Atualizações sobre a Nova Terra... E Mais

OS MATERIAIS DE TOBIAS

A Série do Retorno:
SHOUD 9: “Atualizações sobre a Nova Terra... e Mais”
Apresentando Tobias, canalizado por Geoffrey Hoppe
 

Apresentado ao Crimson Circle
4 de Abril, 2009







E assim é, queridos Shaumbra, meus queridos amigos. Algumas vezes, as palavras não podem expressar o amor, a aceitação e a honra que sinto quando estou em sua presença. Temos muito a dizer hoje. Ah, tantas... tantas coisas sobre as quais falar e tão pouco tempo para isso.

Hoje, quero abordar quatro assuntos diferentes, mas garanto que não será um Shoud de quatro horas. [Risadas] Trabalharemos juntos aqui basicamente para transmitir tudo que deve ser transmitido, resolver o que precisa ser resolvido e que tenha ligação entre nós. Seremos breves, porque assim é, na verdade, a Nova Energia. Se cada um dos assuntos que abordarei hoje poderia levar uma hora aproximadamente, poderemos desenvolvê-los num tempo bem mais curto. Antes precisávamos falar, falar e falar a fim de permitir que o rio ou o fluxo de consciência se deslocasse de nós para vocês, o que costumava levar uma hora, uma hora e vinte minutos. Juntos agora podemos realizar isso num simples instante. Com uma simples respiração. Provavelmente, levarei cerca de uma hora hoje, porque realmente eu me divirto quando venho para esta energia, quando estamos neste salão juntos. Não apenas aqui... adoro as fragrâncias, a propósito... eu me interrompo aqui. Adoro as fragrâncias.

Respirem fundo pelo nariz, mesmo vocês que não estão aqui neste lugar maravilhoso. Vocês podem sentir. E falamos bastante sobre isso no Workshop Interdimensional. Vocês podem sentir o aroma das energias, não apenas com o sentido humano do olfato, mas com o sentido divino. Ah, adoro o cheiro desta sala e da comida. Adoro o cheiro dos humanos, de fato. Ah, sim, vocês carregam um cheiro muito especial. Perguntem ao nosso amigo cachorro hoje. Ele conhece cada um de vocês não pelo nome, mas pelo cheiro.

Os humanos têm um odor distinto. Vocês não notam porque, bem, vocês são humanos. Vocês sentem o cheiro de vocês o tempo inteiro. Mas, saibam, quando os bebezinhos nascem, o sentido que primeiro desperta é o olfato, bem antes da audição ou mesmo do tato, bem antes do paladar. E eles sentem imediatamente o cheiro dos humanos. Eles sentem o cheiro da mãe e de tudo que os cerca. E com isso eles se reconectam com a parte que foi humana anteriormente.

Os cheiros nesta sala hoje – humanos, natureza, a bela natureza lá fora. Falei com alguns de vocês lá fora quando estavam em pé na neve. Ah, a vida é boa quando vocês são humanos. A vida é boa quando vocês são humanos e não se prendem às coisas, quando percebem que fizeram uma escolha e podem continuar fazendo escolhas e amando essa experiência. Vocês não estão presos ao passado. O futuro não está estabelecido de forma alguma. Que coisa incrível!

[Lágrimas]

Assim, algumas coisas antes de entrarmos nos assuntos de hoje. Para os que estão prestes a chorar, simplesmente chorem. Deixem sair. Posso sentir que muitos estão sintonizados aqui, fazem parte deste Shoud. Vocês queriam chorar, mas foram para a mente e disseram: “Eu nem mesmo sei por que quero chorar, então, não posso ou não vou chorar de jeito nenhum.” Vocês sentiram o coração doer. Sentiram um aperto na garganta e simplesmente queriam chorar – e está tudo bem. Vocês estão entre amigos. Vocês estão com os Shaumbra, com a família – com a família de casa. Com as famílias angélicas. Vocês estão com aqueles que entendem como é passar por essa incrível transformação.

Assim, eu os convido, se estiverem em casa sozinhos, se estão aqui neste salão onde nos apresentamos, permitam-se chorar, porque é uma emoção que quer desabrochar e também está cercada de sentimentos. E é com uma liberação que vocês estão prestes a se presentear, mas vocês estão suprimindo isso. Bom, existem muitos caminhos para fazer esse tipo de liberação, esse tipo de limpeza das energias, mas bem agora posso dizer que muitos de vocês apenas precisam chorar. E sabem de uma coisa? Nós vamos chorar com vocês, nós, seres angélicos. Sem tristeza... nem sabemos como chamar isso. Talvez não chamem isso de nada além de liberação.

Este é, como falamos muitas, muitas vezes antes, um tempo inacreditável na Terra, e muitas mudanças estão acontecendo bem agora. E vocês estão absorvendo muito disso no corpo – no corpo, na mente e no espírito. Neste momento em que estamos juntos, vou pedir-lhes que vão para dentro de si mesmos. Vocês estão absorvendo uma energia tremenda de Gaia, a Mãe Terra, uma energia do passado – do seu passado e da história da Terra. Vocês estão sentindo, absorvendo e mesmo processando muita coisa das pessoas que estão ao seu redor na vida. Ah, como elas confiam em vocês... Como elas contam com vocês... Como elas se nutrem de vocês também... Como elas os veneram de um modo que elas não podem admitir... mas vocês sabem que isso acontece. É um tipo de amor. É um tipo de conforto e segurança e vocês estão absorvendo isso delas.

Alguns de vocês, curadores, conselheiros, curandeiros, não importa como prefiram ser chamados, vocês são orientadores. Vocês ajudam as pessoas. Ah, e por mais que tentem se livrar da dor que sentem que vem delas, por mais que desejem profundamente resolver os problemas delas e tornar as coisas melhores para elas, mesmo que vocês saibam que são elas que têm que fazer isso, vocês absorvem parte disso, que entra, particularmente, em seu corpo. Então, seu corpo dói, mas vocês continuam indo em frente com dificuldade. Isso entra em sua mente e fica fazendo joguinhos idiotas com vocês. Ah, jogos que... o maior jogo é que vocês acham que são seus pensamentos, e não são.

Vou fazer uma afirmação aqui, talvez um pouco precipitada, mas vocês realmente estão indo além do pensamento. Toda a provocação da mente, todas as vozes, os diálogos e o que vocês chamam de registros e sussurros que chegam, a maioria não pertence mais a vocês. Vocês realmente estão transcendendo o pensamento – a atividade cerebral –, mas ainda estão processando essa atividade para as pessoas. Vocês ainda estão trabalhando com ela para os outros. Ah, vocês são ótimos em transformar isso para si. Até parece a sua voz, mas realmente não é.

Muitas das energias de mudança da Terra e da humanidade estão cobrando um... não quero dizer um preço alto demais, mas elas estão ocupando muito de sua atividade mental e de seu próprio espírito. Seu próprio espírito – estou olhando para ele bem agora – é tão... é tão afetuoso. Sim, mesmo que vocês não se achem uma pessoa afetuosa. Mesmo que vocês se achem indiferentes às vezes. E eu sei o que alguns de vocês fazem. Se vocês se consideram frios, eu vejo mais além. Sei que isso é uma barreira ou uma proteção. Eu sei o quanto vocês são ternos e tenho prova disso. A prova é que vocês estão aqui na Terra em uma jornada que realmente não tem a ver com vocês. Ela não tem um significado real para vocês, mas vocês estão aqui por causa do amor pelas pessoas com quem têm compartilhado existências; estão aqui como resultado da compaixão e do amor pela humanidade; estão aqui porque amam os animais. Vocês amam todo tipo de animal. Vocês trabalharam com eles antes. Vocês ajudaram a criar muitas espécies da Terra. Vocês conhecem sua importância e sabem que eles são uma bênção. Vocês estão aqui porque amam a Terra – o chão, as rochas, os oceanos, o céu. Por isso, eu sei do que vocês são compostos. São compostos de amor.

Ah, nesse momento, as energias da Terra são tão intensas... tão intensas... Na verdade, precisei parar algumas vezes, queridos amigos. Precisei parar e reconsiderar toda essa coisa de voltar pra Terra! [Risadas] Talvez eu... eu estivesse enganado ao dizer que seria moleza... Eu vou voltar, vocês poderiam dizer, como um mestre ascendido e vou me lembrar que isso não importa. [Risadas] Ah, ai do mestre ascendido que pense que é fácil assim...

