplesmente ser, a aceitação. O Pequeno Humano diz ao Humano Divino, "Mas isso é chato. Parece que você só fica sentado lá”. O Humano Divino olha para o Pequeno Humano e diz, “Você realmente não entende. Você está tão preso no drama, na dualidade, tão preso em suas batalhas e lutas que acha que precisa disso para viver.” O Humano Divino, Você, entende que Ele é. Compreende que ele é realização, satisfação, todas as coisas. Ele está assumindo total responsabilidade sobre você.

Novamente, poderíamos fazer um jogo de semântica e de palavras e o Pequeno Humano vai continuar tentando resistir, negar, como uma criancinha perturbando os pais com muitas perguntas. Em determinado ponto é simplesmente: Você consegue experienciar o seu “Aquele que é” (Is-ness)? Você inteiro, cada parte sua, voltando para essa maravilhosa reunião chamada momento do Agora. A integração divina, em que cada parte é aceita de volta, porém sem nenhuma delas controlar ou desviar você da sua verdade.
Exatamente agora, nestes últimos momentos da Velha Energia, o que está acontecendo acima de tudo com os Shaumbra é que vocês estão contemplando suas verdades. Qual é a sua verdade?” Todos vocês já se defrontaram com isso, durante muitos anos, mas nos últimos trinta dias a questão da verdade. Quem é Você? Vocês não são quem achavam que fossem, porque vocês são muito mais. Então, quem são vocês? 

Vocês estiveram procurando fora o fundamento da verdade, algo sobre o qual pudessem descansar, algo com que pudessem contar dizendo, “Esta é a minha verdade. Isso é o que eu sou. E a partir desses fundamentos eu irei em direção à Nova Energia.” E adivinhem o que acontece? Vocês não conseguem encontrar esses fundamentos. E vocês têm procurado por sua verdade nessas últimas semanas. Quem é Você? Onde você está? Qual é o seu certo e o seu errado? Vocês não conseguem encontrar isso. E não vão conseguir, parte porque vocês estão procurando com os olhos da Velha Energia e com os julgamentos da Velha Energia. Mas, também porque vocês chegaram à conclusão de que não há uma Verdade. Não existe uma filosofia única, não existe uma religião, única, não existe um grupo espiritual que seja a Verdade. Não existe apenas uma Verdade sobre Você. Você é muitas, muitas, muitas, muitas verdades. E mesmo as suas decepções consigo mesmos são, elas mesmas, verdade. 

Talvez se tivesse que haver uma verdade, ela nos remeteria ao “aquele que é”, o EU SOU. Ela nos remeteria a algo muito básico, algo que vocês ouvem há milhares de anos: Já está dentro de vocês. Qualquer coisa que você precisem – já está dentro de você. Cura - Já está dentro de você. Conhecimento, infinito, muito além da mente. Discernimento. É parte integrante da sua intuição. Está lá. Você só tem que usar. Habilidade para lidar com energia – isso é natural em vocês. Vocês vêm fazendo isso desde que saíram do Lar. Vocês são peritos nesse trabalho de movimentação de energia, mas às vezes gostam de negar isso. Vocês gostam de se refrear. Tudo – Yeshua disse isso, muitas vezes – todas as coisas já estão dentro de vocês. 

Assim, à medida que avançamos para a Nova Energia, essa é uma questão que vai aflorar muitas vezes enquanto vocês permitirem que algo os impeça de ir para frente. Vocês têm isso dentro de vocês. Já está aí. 

Vamos fazer uma inspiração profunda juntos no dia de hoje. 

Muitas Facetas

A energia de hoje é interessante e dinâmica. Não tem importância específica, do ponto de vista numerológico, (risos), entretanto, estamos iniciando nossa nova Série juntos. É um início hoje. Vamos usar um título funcional para esta série – explicaremos mais tarde – obviamente, a Série do Salto Quântico. Temos outra sugestão, mas vamos falar mais tarde. Título Funcional: Série do Salto Quântico:   
                  
É um início. Mas é interessante, e também bastante apropriado, que este Shoud, que é o início de uma nova Série, seja também o último Shoud da Velha Energia. É um início e, ao mesmo tempo, um fim. É o começo; é o fim. É bastante indicativo do que vocês vão continuar a ver depois desta data de 18 de Setembro que está muito próxima.     
          
Queremos usar isto como um exemplo muito importante de um dos principais pontos do Shoud de hoje. Todas as coisas são multifacetadas. Novamente, parece muito simples. Mas é uma coisa muito importante para se lembrar à medida que nos movemos para a Nova Energia, pois há uma ilusão na Terra neste momento de que as coisas têm apenas uma faceta. 

Olhem para uma árvore. É uma árvore. É a sua faceta. Imaginem por um momento uma sempre-viva ou um pinheiro. Ainda, existem muitas, muitas facetas. O humano comum não questiona o que seus olhos vêem. Eles vêem uma árvore saindo do solo. O que eles não vêem, mas ainda assim é parte integrante deste objeto multifacetado, é o que fica abaixo da superfície – as raízes. As raízes que alimentam, nutrem e saciam a sede de tudo o que está acima da superfície. O que o olho não vê está dentro da árvore, abaixo da casca, na madeira, nos ponteiros. Está tudo lá. É multifacetado.

Há outras partes dessa mesma árvore que existem fora desta realidade física. Vocês podem ver que existem milhares de subcomponentes dessa árvore que não se pode nem mesmo tocar ou ver ou sentir, porque elas existem em um tipo de corredor ou ovo energético. São todos reais, são todos componentes, mas a maioria dos humanos nunca passará do ponto de, talvez, ver a árvore e, muito de vez em quando, tocá-la ou cheirá-la. 

