Eu Sou Autêntico

O MATERIAL DE TOBIAS

Série da Clareza:

SHOUD 10:  "EU SOU Autêntico" 

Apresentando Adamus Saint-Germain, canalizado por Geoffrey Hoppe 

Apresentado ao Círculo Carmesim
6 de Maio de 2006





Eu sou, sim, Eu sou, Professor Adamus Saint-Germain. EU SOU autêntico. 

Queridos Shaumbra, Tobias tirou umas pequenas férias para se preparar para suas próximas viagens com um grupo de Shaumbra; preparando-se para ir às terras da Romênia onde estarei com ele durante alguns dias; preparando as energias dos Shaumbra que chegam à Romênia, que moram na Romênia; preparando as energias para o seminário de canalização, para a nossa Wall of Fire School (Escola da Muralha de Fogo) e para realmente movimentar um pouco de energia. 

É um grupo muito especial que está se reunindo aqui. Eles estão firmemente determinados a movimentar energia desta vez. Esta será a terceira viagem de Tobias e companhia. Eles estão prontos para realmente mudar, realmente trabalhar com suas próprias energias e isso influenciará as energias da Terra – as energias da consciência naquela região. 

Portanto, Tobias me pediu para vir e discutir com vocês desta vez, fazer este Shoud, conversar com vocês sobre alguns pontos importantes. Mas, primeiro eu gostaria de começar com alguns adesivos para carro (risos). È um pequeno e maravilhoso conceito. Os humanos têm a tendência de resumir tudo e colocar essa síntese em um adesivo. 

Meu primeiro adesivo hoje é que “O Universo conspira para realizar seus desejos”. Na verdade, esse não é meu, roubei-o de Tobias, (risos) mas...
Shaumbra, é para vocês saberem que são Criadores. Vocês estão no comando.

Todas as outras energias os apóiam, e não o contrário. Todas as energias os apóiam, dos níveis mais elevados dos seres angélicos, da energia da própria Terra, de todas as entidades, de todas as suas vidas passadas, até a energia de todos os aspectos dos que vocês conhecem. Elas escolheram ajudá-los a realizar seus desejos. Às vezes, os desejos estão escondidos. Às vezes, vocês estão tão concentrados em suas necessidades humanas que se esquecem dos desejos da sua Alma. Mas, mesmo assim o processo está em andamento. O processo se desenrola do mesmo jeito. 

Dêem uma olhada em tudo que está acontecendo em suas vidas. Tudo o que está acontecendo está apoiando um desejo em algum nível, apoiando o desejo de talvez descobrir como é se sentir indigno de ser amado, indigno de abundância ou saúde. Em algum nível há um desejo interior de saber mais sobre essas coisas. O desejo pode ser a sombra de um carma antigo, de tal forma que vocês não tenham o desejo de sair dele, para que ele não seja integrado. E assim, o Universo realiza seu desejo. Ele lhes mostrará como é sentir-se não-merecedor, não-necessário, não-amado. Mas, o tempo todo são vocês que estão criando isso, Shaumbra. É o seu desejo. Não é o meu. Eu não tenho nenhum desejo para vocês, não desejo nada a vocês. É o seu desejo. 

Portanto, olhem ao seu redor. Observem como a energia conspira para atender seus desejos - e “conspira”, aliás, não é um termo de todo ruim. “Conspirar” significa criar, manifestar. Hoje ele tem conotações negativas na sua sociedade, mas “conspira” é uma palavra maravilhosa. 

Assim, esse é o meu primeiro adesivo de Saint-Germain para o dia. O segundo, um pouco mais profundo e filosófico, é que “O maior presente que você pode se dar é compreender que tudo o que você se deu é um presente”. 

O maior presente que vocês podem se dar é compreender que tudo o que aconteceu em suas vidas foi um presente. Vocês se deram isso. Vocês não são vítimas do mundo externo. Vocês se deram todas essas coisas maravilhosas, e quando olham tudo isso desse modo, desmancha-se a espiral negativa de tudo. Se puderem olhar assim tudo o que aconteceu em suas vidas... Mesmo pais ruins, relacionamentos ruins, doença físicas... É tudo presente. E quando considerarem tudo assim, a cobrança do que consideram negativo irá embora. 

Vejo que alguns ainda estão assustados com coisas que aconteceram no passado. Parece que não conseguem sacudir a energia... Algo traumático que aconteceu, ou uma série de acontecimentos traumáticos... E eles voltam sempre, mesmo que achem foram liberados. Eles voltam para assombrar sua vida diária. Mas ao olharem para isso como um presente, como um presente precioso que se dão, a espiral dessa energia se desmancha, o medo vai embora e a vida pode seguir em frente.

Gostaria de apresentar nossos convidados para este Shoud. Seres com quem trabalhei antes, que são autênticos. Os seres queridos que eu gostaria de convidar hoje são Guy e Edna Ballard, que tiveram uma relação de trabalho muito estreita com a energia de St. Germain na década de 1930, que publicaram a série de livros do “EU SOU”. Eles estão aqui agora para se unir aos Shaumbra, porque de certa forma, essa é apenas uma extensão do trabalho que vem acontecendo há centenas e centenas de anos com os Shaumbra. O trabalho de Godfre Ray King, também conhecido como Guy Ballard, continua agora em uma versão mais contemporânea, mas em vez de apenas um escritor reunir todos os livros, agora é um grupo chamado Shaumbra que faz isso. 