Eu sei como é – não só na minha encarnação como Sam. Eu sei como é isso neste ser, To Bi Wah, uma alma, uma essência. Eu sei o quão forte e o quão densa e atraente a energia da Terra está no momento. Sei que às vezes vocês dizem para si mesmos... qual é mesmo o termo que usam? “Que saco!” [Risadas] Acho que é isso que escuto vocês dizerem. “Por que eu estou aqui?” Mas, entendam, a energia da Terra está tão atraente no momento... Qualquer jogo se desenrolando... Todos os jogadores, ah, estão de volta aqui nestes tempos. A energia é muito atraente também porque lhes diz que vocês precisam estar aqui. Ela é atraente e não é certa nem errada. É apenas atraente.

É muito atraente para uma alma afetuosa como a de vocês, que passaram muitas vidas na Terra ou que entendem a física espiritual da Terra e como ela se aplica a suas famílias espirituais nas outras esferas. É tão atraente... Ela os puxa de volta para cá em um instante, porque é onde a coisa está acontecendo. Em todo o universo, em todas as dimensões, aqui é o lugar quente. Aqui é o ponto de ação e é onde o céu, a Terra e as outras dimensões vão fazer sua transmutação também.

Não tem a ver apenas com uma pequena parcela de humanos em corpos físicos tentando sair de uma armadilha, tentando voltar ao paraíso. Tem a ver com a transmutação de toda a criação que vocês ajudaram a gerar. Um movimento inteiro ou uma mudança que vai muito além do que vocês possam imaginar agora. Assim, em vez de tentarem imaginar mentalmente, vamos apenas sentir isso. Vamos sentir com o coração.

Mas não me digam que não sabem como sentir. Vocês sabem sentir. Vocês simplesmente colocam uma trava nos sentimentos de modo que não tenham que sentir. Talvez seja aquela sensação interior de precisar chorar que tem que aparecer agora. Talvez seja aquela parte que diz: “Não me deixe mais afastado. Não me tranque em um lugar isolado qualquer.” É essa parte de vocês que realmente sente e percebe, a parte de vocês que realmente está consciente. Ela quer aparecer e está chorando, querendo sair.

Vamos tomar alguns minutos aqui, agora, apenas para respirar fundo neste espaço seguro. Deem permissão ao corpo, à mente, ao espírito, a cada parte de vocês. Deem permissão para simplesmente relaxarem durante nossa sessão juntos. Talvez essa seja a coisa mais valiosa de tudo que fazemos quando estamos juntos. É um alívio. É um momento para deixar ir, para tirar a armadura de batalha, derrubar qualquer tipo de barreira protetora à sua volta. E eu entendo por que vocês as construíram. As energias estão muito, muito intensas por aí nestes tempos. E a intensidade... enquanto eu falo, apenas respirem. Vão para dentro de si. Sintam-se. Não sintam todas as energias externas do mundo, mas a sua neste momento. Está tudo bem fazer isso. Não é egoísmo. Na realidade, esse é um dos maiores presentes que vocês podem se dar.

Vocês sabem que podem ser flexíveis apenas por um instante, afrouxar as energias e os laços com seus filhos, seu cônjuge, seu trabalho, seus negócios e essa grande mudança da Terra neste momento e simplesmente voltarem-se para si.

Voltem-se para si, para esse recipiente sagrado que vocês chamam de corpo, para esse dispositivo sagrado chamado mente.

Voltem-se para si... para seu espírito, para este momento.

Simplesmente, continuem respirando pelo restante do tempo em que falaremos hoje e sintam-se.

A energia está densa por aí. É um tempo grandioso na Terra, mas, sim, tudo é muito intenso.

Temos uma determinada maneira de medir as diferentes características da Terra – energia, consciência, expansão ou contração. Temos uma forma de medir para onde a humanidade está indo num período de tempo relativamente curto, não daqui a centenas de anos. Não é realmente possível, e qualquer um que ache que seja estará apenas vislumbrando um potencial. Agora mesmo é difícil para nós ver além de três ou quatro anos à frente. Não por causa dessa data de 21 de dezembro de 2012, mas porque o momento é muito fluido e existem potenciais como nunca antes. Não é apenas o potencial de seguir pela estrada da esquerda ou da direita. É um potencial de muitas, muitas estradas diferentes. Por isso, é tão difícil para qualquer ser angélico ver além de alguns poucos anos à frente.

As energias estão extremamente elevadas, como sabem, e vocês as estão sentindo. Não se esqueçam disso. Não se esqueçam de reservar um tempo para si, e não estou querendo dizer respirar fundo apenas uma ou duas vezes. Estou falando de uma ou duas horas. Seu corpo precisa disso. Sua mente precisa disso. Seu espírito também.

Editorial de Tobias

Antes de começarmos o Shoud de hoje, como de costume, conversamos previamente sobre o tema, depois, juntamos tudo e apresentamos como um simpático pacote uniforme... a propósito, hoje foi muito difícil. Enquanto reuníamos as energias de todos vocês, enquanto reuníamos as energias dos que lerão este material posteriormente, havia muitos assuntos diferentes a serem abordados, muitas coisas diferentes. Tivemos bastante dificuldade para determinar sobre o que falaríamos.

Mas antes de entrarmos nessas energias, eu gostaria de passar-lhes um breve editorial aqui. Não faço isso com muita frequência e enfatizo que este é MEU editorial, não tem necessariamente a energia de um Shoud, que pertence a todos nós.

Quero fazer um comentário sobre algo a que estou cada vez mais consciente através de Sam. E o comentário tem a ver com o termo “Nova Ordem Mundial”. Este termo foi usado recentemente nessa reunião do G20. Quando vocês dão uma olhada na humanidade no momento, o que está acontecendo é que, pela primeira vez em muito, muito tempo, talvez quase se possa dizer pela primeira vez na história da Terra, as energias estão se reunindo em uma base bem globalizada. No passado, as nações foram separadas por tudo, desde as línguas faladas até os governos e os sistemas financeiros. As nações estavam protegidas e se defendiam com as guerras, com as ações subversivas. Cada um tomava conta de seu território. Era uma forma de poder. Havia muitas batalhas e muitas vidas eram ceifadas para manter esse território bem definido e a cultura dentro desse território.

O que está acontecendo agora com o advento da moderna tecnologia é que o mundo está se tornando globalizado. Bem, num senso comum, vocês diriam: “Sim, é claro, somos um planeta. Temos nossos vínculos enquanto humanos e enquanto anjos e faz sentido chegarmos a uma globalização. Faz sentido nós nos reunirmos para discutir tanto nossas diferenças quanto nossas igualdades e tratarmos, agora, dos sistemas financeiros, dos governos e da relação entre os governos. Faz sentido que tratemos de todos esses pontos diferentes agora e cheguemos a algum consenso ou a acordos, mas também honrando e reconhecendo a diferença de nossas culturas sem fechar as portas ou criar novas barreiras.”

Sendo assim, existe agora essa conversa – conversa que começou há algum tempo sobre uma Nova Ordem Mundial. Essa discussão sobre a Nova Ordem Mundial tem sido, como dizer, considerada vilã ou demoníaca. Há os que estão dizendo: “Isso é o fim. É a Revelação. É o fim do mundo. Isso é Satã assumindo o controle.” E outros dizem que, quando houver uma única moeda no mundo, será o início do fim, porque os que buscam poder, os que controlam o poder agora, vão controlar toda a humanidade.

E eu terei que investir meus dois dólares ou dois euros, o que seja, em vocês [risadas], pedindo que cada um tenha discernimento, do seu próprio jeito, mas que tenha discernimento. Mas eu tenho que me expressar com relação a isso. É tempo para o mundo se unir. É tempo para as guerras acabarem. É tempo para os que estão tentando se proteger e os que estão tentando ficar isolados – culturalmente, politicamente, ou como for – perceberem que a Terra evoluirá quando houver um consenso e quando houver um acordo, mesmo quanto às desavenças. O mundo irá pra frente quando essa nova língua – uma linguagem global – começar a acontecer no mundo. E não tem a ver com tentar enquadrar todas as pessoas e torná-las todas iguais, mas tem a ver com construir pontes até as ilhas. Tem a ver com o fim da era de guerras e diferenças.