Esse é um ponto muito importante da nossa passagem para a Nova Energia. Todas as coisas são multifacetadas. Vamos estimular todos aqui a começar a observar, não apenas o que aparece na superfície, mas todo o restante. Kryon tem uma maneira de dizer isso, “As coisas nem sempre são o que parecem”. Querendo dizer que, às vezes, essa fenda de realidade que vocês estão percebendo não é a história completa. Assim como a suposição de que vocês estão sentados aqui nestas cadeiras, adormecendo, se perguntando quando vou chegar no ponto, pensando no calor que está fazendo aqui dentro – esse é o Cauldre! Não é nem mesmo você! (muita risada, Tobias ri) Vocês estão percebendo apenas um aspecto e, talvez, esse aspecto seja o aspecto do Pequeno Humano, que é sua parte integrante, mas não é Você inteiro.

À medida que a Nova Energia se concretizar, vocês serão capazes de perceber partes dela e a manifestação de partes dela, com as velhas percepções humanas – os olhos, as orelhas, o cérebro – da maneira que vocês estão acostumados a coletar dados, movendo e interpretando coisas. Mas o que particularmente muda na Nova Energia é a dimensão multifacetada, principalmente das coisas que entrarem nesta realidade depois da data de 18 de Setembro. 

As crianças nascidas depois desta data, uma nova árvore que crescer depois desta data, algo que for produzido em uma fábrica após essa data começará a carregar os componentes da Nova Energia. E enquanto a maioria dos humanos perceberá sua faceta da Velha Energia ou um dos seus atributos dimensionais, vocês como Shaumbra poderão começar a ver as facetas multidimensionais. Vocês poderão começar a ver além do que está acima da superfície e começar a perceber abaixo, muito mais longe, a partir de cada lado e direção. 

Faz-se isso simplesmente fazendo a escolha e tomando consciência de que tudo é multifacetado. Todas as coisas têm muitas e muitas camadas ou facetas. E todas essas diferentes facetas lhes darão o quadro mais completo da natureza da realidade como um todo, e darão principalmente uma melhor compreensão de Você, de todas as suas facetas. 

À medida que você explora a natureza multifacetada de tudo, permita-se conscientemente não apenas olhar o piso como piso, entende? Há alguma coisa abaixo do piso. Há também alguma coisa ao lado do piso. Este piso existe nesta terceira dimensão, mas não poderia existir aqui se também não existisse simultaneamente em cerca de novecentas outras dimensões. Dimensões, aliás, não são lineares. Elas não vão de 1 para 2 para 3 para 4 para 5. Dimensões são como redemoinhos e mudam o tempo todo. Elas se interseccionam. Às vezes são idênticas umas às outras, embora sejam dimensões diferentes antes de se dividirem e seguirem seu próprio caminho. 

À medida que vocês começarem a ficar muito, muito observadores a respeito da natureza multidimensional... Não estamos falando de devanear com as coisas, estamos falando da física da Nova Energia. À medida que vocês optarem por tomar consciência das facetas multidimensionais, por ir além, vão começar a ver esses aspectos de si próprios dos quais falamos no nosso último Shoud que agora estão voltando para casa. Vocês não vão mais se perceber como o Pequeno Humano com as necessidades de Pequeno Humano e os dramas do Pequeno Humano e a necessidade de ser feliz – o que significa apenas sobreviver sem dor. (risos) 

Vocês vão começar a ver quem realmente são e que, na Nova Energia, tudo será como flores magníficas desabrochando, se abrindo, percebendo, como diria Kuthumi, como vocês foram tolos a respeito de algumas coisas, pois o Pequeno Humano tem sido a única faceta para a qual vocês têm dado atenção, que tem a capacidade de criar a realidade que vocês percebem. Vocês vão começar a ver agora o quanto são verdadeiramente magníficos em suas criações em que vocês não têm que lutar, em que não têm que sofrer com suas criações. Vocês não têm que se sentir tão entediados com elas. Elas podem ser feitas com muita suavidade e eloqüência. 

Mas vocês também vão se deparar com uma questão muito interessante no seu interior, e é aí que vocês vão agrupar o conjunto do Você – o Você inteiro. Não apenas o Pequeno Humano, esse é o conjunto ruim. (risos) Todos os seus aspectos, que incluem todas as suas vidas passadas. Eles têm uma tremenda sabedoria, como vocês sabem. Chegou a hora de trazê-los de volta para dar uma olhada: O que é importante para vocês agora? 

O Pequeno Humano tem dirigido suas necessidades e desejos, usas listas do que os faria felizes, mas vocês perceberam que o que fazia o Pequeno Humano feliz, não necessariamente fazia a Alma feliz? Vocês entendem? Frequentemente o Pequeno Humano faz seus planos de Pequeno Humano, traça suas metas de Pequeno Humano e determina como deve ser cada momento do dia do Pequeno Humano. E depois isso não acontece. Aí o Pequeno Humano fica estressado, tentando saber o que saiu errado. 

É quando o Pequeno Humano volta para o seu “Bem, sou apenas um Pequeno Humano”. Vou orar para o Grande Deus que está lá longe em algum lugar, mas que não deve ser parte de mim.” O Pequeno Humano começa a negociar com o Grande Deus, e nem isso funciona bem. E aí o Pequeno Humano fica realmente estressado. Não sente que tem uma alma, a Alma parece não ouvir. Ele não sabe realmente se acredita em deus, mas tem uma grande desconfiança de que deve acreditar um pouquinho no Grande Deus. Mas, basicamente, o Pequeno Humano está desapontado com o grande Deus. O Grande Deus não ouviu. O Grande Deus não atendeu ao Pequeno Humano hoje. Talvez o Pequeno Humano tente novamente amanhã. Mas depois de algum tempo, o Pequeno Humano se cansa desse jogo. O Pequeno Humano começa a fazer coisas distorcidas para chamar a atenção do Grande Deus ou de qualquer outra pessoa que estiver ouvindo – pais, amigos, chefes, governos, policiais, militares (risos) – faz qualquer coisa para chamar a atenção de alguém, porque o Pequeno Humano não se sente seguro. O Pequeno Humano não é feliz. 