Portanto, Guy e Edna vêm hoje como nossos convidados para observar como se dá a continuidade do trabalho do “Eu Sou”. Eles estão aqui para observar a evolução do trabalho do “EU SOU”. Na verdade, eles trabalharam com a chama violeta, a Chama Violeta. Eles fizeram isso, porque esse era um instrumento adequado há 80 anos. Era a forma adequada de se conseguir um foco. Era um símbolo. Era alguma coisa que os Ballards e outros grupos conseguiam compreender. Agora, vocês, Shaumbra, não precisam mais desses instrumentos. Vocês vão para o próximo nível – além da Chama Violeta. 

Mas a Chama Violeta ainda existe, sim. (Ouve-se um trovão neste momento – Saint-Germain disfarça uma risada e a audiência ri muito). Há muitos humanos que ainda precisam trabalhar com esses instrumentos, que ainda precisam ligar-se a algo como a Chama Violeta, mas Shaumbra vocês já ultrapassaram isso. Seu trabalho vai além disso. 

Os Ballards introduziram essa tremenda energia do “EU SOU”. Eles foram ridicularizados por isso, foram muito mal interpretados por muitas pessoas. Eles constituíam uma ameaça às igrejas que viam milhões de seguidores desse trabalho. Portanto, foram ridicularizados pelo que faziam. Mas, permaneceram ancorados em seu centro. Permaneceram em sua verdade. Continuaram com o trabalho do “EU SOU”, e hoje eles estão aqui orgulhosos de estar com este grupo de Shaumbra, compartilhando um novo tempo e uma nova energia. Tanto Guy como Edna querem voltar para a Terra em breve para tomar parte nesta completa evolução da nova energia. Assim, pedimos a vocês que lhes dêem as boas-vindas hoje, nessa sala de aula maravilhosa da nova energia espiritual da Terra. 

A energia de hoje é muito doce. Há uma energia muito doce nesta sala, baseada nos Shaumbra que estão aqui, baseada nos Ballards e em todos os outros convidados. Assim, eu vou pedir-lhes para parar um momento e inspirar a doçura. Eu sei que às vezes quando substituo Tobias ocorre um pouco de trepidação, (risos e mais trovões). Alguns se preocupam com o que pode acontecer nesse dia. Mas... Hoje é doce. A energia de hoje é bem doce. 

Gostaria de começar falando um pouco sobre o que está acontecendo do outro lado. O que está acontecendo no céu – as novidades do céu – pois vocês estão ocupados aqui, muito focados na Terra, fazendo seu trabalho. Então, o que está acontecendo do outro lado? 

Todos estão muito ocupados, muito ocupados realmente. Estou falando aqui dos seres angélicos não-físicos que estão em serviço para ajudar a humanidade, para ajudar a Terra desta vez. Na verdade, há muitas, muitas entidades vindo e indo do lado não-físico: as que morreram recentemente; as que estão estacionadas nos reinos mais próximos; as que estão se preparando para voltar. Mas estou falando aqui dos seres angélicos que estão em serviço.
Aliás, eles escolheram estar em serviço. Há muitos seres angélicos que, entre as vidas, dão de si porque ainda sentem simpatia pela energia da Terra e pelos humanos que deixaram para trás. Portanto, em certo sentido, eles se ofereceram como voluntários para fazer esse serviço, para continuar apoiando e amando vocês. 

Há outros seres que nunca estiveram na forma humana. Mas também se ofereceram como voluntários, quase sempre pouco antes de assumirem sua primeira reencarnação. Assim, eles se ofereceram do nosso lado do véu para trabalhar com os humanos. Principalmente os humanos que avisam a nós e a si próprios que estão prontos. Estão prontos para deixar a velha energia humana, prontos para deixar o velho ciclo de vida após vida. 

Por isso estamos muito ocupados do outro lado. Primeiro, por causa da preparação para o salto quântico – dentro de um ano – um salto quântico de consciência e, Shaumbra, nós vemos que ele está próximo, e vocês também vêem. Vocês vêem que tudo está acontecendo muito rápido agora. No começo desta reunião de hoje, foi falado que há apenas duzentos anos os exploradores estavam chegando nesta terra das Américas, os novos atlantes, procurando por novas terras, mapeando novos territórios. Há apenas duzentos anos. No contexto da história da humanidade, isso aconteceu num piscar de olhos... 

Há cem anos, como foi falado no começo desta reunião, ocorreu o terremoto de São Francisco. Foi há pouco tempo, há apenas 30 anos, que surgiram os computadores pessoais. O advento da tecnologia, dos computadores, há poucos... Por exemplo, os governos, o exército e algumas grandes corporações... E colocando-os nas mãos de indivíduos – há apenas trinta anos. Veja como ele revolucionou o mundo inteiro. Tudo o que vocês fazem agora está conectado, de uma forma ou de outra, pela Internet. Em termos de história, isso aconteceu num piscar de olhos. 

Para os que querem saber a respeito do salto quântico, “Ele está mesmo acontecendo?” Queridos Shaumbra, o que temos a dizer é que ele está acontecendo muito rápido. Praticamente já está entre nós. Por isso, há seres angélicos que estão prontos e preparados. Eles estarão ajudando aqueles que, como vocês, Shaumbra, estão prontos para fazer a reintegração da Nova Energia ao corpo físico, à consciência e aos sistemas de crença. Esse processo é muito importante e requer muito cuidado para que o corpo físico não se consuma em chamas e a sua mente não enlouqueça. Há uma contínua necessidade de equilibrar as energias. 