Uma vez que os humanos e os governos chegarem a um entendimento sobre como todos somos semelhantes, e uma vez que entendam que todos os humanos estão numa jornada, não seremos chineses nem israelitas, não seremos apenas brasileiros ou canadenses – nós somos humanos neste grandioso planeta. Os humanos estão todos, a maior parte, trabalhando em prol da mesma coisa: tornar este O planeta, tornar este o exemplo brilhante para as famílias angélicas, para o restante do universo, para as demais dimensões. Toda a criação remanescente está assistindo ao que acontece na Terra. E o que acontece na Terra afeta tudo mais. Será que não faz sentido que, enquanto anjos humanos, desenvolvamos alguns vínculos comuns entre nós?

Há quem diga que Ordem Mundial implica sempre em novos governos fascistas, comandados por grupos, famílias ou conspirações, querendo assumir o controle do mundo. E em benefício do quê? O mundo agora está morrendo de fome, está rapidamente esgotando a energia – as fontes de energia –, ficando rapidamente sem fontes de água limpa e entrando em muitos conflitos. Então, imaginem, por que alguém iria querer assumir o controle do mundo?

Há uma movimentação na Terra como nunca vi antes. Alguns líderes políticos estão inspirados. Entendo também que haja muita Velha Energia, muitos líderes políticos equivocados, mas vocês estão vendo uma estirpe, uma geração inteiramente nova de líderes que trabalham sinceramente, sem egoísmo, que estão verdadeiramente inspirados. E vocês sabem quem são eles. Eu sei quem são eles. Porque eles são os que compartilham conosco o tempo na Nova Terra.

Os antigos – os líderes políticos e empresariais da Velha Energia – eles não vão para a Nova Terra. Ela não os atrai. Mas há uma geração inteiramente nova de humanos inspirados que estão, agora, encontrando seu caminho dentro dos governos. Eles vão surgir nas empresas enquanto acontece essa mudança no mundo empresarial. Eles vão herdar por direito ou conquistar seu lugar no campo da medicina, da psicologia e da espiritualidade.

Dessa forma, queridos Shaumbra, vejo o retrocesso, o medo e a conspiração que muitos estão tentando disseminar acerca da Nova Ordem Mundial. Novamente, vejam como quiser, mas, pela primeira vez em um longo, longo tempo, o mundo está se unindo. Existe uma excelente probabilidade de união, porque, vejam, a maioria dos humanos, a grande maioria, acredita que exista algo mais. Há o mundo do espírito. Há o mundo do que chamam de Deus e os humanos fazem parte dele. A maioria dos humanos na Terra acredita em algum tipo do que chamam de vida após a morte, que é a continuação da alma, a evolução da alma. A maioria dos humanos acredita em anjos, em anjos que estão com eles – sim, eles estão, eles estão aí para amá-los e envolvê-los com esse manto de compaixão e compreensão. E é disso que os humanos precisam agora.

A maioria dos humanos acredita no que chamam de bem. Acreditam no bem. Pouquíssimos humanos têm um pacto de ódio ou de controle. Sei que vocês estão vendo muitas coisas horríveis acontecendo no momento no mundo, mas algumas pessoas estão apenas no ponto de ruptura e não sabem mais o que fazer.

Alguns poucos estão em busca de poder e controle, uma minoria seleta. Alguns são perniciosos e conspiradores, mas vou lhes dizer que isso não vai funcionar. Não há como funcionar. Pode ser um governo, uma religião, uma empresa ou um grupo de seres ávidos por poder. Podem ser, sim, seres alienígenas que tenham vindo à Terra e assumido a forma humana – não existem muitos deles, só alguns – e tentem impor a agenda de sua cultura seja ela de onde for. Não funcionará.

A consciência da Terra está mais elevada neste momento. O amor e a bondade no coração e na alma dos humanos da Terra estão enormes e elevadíssimos neste momento. O desejo de seguir em frente rumo à Nova Energia e surfar essa onda da Nova Energia e do Salto Quântico foi muito longe e é imenso neste momento.

Desse modo, o que acontece é que, qualquer um que tente controlar, que manipule, que conspire contra o amor e o livre arbítrio dos humanos na Terra, não chegará muito longe. Talvez eles gritem, esbravejem, ameacem e incitem o medo, mas, queridos, queridos Shaumbra, a consciência da humanidade neste momento está em um ponto em que quaisquer dessas energias manipuladoras e insaciáveis se voltarão para elas mesmas. Retornarão direto para elas mesmas. Não porque vocês irão lançá-las de volta, não porque vocês façam qualquer coisa, mas porque a humanidade está verdadeiramente inspirada.

Eu sei que têm dias em que vocês leem as manchetes ou escutam os noticiários... mas vou pedir-lhes que abram mão disso por um tempo. Afastem-se disso. Muitos já fizeram essa escolha. Fiquem longe das notícias do jornal e do rádio por uma semana – de tudo isso – e quero que vocês sintam a humanidade, sintam a consciência dos humanos na Terra. Esqueçam as notícias porque elas enfocam algumas partes dramáticas, algumas fontes de sustentação do drama. A mídia, em minha opinião neste Editorial de Tobias, se tornou um sustentáculo para o drama, infelizmente. O vírus da energia sexual, ou como quer que queiram chamar, se infiltrou na mídia, porque ela é um banquete para sustentar o vírus da energia sexual, que foi direto para ela.

Assim, queridos, sintam a consciência humana. Vamos fazer isso juntos agora. Vamos sentir a consciência humana de todas as almas queridas ao redor da Terra. Sintam seus rostos, sua energia, sua bondade.

Entendam, há uma expressão usada por algumas outras formas de vida em seu universo físico. Elas chamam a Terra de planeta da bondade. O planeta da bondade. Elas sentem o bem que está aqui. Conhecem os seres avançados que vêm para cá. E, sim, há momentos em que um ser se engana, busca ou brinca com o poder. Mas, em geral, este é o planeta da bondade.

Eu os convido para sentir as energias dessas pessoas que incitam o medo, dessas pessoas que plantam a dúvida. E eu os convido a sentir a bondade da humanidade, pois isso, unicamente isso, nos levará a esse novo tempo miraculoso.

Fim do editorial, obrigado. [Aplausos]

Ah, queridos, de fato, tenho que lhes dizer que estou empolgado porque Sam vai ser um grande orador. Ele vai... nós estamos trabalhando nisso e com as energias que envolvem isso, porque ele ama os humanos tanto quanto eu, porque ele entende as dificuldades e os desafios, mas também a incrível soma de amor.

Vou prosseguir e passaremos para nosso tema de hoje.

Convidado de Hoje

Antes de tudo, nosso convidado de hoje é alguém que vocês conhecem muito bem, é próximo e querido de cada um de vocês, é o aspecto de si mesmos que vai regularmente para a Nova Terra. Ah, queridos, vocês estão lá. Vocês são ativos e estão ocupados. Suas noites são agitadas porque é quando vocês fazem seu verdadeiro trabalho na Nova Terra.

Sim, eu sei que vocês se queixam de como é seu sono e de que têm sonhos estranhos e tudo mais, mas vocês são puxados para lá de muitas formas. Falarei sobre isso daqui a um minuto, mas agora convidem essa que... ah, vocês podem até chamá-la de parte gêmea de si mesmos. É uma expressão de si mesmos.

Vocês vão lá em seus devaneios. Vocês vão lá, às vezes... a propósito, quando estão dirigindo. Outro momento em que gostam de ir lá, por alguma estranha razão, é quando estão comendo. Ah, é um tempo maravilhoso! Vocês se desprendem e vão para a Nova Terra e, depois, enchem a barriga e ficam duplamente satisfeitos em muitos sentidos. Essa é uma parte de vocês muito, muito integrada ao que está acontecendo lá. É uma parte de vocês que ama a humanidade e esta Terra do bem, este lugar de amor. Então, vocês passam muito tempo lá não com um senso de obrigação, mas apenas pela experiência e por amor.

Convidem essa parte de vocês para estar com vocês hoje durante o Shoud. Convidem esse aspecto. Esse aspecto está ajudando a desenvolver a nova consciência, o que vocês chamam de padrões. Está ajudando vocês a desenvolverem novas fontes de alimentos, novas tecnologias agrícolas – e eu sei que vocês não entendem nada de sementes, solo, germinação, polinização e cruzamentos híbridos. Não importa.