Francamente, a Grande Alma do Pequeno Humano fica realmente perturbada e confusa com todas as manipulações e controles dos Pequeno Humano. O Grande Deus não existe mesmo, como ele poderia se importar... O Grande Deus em termos de como vocês atualmente pensam Deus. O Grande Deus é a Grande Alma. Já está lá, já é parte de vocês. Mas o Pequeno Humano despendeu muito tempo e atenção. É necessário que tudo seja ajustado para chamar atenção para sua faceta, mas é apenas uma das facetas. Não é Você – parte de você – mas não é Você.

À medida que vocês se movem em direção à Nova Energia, vão começar a olhar para o que é importante para Você, não para o Pequeno Você. Vocês vão começar a ficar bastante irritados quando perceberem a quantidade de problemas e estresse em que o Pequeno Você os colocou! 

Cauldre está pensando, “Isso é como um truque ruim de George Carlin aqui!” (muitas risadas, Tobias ri) Canalizamos para vocês saberem!

Comecem a perceber, Shaumbra, entrando na Nova Energia, tudo tem muitas facetas, inclusive Você. Comecem a se abrir para algumas das outras facetas suas à medida que elas começam a voltar para casa para o momento do Agora, lindo tempo da nova consciência. Comecem a observar o você alma, o você de vida passada, o você espiritual, o você não-espiritual. Todas essas partes do Você e à medida que vocês começam, a se divertir com isso, a brincar com isso e a perceber que vocês são muito mais do que o Pequeno Você, vão perceber, verdadeiramente, a sua magnificência. Vão perceber que não estivemos sentados aqui nos últimos oito anos apenas alimentando-os com palavras para deixá-los felizes por algumas poucas horas. Vocês têm olhado para dentro de Você, a pedra preciosa, o diamante que tem muitas facetas, muitos aspectos.

Vocês chegaram a toda essa questão da Nova Energia em específico: Agora, o que é importante? O Pequeno Você, por falar nisso, o Pequeno Você que está entrando na Nova Energia está fazendo duas coisas. Está se rebelando por um lado. Ele não gosta disso, porque envolve mudança e o Pequeno Você detesta mudança porque o Pequeno Você também entende que qualquer mudança significará que o Pequeno Você não pode mais continuar sendo o pirralho gritão, (risos),o tirano da Velha Energia. 

Assim, o Pequeno Você é o que resiste à mudança porque ele é como uma criança batendo o pé, tendo um ataque histérico. O Pequeno Você não gosta nenhum pouquinho desta mudança que está vindo, mas à medida que vocês desdobram essa coisa por inteiro chamada Nova Energia, começam a pensar, "O que é importante?” E como vocês já vêm experienciando, a primeira coisa que acontece é que nada mais parece tão importante. Nada. Vocês podem falar sobre paixões perdidas, porque paixão, na verdade, era algo que o Pequeno Eu desejava. Não eram paixão coisa nenhuma, apenas o Pequeno Você tentando manter seu minúsculo império. É muito difícil ser verdadeiramente consciente apaixonado quando se está limitado à lista de coisas felizes do Pequeno Você. 

Vocês vão observar que quando insistimos na pergunta, “O que eu quero fazer? O que eu escolho?” Parece que dá um vazio, um branco por algum tempo, até vocês começarem a perceber quem são, seus potenciais, o fato de que não precisam tentar se proteger... ou que não têm que ouvir tudo o que o Pequeno Você está dizendo. As principais motivações da sua vida aqui na Terra não são mais comida, roupa e abrigo. Ele não consegue entrar em áreas muito, mas muito maiores. 

Além das necessidades básicas – comida, roupa e abrigo – vocês sabem que uma coisa que eles esqueceram foi a consciência. Consciência. Os humanos não vêem isso como um dos elementos de sobrevivência mas, sem dúvida nenhuma, é. Consciência é como a respiração. Se não respiramos, se pararmos de respirar, paramos de viver. Quando você para a consciência – o fluxo, o fluxo natural de consciência – a vida pára. Isso interrompe o fluxo da sua energia natural nesse corredor que vocês chamam de vida na Terra na forma humana.

Mas, voltando ao ponto – tudo é multifacetado, inclusive vocês. À medida que vocês reconhecem isso, à medida que olham na Nova Energia, para o que deveriam fazer, para o que é importante, a primeira coisa que percebem é o que não é importante. Sabemos que muitos de vocês passaram por isso ultimamente. As coisas da sua vida, padrões que continuam a se repetir indefinidamente, vocês repetem esses padrões. 

Já lhes ocorreu que se vocês continuam repetindo um padrão ruim indefinidamente, não quer dizer que ele seja necessariamente certo? Se vocês continuam repetindo o velho padrão, o que os faria pensar que algo bom resultaria dele? É como andar de roda-gigante. Vocês só ficam dando voltas, voltas, voltas. É quando vocês optam por descer da roda-gigante, sair da dimensão da consciência do Pequeno Você, fazer uma mudança, sentir uma nova paixão, que tudo começa. 

E, sabemos, Shaumbra, que vocês vêm fazendo isso. Essa mensagem, em parte para vocês; esta mensagem, parte que vocês estão deixando no caminho para a nova consciência, para um portal para a Nova Energia para todos aqueles que passarão por esse caminho e querem saber como diabos chegaram aqui. Parte deste Shoud de hoje está plantando esta maravilhosa e simples mensagem para eles, para os que estão perdidos na sua Pequena Humanidade; para os que estão sofrendo; para os que estão buscando, para os que têm um pé no desejo de seguir em frente rumo a uma nova consciência na vida, mas outro pé engessado com a Velha energia, com medo - medo de avançar. 

Vocês hoje, Shaumbra, estão escrevendo este aviso para eles. Se eles chegarem neste ponto, se empacarem aqui, o que muitos fazem – muitos de vocês passaram por isso – e o aviso diz simplesmente, “tudo é multifacetado”. O que vocês percebem neste momento não é tudo o que está no momento. Há muito mais. O que vocês vêem em um modo bastante linear é que seus medos não são absolutamente o que parecem ser. Vocês são Deus também. Vocês podem escolher e criar o que quiserem. Não dissemos que vocês são Pequenos Humanos. Dissemos que vocês são Deus. Vocês são Vocês.