Esses seres angélicos estão trabalhando com vocês agora, geralmente durante o sono, mas agora, com mais freqüência quando estão acordados. Agora mesmo enquanto estão sentados aqui, eles estão trabalhando com vocês, ajudando-os a realizar seu desejo de reintegração do corpo, mente e espírito. Se acontecesse tudo de uma vez, certamente vocês se desintegrariam. Nem a mente nem a biologia agüentariam essa grande mudança, por isso tudo está acontecendo gradativamente. 

Há seres angélicos do nosso lado que estão trabalhando com outros humanos que na Terra (mais trovões, alguns risos) estão passando por um tipo de despertar espiritual, mas não sabem que é assim mesmo que acontece. Eles estão trabalhando muito com esses humanos – digamos – que estão em situação muito delicada, não têm mais certeza de quem são ou do motivo pelo qual estão aqui. Nada faz sentido, mas eles estão tentando se agarrar às velhas maneiras. Por isso, há legiões de anjos que estão trabalhando com eles – mesmo que não acreditem em anjos. 

Há muitos seres angélicos que estão trabalhando para manter constantes o movimento e o equilíbrio da energia no planeta Terra. Conforme disse Tobias em sua última palestra, a Terra está abrigando energias antiqüíssimas e continuará a abrigar essas energias por pelo menos mais 30 anos. Então, há legiões de Seres. Vocês quase conseguem vê-los alinhados trabalhando para a Terra, trabalhando com a Terra em níveis interdimensionais, não apenas no nível físico da Terra, mas em níveis interdimensionais. 

Há legiões de Seres – seres angélicos do nosso lado – que estão se preparando para o próximo influxo de humanos que virão para a Terra. Mas esses humanos são diferentes. Essas almas que encarnarão nunca estiveram na Terra antes, portanto precisam de muito treinamento – vocês diriam – de muito entendimento. Os que estão treinando esses seres em geral são os que já estiveram na Terra. Eles experienciaram o que é estar num corpo físico em um lugar físico. Eles estão tentando ajudar esses novos encarnados a compreender o que é estar aqui, como é potencialmente esquecer quem são, o que é trabalhar em massa e na biologia. 

Há os que estão do nosso lado do véu que estão trabalhando com o planeta Terra e como isso se relaciona com o restante do Cosmos físico. Existem as interconexões que temos com a Terra, com todos os confins do Universo, não apenas com as dimensões físicas, mas também com as não-físicas. E isso também requer um enorme equilíbrio. 

Muitos de vocês que estão nos ouvindo hoje fizeram esse serviço – o serviço de equilibrar a Terra com o resto do Cosmos. E, sim, com outras civilizações – mas nenhuma como os humanos, com outras dimensões e aspectos da vida nessas dimensões. Para continuar realizando essa tarefa, é preciso uma enorme legião de seres angélicos. 

E, Shaumbra, esses mesmo seres estão a serviço de vocês também. Eles não podem fazer isso por vocês. Se vocês lhes pedirem um milhão de dólares, eles não podem fazer isso para vocês. Não é esse o trabalho deles. O trabalho deles é ajudá-los a equilibrar suas energias, ajudá-los a evoluir, ajudá-los a descobrir sua verdade. 

Por isso, estão aqui o tempo todo. Sim, eles adoram conversar com vocês. Nem sempre eles têm a resposta. Estão aí para dar-lhes apoio. Estão aí para ajudá-los em alguns momentos difíceis pelos quais vocês costumam passar. Seria bom recorrer a eles como se recorre a um amigo, como pessoas das suas famílias angélicas, como seres que os amam muito. Mas, novamente, eles não podem fazer nada que vocês mesmos precisam fazer. Eles não são guias, os guias foram embora há bastante tempo. 

Além disso, no nosso lado do véu, nos reinos angélicos, além das dimensões diretamente conectadas com a Terra, além das dimensões cristalinas, estão os níveis angélicos da sua família espiritual – o que vocês chamam de minha família angelical. Eles estão aguardando e observando. Eles estão esperando por vocês, como um representante da sua família espiritual... Estão esperando a humanidade em geral... Evoluir, crescer, aprender na Terra. 

Agora que vai acontecer esse salto quântico, agora que vocês estão realmente assumindo a responsabilidade sobre vocês, tornando-se um ser soberano, essas famílias espirituais estão começando a deixar de fazer essa espécie de retenção – uma retenção energética. Elas ficaram em um impasse, esperando... Esperando para descobrir, através de vocês, o que é ir para esse lugar chamado Terra, o que é fazer o caminho de volta através das muitas experiências que vocês tiveram desde quando ainda estavam com eles, o que é ir para a Terra, assumir um corpo e ficar sozinho. Eles ficaram esperando e agora, graças aos seus movimentos internos, as energias deles também estão começando a se movimentar novamente. 

Se vocês conseguissem, por um momento, se sentir de volta para suas famílias espirituais. Não é importante saber o nome, apenas sentir as energias da sua família espiritual. A energia deles, de certa forma, ficou congelada ou em um impasse, esperando em um padrão de retenção, mas agora estão se movimentando novamente. Agora vocês podem sentir essa mudança de energia até mesmo nesses níveis mais elevados. 