A Nova Terra não é, necessariamente, um lugar de tecnologia mental. A Nova Terra é um lugar de imaginação. É um lugar para inspirar e penetrar a consciência. É um lugar aonde vocês vão – por exemplo, aqueles de vocês que trabalham com a agricultura – porque entendem que isso é importante para a humanidade no momento. A última coisa de que precisamos é confusão por causa de escassez de alimentos – e haverá alguma, mas a última coisa de que precisamos é que isso se torne algo devastador. A última coisa de que precisamos é manipulação dos recursos alimentícios. Sendo assim, vocês estão trabalhando intensivamente com as tecnologias agrícolas.

O que vocês fazem? Vocês usam a imaginação. Vocês imaginam os nutrientes. Vocês imaginam as conexões entre a Terra, Gaia – pela qual estão se responsabilizando agora – e imaginam as conexões com as energias interdimensionais e a minúscula semente. Vocês imaginam uma forma de escapar dos meios arcaicos de introduzir energia em uma semente para que ela se desenvolva em planta tendo que consumir os nutrientes da Terra e esgotar a Terra. Vocês imaginam algo ainda mais grandioso – as plantas absorvendo prana ou energia do que parece estar no ar. É isso que vocês estão fazendo!

Eu me entusiasmei um pouco aqui [risadas] e Cauldre está dizendo que estou falando depressa demais. E sei que muitos de vocês não são da língua inglesa, mas a traduzem. Sintam a energia também.

Então, convidem esse aspecto de vocês hoje para ficar ao seu lado e conheçam esse aspecto nesta esfera terrestre. Familiarizem-se com ele. Familiarizem-se com essa parte de vocês que se desprende para imaginar uma nova energia grandiosa. Não apenas para conversar sobre ela, mas trazê-la aqui para a Terra, para transferir essa nova consciência de uma dimensão para outra e trazê-la para cá.

Respirem fundo...

Por isso, com frequência, esse aspecto de vocês, essa parte gêmea de vocês, está fora em outras esferas. Ela realmente não tem tido muita chance de ser convidada para estar aqui, e que oportunidade tem hoje! Enquanto fazem isso, vocês também abrem os corredores para trazer essa consciência para cá, de volta para este planeta.

Não Importa

Assunto número um: Não importa. Na verdade, não importa.

Ao passarem, nesses próximos dois anos, ao passarem por esses momentos difíceis, eu peço que se lembrem não só da frase “não importa”, mas da essência por trás dela. Vocês são viajantes do tempo – todos vocês. Vocês já chegaram lá. Vocês já fizeram isso. Agora, vocês estão vivenciando isso.

Não importa. Cauldre está nos dizendo que esta frase soa como desconsideração, como falta de dedicação ou falta de compaixão. De modo algum. Não importa. Essa pequena percepção de energia e consciência na frase “não importa” é a chave. É a chave que mantém vocês afastados das armadilhas da mente. E essa vai ser uma das maiores tendências do momento – cair nas armadilhas da mente.

Há uma energia global na Terra no momento que tem a ver com levar as pessoas de volta para suas mentes. É parte de todo esse processo da dualidade. É parte de um processo de seres – energias – que querem fazer com que vocês voltem para lá. E é também parte de sua memória de Atlântida. Vocês foram basicamente... podem chamar de hipnotizados... ou tão altamente direcionados para trabalhar na mente que vocês ainda continuam a repetir esses padrões incessantemente.

Há uma projeção ou implante de energia em cada humano na Terra neste momento, quer tenha estado em Atlântida quer não. “Quando estiver com medo, quando tiver dúvida, quando houver uma confusão, vá para a mente.” É como um laser, um raio que atira vocês de volta para lá. Um implante muito, muito antigo, e vocês podem fazer a escolha agora para ir além dele. Mas o que acontece com a maioria dos humanos nestes tempos de medo, confusão e dúvida é que eles automaticamente acionam a mente.

Agora, na mente, eles ficam ainda mais confusos e são pegos na armadilha. Na mente, eles se tornam muito carentes de energias criativas. E, quando vão para a mente, eles ficam em sua própria prisão. Não quero dizer que isso seja uma conspiração. É apenas um gancho de tempos passados. É um velho padrão.

Então, sua chave – sempre que se encontrarem confusos, sempre que se encontrarem fora do coração ou fora de sua energia integral – é lembrar-se que não importa. Essa será sua chave. Essa será sua chave para lembrar que não importa! Não importa. Vocês já estão lá. Mas o que vocês fazem com isso? Para onde vocês vão?

“Não importa” é a liberação da alma. É provavelmente um pouco cedo para sair e dizer a cada humano da Terra que não importa, porque muitos deles simplesmente não estão prontos para ouvir isso. Mas, para vocês, é a sua chave, se a escolherem ser. É sua frase quando vocês estiverem travados, quando vocês estiverem tão esgotados e exaustos que nem mesmo saibam mais o que fazer. Lembrem-se, respirem fundo, não importa. Liberem-se. Soltem-se. Optem por si mesmos.

‘Ataque’ de Energias

Item dois: não existe destino. Esse é outro implante que foi... De novo, quando eu me refiro a implante, não estou falando de nenhuma sociedade secreta ou coisa do gênero.

E, a propósito, vou interromper um instante. Muitos de vocês têm sentindo uma espécie de ataque de energias nestes tempos. Não todos vocês, mas muitos de vocês. E podemos perceber quando vocês estão sentindo isso. Vocês dizem: “O que é isso?” Vocês se culpam. Bem, o que é isso? O que está acontecendo agora enquanto estou falando? Vocês dizem: “Mas estou num espaço seguro. Por que estou tão confuso, recebendo esse ataque de energias? Por que não consigo me concentrar aqui? O que está acontecendo?”

No momento, essa energia da dualidade na Terra é muito forte. Existem muitas energias que querem detê-los ou fazê-los retroceder. Há muita raiva e agressão contidas e há muito medo trancafiado na forma de escuridão. Essas energias podem sentir vocês – podem sentir sua consciência – e estão fazendo algumas coisas.

Estão tentando testar vocês, mas não sabem realmente como fazer isso. Vocês podem chamar essas energias de entidades, fantasmas ou simplesmente consciência de outros humanos pairando ao redor. Eles estão na sala agora. Estão junto de vocês na sala de estar de sua casa, onde quer que vocês estejam, e estão testando vocês. Mas quando eles testam vocês, eles ficam bem aborrecidos e frustrados, e acabam ficando furiosos. Então, começam a gritar como crianças e, quando conseguem sua atenção, parte da consciência de vocês se desvia para eles. Quando eles conseguem sua atenção, então, eles tentam ameaçá-los ou manipulá-los e muitas vezes vocês caem nessa armadilha. Vocês voltam ao padrão de achar que é a sua mente – e não é. Por isso é que eu lhes peço que se voltem para si mesmos.

Vocês são quem vocês escolhem ser neste momento. Ponto final. Ponto final! Vocês dizem: “Mas, ah, são todas as minhas vidas passadas e todas as minhas decisões ruins.” Então, assim é se vocês escolherem que seja. Mas se escolherem que sua energia seja quem vocês são agora, então, todas essas energias agressoras não vão manipulá-los. Vão ficar cansadas do jogo e vão para outro lugar. Mas se puderem pegá-los agora, elas vão.

Não há nada a temer com elas. Elas não têm capacidade de dominá-los ou de possuí-los a menos que vocês assim permitam. Alguns de vocês, de fato, permitem isso. Alguns de vocês adoram esse jogo de permitir que essas energias e essas entidades se grudem como vampiros. Vocês estão tão acostumados a serem sugados, estão tão acostumados a serem consumidos, que, na verdade, permitem essas energias. E vocês vão a curadores e sabe Deus aonde mais para tratar disso, e essas energias se aproximam ainda mais. Simplesmente se acumulam ainda mais.

Vocês – VOCÊS – têm que fazer a escolha de que vão ser vocês, que não vão deixar mais que essas energias se alimentem de vocês. É uma simples questão de escolha. Então, voltando ao ponto...