Visita ao Shaumbra Service Center   

Com isso, Shaumbra, agora em grupo, iremos hoje juntos ao Shaumbra Service Center (Centro de Serviço Shaumbra). Todos vocês que estão aqui reunidos; todos vocês que ao redor do mundo que estão aqui reunidos; que irão ler isso mais tarde; todos vocês que chegam ao ponto da sua jornada de conscientização espiritual – q eu chegam a este ponto – juntem-se a nós. Talvez leve ainda mais um ou dois anos para vocês chegarem aqui. Talvez leve mais 50 anos, outras cinco vidas até chegarem aqui, mas venham conosco hoje. Vamos sair para explorar alguns novos reinos.        
  
O Shaumbra Service Center é um local que foi criado ... um local bastante multidimensional criado pelos Shaumbras originais. Eles o construíram. Eles o erigiram com energia, e com amor, e com paixão verdadeira. É um local onde eles se sentavam antes da Nova Energia quando estavam feridos, quando estavam magoados, quando precisavam de rejuvenescimento e de cura. Esse ousado grupo de pioneiros criou esse local chamado Shaumbra Service Center, para onde convidamos alguns de vocês a se juntarem a nós agora.   

Alguns de vocês já estiveram aqui antes. Alguns de vocês ajudaram a criar esse incrível local multidimensional. Vocês talvez se dêem conta enquanto viajamos para lá hoje ... A propósito, chega-se até lá através de uma escolha consciente. Respirando profundamente, e fazendo uma escolha consciente: é simples assim. Não tornem isso mais difícil. Não criem toda uma lista de instruções e regras para chegar até lá. Isso não precisa ser feito em nenhum dia específico, nem após ter feito alguma dieta ou jejum. Vocês simplesmente tomam a decisão. A Nova Energia é simples assim. 

Assim, todos nos reunimos – os pioneiros passados, presentes e os que estão por vir no futuro potencial – nesse local chamado Shaumbra Service Center. É isso que vocês escolheram que ele fosse. Ele poderia ser grande, ou poderia ser pequeno. Em um momento ele poderia ser ao ar livre e, no momento seguinte, circundado pelos mais belos vitrais jamais vistos, no interior dos quais a energia fica contida, ao menos durante o período em que estamos reunidos. Ele poderia ter elementos de água e, para muitos de vocês, os elementos transmutacionais do fogo, os elementos da Terra e os elementos do éter. Ele poderia ter todas essas coisas, ser da forma como vocês escolhessem. 

O Shaumbra Service Center é mágico, pois é o seu local. É também o local de outros Shaumbra, mas aqui não temos regras. Vocês não precisam deixar os sapatos à porta, ao entrar. Se quiserem podem até fumar aqui, isso não incomoda ninguém. Vocês podem comer, beber ou meditar. É até permitido rezar aqui, se quiserem! Este local é aquilo que vocês escolhem que seja. 

E vocês perceberão um aspecto interessante do Shaumbra Service Center. Vocês não precisam se preocupar com invadir o espaço dos outros. Vocês podem ficar aqui com muitas outras pessoas, como estamos agora e, em especial na Nova Energia, isso não interfere nas criações ou escolhas de ninguém a seu redor. É incrível como isso acontece. Muito diferente de viver na Terra. Onde vocês constantemente estão cientes de todas as outras pessoas, quer vocês estejam invadindo o espaço delas e, provavelmente mais perceptível, quer elas estejam invadindo seu espaço. Quer estejam elas emitindo ruídos peculiares de roncos, exalando determinados odores corporais ou algo do gênero. Lá existem todos esses aspectos de invasão de espaços, mas não aqui no Shaumbra Service Center.

Assim, nos reunimos no Shaumbra Service Center neste lindo momento do Agora, como um grupo de Shaumbra. Seria muito conveniente para nós se vocês optassem por respirar profundamente e sentir as energias seguras e sagradas. 

Aqui no Shaumbra Service Center, vocês podem ser vocês mesmos. Seu Pequeno Humano não precisa ficar impondo suas necessidades – o fato de poder estar com fome, o fato de ter que ir ao banheiro, o fato de precisar dormir mais ou ter mais dinheiro – ou qualquer um desses outros constantes aborrecimentos do Pequeno Humano. Aqui no Shaumbra Service Center, vocês podem ser Vocês em sua totalidade. De forma segura, sem regras, vocês podem ser Vocês. É por isso que este local é tão surpreendente. Por isso ele é dotado das energias rejuvenecedoras que possui. Por esse motivo, passar alguns momentos no Shaumbra Service Center pode mudar alguns anos ou mesmo algumas de suas vidas. 

O Convidado de Hoje

No Shaumbra Service Center hoje, vamos agora trazer nosso convidado. Vamos pedir a todos vocês que sintam as energias à medida que trazemos nosso convidado de hoje, Lúcifer. (murmúrios da audiência) Agora sintam a energia. Mesmo enquanto dissemos a palavra “Lúcifer”. Não estamos fazendo isso para chocar. Estamos fazendo isso porque chegou o momento de nos movermos através dessa energia. 

Sintam a energia desse ser que muitos conheceram no começo dos tempos. Lúcifer, o Demônio; o cara mau, o anjo caído. Interessante. Anjo caído. Humm, quero saber se alguns de vocês ainda conseguem se identificar com aquela energia de Lúcifer, em um ponto ou no outro, que se sentiram como anjos caídos.

Existem muitos mitos a cerca de Lúcifer. Vamos começar com o nome. O nome “Lúcifer” deriva do latim – que eu não direi – do termo latino que significa “o portador da luz”. Referências a Lúcifer praticamente inexistem na Bíblia. Em alguns dos seus estudiosos, se você realmente contar, praticamente nenhum. Mas ainda assim a energia de Lúcifer, o Demônio, o cara mau, o impostor está muito forte na consciência humana neste momento. É uma representação simbólica do demônio. 