Então, há muita atividade fora da sua dimensão. Muita atividade na dimensão angélica, Shaumbra. É por isso que vocês continuam a sentir movimento... E não é apenas com vocês, está acontecendo em todas essas outras dimensões... Continuando a sentir a mudança de energia. 

Tobias já lhes contou antes que, sim, os anjos também cansam – principalmente os que trabalham muito próximos da Terra – pois a energia da Terra é forte e pesada; é pesada. De certa forma, vai além da gravidade física. É um tipo de gravidade energética que puxa os seres – seres angélicos – para a Terra. E se eles não estiverem bem equilibrados e não tiverem uma equipe de apoio, podem literalmente cair em um ciclo de encarnação mesmo que não tenham escolhido isso. A atração para a Terra é muito forte. 

Sim, nós, os seres angélicos, nos cansamos. É um cansaço diferente do físico, mas pode exaurir nossas energias. É por isso que vamos e voltamos. Há momentos em que temos que nos afastar bastante das energias da Terra para recuperar nossa energia... Para recuperar nosso equilíbrio e bem-estar. Portanto, vocês também estão sentindo um contínuo movimento de mudança, dos seus mensageiros, dos que lhes dão apoio. 

É isso que está acontecendo do nosso lado do véu. Há um aumento de atividade, um aumento no movimento energético, tudo para lhes dar apoio. Tudo para apoiá-los no que estão fazendo aqui na Terra neste momento. 
 
No Shoud do mês passado, Tobias falou ainda mais sobre desconexão. Falou sobre redes. Falou que tudo na sua realidade é uma rede, tudo está interligado com tudo. Ele mencionou, por exemplo, que o seu fígado é uma rede. Ele é formado não apenas por células, moléculas e átomos, mas por vias energéticas. Todos os elementos, todos os atributos da rede, ainda que seja um fígado, também pode se transformar em uma rede do coração se for necessário. Ela está em contato direto com o coração. Ela pode literalmente mudar para se transformar em uma rede cardíaca ou cerebral. E o cérebro pode se transformar em uma rede do pé. 

Tudo está interligado com tudo e cada parte conhece o próprio funcionamento. Fora do corpo, tudo está energeticamente interligado com tudo. Vocês estão ligados à Terra. A Terra está ligada a outras - e a todas – partes do Cosmos. O Cosmos está ligado a todas as dimensões. Está tudo interligado. 

E aqui estão vocês - sendo solicitados a desconectar. Estão sendo solicitados a voltar-se para dentro de si próprios, a encontrar o coração, o núcleo, a essência. Para soltar todas essas coisas que estiveram alimentando vocês e todas as coisas que vocês estiveram alimentando. É um processo natural. Não é preciso forçar nada. Vocês não têm nem mesmo que tentar manipulá-lo. Não há nenhum exercício específico a se fazer. Simplesmente acontece, e é nesse ponto que se encontram os Shaumbra neste momento. Lentamente, suavemente, com a ajuda de todos esses seres angélicos, soltando todas essas velhas conexões. 

Nos últimos meses, alguns de vocês às vezes se sentiram um tanto desajustados. Outras vezes, um pouco mais leves, como se não estivessem carregando mais as velhas cargas, a velha bagagem de antes, porque lentamente estão liberando-as. Vocês dizem, “Mas quanto tempo vai levar esse processo?” Pode levar vários anos. Pode levar o resto desta vida. Para alguns, pode levar até mesmo outra vida. Mas, ele está em andamento, e acontecendo natural e suavemente. Não é preciso forçar nada. Se você quiser fazer alguma coisa para facilitar o processo de desconexão, simplesmente faça a respiração consciente e beba muita água pura. 

Uma das coisas que vocês vão observar nesse processo todo de desconexão é a ausência de ciclos. A energia flui e trabalha e depois se manifesta em ciclos. A natureza tem seus próprios ciclos, por exemplo. Ela tem seus verões e seus outonos e invernos e primaveras. E os ciclos se repetem indefinidamente, porque é assim que a rede da natureza está programada. E os humanos, portanto, aprenderam a aceitar isso. Seria muito desconcertante ir direto do verão para o inverno, ou ter dois verões seguidos, ou não ter nenhuma estação. 

O sol é um ciclo. A lua, todos os planetas, tudo se move em ciclos. A consciência, ou a própria humanidade, se move em ciclos. Ela tem seus altos e baixos. Há tempos de guerra e tempos de paz, tempos de fome e tempos de abundância. 

Quero que vocês observem agora como as coisas trabalham em ciclos. Até mesmo em suas vidas. Mesmo no processo de um dia específico, observe como os ciclos se desdobram. Vocês têm ciclos para comer, seu corpo é usado para esses ciclos. Vocês têm ciclos para dormir. Tudo, entendem, são padrões e ciclos. Do ponto de vista energético, isso daria uma bela pintura de luz – os padrões da sua vida. 

Os ciclos das suas famílias, dos seus relacionamentos. Já observaram que há ciclos com o seu companheiro também? Há tempos em que vocês se dão muito bem. Em outras ocasiões, não se dão nada bem. Mas o ciclo continua indefinidamente. Esses são tempos de aprender com as experiências. Esses são tempos de mudança e transferência de energia. Esses tempos são apenas padrões construídos aos quais vocês se acostumaram, e aceitaram esses ciclos. Mas tudo isso faz parte de redes. Tudo isso é ilusão, tudo isso é falso. Vocês simplesmente foram hipnotizados para acreditar nisso.
 