Não Existe Destino

Não existe destino. Destino é um sistema de crenças que foi – como vocês diriam – gravado na consciência e nas mentes dos humanos. É fácil dizer que há um destino, que Deus tem um plano para vocês. Bem, isso simplesmente não rola. Eu ia dizer outras palavras. Cauldre me deteve e tivemos um breve instante de desentendimento – Cauldre e eu – porque ele não queria que eu dissesse ‘isso é merda’, e... [Muitas risadas] Ele não queria que eu dissesse isso. Ah, Cauldre, não importa. [Mais risadas]

Deus não tem um plano para vocês. Bem, isso seria ridículo, porque seria uma espécie de controle, uma falta de compaixão. Por que Deus teria um plano para vocês quando Deus já sabe que vocês chegaram lá? Vocês já fizeram o que tinham que fazer. Deus lhes deu o presente – vocês deram a si mesmos o presente – de como vocês querem vivenciar esse chegar lá, mas não existe destino.

E, mesmo que seja negativo, talvez vocês digam, ou confuso, é um destino autoimposto com base no seu passado cármico, acreditando que vocês fizeram certas coisas ontem, na vida anterior, nos tempos de Atlântida, nas épocas dos alienígenas, em quaisquer outras eras. Vocês têm um destino autoimposto, acreditando que a estrada que vocês seguiram no passado vai criar a estrada do seu futuro.

E vocês dizem: “Sim, mas eu tive todas essas vidas passadas e fiz coisas terríveis e coisas maravilhosas. Eu fui vítima, eu fui bandido. Portanto, é meu destino resolver essas coisas.” Então, resolvam. Hoje. Agora mesmo! Por que esperar?! [Risadas] O que mais vocês precisam vivenciar para resolver isso tudo? Que outras... Que lições vocês querem continuar aprendendo? Linda está se perguntando se Adamus está aqui hoje. [Tobias ri.] Você está um tanto transparente aí, minha querida. Um tanto transparente. [Risadas]

Então, não existe destino. É um sistema de crenças que irá limitá-los dolorosamente. Alguns dirão: “Mas, sim, existe algum... ah, meu eu superior. Meu eu superior tem um plano para mim, traçou um destino.” Não. Seu eu superior... bem, primeiro, não vamos nem mencionar isso. Sua essência é o componente mais simples dentro de vocês. Não é um componente hierárquico complexo. É o componente mais simples dentro de vocês, e sua essência só quer viver e se expressar. Isso é tudo.

Vocês... não vamos falar disso como itens independentes... vocês, como seres de Deus, estão procurando experiências e maneiras de se expressar, o incrível sentimento e a incrível experiência de ser. De ser. A experiência de ser pode significar qualquer coisa que queiram ser. Vocês jogam a culpa em sua alma ou em sua essência com muita frequência. Vocês dizem: “Sim, mas tem que haver um plano mestre.” O plano mestre é apenas vocês se amarem. É isso. E, se amando, vocês se entenderão. Esse é o único plano.

Mas há essa crença comum entre os humanos. A vasta maioria deles acredita em destino. É uma armadilha. É uma prisão. É uma experiência. Mas eles acreditam, sinceramente, que são marionetes e existem seres lá em cima puxando os fios, inventando obstáculos que vocês precisam transpor, criando novos labirintos todos os dias para vocês entrarem e descobrirem como sair. Talvez seja atraente e intrigante pensar nisso assim, mas eu lhes digo que não existe destino. Existe apenas escolha. Apenas escolha.

Mas, embora possa soar maravilhoso, exige uma tremenda responsabilidade pessoal. É difícil ser vítima e fazer uma escolha. É mais fácil dizer: “É, eu tenho má sorte. É meu carma. É isso que meu eu superior quer de mim.” Isso é fuga. É um jogo. É uma ilusão. É uma experiência, sim, mas vocês já não vivenciaram isso o suficiente? Já não é o bastante? Não há ninguém puxando os fios. [Mais risadas enquanto a mão de Cauldre fica girando por sobre sua cabeça.] Não existem fios nem acima nem abaixo de vocês. Eu encorajo cada um de vocês a dar um passo à frente e assumir a responsabilidade pela sua vida.

Ah, eis um pequeno argumento que vocês e eu fazemos: “Tobias, tentei fazer uma escolha uma vez, mas não funcionou. Então... [Linda diz: ‘Você está lendo as perguntas?’] Então, eu desisto. Não sei por que você diz que temos escolha se isso não funciona.” Uau! Parem por um instante. Antes de tudo, vocês programaram e vivenciaram muitas existências em que não tiveram escolha. Fazer escolhas vai exigir um certo tempo de prática e um pouco de autoconfiança.

Saint-Germain está me dizendo, no ouvido de Cauldre, que cerca de 88,2% [risadas] de suas escolham envolvem outras pessoas. Vocês certamente vão perder esse jogo! Quando eu falo de escolha, estou falando de uma escolha para vocês.

Agora, não venham dizer: “Bem, uma escolha para mim é ter um relacionamento com determinada pessoa.” Ei, vocês estão envolvendo outros. Vocês são seres soberanos. Façam escolhas para vocês, para si mesmos.

E vocês dirão: “Bem, eu escolho ter abundância, e onde está ela?” Ah, está a caminho. Está a caminho, com certeza, mas percebam que uma parte de vocês tem que fazer uma limpeza, uma transmutação natural de alguns de seus velhos sistemas de crenças. E, às vezes, a abundância não aparece como um pote de ouro no chão bem na sua frente. É necessário um processo inteiro que acarreta que cada aspecto de vocês que tem estado carente de abundância passe por um tipo de transformação ou integração.

Algumas vezes, suas escolhas são muito específicas. Muito focadas. Vocês dizem: “Bem, hoje quero que alguém me dê uma roupa nova assim do nada.” Vocês estão fazendo um jogo. Vocês estão se testando e testando a paciência de Saint-Germain quando fazem isso. [Risadas]

Estamos falando de escolhas abrangentes. Não sejam tão específicos por enquanto. Quando vocês se aprimorarem nesse negócio de fazer escolha, quando se lembrarem que é possível escolher, vocês vão poder começar a entrar em detalhes. Mas, por enquanto, escolham coisas para si.

Agora, algumas das coisas básicas que são óbvias. Abundância. Por que vocês não têm abundância? Saúde. Por que vocês não são saudáveis? O que vocês chamam de paixão. Paixão é natural. Paixão é a expressão verdadeira. Vocês tendem a ser muito, muito literais, chegando quase a se desafiarem a realmente não fazerem boas escolhas.

Nós temos um campus inteiro na Nova Terra dedicado à compreensão do processo de escolha, com o subtítulo “O que Diabos Torna Tão Difícil para os Humanos Fazer uma Escolha e Manifestá-la.” Eu sugiro, aos que ainda não participaram dessa aula, passarem um tempinho lá. Às vezes, vocês criam uma terminologia ou um conceito bem definido de escolha. Vocês querem que seja bem material, querem que aconteça bem rápido e, digo novamente, vocês estão usando a escolha para se testarem ou testarem Deus. Entendam o que é realmente fazer uma escolha profunda para si e uma escolha em que vocês compreendam que ela não importa. Tem a ver com a maneira como vocês querem levar a vida.

Vamos respirar fundo...

A Nova Terra

Assunto três... sim, estamos indo bem rapidinho. Assunto três: a Nova Terra – o que está acontecendo.

Bem, desnecessário dizer, há uma tremenda atividade na Nova Terra por causa das enormes mudanças que estão acontecendo no planeta Terra. A Nova Terra consiste, primeiramente, de três coisas. A Nova Terra é a sala de aula para todos os seres angélicos que nunca estiveram antes na Terra na forma física estudarem. Vocês são os professores, vocês que viveram existências na Terra. Os estudantes que participam dessas aulas vêm, primeiro, de suas famílias espirituais, mas vocês também ensinam outras famílias espirituais. Vocês estão contando histórias lá, histórias divertidas, devo dizer, histórias profundas e sábias.

Porém, em sua humanidade, pode não parecer grande coisa, mas dizer a anjos que nunca estiveram na Terra como é comer carne... eles não entendem. Não existe um conceito. Realmente, é muito difícil, por isso, vocês têm que trabalhar com energias... não com palavras, mas com energias... e tentar fazê-los compreender. Eles farão perguntas como: “Bem, por que vocês precisam comer? Por que vocês morrem se não comerem?” E isso está, de fato, levando a algumas discussões muito boas em outros níveis da Nova Terra. Por que os humanos ainda precisam comer? É um modelo muito antigo. É uma condição muito antiga, e vocês simplesmente aceitaram esse negócio de precisar comer. Quando começaram suas encarnações, vocês disseram: “Certo, preciso comer.” E vocês acreditam que precisam comer, não acreditam?