Uma das famílias da Ordem do Arco é a Ordem de Luceffa. Significa “da luz, trazido em aspectos multidimensionais”. Em outras palavras, a luz, a sabedoria que agora está caminhando sobre a Terra como vocês. E isso foi decifrado como sendo mau, negativo ou caído. Portanto, muitos de vocês caíram nessa armadilha, na armadilha de acreditar que há um ser caminhando por aí para tentar tomar a sua alma, tentando roubar a sua energia. Mas na sua essência, lúcifer significa Portador de Luz ou, falando-se no modo da Nova Energia, a Expansão da Consciência. Essa energia tem sido parte integrante de cada um de vocês e não há nada a temer. 

Tenho que fazer uma observação aqui. Eu, Tobias, concordando com Saint-Germain, Kuthumi e Kwan Yin, realmente queria chamar essa série de Série de Lúcifer. (risos da audiência) sentei-me com Cauldre hoje... Ele culpa Linda, claro, dizendo que ela nunca entenderia isso, mas sabemos quem é que está realmente preocupado. Ele abordou um ponto humano interessante, que não tínhamos considerado, porque, bem, simplesmente não consideramos pontos humanos tanto assim! (muitos risos, Tobias ri) O fato é que se essa série fosse chamada a Série de Lúcifer, o Portador de Luz, poderia causar algum dano à propriedade física e ao corpo das pessoas relacionadas a eles pessoalmente e ao Círculo Carmesim. Assim, nós desistimos e daremos a esta série o nome genérico de (falando em voz exageradamente suave) “Série do Salto Quântico” (Linda diz, “obrigada” e Tobias ri) 

Mas o ponto, nosso ponto, era que chegou o momento de sacudir alguns humanos que estão presos – e essa seria uma maneira de fazer isso! Eles estão tão presos em alguns dos seus caminhos, dos seus medos e dos seus demônios. Eles adoram seus demônios, aliás. Oh, vocês também, é por isso que estamos aqui hoje. (risos) Eles adoram seus demônios. Seus demônios são seus deuses, porque os governam. Eles governam os humanos. Achamos que seria interessante – digamos - dinâmico chamar esta série de Série de Lúcifer, pois ela faria com que as pessoas, os humanos, parassem, observassem. Os que ainda trilharão o caminho para chegar a este ponto, verão uma grande tabuleta que diz “ Entrando agora na Série Lúcifer para o Círculo Carmesim”. Isso vai sacudi-los do transe, pelo menos. Vai fazer com que eles parem por um momento. 

Mas o que significa – Portador de luz, Aquele que Expande a Consciência"? Não existe Lúcifer. Não existe um Lúcifer, ao menos como é pintado pelas igrejas que o usam como instrumento para controlar os humanos O único Lúcifer ou Satã que existe são aqueles que foram criados na consciência pelas organizações ou igrejas ou por aqueles que querem acreditar nele. Sim, ele cria um – o que chamamos de – um aspecto grupal, como a energia de Jesus. Aias, muito, muito tempo atrás, houve ... Uma conversa sobre Jesus ou Yeshua... Lúcifer e Yeshua eram termos equivalentes entre si. Sintam por um momento. Vou falar duas palavras e sentir a energia delas.

Cristo. 

Lúcifer. 

É a mesma energia. Portador de Luz. O que Traz a Nova Consciência. 

Bom, chamaremos esta série de Série do Salto Quântico. Mas nós todos sabemos que o que estamos realmente tentando dizer é “Chegou a hora de vencer seus demônios. Chegou. É por isso que estamos n Shaumbra Service Center hoje com Lúcifer como convidado. Chegou a hora vencer seus demônios. 

Vamos falar sobre isso por alguns momentos. Essa energia chamada Lúcifer, na verdade, não existe. É um aspecto da consciência de grupo, daqueles que escolheram acreditar nesse ser demoníaco todo poderoso que vai consumir suas almas, mas que, na verdade, não existe. Ele não está lá. Satã... Satã – palavra derivada do hebraico antigo que significava “inimigo, o que vai contra”. Não existe um Satã vivendo no inferno ou em qualquer outro lugar, mas eles são todos demônios que vocês aceitaram. Muitos de vocês soltaram-nos, mas ainda têm os demônios de um tipo ou de outro dentro de vocês. 

Hoje no Shaumbra Service Center, vamos dar uma olhada nos demônios. Vamos dar uma olhada no que eles estão fazendo, por que eles estão aí, porque vocês os carregam por aí.


Demônios 

Há uma grande variedade de demônios, na verdade. Vocês lhes atribuem diferentes nomes ou diferentes relacionamentos em seus aspectos ou facetas, mas são seus demônios. Vamos pedir-lhes para confrontá-los, quer dizer, conhecê-los, hoje e para compreender que vocês os transformaram em demônios, para entender que eles são seus. 

Uma das coisas que os humanos tendem a fazer é negar seus próprios demônios. Dão para outras pessoas. Dizem, “este demônio não é meu. Este é Lúcifer, um anjo caído”. Lúcifer tem seu próprio clube. Lúcifer, Satã, qualquer que seja o nome que vocês queiram dar a ele. Eles dão nomes aos demônios, colocam-nos fora de si próprios, mas a realidade é que eles são seus. São seus demônios. Essa é a primeira coisa em demonologia (risos), compreender que ele é seu. Entender também que há outros nomes. Falamos de Lúcifer e Satã, existe todo tipo de terminologia. Mas, no final, são seus. São seus demônios.

No momento em que vocês tentam dizer, “mas ele vêm desse lugar chamado inferno”, em que os demônios são alguns seres desencarnados que acoplaram em vocês e estão drenando sua energia. No momento em que vocês dizem que é algum demônio alienígena, no momento em que vocês dão crédito para torná-lo maior e "ser" mais do que vocês, o demônio tem o controle. É parte de vocês, mas está controlando vocês. Ele vai além até mesmo do aspecto do Pequeno Humano. Ele não deixa mais aquele aspecto do Pequeno Humano ter toda a atenção. Ele está tendo toda a atenção. 