Um dos maiores ciclos que eu quero abordar hoje é o que muitos de vocês experienciaram sem nem sequer questionar. Simplesmente caíram no velho padrão. Alguns de vocês, particularmente, estão no ápice desse ciclo agora e precisam saber. Muitos estão na crista do ciclo, muitos de vocês. As coisas estão começando a fluir. Estão começando a ficar boas. A sincronicidade está começando a acontecer na sua vida. 

Para alguns de vocês o ciclo foi desencadeado por um acontecimento que, talvez, não tenha sido muito agradável – a perda da casa onde moravam, a perda do trabalho ou de um companheiro. Mas, aí começou um novo ciclo, porque vocês estavam livres de algumas velhas energias que, na verdade, eram âncoras. E depois as coisas começaram a melhorar – seja qual for o significado pessoal disso para vocês. Talvez vocês apenas estejam se dando melhor consigo mesmos. Não estejam se atormentando. Não estejam se julgando, estejam apenas se deixando viver. Pode ser que isto esteja se manifestando no seu trabalho. Há simplesmente um novo fluxo com as pessoas com quem vocês trabalham. Ou se vocês tiverem o próprio negócio, talvez ele esteja indo melhor do que nunca. 

Mas o que acontece nesse ciclo – no velho ciclo da dualidade com o qual você está acostumado? O que acontece? Ele chega até certo ponto e desce. Vocês estão tão acostumados com isso que vejo muitos antecipando a queda. Estão se preparando para a queda. Estão se preparando para perder tudo. Estão na descendente do ciclo. 

Isso é uma ilusão. Esse é um velho sistema de crenças e não precisa acontecer. Uma das coisas que quero fazer aqui hoje com os Shaumbra é colocar um fim nesses ciclos – os altos e baixos. Eles servem para o resto da humanidade no sentido de que os “altos e baixos” fazem um trabalho de limpeza de energia velha. Em certo sentido, é um processo de purificação. É também um processo que desenvolve um momentum – um momentum energético. Mas perdeu a importância para vocês, Shaumbra.

Tobias, de certa forma, mencionou isso há alguns Shouds quando falou de energia destruidora, a energia de Shiva. É isso o que vocês fazem, bem no auge, quando as coisas estão indo bem, vocês entram com a energia destruidora. 

Vamos pedir a todos para tomar consciência de todos os ciclos das suas vidas. Tudo o que fazem. São padrões. É possível literalmente observar o fluxo de energia. Se houvesse um aparelho capaz de medir, seria possível ver os altos e baixos. É muito parecido com uma onda ou o comprimento de onda – altos e baixos. Muito parecido com as ondas do mar, as cristas e as arrebentações. Vocês simplesmente se acostumaram a isso como forma de vida. 

Chega, Shaumbra. A Nova Energia, em primeiro lugar, não permite isso, não permitirá ciclos. A Nova Energia não é cíclica, não é em forma de onda. Não tem altos e baixos. A Nova Energia não permitirá isso. Mas, acima de tudo, isso não serve mais para vocês. Alguns de vocês estão bem no topo de grandes conquistas na vida, na consciência, na espiritualidade e, no plano mais prático, nos negócios, no novo trabalho de professor que terão. Vocês estão bem no topo desse ciclo e parte de vocês já está prevendo a queda. Igualzinho a uma montanha russa, primeiro sobe e depois desce. 

Shaumbra, vamos fazer a escolha hoje de não termos mais isso. Vocês não precisam mais disso. Não precisam dos altos e baixos. Neste momento, estou sentindo alguns de vocês dizerem, “Mas e aí, o que acontece? Vou sempre só para cima?” Não. Vocês saem dessa trilha de vez. Saem dos ciclos para sempre. 

Se vocês têm a ilusão de que vai sempre para cima, para cima, para cima, na velha dualidade, mais cedo ou mais tarde, vaõ ter que descer, porque é assim que funciona a dualidade e esse é o velho sistema de crenças. Saímos do sistema de crença de ciclos – a ilusão do ciclo – e essa energia também sai. Não haverá mais altos e baixos. Não haverá mais bom e mau. Simplesmente é. Simplesmente continua a se expandir. E, como diz Tobias, ela se expande para dentro e para fora, tudo ao mesmo tempo. A expansão não acontece em uma única direção. Não é apenas em uma dimensão, tampouco. Ela vai para todas as direções. 

Vamos dedicar um momento para realmente sentir como é isso. Quero que vocês comecem soltando a velha programação e acostumando-se à nova. Vocês estão no ciclo alto. Estavam no baixo, estavam no inferno. Passaram por tempos difíceis, mas aí, soltaram isso e agora estão indo novamente cada vez mais alto. Estão se sentindo melhor. Estão com a mente mais clara. Sentem-se mais conectados consigo mesmos e menos conectados com o resto. Fizeram grandes conquistas para suas vidas. Talvez nos negócios ou nos relacionamentos ou simplesmente mudaram a consciência. Agora estão nesse ponto maravilhoso. 

Agora vamos sair dessa trilha, sair desse ciclo juntos. Vamos soltá-lo. Deixem-se flutuar aqui. Soltem-se. Deixem para trás os velhos ciclos e padrões. Deixem para trás os velhos altos e baixos. 