Na realidade, vocês não precisam. De certa forma, vocês se habituaram a absorver energia de fontes muito brutas e arcaicas – plantas ou animais – para estimular, alimentar e nutrir seu corpo. Mas, na verdade, vocês não precisam comer. Existem novas formas de se fazer isso e esses anjos que nunca estiveram na forma humana, vamos apenas chamá-los de “Cristais”, estão fazendo essas perguntas, o que está nos levando a dizer: “Hum, hum, por que fazemos dessa forma?”

Os novos anjos, os seres, conversam sobre relacionamentos. Existe uma correlação ou um paralelo nos relacionamentos angélicos, mas os seres angélicos não precisam ter, como dizer, um oposto, um feminino e um masculino. Eles não têm um intercurso físico como vocês. Existem relacionamentos nas esferas angélicas, mas eu diria que é mais como um tipo de amizade duradoura e respeitosa. Eles têm dificuldade para entender os relacionamentos humanos, da maneira que todos nós fazemos isso. [Risadas; Tobias dá uma risadinha]

Assim, imaginem-se por um instante – isso é bem, bem real – quando vocês saem à noite e vão à Nova Terra para ensinar, os anjos dizem: “Por que os humanos fazem sexo?” Eles não entendem. “Por que os humanos desejam um relacionamento, buscam se relacionar com outro humano, então, brigam um com outro... se divorciam... e, depois, voltam em outra existência e ficam juntos de novo? [Risadas] E vocês tentam explicar isso para eles. Assim, a Nova Terra é uma escola para os Cristais que estão chegando.

Recentemente, alguns poucos humanos que viveram existências na Terra começaram a ir para a Nova Terra em busca de aprendizagem. Geralmente, eles vão para o que Adamus chama de esferas da Terra Próxima. Mas, agora, estamos começando a ver humanos que se encontram tão tolhidos que estão procurando novas inspirações. Estão começando a aparecer na Nova Terra no período entre as suas vidas. E vocês estão começando a formar turmas chamadas “Nova Consciência 101 – Como ser humano e anjo ao mesmo tempo”. Vocês estão falando com eles sobre coisas que vocês aprenderam. Vocês estão falando de escolha. Vocês estão falando de soberania. Vocês estão falando com eles sobre a extensa matriz de sistemas de crenças e como se liberar deles. Um trabalho incrível está acontecendo na Nova Terra, e está ficando bem lotado lá... lá onde quer que seja.

A Nova Terra também está se tornando, como vocês diriam, uma biblioteca bastante sofisticada da sabedoria de muitos humanos. Está se tornando... não são os Registros Akáshicos. Esse é um tipo diferente de física universal ou física interdimensional. Mas, aqui, na Nova Terra, há uma biblioteca viva da sabedoria de todas as suas experiências e de todas as suas vidas na Terra. É um arquivo da sua jornada, do que vocês aprenderam. É um lugar que reúne essas informações para todos contemplarem e se tornarem sua própria consciência.

A Nova Terra chegou em um ponto em que ela mesma se transformou numa entidade – falaremos mais sobre o nome dessa entidade numa outra hora. Mas ela se tornou sua própria entidade, bem como Gaia é a entidade da Terra, ou foi até então.

É um farol de luz que se estende para outras dimensões e para outra parte do universo físico. E esse farol de luz carrega raios de consciência para outras civilizações, outras formas de vida e formas de consciência. Saint-Germain vai tocar muito nesses assuntos depois de julho. Que outras formas de vida? Por que elas estão lá? Quem as inspira? Mas, desnecessário dizer, a Nova Terra é essa biblioteca viva.

E o mais importante para cada um de vocês, a Nova Terra é o lugar em que a nova consciência da Terra, bem agora, está se formando, se alimentando e nascendo num ciclo que se repete. Não apenas uma vez, mas num ciclo contínuo.

Muitos de vocês – quase todos vocês – vão até lá regularmente. Vocês entendem os problemas que a humanidade enfrenta. Vocês entendem os desafios de passar para uma Nova Energia porque vocês fizeram isso estando na forma física, de modo que compreendem como é. O que vocês sentiram com o corpo, a mente e o espírito é o que a humanidade e a Terra estarão sentindo. Não por vocês terem passado por isso e eles os estarem seguindo, mas porque vocês deram a si mesmos a experiência daquilo pela qual eles irão passar. Por qual tormento? Por qual maravilha? Por qual inferno? Por qual liberação a humanidade vai passar? Como ela vai se prejudicar? Como ela vai se enganar, se iludir? Que intensidade está relacionada com qualquer transformação dessa magnitude? Vocês se deram isso primeiro para que vocês pudessem compreender.

Então, agora, vocês vão para a Nova Terra e ajudam a desenvolver as soluções potenciais. Desse modo, vocês estão ajudando, com seu estado de consciência, a desenvolver a fonte de combustível da Nova Terra para a humanidade. Vocês podem não ser aqueles que inventam as coisas num laboratório e nem os que vão patenteá-las. Vocês também podem não ser os que escrevem os livros que vão inspirar as pessoas. Mas vocês são os que trabalham nos níveis da consciência – níveis que não são vistos aqui na Terra até o momento – e são vocês que ajudam a inspirar tudo isso.

E o que vocês fazem? Vocês observam as necessidades da Terra. Vocês observam todas as condições da Terra no momento. Vocês observam a partida de Gaia. Vocês observam a responsabilidade da humanidade. Vocês observam a evolução da alma e a expansão do Espírito. Vocês, na verdade, observam tudo e acessam, avaliam e sentem, de modo dinâmico,  todas essas coisas diferentes. E, então, vocês dizem para si mesmos: “Qual é a solução, em termos não técnicos, não mentais? Qual é a inspiração da consciência para isso?”

Vocês imaginam ou expandem sua consciência, não para algo específico, não para algo como o poder do vento, como extrair energias das plantações ou coisas assim. Mas vocês expandem a consciência, com um estilo muito deliberado e muito habilidoso, para todas as esferas, não apenas para a estrutura física da Terra. Para todos os reinos. E vocês sentem a energia. Vocês sentem o potencial. Vocês sentem qual é a diferença entre a consciência, a energia e o que entremeia todos os pontos da consciência, o que, a propósito, é energia latente esperando para ser ativada. E vocês entram num estado de consciência e sentem como é ativar o potencial dessa energia latente.

Vocês mergulham em níveis da psicologia humana que estão muito além, no momento, de qualquer coisa praticada na Terra. Enquanto pesquisadores da Nova Terra, vocês dão uma olhada na psicologia humana, um assunto bastante complexo e mental. Vocês entram de modo dinâmico nos pontos dessa energia. Vocês avaliam esses pontos. Vocês estão bem treinados nisso, pois ajudaram a desenvolver as técnicas de avaliação. Vou captar suas perguntas num instante... Vocês se perguntam: “Onde está a falha aqui?” Hum, vamos chegar lá. Vocês ajudam a entender a psicologia humana e, depois, encontram soluções – soluções da Nova Energia, não soluções que estejam num livro da Terra, porque, com pouquíssimas exceções, eles ainda não existem. Vocês não vão a uma biblioteca buscar algo que foi escrito em 1953 e encontrar as respostas para a psicologia humana.

E vocês e eu temos que conversar muito. Uma das contendas entre Adamus, Kuthumi, eu e todos vocês é que vocês continuam querendo voltar e pesquisar da velha maneira humana. E nós continuamos dizendo que a pesquisa está sendo conduzida na Nova Terra agora.

Água. Água é um componente muito importante para a Terra. As fontes de água limpa visíveis e acessíveis aos humanos estão secando. Bem, não há nada que crie mais confusão do que a falta d’água. Os humanos podem comer diversas coisas diferentes – grama do chão; já se tem notícia de comerem casca de árvores; comem, simplesmente, qualquer coisa quando estão com fome para se satisfazerem temporariamente. Mas quando há falta d’água – água limpa para o sistema humano –, isso cria confrontos acalorados. Sendo assim, muitos de vocês que entendem esse princípio básico estão trabalhando com relação à água, na Nova Terra.