Os demônios são seus, e vamos pedir-lhes, agora, hoje, neste portal para a Nova Energia, para tomarem consciência de que eles são seus. Eles não pertencem a ninguém mais. 

Não existe grande espírito – espírito diabólico negativo – ligando-se a vocês. Não existem mais grupos que têm o controle demoníaco sobre vocês. Não existe um governo que está manipulando as freqüências de rádio ou de luz que seja o demônio externo em sua vida que está fazendo vocês beberem água da torneira. (risos) Todos os demônios são seus. Não existe mais um sistema financeiro que está controlando vocês. Todos os demônios são seus.
No momento em que você o coloca fora de você, atribui-lhe um poder enorme. Ele ainda está dentro de vocês, mas vocês o colocaram fora porque o Pequeno Humano tende a achar que fora é maior do que dentro, fora é mais poderoso. Todos os demônios são seus. 

Vamos dar uma olhada em alguns outros que vocês criaram. O demônio da morte, esse é bom. Esse provavelmente seja um dos mais comuns e assustadores porque há tão pouca informação sobre a morte. A morte é um grande buraco negro para que o demônio fique bastante assustador. Quantos anos da sua vida vocês gastaram correndo da morte – do demônio da morte? Tentando escapar dele, tentando enganá-lo, tentando se esconder do cruel anjo da morte, tentando não ter doenças físicas, tentando não ser atropelado por um carro. Quantas horas perdidas da sua vida tentando evitar o demônio da morte? Esse demônio é seu. É o seu medo que vem depois. É o Pequeno Humano que não quer mudar, o Pequeno Humano que quer continuar para todo o sempre. 

Vocês criaram esse demônio da morte maior que a vida. chegou a hora de dar uma olhada nisso. É seu. Não existe morte. Existe a transição e a evolução, mas não existe morte. Então do que vocês têm medo? Eu sei do que vocês têm medo. Vou tomar água antes de lhes dizer... (riso enquanto Tobias/Cauldre toma um gole de água)... Exatamente por que vocês criaram esse demônio da morte e por que vocês têm medo: Porque vocês temem julgamentos. Vocês foram levados a acreditar que quando morrem são julgados pelo Grande Deus e pelo Grande Jesus (algum riso) e um medo por vocês mesmos. Mas vocês serão julgados, de uma maneira ou de outra. Isso cria todo esse demônio da morte e ele é seu. Chegou a hora de ir além disso.
Vocês criam os demônios da falta. Já falamos sobre isso antes – falta de abundância, falta de relacionamentos, falta de tudo. Vocês vêm tentando manipulá-lo, esse demônio da falta. Vocês vêm tentando negá-lo. Vocês vêm tentando trabalhar tanto só para ficar meio passo na frente do demônio da falta. É um monstro. Eu sei que é. 

Vocês o temem à noite quando estão tentando dormir. Ele aparece na forma de uma conta não-paga. Ele aparece na forma de um cobrador. Ele aparece como uma grande e má instituição financeira que vai tomar tudo de vocês. E vocês o colocam fora de vocês, esse demônio da falta, fingindo que não é seu, e vocês dão a ele um grande e incrível poder a ponto de ele controlar suas vidas. A ponto de haver uma constante batalha, uma constante caçada entre o Pequeno Você e o demônio da falta. Quanto tempo você já consumiu, gastou com esse demônio?

Vocês têm demônios da solidão, medo de ficar sozinho, medo de que esse demônio venha por cima de vocês e vocês fiquem pedidos em algum abismo escuro e profundo apenas consigo mesmo pela eternidade. Parece bastante assustador, mas é um demônio que vocês colocaram lá fora porque acham difícil ficar consigo mesmos. Vocês estão sós. Vocês estão sós, não por causa das pessoas lá fora, mas estão sós consigo mesmos, no seu interior. 

O Pequeno Humano está vagando por aí sozinho, tentando encontrar amigos, tentando encontrar alguém para amar. Ele vai para fora, vai para fora de si mesmo, tenta, então, alimentar-se de outras pessoas. O Pequeno Humano não teria esse demônio se o Pequeno Humano e todos vocês se unissem, viessem para casa juntos agora, neste momento do Agora. 

Vocês têm demônios da loucura – muitos demônios da loucura – medo de ficar louco, e eu posso dizer-lhes neste exato momento, vocês são (risos) loucos porque a sua loucura está relacionada à maneira como sua mente funciona. Portanto, este demônio foi criado, em certo sentido, como uma contraparte da mente, até mesmo como uma extensão da mente. E vocês querem saber se estão ficando loucos e gastam horas incontáveis tentando dizer para si mesmos que não estão loucos, fugindo desse demônio. E, basicamente, mais cedo ou mais tarde vocês vão ter que sair da mente porque a mente não consegue compreender o Deus que vocês são. A mente não consegue compreender a grandeza do que vocês são. Sim, mais cedo ou mais tarde, é preciso soltar esse controle, permitindo que vocês fiquem loucos. 

O demônio da loucura é o que mantém a verdade distante de vocês. Ele separa vocês, Pequenos Humanos da verdade de você. O demônio da loucura age de tal forma que vocês não acreditam quem são. Ele faz com que vocês duvidem de si mesmos. Faz vocês procurarem decisões corretas, decisões erradas, boas decisões, nenhuma decisão. Evita que vocês verdadeiramente confiem em si mesmos. 

Vocês têm demônios de tudo. Demônios de outras pessoas que os ridicularizam. Vocês criam esse demônio, colocam-no fora de vocês, dão poder a outras pessoas, na verdade, para usar a energia desse demônio, porque vocês têm medo de ser ridicularizados. Porque, basicamente, o Pequeno Humano obtém identidade do eu através de seres externos, através de outros humanos. O Pequeno Humano tenta desenvolver a consciência de si próprio através do mundo externo – as reações de outras pessoas, o relacionamento com outras pessoas. Ele cria todo esse demônio do ser ridicularizado, ser de quem riem, escarnecem, zombam. Isso é um demônio, mas é seu. Parem de culpá-lo por todas as coisas fora de vocês.