(falando lenta e suavemente) 

Permitam-se flutuar para fora disso por um momento... Ir além da necessidade de altos e baixos ... Deixando fluir a energia de expansão, na sua vida...Onde não há dias bons/dias ruins... Onde tudo é transformar-se... Tudo é expandir-se. 

Agora é como estar no topo da montanha russa. Vocês foram cada vez mais para cima. Existe expectativa e excitação... E no momento em que acharem que tudo vai começar a descer, vamos sair. Vamos sair dessa montanha russa juntos. Não há necessidade de descer. Na verdade é mais divertido, mais prazeroso e mais libertador simplesmente sair da montanha russa nesse ponto. 

Vejo que muitos fizeram movimentos incríveis na vida, no ápice de grandes conquistas... E não estou falando de pouca coisa... Grandes conquistas na vida. Mas vejo esse sistema de sabotagem, ou o velho sistema de ciclos, pronto para dar o bote e puxá-los para baixo. Não precisam mais disso. Vamos sair dele para sempre. 

Em seguida, gostaria de conversar com vocês sobre um ponto muito importante. Talvez não de forma tão espiritual, sem dramas, mas de um ponto muito importante à medida que avançam na vida. É sobre ser autêntico. É uma nova palavra que eu adoraria fazer os Shaumbra sentirem e começarem a usar. Autêntico. O que quer dizer isso? O que quer dizer isso? 

Significa ser absolutamente verdadeiro e honesto consigo mesmo, mas de um modo diferente. Autêntico significa ter absoluta confiança em si mesmo. Significa não fazer coisas pensando nas outras pessoas, pensando no que as pessoas vão pensar, e sim porque é importante para vocês. Autêntico tem a ver com vocês. 

Autêntico não tem a ver com as coisas comuns do mundo. Alguns de vocês acham que ser autêntico é não contar mentiras, ser bonzinhos, fazer as coisas certas – o que deste lado do véu chamamos de síndrome da “boa menina/bom menino”. Vocês foram programados para pensar nesses termos. E de onde vem isso? De onde vem esse conceito de menino bonzinho ou de menina boazinha? Vem de outras pessoas que querem mantê-los sob controle, que querem que vocês façam o que elas querem. Não tem nada a ver com ser autêntico, tem a ver com controle. Foi enraizado em vocês desde criancinhas e vocês continuam a agir assim. Mas isso não é ser autêntico, isso é simplesmente seguir a velha programação que veio de outra pessoa. 

Autêntico é ser verdadeiro consigo mesmo. Alguns de vocês implantaram a série completa dessas coisas complexas em suas vidas, o que vocês acham que é certo e errado. Existem listas de coisas que vocês fazem... Ainda que não seja por escrito vocês têm a lista na cabeça... Coisas que vocês têm de fazer para se tornarem dignos de se amar. E quero lhes dizer neste exato momento, essa lista que vocês têm na cabeça, nunca conseguirão concretizá-la. É inalcançável, por isso devem se livrar dela agora também. 

Não é autêntico achar que devem ter determinado peso. É uma mentira, uma decepção, um erro muito grande que está lhes causando muitos traumas. E vocês nunca conseguirão realizar tudo o que está nessa lista, porque o foco é “Eu só serei bom se tiver determinado peso”. Isso é um ciclo, entendem, e vocês nunca terão esse peso, porque mesmo que consigam ter esse peso por um período curto, cairão novamente nos ciclos, ficarão balofos de novo. É um ciclo que se auto-perpetua, Shaumbra, e a questão não é o peso. É a decepção. É uma perturbação, e vocês não estão sendo autênticos consigo mesmos se acharem que devem ter determinado peso. 

Alguns de vocês acham que devem ter certa dose de iluminação espiritual para ser autêntico. Esse é o papo mais furado que eu já ouvi, Shaumbra! (risos da audiência) Cauldre está me brecando por um instante, mas estou sendo autêntico com vocês! (mais risos) uma das maiores armadilhas para os humanos é a questão espiritual porque eles acreditam, foram levados a acreditar no que outros lhes disseram, em que têm que ler todo esse material, estudar todas essas disciplinas, assistir a todas essas aulas, fazer o que os grandes mestres fizeram. 

Shaumbra, vocês nunca chegarão lá. Nunca conseguirão ler um número suficiente de livros. Nunca conseguirão assistir a um número suficiente de aulas. Não estão sendo autênticos consigo mesmos. Na verdade, estão se sabotando quando dizem “Tenho que continuar estudando para ser espiritual. Fui uma pessoa má. Me disseram que fui uma pessoa má. Por isso, tenho que continuar estudando, me disciplinando”. Nunca chegarão lá, nunca. Só quando se tornarem autênticos e fizerem coisas para vocês mesmos, para VOCÊS MESMOS, se tornarão autênticos. 
 
A espiritualidade, em muitos, muitos casos, a religião, não é autêntica. É cheia de rituais, ritmos, obrigações, regras e palavras antigas. E vocês podem ficar estudando isso para sempre. Há estudiosos que eu conheço pessoalmente que passaram cinco, seis, sete vidas estudando, estudando e estudando. E nos sentamos para discutir, quando eles voltam para o meu lado, e dou risada na cara deles! (a audiência ri) E eles ficam muito frustrados comigo e começam a mencionar alguns pontos, tornam-se filosóficos e esotéricos e eu dou risada. Eu digo “Você não está sendo autêntico”. Isso os confunde e eles correm para começar outra vida (muitas risadas). 