Vocês recebem ajuda, é claro, daqueles que foram cientistas, químicos e físicos na Terra que não são, necessariamente, espiritualizados, mas que, de alguma forma, encontraram seu caminho para a Nova Terra. Desse modo, é a mistura da perícia técnica desse pessoal que apoia a sua perícia em consciência e ajuda a explorar as novas fontes de água. Como limpar a água, como dessalinizar a água e, também, o mais importante, como reduzir a dependência de água. E existe uma dependência. Vai levar algum tempo para mudar isso, mas as plantações absorvem uma quantidade tremenda de água. Vocês absorvem uma quantidade tremenda de água e não precisam tanto dela assim.

Nós sabemos que disseram a vocês para se hidratarem, beberem água e tudo mais. Seu corpo pode retirar tudo de que precisa do puro ar. Somente do ar. Não estou dizendo isso para entrarem num programa de racionamento de água para si, mas o que quero dizer é que vocês estão trabalhando em novas soluções para a água.

Quanto aos alimentos, já falamos deles antes – como alimentar ou dar nutrição aos humanos? Vocês estão trabalhando em soluções que vão além das plantações. Vocês estão indo bem longe nas outras esferas. De que maneira o DNA humano pode se reajustar em ampla escala de massa, de modo que não tenha que ser tão rude na aceitação, digestão e processamento das fontes de alimento que, afinal, precisam ser eliminadas pouco depois que tudo é ingerido? Esse é um modo muito Velha Energia de se nutrirem.

Vocês estão trabalhando em meios que são bastante sofisticados e que têm a ver com o transporte do corpo físico energético – não de sua biologia verdadeira, mas de seu componente energético – para outra esfera. Ter o corpo nutrido ou recarregado com energias abundantes – energias espirituais, energias de luz, como quer que vocês chamem essas energias não físicas –, de modo que o corpo energético retorne para o corpo físico e o corpo físico não seja mais tão dependente de comida. É, de fato, um plano surpreendentemente simples que a maioria dos humanos não aceita ainda. Mas quando virem outros humanos fazendo isso, vão abrir os potenciais.

A Nova Terra está muito movimentada. E, da última vez que conversamos com profundidade sobre isso, sei que vocês ficaram desapontados quando dissemos que seriam necessários uns 30 anos para que a Nova Terra e a velha Terra se unissem, para que estivessem absoluta e energeticamente juntas. Mas há uma bênção nisso, porque, neste momento, na Nova Terra, vocês e outras pessoas podem trabalhar, na maioria das vezes, sem tanta distração.

Se ambas – a Terra física e a energética – estivessem reunidas, isso teria causado algumas interrupções e confusões de energia bem grandes. O que está acontecendo agora é que, com essa tremenda quantidade de pesquisa – pesquisa da consciência e não dos sistemas de crenças ou coisas assim, mas da verdadeira consciência em sua pureza –, grandes e novos insights estão se desenvolvendo lá.

Há um desafio maior. O desafio não é expandir sua energia e explorar algumas soluções para a humanidade. O desafio é como trazer essas soluções para a Terra.

Vocês sabem como é quando vocês partem. Toda noite, vocês saem no estado de sonho, mas é, na verdade, mais real do que vocês estão vivenciando no momento. Vocês vão para outras esferas e, em muitas dessas noites, vocês agora vão para a Nova Terra, porque vocês estão intrigados com ela. Vocês estão fascinados pelos potenciais da Nova Terra. E vocês também estão se divertindo por lá. É um ambiente tranqüilo, aberto, expansivo e não há tanto medo lá.

Assim, vocês vão para a Nova Terra. Toda noite, escrevam o que vou dizer, enquanto vocês, como posso me expressar... enquanto vocês mergulham ou afundam nesse estado de sonho, toda noite, vocês falam: “Esta noite eu preciso me lembrar disso quando eu voltar.” Toda noite, cada um de vocês diz: “Eu preciso me lembrar. Eu preciso levar isso de volta comigo.” E, a cada manhã, quando vocês acordam, vocês sentem uma confusão, percebem algo não muito nítido. Vocês lembram de fragmentos dos sonhos que parecem não fazer sentido algum e dizem: “Como pude estar na Nova Terra? Eu tive todos esses sonhos estranhos, bizarros.” É o modo como a mente faz sua interpretação ou, melhor dizendo, é assim porque a mente não sabe como interpretar uma consciência tão elevada. Restam, então, esses pequenos fragmentos ou esses... eu os chamo de desenhos animados curtos que realmente não representam o que acontece. E, depois, vocês os perdem. Bem, de fato, eles não se perdem, ficam em outras esferas, ainda lá na Nova Terra, mas impossível de serem trazidos para cá.

E é por isso que quisemos falar sobre isso hoje e trazer seu aspecto da Nova Energia, esse gêmeo de vocês, esse que tem tanto amor e tanta compaixão pela Terra e pela humanidade. Queremos que ele esteja aqui com vocês. Queremos que vocês entendam, como seres humanos e como seres angélicos, que é através de vocês – não de algum portal energético, nem de espaçonaves alienígenas, nem de qualquer outra pessoa –, é através de vocês que essa consciência pode ser trazida para a Terra.

Vocês não fazem isso desejando isso; vocês fazem isso escolhendo isso. Vocês não fazem através de técnica, de manipulação ou qualquer forma de estrutura; vocês simplesmente respiram e escolhem isso. Vocês não pedem por isso; vocês apenas sentem isso. Quando vocês sabem que estão fazendo esse trabalho e sabem que ele está disponível, vocês podem ajudar a trazer essa consciência para a Terra.

Depois, o que vocês fazem com ela? Nada. Deixem-na estar aqui. Vocês plantaram as sementes da consciência antes nos tempos de Yeshua. Vocês eram as crianças perdidas de Cristo, os que vieram à Terra há dois mil ou mais anos para plantar as sementes da nova consciência que levaram dois mil anos para germinar. Vocês sabem o que é ser um plantador de sementes.

Não significa que vocês tenham que fazer alguma coisa além de trazer tudo isso para a consciência da Terra. É preciso um humano para fazer isso. Seres angélicos que nunca estiveram na Terra não podem fazer isso. Não funciona assim. É necessário um humano, e um que entenda a dinâmica da Nova Terra, que compreenda a humanidade e que se reconheça como um ser divino espiritual e soberano para trazer isso para cá.

Vocês sabem quantos humanos agora na Terra se qualificam para esse trabalho? Poucos. São poucos os que realmente entendem. Colocaremos em números; Adamus está pesquisando isso agora mesmo. [Risadas] Com sua calculadora, ele está me dizendo que apresentará um número preciso. Menos de um milhão – bem menos, ele está dizendo. Esse é o número dos que entendem a dinâmica da Nova Terra, a consciência e a velha Terra e que podem carregar a semente de todas essas idéias, invenções e soluções para a humanidade.

Fazendo essa escolha consciente, respirando profundamente essa escolha e amando a si mesmos – sem duvidar, mas amando –, vocês podem começar a abrir essas passagens, esses caminhos. Vocês podem se tornar portais. Vocês não têm que sair e ativar um portal no meio do Oceano Pacífico. Vocês podem se tornar esse portal.

Na verdade, bem neste momento, sementes da nova consciência, literalmente, existem no seu corpo – no seu corpo físico. Elas não estão na forma física. Elas são o que vocês chamariam de pequenos pontos de luz brilhantes. Mas há uma barreira, um abismo. Elas existem dentro de vocês, mas vocês não se dão o crédito necessário para deixá-las ficar aqui na Terra, para depositá-las agora na Terra.

Que bênção! Que tempo maravilhoso estamos tendo hoje. Sim, eu sei que nosso tempo está ficando longo, mas tínhamos muita coisa para falar sobre plantar, agora, essas sementes da consciência, sobre trazer a consciência da Nova Energia direto da Nova Terra, direto dos corações inspirados de seres angélicos como vocês.