A lista de demônios é infinita, mas são todos seus. Não existe uma única coisa que possa feri-los fora de vocês. Não existem demônios fora de vocês. Outras pessoas têm seus demônios, mas os demônios dessas pessoas não vão devorar os seus demônios. Os demônios são seus.

Enfrentando os Demônios 

Chegou a hora de dar uma olhada nisso. Chegou a hora de sentir a energia deles. Chegou a hora de convidá-los a entrar exatamente agora – no Shaumbra Service Center onde nos sentamos. Quais são seus demônios? Do que vocês têm medo? Têm medo de dores físicas? Demônio da dor. Você acha que essa dor vem de fora de vocês, que a dor pode ser imposta por outra pessoa, então você corre dela. Mas quantas incontáveis horas, dias e anos vocês gastaram correndo da dor? E isso, aliás, é uma ilusão. A dor em si é uma ilusão. 

Quais são seus demônios? Enquanto estão sentados aqui neste espaço seguro, você pode convidá-los a entrar como convidamos Lúcifer? 

É engraçado, lá nos meus dias esse espírito negativo externo tinha um nome: Belzebu. Agora o quanto ainda se acredita que ele seja um espírito mau e perverso? Companheiro! (a audiência ri) Belzebu. Que nome! Obviamente, ele teve que mudar, talvez Lúcifer seja um nome melhor – Satã – mas pelo menos não é Belzebu. Um nome tão novo para o que deve ser um demônio tão terrível. 

Quais são seus demônios, Shaumbra? Quais são eles? Tomem consciência neste momento. Eles estão todos aí, vocês conseguem senti-los. É saúde? Do que vocês têm medo? 

Muitos de vocês têm esse demônio indefinível de que algo vai consumi-los – algo externo – e vai chegar e devorá-los. A igreja representa isso através de Satã ou Lúcifer como um ser que vai tomar sua alma para toda a eternidade.
Nenhuma alma pode tomar nenhuma alma. Não funciona. Simplesmente não funciona. Sim, por um período vocês podem criar a ilusão, mas no final, ninguém pode tomar sua alma pela eternidade. Ninguém a quer pela eternidade! (risos) O que eles vão fazer com todas aquelas almas? Fazer uma festa estúpida de almas? (mais risos, Tobias ri) 

A boa notícia, Shaumbra, é que podemos nos sentar aqui no Shaumbra Service Center e conversar sobre diabos, demônios, Lúcifer, Satã – e rir. Vocês percebem como chegamos longe? Vocês percebem que há não muitos anos vocês ainda corriam desses demônios, corriam desses demônios desperdiçando suas vidas? Podemos sentar aqui e dizer, “Hei, esses são meus demônios! Foram grandes criações.” 

Mas vocês sabem, é como deixar o ar sair de uma grande boneca feia inflável e é isso que estamos fazendo neste momento. Esses demônios que pareceram tão grandes, tão assustadores, tão terríveis que podiam tomar suas almas pela eternidade não são nada mais do que grandes balões de ar quente. E agora podemos deixar o ar sair. Para isso, é importante saber que eles são seus. Quando vocês entram nessa coisa de conspiração, de alienígenas... Quando vocês começam a me contar como algum ser diabólico está acoplado em vocês, está crescendo em vocês, seguindo-os por toda parte.... Tenho que balançar minha cabeça. Tenho que dizer, “Mas isso é simplesmente você. Simplesmente você – uma parte de você que você não gosta, uma parte de você a quem você atribui uma grande quantidade de poder – mas é simplesmente você”. 

Quando vocês começam a dizer, “Devo ter um grupo do passado que está controlando minha vida agora, tornando impossível que eu seja criativo e bem-sucedido”, eu simplesmente tenho que dizer, “Mas é o seu demônio. É você”. Oh, provavelmente ele era de uma vida passada, provavelmente uma experiência ruim que você teve – perdeu seu dinheiro ou fez algo estúpido com ele, perdeu-o no jogo, jogou-o fora ou investiu em algo muito ruim – mas é seu. 

No minuto em que vocês dão esse tipo de poder e controle a uma entidade externa, agora chamada demônio, ficarão sob seu controle. No minuto em que o Pequeno Humano, em seu medo e em seu desejo de sobrevivência, permite que o demônio externo seja real em sua vida, ele é real. Vocês serão perseguidos. Vocês terão todas essas coisas de conspiração acontecendo em suas vidas.

Mas no momento em que vocês param, exatamente agora, no Shaumbra Service Center, circundado por mim e Kwan Yin e os Shaumbra – e Lúcifer também – tomam consciência de que esses demônios são seus, até o último deles, não existe influência externa, não importa o quanto querem acreditar nisso, não existe uma influência externa que controla vocês. Existe a percepção de que controlam seu Pequeno Humano, mas é só uma percepção.

Aceitando e Libertando os Demônios

Agora vou pedir a vocês para dar um passo realmente grande hoje, se quiserem – é uma escolha, claro. Tomem consciência desses demônios e dêem liberdade a eles. Deixe-os ir. Deixe-os ir. São apenas facetas de Vocês jogando um jogo incrivelmente complexo ou uma criação, uma criação que ficou tão grande e tão real que vocês acreditam nela. Vocês acreditam que é a faceta, mas, lembrem-se, tudo é multifacetado. Virem o globo multifacetado da realidade por um momento. Parem de olhar apenas para uma faceta, virem. Vejam o globo de todas as perspectivas, entendem Aí vocês vão entender, como diz Kryon, “As coisas nem sempre são o que parecem”. 

Não existem demônios. Não existem conspirações demoníacas que vão consumir vocês, a não ser que queiram que isso aconteça. Os demônios são seus. Antes que possamos entrar na Nova Energia, é importante tomar consciência disso. Não são alguns, nem são muitos, são todos. Todos os demônios são seus. 