Estão fazendo isso. Estão correndo atrás da própria cauda espiritual, Shaumbra. Fazem isso porque acham que têm que fazer. Fazem isso porque acham ... Foram levados a acreditar que devem fazer todos esses estudos. Não estão sendo autênticos. E não estou falando de todos, na verdade, estou usando alguns exemplos extremos porque parte da minha autenticidade é ser extremista. (risos) 

O que é “autêntico”, Shaumbra? É ser você mesmo. Sei que essas palavras são duras para algumas pessoas. Façam isso para si mesmo, porque sempre lhes disseram para NÃO serem vocês mesmos. Façam isso porque é para vocês. Isso é ser autêntico. 

Vamos falar de alguns exemplos de seres humanos autênticos. Eu considero meu querido amigo Tobias autêntico. Ele sofreu as penas do inferno para chegar a isso. Passou por muitas vidas difíceis. E na última vida na Terra, ele disse “Chega. Chega – Chega de regras. Chega de fazer coisas para os outros por obrigação. Chega de estudar as escrituras só porque me disseram que essa é a maneira de chegar ao céu”. 

Tudo em que ele acreditava, tudo pelo que ele trabalhou tanto, fez com que ele acabasse na prisão, e onde estava o seu Deus para salvá-lo. Seu Deus não era autêntico, saiu de um livro. Era uma ficção escrita por alguém. E ele se sentou naquela prisão, sendo alvo de zombarias do pássaro – que na verdade era o Arcanjo Miguel – e o pássaro disse, “Quando, Tobias, quando você vai ser você mesmo? Quando vai ser autêntico? Quando vai parar de se alimentar de outros e alimentar-se de si mesmo? Quando você vai ser o maior Ser do mundo? Quando você vai ser quem realmente é?” 

E, novamente, após grandes frustrações, Tobias enfim conseguiu entender o que o pássaro queria dizer e ele literalmente se libertou – não apenas dos muros da prisão, mas de tudo que o estava impedindo de ser autêntico. Ele resumiu tudo em sua simples e pura verdade. Sua simples e pura verdade. 

E vocês estão sendo desafiados, ou convidados a fazer o mesmo, neste exato momento: Sua própria verdade. Não um monte de jargão esotérico. Não um monte de conversa mole. Nada para tentar impressionar outras pessoas. Não para ver quantos diplomas conseguem colocar na parede. Não para impressionar outras pessoas a fim de se sentirem bem. Isso não é autêntico. Isso é se alimentar no lugar errado. 

Kuthumi. Muito autêntico. Muito autêntico – não tinha nenhuma necessidade de impressionar ninguém. Era muito independente, amava as pessoas, amava a natureza. Mas acima de tudo. O que posso dizer a respeito de Kuthumi, ele é o exemplo de aprender a amar a si mesmo. Não é narcisista. Ele não passa – digamos – dias e dias na frente do espelho. Ele aprendeu a se amar. Ele aprendeu que tudo o que já tinha feito em suas vidas foi o maior presente que ele pôde se dar. Ele é um exemplo de autêntico. 

Quando ele aparecer por aqui... Ele voltará em breve... Quando ele aparecer por aqui e alguns de vocês se encontrarem com ele, vão perceber que ele é o maior exemplo de autenticidade. Ele é ele mesmo. Quando vocês ficam perto da energia dele, não sentem que alguma coisa está sendo tirada de vocês. Não se sente nenhuma manipulação ou trapaça. Ele é ele mesmo. É autêntico.
Ohamah, o soberano, o autêntico. Ele passa por muitas turbulências. Ele vem como um velho guerreiro, malcheiroso e grosseiro (risos), mas ele é muito autêntico. Ele aprendeu a mesma lição: “Nada importa. Nada do exterior importa. Nenhuma regra, nenhuma expectativa que possam ter a seu respeito. Nada disso importa”. Ele é autêntico. Ele não precisava do amor de outro humano... Na verdade, ele rejeitou isso... Ele não precisava do amor de outro humano para encontrar seu Ser autêntico. 

Um querido amigo nosso que esteve aqui recentemente como convidado, Edgar Cayce. Muito autêntico, muito autêntico. Oh, sim, ele passou muitos anos da sua vida em conflito com a era em que vivia, alguns dos seus conceitos religiosos contrariavam o que ele fazia. Mas ele sempre permaneceu verdadeiro para si mesmo e autêntico. Ele sempre buscou na sua essência o que era importante para ele – ele! Ninguém mais, só ele. 

Isso pode parecer egoísta, não? Mas, Shaumbra, vocês foram levados a acreditar que sempre têm que fazer alguma coisa para os outros e, depois, no final, tornam-se inúteis para todos porque estão esgotados, estão muito confusos sobre quem realmente são. Vocês são a antítese do autêntico. Na verdade, no longo prazo, vocês não fazem nada para ninguém quando estão sempre fazendo coisas para os outros. 

Edgar Cayce descobriu que se ele fizesse isso para si próprio, SUA grande verdade – e não a verdade de nenhuma outra pessoa – seu ser autêntico, então as canalizações fluiriam. As informações fluíram e ele pôde escrever esses livros maravilhosos. Conseguiu ajudar muitas pessoas sendo autêntico.
Madame Blavatsky, uma grande amiga minha, uma grande filósofa e professora. Ela era autêntica. Ela era quem era. Amava a sociedade, amava seus amigos, mas não estava tentando impressionar ninguém. Ela se entendia muito bem com ela mesma. Ela sabia o que era ser autêntica. 