Muitos como vocês estão hesitando, estão soltando a voz e cantando a canção do coração. Alguns estão hesitantes. Será que vocês merecem carregar e plantar essas sementes de consciência? Muitos de vocês estão preocupados com a própria vida, as próprias decisões, o próprio equilíbrio. Vocês dizem: “Talvez eu não esteja pronto ainda para plantar, realmente, essas sementes na Terra.” Mas, agora, enquanto compartilhamos um momento como este, agora é um momento sagrado e seguro. Vocês têm essas sementes de consciência no corpo físico. Vocês podem, sim, deixá-las aqui. Deixá-las nesta esfera da Terra. Deixá-las nesta dimensão. Deixá-las aqui como potenciais para outros humanos, para pesquisadores que nem mesmo acreditam em Deus, para aqueles que estão, na verdade, tentando, sinceramente, trabalhar com a humanidade nestes tempos de grandes mudanças.

Há uma relutância da parte de muitos de vocês. “Será que a humanidade está pronta? Será que as pessoas vão fazer uso indevido dessas sementes de consciência?” E, até certo ponto, algumas vão. “Será que vão manipular essas sementes de consciência?” Algumas pessoas tentarão. “Será que essa é uma semente de consciência potente? Será que ela é tão potente que a humanidade pode não estar preparada para ela?” Apenas vocês podem responder a essa pergunta. Mas vocês são o veículo. Vocês são os carregadores. Vocês são aqueles que têm transportado essas sementes da Nova Terra para cá – algo desconhecido de seu eu humano, mas bem conhecido de seu coração. Isso é parte do dilema e parte da necessidade de chorar de que falei no início. Uma parte de vocês está chorando porque não tem certeza. Vocês não têm certeza se estão prontos ou se a Terra está pronta.

O propósito deste Shoud foi lembrá-los do que vocês estão fazendo na Nova Terra e lembrá-los do que vocês estão carregando dentro de vocês.

Conectando-se de uma Nova Maneira

Ponto número quatro... eu vou ser breve com este. [Risadas] Serei bem breve porque vocês já conhecem este.

As respostas não estão nos mesmos lugares. As energias, as conexões mudaram, se deslocaram, se modificaram. Quando vocês tentam se conectar com o cônjuge ou a pessoa companheira, vocês estão tentando se plugar no lugar antigo – energeticamente, psiquicamente, de qualquer forma – e ficam se perguntando o que está errado. Quando vocês tentam se conectar com sua própria fonte criativa, vocês estão se plugando nas velhas tomadas. O velho RJ11 foi substituído pelo RJ45 em termos metafóricos. [Risadas] Parem de tentar um intercâmbio através dessas tomadas.

Quando vocês tentam se conectar e conectar sua divindade, sua espiritualidade, vocês estão tentando plugar em algo que existia em vidas passadas. Vocês tiveram experiências como padres, freiras, rabinos ou líderes espirituais, então, vocês tentam se reconectar com isso para trazer-lhes espiritualidade. Vocês ainda não repararam que essa tomada está coberta de poeira, sujeira, gordura e podridão e que não funciona mais?

Quando vocês tentam se conectar com seus clientes – para aqueles que são facilitadores ou orientadores –, vocês estão tentando plugar no lugar que foi ensinado a vocês antes que deveriam plugar. Daí, vocês tentam se conectar e passar-lhes correntes de nova consciência, mas a velha conexão não funciona. Há um plug novo – e ele é sem fio! [Risadas] É um novo ponto de conexão.

Quando vocês tentam se conectar com a energia da comida que vocês comem, vocês estão plugando em algo muito, muito, muito antigo. Utilizem meios de comunicação sem fio. Conectem-se em um ponto diferente.

Quando vocês tentam se conectar com sua biologia e imaginar o que está errado com ela, ou o que ela está tentando lhes dizer, vocês estão usando um velho telefone de disco. Era muito lento discar nesses telefones e vocês estão tentando interpretar as mensagens do corpo usando esse sistema arcaico. Utilizem a comunicação sem fio. Usem a nova consciência com seu corpo. Conectem-se num ponto diferente da consciência.

Quando usarem a mente para tentar se conectar a valores e mecanismos muito velhos, será frustrante. Sua mente quer se expandir além das limitações que a revestem e a caracterizam desde os tempos de Atlântida e que foram reforçadas pelas igrejas e outras organizações manipuladoras ao longo do caminho. Conectem-se num ponto diferente. Sua mente quer se expandir. Ela quer estar envolvida em sua criatividade. Quer se envolver em sua expressão. Ela não quer mais ser enjaulada em sua própria condição de mente. Está cansada da análise, está cansada da programação, está cansada da estrutura e quer sair de sua própria condição de mente. Conectem-se com a mente num lugar diferente.

Tudo ao seu redor, mesmo que seja seu carro – vocês têm ligações com seus carros –, procurem se conectar num ponto diferente. Conectem-se num ponto diferente.

Eu não posso lhes dizer onde está sua conexão. Vocês têm que descobri-la por conta própria, porque ela é diferente e única para cada um. Mas eu posso lhes dizer que está num lugar diferente. É um lugar expandido, e esta conversa sobre a Nova Terra e sobre as sementes de consciência que vocês estão trazendo deve lhes dar algumas pistas sobre onde se conectarem.

Estou ouvindo que esgotei meu tempo, então, vou encerrar.

Queridos Shaumbra, nós todos os amamos demais. Nós entendemos bem o que vocês estão realmente fazendo. Nós entendemos os desafios pelos quais vocês estão passando. E, se pudermos ter esse tempinho com vocês, para lembrá-los de quem vocês realmente são, para lembrá-los do respeito que temos, talvez isso ajude vocês a despertarem.

E assim é.
Tobias


Tradução para o Português:  Inês Fernandes        mariainesfernandes@globo.com


Tobias do Conselho Carmesim é apresentado por Geoffrey Hoppe, com o pseudônimo de "Cauldre", Golden, Colorado. A história de Tobias, do bíblico Livro de Tobit, pode ser encontrada no web site do Círculo Carmesim: www.crimsoncircle.com. O Material do Tobias é oferecido gratuitamente aos Trabalhadores da Luz e Shaumbra de todo o mundo desde agosto de 1999, época em que Tobias disse que a humanidade tinha ultrapassado o potencial de destruição e entrado na Nova Energia.

O Círculo Carmesim representa uma rede mundial de anjos humanos que estão entre os primeiros a fazer a transição para a Nova Energia. Enquanto eles vivenciam as alegrias e os desafios do status da ascensão, ajudam outros humanos em suas jornadas, compartilhando informações, atendendo e orientando. Mais de 50.000 visitantes vão ao web site do Círculo Carmesim todos os meses ler os últimos materiais e discutir suas próprias experiências.

Os encontros do Círculo Carmesim acontecem mensalmente em Denver, Colorado, onde Tobias apresenta as informações mais recentes através de Geoffrey Hoppe. Tobias declara que ele e os outros do Círculo Carmesim celestial estão, na verdade, canalizando os humanos. De acordo com Tobias, eles estão lendo nossas energias e traduzindo nossas próprias informações de volta para nós, de modo que possamos vê-las vindo de fora, enquanto as vivenciamos no nosso interior. O "Shoud" é uma parte da canalização em que Tobias fica de lado e a energia dos humanos é canalizada diretamente por Geoffrey Hoppe.
 
As reuniões do Círculo Carmesim estão abertas ao público. O Círculo Carmesim sobrevive com o amor sincero e a doação dos Shaumbra de todo o mundo.

O objetivo dos que fazem parte do Círculo Carmesim é servir de guias humanos e professores àqueles que seguem o caminho do despertar espiritual interior. Não é uma missão evangélica. Pelo contrário, a luz interior é que guiará as pessoas até você para receberem compaixão e atenção. Você saberá o que fazer e o que ensinar nesse momento, quando vier até você o humano precioso e único, pronto para embarcar na jornada da Ponte de Espadas.

Se você estiver lendo isto e sentir a verdade e a conexão, você é realmente um Shaumbra. Você é um professor e um guia humano. Permita que a semente da divindade cresça dentro de você agora e em todos os momentos que estão por vir. Você nunca está sozinho, porque a família está espalhada por todo o mundo e os anjos estão ao seu redor.

Por favor, distribua este texto livremente numa base não comercial e sem cobrar por ele. Por favor, inclua as informações na íntegra, inclusive com todo este pé de página. Todos os outros usos têm que ser aprovados por escrito por Geoffrey Hoppe, Golden, Colorado. Veja a pagina de contatos no website http://www.crimsoncircle.com/

 © Copyright 2009 Geoffrey Hoppe, P.O. Box 7328, Golden, CO 80403. Todos os direitos reservados.