Agora, posso ouvir os argumentos. “Mas, Tobias,... Mas, Tobias,... Quem é aquele que fala? O Pequeno Humano. O Pequeno Humano que quer acreditar nessas coisas. O Pequeno Humano que realmente encontra grande alegria e satisfação em toda essa coisa de demônios e monstros. Sabem, realmente, com toda esse conceito de demônios, ele realmente dá credibilidade ao Pequeno Humano. Torna a vida do Pequeno Humano mais real, mas intoxicante, mais dramática e suga um monte de energia. O Pequeno Humano está sugando energia, “os demônios vão me pegar”. Todo mundo tem que ajudar o Pequeno Humano. Ele está tentando pegar todas as outras facetas e aspectos do seu eu para embarcar nessa viagem, nessa história toda. 

Suas historias, muitas delas, também são demônios. Vocês todos têm histórias. Ninguém tem uma história tão fantástica como a de Saint-Germain (risos), mas todos vocês têm histórias. Historias de vida passada, historias anteriores à Terra, histórias desta vida. As histórias fazem parte da sua base de experiência. Não só vocês, Pequenos Humanos, têm histórias, mas cada um das suas facetas e aspectos tem histórias. O Pequeno Humano especificamente é muito bom em pegar histórias – experiências passadas – e transformá-las em demônios, deixando que essa história escape tanto das mãos, deixando que aquele seu aspecto fique tão dominante, que ele toma conta ou realmente – como direi – sufoca Vocês, você nesta vida. Agora vocês são muito dirigidos por suas histórias, também podem chamá-las de demônios. Historias que ficaram tão grandes, tão fora de controle, tão sedutoras, tão atoladas na Velha Energia que vocês acham que têm que continuar vivenciando essa história. É um demônio. É seu. Talvez seja hora de soltar isso também. 

Quando entramos no portal da Nova Energia, é hora de soltar todas essas coisas. Vocês vão encontrar isso enquanto vão fazendo, é como beijar um sapo. (risos) Vocês vão descobrir que afinal a coisa não era tão feia. Ela não tinha nenhum poder ou controle senão aquele que vocês lhe deram. Vocês vão descobrir que cada demônio seu, cada história sua, realmente tem uma pérola de nova energia em seu interior, uma benção contida em seu interior que talvez você não tivesse conseguido descobrir até o momento que confrontou os demônios como seus. 

Todas as coisas das quais vocês têm fugido à noite em seus sonhos, durante a noite no escuro quando vocês estão acordados; os medos que vocês tinham de que alaguem estivesse perseguindo-os, seguindo-os; os demônios que vocês tiveram, chegou a hora do Você – não do Pequeno Humano, mas do Você, o Humano Divino que está sentado nessas cadeiras – fazer uma respiração profunda. Metaforicamente, se quiserem, imaginem, desbloqueiem essa energia. É uma velha energia parada. Não era o demônio que tinha a chave, eram vocês que tinham durante toda a jornada. Vocês poderiam ter destrancado essa energia a qualquer momento que quisessem. Parte de vocês, Pequenos Humanos, estavam se divertindo muito com o jogo. 

Para passar por esse portal da Nova Energia, é importante abandonar esse jogo, soltar essa velha energia dos seus demônios. Quando vocês destrancam essa energia parada dos demônios, quando deixarem essas historias ir, não vão se transformar em demônios maiores, as historias não vão ficar maiores. Eles vão voltar para o Você, voltar para a sua energia pura de modo a não mais sugar a sua energia ou assustá-los, controlá-los, mas verdadeiramente voltar para a energia pura que esta aqui para servir vocês. Eles servirão vocês ao modo da Nova Energia. 

Mencionamos anteriormente neste longo Shoud, mencionamos que as coisas nascidas, criadas, imaginadas ou desenvolvidas, sobretudo após 18 de setembro (2007) terão um componente ou potencial da Nova Energia. Isso inclui também todas as coisas que vocês fazem. Cada pensamento, cada sonho durante a noite tudo o que vocês criarem com suas mãos ou sua voz, mesmo tudo o que criarem na mente terá agora componentes da Nova Energia. 

Quando vocês estiverem livres dos seus demônios, quando os reconhecerem, quando os confrontarem e depois os libertarem, serão responsáveis por eles. Quando vocês compreenderem que vocês os criaram, vocês também poderão des-criá-los. Isso libera uma quantidade tremenda de energia para ser usada de modos altamente criativos. Vocês poderiam começar hoje, mas começariam a ver como isso funciona em algumas poucas semanas.

E com isso, Shaumbra, aqui no Service Center, vamos fazer uma respiração profunda juntos. Segurem isso por um momento e à medida que soltarem essa respiração, façam como se estivessem desinflando os balões desses demônios que vocês criaram. Liberem os demônios. Liberem a energia. Não existem demônios, existe apenas o Você como um todo.

Vamos nos sentar juntos aqui por um breve momento neste Service Center. 

 (Pausa)

Vocês, Shaumbra, ajudaram a criar isso. Muitos e muitos outros passarão por este caminho. Talvez não chamem isso de Shaumbra Service Center, mas saberão que é um espaço seguro. Um espaço muito seguro. Um espaço onde eles podem ser eles mesmos Um espaço seguro nesta jornada muito longa, e às vezes difícil, da nova consciência. 

Vamos fazer uma inspiração profunda...

 (Pausa)

... Soltem os demônios.

 (Pausa)

... E quando estiverem prontos, digam adeus a eles e a Lúcifer. 

E agora vamos rebocar a nossa energia de volta para cá, de onde vocês começaram. De volta nas cadeiras, de volta neste momento do Agora. E, sim, vocês podem trazer a energia do Shaumbra Service Center de volta aqui com vocês. 

E, assim é, no primeiro Shoud da Série do Salto Quântico.



Tradução para o Português:  Sonia Bidutte      bidutte@terra.com.br

Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, com o pseudônimo de "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com. O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.

O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.

Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.
 
As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.

O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.

Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.

Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com todo este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado. Veja a pagina de contatos no website http://www.crimsoncircle.com/

 © Copyright 2007 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.