Sabem, a parte autêntica de vocês, Shaumbra, é a parte charmosa. É a parte carismática. Vocês não precisam criar esse carisma, não precisam planejá-lo e desenvolvê-lo. É a parte natural que atrai as pessoas. Quando vocês são autênticos consigo mesmos, atraem as pessoas. Era assim que Madame Blavatsky fazia. Maravilhosamente autêntica. 

Yeshua... Querido Jesus! (alguns risos). Muito autêntico. É interessante, vocês diriam, “Como pode um ser sem alma ser autêntico?” Bem, foi a energia coletiva por trás dele, inclusive a sua. Shaumbra, vocês e Yeshua são tão maravilhosamente parte um do outro – a energia coletiva por trás desse ser amado – e é por isso que muitos de vocês sentiram tanto amor e compaixão por este Ser. Foi a sua parte autêntica que vocês colocaram em Yeshua, e por isso, ele era autêntico. Ele não estava tentando impressionar seus companheiros. Não estava tentando impressionar os apóstolos. Certamente, não estava tentando impressionar os líderes das igrejas. Ele era autêntico. 

E, eu, Saint-Germain. Eu sou autêntico. Eu sou tão autêntico que até posso falar de mim dessa maneira, entendem? Eu aprendi, enquanto estava preso no cristal, o que era voltar a ser o que eu era. Não me importo nem um pouco com o que outras pessoas pensam a meu respeito. É por isso – exatamente por isso – que elas me amam! (Saint-Germain ri). Quando vocês forem autênticos, quando aprenderem a se apaixonar por si mesmos, passarão a ser atraentes para as outras pessoas. Elas enxergarão a sua pureza. Enxergarão a sua essência. 

Autêntico é soltar as coisas da sua vida que são falsas, que não significam nada. E, Shaumbra, a sociedade em geral está sob uma camada tão hipnótica que se esquece do que realmente é importante. As pessoas são completamente desprovidas de autenticidade, estão muito perturbadas, fazendo de tudo para tentar – digamos – apenas sobreviver. Fazendo de tudo para ter apenas o suficiente. Fazendo de tudo para agradar as outras ou para evitar desagradar as outras – e isso não é autêntico. 

Por falar em autêntico, chegou a hora de vocês se livrarem desses termos antigos que usaram no passado para se referir à sua divindade. Vocês a chamam de Eu Superior, de Eu Verdadeiro. E o seu Eu Autêntico? E o seu Eu Autêntico? Ele é verdadeiramente o grande Ser expandido que vocês são. Vocês estão tão focados neste aspecto humano, que se esqueceram disso. Vocês não têm sido autênticos consigo mesmos a respeito de quem são. 

Alguns de vocês têm essa ilusão não-autêntica de que esse grande ser divino, esse anjo dourado, vai descer, sentar-se no seu colo e que vocês estarão totalmente integrados. Não é assim que acontece. Não existe outra parte em outro lugar. Está tudo em vocês agora mesmo. Vocês simplesmente não têm sido autênticos – têm sido humanos com vocês mesmos. Chegou a hora agora... Chegou a hora de voltar para “O que é importante para vocês”. Voltar para quem vocês são. Voltar para suas raízes autênticas. 

Como eu disse, não há nenhum grande mistério espiritual. Trata-se de algo do senso comum, Shaumbra, trata-se de ser autêntico. Com a permissão de Tobias, eu vou trabalhar com vocês neste próximo mês em situações que os ajudarão a compreender, primeiramente, os ciclos da sua vida e como sair deles. Como evitar a queda quando estão lá em cima. Como transformar realmente suas experiências e a sua natureza cíclica em natureza de expansão e ao mesmo tempo continuar a voltar para casa. Vou continuar lembrando vocês – durante o sono, quando estão acordados, quando estiverem dirigindo pela estrada – Vou continuar lembrando-os, com o apoio de todos esses outros seres angélicos que estão trabalhando com vocês, vamos dizer, “Isso é autêntico? Você está sendo autêntico?” Vou até mesmo pedir para que vocês se façam essa pergunta. Perguntem-se, “Estou sendo autêntico?” 

Alguns de vocês vão lutar com as palavras, tentando decifrá-las. Alguns vão usar palavras bastante filosóficas. Vocês vão usar muitas – como posso dizer – baboseiras espirituais. Vamos continuar a trazê-los de volta para a essência e o núcleo. Isso é que é importante neste momento. É importante para o que vamos fazer daqui a alguns meses. Vamos voltar para o autêntico. 

Assim, Shaumbra, essa é a mensagem de hoje... Curta e doce, exatamente como a energia desta sala... Essa é a mensagem do dia, trazida também pelos nossos convidados, os Ballards, que vêm trabalhando nesse princípio do “EU SOU Autêntico” desde a década de 1930. E agora, Shaumbra, chegou a hora de trabalharem isso em suas vidas. 

EU SOU autêntico, e eu sou o Professor Adamus Saint-Germain.

 

Tradução: Sonia Bidutte    bidutte@terra.com.br



 
Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, com o pseudônimo de "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com. O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.
O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.
Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.
As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.
O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.
Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.
Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com todo este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado. Veja a pagina de contatos no website http://www.crimsoncircle.com/
 © Copyright 2006 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.